Breaking News
Home / Curiosidades / História da Manolo Blahnik

História da Manolo Blahnik

PUBLICIDADE

História da Manolo Blahnik

Adorado por Sarah Jessica Parker em “Sexo e a Cidade”, Manolo Blahnik é o mais conhecido e badalado estilista de sapatos do mundo. Não há mulher que não sonhe com um par dos seus maravilhosos e exclusivíssimos sapatos.

Todos sabem quem são Yves Saint Laurent, Dior ou Gaultier, mas poucos conhecem os criadores de acessórios.

Calça os pés mais famosos do mundo, e cada par de sapatos pode custar o preço de uma jóia, oscila entre 400 e 300 mil euros.

Manolo é considerado o artesão das estrelas, e os seus sapatos, obras de arte autênticas. O seu nome tornou-se sinônimo de salto altíssimo, estilo sensual, cores fantásticas e detalhes surpreendentes. A cada coleção são lançados 250 modelos, produzidos em quatro pequenas fábricas nas cidades de Milão na Itália.

São um luxo ao alcance de poucos e tudo começou quando a popstar Madonna declarou que um par de Manolos era melhor do que sexo. “Claro, dura muito mais”, respondeu Blahnik. Mas Madonna não foi a única.

As modelos Naomi Campbell, Linda Evangelista e Kate Moss adoram-no. Jennifer Lopez gravou um videoclip com botas Manolo. A princesa Diana apreciava os modelos clássicos e Jacqueline Kennedy gostava dos que ostentavam pouco ou nenhum salto.

História da Manolo Blahnik

E graças a uma série…

Foi Carrie Bradshaw, a protagonista da série “Sexo e Cidade”, que apresentou os sapatos de Manolo Blahnik ao mundo. Cada vez que estava deprimida, a escritora saía de casa e ia comprar uns ´Manolos´. O designer viu assim o seu nome associado a uma mulher que se tornou un ícone da moda.

Para o filme, que se encontra nas salas de cinema, Manolo desenhou em exclusivo o par de sapatos que inspirou Mr Big a pedir a mão de Carrie em casamento. Há quem queira jóias, Carrie sempre preferiu sapatos…Manolos!

História

História da Manolo Blahnik

Manolo Blahnik nasceu em 1942, em Santa Cruz de La Palma, nas Ilhas Canárias. Filho de pai checo e de mãe espanhola cresceu na plantação de bananas da família. Em 1956, depois de ter estudado literatura e arquitetura na Universidade de Geneva, Blahnik mudou-se para Paris, para iniciar os seus estudos naÉcole des Beaux-Arts e École du Louvre.

Mudou-se para Londres em 1970 onde trabalhou como fotógrafo para o jornal local Sunday Times e imediatamente mergulhou no mundo da moda.

Em 1971, de visita a Nova Iorque, mostrou o desenho de alguns sapatos à editora da revista de moda Vogue, Diana de Vreeland e ela logo sugeriu que deixasse as roupas de lado e se dedicasse aos sapatos.

Foi um sábio conselho. De lá para cá, Manolo já fez sapatos para as coleções de Ossie Clark, Yves Saint-Laurent, Calvin Klein, Oscar de La Renta, Caroline Herrera e Jonh Galliano.

Estilo e conforto- Na criação dos seus sapatos Manolo Blahnik utiliza diversos materiais, como plumas, lantejoulas, laços, anéis, correntes, fitas, corais, renda, pele de crocodilo e avestruz, entre muitos outros.

Foi o estilista quem popularizou o salto stiletto, também conhecido como salto agulha. O stiletto de Manolo é muito especial, é elaborado de uma maneira muito particular com o objetivo de sustentar o corpo da mulher de tal forma que o peso dela é distribuído por todo o sapato, uma verdadeira fusão de aerodinâmica e estética.

Manolo consegue unir beleza, estilo, elegância e conforto.

Manolo no Mundo

Pode encontrar os cobiçados sapatos Manolo Blahnik nas melhores lojas do mundo, como Neiman Marcus, Bergdorf Goodman, Barneys New York, Saks Fifth Avenue e Bloomingdale’s, além de lojas especializadas e em 20 lojas próprias da marca espalhadas por países como Estados Unidos (Nova Iorque e Las Vegas), Inglaterra, Hong Kong, Coreia do Sul, Singapura, Rússia, Espanha, Turquia, Kuwait e Dubai. Anualmente, a marca vende cerca de 100 mil pares de sapatos em todo o mundo.

À conquista do sexo masculino

No início de 2008 o estilista lançou uma pequena coleção de sapatos masculinos.

“Não é uma grande coleção. Há sandálias simples em materiais bonitos, e alguns modelos clássicos”, disse o designer. Mas ninguém dúvida que a coleção masculina será um sucesso.

Curiosidades

O estilista começou a sua fantástica trajetória a desenhar sapatos masculinos em Inglaterra, mas redirecionou a sua carreira por achar que a sapataria masculina era muito limitada.

Ele chama às suas criações “os meus sapatos estúpidos”, e tem, entre eles, os seus preferidos: o mais elegante é um modelo de cetim, para noivas e o mais estranho é inspirado numa bota Timberland, e tem um salto de 8 centímetros.

Em 2001 Blahnik recebeu o Doutoramento Honoris Causa pela Royal College of Arts e em 2002 foi homenageado pelo rei Juan Carlos I, de Espanha, com La Medalla de Oro en Merito en las Bellas Artes.

Foi o primeiro designer de sapatos a ver o seu trabalho exposto no Museu do Design de Londres, em 2003.

Fonte: sites.google.com

Sapatos “Mary jane” de Manolo Blahnik

Manolo Blahnik é um estilista Espanhol e seus sapatos são os sonhos de muitas mulheres, por serem confortáveis duráveis e ótimos para dançar.

História da Manolo Blahnik

Os sapatos bonecas que os fazem tão absolutamente desejáveis. Aliás todas nós calçamos quando crianças, mas acrescentando salto alto e um bico fino, ele se transforma realçando o gracioso e sensual de uma só vez. Em todas as estações há alguma versão cobiçada.

E geralmente os melhores são Manolo Blahnik com salto alto e fino e um bico . Eles causam um grande furor; quando foi criado originalmente, tornou-se difícil de encontrá-los e ainda é, considerado “Mary Jane”.

Esse nome tem origem em uma personagem de uma revista em quadrinhos, Mary Jane, que usava sapatos com tiras sobre o peito do pé na história de Buster Brow irmão dela.( curiosidades)

Na sua trajetória de sucesso que iniciou em 1970. Manolo Blahnik desenhou inúmeros modelos para estilistas consagrados como: Yves Saint Laurent, Christian Dior, John Galliano entre outros famosos… E m 1973 abriu uma loja “Zapata” sua boutique na rua old church, em Londres e logo passou a ter clientes famosas e fiéis como Madonna e não podemos deixar de citar à adoração que a atriz Sarah Jessica Parker fez questão de explicar no seriado “Sex and City.

Ele diz que o segredo do sucesso é participar de todos as fases da elaboração do produto. Desde o 1º croquis até a citação das campanhas publicitárias em que geralmente usa seus próprios desenhos, incrível não acham? confira algumas fotos do sapatos “Mary Jane”…

História da Manolo BlahnikHistória da Manolo Blahnik

Você sabe o que é isso? São sapatos “Mary Jane” de Manolo Blahnik. Eu achava que eles eram uma lenda urbana dos sapatos!

Carrie Bradshaw e “Sexy and City”

História da Manolo Blahnik

“Há algo de lolita nos sapatos boneca que os fazem tão absolutamente desejáveis.”

espero que tenham gostado e mais… vou deixar o site do artista caso queira saber mais, vale muito à pena. E você encontrar aqui mesmo em, categorias.

Fonte: cristinabraz.com.br

Ao contrário de Jimmy Choo, outro sapateiro das estrelas, que recentemente lançou uma coleção para rede de fast fashion H&M, Manolo diz que nunca faria tal parceria. “Philip Green (dono da rede britânica TopShop) poderia vir aqui amanhã com um milhão de libras e ainda assim eu não aceitaria. Como poderia aprovar a qualidade? Percebi que eu não consigo trabalhar para outras pessoas. Tive sorte de encontrar esse pequeno negócio familiar que me serve bem”.

Para assegurar o design e o conforto de suas criações, Manolo explica que testa todos os modelos com uma assistente. “Minha assistente e eu testamos cada sapato, subindo e descendo as escadas da fábrica para ter certeza de que não causarão nenhuma bolha.”

O sapateiro acredita que sapatos de salto podem fazer uma mulher ficar mais sexy. “É o salto que dá às mulheres aquele ritmo sexy enquanto caminham – e é isso o que os homens mais amam. A primeira coisa que os homens reparam são nas pernas de uma mulher”, explica o designer.

“Alguns homens me contam que meus sapatos salvaram seus casamentos”, completa, provando que um bom par de sapatos pode fazer muito mais do que deixar uma mulher elegante.

Fonte: modaspot.abril.com.br

Em quatro décadas desenvolvendo sapatos, Manolo Blahnik já calçou celebridades como Bianca Jagger e a princesa Diana – que teria mais de 50 pares do designer. Entretanto, o reconhecimento mundial veio somente com o sucesso do seriado Sex and the City e a devoção da protagonista Carrie Bradshaw – personagem de Sarah Jessica Parker.

Ele cita a princesa Diana como uma de suas maiores musas. “Ela era especial. Calçava meus sapatos com tanta graça e tinha uma luminosidade que eu só havia visto em Julie Christie.

Talvez Kate Moss tenha algo disso também, porque ela é engraçada e bonita, mas na verdade todo esse fenômeno das celebridades só é importante porque dá dinheiro, paga os funcionários da fábrica, paga os impostos e permite comprar livros”.

Ao contrário de Jimmy Choo, outro sapateiro das estrelas, que recentemente lançou uma coleção para rede de fast fashion H&M, Manolo diz que nunca faria tal parceria. “Philip Green (dono da rede britânica TopShop) poderia vir aqui amanhã com um milhão de libras e ainda assim eu não aceitaria. Como poderia aprovar a qualidade? Percebi que eu não consigo trabalhar para outras pessoas. Tive sorte de encontrar esse pequeno negócio familiar que me serve bem”.

Para assegurar o design e o conforto de suas criações, Manolo explica que testa todos os modelos com uma assistente. “Minha assistente e eu testamos cada sapato, subindo e descendo as escadas da fábrica para ter certeza de que não causarão nenhuma bolha.”

O sapateiro acredita que sapatos de salto podem fazer uma mulher ficar mais sexy. “É o salto que dá às mulheres aquele ritmo sexy enquanto caminham – e é isso o que os homens mais amam. A primeira coisa que os homens reparam são nas pernas de uma mulher”, explica o designer.

“Alguns homens me contam que meus sapatos salvaram seus casamentos”, completa, provando que um bom par de sapatos pode fazer muito mais do que deixar uma mulher elegante.

Fonte: modaspot.abril.com.br

História da Manolo Blahnik

Manolo Blahnik, conhecido designer de sapatos, cujos sapatos são usados por celebridades como Sarah Jessica Parker a falecida princesa Diana, adora criar personagens e histórias durante o processo criativo porque ele se inspira nelas.

A sobrinha de Manolo, Kristina Blahnik, disse à agência Bang: ”Ele canta e trabalha ao mesmo tempo…

Eu sempre achava que os sapatos de Manolo fossem bastante originais mas foi só quando eu fui para a fábrica pela primeira vez e vi que ele estava inventando histórias para acompanhar os sapatos que percebi que ele estava imaginando quem usaria aqueles sapatos.”.

Manolo diz que seus sapatos provocam muita emoção e que adorou colaborar com a loja inglesa Liberty.

Ele disse ao jornal The Independent: ”Eu fico louco. Fico super animado quando faço algo que me inspira… Foi tão emocionante ler os arquivos da Liberty.

A Inglaterra está contida naquele arquivo. Alguns dos tecidos que usavam pareciam ser muito modernos, mas eram do século 19. Um dos tecidos parecia ser dos anos 60 mais não era. Eu quase que desmaiei!”.

Fonte: wp.clicrbs.com.br

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Otoscópio

PUBLICIDADE O que é Um otoscópio é uma ferramenta que permite ao médico ver dentro …

Osteótomo

PUBLICIDADE O que é um Osteótomo? Osteótomo são instrumentos (dispositivos) simples que foram projetados e são …

Fórceps

Fórceps

PUBLICIDADE Fórceps é um instrumento de metal com duas alças usadas especialmente em operações médicas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.