Breaking News
Home / Arte / Dança de Salão

Dança de Salão

PUBLICIDADE

O desenvolvimento humano considerado a partir do nascimento inicia-se com a percepção corporal e aprendizagem de movimentos, esse processo depende da observação e dos estímulos do meio ao qual o indivíduo em crescimento está inserido. Baseado nesses fatores a dança é tida como a arte que primeiro se desenvolveu e que pela diferença cultural de povos essa se diversificou no modo de lidar com o corpo e consequentemente de usá-lo como expressão.

Com o tempo e as influências culturais a dança também mudou e chega aos dias atuais com duas vertentes: a dança teatral e a dança social. A segunda tem o foco em quem dança enquanto que a primeira é para o espectador, comunica e para isso precisa de público.

Seguindo esses parâmetros a dança de salão é uma dança social, apesar de beleza estética, essa forma de expressão traz mais benefícios a quem dança pois é prazerosa e proporciona, por ser a dois, uma relação mais próxima entre os dançarinos. Assim, não é necessário o público para que os objetivos e a funcionalidade dessa dança seja atingida.

Devido a globalização que gerou  trocas culturais a dança de salão englobou todos os ritmos de dança a dois, de forma a possibilitar que alguns ritmos típicos de uma região fosse aprendida e dançada por outras sociedades e regiões. No Brasil, por exemplo, há muitos dançarinos de salsa e esse é um ritmo tipicamente cubano; o mesmo se pode ver com o tango argentino.

Dança de Salão

Em um único país também ocorrem essas trocas, como a gafieira provinda do carioca malandro ser dançado atualmente pelo paulista, pelo mineiro, pelo nortista e alavancar variações, regionalismos ou a criação de novos ritmos. Apesar da dança de salão ter essa característica de ser pessoal e permitir variações existem passos e regras a serem seguidas, as quais caracterizam cada ritmo.

Na atualidade, a maioria das pessoas buscam a dança de salão pelo cunho social que ela tem, um passo para facilitar a aproximação com outras pessoas, seja pelo novo grupo de relações na sala de aula, seja pelos novos ambientes a frequentar ou ainda pela possibilidade de desinibição que a dança possibilita.

Outra causa de procura por essa modalidade é o fato de ser uma atividade física que gasta calorias, estimula o sistema circulatório e fortalece a musculatura. Tudo de uma forma divertida, afinal, como já dito aqui, a dança social tem como papel principal quem a pratica, acarretando assim benefícios ao próprio indivíduo.

Luciana Moretti Angelo

Dança de Salão – a arte de dançar

É uma das formas mais tradicionais de se dançar. Tem sua origem nas gafieiras e ganhou bastante divulgação no final da década de 80 quando começou a ser mais divulgada pela televisão em tramas de novelas e programas de auditório.

A Dança de Salão, no seu formato original é composta por três ritmos principais:

O Samba que mantém algumas características do samba de gafieira e incorporou novos estilos e figuras podendo ser dançado em pagodes, bossa nova ou samba rock.

O Bolero que é mais tranqüilo, também recebeu um novo formato com mais giros e pode ser dançado também em músicas atuais como MPB e baladas.

O Soltinho que é um gênero muito divertido e é a mistura de alguns ritmos como swing, fox e outros, também pode ser praticado em uma grande variedade de estilos musicais.

É uma ótima combinação para quem deseja começar a dançar.

Fonte: www.dancemais.com.br

Veja também

Arte Marajoara

Arte Marajoara

PUBLICIDADE A arte marajoara é uma das culturas dos povos amazônicos com alto grau de …

Arte Plumária

Arte Plumária

PUBLICIDADE O que é arte plumária? Arte plumária, como o nome indica, se refere aos …

Antologia

PUBLICIDADE Na publicação de livros , uma antologia é uma coleção de obras literárias escolhidas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.