Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Profissões / Engenharia de Minas

Engenharia de Minas

PUBLICIDADE

É a engenharia que se ocupa da pesquisa, da prospecção, da extração e do aproveitamento de recursos minerais.

O engenheiro de minas localiza jazidas e analisa o tamanho das reservas e a qualidade do minério no local. Estuda a viabilidade técnica e econômica da exploração do depósito mineral. Caso seja viável, elabora e executa o projeto de extração, escolhendo os equipamentos adequados e determinando os recursos humanos e materiais necessários ao trabalho. Cuida ainda do beneficiamento do minério bruto.

Em geral, atua em companhias mineradoras, mas pode trabalhar também em pedreiras, construtoras de estradas e empresas de demolição. Lida com tecnologias de última geração e com reciclagem de produtos industriais ou com a prospecção de jazidas.

A legislação ambiental exige que esse profissional tenha como objetivo minimizar o impacto da extração sobre o meio ambiente.

Sobre a Engenharia de Minas

Numerosas substâncias são encontradas no interior da terra.

Para se ter uma idéia da importância desta fonte de matéria-prima relacionamos abaixo os materiais que necessitamos para construção de uma simples casa: cimento, tijolo, areia, brita, ferro, tinta, esquadria de alumìnio, balcão, assento sanitário, piso cerâmico ou natural, vidro, lâmpada, fio, tubulações, telhas, etc.

Todos estes materiais são extraídas do subsolo da Terra. Outro exemplo que denota a importância do subsolo terrestre, como fonte de matéria prima, é a atividade de extração do petróleo, de onde se obtém a gasolina, o óleo diesel, o gás de cozinha, etc.

Na atualidade são conhecidas mais de 1500 espécimes diferentes de substâncias minerais no interior da terra, as quais são possíveis de serem extraídas a grandes profundidades. Muitas delas encontra-se no estado impuro, necessitando passar por uma etapa de tratamento, antes de gerar produtos que são utilizados pelo homem.

A profissão

O engenheiro de minas localiza jazidas, analisa o tamanho das reservas e a qualidade do minério local. Em seguida, estuda a viabilidade técnica e econômica da exploração da mina. Caso seja viável, elabora e executa o projeto de extração, escolhendo os equipamentos adequados e determinando os recursos humanos e materiais necessários ao trabalho. Também cuida do beneficiamento do minério bruto. Em geral, trabalha em companhias mineradoras, as principais empregadoras, mas também atua em pedreiras, construtoras de estradas e empresas de demolição. Atualmente, as exigências das leis ambientais obrigam que esse profissional minimize o impacto da extração sobre o meio ambiente. Para exercer a profissão é preciso ter o registro no Crea.

Características que ajudam na profissão

Capacidade de adaptar-se a novos locais e climas, gosto por atividades ao ar livre, organização, habilidade de trabalhar em equipe e de coordenar várias atividades ao mesmo tempo.

O Curso

O curso prepara o aluno para desenvolver os aspectos técnicos, ambientais e de saúde e segurança envolvidos em todas as fases da produção de bens minerais (minerais metálicos, combustíveis fósseis sólidos, minerais industriais, minerais não-metálicos e águas minerais), projetos de engenharia, estudos de impacto ambiental, planos de controle e de monitoramento ambiental e planos de fechamento de atividades de mineração.

O curso de Engenharia de Minas forma o profissional com a responsabilidade técnica de extrair e beneficiar toda e qualquer substância do subsolo terrestre.

A Engenharia de Minas é uma modalidade da engenharia que se ocupa em explorar as substâncias minerais existentes no subsolo para, em sequida, deixá-las em condições de serem aproveitadas pelos diferentes setores industriais.

O Profissional

Essa é uma profissão cheia de sacrifícios, pois o engenheiro vive grande tempo fora de casa, comandando atividades de minas subterrâneas ou a céu aberto, no meio do mato.

O trabalho começa pela busca da jazida, passa pela análise da viabilidade de sua exploração (a atividade degrada o meio ambiente, as leis exigem cuidados rigorosos), a instalação do acampamento e o posterior beneficiamento do minério

Este profissional trabalha com a exploração de minerais, procurando não causar danos ao meio ambiente. É o responsável pela pesquisa, extração e beneficiamento dos minerais. Seu trabalho é realizado, em sua grande maioria, em campo.

O Curso de Engenharia de Minas foi fundado em 1977, tendo sua primeira turma em 1978 com uma oferta de 30 vagas por ano.

Aspectos Favoráveis da Carreira de Engenheiro de Minas

As privatizações da década de 90 renovaram o ânimo do mercado de mineração no Brasil. Com a privatização vieram novos investimentos e a atividade cresce a cada ano, hoje em dia as empresas Brasileiras estando entre as maiores do mundo e inclusive comprando minas e empresas em outro país se tornando multinacionais. Além das grandes mineradoras, há também vagas em empresas de exploração e produção de cimento, empresas de extração e produção de mármore e empresas de produção de fertilizantes, que em sua composição, embora muita gente não saiba, tem varios minerais.

Aspectos Desfavoráveis da Carreira em Engenharia de Minas

No trabalho de campo muitas vezes o profissional de engenharia de minas pode ser exposto a condições insalubres tais como ambientes barulhentos e apertados ou então a situações de perigo real tais como explosões de dinaminte e desabamento. Claro, atividades com algum perigo, mas controladas.

Área de atuação

O engenheiro de minas faz parte de uma rara lista de profissões em que não existe saturação de empregos no Brasil.

As maiores empresas mineradoras do País – entre elas, muitas das principais do mundo – absorvem com relativa facilidade os profissionais dessa área.

Seu campo de atuação é amplo e envolve toda a tecnologia mineral, desde a prospecção mineral (procura de depósitos minerais), passando pela exploração mineral (estudo detalhado dos depósitos minerais) e pela lavra (planejamento de mina e extração do minério), até o beneficiamento mineral (processamento, separação e/ou concentração do material extraído para adequá-lo às especificações de mercado).

Ele também é responsável pelas atividades que envolvem águas subterrâneas e atua, igualmente, nas áreas de geotecnia (projetos de execução de barragens, estradas, túneis, taludes em solos e em rochas) e de meio ambiente.

O campo de atuação profissional abrange:

Beneficiamento: Estuda e trata minerais utilizados na indústria, define processos pra o beneficiamento dos minerais.
Extração:
Trabalho em campo acompanhando a exploração de jazidas.
Pesquisa:
Procura pelo mineral, pesquisa de novos meios de exploração.
Planejamento:
Efetua o plano, estratégia de exploração mineral.

O engenheiro de minas atua, ainda, em perícias, na emissão de pareceres técnicos, na fiscalização de projetos de mineração, na pesquisa e desenvolvimento de produtos, processos e equipamentos para a mineração.

Mercado de Trabalho

O mercado de trabalho para Engenheiros de Minas são empresas de mineração e petróleo, onde atuam como profissionais responsáveis pelas etapas do processo de extração, processamento e comercialização de bens minerais.

No Brasil destacam-se os empreendimentos ligados à mineração de: metais ferrosos (ferro e manganês); metais não ferrosos (cobre, alumínio); metais preciosos (ouro, prata); metais raros (nióbio); materiais para construção (granito, mármore, areia); materiais cerâmicos (argila, caulin, feldspato); minerais isolantes (amianto, vermiculita); minerais fundentes (diamante, granada); minerais de carga (gesso); água minerais; pedras preciosas (esmeralda, água marinha, safira); minerais radioativos (urânio tório) e; combustíveis fósseis (petróleo, carvão).

O profissional atua em empresas de mineração e petróleo, como profissional responsável pelo projeto e operação, nos setores de extração e beneficiamento mineral.

Mercado em alta, principalmente na área de minérios ferrosos, que vêm sendo vendidos em grande escala para a China e tiveram seu valor quintuplicado no último ano. Empresas de todos os portes contratam o profissional para atuação no Brasil e no exterior. Há empregos nas diversas regiões do país, mas os principais empregadores concentram-se nos estados de Minas Gerais, São Paulo, do Pará, de Goiás e da Bahia. Companhias de extração de petróleo abrem vagas para especialistas em engenharia de petróleo. A área de minerais industriais, como calcário (matéria-prima do cimento), brita, areia e argila, teve a oferta de trabalho aumentada por conta do bom momento vivido pela construção civil. A valorização do ouro aqueceu a exploração industrial do minério.

Órgãos públicos, como o Ministério das Minas e Energia, o Departamento Nacional de Produção Mineral e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), também contratam esse engenheiro para os setores de consultoria e fiscalização. A área ambiental é outro filão, no qual o profissional atua como consultor, desenvolve métodos de reciclagem de minerais e cuida da recuperação de áreas degradadas.

Duração média do curso: 05 anos

Engenharia de Minas – Profissão

A mineração é a ciência que estuda a extração de minérios da natureza. Esse profissional é responsável pela prospecção, extração, separação de matéria prima e aproveitamento dos minérios. Para isso é necessário o conhecimento de diversos ramos da ciência, particularmente da Geologia, Química e Física.

Existem cursos de nível superior que dão a formação para engenharia de minas e também os que formam engenheiros específicos para o manejo de reservas de petróleo e gás. As engenharias de Minas e de Petróleo e Gás formam profissionais com amplos conhecimentos de projetos para embarcações e maquinários envolvidos na exploração de recursos minerais, além de domínio sobre o controle e manejo de reservas.

Já os cursos de graduação tecnológica podem ter uma vocação mais específica como Extração de Petróleo e Gás, ou então Mineração de Pedras Ornamentais.

Alguns cursos dão também uma ênfase na parte administrativa de negócio de mineração como Gestão de Petróleo e Gás, Gestão de Empreendimentos de Mineração, ou ainda, Gestão para a Indústria Petroquímica.

O profissional é capacitado para localizar reservas minerais, atividade em comum com os geólogos, no entanto, é o engenheiro de minas o responsável pela avaliação da atividade extrativista. Somente ele pode fazer o planejamento e a supervisão da exploração dos recursos minerais.

Também fica sob a responsabilidade desse profissional a recuperação ambiental da área degradada pela atividade extrativista, assim como a avaliação técnica e econômica dos projetos mineiros. Ele trabalha com a análise do impacto ambiental, dos riscos para os trabalhadores, das possibilidades de rentabilidade do empreendimento e do impacto social da atividade.

O engenheiro de minas também cuida do beneficiamento do minério bruto, do levantamento dos recursos humanos necessários para os empreendimentos de mineração e da escolha dos equipamentos adequados a cada circunstância específica.

Tipos de Curso

a) Nível Superior

Bacharelado (Engenharia de Minas)

Duração média de 5 anos. O curso oferece uma grade curricular básica de engenharia para os dois primeiros anos, recheada de disciplinas como matemática, cálculo, álgebra, física, química. As disciplinas específicas como topografia, geologia, reciclagem de rejeitos e resíduos, surgem a partir do terceiro ano e complementam a formação desse profissional. A maioria das escolas oferece horas de aula em campo, com visitas a mineradoras e reservas e também boa carga de estudo em laboratório. O estágio supervisionado é obrigatório.

b) Nível Superior

Bacharelado (Engenharia de Petróleo e Gás)

Duração média de 5 anos. O curso oferece uma grade curricular básica de engenharia para os dois primeiros anos, com disciplinas como matemática, cálculo, álgebra, física, química. As disciplinas específicas como geologia, fontes alternativas de energia, técnicas de exploração e refino de petróleo, prospecção de óleo bruto, indústria do petróleo, engenharia de reservatórios e método de elevação, surgem a partir do terceiro ano e complementam a formação desse profissional. Em algumas escolas é uma habilitação do ensino de Engenharia de Minas.

c) Nível Superior

Tecnológico

Duração média de 3 anos. Os cursos que oferecem graduação tecnológica na área lidam principalmente com o preparo de profissionais aptos para trabalhar na mineração de petróleo e gás. Mas os interessados na área podem também optar pelo Curso Superior de Tecnologia em Rochas Ornamentais, que também se ocupa da atividade extrativista, ou ainda Geoprocessamento. As disciplinas dos cursos se concentram em geologia, extração mineral, beneficiamento de rochas, exploração, produção e distribuição de petróleo e gás, gestão e comercialização dos produtos.

d) Nível Médio

Curso Técnico

Duração média de 2 anos. Não existem cursos técnicos de engenharia de minas, mas os interessados na área podem optar pelo Curso Técnico de Mineração. Os cursos podem apresentar uma ênfase específica, como em rochas ornamentais. Em geral são ofertadas disciplinas como geologia geral, legislação ambiental, licenciamento ambiental, cartografia, topografia, petrologia e mineralogia, métodos prospectivos e recuperação de áreas degradadas, entre outras.

Mercado de Trabalho

O Brasil é um dos maiores produtores de minério de ferro do mundo, um dos maiores exportadores de aço do mundo, já alcançou a auto-suficiência em extração de petróleo e tem grandes reservas de carvão e de minerais raros. Enfim, o mercado extrativista brasileiro é super aquecido.

Com esse cenário favorável o mercado de trabalho para os engenheiros de mina e profissionais formados na área é sempre promissor. No entanto é preciso muita dedicação e, de preferência, uma especialização.

Atualmente, o mercado para os especialistas em extração de petróleo é o mais próspero. O recente incremento nos investimentos da Petrobrás e a busca pelo aumento dos volumes de petróleo produzido, alargaram o mercado de trabalho para todo tipo de profissional envolvido com a atividade petroquímica, inclusive para os engenheiros de minas.

Os especialistas em beneficiamento de minerais também encontram boas oportunidades de trabalho, assim como quem trabalha com planejamento ambiental do extrativismo. A atividade de preservação ambiental foi reforçada nos últimos anos. Órgãos públicos e empresas privadas contratam esses profissionais para a avaliação de empreendimentos e prevenção de impacto, bem como para a recuperação de áreas devastadas pela atividade.

Ofertas de Emprego

Para os profissionais especializados em prospecção e extração de minérios, São Paulo e Minas Gerais têm sido os maiores empregadores, já que reúnem as maiores reservas nacionais. Estados do Sul contratam especialistas em manejo de minas de carvão mineral e beneficiamento de matéria prima para indústria termoelétrica.

Alguns órgãos públicos como Ministério das Minas e Energia, Ibama e Departamento Nacional de Produção Mineral, também requisitam os préstimos desse profissional, realizando concursos públicos para contratação.

Empresas produtoras de material de construção e construtoras também precisam do especialista em mineração para trabalhos de extração em pedreiras. Outras empresas privadas também podem contratar a assessoria profissional para avaliação de projetos e de impacto ambiental em áreas de reserva mineral.

O Engenheiro de Minas é o profissional com maior graduação na atividade, ele pode trabalhar no beneficiamento e processamento de minérios; na lavra, que é a supervisão e planejamento de ações extrativistas; na prospecção de reservas; e na pesquisa da mecânica das rochas, estudando o comportamento das rochas para assegurar trabalhos como construção de túneis, metrôs e galerias subterrâneas.

Para quem tem de formação acadêmica superior e diploma de pós-graduação, a docência no ensino universitário e técnico é uma alternativa profissional.

Fonte: www.proacad.ufpe.br/www.cursocerto.com.br/www.ufpe.br

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Dermatologia

Dermatologia

PUBLICIDADE Definição A Dermatologia envolve, mas não se limita ao estudo, pesquisa e diagnóstico de doenças e …

Neurofisiologia

Neurofisiologia

PUBLICIDADE Definição Um ramo da neurociência que se preocupa com a fisiologia do sistema nervoso. …

Neurologista

Neurologista

PUBLICIDADE Definição Um neurologista é um médico especializado no tratamento de doenças do sistema nervoso. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

QUESTION 1 You are managing a SharePoint farm in an Active Directory Domain Services (AD DS) domain. You need to configure a service account to use domain credentials. What should you do first? A. Configure the service account to use a domain user account. B. Register the domain credentials in the Farm Administrators group. C. Configure the service account to use a local user account. D. Register the domain credentials as a SharePoint managed account. Correct Answer: D Explanation QUESTION 2 A company named Contoso, Ltd. has a SharePoint farm. The farm has one Search service application configured. The Search service application contains five crawl databases, all of which contain content. Contoso plans to crawl knowledge base content from its partner company Litware, Inc. The knowledge base content must be stored in a dedicated crawl database. You need to configure crawling. What should you do? A. Add a crawl database that contains the Litware knowledge base to the existing Search service application. B. Provision a new Search service application. Configure the service application to crawl the Litware knowledge base content. C. Set the MaxCrawlDatabase parameter to 6. D. Create a dedicated Microsoft SQL Server instance for the Litware crawl database. Correct Answer: B Explanation Explanation/Reference: The maximum number of crawl databases is 5 per Search service application so we need another Search service application. This maximum limit is increased to 15 with an Office 2013 update but the question doesn't mention that this update is installed so we have to assume the question was written before the update was released. QUESTION 3 A company uses SharePoint 2013 Server as its intranet portal. The Marketing department publishes many news articles, press releases, and corporate communications to the intranet home page. You need to ensure that the Marketing department pages do not impact intranet performance. Which two actions should you perform? (Each correct answer presents part of the solution. Choose two.) A. In Central Administration, set up a User Policy for the Super User and Super Reader accounts. B. Configure IIS to use the Super User and Super Reader accounts for caching. C. Use the Farm Configuration Wizard to configure the Super User and Super Reader accounts. D. Use Windows PowerShell to add the Super User and Super Reader accounts. Correct Answer: AD Explanation Explanation/Reference: A: The way to correct this problem is to first create two normal user accounts in AD. These are not service accounts. You could call them domain\superuser and domain\superreader, but of course that's up to you. The domain\superuser account needs to have a User Policy set for that gives it Full Control to the entire web application. D: If you are using any type of claims based authentication you will need to use Windows PowerShell. And Windows PowerShell is the hipper more modern and sustainable option anyway. If you are using classic mode authentication run the following cmdlets on one of your SharePoint servers: $w = Get-SPWebApplication "http:///" $w.Properties["portalsuperuseraccount"] = "domain\superuser" $w.Properties["portalsuperreaderaccount"] = "domain\superreader" $w.Update() If you are using claims based authentication run these cmdlets on one of your SharePoint servers: $w = Get-SPWebApplication "http:///" $w.Properties["portalsuperuseraccount"] = "i:0#.w|domain\superuser" $w.Properties["portalsuperreaderaccount"] = "i:0#.w|domain\superreader" $w.Update() Note: * If you have a SharePoint Publishing site and you check the event viewer every once in a while you might see the https://www.pass4itsure.com/70-331.html following warning in there: Object Cache: The super user account utilized by the cache is not configured. This can increase the number of cache misses, which causes the page requests to consume unneccesary system resources. To configure the account use the following command 'stsadm -o setproperty -propertynameportalsuperuseraccount -propertyvalue account -urlwebappurl'. The account should be any account that has Full Control access to the SharePoint databases but is not an application pool account. Additional Data: Current default super user account: SHAREPOINT\system This means that the cache accounts for your web application aren't properly set and that there will be a lot of cache misses. If a cache miss occurs the page the user requested will have to be build up from scratch again. Files and information will be retrieved from the database and the file system and the page will be rendered. This means an extra hit on your SharePoint and database servers and a slower page load for your end user. Reference: Resolving "The super user account utilized by the cache is not configured." QUESTION 4 You are managing a SharePoint farm. Diagnostic logs are rapidly consuming disk space. You need to minimize the amount of log data written to the disk. Which two actions should you perform? (Each correct answer presents part of the solution. Choose two.) A. Set the log event level to Information. B. Set the log event level to Verbose. C. Set the log trace level to Medium. D. Set the log trace level to Verbose. E. Set the log event level to Warning. F. Set the log trace level to Monitorable. Correct Answer: EF Explanation Explanation/Reference: E: Event Levels Warning, Level ID 50 Information, Level ID: 80 Verbose, Level ID: 100 F: Trace levels: Monitorable: 15 Medium: 50 Verbose: 100 Note: When using the Unified Logging System (ULS) APIs to define events or trace logs, one of the values you must supply is the ULS level. Levels are settings that indicate the severity of an event or trace and are also used for throttling, to prevent repetitive information from flooding the log files. Reference: Trace and Event Log Severity Levels QUESTION 5 A company's SharePoint environment contains three web applications. The root site collections of the web applications host the company intranet site, My Sites, and a Document Center. SharePoint is configured to restrict the default file types, which prevents users from uploading Microsoft Outlook Personal Folder (.pst) files. The company plans to require employees to maintain copies of their .pst files in their My Site libraries. You need to ensure that employees can upload .pst files to My Site libraries. In which location should you remove .pst files https://www.pass4itsure.com/70-342.html from the blocked file types? A. The File Types area of the Search service application section of Central Administration B. The General Security page in the site settings for the site collection C. The Blocked File Types page in the site settings for the site collection D. The General Security section of the Security page of Central Administration Correct Answer: D Explanation