Breaking News
Home / História Geral / Papa Benedito VIII

Papa Benedito VIII

PUBLICIDADE

Papa Benedito VIII ( ~ 984 – 1024)

Papa da Igreja Cristã Romana (1012-1024) nascido em Túsculo e eleito em 18 de maio (1012) como sucessor de Sérgio IV (1009-1012), sendo o papa que determinou que os padres não se casassem (1022). Filho do violento Conde Gregório de Tusculum, tirano de Roma, e com predomínio dos tusculanos na eleição pontifícia, sua indicação deu origem a série de papas da corte de Túsculo, uma antiga cidade da hoje Região do Lázio, ao sul de Roma, próxima do vulcão de Alban, que seria destruída pelos romanos (1191). Apesar do poder de seu pai, o novo papa foi perseguido e expulso de Roma por algum tempo, pelas facções rivais, João duque de Espoleto, e seu irmão Crescêncio, que se autonomeara prefeito de Roma. Foi eleito um antipapa, mas não teve muita chance, pois na luta contra o antipapa dos Crescêncios, buscou o apoio do rei alemão, Henrique II, e o rei germânico reconheceu-o como papa, contra o antipapa Gregório, pertencente a família inimiga, e por isso foi-lhe grato pelo resto da vida. Guerreiro e calculista político mais que homem de igreja, teve a feliz idéia de coroar o imperador da Alemanha futuro Santo Henrique, que professava por ele uma grande estima, inclusive vindo a Roma com sua esposa Cunegundes (1014), onde o casal foi coroado. Depois da coroação, o imperador alemão confirmou por um diploma solene os direitos da Igreja Romana, declarando que a eleição deveria ser feita livremente pelo povo e pelo clero de Roma, acabando assim com a determinação do decreto do papa João XII.

Conseguiu assumir definitivamente (1014) e representou o período de maior grandeza de sua casa. Derrotou os sarracenos que estavam atacando o litoral da Itália. Apoiou os Normandos (1016), ligados aos lombardos, a invadirem a Apúlia na primavera. Foi à Alemanha para pedir auxilio alemão para a Itália meridional e celebrou a Páscoa na catedral de Bamberg, a predileta de Henrique, e consagrou em seguida a nova igreja de São Estêvao e juntos visitaram Fulda. Ambos reuniram-se ainda no sínodo de Pávia (1022) para discutirem sobre a Reforma e, coincidentemente, morreram dois anos depois (1024). Apesar de imposto no trono por seu pai, foi um bom papa e recebeu elogios até de São Pedro Damião por seu zelo e virtudes. Publicou leis contra a simonia e o dolo e, como o papa de número 144, morreu em 9 de abril, em Roma, sendo sucedido por seu irmão João XIX (1024-1032) que teve um pontificado sem muito brilho.

Fonte: www.dec.ufcg.edu.br

Veja também

Populista

Populista

PUBLICIDADE Definição Populista, em geral, é uma ideologia ou movimento político que mobiliza a população …

Corrida Espacial

Corrida Espacial

PUBLICIDADE Definição A corrida espacial da Guerra Fria (1957 – 1975) foi uma competição na exploração do …

Caso Watergate

Caso Watergate

PUBLICIDADE Watergate Watergate pode ser a história mais famosa na história americana de jornalismo investigativo. Isso …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.