Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Curiosidades / História da Bayer

História da Bayer

Uma viagem através da história da Bayer

PUBLICIDADE

Logotipo da Bayer
Bayer – Logotipo

Tudo começa com uma amizade entre dois homens, muita curiosidade natural e dois fogões de cozinha.

Empresário Friedrich Bayer e tintureiro Johann Friedrich Weskott usá-las para realizar experimentos e, eventualmente, descobrir como fazer o fuchsine corante.

Em 1º de agosto de 1863, eles encontraram o “Friedr. Bayer et. Comp.” empresa em Wuppertal-Barmen, uma startup do século 19 com um enorme potencial.

1863-1881: Os primeiros anos

A parceria geral “Friedr. . Bayer et comp “é em 01 de agosto de 1863 em Barmen – agora uma parte de Wuppertal – por corante vendedor Friedrich Bayer (1825-1880) e mestre tintureiro Johann Friedrich Weskott (1821-1876) fundou. Objetivo da empresa é a fabricação e comercialização de corantes sintéticos.

A produção destes corantes a partir de derivados do alcatrão de hulha só tinha sido inventado alguns anos antes, abrindo-se a indústria química incipiente um novo campo. Seu mercado é a indústria têxtil, que está crescendo rapidamente no curso da industrialização. Os corantes naturais usados até agora são escassos e caros. Novas invenções, tais como a síntese do alizarin corante vermelho e a alta demanda por corantes de alcatrão levou a um boom do fundador. Durante este tempo, muitas fábricas de corante, mas as empresas só inovadoras com a sua própria investigação e a capacidade de explorar as oportunidades no mercado internacional, criado pelo longo prazo. Bayer é um deles.

Estabelecimento da corporação

A base financeira para a expansão foi lançada em 1881, a empresa foi transformada em uma sociedade anônima, a vorm cores. Friedr. Bayer & Co .. O notável crescimento da empresa nos primeiros anos também mostra o número de funcionários aumenta de três em 1863 para 300 em 1881.

1881-1914: Tornar-se uma empresa internacional

Em 1881 e 1913, a Bayer desenvolveu-se em um grupo químico internacional. Apesar de corantes permaneceu a maior divisão, mas novos campos de negócios. Fundamental importância para o desenvolvimento da empresa, o desenvolvimento de uma pesquisa eficiente por Carl Duisberg (1861-1935).

Em Wuppertal-Elberfeld – 1878-1912 também sede – cria um laboratório de ciência, que define o padrão para a pesquisa da indústria. Resultados de pesquisa da Bayer são numerosos intermediários, corantes e produtos farmacêuticos, inclusive por Felix Hoffmann desenvolvido e 1899 trouxe ao mercado uma droga século Aspirina ™.

O serviço farmacêutico é criado

Em 1888 Bayer dirigiu uma divisão farmacêutica, o que gera uma parte cada vez maior das vendas totais. Este período também viu a inclusão da produção de produtos químicos orgânicos de base e intermediários para corantes e medicamentos e produtos químicos inorgânicos quedas. Bayer 1904 começa com a produção de produtos químicos fotográficos – programadores para filmes – e 1906 investigação será adicionado à síntese de borracha.

Presença Internacional

Uma base fundamental para o desenvolvimento da empresa é construir uma organização de vendas global. Mesmo nos primeiros dias, a empresa fornece corantes em muitos países. Em 1913, mais de 80 por cento da receita de exportações.

Em quase todos os países do mundo Bayer é representado. Em 1865, a empresa adquiriu uma participação na primeira fábrica Teerfarbenfabrik em Albany, Nova York. Nas décadas seguintes, mais investimentos são adicionados no exterior para garantir e expandir sua posição em mercados-chave. Pouco antes da Primeira Guerra Mundial, a empresa possui filiais na Rússia, França, Bélgica, Grã-Bretanha e os Estados Unidos. Dos cerca de 10 mil pessoas que emprega cerca de 1913 Bayer 1000 trabalhou nas empresas estrangeiras.

Sede em Leverkusen

O site Elberfeld acaba ao longo dos anos para a expansão contínua, muito pequeno. Portanto, Bayer comprou em 1891 inicialmente adicionar o alizarin fábrica vermelho do Dr. Carl Leverkus & Sons norte de Colônia, e mais tarde um outro local no Reno. De acordo com os planos de Duesberg, que dirige a empresa 1912-1925 como CEO, Bayer constrói este local desde 1895 de forma sistemática. Sede 1912 Leverkusen.

O jardim japonês em Leverkusen

O Jardim Japonês é criado em 1912. Por iniciativa do então Diretor-Geral da fábrica de tintas Friedrich Bayer & Co. – Carl Duisberg – estava sob a orientação profissional de um jardim desenvolvido que também está aberto ao público em geral desde os anos 50. Hoje, muitos funcionários de jardim japonês atrai do Chempark que passam regularmente a sua pausa para o almoço.

1914-1925: A Primeira Guerra Mundial e suas consequências

A Primeira Guerra Mundial interrompeu um desenvolvimento brilhante. Os principais mercados de exportação em grande parte perdido, e uma redução correspondente nas vendas de tintas e drogas. Bayer é incorporada cada vez mais na economia de guerra e começou a produzir material de guerra, incluindo explosivos e agentes químicos de guerra atrás. Durante a guerra, em 1917, a terceira usina alemã Bayer em Dormagen começa a funcionar.

Devastação Guerra

O saldo da guerra é devastadora. A posição de investimento internacional é em grande parte perdida, e os mercados de exportação, que proporcionam o desenvolvimento permanecem em grande parte inacessível. Na Rússia, a subsidiária como resultado da revolução russa é expropriada. Em os EUA, de 1917, os ativos da empresa apreendidos incluindo patentes e marcas, e depois vendido para os concorrentes. 1919 vendas líquidas de apenas dois terços do valor de 1913. A inflação corrói as reservas financeiras, e em 1923 Bayer paga pela segunda vez depois de 1885, nenhum dividendo.

Os anos conturbados após a derrota na guerra da revolução de novembro até a estabilização na Alemanha em 1923-24, pode ser superado relativamente calma só por causa da boa cooperação entre a administração da empresa e os representantes dos trabalhadores.

1925-1945: O tempo de IG Farben

Desde 1905, há uma comunidade de interesses entre Bayer, BASF e Agfa. A fim de recuperar os mercados de exportação vitais, estas e outras empresas nas tinturas de alcatrão alemães incluem, por iniciativa de Carl Duisberg 1915-1916 a um grande grupo de juros.

Fusão para a IG Farben

Após a estabilização da economia global 20s é claro que a indústria alemã de corantes sua antiga posição no mercado mundial não pode se recuperar. A fim de manter a competitividade e conquistar novos mercados, as empresas do sindicato em 1925 decidir fundir. Bayer transferiu seus ativos a IG Farben (IG) e foi excluída como uma empresa no registo comercial.

No entanto, a tradição Bayer é mantida em consórcio Baixo Reno do IG. Para a sua adição aos locais em Leverkusen, Dormagen, Elberfeld inclui o Uerdingen. Leverkusen também se tornou a sede da Associação de Farmacêuticos Vendas IG cuja marca comum é a Cruz Bayer.

A época de invenções

Um membro do IG-Werke Leverkusen também desenvolveram uma importante químicos básicos e intermediários local e os maiores corantes. Foco de atividades de investigação a esta síntese Rubber tempo e química de polímeros moderna.

Início dos anos 1930, foi desenvolvido aqui poliacrilonitrila-butadieno (NBR), e, em 1937, inventou Otto Bayer (1902-1982) , os poliuretanos. Elberfeld continuou sua pesquisa bem sucedido em drogas para combater a malária. Gerhard Domagk (1895-1964) descobriu em colaboração com Fritz Mietzsch (1896-1958) e Joseph Limpar (1898-1953), os efeitos terapêuticos das sulfonamidas. Um fármaco desta classe trata em 1935 como Prontosil no mercado. Este é um passo fundamental na quimioterapia de doenças infecciosas para as quais Domagk em 1939 recebeu o Prêmio Nobel.

Após a recuperação entre 1926 e 1928, a Grande Depressão finalmente chegou ao Baixo Reno. Produção e emprego diminuiu drasticamente.

Em 1929, a Elberfeld e Leverkusen empregam 12.450 trabalhadores e empregados de julho de 1932, caiu para apenas 9.800. Um em cada cinco perde o emprego. Somente na década de trinta a força de trabalho aumenta novamente.

II Guerra Mundial se aproxima

Desde 1936, a política do regime nazista busca, sistematicamente, a preparação da guerra.

Quando, finalmente, entra em erupção de 1939, a Segunda Guerra Mundial, incluindo as obras da comunidade vegetal “guerra e vital” para as instalações da economia alemã. Demandas estão aumentando a produção, mas mais e mais empregados são convocados para a Wehrmacht. Trabalhadores estrangeiros e forçadas da Europa ocupada usado para manter a produção -, portanto, também em Leverkusen, Dormagen, Elberfeld e Uerdingen – como em toda a indústria alemã. Eles fazem ocasionalmente até um terço da força de trabalho. Prisioneiros de campos de concentração não foram empregados nas obras do Baixo Reno.

A guerra terminou Para o Leverkusen em 14 abril de 1945, com a chegada das tropas americanas. Desde Leverkusen está localizado na zona de ocupação britânica, logo assumiu o governo militar completo controle britânico sobre o Niederrheinwerke.

1945-1951: Dissolução do IG e restabelecimento da Bayer

Em novembro de 1945, as forças aliadas confiscaram o IG e colocou todos os seus locais sob o controle de oficiais aliados. A empresa deveria ser dissolvida e seus ativos disponibilizados para reparações de guerra. No entanto, os britânicos permitido Ulrich Haberland (1900-1961) , que tinha sido responsável pelo consórcio Baixo Reno desde 1943, para permanecer em sua posição. Logo eles autorizados a retomar a produção, bem como, como produtos da indústria química foram essenciais para abastecer a população.

Nos anos que se seguiram, Haberland trabalhou para construir uma empresa nova e competitiva na tradição Bayer sucesso. Os governos militares aliadas tinha inicialmente planejado para quebrar o IG em tantas pequenas empresas quanto possível. No entanto, essas empresas dificilmente teria sido capaz de sobreviver no mercado mundial ou até mesmo na própria Alemanha. Os Aliados finalmente chegou a esta realização, bem como, e, portanto, – com base no direito dos Aliados – 12 novas empresas bem competitivos foram criados na República Federal da Alemanha.

Uma dessas empresas era Farbenfabriken Bayer AG, que foi recém-criada em 19 de dezembro de 1951. Os locais de Leverkusen, Dormagen, Elberfeld e Uerdingen foram alocados para a nova empresa, e, em 1952, a Bayer também recebeu a Agfa “joint estoque recém-criada para photofabrication “como uma subsidiária.

1951-1974: Reconstrução e o “milagre econômico”

A reconstrução da Bayer está intimamente ligado ao “milagre econômico” na República Federal. Como resultado da Segunda Guerra Mundial, a Bayer para o segundo tempo perdeu sua fortuna no exterior, incluindo a propriedade de patentes valioso. É claro que a reconstrução de negócios internacional tem uma importância vital, e assim começa tão cedo quanto 1946, ainda sob o controle dos Aliados, com a reconstrução das vendas ao exterior. A partir da década de 50 Bayer adquirir participações lá novamente. O foco deste compromisso são primeiro os EUA e América Latina.

Estabelecer o óleo Chemie GmbH

Também na Alemanha e na Europa, a empresa está expandindo suas atividades. Em 1957 Bayer junto com o óleo Deutsche BP Dormagen Chemie GmbH. A mudança para a indústria petroquímica é levada a cabo. Em 01 de julho de 1964, os dois maiores produtores da Europa Foto fechar juntos para Agfa-Gevaert AG. 1967, a planta Bayer é colocado em operação em Antuérpia.

Pesquisa e Desenvolvimento urso fruta

Base para o desenvolvimento de negócios positivo é adjacente à reconstrução da distribuição como antes do final do século 19, pesquisa e desenvolvimento. A expansão da química de poliuretano, os novos produtos de proteção de colheitas, tais como fibras de a Dralon fibras de poliacrilonitrila, o termoplástico Makrolon ™, novos corantes para fibras sintéticas e muitos outros inventos contribuir para a expansão da empresa. Novas drogas, tais como agentes cardiovasculares, preparações para controlar doenças fúngicas da pele e antibióticos de largo espectro caracterizar a investigação farmacêutica da Bayer.

Em 1961, quando a morte de Ulrich Haberland, leva Kurt Hansen como CEO. 100 anos após a sua criação, a empresa emprega no ano de 1963, mais uma vez cerca de 80.000 funcionários, e as vendas atingiram 4,7 bilhões de marcos. Quanto mais rápido crescimento faz uma reorganização do grupo desejado, que entra em vigor em 1971. A organização divisional divisional substitui início dos anos cinquenta criados organização funcional.

1974-1988: Crise de petróleo e consolidação

A primeira recessão moderada na República Federal da Alemanha ocorreu em 1966, mas foi a crise do petróleo de 1973-1974, que terminou o “milagre econômico” de uma vez por todas. No momento em que Herbert Grünewald conseguiu Kurt Hansen como Presidente do Conselho de Administração após a assembléia de 1974 Geral Ordinária, a economia mundial estava passando por uma transformação radical. Dentro de poucos meses, os preços das matérias-primas químicas à base de óleo subiu astronomicamente. Bayer também foi afetado por estes desenvolvimentos. A crise atingiu seu ápice no início de 1980 como uma severa recessão global se instalou.

Expansão dos negócios estrangeiros

Apesar do ambiente desfavorável, Bayer expandiu suas atividades internacionais, com foco na Europa Ocidental e nos Estados Unidos. Em os EUA, a empresa adquiriu Cortador Laboratories Inc. em 1974 e Miles Laboratories Inc. em 1978. Isto permitiu Bayer para ganhar uma posição importante no mercado de produtos farmacêuticos dos Estados Unidos.

Bayer também expandiu sua base de produção na Alemanha. Em 1973, a terra era quebrada para quinto site da empresa, em Brunsbüttel, que foi constantemente ampliado nos anos que se seguiram.

A proteção do ambiente na Bayer

Sensibilização do público para os problemas ambientais aumentou na década de 1970, e Bayer também intensificou seus esforços de proteção ambiental. Em 1971, a maior estação de tratamento de efluentes industriais da Europa foi trazida em operação em Dormagen pela Bayer e Erdölchemie GmbH. Em 1980 Bayer Torre Biologia foi introduzido em Leverkusen para o tratamento biológico de águas residuais. Os frutos de atividades de proteção ambiental da Bayer também se refletiram nas emissões de declínio acentuado. Entre 1977 e 1987, as quantidades de metais pesados nas águas residuais da Bayer diminuiu para cerca de 85 e 99 por cento, e as emissões de poluentes para a atmosfera em 80 por cento. Compromisso voluntário da Bayer para a proteção do ambiente também se refletiu nas suas despesas de capital. Em 1987, a administração da empresa anunciou a sua decisão de gastar aproximadamente 3 bilhões em proteção ambiental DM sobre os seguintes três a cinco anos.

Expansão de produtos farmacêuticos e proteção das culturas pesquisa

Bayer também intensificou os seus esforços de P & D, de forma constante expansão de suas atividades de pesquisa proteção farmacêutica e de culturas. Em 1979, a terra era quebrada para o Centro Agrícola em Monheim. O projeto de 800 milhões de DM foi concluída em 1988. O centro de pesquisa farmacêutica em West Haven, Connecticut, foi dedicado, no mesmo ano.

Produtos de sucesso para emergem dos laboratórios de investigação da Bayer neste período incluíram a droga cardiovascular Adalat® (1975), primeiro antibiótico de largo espectro da Bayer da classe das quinolonas Ciprobay® (1986) e o antifúngico de defensivos agrícolas Bayleton® (1976).
Uma importante mudança estrutural nas vendas também tiveram lugar durante este período. Produtos farmacêuticos da Bayer, de proteção das culturas, plásticos e revestimento de matérias-primas de vendas expandiu-se consideravelmente na década de 1970. Em termos regionais, as vendas na América do Norte e Ásia / Pacífico cresceu mais rápido do que a média nesta década. Em 1987, 78 por cento das vendas do Grupo Bayer foram feitas fora da Alemanha, e 45 por cento de seus empregados trabalhavam para subsidiárias no exterior.

Sob a liderança de Hermann Josef Strenger , que assumiu o cargo de Presidente do Conselho de Administração em 1984, a Bayer adquiriu Hermann C. Starck GmbH, um dos principais fornecedores de metais especiais e cerâmicas de alto desempenho, em 1986.

Em 1988 a Bayer comemorou o 125º aniversário da sua fundação. As vendas nesse ano ascendeu a cerca de 40 mil milhões de marcos, enquanto a empresa empregava mais de 165 mil pessoas no mundo. Além disso, a Bayer AG tornou-se a primeira empresa alemã a listar suas ações na Bolsa de Tóquio.

1988-2001: Transformação e da globalização

A década de 90 viu outra mudança estrutural profunda. A globalização da economia é um desafio para a Bayer.

Na esteira das convulsões políticas na Alemanha e na Europa do Leste depois de 1989, a empresa aumentou seu foco sobre esses mercados promissores. Assim, a pedra fundamental para a nova fábrica Bayer é colocado em 1992, em Bitterfeld, o que pode em 1994 para iniciar a produção de aspirina.

A importância da América do Norte para o Grupo continua a crescer. No Canadá, a Bayer considera 1990 Polysar Rubber Corporation, com sede em Toronto.

A aquisição até agora mais importante da história da empresa Bayer faz na indústria da borracha em todo o mundo o maior fornecedor de matérias-primas. Com mais uma indicação (thromboprophylaxis) da Organização Mundial de Saúde, o ácido acetilsalicílico Aspirina ™ -Wirkstoff aumenta novamente na “Lista de medicamentos essenciais”. Já em 1977 foi a Aspirina ™ -Wirkstoff como “medicamentos essenciais” listados lá.

Recompra do nome da empresa nos Estados Unidos

Presidido por Manfred Schneider tem lugar em aquisição do negócio de auto-medicação norte-americana de Sterling Winthrop Empresa de 1994. Este é um marco na história da empresa, porque esta aquisição vai ao mesmo tempo os direitos sobre o nome da empresa “Bayer” em os EUA de volta na posse da Bayer AG. Aos 75 anos, a empresa pode voltar sob seu nome da empresa e da Cruz Bayer nos Estados Unidos. Em 1995, o Miles Inc. com sede nos EUA é renomeado Bayer Corporation.

A fim de estar melhor preparados para os desafios do futuro, a Bayer criou um terceiro pilar ao lado dos centros de pesquisas farmacêuticas na Europa (Wuppertal) e América do Norte (West Haven / EUA) no Japão: A Pesquisa da Bayer Yakuhin Ltd., a farmacêutica japonesa subsidiária do Grupo, é inaugurada em 1995, em Kansai Science City perto de Kyoto. A “investigação farmacêutica tríade” Europa-América do Norte e Japão agora está completa em suas características básicas. É complementada nos anos seguintes por inúmeras parcerias com empresas inovadoras no campo da biotecnologia.

Em 3 de junho de 1996, a Bayer em torno do valor nominal da sua quota dos atuais 50 DM para 5 DM. Dois anos depois, em 1 de Julho, estoque Bayer será convertido para o compartilhamento de valor nominal.

Por ocasião do 100º aniversário da Aspirina ™ em 6 de março de 1999, o prédio da administração Bayer em Leverkusen ™ -Schachtel o mundo no maior aspirina – um feito que três entradas no Guinness Book of Records.

Em 2000, a Bayer adquire negócios de polióis da norte-americana Lyondell Chemical Company e avançando para se tornar a maior fabricante mundial de matérias-primas de poliuretano. 2001, a Bayer CropScience adquire Aventis para € 7250000000, tornando-se líder mundial em proteção de cultivos. Em 6 de dezembro, a administração da empresa anuncia planos para estabelecer unidades operacionais independentes que permanecem conectados sob a égide de uma participação estratégica.

Fonte: www.bayer.de

História da Bayer

“Se é Bayer…”

“Dor de cabeça? Tome ácido acetil salicílico!”

O que mais parece uma ameaça de morte reflete uma ação corriqueira para grande parte da população mundial. Pois esta substância de nome ameaçador é o componente principal da aspirina. Há milhares de anos, chineses, egípcios, gregos e romanos descobriram as propriedades medicinais do salgueiro.

Já no século 4 a.C., Hipócrates, o pai da medicina ocidental, tratava dores com uma infusão desta planta.

Apenas três anos após a sintetização do ácido acetil salicílico a partir da salicilina, a empresa química alemã Bayer lançava em 1900 a Aspirina. De início a droga foi vendida em pó, mas logo tornou-se o primeiro medicamento produzido em comprimidos.

Iniciou-se uma história de sucesso sem precedentes: em 1952, o Livro Guinness dos Recordes apontava-a como o analgésico mais consumido do mundo.

Na década de 60, esse monopólio foi ameaçado pelos medicamentos à base de acetaminofeno e suas vendas caíram seriamente. Mesmo assim, em 1969 as pílulas brancas chegavam à Lua, a bordo da nave Apollo 11, prontas para livrar os astronautas norte-americanos de eventuais dores de cabeça.

Contudo a aspirina provou ser mais versátil do que se imaginava: em 1985, constatou-se que um comprimido por dia diminuía em 20% a probabilidade de um segundo ataque cardíaco. Estudos mais recentes sugerem sua eficácia na prevenção de várias formas de câncer.

Calcula-se que o mundo consome atualmente 12 bilhões de comprimidos de aspirina por ano, o que representa para a Bayer um faturamento de 600 milhões de euros.

Mais uma prova da popularidade do analgésico, antipirético e anti-inflamatório: o poema que o escritor João Cabral de Melo Neto lhe dedicou, Num monumento à aspirina.

Do Wupper para o mundo

A história de sucesso mundial da Bayer começou em 1863, numa casa no vale do Rio Wupper. Lá o comerciante de corantes Friedrich Bayer e o tintureiro Johann Weskott abriram uma pequena fábrica de corantes artificiais.

O crescimento da firma foi rápido: quatro anos mais tarde, ela já possuía três escritórios de vendas na Alemanha e um na Suíça.

Sua primeira firma de representação comercial própria no Brasil foi fundada no Rio de Janeiro, em 1911. Atualmente seu conjunto industrial em Belford Roxo ocupa quase dois milhões de metros quadrados. Em 1973, a sede administrativa foi transferida para o Bairro do Socorro, em São Paulo. Depois da aspirina, o inseticida Baygon é talvez seu produto mais conhecido.

Seu criativo slogan para o Brasil, criado em 1922 por um brasileiro, foi até mesmo adotado nos países de língua espanhola: “Si es Bayer, es bueno”.

Lipobay e muita aspirina

Em 2001, a Bayer teve fortes motivos para dores de cabeça, com o escândalo do Lipobay. Também conhecido como Baycol, o medicamento para redução do colesterol teve que ser retirado do mercado, sob a suspeita de haver causado 100 mortes em todo o mundo. Após admitir que o remédio pode ter efeitos colaterais fatais, a Bayer responde a mais de dez mil pedidos de indenização, e apenas pouco a pouco seu faturamento vai se recuperando do sério baque.

Hoje a multinacional mantém sede em Leverkusen, na Renânia do Norte-Vestfália, porém engloba mais de 350 empresas nos cinco continentes, com 127.800 funcionários. Sua produção abrange os setores de saúde humana e animal, alimentação, plásticos e proteção de plantas, além de especialidades químicas e produtos de consumo.

Fonte: www.dw.de

História da Bayer

História no Mundo

A Bayer iniciou suas atividades no dia 7 de agosto de 1863 em uma modesta casa no vale do rio Wupper, onde o comerciante de corantes Friedrich Bayer e o mestre tintureiro Johann Weskott instalaram uma pequena fábrica para produzir corantes artificiais para tingimento de tecidos.

O crescimento da Empresa se deu rapidamente. Em 1867, além da fábrica, a Empresa já tinha três escritórios de vendas na Alemanha e um na Suíça. Nove anos depois iniciou sua primeira produção fora da Alemanha, em Moscou.

Após o falecimento dos seus fundadores, os dirigentes da companhia decidiram abrir seu capital social. Assim, em 1881 foi constituída a Friedr. Bayer & Co., uma empresa em franca expansão, com várias fábricas e 384 colaboradores.

Hoje o Grupo Bayer é uma das mais importantes e respeitadas indústrias internacionais, oferecendo ao mercado uma ampla gama de produtos e serviços, que abrange os campos da saúde, agricultura e materiais inovadores.

Cronologia

1863 – Em 1º de agosto, o comerciante Friedrich Bayer e o mestre tintureiro Johann Friedrich Weskott fundam em Barmen (atualmente um bairro de Wuppertal), na Alemanha, uma empresa de corantes.
1865
– Os fundadores da empresa participam de uma fábrica de corantes de alcatrão nos EUA e fornecem produtos intermediários para outros países.
1876
– Inauguração de uma unidade de produção em Moscou.
1881
– No dia 1º de julho, os sucessores de Bayer e de Weskott fundam a sociedade anônima Farbenfabriken vorm. Friedr. Bayer & Co.
1884
– O químico Carl Duisberg ingressa na Bayer. Sob a sua direção, os químicos da Bayer fazem descobertas revolucionárias.
1888
– Começa a criação de um departamento farmacêutico.
1891
– Aquisição do terreno da fábrica de Leverkusen.
1897
– O Dr. Felix Hoffmann, pesquisador da Bayer, consegue sintetizar o princípio ativo da Aspirina®, o ácido acetilsalicílico, na sua forma pura e estável.
1899
– Aspirina® é registrada como marca e conquista o mundo como analgésico.
1912
– A sede da empresa é transferida para Leverkusen.
1925
– As Farbenfabriken vorm. Friedr. Bayer & Co. são integradas na I. G. Farbenindustrie AG. Leverkusen torna-se a fábrica principal da I. G. Baixo Reno. Como empresa química mais importante da Alemanha, a I. G. Farben esteve envolvida na ascensão do Terceiro Reich. Após a Segunda Guerra Mundial, a I. G. Farben é confiscada por decisão dos Aliados e, mais tarde, desmantelada. 
1939
– Gerhar Domagk, pesquisador da Bayer, recebe o Prêmio Nobel de Medicina pela descoberta do efeito antibacteriano das sulfanamidas (Prontosil).
1951
– As Farbenfabriken Bayer AG são reorganizadas e, a partir de 1972, passam a ter o nome de Bayer AG. Acelera-se a sua evolução para um grupo químico-farmacêutico internacional.
1973
– Lançamento da pedra fundamental da fábrica de Brunsbüttel e, seis anos mais tarde, em 1979, lançamento da pedra fundamental do Centro de Pesquisa Agropecuária (atualmente sede da Bayer CropScience) em Monheim.
1986
– Em Pittsburgh é fundada a Bayer USA Inc., uma sociedade holding e de gestão das empresas da Bayer nos EUA.
1991
– Inauguração do BayKomm (Centro de Comunicações) em Leverkusen.
1994
– Entra em funcionamento a primeira unidade de produção da Bayer Bitterfeld GmbH. No mesmo ano, a Bayer adquire as atividades norte-americanas de automedicação da Sterling Winthrop, readquirindo com isso os plenos direitos de uso do seu nome para todos os produtos e o logotipo nos EUA e no Canadá.
1999
– Em 6 de março, para comemorar os cem anos da Aspirina®, o edifício administrativo da Bayer em Leverkusen é transformado na maior caixa do mundo de Aspirina®, uma performance distinguida com três registros no Livro Guinness dos Recordes.
2000
– Através da aquisição dos negócios de polióis da empresa americana Lyondel Chemical Company, a Bayer torna-se a maior produtora mundial de matérias-primas para poliuretanos.
2001
– A Bayer adquire a Aventis CropScience por 7,25 bilhões de euros, tornando-se em todo o mundo uma das maiores empresas no setor de produtos para a proteção das plantas. Em 6 de dezembro, a Diretoria da Bayer cria empresas independentes que permanecem ligadas estruturalmente sob o teto de uma holding estratégica.
2002
– Desde 24 de janeiro, a ação da Bayer é listada na New York Stock Exchange, a maior e mais importante bolsa de títulos e valores do mundo.
2002
– Em outubro, a Bayer CropScience AG é a primeira divisão que começa a operar como empresa juridicamente independente.2003 – Em fevereiro, a Organização Mundial da Saúde (OMS) inclui o ácido acetilsalicílico, o princípio ativo da Aspirina®, na “Lista dos medicamentos imprescindíveis”.
2003
– Em outubro, no âmbito da reestruturação, os subgrupos Bayer Chemicals AG e Bayer HealthCare AG, assim como a empresa de serviços Bayer Technology Services GmbH, tornam-se sociedades juridicamente independentes. A divisão Bayer MaterialScience e as empresas de serviços Bayer Business Services GmbH e Bayer Industry Services GmbH & Co. OHG adquirem independência jurídica em dezembro.
2004
– Em janeiro, a Cruz Bayer, o símbolo mundialmente conhecido do Grupo Bayer, comemora 100 anos.
2004
– Em junho, a Bayer é a primeira empresa do setor privado a fazer uma parceria global com o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma) em projetos ambientais para jovens. Segundo o acordo, a Bayer colocará à disposição do Pnuma, primeiramente por um período de três anos, a quantia de um milhão de euros por ano e um apoio não financeiro para a promoção de diversos projetos.
2005
– Em janeiro, é concluída a aquisição dos negócios de medicamentos isentos de prescrição da Roche. A Bayer é agora uma das três maiores fornecedoras mundiais de medicamentos isentos de prescrição.
2005
– Em 28 de janeiro acontece separação da Lanxess AG do Grupo Bayer. Nesta empresa estão reunidas as atividades químicas e uma parte dos negócios de polímeros da Bayer.
2005
– Em dezembro, aprovação do princípio ativo sorafenib (nome comercial Nexavar®), desenvolvido juntamente pela Bayer HealthCare e pela Onyx Pharmaceuticals Inc. para o tratamento do câncer renal em estágio avançado.
2006
– Em janeiro, a Bayer Innovation GmbH, uma filial da Bayer para o desenvolvimento de novos campos de atividade, adquire a empresa de biotecnologia Icon Genetics AG, que pesquisa métodos inovadores para a produção e aproveitamento de plantas geneticamente modificadas.
2006
– Em março, a Bayer anuncia uma oferta pública de aquisição da Schering AG. Em julho, o Grupo obtém o controle de mais de 92,4% dos aproximadamente 191 milhões de ações emitidas e em circulação da Schering. Em dezembro, a Schering passa a ter o nome de Bayer Schering Pharma AG.
2006
– A Dow Chemical Company quer adquirir a Wolff Walsrode AG, uma filial da Bayer.
2007
– Em uma Assembléia Geral Extraordinária da Bayer Schering Pharma AG, realizada em janeiro, é deliberado o chamado “squeeze-out” dos acionistas minoritários restantes. Juntamente com a atual área farmacêutica, a Bayer Schering Pharma AG, com sede em Berlim, passa a formar uma área da divisão Bayer HealthCare AG.
2007
– Em janeiro, o Grupo Bayer vende à Siemens AG, de Munique, a sua área Produtos Diagnósticos, pelo valor de 4,2 bilhões de euros.
2007
– Em fevereiro, a Bayer conclui a venda da sua filial H.C. Starck à Advent e Carlyle.
2007
– Em março, o Grupo Bayer informa que o BayArena, o estádio de futebol do Bayer 04 Leverkusen, será modernizado e ampliado para uma capacidade de mais de 30 mil espectadores.
2007
– Em agosto, a Bayer sediou a Conferência Internacional de Jovens do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente da TUNZA em Leverkusen, Alemanha. Esta foi a primeira vez que o encontro foi realizado na europa central. 180 jovens de 85 países debateram questões globais sobre o meio ambiente.
2007
Comemoração do centenário: departamento Bayer Cultural Affairs chega na sua centésima temporada de existência.
2007
– Lançamento integrado do Programa Bayer de Clima em novembro. O programa inclui no seu objetivo uma maior redução de emissão de CO2 nas unidades fabris.
2008
– Em Junho a bayer foi premiada com o 2008 Environmental Award na categoria “Tecnologias amigáveis ao meio ambiente” pela federação das Industrias Alemãs (Federation of German Industries).
2008
– A saída dos acionistas minoritários da Bayer Schring Pharma foi efetivada em setembro. Na virada de 2008/2009 os negócios da Bayer e bayer Schering Pharma são combinados em uma única entidade legal.
2008
– Em outubro a maior produção de MDI do mundo entra em operação em Shangai, China.
2008
– Em novembro, a Bayer e o German Cancer Research Center (Centro Alemão de Pesquisa de Câncer) formaram uma aliança estratégica por período inicial de dois anos.
2009
-Em novembro a Bayer implementou pela primeira vez o conceito de construção com emissão zero com a inauguração de uma creche em Monheim, Alemanha.
2009
– Em novembro, a Bayer CropScience anunciou a finalização da compra da Athenix Corp., uma empresa privada de biotecnologia, com sede no centro empresarial Research Triangle Park, na Carolina do Norte, Estados Unidos da América.
2009
– Em dezembro, o Grupo Bayer ganha o German Future Prize pelo desenvolvimento do novo anticoagulante rivaroxabana (Xarelto®).
2010
– Em Junho o “Aspirin Social Award” é apresentado pela primeira vez. A iniciativa premia projetos sociais exemplares na área de saúde.
2010
50 anos de sucesso do planejamento familiar com a invenção da pípula: o contraceptivo inovador teve sua primeira aprovação regulatória em 1960.
Desde então a Bayer é líder mundial de mercado no segmento de hormônios femininos.

Histórico no Brasil

Fundado em 1863 na Alemanha, o Grupo Bayer consolidou-se como uma das mais importantes e respeitadas indústrias internacionais, oferecendo ao mercado uma ampla gama de produtos e serviços, que abrange os campos da saúde, agricultura e materiais inovadores.

No Brasil, sua história é conhecida por mais de 114 anos de tradição. Tudo começou em 1896, quando dois consultores técnicos da Bayer desembarcaram no Rio de Janeiro com a missão de levantar as possibilidades comerciais da jovem República. Nesse mesmo ano foi fundada a primeira representante dos produtos Bayer no Brasil, a Walty Lindt & Cia.

A primeira firma de representação comercial própria da Bayer foi fundada em fevereiro de 1911. A Frederico Bayer & Cia., com sede no Rio de Janeiro, passou a responder por toda a distribuição dos produtos no país.

Devido ao grande sucesso dos produtos, em 1921 foi fundada a Chimica Industrial Bayer Weskott & Cia, que, além de importar e comercializar os produtos da Bayer alemã, iniciou a produção local de medicamentos, alavancada por Aspirina® e CafiAspirina®.

O crescimento da Empresa sempre foi constante, tornando-se uma das mais expressivas indústrias alemãs no Brasil.

Desde a década de 30, as campanhas publicitárias da Bayer tornaram-se peças fundamentais e arrojadas, contribuindo de forma decisiva para o sucesso no mercado brasileiro.

Notável publicitário e poeta, Bastos Tigre criou em 1922 um dos slogans mais conhecidos da propaganda brasileira: “Se é Bayer, é bom”, mensagem que atravessou gerações de brasileiros e é usada até os dias de hoje no Brasil e em países de língua espanhol: “Si es Bayer, es bueno“.

Somente após a 2ª Guerra, a Bayer voltou a investir no Brasil. Assim, em 1956, adquiriu uma antiga fábrica de ácidos, instalada em um terreno no distrito de Belford Roxo – Baixada Fluminense (RJ). A unidade foi inaugurada em junho de 1958, dando origem ao moderno Parque Industrial da Bayer de hoje, ocupando 1,9 milhão de m2. Nesse mesmo ano, a Bayer chegou ao bairro do Socorro, na cidade de São Paulo, para onde transferiu sua sede administrativa em 1973.

Em 1992, depois de várias mudanças, o nome da Empresa passou para Bayer S.A.

Na cidade de São Paulo, em 1999, foi inaugurada uma nova fábrica de produtos farmacêuticos, com investimentos na ordem de US$ 25 milhões, que trouxeram para o Brasil modernas tecnologias e equipamentos, atendendo exigências internacionais de “Boas Práticas de Produção” (GMP) e com capacidade para abastecer todo o Mercosul.

Em 2002, o Grupo Bayer deu início à maior reestruturação mundial de sua história.

Foi criada uma holding estratégica que controlava quatro empresas comerciais: Bayer HealthCare, Bayer CropScience, Bayer Chemicals e Bayer Polymers.

No Brasil, a Companhia passou a ser formada por apenas três empresas comerciais: Bayer S.A., Bayer CropScience Ltda e Bayer Seeds Ltda.

No mesmo ano, os negócios de inseticidas domésticos (p.ex. Baygon), repelentes (p.ex. Autan), produtos de limpeza e purificadores de ar foram vendidos à SC Johnson e a subsidiária Haarmann & Reimer passou para o controle do grupo sueco EQT Northern Europe Private Equity Funds.

A Bayer AG definiu, em 2003, a criação de uma nova empresa química, a Lanxess, resultado da junção entre os negócios da Bayer Chemicals com cerca de um terço da Bayer Polymers. Com essa mudança, a Bayer Polymers passou a ser conhecida no ano seguinte como Bayer MaterialScience.

Em meados de 2004, a Lanxess começou a funcionar mundialmente como uma companhia independente pertencente ao Grupo Bayer. A Bayer, a BASF e a Hoechst assinaram no mesmo período um acordo de venda da DyStar com a Platinum Equity.

Ainda como parte da estratégia de reestruturação, o Grupo Bayer comprou a área de Consumer Health da Roche em janeiro de 2005, quando também ocorreu o spin-off da Lanxess Ltda.

O ano de 2006 também foi marcado pelo gerenciamento estratégico do portfólio do Grupo. A compra da Schering, por 17 bilhões de euros, foi a maior aquisição da história do Grupo Bayer. Outra mudança importante no segmento de saúde foi a venda da área de Produtos Diagnósticos para a Siemens.

A Bayer MaterialScience também passou por importantes mudanças em 2006. A subsidiária H.C Starck, que produz pós-metálicos e cerâmicos, produtos químicos especiais, componentes cerâmicos para engenharia e metais refratários, foi adquirida pela Advent International e o Carlyle Group. A Wolff Walsrode, que atua no segmento de produtos de celulose, foi vendida para a Dow Química.

Com o objetivo de fortalecer ainda mais sua imagem e presença no Brasil, no início de 2007, o Grupo Bayer concluiu a incorporação da Bayer S.A. pela Bayer CropScience e hoje atua apenas com uma única empresa legal no País: a Bayer S.A..

Cronologia

1896 Fundada a Walty Lindt & Cia., principal representante dos produtos Bayer no Brasil, posteriormente chamada de Blum & Cia.
1911 Rio de Janeiro, primeiro escritório próprio de representação, Frederico Bayer & Cia.
1921 Devido ao grande sucesso dos produtos, em 1921 foi fundada a Chimica Industrial Bayer Weskott & Cia, que, além de importar e comercializar os produtos da Bayer alemã, iniciou a produção local de medicamentos, alavancada por Aspirina® e CafiAspirina®.
1922
– Criação do slogan “Se é Bayer, é bom” por Bastos Tigre, durante a Semana de Arte Moderna. A mensagem que atravessou gerações de brasileiros e é usada até os dias de hoje no Brasil e em países de língua espanhol:Si es Bayer, es bueno“.
1937 Chimica Bayer Ltda é a razão social utilizada até o início da Segunda Guerra Mundial, quando foi “nacionalizada” e passou a ser operada por interventores militares.
1956 Aquisição de uma antiga fábrica de ácidos, instalada em um terreno no distrito de Belford Roxo – Baixada Fluminense (RJ).
1958
Início de operação da unidade de Belford Roxo.
1959 Na unidade do bairro do Socorro em São Paulo começa a formulação de defensivos agrícolas.
1968 Aquisição de 74.000 m2 de terreno, localizado no bairro do Socorro, em São Paulo, para a construção da nova sede administrativa.
1973 Transferência da sede da Bayer para São Paulo.
1975
– Com o nome de Bayer do Brasil S.A., a Empresa inicia um amplo período de expansão, seguida de reorganização. Recebe da Revista Exame o título de “Melhor Empresa Química de 1975”.
1982 Criação da Previbayer. A Bayer foi a quinta empresa privada do Brasil a criar um Fundo de Previdência para seus colaboradores.
1992
Sob nova razão social, Bayer S.A., a Empresa prossegue seu processo de reorganização e ampliação, tornando-se uma empresa cada vez mais consagrada em sua excelência.
1996 Aniversário de 100 anos no Brasil.
1997 Inauguração do Parque Industrial Bayer de Belford Roxo (RJ).
1999
– Inaugurada nova fábrica de produtos farmacêuticos, em São Paulo, seguindo os padrões internacionais de produção (GMP).
2002
Grupo passa pela maior reestruturação mundial de sua história. É criada uma holding estratégica que controla quatro empresas comerciais: Bayer HealthCare, Bayer CropScience, Bayer Chemicals e Bayer Polymers. No Brasil, a Companhia passou a ser formada por apenas três empresas comerciais: Bayer S.A., Bayer CropScience Ltda e Bayer Seeds Ltda.
Negócios de inseticidas domésticos (Baygon), repelentes (Autan), produtos de limpeza e purificadores de ar são vendidos à SC Johnson.
2003
Bayer AG define a criação de uma nova empresa química, a Lanxess, resultado da junção entre os negócios da Bayer Chemicals com cerca de um terço da Bayer Polymers.
O programa “Bayer vai à Comunidade” do Grupo Bayer participa do Programa do Governo Federal Fome Zero, doando 100 mil reais em Aspirina® e Aquatabs, produto purificador de água. Esses produtos foram doados para 50 municípios no Vale do Jequitinhonha.
2004
No dia 18 de abril, o novo projeto da Bayer no “Fome Zero” foi iniciado: o funcionamento de mandalas, canteiros com vários círculos de tubos de plástico, por onde ocorre a irrigação, proporciona o cultivo de hortaliças, legumes e frutas. A localização deste trabalho é nos assentamentos Acauã e Santa Helena, próximos às cidades de Aparecida e Cruz do Espírito Santo, na Paraíba.
A Bayer Polymers passa a ser conhecida como Bayer MaterialScience.
Em 1º de julho é criada, no Brasil e no mundo, a Lanxess, uma nova empresa química, independente e pertencente ao Grupo Bayer.
2005
Aquisição e integração da Consumer Health da Roche no início de janeiro.
Spin-off
da Lanxess Ltda é completado no dia 28 de janeiro.
2006
Compra da Schering por 17 bilhões de euros foi a maior aquisição da história do Grupo Bayer.
Venda da área de Produtos Diagnósticos para a Siemens.
A subsidiária H.C Starck, que produz pós-metálicos e cerâmicos, produtos químicos especiais, componentes cerâmicos para engenharia e metais refratários, foi adquirida pela Advent International e o Carlyle Group.
A Wolff Walsrode, que atua no segmento de produtos de celulose, foi vendida para a Dow Química.
2007
– Conclusão da incorporação da Bayer S.A. pela Bayer CropScience. A empresa hoje atua com apenas uma única empresa legal no País: a Bayer S.A., reunindo as atividades da Bayer HealthCare, Bayer CropScience e Bayer MaterialScience.
2008
– Comemorações de 50 anos do Parque Industrial de Belford Roxo (RJ).

Fonte: www.bayer.com.br

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Fórceps

PUBLICIDADE Fórceps é um instrumento de metal com duas alças usadas especialmente em operações médicas …

Fake News

Fake News

PUBLICIDADE O que é fake news? A fake news (ou notícia falsa) é uma notícia que …

Grampo Cirúrgico

Grampo Cirúrgico

PUBLICIDADE Grampo Cirúrgico é um dos vários dispositivo cirúrgico usados para unir, prender, suportar ou …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

300-209 exam 70-461 exam hp0-s41 dumps 640-916 exam 200-125 dumps 200-105 dumps 100-105 dumps 210-260 dumps 300-101 dumps 300-206 dumps 400-201 dumps Professor Messer's CompTIA N10-006 exam Network+