Breaking News
Home / Curiosidades / História da HP

História da HP

PUBLICIDADE

A HP foi fundada por Bill Hewlett e Dave Packard, em 1939.

Seu primeiro produto foi um oscilador de áudio e um de seus primeiros clientes Walt Disney.

A Disney usou o oscilador para testar equipamentos de áudio nos 12 teatros especialmente equipados mostrando Fantasia em 1940.

HP entrou no mercado de computadores com a HP 2116A, em 1966. Ele foi projetado para controlar a grande linha de produtos HP de teste e medição. Em 1969, a HP foi a comercialização de um sistema de computador timesharing e continuou a emitir novos produtos, incluindo a sua HP-35 calculadora de mão e vários computadores na década de 1970.

Até o final da década de 1980 eles tiveram uma gama completa de computação equipamento de grandes máquinas científicas para computadores pessoais e periféricos. Em 2002, a HP adquiriu a Compaq (e, portanto, os restos mescladas de dezembro, em tandem, e algumas outras empresas).

História da HP
Logo da HP

Fundação e crescimento inicial

A empresa foi fundada em 1 de Janeiro de 1939, por William R. Hewlett e David Packard , dois recém-formados de engenharia elétrica da Universidade de Stanford.

Foi a primeira de muitas empresas de tecnologia para beneficiar as idéias e apoio do professor de engenharia Frederick Terman , que foi o pioneiro a forte relação entre Stanford e que finalmente emergiu como o Vale do Silício.

A empresa estabeleceu sua reputação como fabricante de sofisticada instrumentação. Seu primeiro cliente foi Walt Disney Productions, que comprou oito osciladores de áudio para usar na confecção de seu longa-metragem de animação Fantasia (1940).

Durante a Segunda Guerra Mundial, a empresa desenvolveu produtos para aplicações militares que foram importantes o suficiente para merecer Packard um projecto de isenção, enquanto Hewlett servido no Signal Corps do Exército. Durante toda a guerra a empresa trabalhou com o Laboratório de Pesquisa Naval para construir a tecnologia anti-radar e avançados artilharia shell fusíveis.

Linha do tempo

1967:

Na década de 1960, a HP Company inicia sua atuação no mercado brasileiro com a comercialização de produtos de instrumentação analítica, médica e eletrônica (aparelhos de medição e controle) por meio da representante Ciental, em São Paulo e da Formed, no Rio de Janeiro.

Face ao grande êxito das operações, em 1967 é constituída a Hewlett-Packard do Brasil Indústria e Comércio Ltda., com matriz na Rua Coronel Oscar Porto, nº 691, em São Paulo, e filial no Rio de Janeiro.

Funcionários da HP Brasil participam do primeiro treinamento da área comercial – Instrumentation School -HP Intercon Electronics Senior Sales Seminar, em Palo Alto, Califórnia.

1968:

Campanha mundial de promoção e divulgação: avião especialmente equipado com produtos HP passa pelos principais aeroportos do Brasil.

Bill Hewlett vem ao Brasil e visita o escritório de São Paulo.

HP Brasil revoluciona o processo de monitoramento em hospitais importantes do País, com a introdução no mercado brasileiro de produtos de instrumentação médica (aparelhos de medição e controle de pacientes).

1969:

A Promon inicia seu processo de informatização desenvolvendo sistema de informações técnicas e gerenciais.

O minicomputador HP-3000 foi especificado para atuar em time sharing, o que na época era praticamente desconhecido.

1971: Abertura da filial da HP Brasil em Porto Alegre – RS.

1975: Criada a primeira unidade produtiva da HP Brasil, em Campinas – SP, para a produção da linha de instrumentação eletrônica e de calculadoras voltadas à área de computação, como a HP-35 e a HP-45.

1977:

Equipe da HP Brasil transfere-se para Alphaville, inaugurando o primeiro edifício do centro comercial da região.

Estabelecimento da reserva de mercado brasileiro na área de informática, restringindo a atuação de indústrias internacionais na produção de manufaturados para o setor no país.

Criação da Edisa Eletrônica Digital S/A com a participação de 16 empresas nacionais, com apoio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico Social – BNDES.

1978: Implantação dos sistemas de processamento, possibilitando a centralização das atividades administrativas da HP Brasil em Alphaville – SP.

1979:

Brazilian Big Deal – pedido recorde à HP-Brasil de instrumentos médicos, solicitado pelo Instituto do Coração, da Universidade de São Paulo.

A empresa Irmãos Iochpe S/A assume 10% de participação acionária da Edisa Eletrônica Digital S/A.

1984: HP Brasil conquista os consumidores brasileiros com o lançamento da impressora HP-LaserJet, com tecnologia térmica de impressão, importada pela HPCompany.

1978: Implantação dos sistemas de processamento, possibilitando a centralização das atividades administrativas da HP Brasil em Alphaville – SP.

1979:

Brazilian Big Deal – pedido recorde à HP-Brasil de instrumentos médicos, solicitado pelo Instituto do Coração, da Universidade de São Paulo.

A empresa Irmãos Iochpe S/A assume 10% de participação acionária da Edisa Eletrônica Digital S/A.

1984: HP Brasil conquista os consumidores brasileiros com o lançamento da impressora HP-LaserJet, com tecnologia térmica de impressão, importada pela HPCompany.

1999:

HP Brasil S/A figura, pelo terceiro ano consecutivo na lista “As melhores empresas para se trabalhar” do Guia Exame, sendo considerada a empresa que emprega as melhores práticas e políticas de recursos humanos.

HP Brasil centraliza suas atividades no setor de informática. As áreas de instrumentação analítica, eletrônica e de componentes eletrônicos passam a fazer parte da Agilent Technologies, empresa criada pela HP Brasil e, posteriormente, vendida.

A área de instrumentação médica, por sua vez, é vendida para a Phillips.

HP Brasil desenvolve infra-estrutura da empresa Novartis, por meio do SAP/R3 e do SAP BW.

Os serviços são incorporados pela Novartis Pharma e pela Novartis Consumer Health, atendendo 14 países da América Latina.

2001: Criação do Garagem Digital, programa que visa a inclusão digital, a democratização do acesso e o uso otimizado das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) no processo educacional dos jovens.

2002: HP Brasil, representada pela HP Critical Support, é escolhida para realizar a incorporação do Sistema de Pagamento Brasileiro (SPB) do Banco Banespa-Santander.

2003:

Inauguração do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento da Hewlett – Packard, da Pontifícia Universidade Católica de Porto Alegre.

HP Company funde-se à Compaq Computer, a maior união da história daTecnologia de Informação – TI , que já no primeiro ano reduz custos de US$ 3,5 bilhões.

O sucesso mundial também se reflete no Brasil, incluindo a liderança em diversos segmentos nos quais a empresa atua.

HP Brasil inicia processo de implantação da HP Print Services na empresa 3M, proporcionando ampla modernização dos equipamentos.

Parceria HP Brasil – Amyr Klink garante planejamento, segurança, armazenamento de imagens e mobilidade do navegador na expedição “Circunavegação Antártica”.

2004:

HP Brasil realiza parceria pioneira com McDonald’s, Banco Itaú e o provedor AOL, equipando as lanchonetes da rede de fast-food com seus computadores.

O programa, conhecido como McInternet, além de agregar valor aos negócios do McDonald’s, contribui para o processo de inclusão digital no país.

HP Brasil lança projeto piloto para transformar o país em base remota de prestação de serviços de TI, que inclui terceirização, desenvolvimento, suporte e atualização de software, além de gerenciamento de aplicações.

2005:

Criada, em Campos do Jordão – SP, a Vila Digital HP-Intel, evento de entretenimento digital no qual 30 mil pessoas podem desfrutar de informação e lazer.

Mark Hurd assume a presidência da HP Company e realiza mudanças que refletem na organização da HP Brasil, unificando a operacionalidade de suas três unidades de negócios: sistemas pessoais; imagens e impressão; e grupo de soluções tecnológicas.

HP Brasil faz parceria com a Sadia e realiza um upgrade na infra-estrutura de sua linha de distribuição, que atende 300 mil estabelecimentos no Brasil e 92 países diferentes.

Em um mundo no qual as pessoas parecem ter cada vez menos tempo, a tecnologia HP permite que a empresa de alimentos distribua seus produtos de maneira rápida e saudável.

HP Brasil lança nova série de computadores com preços reduzidos, beneficiados pela Medida Provisória nº 252, conhecida como “MP do Bem”, e passa a fazer parte dos ambientes domésticos do consumidor brasileiro.

2007: HP completa 40 anos de presença no Brasil.

Fonte: www.computerhistory.org/www.hp.com

História da HP

Desde as suas origens em uma garagem de Palo Alto para a sua posição atual como uma das empresas de tecnologia mais importantes do mundo, a HP cresceu e evoluiu significativamente desde a sua fundação em 1939.

A HP foi fundada em 1939.

Matriz da empresa é em Palo Alto, Califórnia, EUA.

Léo Apotheker é o CEO e Presidente.

A HP é a maior empresa de tecnologias de informação do mundo com uma receita total de 126 mil milhões de dólares no ano fiscal de 2010.

Classificação da HP na Fortune 500 de 2010: N.º 10.

A história

Tudo começou em 1938 quando os jovens engenheiros eletrônicos, Bill Hewlett e Dave Packard, dois estudantes da tradicional universidade de Stanford, que se tornaram amigos em um acampamento de duas semanas no estado do Colorado em 1934, investiram exatos US$ 538 para montar em uma garagem, localizada em um tranqüilo bairro residencial da cidade de Palo Alto, estado da Califórnia, seu primeiro produto: um oscilador de áudio de baixa freqüência, batizado de HP 200A, instrumento auditivo muito usado por engenheiros de som para testar equipamentos sonoros.

Esse produto representou uma ruptura da tecnologia em tamanho, preço e desempenho.

Um de seus primeiros clientes foi o Walt Disney Studios que adquiriu nove destes osciladores para desenvolver e testar o som para o filme de animação “Fantasia”.

Como resultado deste primeiro pedido, ambos resolveram, no dia 1 de janeiro de 1939, fundar a HEWLETT-PACKARD COMPANY.

O nome da nova empresa foi decidido na moeda, com o sobrenome de Hewlett vindo na frente.

O novo oscilador batizado de Modelo 200 A, “porque o número parecia impressionar”, imediatamente começou a fazer sucesso.

Foi seguido por um analisador harmônico de onda e depois de um gerador de onda quadrada.

Em 1940 a empresa já havia alugado parte de um pequeno prédio na Page Mill Road, em Palo Alto.

Ao final do ano, vários instrumentos haviam aumentado a linha, uma pequena equipe de produção havia sido contratada e a Hewlett-Packard estava caminhando. Em 1942 a empresa inicia a construção da primeira sede própria.

Um dado curioso é que a HP planejou o prédio de forma que pudesse se transformar em uma mercearia caso a empresa fracassasse. Não demorou a estabelecer uma política de portas abertas (Open Door Policy) para todos os funcionários, assegurando que cada um, independente do cargo que ocupasse, percebesse que os gerentes estavam disponíveis, abertos e receptivos, gerando a confiança e a compreensão mútua que caracterizam o estilo de administração da HP nos dias atuais.

Ambientes abertos e escritórios executivos sem portas constituíam a política integral para o ambiente de trabalho da empresa na época. Pouco depois, em 1943, a empresa estava profundamente envolvida com a produção de guerra e seus 100 funcionários geravam, anualmente, instrumentos no valor de US$ 1 milhão.

A partir da década de 50 seus contadores de freqüência, que reduziam drasticamente o tempo necessário para a medição precisa de freqüências elevadas, e produtos relacionados, faturaram bilhões de dólares impulsionando a empresa rumo ao sucesso.

Em 1947, após a Segunda Guerra Mundial, o catálogo da HP já possuía 39 produtos, em sua maioria, geradores e alguns modelos desenvolvidos no campo de microondas.

Em 1953, o volume de vendas havia chegado a US$ 1 milhão por mês, e a HP havia assumido uma posição de liderança no segmento de instrumentos de medição eletrônica.

Em 1958 adquiriu sua primeira empresa, a californiana F.L. Moseley, produtora de plotters, ingressando assim no mercado de impressão. Nesse mesmo ano criou a estrutura de divisões, com contabilidade independente de lucros e prejuízos, onde cada grupo de produto se tornou uma organização auto-sustentável, responsável pelo desenvolvimento, produção e marketing de seus próprios produtos.

Além disso, para continuar ágil, qualquer grupo que crescesse até 1.500 pessoas era dividido e transformado em um novo centro de resultados.

A autonomia favorecia a motivação individual, a iniciativa e a criatividade, e oferecia aos funcionários a oportunidade de trabalhar com um alto grau de liberdade na realização de metas e objetivos comuns. No ano seguinte, visando uma expansão internacional, estabeleceu na Europa um departamento de vendas na Suíça, localizado na cidade de Genebra, e uma fábrica na Alemanha, em Boeblingen. Ingressou no mercado asiático somente em 1963 quando fez uma joint-venture com a empresa japonesa Yokogawa Electric.

Na década de 60, a HP deu continuidade ao seu crescimento e ingressou no segmento da eletrônica médica e instrumentação analítica, passando a focar-se também nas áreas de semicondutores, eletroluminescência e fotocondutividade.

Em meados desta década, também desenvolveu seu primeiro computador.

Em 1966 o laboratório HP foi estabelecido como o recurso central de pesquisa da empresa e iniciou uma longa história como um dos principais centros de pesquisa comercial do mundo.

A partir deste momento a empresa, nas décadas seguintes, fez inúmeros lançamentos de produtos inovadores que incluíam calculadoras, de mesa e de mão, computadores, impressoras, entre outros produtos.

Internacionalmente, inicia a comercialização de seus produtos na China abrindo um escritório representativo em Pequim (1981) e implanta no Reino Unido um sistema de correio eletrônico de larga escala (1982). Em 1989 comemorou seu 50º aniversário.

A garagem, localizada no número 367 da Addison Avenue, onde Bill Hewlett e Dave Packard iniciaram seus negócios foi designada local histórico do estado da Califórnia em reconhecimento à seu rica história e aos avanços tecnológicos que seus produtos proporcionaram ao mundo.

Nesta época, a HP concentrou seus esforços na simplificação da tecnologia para todos os seus clientes, de consumidores individuais às grandes empresas, mantendo pesquisas e experiências nas áreas de impressão, computação pessoal e infra-estrutura.

Os resultados desses investimentos são produtos tecnologicamente avançados como impressoras fotográficas, para impressões coloridas resistentes água; sexta geração de impressoras “jato de tinta” com resolução de 4800 dpi; e televisões de plasma. Estendendo sua estratégia de estabelecer-se em países com economias crescentes, a HP inaugura laboratórios de pesquisa em Bangalore, Índia; Pequim, China; e St. Petersburg, Rússia.

Em 2007 a HP se tornou a primeira empresa de TI (Tecnologia da Informação) a superar US$ 100 bilhões em faturamento anual. Recentemente a HP fez importantes e cirúrgicas aquisições: em 2008 comprou por US$ 13.9 bilhões a EDS, uma das maiores empresas de serviços em tecnologia da informação, e agregou em sua carteira os 200 maiores clientes de outsourcing no mundo; em abril de 2010, adquiriu por US$ 1.2 bilhões a Palm, pioneira no mercado de dispositivos móveis, com os PDAs; e pouco depois, a 3Com, adquirida por US$ 2.7 bilhões, expandindo assim as ofertas de switching Ethernet, acrescentando soluções de roteamento e fortalecendo significativamente a posição da empresa na China.

O ano de 2010 também foi marcado por um enorme escândalo: o CEO Mark Hurd, que tinha a fama de ser um cara durão, foi demitido em meio a acusações de assédio sexual no começo do mês de agosto.

Ele saiu pelas portas do fundo, com a reputação abalada, apesar do bom desempenho à frente da empresa nos últimos cinco anos.

Contribuição

A HP se esforça para ser um bem econômico, intelectual e social para cada país e comunidade onde faz negócios.

As principais áreas de contribuição são despejos eletrônicos, o que eleva os padrões da cadeia global de suprimentos e aumenta o acesso à tecnologia de informação.

Liderança em tecnologia

Três grupos de negócios guiam a liderança da industria nas principais áreas de tecnologia:

Grupo de sistemas pessoais: PCs para empresas e pessoas físicas, computadores móveis e estações de trabalho
Grupo de impressão e imagem:
impressoras a jato de tinta, comercial e laser, suprimentos de impressão, fotografia e entretenimento digitais.
Negócio empresas:
produtos empresariais que incluem armazenamento e servidores, serviços para empresas e software

Crescimento

A HP concentra-se em três mudanças tecnológicas que têm o poder de transformar as vidas e negócios de nossos clientes:

Aumento de informação
Transformação digital
Sustentabilidade ambiental

Veja as principais etapas e momentos da história da HP:

1934:

Bill e Dave se tornam amigos.
Após graduar-se como engenheiros elétricos da Universidade de Stanford, Bill Hewlett e Dave Packard tornam amigos íntimos durante um acampamento de duas semanas.

1938:

O trabalho começa
Bill e Dave começar a trabalhar a tempo parcial em uma garagem alugada, com US $ 538 (US) em capital de giro, que consiste em dinheiro e uma imprensa de broca usada.

1939:

Hewlett-Packard?
Packard Hewlett-?

Bill e Dave formalizar a sua parceria de janeiro 1. Eles jogar uma moeda para decidir o nome da empresa.

1940:

HP se move para fora da garagem
HP se move a partir da garagem de edifícios arrendados em Palo Alto.

1951: Contador rápido frequência

1955: Booms Palo Alto

1961:

HP na NYSE pela primeira vez
HP entra no campo médico

1962: HP faz lista Fortune

1963:

New sintetizador de freqüência
Primeira joint-venture da HP

1964:

1 CEO e presidente da HP
Relógio atômico HP define padrão
Analisador de espectro
Packard Foundation

1971: HP leva em interferômetros a laser

1972:

HP entra computação empresarial
Calculadora HP-35 introduziu

1973:

1 flextime empregado
Gestão caminhando

1974: 1 calculadora de bolso programável

1980: Primeiro PC da HP

1981:

HP muda-se para a China
Calculadora padrão da HP

1982:

HP ganha prêmio Deming
1 estréias de computadores portáteis
1º de mainframe área de trabalho

1983:

HP apresenta PC Touchscreen
Bill ganha medalha de ciência

1991:

Cor revolução da impressão
PCs portáteis obter aumento de poder

1993:

HP apresenta Omnibook 300
Servidores ProLiant introduzido

1994:

Itanium
LED mais brilhante do mundo
1 comercial tudo-em-um dispositivo

1995:

Computadores domésticos HP
Revolução de Telecomunicações

2000: HP apresenta Superdome

2001:

Itanium:
Computação utilitária
HP contribui para a nanotecnologia
Impressões de fotos HP excel

2003:

HP luta falsificadores
Smart Cooling

2010: Impressão móvel revolucionou

2011:

Centros de dados de próxima geração
HP apresenta mouse sem fio

2012: Simples nunca sai de moda

2013:

Moonshot entrega
Tinta Instantânea
200 milhões e Contagem
O fim de backup como a conhecemos

Fonte: www8.hp.com

História da HP

“É necessário que as pessoas trabalhem juntas em harmonia, na direção de objetivos comuns e evitem trabalhar com propósitos dispersos em todos os níveis, se o que deve ser conquistado é o ideal em termos de eficiência e realização.” – Dave Packard

Os Objetivos Corporativos da HP têm orientado a empresa na condução de seus negócios desde 1957, quando foram definidos pelos seus fundadores Bill Hewlett e Dave Packard.

Fidelidade do cliente

Fornecer produtos, serviços e soluções da mais alta qualidade e proporcionar mais valor a nossos clientes para conquistar seu respeito e fidelidade.

Valores fundamentais que dão sustentação a este objetivo:

A continuidade de nosso sucesso depende do aumento da fidelidade de nossos clientes.
Para ganhar a fidelidade do cliente, é essencial ouvi-lo com atenção para entender verdadeiramente suas necessidades e, então, fornecer soluções que se traduzam em seu sucesso.
Custo total de propriedade competitivo, qualidade, inovação e a maneira de fazer negócios levam à fidelidade do cliente.

Lucro

Alcançar lucro suficiente para financiar o crescimento de nossa empresa, gerar valor para nossos acionistas e proporcionar os recursos necessários para alcançar outros objetivos corporativos.

Valores fundamentais que dão sustentação a este objetivo:

O lucro é responsabilidade de todos.
O equilíbrio entre objetivos de curto e longo prazos é a chave para a lucratividade.
O lucro nos permite reinvestir em oportunidades de negócios novas e emergentes.
O lucro está altamente relacionado com a geração de caixa, o que traz maior flexibilidade aos negócios a um baixo custo.
O lucro viabiliza a realização de nossos objetivos corporativos.

Liderança de mercado

Crescer por meio do fornecimento contínuo de produtos, serviços e soluções úteis e significativos a mercados que já servimos e expandir para novas áreas que se baseiem em nossa tecnologia, competência e interesses do cliente.

Valores fundamentais que dão sustentação a este objetivo:

Existem mais áreas para contribuir do que somos capazes: Precisamos de foco.
Estar na média do mercado não é o suficiente. Nós jogamos para ganhar.
Precisamos ser o número 1 ou 2 nos campos em que atuamos.

Crescimento

Considerar as alterações do mercado como uma oportunidade de crescimento, usar nossos lucros e capacidades para desenvolver e gerar produtos, serviços e soluções inovadores, que satisfaçam as necessidades de clientes emergentes.

Valores fundamentais que dão sustentação a este objetivo:

O crescimento é o resultado de se assumir riscos de maneira inteligente, com base no estado do setor, o que requer não só a convicção no estudo de tendências, mas também a indução de mudanças em nosso setor.
Nosso tamanho (e diversidade de negócios) nos proporciona uma capacidade de superar ciclos econômicos e alterá-los a nosso favor.

Comprometimento do funcionário:

Ajudar os funcionários da HP a usufruir do sucesso que possibilitam à empresa
Proporcionar às pessoas oportunidades de emprego baseadas em desempenho
Formar com eles um ambiente de trabalho seguro, motivador e inclusivo que valorize suas diversidades e reconheça contribuições individuais
Finalmente ajudá-los a obter um sentimento de satisfação e cumprimento de seu trabalho.

Valores fundamentais que dão sustentação a este objetivo:

O desempenho da HP começa com funcionários motivados; sua lealdade é fundamental.
Acreditamos que nossos funcionários realizem um trabalho correto e significativo.
Todos têm algo a contribuir: independentemente de cargo, nível ou estabilidade.
Um ambiente de trabalho estimulante é crítico para a invenção.
Uma força de trabalho diversificada nos dá vantagem competitiva.
Funcionários são responsáveis pelo aprendizado contínuo.

Capacidade de liderança

Desenvolver líderes em cada nível, que sejam responsáveis por alcançar resultados de negócios e exemplificar nossos valores.

Valores fundamentais que dão sustentação a este objetivo:

Líderes inspiram, encorajam a colaboração e transformam visão e estratégias em ações, com metas claras e específicas.
Líderes competentes orientam, transmitem as boas e más notícias e dão opiniões eficazes.
Líderes demonstram consciência e disposição para aceitar opiniões e desenvolverem-se continuamente.
Líderes comunicam-se de modo consistente e agem para eliminar ineficiências.
É importante avaliar pessoas pelos resultados que alcançaram em função das metas que ajudaram a criar.

Cidadania global

Boa cidadania significa bons negócios. Cumprimos nossa responsabilidade com a sociedade sendo um valor social, intelectual e econômico em cada país e comunidade em que fazemos negócios.

Valores fundamentais que dão sustentação a este objetivo:

Os mais altos padrões de honestidade e integridade são críticos no desenvolvimento da fidelidade de clientes e acionistas.
O aprimoramento de nossa sociedade não é um trabalho destinado a poucos; ao contrário, é uma responsabilidade que deve ser compartilhada por todos.
Este objetivo é essencial para a realização da promessa da marca.

Fonte: welcome.hp.com

História da HP

Tudo começou em 1939, quando Bill Hewlett e Dave Packard criaram HP quando trabalhou em um oscilador de áudio em uma garagem em Palo Alto, Califórnia.

Depois de Walt Disney comprou vários destes osciladores para seu mais recente filme, Fantasia, a companhia estava fora de funcionamento.

Assim como esta pequena empresa expandir a partir de uma garagem para ser o líder mundial em tecnologia de informação?

Apesar de a HP começou como uma empresa que produzia todos os tipos de produtos eletrônicos, o foco estava no primeiro teste de produtos, como contadores e voltímetros.

Mais tarde, nos anos sessenta, a HP acabou se tornando o fundador do Silicon Valley.

Entraram semicondutores no início dos anos sessenta e em 1966, eles entraram no mercado de computadores com o HP 2100 e HP1000.

Estes foram os modelos robustos, que durou uns bons vinte anos antes de mais avanços viu chaves tela eo HP 2640 subir para a ocasião.

Aqui está um fato interessante: enquanto a HP é dado o crédito como produzir o primeiro PC, evitaram alienar o seu mercado, chamando-o de uma calculadora!

Em 1984 viu o surgimento de seu primeiro jato de tinta HP e impressoras a laser. Estes foram feitos um para o desktop.

Mais tarde, na década de 90, a HP aumentou em popularidade, marketing de seus computadores para o consumidor médio, a abertura de uma loja on-line para ajudar a alcançá-los.

Agora, as impressoras HP conduzir o país em suprimentos de impressão confiáveis e dispositivos.

Muitos modelos diferentes estão disponíveis tornando-os adequados para o repouso, uso de pequenas empresas e empresas.

É muito fácil encontrar uma casa com um computador HP, impressora, câmera digital e outros dispositivos.

As pessoas tendem a ficar com uma marca, a HP oferece tudo que uma pessoa poderia precisar para o seu escritório.

Fonte: www.infosum.net

Veja também

Labirinto

Labirinto

PUBLICIDADE Definição Um Labirinto complicada rede irregular de passagens ou caminhos nos quais é difícil encontrar o …

Necromancia

PUBLICIDADE Definição Necromancia é o ato de se comunicar com os mortos para descobrir o …

Cistoscópio

Cistoscópio

PUBLICIDADE Definição O Cistoscópio é um instrumento tubular de metal oco, equipado com uma luz, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.