Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Profissões / Engenharia de Alimentos

Engenharia de Alimentos

PUBLICIDADE

É uma profissão ainda nova no Brasil, porém em expansão, envolve a aplicação da ciência e da engenharia no processamento de alimentos, desde a obtenção das matérias primas, até a distribuição dos produtos alimentícios.

Numa época em que a industrialização de alimentos é irreversível, o Engenheiro de Alimentos tem seu lugar garantido no mundo moderno.

O que é Engenharia de Alimentos

É o processo através do qual o alimento, de origem animal ou vegetal, é levado até o consumidor. Envolve a coleta de matéria prima, transporte, industrialização, embalagem, armazenamento e venda. A pesquisa de corantes, conservantes e a criação do maquinário exigido em cada etapa são atribuições do profissional da área.

Porque a Engenharia de Alimentos?

Estamos vivenciando um período de grande luta pela redução do desperdício, do uso racional de técnicas de conservação, da redução da fome, da necessidade de produtos enriquecidos ou voltados para dietas específicas como é o caso dos produtos diets.

Engenharia de Alimentos oferece um mercado amplo de atuação, principalmente porque a globalização gerou o aumento do nível de exigência dos consumidores, pressionando as indústrias a direcionar esforços para a melhoria da qualidade de seus produtos visando maior competitividade.

O Engenheiro de Alimentos é o profissional imprescindível a estas indústrias.

O Engenheiro de Alimentos formado deverá ser capaz de atender as exigências técnico-científicas e operacionais das agroindústrias, atuando no sentido de selecionar e utilizar o melhor processo para transformação da matéria prima em produtos industrializados, bem como a conservação dos mesmos. Além disso, atua também como responsável pela produção industrial devido aos seus conhecimentos em processos tecnológicos e dos equipamentos envolvidos na industrialização de alimentos.

O Curso

O curso de Engenharia de Alimentos visa formar profissionais qualificados para atuar nas áreas científica, técnica, comercial e de extensão relacionadas à comercialização e industrialização de alimentos, com capacidade de acompanhar e contribuir para o constante avanço dessas áreas, minimizando custos de produção e incrementando a qualidade dos produtos alimentícios, considerando sempre as questões ambientais, sociais e ético-profissionais.

O estudante precisa gostar muito de biologia, matemática, física e química. A duração média é de cinco anos.

Entre as disciplinas: estatística, gerenciamento industrial, processamento de dados, microbiologia, citologia, agropecuária, química dos alimentos.

Disciplinas como cereais, frutas e legumes, bebidas podem encaminhar o futuro profissional para um setor específico da indústria.

Descrição

É a área da Engenharia que estuda e pesquisa as reservas da agricultura, pecuária e pesca, sempre com o objetivo de alcançar o melhor padrão alimentar. Através da análise as substâncias nutritivas dos alimentos faz o controle de qualidade d o produto. Cuida também dos métodos de reciclagem e de reaproveitamento dos alimentos de origem animal e vegetal. Supervisiona o manuseio , a colheita e o armazenamento dos produtos determinando formas de conservação antes e depois da industrialização dos mesmos.

A Profissão

Este profissional cuida de todas as etapas de preparo e conservação de alimentos de origem animal e vegetal. Ele seleciona a matéria-prima, como leite, carnes, peixes, legumes e frutas, define a melhor forma de armazenagem, acondicionamento e preservação dos produtos projetando equipamentos e embalagens. Cria e testa receitas de novos produtos alimentícios a fim de determinar seu valor nutricional, o sabor, a cor e a consistência dos alimentos e os tipos de conservantes usados para sua melhor preservação.

Características que ajudam na profissão

Atenção para detalhes, meticulosidade, exatidão, atualização, curiosidade, capacidade de análise, facilidade de lidar com números, interesse por pesquisas científicas.

O Profissional

O engenheiro de alimentos inventa novos produtos, elabora fórmulas, decide a melhor forma de transporte, embalagem e conservação. Ele também acompanha toda a produção, chegando até ao marketing do produto. Esse profissional aplica as mais modernas técnicas da engenharia às indústrias no processamento dos alimentos de origem vegetal ou animal; toda a comida industrializada passa pelas mãos desse profissional.

Em laboratórios, ele testa receitas, avaliando o seu valor nutricional, a sua consistência e aparência, testa embalagens que garantam a conservação dos produtos.

Perfil do Profissional

A profissão do Engenheiro de Alimentos requer raciocínio abstrato, aptidão numérica e verbal, sociabilidade e envolve conhecimentos nas áreas de ciências exatas, biológicas e química. Durante o processo de formação, o aluno conhece em profundidade os diferentes tipos de alimentos e suas respectivas composições, as reações de deterioração e características sensoriais, os diversos processos de conservação e seus aspectos, os tratamentos térmicos, envase e emprego de ingredientes e matérias-primas, assim como os equipamentos utilizados. Além disso, o aluno aprende também a elaborar projetos de indústrias de alimentos e linhas de processamento.

Campo de Atuação

O Engenheiro de Alimentos pode atuar em:

Indústrias de Produtos Alimentícios
Indústrias de Insumos para processos e produtos (equipamentos, embalagens, aditivos, matérias primas)
Empresas de Serviços
Órgãos e Instituições Públicas e Privadas

Consultorias e Projetos nas áreas de:

Produção industrial
Desenvolvimento e otimização de processos
Garantia de qualidade
Pesquisa e desenvolvimento de novos produtos
Projetos
Comercial / marketing
Fiscalização de alimentos e bebidas

Mercado de Trabalho

Atualmente o mercado de trabalho para o Engenheiro de Alimentos é muito amplo, em função da escassez de profissionais qualificados para atender a demanda do mercado, principalmente fora dos grandes centros.

O mercado de trabalho está em expansão, graças a abertura de novas empresas, principalmente no Norte e Nordeste do País. Ele está sendo bastante requisitado para o controle de qualidade para garantir a integridade da produção.

Compete ao Engenheiro de Alimentos atuar na produção, no controle e na otimização dos processos, objetivando aumentar a produtividade, qualidade, estabilidade e o valor nutritivo dos produtos; no armazenamento de produtos alimentícios; na higienização e no controle de qualidade na indústria, determinando padrões de qualidade envolvidos em todas as etapas dos processos, no planejamento e na implantação de sistemas e programas de controle de qualidade físico-químico, microbiológico e sensorial; na pesquisa e no desenvolvimento de novos processos e produtos; na redução de perdas e no aproveitamento de subprodutos; no planejamento, na execução e implantação de projetos de unidades de processamento; na implantação e no gerenciamento de sistemas de tratamento de resíduos de indústrias alimentícias; na manutenção preventiva de equipamentos; na fiscalização de alimentos e bebidas; e na consultoria e assistência técnica a empresas do ramo alimentício.

Áreas de atuação

O engenheiro alimentar seleciona a matéria-prima, como peixes, carnes, frutas, legumes, leite, entre outros, pesquisa o valor nutricional de cada um e técnicas de industrialização e conservação. Cria máquinas para o transporte, embalagem, estocagem e conservação. Estuda a reciclagem e o reaproveitamento dos alimentos. Presta assessoria para fábricas de microondas e refrigeradores.

Onde Pode Trabalhar

Magistério e Pesquisa.
Indústria e empresas do ramo de alimentos.
Órgãos de vigilância sanitária.
Restaurantes, hospitais, escolas.
Comércio e transporte de produtos alimentícios.

Lei

A profissão foi legalizada através da Lei 5194, de 24/12/1966.

As atribuições do Engenheiro de Alimentos foram definidas pelo Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (CONFEA) através da Resolução no. 218 de 29 de junho de 1973 e, em seu artigo 19, discriminou as atividades do Engenheiro de Alimentos:

Resolução no. 218 – de 29 de junho de 1973

O Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia, usando das atribuições que lhe conferem as letras “d” e “f”, parágrafo único do artigo 27 da Lei no. 5.194, de 24 de dezembro de 1966

Considerando que o art. 7º da Lei no. 5.194/ 66, refere-se às atividades profissionais do engenheiro, do arquiteto e do engenheiro agrônomo, em termos genéricos

Considerando a necessidade de discriminar atividades das diferentes modalidades profissionais da Engenharia, Arquitetura e Agronomia em nível superior e em nível médio, para fins da fiscalização de seu exercício profissional, e atendendo ao disposto na alínea “b” do artigo 6º e parágrafo único do artigo 84 da Lei no. 5.194, de 24 de dezembro de 1966.

Duração do curso: 05 anos.

Fonte: www.ufvjm.edu.br/www.fef.br

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Dermatologia

Dermatologia

PUBLICIDADE Definição A Dermatologia envolve, mas não se limita ao estudo, pesquisa e diagnóstico de doenças e …

Neurofisiologia

Neurofisiologia

PUBLICIDADE Definição Um ramo da neurociência que se preocupa com a fisiologia do sistema nervoso. …

Neurologista

Neurologista

PUBLICIDADE Definição Um neurologista é um médico especializado no tratamento de doenças do sistema nervoso. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

300-209 exam 70-461 exam hp0-s41 dumps 640-916 exam 200-125 dumps 200-105 dumps 100-105 dumps 210-260 dumps 300-101 dumps 300-206 dumps 400-201 dumps Professor Messer's CompTIA N10-006 exam Network+