Breaking News
Home / Folclore / Bicho Papão

Bicho Papão

PUBLICIDADE

No sertão existe um inseto que habita o subsolo, e fura o terreno para abrigar-se. A terra extraída do lugar em que escava, lembra a forma do fundo de uma garrafa. Diz o caipira ser a pegada do duende.

Entes há, acreditam, que patuam nas sextas-feiras santas, nalguma encruzilhada onde os caminhos se bifurcam, à meia-noite, com o gênio do mal, metamorfoseando-se em um grande Bode Preto, conquistando a felicidade em troca da alma e selando com algumas gotas de sangue, contratos macabros minutados pelo próprio demônio.

Para isso, porém, é preciso que o aspirante à felicidade seja dotado de grande fortaleza d’alma para que o Sujo não lhe pregue alguma peça, como sucedeu a um que combinara firmar contrato com o Espírito das Trevas e lhe entregava a alma com a condição deste de fazê-lo invencível no jogo do facão.

Combinaram que o Diabo o ensinaria e o familiarizaria com todos os truques do jogo. O aspirante, por maior que fosse o aperto, não poderia chamar pelo nome de santo algum.

Bicho Papão

Em meio da lição, porém, tal foi a conjuntura, ameaçado pelos coriscos do Diabo, que olvidando a combinação, a um bote que lhe deu o macabro professor, num salto à retaguarda, irrefletidamente, exclamou:

-São Bento!!!

-Serás molambento, urrou o Diabo, sovertendo-se pelo chão a dentro.

Desde então o triste viveu andrajoso: não havia roupa que o aguentasse, por mais forte e bem tecido que fosse o pano e, apoupado, viria a arrastar seus molambos com a alma entregue ao Diabo, sem a compensação que ambicionava.

Bicho Papão – O que é

bicho-papão é um tipo de criatura mítica usada por adultos para assustar as crianças e levá-las ao bom comportamento.

Os bichos-papões não têm aparência específica e os designs variam drasticamente de acordo com a família e a cultura, mas são mais comumente descritos como monstros masculinos ou andróginos que punem crianças por mau comportamento.

bicho-papão ou monstros conceitualmente semelhantes podem ser encontrados em muitas culturas ao redor do mundo.

bicho-papão pode visar um ato específico ou mau comportamento geral, dependendo do propósito que precisa servir, muitas vezes com base em um aviso da figura de autoridade da criança.

Bicho Papão – Descrição física e personalidade

Embora a descrição do bicho-papão seja diferente em um nível cultural, muitas vezes há algumas semelhanças compartilhadas com as criaturas.

A descrição desta criatura varia de pessoa para pessoa, pois não tem aparência definida e é simplesmente a encarnação do terror. Embora geralmente descrito como uma entidade masculina, pode ser feminino ou sem gênero.

Muitos dos bichos-papões são descritos como tendo garras e dentes afiados. Junto com isso, a maioria dos bichos-papão são da variedade espiritual, enquanto a minoria são demônios, bruxas e outras criaturas lendárias.

Alguns são descritos como tendo certas características de animais, como chifres, cascos e aparências de insetos.

Ao olhar para os traços de personalidade do bicho-papão, eles são mais facilmente divididos em três categorias: do tipo que pune crianças mal-comportadas, do tipo que são mais propensas à violência e do tipo que protege os inocentes.

Todos eles se relacionam da mesma forma, sendo que todos eles existem para ensinar lições para crianças pequenas.

A grande maioria dos bichos-papão está lá apenas para assustar as crianças com punições, e não causar muito dano.

Diz-se que o bicho-papão mais cruel rouba as crianças à noite e até as come.

A última categoria é o bicho-papão que protege as pessoas e pune apenas os culpados, independentemente da idade.

Lendas Urbanas do Bicho-papão

Bicho Papão

“Não aja ou o bicho-papão vai te pegar.”

Levante a mão se você já disse essa frase para seus filhos (ou para os filhos de qualquer pessoa). Ou talvez você tenha ouvido essa frase quando criança e lembre-se do sentimento assustador que causou.

Muitas crianças temem o bicho-papão debaixo da cama ou no armário. As lendas urbanas do bicho-papão assumiram muitas formas ao longo dos anos. Mas, seu objetivo final é sempre o mesmo – assustar as crianças para se comportarem a qualquer custo.

Esta criatura sombria e horrível é conhecida por fazer aparições em filmes de terror e atrações assombradas, tornando sua existência ainda relevante muitos séculos após sua criação.

O que são lendas urbanas do bicho-papão?

Ao longo dos anos, o bicho-papão foi descrito de muitas maneiras diferentes. Ele pode assumir a forma do que uma pessoa teme, e é por isso que as pessoas o descrevem de maneira muito diferente. Na América, as lendas urbanas do bicho-papão o descrevem como uma figura assustadora sem forma ou forma consistente. Ele se esconde debaixo da cama, em cantos escuros ou no armário de uma criança esperando por sua presa.

Em outros países, ele é um homem que se veste de preto com um saco e sequestra crianças más para mantê-las ou comê-las. (Essa crença por si só é suficiente para fazer uma criança nunca querer ser má ou travessa!)

Independentemente da maneira como você pensa nesse cara, é claro que ele é universalmente temido por todos por um motivo ou outro.

Muitos adultos provavelmente têm suas próprias histórias de como o bicho-papão apareceu em suas vidas em um momento ou outro. Não é uma experiência que a maioria das pessoas simplesmente esquece.

Muitas culturas afirmam que o bicho-papão tem dentes e garras afiadas e tem os traços de algo conjurado de um lugar horrível.

A aparência desta criatura monstruosa varia de cultura para cultura e de pessoa para pessoa sem uma aparência definitiva.

Ele é apenas o epítome do terror. Não importa como você o imagine, ele é sempre um ser horrível que você não gostaria de encontrar em um canto escuro (porque se o fizer, provavelmente não viverá para contar a história).

De onde vem o bicho-papão?

As lendas urbanas do bicho-papão podem ser rastreadas desde os anos 1500, talvez até antes. Mas é praticamente impossível rastrear as origens reais do bicho-papão. Naquela época, bicho-papão era um termo para o diabo.

Em muitos países latinos, o bicho-papão foi retratado como um homem que pega crianças desobedientes e as coloca em um saco nas costas. No Egito, ele foi retratado como uma criatura noturna vestida de preto.

A ideia de que o bicho-papão se esconde debaixo das camas e nos armários vem da Alemanha e Dinamarca. É lá que eles acreditavam que ele era um monstro sobrenatural que se esconde no escuro.

Fonte: ifolclore.vilabol.uol.com.br/www.trapdoorescape.com/en.wikipedia.org/www.mamalisa.com

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Como Surgiram as Fogueiras de “São João”

Como Surgiram as Fogueiras de 'são João', Lendas E Mitos Do Folclore, Como Surgiram as Fogueiras de 'são João'

Bode Preto

Bode Preto, Lendas e Mitos do Folclore, Bode Preto

Tarrasque

Tarrasque, Região Sul, Lendas E Mitos Do Folclore, Tarrasque, Região Sul

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.