Breaking News
Home / Filosofia / Conhecimento

Conhecimento

PUBLICIDADE

O que é Conhecimento?

Desde os primórdios da humanidade que o homem busca entender e dar sentido à sua existência. Grande parte desse sentido existencial passa pela aquisição de conhecimento obtido pelas mais diversas fontes: sentidos, racionalidade, experiências pessoais, experiências compartilhadas por pessoas próximas etc.  O que podemos afirmar é que não há ser humano, por mais ignorante que seja, que não tenha conhecimento de algo. O conhecer é constitutivo da essência humano. No limite, a capacidade de não apenas conhecer, mas dar finalidades concretas e abstratas para o que conhecemos é o que nos torna humanos e nos diferencia dos demais animais.

Conhecimento

E é justamente devido a centralidade do conhecimento na vida humana que as mais diversas ciências trazem para si a missão de aprofundar partes específicas deste grande mundo chamado conhecimento. A biologia estudará a vida, a matemática os números, a física a natureza, a história o devir e assim por diante. Nenhuma ciência esgotaria as infinitas possibilidades de acesso ao que pode ser conhecido.

A Filosofia, desde a clássica transição do mito ao logos, tentara com as ferramentas que lhe são próprias compreender os limites e possibilidades para o conhecimento. É nesse sentido, que os primeiros chamados de Pré-Socráticos se aventuraram na compreensão racional do cosmos e dos fenômenos da natureza.

Com isso não temos a intenção de, em hipótese alguma, afirmar que o conhecimento começa com os filósofos haja vista o mito (anterior à Filosofia) já ser uma forma de conhecimento bem como existir várias outras formas de conhecimento pré-existentes aos mitos como: a religião, o senso comum e as experiências etc.

O que a Filosofia fará ao longo do seu processo de desenvolvimento será parametrizar os tipos de conhecimento e a forma de acesso a cada um desses tipos. E nisso, haverá intensos debates entre osdiversos filósofos com suas respectivas teorias, mas que terão em comum a necessidade de explicar, organizar, sempre de forma perspectiva o que denominamos conhecimento. No limite, a filosofia terá a incumbência de refletir sobre os limites e possibilidade do conhecer.

Dentre as diversas definições que temos para o termo conhecimento, é consagrada na filosofia a seguinte definição: conhecimento é o resultado da relação epistemológica entre o sujeito cognoscente e o objeto cognoscível. E para entendermos essa definição faz-se necessário compreender que o sujeito cognoscente é aquele que tem a capacidade de conhecer, ou seja, o ser humano. Já o cognoscível é todo e qualquer objeto passível de ser conhecido: seu celular, sua casa, sua família, você, até mesmo seus aspectos emocionais, psíquicos, afetivos.

E é justamente com a intenção de solucionar a questão sobre a possibilidade efetiva de o sujeito apreender os objetos que na história da Filosofia registrou-se três grandes respostas ao que tange à Epistemologia: o dogmatismo, o ceticismo e o criticismo. Correntes já abordadas neste portal. Doutrinas filosóficas diversas, mas que têm em comum o objetivo de solucionar a questão sobre a origem do conhecimento.

Fábio Guimarães de Castro

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Ideologia e Marxismo

Ideologia e Marxismo

PUBLICIDADE O que é Ideologia e Marxismo? Pensar o marxismo é ainda hoje fundamental. Na …

Lógica Aristotélica

PUBLICIDADE Adverso ao que alguns podem pensar, a lógica está presente em nosso cotidiano em …

Indústria Cultural

Indústria Cultural

PUBLICIDADE O que é a Indústria Cultural? O conceito indústria cultural é criação de dois …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.