Breaking News
Home / Curiosidades / História da Issey Miyake

História da Issey Miyake

Biografia

PUBLICIDADE

Miyake foi carregado 22 abril 1938 em Hiroshima, Japão, e estudou projeto gráfico na universidade da arte de Tama dentro Tokyo, graduando-se em 1964. Após a graduação, trabalhou em Paris e New York City. Retornando a Tokyo em 1970, fundou o estúdio do projeto de Miyake.

No 80s atrasado, começou a experimentar com os métodos novos de plissar isso permitiria a flexibilidade do movimento para o wearer as well as a facilidade do cuidado e a produção.

Isto resultou eventualmente em uma técnica nova chamada garment que plissa e em 1993’s os plissados satisfazem em qual os garments são cortados e sewn primeiramente, a seguir imprensados entre camadas de papel e fed em uma imprensa do calor, onde sejam plissados.

A “memória” da tela prende os plissados e quando os garments liberated de seu casulo de papel, são desgaste ready-to. Fêz o traje para Ballett Francoforte com plissados em uma parte nomeada ‘a perda do detalhe pequeno “ William Forsythe e trabalhe também no ballet “jardim no ajuste”.

Em 1994 e em 1999, Miyake girado sobre o projeto das coleções dos homens e das mulheres respectivamente, para seu associado, Naoki Takizawa, de modo que pudesse retornar à pesquisa a tempo integral.

Em 2007, Naoki Takizawa abriu seu próprio tipo, suportado pelo grupo de Issey Miyake e foi substituído, como um diretor creativo da casa de Issey Miyake, por Dai Fujiwara.

Linhas e tipos de Issey Miyake

Sr. Miyake “oversees o sentido total de todas as linhas criadas por sua companhia”, mesmo que as coleções individuais sejam projetadas por sua equipe de funcionários desde sua “aposentadoria” do mundo da forma em 1997.

Issey Miyake – linha principal da coleção, subdividida em homens (desde 1978/85) e mulheres (desde 1971) coleções, projetadas por Dai Fujiwara (Naoki sucedido Takizawa em 2006)

Issey Miyake Fête – a linha das mulheres coloridas que “extrai nas inovações tecnologicos dos plissados satisfaz” (Fête significa o “celebration” dentro Francês) (desde 2004).

Os plissados satisfazem Issey Miyake – poliéster garments de Jersey para as mulheres que são primeiro “corte e […] sewn e então plissado (normalmente, a tela é plissada primeiramente e cortada então e […] sewn)” “para reter permanentemente fileiras da tábua de lavar de plissados horizontais, verticais ou diagonais do knife-edge.” (desde 1989/93).

HaaT – linha das mulheres, projetada pelo desenhador anterior de textile de Miyake, Makiko Minagawa. HaaT significa da “o mercado vila” dentro Sanskrit, o som da palavra similar ao “coração” dentro Inglês. (desde 2000).

A-POC – costume-coleção para homens e mulheres. Os tubos da tela são máquina-processaram e podem ser cortados em várias formas pelo consumidor. A-POC é acrônimo “de uma parte de pano”, e de um próximo homonym do “epoch”. (desde 1997).

Issey Miyake – linha “das camisas um-feitas sob medida exclusivas que esticam para caber o wearer” que é vendido no tubo plástico, nomeada Couve-flor para o mercado non-Asian. (desde 2001).

Relógios de Issey Miyake – homens e relógios das mulheres

Issey Miyake Parfums – a linha das fragrâncias para homens e mulheres, vê abaixo

Issey Miyake mantem uma loja autônoma, nomeada ELTTOB TEP Issey Miyake (reverso para do “o frasco animal de estimação”) dentro Osaka onde a disposição cheia das linhas está disponível.

Perfumes

Como muitos desenhadores de forma, Issey Miyake tem também uma linha de perfumes. Sua primeira fragrância, o d’Issey aquático-floral claro de L’eau para mulheres, foi lançada em 1992. O d’Issey conhecido de L’eau (engl.: A água de Issey) é um pun. Em francês, soa idêntico ao “l’odyssée” (engl. odyssey).

O scent foi seguido por L’eau que o d’Issey derrama Homme (para homens) em 1994. O d’Issey de L’eau Bleue derrama Homme foi introduzido em 2004; entretanto, era recentemente interrompido devido às vendas baixas. Uma fragrância dos homens novos de Issey Miyake, d’Issey de L’eau derrama Homme intenso, foi introduzida em Nordstrom nos Estados Unidos em junho 2007, com um rollout worldwide maior que segue em setembro 2007. As fragrâncias de Issey Miyake são produzidas sob um acordo a longo prazo pela divisão internacional do Prestige de Beauté de Shiseido, que produz também fragrâncias para Narciso Rodriguez e Jean-Paul Gaultier.

Concessões

Miiyake ganhou as artes e a filosofia Prêmio de Kyoto em 2006.

Em 2005, foi concedido Praemium Imperiale para o Sculpture.

Trivia

Artista de Dancehall Vybz Kartel menciona a fragrância na canção intitulada do “exército império” na obscuridade outra vez Riddim de 2007, dig “bala um dem do pulverizador como Issey Miyake”

Rapper Gorilla Zoe menciona o scent de L’eau D’issey derramam Homme na canção Juicebox. Vai “meus olhos baixos, chinky como o Sr. Miyagi. Fresco extra, eu sou drippin esse Issey Miyaki. “

Verde de bowling, KY o Q-Dinheiro baseado do rapper escreveu uma canção sobre Issey Miyake que caracteriza jovens de DJ Madden o G.O.D.

Os frequenters do clube na cidade do verde de bowling são consultados frequentemente como ao grupo de Issey Miyake ou aos meninos de Issey Miyake. Os membros incluem: Louis grande a.k.a. Sr. Cheiro bom, Q-Dinheiro a.k.a. Sr. Miyake a.k.a. Na plataforma, J-$ a.k.a. J-$wag a.k.a. O Protege, seu irmão D.J. a.k.a. Sr. O Swagger, & os jovens de DJ Madden o G.O.D. Seu motto é “se você não cheirar como Issey Miyake, você TRESANDA!”

Foi mencionado em uma canção perto Meninos da loja de animal de estimação, Flamboyant.

Pimp C do grupo UGK indicado que desgasta Issey Miyake.

Jay-z menciona também “meninas cant diss mim quando o wearin im o Issey”

AZ, Twista e rapper ms de Memphis Kray-Z tem todas as referências também feitas a Issey Miyake em sua música.

Em um episode do HBO série Entourage, Lloyd desgasta Issey Miyake Colónia porque cliente Mary J. Blige está vindo na agência e é seu favorito.

Em um subterrâneo Lox trilha do mid-1990, Jadakiss menciona o Issey Miyake derramam o homme Colónia em uma linha “que eu sei que wonderin é ele um Lox, ou é ele o miyake do issey; três quartos de minha vida gastaram a rocha do chizzelin, pouco nigga do tempo com ele stash no sock “.

Na película 2007, o Ultimatum de Bourne, Damon Matt desgasta um sweater de Issey Miyake durante todo a película. Entretanto, foi desgastado dentro de-para fora enquanto foi julgado demasiado fashionable para o caráter.

O Kelly fictional de Ross O’Carroll do caráter dos livros populares do mesmo nome escrito por Paul Howard desgasta o Aftershave de Issey Miyake e sua esposa desgasta o perfume.

Em sua trilha intitulada “Hyping”, Reino Unido Grime o artista JME menciona Issey Miyake.

Fonte: www.worldlingo.com

História da Issey Miyake

O estilista japonês Issey Miyake tornou-se uma das mais fortes escolas de tendências de moda do Japão do século 20. Antenado e moderno, sabe se beneficiar de toda a tecnologia disponível utilizando como base a tradição.Pode-se dizer que é um dos grandes responsáveis pela influência oriental expandida na moda em todo o mundo.

Depois de concluir sua formação acadêmica em Tóquio, Issey Miyake mudou-se para Paris em 1964 para estudar moda. Trabalhou com as grifes Guy Laroche e Givenchy, onde ficou pouco tempo. Em 1968, mudou-se para Nova York para trabalhar com Geoffrey Beene.

Foi ali, nos Estados Unidos, que foi influenciado pelo jeans, camisetas e também pelas combinações de roupas usadas pelos jovens que caminhavam livremente nas calçadas. Em 1971, realiza seu primeiro desfile, e dois anos mais tarde, o sucesso acontece em Paris.

Com um estilo facilmente reconhecido por suas roupas superpostas com peças que praticamente envolvem o corpo feminino com leveza, conforto e estilo, Issey Miyake teve sua consagração absoluta no ano 1977, quando personalidades passaram a desfilar com sua assinatura.

Em 1986, a revista semanal Time estampou o estilista em uma de suas edições do mês de janeiro, concedendo o título de Mestre de Estilo para aquele sabe mesclar como ninguém a influência japonesa com a moda ocidental.

Fonte: www.chapeufeminino.com.br

História da Issey Miyake

O FUTURO É MINIMALISTA NA ISSEY MIYAKE

O estilo da marca Issey Miyake reflete muito o seu país de origem: formas perfeitamente contruídas, minimalismo e o futurismo são elementos facilmente encontrados nas coleções da maison japonesa. Essa sinergia também acontece dentro dos espaços de venda do grupo, principalmente a recém-inaugurada loja na cidade de Sapporo, no Japão.

Os 100 metros quadrados da loja são forrados de armários branco que funcionam como estoque e expositores ao mesmo tempo. Cada armário possui um número de identificação e é aberto através de um controle remoto, facilitando a vida dos funcionários que sabem exatamente onde cada peça se encontra. Esse sistema garante um modo de exposição único e adaptado para qualquer tipo de necessidade.

Ao invés de se usar cabides, as peças são embaladas dentro de esferas transparentes de plástico e tudo segue rigorosamente uma divisão por cores, que constrastando com o branco, deixa os produtos em destaque de uma maneira simples e pouco convencional.

Enfim, a loja da Issey Miyake em Sapporo reflete exatamente o espírito inovador que a marca inspira em seus clientes, com um rico cuidado em todas as suas peças e na forma de se expor e divulgar seus produtos.

Fonte: www.weareshoptalk.com

História da Issey Miyake

AS IRRECUSÁVEIS (E BOAS) IDEIAS DE ISSEY MIYAKE

Nesse período de inter-saison, em que não há desfiles de qualquer tipo, muito menos calendários de fashion weeks a se cumprir, é falso pensar que a moda entra em repouso… se aposenta temporariamente.

E onde está o mundo da moda a gente vê o que é… moda. A moda que não desfila ou é desfilada; mas a que faz a vida… a que cria e recria… a que estabelece e cria novos códigos.

Como esses cabelos ultracurtos, em corte especialíssimo, « plaqués» (como dizem os franceses) contra a cabeça.

CONVITE IRRECUSÁVEL

História da Issey Miyake

Convite de Issey Miyake absolutamente irrecusável: para ver uma exposição que ele apresenta em Paris, na Galérie Kreo, de um conjunto de 20 peças de moda criadas por ele e pelo grupo « Reality Lab », de Tóquio… absolutamente fora do grande mundo das fashion weeks, ao qual ele pertenceu durante 40 anos.

Atenção: ninguém fala em aposentadoria de Issey Miyake, mesmo aos 72 anos. Ele é proprietário de seu grupo de moda; nenhuma coleção, de roupas, de perfumes ou de acessórios é lançada no mundo sem que, primeiro, ele aprove.

Mas o homem se tornou raro nos últimos 10 anos, ninguém o vê durante as fashion weeks, suas coleções, para a marca Issey Miyake, são inclusive criação de um grupo que ele dirige, não mais criações unicamente dele próprio. Razão também de julgar irrecusável seu convite.

O que ele criou, ele mesmo agora, dentro do trabalho de sua fundação para promover o design e a arte, a « 21_21 », é este conjunto de calças, camisas, saias e vestidos, confeccionados em uma nova fibra, ecológica porque industrializada a partir do plástico reciclado, e constituidos de uma única peça de tecido. Essa é dobrada pela técnica japonesa do origami; e, uma vez terminada a dobradura, num único movimento, a peça de moda é desdobrada e … criada. Ela compõe, com o corpo que a porta, uma escultura única… em movimento no espaço.

Issey Miyake desfilou pela primeira vez em Paris no início dos anos 70; e trabalhou, antes disso, nos ateliês de Guy Laroche e de Hubert de Givenchy, depois de ter cursado moda e criação na Tama Art University, de Tóquio.

Fonte: www.modosemodas.com.br

Veja também

Labirinto

Labirinto

PUBLICIDADE Definição Um Labirinto complicada rede irregular de passagens ou caminhos nos quais é difícil encontrar o …

Necromancia

PUBLICIDADE Definição Necromancia é o ato de se comunicar com os mortos para descobrir o …

Cistoscópio

Cistoscópio

PUBLICIDADE Definição O Cistoscópio é um instrumento tubular de metal oco, equipado com uma luz, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.