Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Arte / Dança Indiana

Dança Indiana

PUBLICIDADE

 

Dança Indiana – O que é

A Dança Indiana compreende os variados estilos de danças do país.

Tal como acontece com outros aspectos da cultura indiana, as diferentes formas de danças originou em diferentes partes da Índia, desenvolvido de acordo com as tradições locais e também absorviam elementos de outras partes do país.

As danças folclóricas são numerosos em número e estilo, e variam de acordo com a tradição local das regiões e respectivo estado, étnicas ou geográficas.

Características da dança indiana

Um movimento do corpo estilizado

O que primeiro chama a atenção é o ritmo da dança. É um ritmo que poderíamos qualificar como estranho, longe das danças europeias e africanas mais familiares. Qualquer dança tem, por definição, um ritmo inerente, mas aqui toda a dança é construído em torno do ritmo. Dança Africano também pode ser muito rítmico, mas o ritmo é menos geométrico, mais humano. O ritmo da dança indiana aparece como não-humano.

Podemos reconhecer diretamente dança indiana entre outras danças tradicionais, porque é um movimento muito estilizado do corpo.

Seu primeiro objetivo é um visual: os gestos são muito artísticas e agradável de se ver. Gestos, traje e ornamentos estão todos lá para agradar aos olhos.

Enquanto traje e ornamento são apenas acessórios, o movimento alcança além olho do observador e marca o ritmo em sua percepção. Dança indiana é orientada para o público. Se humano ou sobrenatural, visível ou invisível, a audiência é em delírio. Cada gesto sucessivo do bailarino é uma surpresa para os olhos. Em frente a dançarina, que pode ser de espanto constante, quase hipnótico fascínio.

Dança indiana não faz uso de gestos naturais do corpo. Todos os gestos são completamente transformada. É uma nova linguagem para aprender, um sistema técnico e estético de memorizar. A dança não reproduz, gestos cotidianos ordinários do organismo.

Esta é uma alusão à definição da dança: tem um ritual, dimensão sobrenatural e divina. Diferencia-se das atividades banais. Mesmo quando um gesto doméstico é reproduzida, quando descreve uma cena, ela é executada de uma forma estilizado, integrado no ritmo da dança e qualidade estética. Andar a pé e outros tais ações comuns são muito diferentes dos seus equivalentes dançavam. Dança indiana nunca desiste retratos realistas.

Dança Indiana – Origem

Dança Indiana
Dança Indiana

Segundo a tradição hindu, a dança não foi uma criação humana, mas divina. De acordo com os Vedas, textos sagrados do hinduísmo, a humanidade aprendeu a dançar aravés da relação divina.

Os deuses eram excelentes dançarinos, e a sua arte marcava todos os momentos da existência ao longo das eras. A dança não era apenas uma expressão da dinâmica universal, mas a própria dinâmica em si.

É quase impossível, portanto, dissociarmos a dança de valores eternos advindos da religião.

Existem várias versões sobre a origem da dança vamos sinetizar em quatro:

1 – O conquistadores Arianos afirmam que a dança foi criada por Brahmam.
– Os povos que viviam na Índia antes da invasão ariana os Dravidianos afirmam que a dança foi criada por Shiva. O mais antigo deus da Índia seu culto é mais popular no Sul. Segundo a mitologia, foi na cidade de Chidambaram, Estado de Tamil Nadu –Sudeste da índia-, que Shiva teria colocado o universo em movimento por meio de sua dança. Shiva Nataraja – o Senhor dos Dançarinos.
3
 – A filisofia Vaishnava aponta Krishna como criador da dança.
– O sistema devadasi. As mulheres celestiais, apsara, como criadoras da dança hindu. Dançavam nas festividades dos céus, e visitavam a terra.

Todas as versões tem de agum modo, suas raízes nos dois tratados de dança Natya Shastra e Abhinaya Darpanam, considerados os textos mais antigos sobre a dança hindu.

NATYA SHASTRA =(tratado sobre o Teatro). Escrito pos vola do século II a.C., é o mais antigo existente sobre as artes cênicas. Enciclopédia sobre teatro, detalhando todos os aspectos envolvidos em uma apresentação artística, por exemplo, as cores adequadas para a maquiagem, os tipos de movimentos de cada parte do corpo e a maneira correta de construir o palco em suas proporções exatas.

ABHINAYA DARPANAM = de Nandikesvara – é um manual de gestos e posturas de dança e drama datado do século III d.C.. A palavra chave é Abhinaya, ligada à comunicação de um sentimento a uma platéia.

Abhinaya significa o despertar dos 9 sentimentos chamados navarasa por meio das expressões faciais: surpresa, repulsa, coragem, amor, medo, fúria, serenidade, compaixão.

A palavra abhinaya pode também significar o desvelamento da beleza ou dos vários aspectos da representação por meio das palavras, gestos, maquiagem, figurinos, cenários, etc. DARPANAM = espelho,que ajuda o expectador ver toda a linguagem articulada no palco e compreender sua condição pessoal.

ADAVU = CORPO EM AÇÃO – é a unidade básica da estrutura da dança Bharatha Natyam, os movimentos do corpo, por meio dos quais a dança é criada. A paravra “adu” significa “jogar” ou “dançar” nas línguas do sul da India.

Adavu simboliza o movimento básico ou passo de dança. Os adavus resultam das combinações de “anga”, “upanga” e “pratyanga”.

Estas são as três partes em que, segundo a tradição da dança, o corpo humano pode ser dividido. Anga se refere ao um conjunto formado por cabeça, mãos, tórax, cintura, bacia e pernas.

Pratyanga se refere aos ombros, braços, estômago, coxas, joelhos e punhos. Upanga se refere a olhos, sobrancelhas, pálpebras, boca, mandíbula, lábios, língua, queixo, nariz. Os adavus fundamentais, segundo o Natya Shastra, são Sthanaka e Nritta Hasta.

Sthanaka é a posição inicial da dança, com pés unidos e pernas esticadas. Ardha Mandi ou Ayata Mandalam posição com pés e joelhos voltados para fora (joelhos em grande flexão).

O conjunto de movimentos de mãos, pés e todo o corpo quando o bailarino realiza o adavu recebe o nome de chari.

Dança Indiana – Clássica

Dança Indiana
Dança Indiana

dança na Índia é de pelo menos 5000 anos. Uma estátua de uma menina dançando foi encontrada nas ruínas de Mohenjodaro e é datado do século 2 aC aproximadamente.

Muitos grupos dessa dança representam sequências das pinturas da cavernas Bhimbetaka de Madhya Pradesh. O apsaras (Celestials) dançarinos estão esculpidos no gateways de Sanchi.

As pinturas de Ajanta e Ellora, as esculturas de Khajuraho, paredes de templos da dinastia Hoysala, é ampla evidência de popularidade da dança indiana desde os tempos antigos.

Através dos séculos as danças têm sido utilizadas como um veículo de culto e de expressão de emoções na Índia. Os bailarinos (Devadasis) levaram uma vida muito austera, a fim de executar danças sagradas para agradar aos deuses e deusas.

O sistema ainda é prevalente em alguns estados da Índia. Em Karnataka são dedicado à Deusa Yellamma de Savadatti. Em Orissa, são nomeados para executar várias atividades do templo.

O Português viajante, Domingo Paes visitou o Vijayanagar reino em 1520-22 dC e deixou para trás uma vívida descrição dos bailarinos que ele viu no reino. Suas crônicas originais foram preservadas na Bibliothèque Nationale de France, em Paris.

Ele visitou salas especiais de dança onde os jovens bailarinos do sexo feminino foi dada uma formação intensiva. As paredes estavam decoradas com pinturas representando várias danças que ajudaram a coloca os dançarinos para corrigir os seus passos.

O rei, Krishna Devaraya é muito interesse na sua dança educação e esse local é visitado periodicamente pelos bailarinos. Durante as celebrações da Festa Navaratri a dança foi dada grande importância.

Os dançarinos eram enfeitados com inúmeros ornamentos, feitas de ouro, pérolas e diamantes. “Às vezes as jóias que usavam eram tão pesado que os bailarinos eram apoiados pelas demais mulheres que os acompanhavam”.

Dança na Sociedade Indiana

Nataraja, o deus Shiva dançando, é a suprema manifestação da dança indiana. A lua que adorna em sua cabeça, o símbolo que é o controle completo dos sentidos.

As serpentes ao redor do corpo dele é a prova de seu controle completo sobre forças vitais. Seus pés elevados é um símbolo de triunfo sobre o ego.

O seu conteúdo temático são baseados na mitologia do país. A técnica é baseada na dança de alguns antigos tratados, como o Natya Shastra do sábio Bharata, que foram escritos há quase dois milênios.

A dança indiana consiste em três tipos distintos. “Nritta” é pura e simples dança com movimentos de tronco e pernas. “Nritya” está relacionada com expressões faciais, gestos manuais e corpo simbólico. “Natya” tem os elementos de um drama que é introduzido através da utilização fala muda. Todos os tipos envolvem o uso de “mudras”, que são tipos de gestos bem desenvolvidos durante a dança.

Os bailarinos utilizam todo o seu corpo para se comunicar com o público.

As principais danças clássicas indianas são: Bharata Natyam, Kathakali, e Kathak manipuri, Kuchipudi, Odissi e Mohini Attam. Além disso, existem inúmeras danças folclóricas e tribais espalhadas por todo o país.

Dança Indiana – Clássica

Dança Indiana
Dança Indiana

A dança indiana clássica, uma das mais antigas expressões teatrais do mundo, nunca esteve tão atual como nos dias de hoje.

Para aprender a dança indiana, a bailarina precisa não apenas de uma grande dedicação técnica, mas, principalmente, de uma profunda e perfeita integração entre o corpo, a mente e o espírito.

Entre as modalidades clássicas de danças indianas, o Bharatanatyam, cujos movimentos foram detalhadamente descritos no Natya Shastra, considerado o mais antigo texto existente sobre teatro, é a mais tradicional.

Escrito em sânscrito, por volta do ano 2000 A .C., o Natya Shastra, composto de 36 capítulos com 6.000 versos e algumas passagens em prosa, tem sua autoria imputada ao sábio Bharata Muni, embora na Índia sua concepção seja atribuida ao próprio deus Brahma.

O primeiro ensinamento do Natya Shastra diz que “o corpo inteiro deve dançar” e todas as posturas da dança indiana, com centenas de expressões corporais, possuem um significado simbólico e uma relação com a milenar cultura hindu.

Vinculado ao culto de Shiva, o Bharata-Natyam indica “vinte e quatro movimentos para a cabeça inteira, quatro para o pescoço, seis para as sobrancelhas, vinte e quatro para os olhos, cinqüenta e sete para as mãos, nove movimentos de pálpebras, seis movimentos de nariz, seis de lábios, sete de queixo…”

Além do Bharata Natyam, as principais danças clássicas da Índia são: Kathakali, Kathak, Manipuri, Kuchipudi, Odissi ou Orissi e Mohini Attam.

Há também inúmeras danças indianas tribais em todo o país, danças folclóricas e esportivas, como o Mallakhamb, uma espécie de yoga praticada em um poste de madeira com cordas, que deu origem à Pole Dance, hoje em dia muito praticada no Ocidente.

Dança Indiana
A dança indiana Bharata Natyam tem seis movimentos de nariz

Fonte: alek.zipzap.ch/www.suryanatyam.com/www.dicasdedanca.com.br/www.brasilazul.com.br

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Arte Nova

PUBLICIDADE Definição Art nouveau é um estilo internacional em arquitetura e design que surgiu na …

Tipografia

Tipografia

PUBLICIDADE A Tipografia, design ou seleção de formulários de letras a serem organizados em palavras …

Ilusionismo

PUBLICIDADE Definição Ilusionismo é uma técnica de usar métodos pictóricos para enganar o olho. Ilusionismo éo uso …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

300-209 exam 70-461 exam hp0-s41 dumps 640-916 exam 200-125 dumps 200-105 dumps 100-105 dumps 210-260 dumps 300-101 dumps 300-206 dumps 400-201 dumps Professor Messer's CompTIA N10-006 exam Network+