Breaking News
Home / Filosofia / Indústria Cultural

Indústria Cultural

PUBLICIDADE

O que é a Indústria Cultural?

O conceito indústria cultural é criação de dois teóricos alemães Theodor Adorno e Max Horkheimer que, conforme apontam Reale e Antiséri, no contexto de uma teoria crítica da sociedade visam por em questão as contradições inerentes à sociedade capitalista. Para isso, focam nas produções veiculadas nos meios de comunicação bem como o seu caráter de disseminador de ideologias dominantes. Nesse sentido, visando uma primeira compreensão do conceito, o termo aqui abordado se auto-explica enquanto uma cultura que se torna mercadoria pronta a gerar lucratividade no sistema.

Indústria Cultural

Todavia, para uma compreensão mais detalhada do conceito aqui exposto é preciso enquadrá-lo dentro do espectro da chamada Escola de Frankfurt (tema já abordado neste portal), bem como o contexto histórico que, conforme apontam os historiadores da filosofia Reale e Antiséri, “foi atravessado pelo furacão da Segunda Guerra Mundial e que assistiu ao desenvolvimento maciço, onipresente e irrefreável da sociedade tecnológica avançada”.

Para atingir o máximo de sua execução, tal sociedade tecnológica utiliza-se, a todo momento, dos meios de comunicação de massa: músicas, propagandas, cinema, teatro etc. No limite, os bens culturais se tornam mercadorias. Mas, para que isso ocorra, a cultura precisa ser massificada, tornada acessível ao maior número de consumidores. Da arte retira-se o prazer estético em prol da sua adequação ao que é rentável, lucrativo à indústria e que, portanto, trará retorno financeiro para o artista e toda a indústria que está por trás destes bens culturais. Nesses produtos culturais são embutidos valores da cultura dominante e passam a ser vendidos como se fossem desprovidos de ideologia ou adequação a qualquer que seja o grupo social para mascarar a sua real pretensão e, assim, atingir em cheio as massas, modelando-lhes os gostos, comportamentos e atitudes diversas a fim de criar-lhes necessidades que mantenham a lucratividade do sistema e o predomínio da cultura dominante.

DICA DE FILME

Caso sinta-se interessado(a) em aplicar os conceitos aqui abordados segue uma sugestão de filme que pode, além de divertir, propiciar um momento a mais de contato com o tema aqui exposto. A dica é O Show de Truman, filme de 1988. O filme se passa num cenário de reality show em que o protagonista (Truman) não tem consciência que está sendo controlado, vigiado, televisionado e que seus comportamentos e atitudes estão sendo friamente dirigidos, muitas vezes através de mensagens subliminares que chegam até Truman e o condiciona, inconscientemente, a agir de uma e não de outra forma. O próprio cenário é visto pelos telespectadores do programa como uma imensa vitrine em que objetos, emoções e sentimentos do protagonista podem ser dispostos a seus gostos e desejos. Se ficou interessado(a), busque pelo filme, assista e procure fazer relações, nem que sejam mentais, com o tema da indústria cultural aqui abordado.

Fábio Guimarães de Castro

Referências Bibliográficas

ADORNO, Theodor; HORKHEIMER, Max. Dialética do Esclarecimento. Tradução de Juan José Sánchez. Madrid: Trotta, 1998.

IMAGEM: https://www.portaldovestibulando.com/2013/03/e-ai-quais-as-vantagens-e-desvantagens.html. Acesso em: 05 ago 2019.

REALE, Giovanni; ANTISÉRI, Dario. História da Filosofia: do romantismo até nossos dias. SP: Paulus, 2007, p. 837-845.

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Mão Invisível

Mão Invisível

PUBLICIDADE O que é mão invisível? O termo “Mão Invisível” foi cunhado pelo filósofo e …

Ideologia e Marxismo

Ideologia e Marxismo

PUBLICIDADE O que é Ideologia e Marxismo? Pensar o marxismo é ainda hoje fundamental. Na …

Lógica Aristotélica

PUBLICIDADE Adverso ao que alguns podem pensar, a lógica está presente em nosso cotidiano em …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.