Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Engenharia de Telecomunicações  Voltar

Engenharia de Telecomunicações

Uma área em franca expansão após o processo de privatização das empresas telefônicas , e com desenvolvimento da Internet e do uso dos telefones celulares.

O Engenheiro de Telecomunicações trabalha com as técnicas e os processos de transmissão e recepção de dados por vias analógicas e digitais. Ele planeja e viabiliza o uso de equipamentos tecnológicos da área de telecomunicações.

O curso

O Curso de Engenharia de Telecomunicações prepara profissionais para mercado de trabalho caracterizado pela expansão das empresas de telecomunicações, com o investimento na modernização dos sistemas para atender à demanda mundial. Para formar engenheiros capazes de atuar com segurança e conhecimento devidos nas áreas relacionadas a este campo das ciências exatas, a carga horária destinada às matérias diretamente relacionadas à engenharia de telecomunicações corresponde a mais de 40% da carga horária total do curso, permitindo sólida formação.

O campo de atuação profissional abrange empresas de serviços na área de transmissão de dados, vídeo e voz, incluindo as de telefonia celular e fixa; de projetos e de instalação; de informática, multimedia, internet, redes bancárias; empresas de comunicação por rádio e TV; indústrias nacionais e multinacionais que fabricam equipamentos e sistemas de telecomunicações; instituições de ensino e pesquisa.

As disciplinas básicas incluem matemática, física, informática, desenho e química.

Na parte específica do currículo, você terá aulas de princípios de comunicação, eletrônica, eletromagnetismo, processamento de sinais, comunicações ópticas, fundamentos de telefonia, sistemas operacionais, técnicas digitais, redes de computadores de alta velocidade, televisão (analógica e digital) e comunicação via satélite.

Em algumas escolas, esse curso é oferecido como habilitação de Engenharia Elétrica. O estágio é obrigatório.

O Profissional

Esse profissional tem a formação típica do engenheiro, devendo gostar muito das ciências exatas, deve ter muita facilidade de concentração.

Na era da Internet e da telefonia celular, o ramo das telecomunicações, no Brasil, ganhou um novo impulso com a privatização das empresas telefônicas.

Conseqüentemente, a procura por profissionais especializados cresceu muito.

Esse profissional conhece os princípios, as práticas e as técnicas computacionais das telecomunicações. Ele domina técnicas e processos de transmissão e recepção da informação no formato analógico e digital.

Ele está sempre estudando e se aperfeiçoando, pois tem que conhecer todas as inovações tecnológicas.

Aptidões Desejáveis

Precisa ter interesse e estar sempre atualizado com o desenvolvimento de novas tecnologias, capacidade de concentração e raciocínio lógico.

O Mercado de Trabalho

O engenheiro de telecomunicações encontra um mercado bastante aquecido e com expectativa de crescimento graças ao início das transmissões da TV digital no país.

Para atender a demanda dos consumidores, os fabricantes das set up box, os conversores da TV digital, contratam o graduado para atuar na área de desenvolvimento de produtos.

Hoje, a maioria dos conversores disponíveis é de procedência chinesa.

Outro setor que requisita o profissional é o de telefonia celular. Além das operadoras, há vagas também em empresas fabricantes de aparelhos, como a Nokia e a Motorola, nas quais o especialista pode trabalhar na área de pesquisa e desenvolvimento.

Os empregos estão concentrados principalmente nas regiões Sudeste e Sul para os setores de serviços e internet móvel. Nas operadoras de telefonia fixa são boas as chances em todas as regiões.

Crescem ainda as oportunidades de colocação em grandes empresas e em bancos, para atuar na infra-estrutura, cuidando dos departamentos de conectividade e rede.

No setor público, o profissional também é requisitado. Marinha, Aeronáutica e agências reguladoras, como a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), costumam abrir vagas, por meio de concurso público, para esse engenheiro.

Com a utilização das redes elétricas como meio de transmissão de dados, uma especialização na área de eletricidade pode abrir portas para esse especialista.

Campos de Atuação

Com o fortalecimento da área, o Engenheiro de Telecomunicações pode exercer funções ligadas à área de Infra-estrutura como o planejamento, construção e gerenciamento dos sistemas de telecomunicações, e também, na criação e pesquisa de novos equipamentos e produtos para ambientes de comunicações.

Duração média: 05 anos.

Fonte: www.fumec.br/www.furb.br/www.unifor.br

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal