Breaking News
Home / Turismo / Monumento à Independência

Monumento à Independência

PUBLICIDADE

Monumento à Independência
Monumento à Independência

Poucos meses após a proclamação da Independência, em 7 de setembro de 1822, surgiu a primeira proposta – seguida de inúmeras outras – de erigir um monumento à Independência do Brasil no próprio local onde ela havia sido proclamada, às margens do riacho do Ipiranga.

Por falta de verbas e de entendimentos quanto ao tipo de monumento a ser erigido, é somente após sessenta e oito anos da proclamação que a idéia se concretiza, com a inauguração do edifício-monumento, em 1890.

Localização: Parque da Independência, final da Av. D. Pedro.

Fonte: www.sampa.art.br

Monumento à Independência

O Monumento da Independência do Brasil , também chamado de Monumento do Ipiranga ou Altar da Pátria , é uma coleção de esculturas em granito e bronze.

Ele está localizado em São Paulo , às margens do Ipiranga, o sítio histórico onde D. Pedro I proclamou a independência do país em 07 de setembro de 1822 . Sua construção começou em 1884 e terminou em 1926.

Foi concebido e executado pelo escultor italiano Ettore Ximenes, para as comemorações do centenário da independência do Brasil. No entanto, a obra terminaria em 1926 . Faz parte do chamado Parque da Independência , um conjunto formado pelo monumento, o Museu Paulista e a Casa do Grito.

Capela Imperial

A fim de abrigar os restos mortais da família imperial , a capela foi construída em 1952 em uma lacuna existente no monumento. Nesta capela estão os túmulos do Imperador Dom Pedro I , Imperatriz Dona Leopoldina e Imperatriz Dona Amélia.

Os despojos de Dona Leopoldina de Habsburgo , arquiduquesa da Áustria , a primeira esposa do imperador, foi transferida do Rio de Janeiro em 1954 , durante o quarto centenário da cidade de São Paulo.

Os restos mortais de Dom Pedro I foram transferidos do Panteão Real da Casa de Bragança , no Convento de São Vicente de Fora , Lisboa , em 1972 , durante a celebração do 150 ° aniversário da Independência do Brasil.

Finalmente, em abril de 1982 , a Capela Imperial tem também abrigava os restos da senhora Amélia de Beauharnais , duquesa de Leuchtenberg , segunda esposa do imperador. Seus restos mortais foram transferidos do Panteão Real da Casa de Bragança.

Monumento à Independência
Túmulos de Dom Pedro I e Dona Amélia de Beauharnais.

Fonte: es.wikipedia.org

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Locais Turísticos de Burkina Faso

UAGADUGU (OUAGADOUGOU), A CAPITAL PUBLICIDADE É a capital de Burkina Faso e foi fundada há mais de …

Hino Nacional de Burkina Faso

Une Nuit Seule PUBLICIDADE Une Nuit Seule (também conhecido como L’Hymne de la Victoire ou Ditanyè) …

Bandeira de Burkina Faso

PUBLICIDADE A Bandeira de Burkina Faso é formada por duas listras horizontais, de igual largura, sendo a …

Um comentário

  1. CIRLENE PEREIRA DOS ANJOS SOUSA

    Um site muito informativo,importante para pesquisas diversas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.