Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Curiosidades / Velocímetro

Velocímetro

PUBLICIDADE

Com o mostrador situado no painel do automóvel, o velocímetro indica a velocidade do veículo. Nesse instrumento, costuma-se incluir também um hodômetro, que fornece a quilometragem percorrida. Na maioria dos veículos comerciais, o tipo de velocímetro mais usado é o magnético.

Velocímetro

velocímetro é acionado geralmente pela árvore de saída da caixa de transmissão, cuja velocidade de rotação é proporcional à do veículo.

O movimento transmite-se pelo cabo do velocímetro, flexível e giratório, acoplado à árvore principal do instrumento, que comporta um ímã.

Próximo ao ímã, sobre a mesma árvore, um disco de alumínio liga-se diretamente ao ponteiro. Do outro lado do copo de alumínio há um estator de aço.

Velocímetro

Com o movimento do carro, o ímã gira, provocando assim a variação do campo magnético. Em conseqüência dessa variação, surgem no copo correntes de Foucault, que dão origem a um outro campo magnético.

Da interação dos dois campos, resultam forças (torque) que provocam a rotação do copo.

Este, no entanto, é impedido por uma mola espiral de girar completamente, sofrendo apenas uma deflexão proporcional ao torque, que é transmitida ao ponteiro.

Velocímetro

O tipo mais comum de velocímetro é dotado de um ponteiro sobre uma escala circular ou em arco, mas às vezes o indicador é digital, como o mostrado na figura acima.

Fonte: br.geocities.com

Velocímetro

Como o velocímetro mede a velocidade do carro?

velocímetro, na verdade, é quase um tradutor.

Primeiro, os giros do motor do carro criam pulsos elétricos em um sensor. Quanto mais pulsos a cada segundo, maior é a rapidez. Um minicomputador, então, traduz essa “pulsação” para a velocidade em quilômetros por hora.

Essa eletrônica toda, aliás, é coisa recente. Ela está substituindo os velocímetros mecânicos, menos precisos, que reinaram do início do século 20 até aos anos 90. Nesses modelos fora de moda o giro das rodas é transmitido por um cabo até um ímã, que fica atrás do painel.

O ímã gira também, criando campo magnético. E esse campo movimenta o eixo do ponteiro. Quanto mais rápido o ímã roda, maior a força que faz o ponteiro subir.

De um jeito ou de outro, medir a velocidade de um carro é fácil, já que ela sempre é proporcional ao giro do motor.

Velocímetro

Mas e para saber o pique de um avião?

Aí complica. Os engenheiros tiveram que criar um método indireto: medir a velocidade do ar que passa pela aeronave.

É o que o velocímetro do avião faz. Ele é um tubo que “engole” o vento durante o vôo. Esse ar faz pressão numa câmara e, a partir dessa pressão, calcula-se a velocidade.

O velocímetro dos barcos segue o mesmo princípio. Só que, em vez de o tubo tirar a pressão do ar, ele pega a da água que passa embaixo da embarcação.

Aceleração eletrônica

Ritmo de pulsos elétricos rege o ponteiro do painel

1. Nos tipos mais comuns de velocímetros eletrônicos, há um sensor de velocidade que fica perto da caixa de câmbio do carro, bem em cima de uma roda dentada. As engrenagens da transmissão fazem girar tanto as rodas do carro quanto a roda dentada abaixo do sensor

2. O sensor tem um ímã que atrai a roda dentada, criando um campo magnético entre os dois. Quando a roda gira, os dentes fazem ela ficar ora mais perto, ora mais longe desse ímã. Assim o campo magnético varia o tempo todo. E, cada vez que isso acontece, nasce um pulso elétrico. São dezenas de pulsos a cada segundo

3. Se a velocidade da roda cresce, a quantidade de pulsos aumenta. E é a freqüência dos sinais que indica a velocidade para um computador do carro. O processador, então, manda o ponteiro do velocímetro subir ou descer de acordo com a variação dos pulsos. E essa informação aparece convertida no painel para km/h

Fonte: mundoestranho.abril.com.br

Velocímetro

Funcionamento dos velocímetros

O que determina a velocidade é a quantidade de vezes que o imã passa perto da bobina por unidade de tempo

Para entender como funciona um velocímetro típico, começamos com o caso mais simples, o de uma bicicleta. Trata-se de um imã, localizado em um dos raios da roda, uma bobina colocada na mesma altura do imã, e um leitor eletrônico que nos dá a leitura em km/h.

O que determina a velocidade é a quantidade de vezes que o imã passa perto da bobina por unidade de tempo. Através do raio da roda, pode-se calcular a velocidade com que o veículo se move.

Velocímetro analógico

Os velocímetros analógicos de automóvel funcionam de uma maneira muito parecida. Entretanto, ao invés de calcular a velocidade de rotação dos pneus, utilizam uma engrenagem.

Este mecanismo – específico para cada modelo, tipo de transmissão e tamanho de roda – faz girar um cabo flexível, que por sua vez faz girar um imã.

Este imã está situado perto de uma peça metálica unida à agulha do velocímetro, que, se não tivesse rolamento, giraria à mesma velocidade que o imã.

Para obter a leitura no velocímetro do carro, teremos uma mola que controla o avanço da peça metálica, obtendo assim uma posição da agulha relativa à velocidade de rotação da engrenagem. Essa posição marca a velocidade em km/h. Assim, quando o carro deixa de mover-se, a mola obriga a agulha a voltar a zero. 

Velocímetro digital

No caso dos velocímetros digitais, a medida também é calculada de maneira muito similar ao do velocímetro de uma bicicleta, já que utiliza um medidor eletrônico. Ele mede as vezes por segundo que um sensor na roda ou transmissão passa por cima de outro sensor imóvel. 

Fonte: www.topografia.ufsc.br

Velocímetro

Funcionamento do Velocímetro

De vital importância ao motorista, pois nele está demonstrado a maior parte das informações necessárias ao mesmo para que obtenha o melhor uso possível do veículo nas mais diversas condições que o trânsito apresenta, o painel de instrumentos do carro é o local de explanação deste artigo, onde temos o medidor de temperatura do motor, o indicador de combustível, dentre tantos outros, vamos em especial falar do velocímetro, que tem a importante função de orientar o motorista sobre a velocidade com a qual ele anda conduzindo seu veículo.

Tipos de Velocímetros

Hoje existem dois tipos de velocímetros, o eletrônico, onde luzes e leds informam ao motorista as principais informações.

Devido a maior popularidade e utilização na indústria automobilística, vamos falar do velocímetro mecânico, registrado em 1902 por Otto Schulze, solucionando um dos problemas que afligiam à crescente indústria automobilística: uma maneira de controlar velocidade dos novos veículos motores.

Velocímetro
Tipos

Isso se dava em uma época em que os motoristas ainda estavam acostumados a conduzir veículos com pequenas velocidades, como carruagens movidas por cavalos, que desempenhavam, no auge da força animal, 6, 8 quilômetros por hora.

Com o advento dos automóveis, facilmente se chegou a uma velocidade cinco vezes superior, o que surgia um perigo eminente de acidentes, dada a falta de noção e excesso de empolgação dos condutores.

Peças de um Velocímetro

Antes de dar uma olhada no interior de um velocímetro, será útil analisar como funciona um carro, em primeiro lugar.

O processo básico é descrito abaixo:

1. Da queima de uma mistura de ar enriquecida com combustível, o motor tira força para movimentar os pistões para cima e para baixo.
2. De nada adiantaria esse movimento não fosse o virabrequim, que converte a subida e a descida no movimento rotacional necessário.
3. O movimento do virabrequim aciona um volante.
4. Desse movimento o virabrequim transfere a potência à transmissão, que a distribui para o eixo motor.
5. Dotada de diversos tamanhos de engrenagens, conhecidas como marchas, a transmissão distribui a velocidade às rodas.
6. As rodas girando, fazem com que o carro se mova.

Velocímetro
Funcionamento

Para aferir à velocidade de um veículo, o instrumento responsável tem de estar instalado ou nas rodas do veículo ou calcular a velocidade através da transmissão.

Quase que como um padrão na indústria, a velocidade é medida com base na transmissão do veículo, que “conta” isso ao velocímetro através do cabo.

Velocímetro
Calcular

A transmissão é um mecanismo complexo, dotada de várias engrenagens de medidas diferentes, para que quando o veículo se movimentar, possa acionar o mandril, que irá girar e transmitir ao medidor que velocidade atualmente se encontra.

Logo, acredito que muitos não sabem, a velocidade de um veículo não é medida pela velocidade de suas rodas, e sim pela medição do trabalho do mecanismo de transmissão.

Fonte: autos.bicodocorvo.com.br

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Fórceps

PUBLICIDADE Fórceps é um instrumento de metal com duas alças usadas especialmente em operações médicas …

Fake News

Fake News

PUBLICIDADE O que é fake news? A fake news (ou notícia falsa) é uma notícia que …

Grampo Cirúrgico

Grampo Cirúrgico

PUBLICIDADE Grampo Cirúrgico é um dos vários dispositivo cirúrgico usados para unir, prender, suportar ou …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

300-209 exam 70-461 exam hp0-s41 dumps 640-916 exam 200-125 dumps 200-105 dumps 100-105 dumps 210-260 dumps 300-101 dumps 300-206 dumps 400-201 dumps Professor Messer's CompTIA N10-006 exam Network+