Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Teologia  Voltar

Teologia

 

O diferencial na sua vocação e profissão

O Curso de Teologia oportuniza ao acadêmico participar de diversos eventos no decorrer dos seus estudos, atuando, inclusive, na organização e promoção dos mesmos. Conta com um corpo docente formado por mestres e doutores.

O Curso busca “Garantir, de forma institucional, uma presença cristã, no mundo universitário, em face dos grandes problemas da sociedade e da cultura” (ECE 13), formando bacharéis em Teologia , qualificados para exercerem a reflexão teológica e as atividades profissionais na área Teológico-Pastoral, com uma visão cristã, e inseridos no contexto social, político, econômico, cultural e eclesial onde sejam testemunhas dos valores ético-humanos e cristãos.

Nesta perspectiva, o Curso acentua a dimensão pastoral, ênfase que perpassa toda a proposta. A preocupação principal é a capacitação teológica dos candidatos/as e membros dos Institutos de Vida Religiosa Consagrada e dos agentes de pastoral leigos/as e da comunidade em geral.

Através da integração entre a pesquisa, o ensino e a extensão, contribuir para a explicitação das questões pastorais, éticas, sociais e culturais que os tempos atuais colocam para a vida de fé.

Em vista disto o Curso articula-se em torno a três eixos temáticos:

Eixo bíblico-teológico que aprofunda a fé cristã em diálogo com as outras religiões e movimentos religiosos

Eixo da interdisciplinaridade que estabelece o diálogo da Teologia com as outras áreas do conhecimento:

Eixo teórico-prático o qual confronta os conteúdos teológicos com a realidade através da pesquisa e de atividades prático-pastorais.

A integração destes três eixos dá ao Curso a identidade cristã-católica ao mesmo tempo que lhe garante a atualidade e abertura através do diálogo com as outras tradições cristãs, com as outras religiões, com as diversas áreas do conhecimento e a dimensão da pesquisa e da prática na construção do saber e da transformação da realidade.

Mercado de Trabalho

O Bacharel em Teologia estará habilitado a desenvolver atividades de pesquisa e pastoral na área religiosa, desenvolvendo trabalhos em Comunidades Pastorais e de Ensino. Pode atuar nas Instituições Educativas nos níveis de Ensino Fundamental e Médio; Comunidades Pastorais; Grupos de Lideranças; Grupos de Jovens; Organizações Comunitárias e Sociais.

Neste sentido, o egresso do Curso de Bacharelado em Teologia deve ser capaz de:

Compreender o desenvolvimento da reflexão sobre as questões centrais do Fenômeno Religioso em sua pluralidade

Desenvolver a sensibilidade para as dimensões antropológica, ética, estética e política da Teologia cristã

Refletir academicamente a fé cristã-católica em diálogo com a Tradição cristã, o Magistério eclesial e as outras ciências

Desenvolver pesquisa nos diversos campos da Teologia

Desenvolver atividades Pastorais e Catequéticas; Promover o diálogo e a ação ecumênica, interreligiosa e macro-ecumêmica

Desenvolver uma postura reflexiva em seu campo de atuação através da interação entre reflexão teológica e práxis comunitária sendo capaz criar alternativas frente aos desafios da Igreja e da sociedade.

Fonte: www.unilasalle.edu.br

Teologia

Formação geral e sacerdócio

A formação de padres é a principal finalidade das faculdades de Teologia ou ciências religiosas. Mas não é a única. Os leigos também buscam os estudos teológicos como forma de ampliar a cultura geral, uma vez que o curso dá uma ampla visão das grandes fases da história, da Idade Média até hoje.

"A investigação científica das religiões é uma tentativa de procurar respostas para os problemas gerados por transformações sociais que afetam o homem", sintetiza o padre João MacDowell, vice-diretor das Faculdades Eclesiásticas de Filosofia e Teologia do Centro de Estudos Superiores da Companhia de Jesus, em Belo Horizonte (MG).

Como o próprio nome diz, Teologia significa o estudo de Deus, conceito criado por filósofos gregos. Mas foi no cristianismo que o assunto se transformou em objeto de estudo, sobretudo das religiões judaico-cristãs. Por isso, o enfoque das faculdades está na preparação para o exercício do sacerdócio católico. Também é grande a procura por quem tem interesse no ensino da matéria. Atualmente, a disciplina é obrigatória apenas em escolas religiosas. A Lei de Diretrizes e Bases, porém, prevê sua inclusão nas escolas de ensino Fundamental e Médio. As aulas serão opcionais mas, ainda assim, o mercado de trabalho deve aumentar. Para o ensino em faculdades, é exigido o curso de mestrado.

O curso de graduação favorece o conhecimento básico dos diversos campos da Teologia .

Sob orientação de um coordenador, o aluno estuda disciplinas como a sagrada escritura, Teologia fundamental e ecumênica, Teologia dogmática, Teologia moral e espiritual, Teologia pastoral e catequética, liturgia e sacramentos, história da igreja e direito canônico. A leitura dos livros históricos ensina o aluno a situar a obra no seu contexto histórico, literário e teológico.

Os livros proféticos aprofundam temas como justiça social, Teologia e ética, messianismo, pecado e conversão, procurando interpretar os desafios enfrentados hoje pelos cristãos. Os Salmos, com seus vários tipos de oração, destacam os gêneros literários. Há, ainda, estudos sobre devoções a Maria, na América Latina e no Caribe.

Além do sacerdócio e do magistério, os campos de atuação restringem-se à função de agente pastoral, que presta assistência social em dioceses, comunidades e hospitais. Ainda incipiente, não se sabe se esse tipo de trabalho, em especial o de aconselhamento hospitalar, é assalariado. Editoras religiosas costumam contratar pessoas com formação acadêmica para escrever livros e artigos para publicações católicas.

Fonte: www1.uol.com.br

Teologia

O curso de Teologia

O curso de Teologia da Metodista, de identidade cristã e perspectiva ecumênica, é aberto a estudantes vinculados ou não a qualquer confissão religiosa. O corpo docente é composto por professores ligados a diferentes denominações cristãs (Metodista, Presbiteriana, Luterana, Batista e Católica). A formação teórica e prática permite a atuação pastoral em igrejas; atuação educacional em escolas ou de promoção humana voltada a pessoas, grupos sociais ou problemas específicos da sociedade contemporânea. O curso, que pode ser concluído em quatro anos, possui aulas pela manhã ou noite. Recentemente foi reconhecido pelo MEC, obtendo o conceito máximo na avaliação da Comissão de Especialistas.

Recursos

Você poderá realizar atividades litúrgicas, de homilética e celebrações no cenáculo, na capela da Fateo e no templo da Igreja Metodista. Há também laboratórios de informática, salas multimídia e uma biblioteca específica com acervo de 34 mil exemplares, 12 mil periódicos e videoteca com 400 títulos, sobre educação, saúde e Teologia . Estão à disposição ainda o Arquivo Histórico da Igreja Metodista e o Museu de Obras Raras.

O profissional

O curso forma agentes de pastoral para atuar em ministérios específicos de igrejas, organizações eclesiásticas, ecumênicas ou não-governamentais. A capacitação contempla os que desejam integrar o corpo pastoral clérigo de uma igreja evangélica ou quem pretende atuar como leigo em ministérios específicos. Você pode também trabalhar como pesquisador ou docente e prosseguir sua formação em cursos de pós-graduação em Teologia , Ciências da Religião, Ciências Humanas e afins.

Mercado de Trabalho

Além das crescentes oportunidades em igrejas, instituições de ensino, organizações eclesiásticas e ONGs, o teólogo assessora, coordena e dirige atividades em sindicatos, movimentos sociais, escolas, creches, instituições de promoção humana, orfanatos, pastorais específicas, agremiações partidárias, hospitais e casas de repouso. Recentemente, as corporações (Exército, Marinha, Aeronáutica e Polícia Militar) têm realizado concursos e permitido que clérigos protestantes realizem cuidado pastoral de capelania nos quartéis.

Fonte: www.metodista.br

Teologia

O curso

Sua presença na Universidade de São Paulo data da década de 40. Seu objetivo principal é fornecer formação teórica e prática que capacite o aluno para o ministério pastoral, sem esquecer outras atividades voltadas para a Igreja e para grupos sociais ou problemas específicos da sociedade contemporânea. Recente decisão do MEC permite que, no país, Curso Superior de Teologia seja reconhecido.

Preparado o graduando para o exercício da missão que propõe o Evangelho na atualidade, o curso estimula a reflexão teológica e a ação missionária ecumênica, ao mesmo tempo em que destaca a linha histórica da Igreja Metodista.

A equipe docente é formada por profissionais titulados em instituições de Ensino Superior nacionais e internacionais. Em atividades teóricas e práticas, prepara os estudantes para o engajamento em serviços comunitários e o prosseguimento em sua formação teológica, tendo em vista os diversos ministérios nos quais poderão servir.

Mercado de Trabalho

O curso de Teologia da Metodista está estruturado a partir de uma perspectiva interdenominacional e ecumênica. Assim, possibilita aos graduandos a prestação de serviços pastorais em entidades religiosas devidamente organizadas e de natureza diversificada, sejam igrejas ou instituições.

Por outro lado, a graduação em Teologia , quando aliada à outra qualificação profissional, permite ao profissional a atuação junto a faixas etárias específicas ou em funções educativas que necessitem de formação teológica, em escolas, instituições e igrejas.

O teólogo pode, ainda, atuar na área de estudos e pesquisas. O curso superior em Teologia dá embasamento teórico necessário à continuidade de sua formação em cursos de Pós-Graduação em Teologia , Ciências da Religião, Ciências Humanas e afins.

Fonte: www.vestibular1.com.br

Teologia

É o estudo e a análise das religiões num contexto histórico específico e sua influência sobre os processos antropológicos e sociológicos. O bacharel em Teologia pesquisa a história, os fenômenos e as tradições religiosas, estudando e interpretando textos sagrados, doutrinas e dogmas. Com seus conhecimentos, ele analisa a influência da religião sobre a organização e a dinâmica dos grupos sociais e das sociedades, associando essas informações a outras áreas do conhecimento, em especial a das ciências humanas, como a antropologia e a sociologia.

Pode trabalhar como pesquisador, professor ou assessor de grupos religiosos e ecumênicos. Atua também em ONGs, pastorais, instituições de assistência a comunidades carentes e a grupos de dependentes de drogas e de doentes.

O mercado de trabalho

Embora muitos alunos façam o curso pensando em seguir carreira em alguma igreja ou congregação, há boas chances de emprego nas universidades, nas áreas de ensino e pesquisa. Mas é preciso fazer pós-graduação para dar aula. Também há vagas para atuar como professor de religião nos ensinos fundamental e médio. A disciplina não é obrigatória em todo o país, por isso os empregos estão restritos aos colégios particulares ligados a alguma ordem religiosa e a escolas públicas de alguns estados das regiões Centro-Oeste e Sul. Nas escolas particulares, a maior demanda parte sobretudo das regiões Sudeste e Sul, que têm maior número de instituições. Existe oportunidade ainda em pastorais, ONGs e hospitais, onde o bacharel integra equipes interdisciplinares com psicólogos e médicos no atendimento, por exemplo, a pacientes com doenças terminais. Nos últimos anos, tem crescido o número de publicações e editoras especializadas em religião, o que pode abrir novas perspectivas para os formados, mas nesse caso também é recomendável fazer uma especialização e dominar pelo menos um idioma estrangeiro.

O curso

O currículo varia de escola para escola. Algumas instituições dão ênfase à análise sociológica e antropológica das religiões, debatendo seus fundamentos e sua história. Nesse caso, o curso aborda com maior destaque disciplinas como religião, educação e sociedade e antropologia cultural e da religião. Outras escolas enfocam o estudo dos textos sagrados, como o Novo e o Velho Testamento, e a visão que decorre deles sobre Deus, a humanidade e o universo. Mas, qualquer que seja a faculdade, o aluno entra em contato com tradições religiosas que fazem parte de nosso patrimônio cultural. Além do estágio, é preciso fazer uma monografia de conclusão de curso.

O que você pode fazer

Consultoria

Assessorar pessoas e organizações que utilizem a religião no desenvolvimento de seu trabalho.

ONGs

Orientar grupos religiosos e atender a instituições que realizam trabalhos sociais voltados para a religião.

Pesquisa

Estudar o fenômeno religioso e sua relação com a atividade humana.

Duração média

Quatro anos.

Fonte: guiadoestudante.abril.com.br

Teologia

Descrição

O curso de Teologia é dirigido às pessoas que de alguma forma têm vocação religiosa ou interesse em aprofundamento dos conhecimentos.

O acesso ao Bacharelado em Teologia é feito através de processo seletivo próprio, tendo como condição necessária para a admissão, a conclusão do Ensino Médio. Como o curso foi regulamentado no final de 1999, é bom verificar se a Faculdade deu entrada no processo de regulamentação junto ao MEC. A PUC/SP oferece o curso de graduação em Ciências da Religião.

A Faculdade Teológica Batista de Brasília também é uma institituição que oferece o curso de Teologia .

Currículo Básico

A composição curricular é livre, a critério de cada instituição de ensino, podendo obedecer diferentes tradições religiosas. Dependendo da orientação religiosa da Faculdade as matérias apresentadas durante o curso podem se concentrar em determinadas doutrinas, mas como estudos básicos estão presentes as seguintes matérias: Introdução à Filosofia, Antigo Testamento, Novo Testamento, Grego, Hebraico.

Aptidões Desejáveis

Deve ter vocação religiosa, interesse em leitura e desejável conhecimento de outras línguas.

Especializações possíveis

Música Sacra, Missões e Pastorado

Campos de Atuação

Magistério, Igrejas e Organizações Não Governamentais.

Fonte: www.guiadasprofissoes.com.br

Teologia

Teólogo

"O que escreve e estuda sobre Teologia "

O que é ser um teólogo?

O teólogo é aquele que estuda Teologia que significa o estudo de Deus, conceito criado por filósofos gregos. Porém foi no cristianismo que o assunto se transformou em objeto de estudo, sobretudo das religiões judaico-cristãs. Como não é possível estudar diretamente um objeto que não vemos e não tocamos, estuda-se Deus a partir da sua revelação.

Quais as características necessárias para ser um teólogo?

Para ser um teólogo é necessário ter vocação e conhecimentos religiosos, interesse em leitura. O conhecimento de outras línguas também é desejável.

Outras características interessantes são:

boa memória
saber utilizar o texto bíblico
habilidade para escrever
capacidade de organização
curiosidade
gosto pelo debate
gosto pela pesquisa e pelos estudos
disciplina
senso crítico

Qual a formação necessária para ser um teólogo?

Para ser um teólogo é necessário ter concluído o Ensino Médio e ter diploma de graduação em curso superior em Teologia .

O curso tem duração de quatro anos e sua composição curricular é livre, a critério de cada instituição de ensino, podendo obedecer a diferentes tradições religiosas. Porém, algumas das disciplinas básicas são: Introdução à Filosofia, Antigo Testamento, Novo Testamento, Grego, Hebraico. O profissional que quiser trabalhar em Instituições de ensino o mestrado é obrigatório.

Para poder exercer a profissão é necessário ser portador da carteira de identidade profissional expedida pelo Conselho Regional competente.

Principais atividades

  • realiza liturgias, celebrações, cultos e ritos
  • dirigir e administrar comunidades
  • formar pessoas segundo preceitos religiosos das diferentes tradições
  • orientar pessoas
  • realizar ação social junto à comunidade
  • pesquisar a doutrina religiosa (investigação científica)
  • transmitir ensinamentos religiosos
  • consultoria
  • dar aulas em cursos universitários
  • estudar e analisar as diversas religiões do mundo e sua influência sobre homem do ponto de vista antropológico e sociológico
  • explicar de que forma as crenças, com o decorrer do tempo e da história modificam ou eternizam as maneiras do homem interagir na sociedade
  • Áreas de atuação e especialidades

    O teólogo pode atuar em diferentes áreas: Igrejas, organizações não governamentais, congregações cristãs, creches, orfanatos, escolas, asilos, hospitais, presídios e magistério de primeiro e segundo grau.

    Este profissional também pode especializar-se nas seguintes áreas da Teologia :

    Ascética

    A que expõe os meios de o cristão conformar a sua vida com os preceitos e os conselhos evangélicos

    Canônica

    Reune as leis e os usos da Igreja

    Dogmática

    Demonstração e ilustração científica das verdades da fé cristã e aprimoramento da inteligência pelo conhecimento delas

    Escolástica

    A que sistematiza cientificamente os dados da fé, aplicando-lhes a razão filosófica

    Exegética

    A que se ocupa da interpretação da Bíblia

    Litúrgica

    A que estabelece o nexo entre as fórmulas de orações e as cerimônias do culto

    Mística

    A que trata dos conselhos evangélicos para que o crente atinja a perfeição da vida cristã e expõe os caminhos por onde Deus conduz as almas a mais elevada santidade

    Moral

    Parte da Teologia que considera os atos humanos, orientados pela luz da fé, como meios de cultuar e possuir a Deus

    Natural

    Conhecimento de Deus fundado na razão humana; teodicéia

    Parenética

    Parte da Teologia que se ocupa do modo de pregar

    Pastoral

    Parte da Teologia que deduz dos princípios os métodos práticos, para conduzir as almas à perfeição e salvação

    Positiva

    Teologia fundamentada na Escritura Sagrada e na tradição

    Revelada

    O conhecimento de Deus fundado na revelação

    Mercado de trabalho

    O mercado de trabalho para o teólogo está em grande crescimento. O perfil desse profissional atualmente está mudado. Hoje em dia, além dos padres, pastores, também estão no mercado profissionais que concluíram o curso com o interesse em aumentar sua cultura geral e sua cultura religiosa. Além das crescentes oportunidades em igrejas, instituições de ensino, organizações eclesiásticas, ONGs, etc., o teólogo assessora, coordena e dirige atividades em sindicatos, movimentos sociais, escolas, instituições de promoção humana, orfanatos, agremiações partidárias. Recentemente, as corporações (Exército, Marinha, Aeronáutica e Polícia Militar) têm realizado concursos e permitido que clérigos protestantes realizem cuidado pastoral de capelania nos quartéis. É uma profissão com grandes oportunidades de trabalho.
    Curiosidades

    Teologia em seu sentido literal é o estudo sobre Deus (do grego theos, "Deus" , logos, "palavra", por extensão, "estudo").

    No Cristianismo isto se dá a partir da revelação de Deus na Bíblia. Por isso, também se define " Teologia " como um falar "a partir de Deus" (Karl Barth). Este termo foi usado pela primeira vez por Platão, no diálogo A República, para referir-se à compreensão da natureza divina por meio da razão, em oposição à compreensão literária própria da poesia feita por seus conterrâneos. Mais tarde, Aristóteles empregou o termo em numerosas ocasiões, com dois significados: da revelação e da experiência humana.

    Estes dados são organizados no que se conhece como Teologia Sistemática ou Teologia Dogmática.

    Fonte: www.brasilprofissoes.com.br

    Teologia

    O PROFISSIONAL

    Uma das tarefas desse profissional é estudar a Bíblica, antigo e novo testamento. Ele estuda, reflete e ensina o conteúdo dos ensinamentos religiosos.

    Atua em comunidades carentes, em pastorais de ajuda ao adolescente, criança abandonada, idosos, doentes. Está habilitado para todo tipo de serviço comunitário.

    O MERCADO DE TRABALHO

    Hoje, o perfil de quem procura um curso de Teologia está mudado. Antes, apenas faziam o curso os que estavam interessados em seguir a carreira religiosa: padres, pastores, entre outros. Agora, estão procurando os que estão querendo desenvolver trabalhos comunitários, atuar em Ongs – organizações não governamentais, etc.

    Também buscam o curso estudantes interessados em aumentar a cultura geral, a cultura religiosa. É comum estudantes de psicologia, ou mesmo profissionais formados, procurarem o curso por não conseguirem dissociar o tratamento terapêutico da espiritualidade.

    O CURSO

    O curso tem a duração média de quatro anos.

    Entre as disciplinas do currículo: português, grego, hebraíco, sociologia religiosa, movimentos religiosos, pedagogia, psicologia, ação pastoral, antigo e novo testamento, estrutura e funcionamento de uma igreja.

    Não existe especialização. O estudante pode dar continuidade aos estudos na pós-graduação em história, artes, etc.

    Fonte: educaterra.terra.com.br

    Teologia

    Perfil do profissional

    O profissional formado em Teologia é um cientista da religião, ou seja, alguém capaz de enxergar o mundo e o homem através de seu caráter histórico, social e antropológico.

    Mercado de trabalho

    Ensino de Teologia nas escolas de ensinos fundamental e médio das redes pública e privada; atuação pastoral em igrejas e demais templos religiosos.

    Fonte: www.estacio.br

    Teologia

    Quem é o profissional

    A Teologia cristã católicaé o estudo científico da Revelação de Deus realizada através de Jesus Cristo e atestada na Sagrada Escritura e na Tradição da Igreja.

    A função do teólogo é, portanto, partindo da Revelação divina, aprofundar cientificamente os fundamentos da fé cristã, dialogando com as ciências e a sociedade.

    Ele pode se dedicar ao campo da pesquisa, ao ensino de Teologia em diversos níveis, a variadas funções pastorais e ao serviço de assessoria a grupos religiosos ou abertos à dimensão religiosa.

    O objetivo de seu trabalho é contribuir, à luz da mensagem cristã, para a formação de critérios e para a reflexão sobre o valor do ser humano, da vida e da história, a partir de seus fundamentos últimos. Integra, em vista desse escopo, abordagens interdisciplinares.

    O que é o curso

    Ocurso de Teologia , buscando maior compreensão da fé e da verdade revelada, associa fé e razão. Encontra na Sagrada Escritura e na reflexão sistemático-pastoral os suportes básicos de sua estrutura. Cada disciplina é desenvolvida com base nas fontes cristãs, cristalizadas na Sagrada Escritura e na Tradição, da qual faz parte o Magistério eclesial.

    A reflexão teológica abre-se também ao diálogo interdisciplinar, a fim de tratar adequadamente os problemas atuais.

    Além da Teologia propriamente dita, a graduação investe também numa sólida formação filosófica, enquanto pressuposto necessário para uma séria reflexão teológica.

    Fonte: www.puc-rio.br

    Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal