Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Teologia  Voltar

Teologia

 

Vocação e Profissão

O Curso de Teologia oportuniza ao acadêmico participar de diversos eventos no decorrer dos seus estudos, atuando, inclusive, na organização e promoção dos mesmos. Conta com um corpo docente formado por mestres e doutores.

O Curso busca garantir, de forma institucional, uma presença cristã, no mundo universitário, em face dos grandes problemas da sociedade e da cultura, formando bacharéis em Teologia , qualificados para exercerem a reflexão teológica e as atividades profissionais na área Teológico-Pastoral, com uma visão cristã, e inseridos no contexto social, político, econômico, cultural e eclesial onde sejam testemunhas dos valores ético-humanos e cristãos.

Nesta perspectiva, o Curso acentua a dimensão pastoral, ênfase que perpassa toda a proposta.

A preocupação principal é a capacitação teológica dos candidatos/as e membros dos Institutos de Vida Religiosa Consagrada e dos agentes de pastoral leigos/as e da comunidade em geral.

Através da integração entre a pesquisa, o ensino e a extensão, contribuir para a explicitação das questões pastorais, éticas, sociais e culturais que os tempos atuais colocam para a vida de fé.

Em vista disto o Curso articula-se em torno a três eixos temáticos:

Eixo bíblico-teológico que aprofunda a fé cristã em diálogo com as outras religiões e movimentos religiosos
Eixo da interdisciplinaridade que estabelece o diálogo da
Teologia com as outras áreas do conhecimento:
Eixo teórico-prático o qual confronta os conteúdos teológicos com a realidade através da pesquisa e de atividades prático-pastorais.

A integração destes três eixos dá ao Curso a identidade cristã-católica ao mesmo tempo que lhe garante a atualidade e abertura através do diálogo com as outras tradições cristãs, com as outras religiões, com as diversas áreas do conhecimento e a dimensão da pesquisa e da prática na construção do saber e da transformação da realidade.

O que é

Teologia é o estudo e a análise das religiões num contexto histórico específico e sua influência sobre os processos antropológicos e sociológicos.

O bacharel em Teologia pesquisa a história, os fenômenos e as tradições religiosas, estudando e interpretando textos sagrados, doutrinas e dogmas.

Com seus conhecimentos, ele analisa a influência da religião sobre a organização e a dinâmica dos grupos sociais e das sociedades, associando essas informações a outras áreas do conhecimento, em especial a das ciências humanas, como a antropologia e a sociologia.

Pode trabalhar como pesquisador, professor ou assessor de grupos religiosos e ecumênicos. Atua também em ONGs, pastorais, instituições de assistência a comunidades carentes e a grupos de dependentes de drogas e de doentes.

O Profissional

Uma das tarefas desse profissional é estudar a Bíblica, antigo e novo testamento. Ele estuda, reflete e ensina o conteúdo dos ensinamentos religiosos.

Atua em comunidades carentes, em pastorais de ajuda ao adolescente, criança abandonada, idosos, doentes. Está habilitado para todo tipo de serviço comunitário.

O curso forma agentes de pastoral para atuar em ministérios específicos de igrejas, organizações eclesiásticas, ecumênicas ou não-governamentais. A capacitação contempla os que desejam integrar o corpo pastoral clérigo de uma igreja evangélica ou quem pretende atuar como leigo em ministérios específicos. Você pode também trabalhar como pesquisador ou docente e prosseguir sua formação em cursos de pós-graduação em Teologia , Ciências da Religião, Ciências Humanas e afins.

Perfil do profissional

O profissional formado em Teologia é um cientista da religião, ou seja, alguém capaz de enxergar o mundo e o homem através de seu caráter histórico, social e antropológico.

Formação

Como o próprio nome diz, Teologia significa o estudo de Deus, conceito criado por filósofos gregos. Mas foi no cristianismo que o assunto se transformou em objeto de estudo, sobretudo das religiões judaico-cristãs. Por isso, o enfoque das faculdades está na preparação para o exercício do sacerdócio católico.

Também é grande a procura por quem tem interesse no ensino da matéria. Atualmente, a disciplina é obrigatória apenas em escolas religiosas.

A Lei de Diretrizes e Bases, porém, prevê sua inclusão nas escolas de ensino Fundamental e Médio. As aulas serão opcionais mas, ainda assim, o mercado de trabalho deve aumentar. Para o ensino em faculdades, é exigido o curso de mestrado.

O curso de graduação favorece o conhecimento básico dos diversos campos da Teologia .

Sob orientação de um coordenador, o aluno estuda disciplinas como a sagrada escritura, Teologia fundamental e ecumênica, Teologia dogmática, Teologia moral e espiritual, Teologia pastoral e catequética, liturgia e sacramentos, história da igreja e direito canônico. A leitura dos livros históricos ensina o aluno a situar a obra no seu contexto histórico, literário e teológico.

Os livros proféticos aprofundam temas como justiça social, Teologia e ética, messianismo, pecado e conversão, procurando interpretar os desafios enfrentados hoje pelos cristãos. Os Salmos, com seus vários tipos de oração, destacam os gêneros literários. Há, ainda, estudos sobre devoções a Maria, na América Latina e no Caribe.

Além do sacerdócio e do magistério, os campos de atuação restringem-se à função de agente pastoral, que presta assistência social em dioceses, comunidades e hospitais. Ainda incipiente, não se sabe se esse tipo de trabalho, em especial o de aconselhamento hospitalar, é assalariado. Editoras religiosas costumam contratar pessoas com formação acadêmica para escrever livros e artigos para publicações católicas.

Mercado de Trabalho

Hoje, o perfil de quem procura um curso de Teologia está mudado.

Antes, apenas faziam o curso os que estavam interessados em seguir a carreira religiosa: padres, pastores, entre outros. Agora, estão procurando os que estão querendo desenvolver trabalhos comunitários, atuar em Ongs – organizações não governamentais, etc.

Também buscam o curso estudantes interessados em aumentar a cultura geral, a cultura religiosa. É comum estudantes de psicologia, ou mesmo profissionais formados, procurarem o curso por não conseguirem dissociar o tratamento terapêutico da espiritualidade.

O Bacharel em Teologia estará habilitado a desenvolver atividades de pesquisa e pastoral na área religiosa, desenvolvendo trabalhos em Comunidades Pastorais e de Ensino.

Pode atuar nas Instituições Educativas nos níveis de Ensino Fundamental e Médio; Comunidades Pastorais; Grupos de Lideranças; Grupos de Jovens; Organizações Comunitárias e Sociais.

Neste sentido, o egresso do Curso de Bacharelado em Teologia deve ser capaz de:

Compreender o desenvolvimento da reflexão sobre as questões centrais do Fenômeno Religioso em sua pluralidade
Desenvolver a sensibilidade para as dimensões antropológica, ética, estética e política da Teologia cristã
Refletir academicamente a fé cristã-católica em diálogo com a Tradição cristã, o Magistério eclesial e as outras ciências
Desenvolver pesquisa nos diversos campos da Teologia
Desenvolver atividades Pastorais e Catequéticas; Promover o diálogo e a ação ecumênica, interreligiosa e macro-ecumêmica
Desenvolver uma postura reflexiva em seu campo de atuação através da interação entre reflexão teológica e práxis comunitária sendo capaz criar alternativas frente aos desafios da Igreja e da sociedade.

O Curso

O curso de Teologia, buscando maior compreensão da fé e da verdade revelada, associa fé e razão.

Encontra na Sagrada Escritura e na reflexão sistemático-pastoral os suportes básicos de sua estrutura.

Cada disciplina é desenvolvida com base nas fontes cristãs, cristalizadas na Sagrada Escritura e na Tradição, da qual faz parte o Magistério eclesial.

A reflexão teológica abre-se também ao diálogo interdisciplinar, a fim de tratar adequadamente os problemas atuais.

Além da Teologia propriamente dita, a graduação investe também numa sólida formação filosófica, enquanto pressuposto necessário para uma séria reflexão teológica.

O curso tem a duração média de quatro anos.

O curso de Teologia é dirigido às pessoas que de alguma forma têm vocação religiosa ou interesse em aprofundamento dos conhecimentos.

Entre as disciplinas do currículo: português, grego, hebraíco, sociologia religiosa, movimentos religiosos, pedagogia, psicologia, ação pastoral, antigo e novo testamento, estrutura e funcionamento de uma igreja.

Não existe especialização. O estudante pode dar continuidade aos estudos na pós-graduação em história, artes, etc.

O currículo varia de escola para escola. Algumas instituições dão ênfase à análise sociológica e antropológica das religiões, debatendo seus fundamentos e sua história. Nesse caso, o curso aborda com maior destaque disciplinas como religião, educação e sociedade e antropologia cultural e da religião. Outras escolas enfocam o estudo dos textos sagrados, como o Novo e o Velho Testamento, e a visão que decorre deles sobre Deus, a humanidade e o universo. Mas, qualquer que seja a faculdade, o aluno entra em contato com tradições religiosas que fazem parte de nosso patrimônio cultural. Além do estágio, é preciso fazer uma monografia de conclusão de curso.

Duração média: 04 anos.

Fonte: www.unilasalle.edu.br/www.metodista.br/www.estacio.br/filosofia.seed.pr.gov.br

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal