Breaking News
Home / Curiosidades / Superstições e Tradições do Casamento

Superstições e Tradições do Casamento


A maioria de superstições comuns do casamento

PUBLICIDADE

Seu casamento é supor para ser um dos dias os mais importantes e os mais especiais de sua vida inteira. Geralmente, os casamentos são antecipados altamente há meses ou mesmo anos de planeamento adiantado.

Muito é tomado para assegurar-se de que cada único detalhe seja apenas direito. Das decorações e das flores, à música, aos votos de casamento, ao alimento e ao bolo – cada noiva quer tudo ser perfeito.

Há muitas tradições que são observadas geralmente (ou consideradas pelo menos) no processo de planeamento do casamento.

Alguma destes é muito importante, (como a troca dos votos e das faixas de casamento) e outro são mais ligeiros – como lançar o ramalhete da noiva. Se você é supersticioso ou não, algumas das tradições mais ligeiros do casamento podem apelar-lhe. Está abaixo uma breve vista geral de algumas das superstições mais conhecidas.

O tempo

Há umas superstições de oposição das partes diferentes do mundo a respeito do tempo em seu dia do casamento. Alguns dizem que um dia do casamento chuvoso é realmente boa sorte.

Outro reivindicam que a chuva em seu dia do casamento significa que você verterá muitos rasgos ao longo de sua vida casada. Um dia ensolarado simboliza o calor e a felicidade na união.

As decorações

As velas são usadas como decorações em muitos casamentos. As flores são igualmente de uso geral nos casamentos. É habitual para o noivo desgastar uma flor do ramalhete nupcial na casa de botão do seu revestimento.

Isto data das épocas medievais, quando um cavaleiro desgastaria cores da sua senhora como uma declaração de sua devoção. As flores têm significados diferentes, e é boa sorte escolher as flores que têm o simbolismo especial para a noiva e o noivo.

O vestido

Um vestido de casamento branco é dito simbolizar a virgindade. Entretanto, uma outra teoria que antigamneto o tecido branco era mais caro. Então quanto mais branco fosse o vestido da noiva, mais rica era a sua família. Uma outra superstição relacionou-se ao vestido de casamento real envolve a morte! Diz-se que se o vestido de casamento da noiva rasga o dia antes do casamento, a união terminará na morte.

O bolo

Em muitas culturas, a tradição é conservar a camada a mais alta, a menor do bolo de casamento um pouco do que sere no casamento. O bolo é envolvido então no envoltório plástico e nas toalhas de papel a fim conservá-lo bem, e é congelado então.

O bolo de casamento está deixado no congelador até o primeiro aniversário do par feliz, quando é degelado e apreciado. A superstição diz que aquele comer o bolo de casamento no primeiro aniversário trará para trás a toda a alegria e mágica do dia do casamento.

Após o casamento

Quando a noiva e o noivo retiram da igreja após sua cerimônia de casamento, é habitual para todos os convidados lançarem punhados do arroz neles.

Esta é uma outra maneira de assegurar uma vida familiar longa e fértil. O ruído feito pelas latas que são anexadas ao automóvel do par é usado para afastar espírito maus.

Tradições

Na idade média, o cavaleiro raptava a sua amada com o seu braço esquerdo, enquanto a defendia empunhando a espada com a mão direita. Por isso hoje é de tradição que a noiva se coloque à esquerda do noivo.

Damas de Honor

Este costume vem do tempo dos romanos, que exigiam 10 testemunhas presentes no casamento. Eles acreditavam que espíritos maus tentariam influenciar a noiva.

As testemunhas, ou damas de honor, protegiam a noiva e enganavam os espíritos por estarem todas vestidas de igual e impediam os maus espíritos de reconhecerem a noiva. Arroz.

É também um costume pagão, este de atirar arroz aos recém-casados. O seu significado é de desejar fertilidade e riqueza. Em Itália usa-se confetti, e também pétalas de rosa.

Maio

Maio é mês das noivas. E muitas mulheres estão com a ansiedade a mil com os preparativos finais do grande dia. Buffet acertado, decoração perfeita, lembrancinhas ajeitadas, enfim, tudo correndo conforme planejado.

São tantos padrões e tradições que a gente nem se pergunta o porquê de fazer aquilo tudo. E azar de quem não fizer… Mas você já se perguntou, por exemplo, o que representa o buquê ou de onde surgiu o costume de jogar arroz nos pombinhos? Pois saiba que, além de todo encanto que a celebração provoca, ela é repleta de lendas e curiosidades.

Celebrando a união

A celebração do casamento surgiu na Roma Antiga. Durante muito tempo, as pessoas se casavam para ganhar um dote, um meio honrado de enriquecimento, e para ter filhos legítimos que perpetuariam o nome do pai.

No início não era obrigatório ter a bênção de um sacerdote. Este costume só foi oficializado depois do Concílio de Trento, no século XVI. Já o casamento civil só surgiu bem depois, em 1650, na Inglaterra.

A festa sempre tem um atrativo especial e as pessoas fazem de tudo para se destacar. Alguns exemplos são surreais.

Por exemplo, o casamento mais caro do mundo foi o do filho do xeique Rashid Al Maktoum, dos Emirados Árabes, em 1981.

Custou nada mais nada menos que parcos US$ 20 milhões, dinheiro que provavelmente Giovanni Vigliotto deve ter gastado somando todos os seus 104 casamentos.

Ele foi o homem que mais se casou no mundo, entre 1949 e 1981. Para tal feito, ele usou nomes falsos e arrumou esposas em 15 países. Impressionada? Então veja como surgiram os costumes que nós temos até hoje.

Fonte: www.discoveryarticles.com/www.quintademeca.com/www.bolsademulher.com

Veja também

Labirinto

Labirinto

PUBLICIDADE Definição Um Labirinto complicada rede irregular de passagens ou caminhos nos quais é difícil encontrar o …

Necromancia

PUBLICIDADE Definição Necromancia é o ato de se comunicar com os mortos para descobrir o …

Cistoscópio

Cistoscópio

PUBLICIDADE Definição O Cistoscópio é um instrumento tubular de metal oco, equipado com uma luz, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.