Breaking News
Home / Turismo / Parque da Juventude

Parque da Juventude

PUBLICIDADE

Parque da Juventude

O Parque da Juventude foi inaugurado em setembro de 2003 e mudou a cara da zona norte da cidade, trazendo opções gratuitas de lazer e esportes para moradores e visitantes da capital. A área de 120 mil m², que antes abrigava a Casa de Detenção Carandiru, hoje é ocupada pelo parque, dividido em três espaços: Parque Esportivo, Parque Central e Parque Institucional.

O primeiro deles possui dez quadras poliesportivas, sendo duas de tênis e oito para voleibol, basquetebol, handebol, futsal e tênis. Conta ainda com pistas de skate, patins e de corrida. Profissionais de educação física coordenam o “Noite Esportiva”, que acontece de segunda a sexta, das 19h às 24h, com várias atividades. Há também aulas gratuitas de Taekwondo, às terças e quintas, às 11h e às 13h. Aos sábados, a aula é aberta ao público a partir das 14h.

Alamedas, jardins, bosques, árvores ornamentais, frutíferas e uma pequena reserva de Mata Atlânica de 16 mil m² compõem o Parque Central, onde é possível fazer caminhada, corrida pelas trilhas e passeio de bicicleta.

Já o Parque Insitucional é o espaço onde acontecem cursos e exposições. Tem prédios de escola técnica (ETEC), uma unidade do Acessa São Paulo, com 110 computadores, além de uma área de shows e apresentações. Uma escola de dança também está sendo construída.

Parque da Juventude

Serviço

Parque da Juventude

Parque Esportivo – Av. Zaki Narchi, nº 1309 – Santana
Parque Central – Av. Ataliba Leonel, 500 – Santana
Parque Institucional – Av. Cruzeiro do Sul, 2500 – Santana
Tel.: (11) 2251-2706
Grátis

Sávia Reis

Fonte: www.cidadedesaopaulo.com

 

História

Em setembro de 2003, o Parque da Juventude mudou a paisagem na Zona Norte, ao substituir a Casa de Detenção do Carandiru por uma grande área verde.

A primeira fase do Parque, entregue em setembro de 2003, incluiu instalações esportivas como pista de skate, dez quadras (onde são praticados esportes como tênis, vôlei, futsal e basquete). Há ainda áreas de descanso, vestiários e pista para caminhada. Nesta etapa o Governo investiu recursos de R$ 7,2 milhões.

A segunda fase do Parque da Juventude, denominado Parque Central, foi entregue em setembro de 2004. Seus 95 mil m² incluem um conjunto de atrativos para os visitantes como o arvorismo (modalidade de esporte que permite andar pelas árvores em caminhos suspensos), imensa área verde com alamedas, jardins, bosques, árvores ornamentais e frutíferas.

As antigas passarelas de vigia da muralha do antigo presídio, que foram preservadas, é uma atração para quem quer conhecer a área, passear ou observar a natureza.

No Parque Central também serão oferecidos cursos de segurança em esportes de aventura e formação de monitores para este nicho da indústria do turismo, que capacitará profissionais para a atuarem no próprio parque e em vários pólos no Estado.

O local tem ainda um viveiro onde serão preparadas as mudas e espécies arbóreas originais da Mata Atlântica. Para o início de 2005, haverá uma programação de educação ambiental dirigida a alunos da rede ensino estadual, municipal e particular.

Toda esta estrutura integra um projeto paisagístico especialmente desenvolvido para a implantação do Parque Central, onde o Governo do Estado investiu R$ 6,3 milhões, por meio da Secretaria da Juventude Esporte e Lazer.

A terceira fase do Parque da Juventude será entregue em 2006 e inclui os prédios institucionais. Sua entrada será localizada em frente à estação Carandiru do metrô, facilitando o acesso não só da população da Zona Norte, mas de toda a Capital.

Parque da Juventude

Fonte: www.saopaulo.sp.gov.br

Veja também

Hino Nacional da República Democrática do Congo

Debout Congolais PUBLICIDADE Debout Congolais (Levanta congolês) é o hino nacional da República Democrática do …

Locais Turísticos da República Democrática do Congo

BRAZZAVILLE PUBLICIDADE É um lugar muito interessante, muito verde, com uma Basílica, Mercados e o …

República Democrática do Congo

PUBLICIDADE O território que hoje leva o nome de República Democrática do Congo tem sido habitada por …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.