Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Química Industrial  Voltar

Química Industrial

 

O que é

Química Industrial
Química Industrial

A Química Industrial envolve pesquisa, desenvolvimento e melhorar as propriedades dos produtos que usamos todos os dias através da seleção de matérias-primas, o projeto de processos químicos e melhorar as condições de produção. É sobre a tomada de projetos desde o início como uma proposta de pesquisa, através do desenvolvimento de produtos e para a comercialização e fabricação.

De um modo geral, os químicos industriais estão envolvidos em:

Segurança e eficiência - químicos industriais estão constantemente se esforçando para melhorar a segurança e eficiência de fazer produtos químicos e materiais importantes.

Desenvolvimento de produto e inovação - químicos industriais criar novos "receitas" químicas que atendam as necessidades identificadas. Eles irão controlar a composição química de substâncias e depois estudar as alterações químicas que ocorrem sob condições diferentes e aplicar esta ao seu resultado final.

Otimização de processos - um químico industrial desempenha um papel na otimização da produção para produzir grandes quantidades de uma substância tão barato quanto possível -, mas, ao contrário com os engenheiros, eles fazê-lo mediante a "química" melhor e mais eficiente.

Monitoramento e controle ambiental - químicos industriais trabalhar na gestão e controlo do ambiente durante os processos industriais, para garantir que tudo está a ser feito para minimizar o impacto e trabalhar para um futuro limpo e seguro.

Projeto da planta de produção - na construção de uma nova unidade de produção, os químicos industriais trabalham em equipes com outros engenheiros como engenheiros químicos ou engenheiros de controle para garantir os resultados ideais.

O Profissional

Aos profissionais da Química Industrial compete como área de atuação o exercício de análises químicas, físico-químicas, químico-biológicas, fitoquímicas, bromatológicas, químico-toxicológicas, sanitárias e Química Legal; do controle de qualidade de matéria- prima, do processo e do produto acabado da indústria química; da responsabilidade pela produção e comercialização de produtos industriais; do tratamento e controle de águas de abastecimento doméstico e industrial, águas residuais e de rejeitos urbanos e industriais; da segurança no trabalho em estabelecimentos públicos ou particulares, ressalvada a legislação específica; de consultorias e perícias técnicas na sua área de especialização e no desenvolvimento de novos produtos e processos, com estreito compromisso com a preservação do Meio Ambiente.

A Química

A Química é a ciência que descreve as substâncias, sua composição e propriedades.

A Química está presente em toda a atividade humana. Substâncias químicas estão presentes no alimento que se consome, ou pode-se dizer que substâncias químicas é o próprio alimento que se ingere, são os medicamentos que se utiliza, são as roupas que se vestem, e o ar que se respira, são os fertilizantes e pesticidas que se utilizam para garantir boas colheitas e evitar a fome. O organismo vivo é um ser químico. Toda nossa vida, doença e morte são processos químicos. A cada instante da vida, tem-se o contato com substâncias químicas, ingerindo-as, inalando-as ou manipulando-as de alguma forma.

A Ciência Química está dividida, classicamente, em áreas como uma forma de facilitar a organização do conhecimento.

As áreas clássicas da Química são: Química Orgânica, Química Inorgânica, Química Analítica e Físico-Química.

A Química Biológica pode ser vista como uma especialização da Química. Nas últimas décadas, diversas áreas interdisciplinares mostraram um grande desenvolvimento como a Química Bioinorgânica, a Química de Produtos Naturais e a Química dos Materiais.

Os Químicos são profissionais que sabem como produzir substâncias, isolar substâncias da natureza, utilizar métodos físicos e químicos para entender a composição, e propriedades das substâncias, e sob esses aspectos eles são experimentalistas; desenvolvem também teorias ou utiliza-se de teorias já existentes nas ciências naturais para procurar entender as leis que regem as reações químicas, e nesse sentido, são teóricos. Alguns químicos são essencialmente experimentalistas, outros essencialmente teóricos, outros ainda desenvolvem-se profissionalmente associando a teoria e a experiência em algum ramo específico da química.

A profissão de Químico compreende diversas funções relacionadas com a produção e análise de substâncias ou materiais. O Químico desenvolve e aperfeiçoa processos de produção e de análises para descobrir a composição, a estrutura e a reatividade de substâncias diante de outros agentes químicos ou de agentes físicos como luz e calor. Todas as funções, atribuições e competências do Profissional em Química estão totalmente regulamentadas pelos Conselhos Federal e Regionais de Química (CFQ e CRQs, respectivamente) desde a década de 70.

Perfil do profissional que se pretende formar

O Bacharel em Química Industrial deve ter formação generalista e aplicada com domínio dos conhecimentos teóricos, experimentais e técnicos para a utilização de laboratórios e de equipamentos em indústrias, centros de pesquisa e de desenvolvimento (P&D), laboratórios de análise química, empresas prestadoras de serviço na área de gestão e monitoramento ambiental e outras.

Deve ter formação para atuar nos campos de atividades sócio-econômicas que envolvam as transformações da matéria, direcionando essas transformações, para controlar os produtos gerados.

Deve ser capaz de interpretar criticamente as etapas e os efeitos das condições experimentais sobre os resultados dos processos químicos para desenvolver novos produtos e tecnologias.

Ainda terá formação adequada para aplicar seus conhecimentos nas áreas de tecnologia em química e de áreas afins com atuação profissional dentro de uma visão ética de respeito à natureza e ao ser humano.

Objetivos gerais

Formar um profissional com percepção crítica da realidade e com a capacidade para:

Realizar ensaios e análises química e físico-química, químico-biológica,bromatológica, e pesquisas em geral
Desenvolver pesquisas, métodos e produtos
Exercer, planejar e gerenciar o controle químico de qualidade de matéria prima e produtos
Atuar na área de controle ambiental de poluentes ou rejeitos industriais
Realizar estudos de viabilidade técnica e técnico-econômica no campo da química
Planejar a instalação de laboratórios químicos, especificando e supervisionando a instalação de equipamentos
Atuar em equipes multidisciplinares destinadas a planejar, coordenar, executar ou avaliar atividades relacionadas com a Química ou áreas afins
Desempenhar outras atividades na sociedade, para as quais uma sólida formação universitária na área de Química seja importante fator para o seu desenvolvimento.

Objetivos específicos

Ao concluir o Curso de Bacharelado em Química Industrial, o bacharel estará apto a:

Acompanhar as instalações de equipamentos
Executar trabalhos técnicos pertinentes a sua formação
Participar da equipe técnica de controle de operações, de processos industriais e de manutenção
Desenvolver pesquisas em escala de laboratório para serem aplicadas nas operações e processos industriais
Realizar estudos sobre ocorrências de variações químicas em organismos vivos
Gerenciar o controle químico de resíduos industriais e laboratoriais.

Competências e Habilidades

A Resolução Normativa do Conselho Federal de Química no 36, de 25 de abril de 1974, publicada no Diário Oficial da União de 13 de maio de 1974, que “Dá atribuições aos profissionais da Química e estabelece critérios para concessão das mesmas, em substituição à Resolução Normativa nº 26”.

Assim segue:

Art. 1º - Fica designado, para efeito do exercício profissional, correspondente às diferentes modalidades de profissionais da Química, o seguinte elenco de atividades:

1. Direção, supervisão, programação, coordenação, orientação e responsabilidade técnica, no âmbito de suas atribuições respectivas.
2.
 Assistência, assessoria, consultoria, elaboração de orçamentos, divulgação e comercialização, no âmbito das atribuições respectivas.
3. 
Vistoria, perícia, avaliação, arbitramento de serviços técnicos; elaboração de pareceres, laudos e atestados, no âmbito das atribuições respectivas.
4. 
Exercício do magistério, respeitada a legislação específica.
5. 
Desempenho de cargos e funções técnicas, no âmbito das atribuições respectivas.
6. 
Ensaios e pesquisas em geral. Pesquisas e desenvolvimento de métodos e produtos.
7.
 Análise química e físico-química, químico-biológica, bromatológica, toxicológica, biotecnológica e legal, padronização e controle de qualidade.
08-
 Produção; tratamentos prévios e complementares de produtos e resíduos.
09. 
Operação e manutenção de equipamentos e instalações; execução de trabalhos técnicos.
10. 
Condução e controle de operações e processos industriais, de trabalhos técnicos, reparos e manutenção.
11.
 Pesquisa e desenvolvimento de operações e processos industriais.
12. 
Estudo, elaboração e execução de projetos de processamento.
13. 
Estudo de viabilidade técnica e técnico-econômica no âmbito das atribuições respectivas.

Mercado de Trabalho

Os Químicos Industriais trabalham em muitas indústrias diferentes - incluindo petroquímica, polímeros, plásticos alimentos, cosméticos, produtos farmacêuticos, minerais e novos materiais.

Químicos industriais fazem uso de sua ampla compreensão da química e da sustentabilidade ambiental em empresas farmacêuticas, na fabricação de polímeros, processamento petroquímico, nas indústrias transformadoras e em ciência dos alimentos. No entanto, eles também podem ser encontradas nos lugares mais inesperados; como desafiar a norma em pesquisa de ponta.

Nesta área, o mercado de trabalho está em expansão. A indústria absorve profissionais formados, pois a necessidade de novos produtos e a melhor qualidade destes faz com que as perspectivas sejam promissoras, principalmente na agroindústria química, na mineroquímica, na química ambiental, têxtil, de alimentos, pesquisa e empresas públicas como Petrobrás, Agência Nacional do Petróleo e Copasa, dentre outras., principalmente na agroindústria química, na mineroquímica, na química ambiental, têxtil, de alimentos, , Agência Nacional do Petróleo e Copasa, dentre outras.

Campo de Atuação

O Químico Industrial tem como campo de atuação as indústrias, os órgãos e empresas públicas ou privadas que fazem prestação de serviços à sociedade, tais como as companhias ou serviços da área de saneamento básico, os órgãos que cuidam da proteção e preservação do meio ambiente e outras instituições que trabalham nas áreas de pesquisas ou estudos tecnológicos. Ele está apto para atuar no controle de qualidade de matérias-primas, de produtos em processamentos e produtos acabados numa industria química, bem como, elaborar laudos técnicos e prestar assessoria, dentro de sua competência

Onde trabalhar

As áreas de atuação descritas podem ser exercidas nas seguintes indústrias, entre outras: têxtil, celulose e papel, açúcar, álcool e alcoolquímica, cimento, tintas, solventes e vernizes, petróleo e petroquímica, farmacêutica, cosmética, metalúrgica, agropecuária, pesticidas e produtos antissépticos e alimentos.

O químico industrial também é requisitado para o controle de processos e de qualidade, gerência e direção. Ainda, o curso oferecerá disciplinas para auxiliar o graduado na gestão de seu próprio negócio ou empresa através de análise de mercado, senso crítico, poder de decisão frente a situações adversas, poder de negociação e criatividade. Ressalta-se que tanto o licenciado quanto o bacharel em Química podem participar de programas de mestrado e doutorado e se capacitar para a docência universitária e para pesquisas em institutos e empresas.

A profissão

O químico analisa e identifica a natureza das substâncias, suas cadeias atômicas e características físico-químicas, como elasticidade, resistência e toxicidade. Investiga e avalia a reação de substâncias e compostos químicos a variações de pressão, temperatura, luz e outros fatores, entre eles o contato com a água do mar. Em indústrias químicas, pesquisa e cria novos materiais, controla e supervisiona sua produção. Também faz projetos de instalações industriais e aplica testes de durabilidade e qualidade em produtos. Um campo com boas perspectivas é o de proteção ambiental. Para trabalhar, é obrigatória a inscrição no CRQ.

Características que ajudam na profissão:

Espírito investigativo, curiosidade, atenção para detalhes, facilidade de lidar com cálculos, raciocínio abstrato, paciência, exatidão.

O Curso

O Curso de Química Industrial tem como objetivo a transformação da matéria-prima em produtos industrializados, a padronização de sua qualidade e o desenvolvimento de pesquisas para obtenção de novas tecnologias com o objetivo de criar novos produtos, em benefício da sociedade. O profissional atua no processo de fabricação de produtos químicos e industriais, faz experiências, estudos, ensaios, analises de substâncias e matérias primas utilizadas nas industrias, analisa a composição de produtos como metais, minérios, sais, petróleo e derivados. O aluno terá sólida formação em química básica (química geral, orgânica, inorgânica, analítica, bioquímica e físico-química); e em Química tecnológica (operações unitárias na industria química, processos da industria química, segurança industrial, economia e organização industrial).

Títulação: Químico Industrial.

Duração média do curso: 04 anos.

Fonte: www.engineering.unsw.edu.au/www.prg.ufpb.br/www.uems.br/www.ufpe.br

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal