Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Profissões / Educação Física

Educação Física

PUBLICIDADE

Educação Física
Educação Física

Educação Física é uma área de conhecimento que trata da cultura de movimento, estudando e atuando sobre o complexo conjunto de práticas corporais produzidas pelos seres humanos ao longo de sua existência: os jogos, as ginásticas, as lutas, as danças e os esportes.

O licenciado é o profissional qualificado para atuar no campo da Educação Física Escolar, nos ensinos infantil, fundamental e médio.

Ele poderá atuar como profissional, podendo também formular, realizar e avaliar projetos educativos em diversos campos, como:

No setor público:

Em escolas municipais
Estaduais e federais
Universidades
Secretarias de Governo
Ministérios.

Setor privado:

Em hotéis de lazer
Clubes
Acampamentos
Academias
Escolas de esportes
Escolas particulares.

Terceiro setor:

Organizações Não-Governamentais
Associações comunitárias
Sindicatos.

A atuação dos professores de Educação Física é dirigida a pessoas ou grupos de pessoas de diferentes faixas etárias, que apresentam condições corporais distintas e/ou necessidades de atendimentos especiais e se desenvolve de forma individualizada e/ou em equipe multiprofissional formada por médicos, psicólogos e fonoaudiólogos

Educação Física – O que é

Educação Física

A educação física é a disciplina que abrange tudo relacionado ao uso do corpo.

Do ponto de vista do ensino favorece a formação do ser humano. Isto é, com a sua prática criativa e movimentos intencionais são acionados, a manifestação da corporeidade por meio de processos afetivos e cognitivos de ordem superior.

Da mesma forma, o gozo de mobilização corporal promove e incentiva a participação em atividades que envolvam tarefas motoras. Da mesma forma convivência, amizade e diversão e apreciação das atividades da comunidade se destina.

Para atingir esses objetivos de determinadas fontes e meios, dependendo da sua abordagem mudou seu design e ênfase ao longo do tempo. No entanto, o que é indiscutível, são as contribuições que a prática de educação física oferece à sociedade: Contribuir para o cuidado e preservação da saúde, para a promoção da tolerância e do respeito pelos direitos humanos, a ocupação do tempo livre, vida ativa contra sedentarismo, etc.

Os meios utilizados são o motor de jogo, iniciação esportiva, esporte educacional, recreação, etc. A tendência atual em educação física é desenvolver competências para permitir a melhor possível adaptabilidade às novas situações no ambiente e realidade.

Assim, a educação física tem como objetivo desenvolver as seguintes competências:. Integração de concretização, a expressão e realização de desempenho simples e complexo motor e domínio e controle motor para levantar e resolver problemas

História

Em tempos pré-históricos, o homem é encontrado praticando exercício físico através de agilidade, força, velocidade e potência. Na Grécia, o fim da educação física era treinar homens de ação. Quanto a Roma, a educação física era muito parecido com o Spartan, como o protagonista era o atleta.

O primeiro a propor exercícios específicos para cada parte do corpo e usar o pulso como um meio para detectar os efeitos do exercício físico era Galen. Luta, saltos, dardo e esgrima.

Ginástica modernas nasceram no início do século XIX, na Suíça e na Alemanha, com esportes, como saltar, correr e lutar ao ar livre, natação, equilíbrio, dança, esgrima, escalada e passeios a cavalo. Nascido na Inglaterra de futebol, rugby, cricket e desportos equestres.

No final do século XIX esportes nascido na velocidade, como ciclismo e corrida, que combinam habilidade física com eficiência mecânica. A educação física como a entendemos hoje, se origina através de atividades físicas que o homem tentou codificar nos tempos antigos para melhorar a sua aptidão para a guerra.

No final do século escolas e institutos de formação de professores de educação física chegaram a um nível universitário.

Educação Física e Saúde

Um dos principais objetivo geral de educação física é para aqueles que praticam o hábito, a aquisição de um estilo de vida ativa e vida saudável.

A Organização Mundial de Saúde (OMS), na Carta de Ottawa (1986), considera estilos de vida saudáveis, como componentes importantes de intervenção para a promoção da saúde no contexto da vida cotidiana nas escolas, trabalho e recreação.

Para promover a saúde, a educação física possui propósitos fundamentais: proporcionar uma base sólida para a prática de atividade física ao longo da vida, desenvolver e promover a saúde e o bem-estar dos alunos, para proporcionar um espaço de lazer e de vida social e ajudar a prevenir e reduzir os problemas de saúde que podem ocorrer no futuro.

Mercado de Trabalho

Quem se forma em Educação Física não tem dificuldade para encontrar emprego. E o mercado deve continuar em ascensão nos próximos anos.

O aumento do número de postos de trabalho está relacionado principalmente com a conscientização da importância dada às práticas corporais como forma de garantir uma vida mais saudável e prazerosa.

O setor de ensinos fundamental e médio é estável e geralmente funciona como um trabalho paralelo além disso, no Espírito Santo houve um aumento significativo da demanda no ensino infantil.

Há boa oferta de emprego nas regiões Sudeste e Sul, mas as vagas crescem também nas regiões Norte e Nordeste.

O número de cursos dobrou nos últimos cinco anos no país em razão da forte demanda do mercado, o que eleva a possibilidade de empregos também na área acadêmica.

Educação Física – Curso

O curso de Licenciatura em Educação Física forma profissionais para a prática docente na Educação Básica, capazes de planejar, orientar, supervisionar, executar e avaliar o ensino da Educação Física escolar a partir das diferentes formas da atividade física (exercício físico, ginástica, jogos, esportes, lutas marciais e atividades rítmicas e expressivas), buscando a formação integral dos alunos e a promoção da saúde respeitando as diversidades.

O Profissional

A Educação Física promove a saúde e a capacidade física das pessoas, por meio de atividades corporais e exercícios físicos. O profissional prepara a criança ou adulto para o esporte.

Ele é encarregado das atividades que envolvem esforços físicos, definindo a atividade mais adequada para cada tipo de pessoa.

Orienta a postura, a intensidade dos exercícios e sua freqüência. Utiliza-se de técnicas científicas para melhorar o desempenho muscular, cárdio-respiratório e a flexibilidade de estudantes e atletas.

Atuação Profissional

O licenciado em Educação Física estará apto a atuar em todos os níveis da Educação Básica (escolas de educação infantil, ensino fundamental, ensino médio, ensino técnico, educação de jovens e adultos ).

Bacharelado

O curso de Bacharelado em Educação Física forma um profissional com conhecimento técnico e científico, capacitado para atuar com autonomia e visão crítica em todos os níveis de atenção à saúde humana, a partir das diferentes formas da atividade física (exercício físico, ginástica, jogos, esportes, lutas marciais e atividades rítmicas e expressivas), na promoção de um estilo de vida fisicamente ativo e saudável.

Atuação Profissional

O bacharel em Educação Física estará apto a atuar nas atividades relacionadas à gestão do movimento humano e à atividade física (iniciação e treinamento desportivo, lazer na iniciativa pública e privada, atividades físicas em clubes, hotéis, centros de lazer, parques, condomínios, academias, unidades básicas de saúde, hospitais, associações, empresas, indústrias, treinamento personalizado).

Perfil do Profissional

Profissional capacitado a atender às diferentes manifestações da cultura do movimento presentes na sociedade, considerando as características regionais e os diferentes interesses identificados com o campo de atuação profissional.

Espera-se, portanto, que o perfil profissional constitua-se por:

Responsabilidade da ação social, política e pedagógica no contexto no qual está inserido
Fundamentação teórica contínua no que diz respeito às correntes pedagógicas, filosóficas e científicas
Entendimento sobre os diferentes contextos, visão crítica e como professor pesquisador
Reflexão sobre sua condição profissional enquanto agente transformador, facilitador, orientador e cidadão
Conhecimento para poder abranger o ser humano como um todo, diferenciado, com suas potencialidades e diversidades.

A profissão

O bacharel em Educação Física organiza, executa e supervisiona programas de atividades físicas e esportivas para pessoas ou grupos. Também prepara crianças e adultos para as diferentes variedades de esportes. Auxilia no tratamento de portadores de defeitos físicos, elaborando e aplicando exercícios especiais.

As academias de ginástica, que crescem em todo o país, são um bom campo de trabalho. O profissional encontra colocação também em escolas, clubes, associações esportivas, hotéis, condomínios e empresas preocupadas com a saúde e a boa forma de seus funcionários.

Para exercer a profissão é necessário o registro no Conselho Federal de Educação Física e, para lecionar, é preciso o diploma de licenciatura.

Características que ajudam na profissão

Boa coordenação motora, preparo físico, concentração, facilidade em comunicar-se e lidar com o público, concentração, atenção, paciência, meticulosidade.

Mercado de Trabalho

Licenciatura: O licenciado em Educação Física estará apto a atuar em todos os níveis da Educação Básica (escolas de educação infantil, ensino fundamental, ensino médio, ensino técnico, educação de jovens e adultos ).

Bacharelado: O bacharel em Educação Física estará apto a atuar nas atividades relacionadas à gestão do movimento humano e à atividade física (iniciação e treinamento desportivo, lazer na iniciativa pública e privada, atividades físicas em clubes, hotéis, centros de lazer, parques, condomínios, academias, unidades básicas de saúde, hospitais, associações, empresas, indústrias, treinamento personalizado).

Duração média do curso: 04 anos

Educação Física – O que faz

Promove a saúde e a capacidade física das pessoas através de exercícios e atividades corporais.

Prepara crianças e adultos para a prática de esportes e busca o desenvolvimento potencial do corpo humano, visando uma melhor qualidade de vida.

Seu trabalho se destina, também, a criar o hábito da atividade física, educar os movimentos, aumentar a flexibilidade e prevenir atrofias musculares.

Cuida ainda, da preparação de atletas para esportes individuais e coletivos, sejam profissionais ou amadores.

Atua na área médica, ajudando na recuperação de indivíduos portadores de deficiências físicas, entre outras atividades.

CAMPO DE TRABALHO

Condicionamento Físico

Dá aulas de ginástica coletiva e individual, visando a melhoria da condição muscular e cardiovascular, principalmente para adultos e idosos.

É responsável pelo planejamento e desenvolvimento de atividades físicas individuais e coletivas em escolas, academias de ginástica e de musculação, ginásios esportivos e piscinas.

Consultoria e assessoria: Pode atuar junto a órgãos públicos e empresas privadas para organização e implantação de programas de Educação Física para funcionários. Avalia programas educativos em centros comunitários, parques, hospitais, clínicas, “spas”, creches, hotéis, casas de menores e penitenciárias.
Ensino:
Leciona em escolas de primeiro, segundo e terceiro graus. Para exercer esta atividade o bacharel deve complementar sua formação com disciplinas do currículo do curso de Licenciatura.
Grupos Especiais:
Organiza e implanta atividades recreativas para idosos, deficientes físicos e mentais, pessoas com problemas cardíacos, de coluna ou musculares.
Recreação:
É o responsável pelo entretenimento de hóspedes, associados e turistas em hotéis, clubes e “spas”.
Treinamento:
Desempenha a função de técnico de equipes das mais variadas modalidades esportivas, profissionais ou amadores.

Regulamentação: A lei 9696/98 regulamenta a profissão de Educação Física e cria conselhos federal e regionais.

Duração: 4 anos, com estágio obrigatório.

Algumas escolas exigem ainda a apresentação de uma monografia para a conclusão do curso.

Objetivos do Curso

O profissional formado em Educação Física está apto a promover a manutenção e o restabelecimento da saúde humana.

O educando desse curso adquire conhecimentos sobre os níveis de atenção à saúde, desde o profilático até a reabilitação. Nosso curso fornece uma visão ampla para que o profissional de área possa atuar em todos os campos de sua profissão.

Ministrar aulas nas escolas, universidades ou academias, visando ao aprimoramento do condicionamento físico e à prevenção de doenças; bem como orientar, em nível público ou privado, programas de ginástica para manter a capacidade das pessoas no desempenho de suas atividades diárias; e ainda desenvolver e orientar programas de treinamento para atletas são algumas atividades desse profissional.

Conteúdo

O currículo engloba uma série de matérias da área de Ciências Biológicas, como Bioquímica, Fisiologia, Anatomia e Ortopedia, além de aulas de Psicologia, Sociologia, Filosofia, Estatística, Administração e Economia.

Nas aulas práticas, o aluno tem a oportunidade de estudar diversos exercícios físicos, técnicas esportivas, desenvolvimento motor e ginástica para as diferentes faixas etárias.

Trabalhos em laboratórios, pesquisas e muita leitura também estão incluídos no curso.

Para dar aulas em escolas, o aluno precisa obter a Licenciatura em Educação Física; para atuar em clubes, academias, condomínios e empresas é necessário o Bacharelado.

Titulação: Bacharel ou Licenciado em Educação Física.

A EDUCAÇÃO FÍSICA NO BRASIL

A Educação Física no que tange à Educação Básica (Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio), proclama insistentemente seu papel educativo, que reflete sobre o corpo em movimento, sobre toda uma cultura corporal construída historicamente, que constitui um acervo de forma representacional do mundo. A partir disto a faz-se uma análise sobre o saber que precisa ser transmitido pela escola e não somente a reprodução do gesto sem o entendimento do porquê se faz e para que se faz.

A nova Educação Física entra em campo. Ao contrário de apenas “bater uma bolinha na quadra”, os alunos fazem pesquisa sobre a história dos esportes, avaliam as partidas dos colegas com relatórios ou desenhos, participam de debates e recriam os regulamentos dos jogos, tornando assim as aulas mais animadas e sedutoras pois a teoria e prática caminham de mãos dadas.

Com uma abordagem mais ampla da atividade Física, uma geração de professores procura ensinar não só a arte de competir e ganhar, mas acima de tudo a chamada cultura corporal, que trata na teoria e na prática, da história e dos significados dos movimentos humanos.

A nova forma de ensinar Educação Física dá um “ponta pé no passado” e exige diálogo e planejamento junto aos alunos, em busca de objetivos comuns. As tradicionais aulas sob comando, com exercícios de repetição e ênfase no treinamento físico aplica-se a soldados, não a estudantes em fase de desenvolvimento físico, afetivo e intelectual, sendo assim, no enfoque de ontem o aluno buscava a perfeição através da mera repetição e não atingindo seus objetivos, ficava aborrecido e evadia-se das aulas. Hoje os alunos não estão mais interessados nas aulas tradicionais que causam conflitos e indisciplinas.

Procura-se, portanto, uma identidade para a Educação Física, que venha ao encontro da nossa realidade socio-econômica, sendo esta, uma preocupação que além da Educação Física, abrange outras áreas do conhecimento.

Assim, este trabalho consiste na elaboração de uma fundamentação histórico-cultural para Educação Física na Educação Básica, resgatando os conteúdos incorporados por aquela, enquanto implantada formalmente no ensino da Educação Básica. Este trabalho desenvolveu-se através da realização de pesquisa bibliográfica, pois constata-se a necessidade de se colocar em prática uma nova Educação Física e oficializa-la a Educação Física na Educação Básica, conforme a Lei 9394/96 de 20 de dezembro, ministrada por um profissional da área, especializado.

Ainda há longo caminho a percorrer. No entanto, tal caminho já encontra-se em discussão para sua delimitação, facilitando, desse modo, a chegada a um ponto ideal. Cabe destacar que, a partir de 1500-1822 no Brasil Colônia apenas os índios praticavam a Educação Física, através de sua vida natural e livre.

No Brasil Império, tivemos o primeiro livro brasileiro de educação Física em 1828, escrito por Joaquim Jerônimo Serpa o “Tratado de Educação Física – Moral dos meninos”, que demonstra a saúde do corpo e a cultura do espírito. Em 1867, o Dr. Eduardo Pereira de Abreu publica “Estatutos Higiênicos sobre a Educação Física, Intelectual e Moral do Soldado”, que colocava o valor da Educação Física para o soldado, tratando dos exercícios sobre a moral das tropas.

Um dos fatos mais notáveis durante o Brasil Império, foi o parecer de Rui Barbosa, sobre o projeto de “Reforma do Ensino Primário”, onde ele coloca a Educação Física como elemento indispensável à formação integral da juventude e mostra a evolução da Educação Física nos países mais avançados do mundo, defendendo-a como elemento de formação intelectual, moral e espiritual da juventude.

No Brasil República em uma primeira fase encontramos o Ginásio Nacional com a prática de tiro ao alvo, saltos, peteca, tênis, etc… Em 1891, é fundada a ACM (Associação Cristã de Moços)do Rio de Janeiro, a qual nos Estados Unidos deu uma grande contribuição aos desportos. Após a Revolução de 1930, já em 1931, a Reforma Francisco Campos, torna a Educação física obrigatória no ensino secundário. Surgem aí, as primeiras escolas superiores de Educação Física. Getúlio Vargas cria o Estado Novo e a Constituição outorgada é a primeira a ter a Educação Física inserida em seu contexto.

Após a 2ª Guerra Mundial e a queda de Getúlio Vargas, o povo, cansado da opressão, deixou de lado os desfiles escolares, as paradas, as demonstrações de ginástica, a disciplina etc… Após alguns anos, a Educação Física escolar passou a ser praticada por milhares de alunos , sendo desvinculada de seu caráter militar e político.

Contudo, observa-se na história da Educação Física uma distância entre as concepções teóricas e a prática real nas escolas. Isto é, nem sempre os processos de ensino e aprendizagem acompanham as mudanças, às vezes bastante profundas, que ocorreram no pensamento pedagógico desta área. Como exemplo, a educação em comum para meninos e meninas numa mesma turma, que era uma proposta dos escola-novistas desde a década de 20, porém essa discussão só alcançou a Educação Física escolar muito tempo depois. Hoje com a Nova LDB as aulas são mistas.

Segundo a Lei 9394/96 de Diretrizes e Bases da Educação, quanto à referência é a obrigatoriedade da disciplina Educação Física, cita:

Art. 26 – Os currículos do Ensino Fundamental e Médio devem ter uma base nacional comum a ser completada, em cada sistema de ensino e estabelecimento escolar, por uma parte diversificada, exigida pelas características regionais e locais da sociedade, da cultura, da economia e da clientela.

§ 3º – A Educação Física, integrada à proposta pedagógica da escola, é componente curricular da Educação Básica, ajustando-se às faixas etárias e às condições da população escolar, sendo facultativa nos cursos noturnos. (BRITO, 1997:12).

É fundamental, portanto, que a escola, a comunidade de pais e alunos e principalmente o professor valorizem-se e sejam valorizados, assumindo a responsabilidade da integração desta área de conhecimento humano ao projeto pedagógico de cada escola, exigindo plenas condições para o exercício de seu trabalho garantindo para o aluno a manutenção dé número adequado de aulas e de condições efetivas para a aprendizagem.

Os Parâmetros Curriculares Nacionais se propõem a contribuir nessa construção, como:

Em relação ao âmbito escolar, a partir do decreto n.º 69.450, de 1971 a Educação Física passou a ser considerada como “a atividade que, por seus meios, processos e técnicas, desenvolve e aprimora forças físicas, morais, cívicas, psíquicas, e sociais do educando”. O decreto deu ênfase à aptidão física, tanto na organização das atividades como o seu controle e avaliação, e a iniciativa esportiva, a partir da Quinta série, se tornou um dos eixos fundamentais de ensino; buscava-se a descoberta de novos talentos que pudessem participar de competições internacionais, representando a pátria. (PCN – educação Física, 1998:21).

Por sua vez, o processo pedagógico atual está diretamente ligado aos objetivos da Educação Física brasileira que se resume em duas formas de ensinar esta disciplina: uma na Abordagem Tradicional e a outra em uma Nova Abordagem, demonstrando, assim, as duas faces da mesma disciplina.

Os objetivos na Abordagem tradicional, estimula a busca de resultados e o desenvolvimento de capacidades físicas como: força, agilidade e velocidade. Dando bastante atenção à saúde física e à higiene. O corpo é tratado do ponto de vista essencialmente biológico. Já na Nova Abordagem coloca-se em primeiro plano a variedade e a história dos movimentos humanos. Procura-se adequar as atividades físicas aos gostos, às necessidades e aos interesses individuais.

O foco não é somente o corpo: os cuidados com a saúde e com a higiene são tão importantes quanto o prazer pelo movimento corporal em geral.

As atividades da Educação Física na Abordagem Tradicional, limitamse às práticas esportivas: voleibol, futebol, handebol, etc… Essas atividades restringem-se à quadra. Porém na Nova Abordagem além dos jogos, inclui aulas de ginástica, dança, lutas, artes cênicas, brincadeiras e jogos populares. Os exercícios em quadra, são complementados com atividades em sala de aula, pesquisas, debates, palestras, filmes, entrevistas e estudos de campo.

A metodologia na Abordagem Tradicional consiste em aulas sob comando, com alunos organizados em fileiras e colunas. Meninos e meninas têm aulas separadas. Os alunos fortes ou com bom desempenho físico são mais valorizados que os outros. O professor controla a classe com disciplina rígida, concentra o poder de decisão e assegura o cumprimento das regras, sem questionamentos ou modificações.

Enquanto que na metodologia da Nova Abordagem nas aulas enfatiza-se outros tipos de movimentos e exercícios além dos competitivos, como os cooperativos, os expressivos e os criativos. As turmas são mistas. Todos os alunos tem oportunidades de participar das atividades. O professor conduz a aula de modo flexível e divide o poder de decisão com a classe. As regras são construídas em conjunto.

Nos resultados da prática da Educação Física, na Abordagem Tradicional acentua-se o espírito competitivo. O aluno é levado a repetir gestos esportivos, sem desenvolver a autonomia e a criatividade nos movimentos. Na Nova Abordagem realçase o senso de cooperação e a solidariedade. O aluno adquire autonomia para lidar com as regras segundo seus interesses e conquistas formas próprias de lazer, sem se prender a modelos de desempenho físico.

Vale ressaltar o que deve ficar claro na Educação Física é o elo entre ação e reflexão que os profissionais vão retirar dos elementos que servirão de alavanca na mudança desta realidade por uma outra.

A procura de pessoas interessadas no curso de Educação Física deve-se, na maioria das vezes, ao fato destas terem sido atletas, ainda o serem, ou possuírem alguma afinidade com a prática de esportes, despertando assim o desejo de se tornarem técnicos.

Essa perspectiva induziu à formação do nome inicial do curso: Licenciatura em Educação Física e Técnico Desportivo, depois desdobrado em Licenciatura e Bacharelado.

Na realidade a Educação Física é uma disciplina relativamente nova enquanto área de estudo, e a sua originalidade exige um compromisso com a prática.

Entretanto, à medida que alcança certo nível de desenvolvimento acadêmico, exigindo de seus docentes uma capacidade intelectual, ou seja, a necessidade de desenvolvimento com aspectos filosóficos, sócio-culturais e psicológicos, os aspectos teóricos começam a estabelecer novo paradigma na construção da Educação Física.

Apoiada e intimamente associada aos valores da Educação que, como ciência, otimiza e valoriza o potencial humano, pois tem como objetivo o casamento harmonioso dos aspectos intelectual, psíquico e físico, respeitando as leis do desenvolvimento humano.

Levando a compor sobre a evolução desta disciplina que deixa de utilizar o movimento de forma mecânica e sistemática, observando apenas seus aspectos biológicos, para uma visão transformadora e ampla, transpirando menos e pensando mais, respeitando o indivíduo como ser inteiro, contribuindo para a qualidade da Educação, sobretudo para melhoria de qualidade de vida, proporcionando maior interação às aulas, fazendo com que os educandos possam demonstrar maior interesse pela sua autoestima.

Após um cuidadoso estudo, análise e pesquisa, os aspectos trabalhados pela Educação Física devem ser relacionados à vida dos alunos; que não podem ser vistos dentro de uma metodologia tradicional nem estarem atrelados ou serem totalmente dependentes de outras áreas do conhecimento humano.

Os educandos devem ser acompanhados de objetivos coerentes, de procedimentos metodológicos adequados e de uma avaliação que reflita toda esta prática de forma positiva. O agente responsável por esta prática metodológica deve ser o professor de Educação Física habilitado, porque ele reúne os conhecimentos necessários para trabalhar com o indivíduo. Estes devem estar relacionados com as necessidades e realidades dos alunos. Qualquer atividade, portanto, poderá ser ou não responsável por uma transformação, dependendo da forma como o professor realiza.

Espera-se que este artigo venha contribuir para uma reflexão acerca da Educação Física no sentido de deliberar o poder criador dos indivíduos. Evidentemente essa inovação aos conhecimentos da Educação, nos leva a ministrá-la de maneira interdisciplinar, pelo fato de conter pontos em comum com várias outras áreas do conhecimento.

É importante analisar a capacidade de vencer as dificuldades físicas e raciocínio, modificando a sua atuação para promover uma alternativa de Educação Integral do ser humano.

Nesses termos, esta pesquisa busca fornecer subsídios para uma nova Educação Física numa visão transformadora:transpirando menos e pensando mais, mesmo de uma forma sucinta, embora modesto, nesta caminhada que é de todos nós que fazemos a Educação de nosso País.

LEI DO PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA

LEI N.º 9.696, DE 1º DE SETEMBRO DE 1998

D.O.U. – QUARTA-FEIRA, 02 DE SETEMBRO DE 1998

Dispõe sobre a regulamentação da Profissão de Educação Física e cria os respectivos

Conselho Federal e Conselhos Regionais de Educação Física.

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA:

Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1º O exercício das atividades de Educação Física e a designação de Profissional de Educação Física é prerrogativa dos profissionais regularmente registrados nos Conselhos Regionais de Educação Física.

Art. 2º Apenas serão inscritos nos quadros dos Conselhos Regionais de Educação Física os seguintes profissionais:

I – os possuidores de diploma obtido em curso de Educação Física, oficialmente autorizado ou reconhecido;

II – os possuidores de diploma em Educação Física expedido por instituição de ensino superior estrangeira, revalidado na forma da legislação em vigor;

III – os que, até a data do início da vigência desta Lei, tenham comprovadamente exercido atividades próprias dos Profissionais de Educação Física, nos termos a serem estabelecidos pelo Conselho Federal de Educação Física.

Art. 3º Compete ao Profissional de Educação Física coordenar, planejar, programar, supervisionar, dinamizar, dirigir, organizar, avaliar e executar trabalhos, programas, planos e projetos, bem como prestar serviços de auditoria, consultoria e assessoria, realizar treinamentos especializados, participar de equipes multidisciplinares e interdisciplinares e elaborar informes técnicos, científicos e pedagógicos, todos nas áreas de atividades físicas e do desporto.

Art. 4º São criados o Conselho Federal e os Conselhos Regionais de Educação Física.

Art. 5º Os primeiros membros efetivos e suplentes do Conselho Federal de Educação Física serão eleitos para um mandato tampão de dois anos, em reunião das associações representativas de Profissionais de Educação Física, criadas nos termos da Constituição Federal, com personalidade jurídica própria, e das instituições superiores de ensino de Educação Física, oficialmente autorizadas ou reconhecidas, que serão convocadas pela Federação Brasileira das Associações dos Profissionais de Educação Física – FBAPEF, no prazo de até 90 (noventa) dias após a promulgação desta lei.

Art. 6º Esta lei entra em vigor na data de sua publicação.

Brasília 1º de setembro de 1998; 177º da independência e 110º da República.

FERNANDO HENRIQUE CARDOSO

Fonte: es.wikipedia.orgwww.faculdadesalesiana.edu.br/www.feevale.br/www.nead.unama.br

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Dermatologia

Dermatologia

PUBLICIDADE Definição A Dermatologia envolve, mas não se limita ao estudo, pesquisa e diagnóstico de doenças e …

Neurofisiologia

PUBLICIDADE Definição Um ramo da neurociência que se preocupa com a fisiologia do sistema nervoso. …

Neurologista

PUBLICIDADE Definição Um neurologista é um médico especializado no tratamento de doenças do sistema nervoso. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

QUESTION 1 You are managing a SharePoint farm in an Active Directory Domain Services (AD DS) domain. You need to configure a service account to use domain credentials. What should you do first? A. Configure the service account to use a domain user account. B. Register the domain credentials in the Farm Administrators group. C. Configure the service account to use a local user account. D. Register the domain credentials as a SharePoint managed account. Correct Answer: D Explanation QUESTION 2 A company named Contoso, Ltd. has a SharePoint farm. The farm has one Search service application configured. The Search service application contains five crawl databases, all of which contain content. Contoso plans to crawl knowledge base content from its partner company Litware, Inc. The knowledge base content must be stored in a dedicated crawl database.https://www.pass4itsure.com/az-103.html You need to configure crawling. What should you do? A. Add a crawl database that contains the Litware knowledge base to the existing Search service application. B. Provision a new Search service application. Configure the service application to crawl the Litware knowledge base content. C. Set the MaxCrawlDatabase parameter to 6. D. Create a dedicated Microsoft SQL Server instance for the Litware crawl database. Correct Answer: B Explanation Explanation/Reference: https://www.pass4itsure.com/az-9002.html The maximum number of crawl databases is 5 per Search service application so we need another Search service application. This maximum limit is increased to 15 with an Office 2013 update but the question doesn't mention that this update is installed so we have to assume the question was written before the update was released. https://www.pass4itsure.com/az-300.html QUESTION 3 A company uses SharePoint 2013 Server as its intranet portal. The Marketing department publishes many news articles, press releases, and corporate communications to the intranet home page. You need to ensure that the Marketing department pages do not impact intranet performance. Which two actions should you perform? (Each correct answer presents part of the solution. Choose two.) A. In Central Administration, set up a User Policy for the Super User and Super Reader accounts. B. Configure IIS to use the Super User and Super Reader accounts for caching. C. Use the Farm Configuration Wizard to configure the Super User and Super Reader accounts. D. Use Windows PowerShell to add the Super User and Super Reader accounts. Correct Answer: AD Explanation Explanation/Reference: A: The way to correct this problem is to first create two normal user accounts in AD. These are not service accounts. You could call them domain\superuser and domain\superreader, but of course that's up to you. The domain\superuser account needs to have a User Policy set for that gives it Full Control to the entire web application. D: If you are using any type of claims based authentication you will need to use Windows PowerShell. And Windows PowerShell is the hipper more modern and sustainable option anyway. If you are using classic mode authentication run the following cmdlets on one of your SharePoint servers: $w = Get-SPWebApplication "http:///" $w.Properties["portalsuperuseraccount"] = "domain\superuser" $w.Properties["portalsuperreaderaccount"] = "domain\superreader" $w.Update() If you are using claims based authentication run these cmdlets on one of your SharePoint https://www.pass4itsure.com/n10-007.html servers: $w = Get-SPWebApplication "http:///" $w.Properties["portalsuperuseraccount"] = "i:0#.w|domain\superuser" $w.Properties["portalsuperreaderaccount"] = "i:0#.w|domain\superreader" $w.Update() Note: * If you have a SharePoint Publishing site and you check the event viewer every once in a while you might see the https://www.pass4itsure.com/70-331.html following warning in there: Object Cache: The super user account utilized by the cache is not configured. This can increase the number of cache misses, which causes the page requests to consume unneccesary system resources. To configure the account use the following command 'stsadm -o setproperty -propertynameportalsuperuseraccount -propertyvalue account -urlwebappurl'. The account should be any account that has Full Control access to the SharePoint databases but is not an application pool account. Additional Data: Current default super user account: SHAREPOINT\system This means that the cache accounts for your web application aren't properly set and that there will be a lot of cache misses. If a cache miss occurs the page the user requested will have to be build up from scratch again. Files and information will be retrieved from the database and the file system and the page will be rendered. This means an extra hit on your SharePoint and database servers and a slower page load for your end user. Reference: Resolving "The super user account utilized by the cache is not configured." QUESTION 4 You are managing a SharePoint farm. Diagnostic logs are rapidly consuming disk space. You need to minimize the amount of log data written to the disk. Which two actions should you perform? (Each correct answer presents part of the solution. Choose two.) A. Set the log event level to Information. B. Set the log event level to Verbose. C. Set the log trace level to Medium. D. Set the log trace level to Verbose. E. Set the log event level to Warning. F. Set the log trace level to Monitorable. Correct Answer: EF Explanation Explanation/Reference: E: Event Levels Warning, Level ID 50 Information, Level ID: 80 Verbose, Level ID: 100 F: Trace levels: Monitorable: 15 Medium: 50 Verbose: 100 Note: When using the Unified Logging System (ULS) APIs to define events or trace logs, one of the values you must supply is the ULS level. Levels are settings that indicate the severity of an event or trace and are also used for throttling, to prevent repetitive information from flooding the log files. Reference: Trace and Event Log Severity Levels QUESTION 5 A company's SharePoint environment contains three web applications. The root site collections of the web applications host the company intranet site, My Sites, and a Document Center. SharePoint is configured to restrict the default file types, which prevents users from uploading Microsoft Outlook Personal Folder (.pst) files. The company plans to require employees to maintain copies of their .pst files in their My Site libraries. You need to ensure that employees can upload .pst files to My Site libraries. In which location should you remove .pst files https://www.pass4itsure.com/70-342.html from the blocked file types? A. The File Types area of the Search service application section of Central Administration B. The General Security page in the site settings for the site collection C. The Blocked File Types page in the site settings for the site collection D. The General Security section of the Security page of Central Administration Correct Answer: D Explanation