Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Turismo / Ponte Estaiada Octávio Frias de Oliveira

Ponte Estaiada Octávio Frias de Oliveira

PUBLICIDADE

 

Ponte Estaiada Octávio Frias de Oliveira

A ponte Octávio Frias de Oliveira – Ponte Estaida é um marco na arquitetura nacional, pois foi construída com um formato único no mundo: duas pontes em curva formando um X e sustentadas por estais ligados a um único mastro. Uma ponte estaiada é uma ponte suspensa por conjuntos de cabos de aço (os chamados estais, que dão origem ao nome estaiada), conectados a uma torre ou mastro com a função de dar sustentação às suas pistas.

Moderna, é construída em locais onde o uso dos pilares não é aconselhável. É considerada a evolução da tradicional ponte pênsil.

Como funcionam os estais que sustentam as pontes?

A sustentação das pontes é feita por estais, que são feixes de cabos que variam de 15 a 25 cordoalhas de aço, revestidas por uma bainha de polietileno amarelo, cuja finalidade é proteger os estais da chuva, do vento e dos raios do sol.

São 492 toneladas de aço, que se fossem colocadas lado a lado daria para percorrer 378 mil metros, equiparável à distância entre a cidade de São Paulo e a de Ourinhos (370 km). O maior estai tem 195 metros e o menor 78 metros.

A distância entre os estais é de 7 metros do lado do rio, e de 6,5 metros do lado do sistema viário. Conforme o arquiteto João Valente, projetista da ponte estaiada, “a cor amarela dos estais foi escolhida por razões estéticas. A idéia foi montar uma espécie de ‘rede de luz’ no meio do céu”.

Onde fica?

Na Marginal Pinheiros, entre as pontes do Morumbi (Caio Pompeu de Toledo) e Engenheiro Ari Torres, em uma região que se tornou o mais novo pólo econômico da capital. Situada na zona sul, está nas proximidades das avenidas Luiz Carlos Berrini e Nações Unidas.

Ponte Estaiada Octávio Frias de Oliveira

Como são as pontes?

O comprimento das pontes é de 2.887 metros. Os vãos estaiados possuem 290 metros, com 16 metros de largura, sendo 10,5 metros para as três faixas de rolamento.

A ponte mais alta, sentido avenida Jornalista Roberto Marinho para a Marginal Pinheiros, tem um vão de 23,4 metros de altura, e a mais baixa, sentido Marginal Pinheiros para avenida Jornalista Roberto Marinho, tem 12 metros

O asfalto utilizado nas pontes é da categoria SMA (Stone Mastic Asphalt), mesmo tipo usado no Autódromo José Carlos Pace (Interlagos). Essa pavimentação apresenta alta resistência a impactos e a cargas em movimento. Também permite maior drenagem e evita deformações do asfalto.

Nos 290 metros estaiados de cada lado foram colocadas placas de alumínio chamadas de “narizes de vento”, utilizadas para dissipar o vento nas pistas. Tanto as pontes quanto o mastro são pintados com um verniz antipichação que permite até quatro lavagens consecutivas.

As pontes possuem um sistema de drenagem de águas pluviais que faz com que a água passe por caixas de passagem antes de ser lançada ao solo, o que evita a sujeira nas pistas.

A ponte estaiada virou ponto de referência na cidade antes mesmo de ficar pronta. Durante a construção, diversas equipes de revistas, televisões e agências de publicidade de todo o país usaram a obra como pano de fundo para fotos de catálogos de moda, e gravações de propagandas comerciais. Alunos de engenharia e arquitetura de universidades paulistanas também visitaram a ponte.

O que há de tão especial?

Segundo os especialistas, a Ponte Octavio Frias de Oliveira é a primeira do mundo que une duas pistas curvadas conectadas à mesma torre. É a única ainda com o mastro principal em formato de X.

Isso porque quando a pista (ou tabuleiro) faz curva é necessário um cálculo específico e diferente para cada um dos cabos ou estais.

As outras grandes pontes que seguem o mesmo conceito arquitetônico, em geral, são construídas em linha reta ou conjugadas com outros trechos onde os pilares dão a sustentação.

Já existem pontes estaiadas em curva, porém com apenas uma pista.

Mais um ineditismo de São Paulo.

E a iluminação? É especial?

A Ponte Octavio Frias de Oliveira pode ser vista de longe e agregou à região luz e cores, durante a noite, graças a iluminação especial, fornecida pela empresa Philips. Ao anoitecer, a parte interna do mastro passa a contar com luzes coloridas, conferidas por projetores ColorBlast, equipados com Led, sistema que torna possível a troca de cores, especialmente em datas ou eventos especiais, e consome 53% menos de energia do que os sistemas comuns.

As pistas e as alças de acesso também receberam iluminação especial, transformando a ponte em um verdadeiro cartão postal para a cidade.

O que muda no Trânsito?

A Ponte Estaiada Octavio Frias de Oliveira é parte do Complexo Viário Jornalista Roberto Marinho, que conecta a avenida de mesmo nome às Marginais do Rio Pinheiros, vias fundamentais na vida da capital, nas duas direções.

A ponte liga ainda o bairro do Brooklyn ao do Morumbi, e faz da Avenida Jornalista Roberto Marinho uma opção definitiva para quem precisa trafegar pela Avenida dos Bandeirantes, uma das mais movimentadas da cidade.

Oferece também nova rota para quem vai de Interlagos ao Centro, assim como ao Aeroporto de Congonhas. E é uma alternativa importante aos que se deslocam, via zona sul da cidade, às rodovias Anchieta e Imigrantes, em direção ao litoral paulista.

Características

São grandiosas e imponentes

Qualidades seguidamente aplicadas, não somente à Ponte Octavio Frias de Oliveira, por razões óbvias, como também àquela que é a maior cidade das Américas em população – 11,2 milhões, responsável por 15% do PIB brasileiro apesar de contar com apenas com 6% da população, e com uma renda per capita 70% superior à do resto do País. Números imponentes. Como a ponte.

Pelas mãos do homem

Esse é um orgulho da cidade de São Paulo. Sem belezas naturais típicas, apesar do grande número de parques verdes (54 no total), a cidade de São Paulo chegou ao posto de principal centro econômico e de eventos da América Latina por conta do árduo trabalho de seus moradores, paulistanos ou não, brasileiros ou estrangeiros, que aqui nasceram ou vieram para desenvolver a cidade e criar uma história de amor com a maior metrópole brasileira.

Muito concreto

Foram usados na sua construção quase 60 mil metros cúbicos de concreto. Mas o material não é lembrado com tanta intensidade só quando se fala da ponte, mas em várias referências a São Paulo.

Para entender o porquê, basta olhar a quantidade de prédios, de todas as épocas, que formam a skyline da capital paulista. Seja para quem olha da janela de um avião, do alto de um prédio, ou apenas de um carro entrando na cidade por muitas de suas estradas ou circulando por uma das avenidas marginais.

Vanguardista

Com sua arquitetura arrojada, a Ponte Estaiada é mais uma referência do maior centro vanguardista brasileiro, a cidade de São Paulo, que dita tendências para toda a América Latina, recebe aquele que é o maior evento de moda da região, o SP Fashion Week, e foi palco de movimentos que revolucionaram os costumes, a cultura e as artes brasileiras. Entre eles a Semana de Arte Moderna, os festivais da canção que lançaram os grandes ídolos da MPB, a Jovem Guarda, a Tropicália e muitos outros.

Cidade de Pontes

A Ponte Estaiada se une a outras 12 pontes que cruzam o Rio Pinheiros. São elas:

– Jaguaré
– Cidade Universitária
– Bernardo Golfarb
– Eusébio Matoso
– Engenheiro Roberto Zucollo ou Cidade Jardim
– Engenheiro Ari Torres
– Ponte do Morumbi ou Caio Pompeu de Toledo
– Nova Morumbi
– João Dias
– Transamérica
– Interlagos
– Santo Dias da Silva

O outro tradicional rio da cidade, o Tietê, possui ainda 17 pontes:

– Do Imigrante Nordestino
– Ponte Gal. Milton Tavares de Souza
– Aricanduva
– Do Tatuapé
– Presidente Dutra
– Jânio Quadros ou da Vila Maria
– Da Vila Guilherme
– Das Bandeiras
– Cruzeiro do Sul
– Da Casa Verde
– Do Limão
– Julio de Mesquita Neto
– Freguesia do Ó
– Do Piqueri
– Ulysses Guimarães ou dos Bandeirantes
– Atílio Fontana ou Anhangüera
– Dos Remédios.

No total, após a inauguração da Ponte Estaiada no Rio Pinheiros, os dois grandes rios da capital somarão 30 pontes.

Você Sabia?

Que, com a Ponte Octávio Frias de Oliveira, serão 30 pontes sobre os dois principais rios da capital, o Pinheiros (com 13 pontes) e o Tietê (com 17 pontes)?

Que a ponte é chamada de estaiada porque é composta por estais? Estai é o nome dado ao conjunto de cabos de aço ou hastes que sustenta a pista de uma ponte nesse modelo de construção.

A Ponte Octavio Frias de Oliveira conta com nada menos que 144 estais, que saem de uma torre de 138 metros, o equivalente a um prédio de 46 andares?

Que o mastro da Ponte Octavio Frias de Oliveira tem formato de um X, com largura transversal de 76 metros na base e 35,5 metros no topo e largura longitudinal de 12,9 metros?

Que a obra foi projetada para velocidade média de 80 km/h e capacidade para receber até 4000 veículos hora em cada pista?

Que alinhados, os 144 estais teriam 378 quilômetros de extensão, o equivalente a distância da cidade de São Paulo a Ourinhos, em Minas Gerais?

Que o acesso para manutenção do mastro será feito por escadas fixas de aço, com patamares a cada 6 metros?

Que cada uma das duas pistas da Ponte tem um comprimento aproximado de 1000 metros, com dois vãos centrais estaiados de 290 metros.

Que a ponte Octávio Frias de Oliveira é um marco na arquitetura nacional, pois foi construída com um formato único no mundo: duas pontes em curva formando um X e sustentadas por estais ligados a um único mastro?

Que a obra conta com um “túnel de vento”, com estudos realizados por laboratório da Universidade Federal do Rio Grande do Sul? Esta instalação de uma estrutura aerodinâmica no tabuleiro para minimizar os efeitos do vento foi instalada apenas para que não haja qualquer sensação de desconforto aos usuários, já que a cidade de São Paulo não possui característica de ventos fortes o suficiente para agredir a estrutura?

Que se trata do quarto ponto mais alto da cidade, apenas dez metros mais baixo que o prédio do Banespa, no Centro, 27 metros abaixo do Edifício Itália e do Mirante do Vale, com 165 metros? E da altura do célebre Edifício Copan, o maior prédio residencial do Brasil, projetado por Oscar Niemeyer no Centro de São Paulo?

Que sua iluminação noturna é composta por uma fileira de holofotes que lançam para cima uma luz amarelada, cor dos cabos de polietileno que cobrem os conjuntos de hastes?

Que a ponte foi projetada para durar 100 anos, considerando eventuais problemas a concepção da obra foi feita com base num software capaz de analisar o comportamento da estrutura ao longo do tempo, considerando a deformação lenta, o relaxamento do aço e a perda de protensão?

Ponte Estaiada Octávio Frias de Oliveira

Comprimentos por seção

Alças de acesso – Margem esquerda: 639 metros
Alças José Bonifácio de Oliveira – Margem direita: 1.668 metros
Ponte Estaiada: 580 metros

Comprimento total: 2.887 metros

Volume de concreto por frente de serviço

Alças de acesso – Margem esquerda: 12.200 m³
Alças José Bonifácio de Oliveira – Margem direita: 32 mil metros
Ponte Estaiada: 6.100 m³
Mastro: 8.500 m³

Volume total: 58.800 m³

Peso de aço por frente de serviço

Alças de acesso – Margem esquerda: 1.200,00 toneladas
Alças José Bonifácio de Oliveira – Margem direita: 3.300 toneladas
Ponte Estaiada: 650 toneladas
Mastro: 1.000 toneladas

Peso total: 6.150 toneladas

Principais características

Altura do mastro: 138 metros

Fundação do mastro: 112 (28 x 4) estações, com diâmetro de 1,30 metro e comprimento médio de 25 metros + 40 (10 x 4) estacas raiz com diâmetro de 410 milímetros e comprimento médio 25 metros

Quantidade de cabos (estais): 18 x 2x 4 = 144

Peso dos cabos de estaiamento: 492 toneladas

Principais comprimentos dos estais: entre 79 e 195 metros

Quantidade de cabos por estai: entre 10 e 25 unidades

Bainhas PEAD – (Polietileno de alta densidade) proteção contra
corrosão e radiação solar serve com guia para as cordoalhas.

Tubo anti-vandalismo -3 metros

Macaco tipo monocordoalha – Tenciona cada cabo, para protensão. A quantidade de cabos varia conforme a distancia para o mastro, e força de cada conjunto varia entre 40 e 60 tf.

Aço de protensão: 785 toneladas ou 378 mil metros

Quantidade total de aduelas: 80 unidades (40 em cada ponte)

Comprimento aproximado das aduelas: 7 metros

Quantidades média e máxima de funcionários: 450 e 650 funcionários respectivamente.

Iluminação pública e monumental: 142 LED’s + 20 projetores de 1000 W + 206 postes com 6,00 m de altura e lâmpadas de 140 W.

Fonte: www.spturis.com

Ponte Estaiada Octávio Frias de Oliveira

A ponte Octavio Frias de Oliveira é uma ponte estaiada localizada em São Paulo, sobre o rio Pinheiros , foi inaugurado em maio de 2008. A ponte tem 138 m de altura, e liga a Marginal Pinheiros com Roberto Marinho Avenida Jornalista no sul cidade. É nomeado em homenagem a Octavio Frias de Oliveira.

Detalhes

O tabuleiro da ponte é invulgar devido à sua forma, que é semelhante a um “X”, que atravessa a torre. O “X” é de 76 metros de largura na sua base e 35,4 metros de largura na parte superior. É a única ponte no mundo que tem duas faixas curvas apoiadas por um único mastro de concreto. Os dois carris curvos, em 12 metros de altura e 24 metros do outro, tendo um comprimento de aproximadamente 900 metros cada.

No final de dezembro luzes estão instalados nos fios e luz para criar efeitos que simulam uma árvore de Natal. A ponte também acende ocasiões especiais durante o ano e é muitas vezes usado para comerciais de carro. A ponte foi alvo de vandalos várias vezes. Em 2011, eles roubaram seis quilômetros de cabos, totalizando R$ 200.000 (US $ 117.000). Em agosto daquele ano, quebrou a sala de controle da ponte e destruiu os painéis.

Ponte Estaiada Octávio Frias de Oliveira
Vista aérea da ponte.

Fonte: es.wikipedia.org

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Locais Turísticos de Burkina Faso

UAGADUGU (OUAGADOUGOU), A CAPITAL PUBLICIDADE É a capital de Burkina Faso e foi fundada há mais de …

Hino Nacional de Burkina Faso

Une Nuit Seule PUBLICIDADE Une Nuit Seule (também conhecido como L’Hymne de la Victoire ou Ditanyè) …

Bandeira de Burkina Faso

PUBLICIDADE A Bandeira de Burkina Faso é formada por duas listras horizontais, de igual largura, sendo a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

300-209 exam 70-461 exam hp0-s41 dumps 640-916 exam 200-125 dumps 200-105 dumps 100-105 dumps 210-260 dumps 300-101 dumps 300-206 dumps 400-201 dumps Professor Messer's CompTIA N10-006 exam Network+