Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Turismo / Puglia

Puglia

PUBLICIDADE

Províncias: Bari (capital), Lecce, Foggia, Taranto e Brindisi.

A cozinha da Puglia esta condicionada ao clima e ambiente da região.

Seu clima é mediterrâneo e a agricultura em geral é vasta e florescente.

Na região plana é difundida a cultura da uva, azeitona e amêndoa. Grande importância em sua mesa tem os peixes e os frutos do mar.

Trata-se de cozinha simples, genuína, pura, pastoril, agreste e marinha. O símbolo de toda região é o tomate, de cor vermelho vivo e uniforme que se faz presente em quase todas as comidas.

Fonte: digilander.libero.it

Puglia

Alongada entre os mares Adriático e Ionio, a antiga Apulia, a extrema região sul oriental italiana, é uma ponte natural para o Oriente.

Puramente mediterrânea do ponto de vista climático e da vegetação, a região apresenta modestos relevos e um sistema hidrográfico difícil, em alguns pontos tipicamente carsico; só a abertura do aqueduto Pugliese resolveu, em grande parte, a carência de água.

A zona norte de Puglia, se distende na bem-servida e fértil planície de Tavoliere, à sombra de um rochoso promontório: o Gargano. A área central é caracterizada pelo amplo planalto de Murge, cortado por profundas incisões torrenciais (mangues e penhascos), e se prolonga pela estreita península salentina.

Antigamente, esta terra era habitada por uma população de origem indo-européia: os Iapigi (ou Apuli), distintos em Dauni (ao norte), Peucazi (ao centro) e Messapi (ao sul).

No século VIII AC, vieram os colonizadores gregos, que fundaram na região um importante centro urbano: Taranto.

Depois da conquista romana, a Puglia tornou-se uma das zonas privilegiadas do Império graças ao seu papel de coligação com o Levante . O porto de Brundisi, terminal da via Appia, adquiriu uma posição de primeiro plano como “porta” rumo ao Oriente, entre os centros urbanos cresceram favorecidos pela ótima ligação com Roma (via Appia – via Troiana).

Bizantinos e Longobardos marcaram uma idade de lotes e divisões, até que em 1071 os Normandos reunificaram a região. Os trinta anos de domínio sob o governo de Frederico II de Svevia (1220-1250), representaram para a Puglia o período de máxima grandeza do ponto de vista econômico e cultural, entre a passagem dos poderes aos Angioini iniciou um processo sem volta de decadência, prolongado-se até o século passado.

As cargas fiscais, o sistema feudal, a marginalização ao respeito do centro do poder transferido para Nápoles, determinaram sobre Aragoneses, Spaguoleses e Borboneses, o empobrecimento da população, em seguida , no entanto, depois de ser anexado ao Reino da Itália, a região pode planejar um longo caminho de recomeço.

As mais antigas manifestações de construções presentes em Puglia datam da pré-história : são os menhir, pedras com extensões tridimensionais, cofeccionada de terra , e os dolmen, constituídos de três massas que formam uma espécie de mesa.

O significado destas construções não é, mas evidentemente é a semelhança com a analogia, exemplo Norte-europeu.

Entretanto misteriosas são as construções tronco-cônicas, na acidentada área geográfica.

A primeira organização territorial da Puglia data. da época romana. Quando viria a ser realizada a centurização da campanha com a abertura da via Appia e da via Troiana, que atravessava um amplo trecho. da região, passando por Bari, Ruvo, Canosa e a atual Tróia.

Poucos são os restos monumentais destes tempos, mas bastam os anfiteatros de Lucena, Canosa, Ordona, Lecce, para atestar o considerável desenvolvimento dos centros urbanos.

A idade bárbara viu um geral declínio das habitações: os Longobardos, proveniente da zona de Benevento, planejavam continuar lutando com os Bizantinos para tomar à força seus novos territórios. Em Gargano, existia um santuário dedicado ao Arcanjo Michele, e esses o tornaram um pólo religioso de grandíssimo renome (monte Sant’Ângelo).

Os bizantinos, enquanto isso, reconquistaram em Saraceni a cidade de Bari, a capital da província naquela época, ao longo da costa adriática os centros portuários e marítimos iniciaram um esplendido desenvolvimento comercial. Foi sob o domínio deles que se difundiram as “glórias”, cavernas dos isolados basilianos.

Sob o domínio dos Normandos, as cidades costeiras continuaram a crescer, os seus tráficos e esta nova riqueza determinaram um notável impulso arquitetônico.

Vieram a fundar e trazer aos términos, grandes catedrais de pedra, nas quais tomaram forma um estilo romano pugliese, composto de diversas influências artísticas (normandas, bizantinas, árabes, lombardas).

A Terra de Bari, lugar privilegiado por este fervor arquitetônico, era repleta de grandiosas catedrais e três capelas.

Por vontade de Frederico II da Svevia, grande apaixonado pela terra de Puglia, foram construídos numerosos castelos , como àqueles ainda encontrados em Gioia Del Colle, em Bari, em Trani, em Gravina, em Lucera e, sobretudo o Castelo do Monte, uma esplêndida casa de caça em forma de fortaleza octogonal, única em seu gênero.

Em 1223, um terremoto devastou a cidade de Siponto, um centro próximo à costa adriática já semi-restaurada de um fenômeno desigual.

Em continuação àquilo, o Rei Manfredi fundou em 1256, uma nova cidade para hospedar os habitantes de Siponto, nasce assim Manfredônia, com uma implantação regular, típica de novas fundações .

Como lembrança da antiga Siponto restam um pedaço de muro e a catedral romana dedicada à S.Maria, de implantação oriental. Perto da igreja são encontrados também os vestígios de uma basílica paleo-cristã.

No caminho do Medioevo delineava-se assim um sistema de cidades adriáticas, constituídos de duas juntas de centros urbanos colocados idealmente sobre linhas grosso modo paralelas. A um primeiro grupo, junto à costa (Barletta-Trani-Molfetta-Giovinazzo-Bari) corresponde um segundo grupo mais ao centro da região, onde as cidades se encontram em posições alternadas em relação aos centros à beira-mar (Andria-Corato-Ruvo-Bitonto).

Nos anos 600 a Puglia viveu uma nova tendência artística com o florescimento do barroco leccese, difuso em território de Otranto.

As rochas vulcânicas de Salento, com sua ductilidade, ofereciam a matéria-prima ideal para criar os complicados e fantásticos ornamentos, próprios deste estilo.

As grandes instituições religiosas e os ricos proprietários de terras eram os curadores que procuravam com esta renovação arquitetônica a ocasião para manifestar o próprio poder econômico.

O século XIX adicionou uma outra página à história do urbanismo pugliese com o surgimento de alguns centros de colonização agrícola, entre os quais Zapponeta e Poggio Imperial.

Sinais à parte de mérito são as salinas de Margherita de Savoia, na costa adriática. De origem antiga, esse lugar foi abandonado entre os anos 200 e 300 pela difusão da malária.

Resurgido depois, não se sabe ao certo quando, com o nome de Saline de Barletta, eram em seguida considerados como a primeira região da Itália.

A história urbana da Puglia chega aos nossos dias com uma série de intervenções ligadas à indústria turística: trata-se de modernos vilarejos espalhados pelas zonas mais belas da costa (Gargano), às vezes de modo irracional, sem se importar com a realidade ambiental do local.

Fonte: www.portalitalia.com.br

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Locais Turísticos de Burkina Faso

UAGADUGU (OUAGADOUGOU), A CAPITAL PUBLICIDADE É a capital de Burkina Faso e foi fundada há mais de …

Hino Nacional de Burkina Faso

Une Nuit Seule PUBLICIDADE Une Nuit Seule (também conhecido como L’Hymne de la Victoire ou Ditanyè) …

Bandeira de Burkina Faso

PUBLICIDADE A Bandeira de Burkina Faso é formada por duas listras horizontais, de igual largura, sendo a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

300-209 exam 70-461 exam hp0-s41 dumps 640-916 exam 200-125 dumps 200-105 dumps 100-105 dumps 210-260 dumps 300-101 dumps 300-206 dumps 400-201 dumps Professor Messer's CompTIA N10-006 exam Network+