Breaking News
Home / História Geral / Papa Silvestre III

Papa Silvestre III

Papa Silvestre III – ( ~ 1000 – 1050)

PUBLICIDADE

Papa da Igreja Cristã Romana (1045) nascido em Roma, que foi eleito pela imposição do partido político romano dos Crescêncios em 20 de janeiro (1045), substituto por breve tempo do deposto Bento IX (1032-1045), mas foi destituído no mês de março seguinte pelos condes de Túsculo, ou Tusculum, uma antiga cidade da hoje Região do Lázio, ao sul de Roma, próxima do vulcão de Alban, que seria destruída pelos romanos (1191), que trouxeram de novo o atribulado Bento IX para Roma, o qual o excomungou como antipapa.

Chamava-se João e era cardeal em Sabina e eleito mais por ação política e não eclesiástica, tomou o nome de Silvestre III, mas teve que fugir de volta para Sabina vinte dias depois, subjugado pelas tropas de Bento IX que assim recuperou a tiara papal.

Apesar de excomungado como antipapa por Bento e de outras muitas controvérsias, a Igreja o reconheceu como pontífice legítimo. No sínodo de Sutri (1046), o todo poderoso imperador da Alemanha Henrique III declarou formalmente cassada sua eleição ao pontificado, mas lhe permitiu que continuasse como titular da diocese de Sabina.

O Concilio de Sutri também excomungou Bento IX, declarado antipapa, acusou de simoníaco o também considerado papa GregórioVI (1044-1046) que, deposto, foi deportado por Henrique III para Colônia, e entronizou Suidgero, o Bispo de Bamberg como papa Clemente II (1046-1047).

Para nossa lista, o papa de número 147, que faleceu em Roma e foi substituído, em seqüência, por Bento IX (1045), Gregório VI (1045-1046) e.Clemente II (1046-1047).

Fonte: www.dec.ufcg.edu.br

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

O Mundo Pós-Guerra

PUBLICIDADE O que foi o Mundo Pós-Guerra? O mundo se dividiu em dois blocos antagônicos …

Crise de 1929

Crise de 1929

PUBLICIDADE A Crise de 1929 – O Crack da Bolsa de Nova York Em 1919 …

Descolonização da África e da Ásia

PUBLICIDADE O que foi a Descolonização da África e da Ásia? Com o enfraquecimento das nações …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.