Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Curiosidades / Soro Caseiro

Soro Caseiro

SAL CONTRA A DESIDRATAÇÃO

PUBLICIDADE

O soro caseiro é a maneira mais rápida de evitar a desidratação em crianças com diarréia.

A doença ainda mata cerca de 3 milhões de crianças nos países em desenvolvimento, de acordo com dados da Organização Mundial da Saúde. A diarréia pode levar à morte devido à perda de água, sais minerais e potássio.

Quando cuidadas adequadamente, a maior parte das crianças com diarréia evolui sem desidratação e, dentre aquelas que desidratam, 95% podem ser reidratadas por via oral.

No início dos anos 60 desenvolveu-se a composição do Sal de Reidratação Oral, (SRO), uma substância capaz de hidratar o paciente por via oral sem necessidade de hidratação venosa.

A Organização Mundial de Saúde, elaborou o SRO e passou a distribuí-lo em todo o mundo, principalmente nos países em desenvolvimento.

O SRO é distribuído em Postos de Saúde pelo Ministério da Saúde. O pacote deve ser diluído em 1 litro de água limpa e ingerido após cada evacuação líquida. Cada embalagem é composta por cloreto de potássio, cloreto de sódio, nitrato de sódio e glicose.

Esse tipo de tratamento passou a se chamar Terapia de Reidratação Oral (TRO), com a finalidade de reidratar o paciente repondo os líquidos perdidos pela doença.

Como nem todas as pessoas que sofrem de diarréia têm acesso ao SRO, uma alternativa é o uso da Solução Sal Açúcar (SSA), ou Soro Caseiro, muito divulgado pela Pastoral da Criança, organismo de Ação Social da CNBB, junto com o Ministério da Saúde.

A solução Sal Açúcar, ou simplesmente soro caseiro, como é mais conhecida no Brasil, é constituída de água, sal e açúcar.

A utilização do soro caseiro como terapia para evitar a desidratação grave é bastante vantajosa devido ao baixo custo, à boa aceitação pela comunidade, disponibilidade de seus ingredientes no domicílio e facilidade de preparo. Além disso, não é dependente de sistema de fornecimento, o que contribui, para que a criança receba tratamento precoce logo no início da diarréia a fim de prevenir a desidratação.

É importante que a solução tenha sido preparada de forma adequada e que seja fornecida em quantidades suficientes para repor as perdas. É necessário também que a freqüência da sua administração esteja relacionada com os episódios de evacuações líquidas e que o tratamento seja iniciado tão logo se inicie a diarréia.

Soro Caseiro ou Solução Sal Açúcar (SSA)

ÁGUA: 1 litro.

SAL de cozinha: 1 colher de chá rasa – equivale a cerca de 3,5g.

AÇÚCAR: 02 colheres de sopa cheias – equivale a cerca de 40g.

O soro deve ser ofertado aos poucos, após cada evacuação ou vômito, podendo ser utilizado por até 24 horas após o preparo.

Fonte: www.salcisne.com.br

Soro Caseiro

Como preparar o soro caseiro

O líquido que salva vidas

O tão famoso soro caseiro nada mais é que uma solução aquosa de açúcar e sal de cozinha recomendado para prevenir a desidratação.

A função do soro caseiro, dado por via oral, é repor água e sais minerais perdidos com os vômitos e diarréia.

O soro deve ser tomado à vontade, a cada 20 minutos, e após cada evacuação líquida ou vômito.

Preparando o soro caseiro com a colher-padrão

Para evitar erros na concentração, a UNICEF preconiza a utilização de uma colher-padrão (disponível em todo posto de saúde) que apresenta as medidas para a preparação do soro:

Duas medidas rasas de açúcar (medida maior da colher-padrão)

Uma medida rasa de sal (medida menor da colher-padrão)

Um copo (200ml) de água filtrada e/ou fervida.

Preparando o soro caseiro sem a colher-padrão

“O soro não deve ser nem mais doce e nem mais salgado que água de côco ou lágrima.”

Caso você não possua a colher-padrão, pode fazer o seguinte:

Modo 1: com uma balança de cozinha

40g de açúcar

3,5g de sal

1 litro de água filtrada e/ou fervida.

Modo 2: com as próprias mãos

Lave as mãos

Três pitadas de açúcar (alguns textos descrevem como um punhado)

Uma pitada (de três dedos) de sal

Um copo (200ml) de água filtrada e/ou fervida.

Obs: Não se esqueça de lavar as mãos antes de preparar o soro!

Atenção

O soro deve ser ministrado apenas para prevenir a desidratação ou quando ocorrerem os sintomas iniciais. Em casos mais graves o paciente deve ser encaminhado imediatamente a um médico.

Fonte: UNICEF

Soro Caseiro

Como fazer soro caseiro

Para fazer soro caseiro:

Lave as mãos. Pegue um copo de água filtrada ou fervida. Acrescente um punhado de açúcar e uma pitada de três dedos de sal. Misture bem.

Você também pode utilizar a colher-medida, distribuída nos postos de saúde.

Usando a colher, misture com a água duas medidas rasas de açúcar e uma medida rasa de sal, como mostra o desenho abaixo:

Soro Caseiro

Fonte: www.invivo.fiocruz.br

Soro Caseiro

Como preparar?

Lave bem as mãos

Pegue um copo de água limpa

Um punhado de açúcar

Uma pitada de 3 dedos de sal.

Misture e prove

O soro não deve ser nem mais doce e nem mais salgado que água de côco ou lágrima. Se você já tiver a colher de medida padrão, use-a desta forma:

A colher-medida está disponível em todos os Postos de Saúde.

É importante ter uma em casa.

Fonte: www.saude.rj.gov.br

Soro Caseiro

Como fazer soro caseiro

Soro caseiro1

1 colher de chá de sal + 8 colheres de chá de açúcar + 1 litro de água

Oferecer à criança ao primeiro sinal de vômito e/ou diarréia.

Soro caseiro 2

Ferver um litro de água e acrescentar 1 colher de chá de sal, 3 colheres de sopa de FUBÁ ou FARINHA DE ARROZ, dissolvido em água fria e deixar ferver durante 10 minutos. É bom para mulheres grávidas, bem como para qualquer pessoa, para diminuir o vômito e a diarréia. O soro de cereal (milho, arroz) diminui em 30% a duração da diarréia, em 40% o volume e em 60% o vômito

Fonte: megyptocruz01.multiply.com

Soro Caseiro

SORO PARA REIDRATAÇÃO ORAL- SRO ( OMS-1971)

Distribuido nas Unidades de Saúde (Postos de Saúde e P.S).

Uma pacote deve ser dissolvido em um litro de água filtrada. Contém sódio, potássio, cloro, glicose e bicarbonato ou citrato de sódio.

SORO CASEIRO:

a) Ingredientes

1 copo de água limpa, filtrada e/ou fervida;
1 punhado de açúcar e
1 pitada de 3 dedos de sal.

b) Utilizando a colher padrão

1 copo de água limpa
1 medida menor de colher padrão de sal
2 medidas maior da colher padrão de açúcar.

c) Solução Sal Açúcar (SSA)

1 litro de água limpa
1 colher de chá rasa de sal (3,5g)
2 colheres de sopa cheias de açúcar (40g)

Fonte: www.hospitalmandaqui.com.br

Soro Caseiro

SORO CASEIRO – MODO DE PREPARAR

A desidratação tem como seu principal alvo crianças de 0 a 5 anos. Após crises de vômito ou diarréia, deve-se repor a perda de água e sais minerais. Uma maneira simples, barata e eficaz de fazer isto é através do soro caseiro. Se você não sabe como prepará-lo, basta ler a receita.

Passo a passo:

1. Misture em um litro de água mineral, filtrada ou fervida (mas já fria) com uma colher (do tipo de cafezinho) de sal e uma colher (do tipo de sopa) de açúcar.

2. Mexa bem e dê à criança em pequenas colheradas.

3. Um erro nas medidas pode provocar convulsão em uma criança desidratada. Assim, para evitar erros, pegue uma colher-medida nos postos de saúde de governo. Em um copo com água filtrada coloque uma medida rasa de açúcar (do lado maior da colher) e uma medida rasa de sal (do outro lado da colher).

4. O soro caseiro é usado para combater a desidratação em casos de intoxicação alimentar, insolação ou diarréia ou vômitos.

Atenção:

1. Se o vômito ou a diarréia continuarem, procure imediatamente o posto médico mais próximo de sua casa. Lembre-se: desidratação mata!

2. O melhor soro é o soro para reidratação oral -SRO (OMS-1971), distribuído nos postos de saúde. Um pacote deve ser dissolvido em um litro de água filtrada.

Fonte: aprodef.org.br

Soro Caseiro

Receita de Soro Caseiro

Ingredientes

1 litro (1000 ml) de água

1 colher (sopa) de açúcar

1 colher de café de sal.

Depois é só mexer e está pronto para beber.

Modo de uso

Primeiro você deve pegar 1 litro de agua filtrada e fervida, e colocar 1 colher de açucar, e uma colher pequena de sal, em seguida você deverá mexer, e ja está pronto o soro caseiro.

OBS: O Soro deve ser tomado em intervalos de tempo pequenos e em pequenas quantidades.

Fonte: www.receitando.net

Soro Caseiro

DIARRÉIA INFANTIL

Receita de Soro Caseiro

1 litro de água

1 colher de chá rasa de sal

1 colher de sopa de açúcar

Misture tudo e está pronto!

Entendendo a diarréia

É uma doença que se caracteriza pela perda de água e eletrólitos devido ao aumento do volume e da freqüência das evacuações. Há uma diminuição da consistência das fezes, apresentando, algumas vezes, muco e sangue (disenteria).

É importante tratar?

A doença diarréica é uma das principais causas de morbidade e mortalidade infantil nos países em desenvolvimento e um dos fatores que mais contribui para o agravamento do estado nutricional das crianças. O tratamento é simples e fundamental: soro caseiro.

Reconheça os tipos de diarréia

Diarréia comum: caracteriza-se normalmente por provocar apenas fezes soltas e aguadas. Pode estar associada a uma combinação de estresse, remédios e alimentos. Por exemplo, excesso de gorduras, cafeína, mudança do tipo de água ingerida ou mesmo ansiedade diante de acontecimentos importantes.

Diarréia infecciosa: provoca, além dos sintomas da diarréia comum, febre, perda de energia e apetite. É causada por viroses e bactérias. Se não for convenientemente tratada, os sintomas podem demorar até uma semana a desaparecerem.

Amebíase: pode ocasionar desde leve dor de estômago e flatulência até febre, prisão de ventre, debilidade física e fezes aguadas com manchas de sangue. É causada por um protozoário que invade o sistema gastrintestinal transportado por água ou comida contaminada.

Giardíase: causada pela giárdia, um protozoário; seus sintomas variam de simples dor estomacal à diarréia persistente ou à presença de fezes pastosas. Outros sintomas também podem aparecer, como desconforto abdominal, eructação, dor de cabeça e fadiga. A giárdia espalha-se no aparelho digestivo através da ingestão de água e alimentos contaminados.

Intolerância à lactose: algumas pessoas não conseguem digerir a lactose, açúcar encontrado no leite e seus derivados. Isso porque não produzem uma enzima chamada lactase. Entre seus sintomas, destacam-se diarréia, prisão de ventre e gases.

O que provoca a diarréia?

A maioria dos episódios é provocada por um agente infeccioso e dura menos de duas semanas.

Veja alguns exemplo:

Bactérias e toxinas bacterianas

Parasitas intestinais causadores de amebíase e giardíase

Infecções virais

Disfunção da motilidade do tubo digestivo

Efeitos colaterais de algumas drogas, por exemplo, antibióticos, altas doses de vitamina C e alguns medicamentos para o coração e câncer

Abuso de laxantes

Intolerância a derivados do leite pela incapacidade de digerir lactose (açúcar do leite)

Intolerância ao sorbitol, adoçante obtido a partir da glicose.

Por que diarréia tem maior risco para as crianças?

Adultos são mais resistentes, mas bebês, crianças e idosos desidratam-se com facilidade. As complicações e causas de morte mais importantes são a desidratação e a desnutrição.

O que fazer?

A grande maioria das crianças com diarréia evolui para a cura espontânea sem desidratação, desde que bem manuseadas no domicílio.

Algumas recomendações são importantes:

Mantenha a criança hidratada dando-lhe de beber muito líquido.

Como a água não repõe a perda de eletrólitos, prepare soro caseiro ou outros líquidos que contenham tais substâncias, como uma sopa salgada.

Não deixe de alimentar a criança. Em geral, pessoas associam comida à disfunção gastrintestinal e suspendem toda a alimentação. Tal medida, além de agravar o quadro de desidratação, suspende o fornecimento dos nutrientes necessários para o organismo reagir.

Suspenda a ingestão de alimentos com resíduos, como saladas, bagaço de frutas e fibras. Também evite café, leite, iogurte e sucos de frutas.

Não deixe de ferver a água nos locais em que não seja tratada se tiver necessidade de bebê-la.

Fonte: chasqueweb.ufrgs.br

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Fórceps

PUBLICIDADE Fórceps é um instrumento de metal com duas alças usadas especialmente em operações médicas …

Fake News

Fake News

PUBLICIDADE O que é fake news? A fake news (ou notícia falsa) é uma notícia que …

Grampo Cirúrgico

Grampo Cirúrgico

PUBLICIDADE Grampo Cirúrgico é um dos vários dispositivo cirúrgico usados para unir, prender, suportar ou …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

300-209 exam 70-461 exam hp0-s41 dumps 640-916 exam 200-125 dumps 200-105 dumps 100-105 dumps 210-260 dumps 300-101 dumps 300-206 dumps 400-201 dumps Professor Messer's CompTIA N10-006 exam Network+