Breaking News
Home / Filosofia / Neoplatonismo

Neoplatonismo

PUBLICIDADE

O Neoplatonismo é uma das últimas escolas filosóficas da antiguidade Greco-pagã, fundada por Amônio Sacas no século II da Era Cristã. Seu representante máximo é o filósofo egípcio Plotino que teve como discípulo Porfírio, outro neoplatônico, que intentava demonstrar a compatibilidade entre as filosofias de Platão e Aristóteles, além de difundir o neoplatonismo.

É importante frisar duas coisas: a primeira é que o prefixo “neo” só foi adicionado na posteridade para diferenciar o dualismo platônico do monismo neoplatônico, ou seja, Plotino e os demais seguidores do hoje chamado neoplatonismo se designavam apenas pela alcunha de platônicos. E a segunda é que o termo neoplatônico não faz referência a todo e qualquer seguidor das ideias de Platão, mas a escolas pontuais, com finalidades específicas.

O neoplatonismo visava, a partir de uma síntese do Platonismo, Aristotelismo, Estoicismo e Pitagorismo, legitimar verdades religiosas supostamente reveladas aos homens. Há, portanto, um profundo caráter místico e espiritualista intencional nas escolas neoplatônicas que servirá de base para a posterior fundamentação teórica de religiões monoteístas como por exemplo o Cristianismo. Desse modo, ideias de Plotino, Porfírio, Proclo estão diluídas na teologia e filosofia medieval cristã.

O neoplatonismo contrário ao ver perspectivo, que possibilita diversas interpretações de autores, propunha uma interpretação unitária do pensamento de Platão a partir de chaves de leitura que segundo os filósofos das escolas neoplatônicas seria a única forma de se acessar efetivamente aos textos platônicos sem subverter suas ideias.

Neoplatonismo

De acordo com esses filósofos, Platão intencionalmente não teria deixado claro os verdadeiros conteúdos de seu pensamento, o que justificaria a proposta de um método ou chave de leitura, capazes de dar acesso às “autênticas ideias” de Platão.Reforçando, assim, o aspecto esotérico (para poucos/iniciados) dos pensamentos platônicos.

É importante ressaltar que o neoplatonismo teve reverberações nos pensamentos posteriores de filósofos da Idade Média, por exemplo: Agostinho de Hypona, Boécio, João Escoto Erígera, Nicolau de Cusa e Giordano Bruno, dentre tantos outros. E isso de antemão já nos mostra a importância filosófica desses filósofos das escolas neoplatônicas, pois sem recorrer aos seus pensamentos grande parte da chamada Filosofia Medieval seria obscura, quando não incompreensível.

Fábio Guimarães de Castro

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Justiça e Direito em Nietzsche

Justiça e Direito em Nietzsche

PUBLICIDADE O que é Justiça e Direito em Nietzsche? A justiça e o direito são abordados …

Behaviorismo Ryleano

Behaviorismo Ryleano

PUBLICIDADE O que é o behaviorismo ryleano? Gilbert Ryle, contrário à mente substancial cartesiana, defende …

Antropomorfismo

Antropomorfismo

PUBLICIDADE O que é antropomorfismo? Doutrina filosófica que interpreta toda a realidade seja ela física …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.