Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Ortoépia E Prosódia  Voltar

Ortoépia e Prosódia



Ortoépia

Ortoépia é a correta pronúncia dos grupos fônicos.

A ortoépia está relacionada com: a perfeita emissão das vogais, a correta articulação das consoantes e a ligação de vocábulos dentro de contextos.

Erros cometidos contra a ortoépia são chamados de cacoepia. Alguns exemplos:

a- pronunciar erradamente vogais quanto ao timbre:

pronúncia correta, timbre fechado (ê, ô):

pronúncia errada, timbre aberto (é, ó):

b- omitir fonemas:

c- acréscimo de fonemas:

d- substituição de fonemas:

e- troca de posição de um ou mais fonemas:

f- nasalização de vogais

g- pronunciar a crase:

h- ligar as palavras na frase de forma incorreta:

correta:

exemplo de ligação incorreta:

PROSÓDIA

A prosódia está relacionada com a correta acentuação das palavras tomando como padrão a língua considerada culta.

Abaixo estão relacionados alguns exemplos de vocábulos que freqüentemente geram dúvidas quanto à prosódia:

1) oxítonas:

2) paroxítonas:

3) proparoxítonas:

Há algumas palavras cujo acento prosódico é incerto, oscilante, mesmo na língua culta.

Exemplos

Outras assumem significados diferentes, de acordo a acentuação:

Exemplos

Fonte: www.portugues.com.br

ORTOÉPIA E PROSÓDIA

Ortoepia (ou ortoépia) e prosódia são partes da gramática que, relacionadas à fonética e à fonologia, registram a pronúncia correta de determinadas palavras.

A ortoepia (ou ortoépia) trata da correta enunciação da palavra. Assim, manda que se observe bem a pronúncia das consoantes, e não diga escrevê, mas escrever; nem pissicologia, mas psicologia, com p brando. Manda também que se observe bem a pronúncia das vogais, e não se troque seu timbre; assim, devemos pronunciar sempre: socórrus, e não socôrrus; chofér e não chofêr, etc. Manda finalmente que os ditongos sejam emitidos de modo claro e correto: eu rôubu, e não róbu; eu me intêiru, e não intéru; Rorãima, e não Roáima etc.

A prosódia trata da correta acentuação tônica as palavras. Ao erro prosódico se dá o nome de silabada.

Exemplos:

A entonação também é objeto de estudo da prosódia.

Plurais metafônicos

Nossa língua possui inúmeras palavras que mudam o timbre da vogal tônica, ao serem pluralizadas, fenômeno conhecido pelo nome de metafonia.

Exemplos

Estes são os principais plurais metafônicos:

Todos as palavras terminadas em – oso e em – posto sofrem metafonia no plural:

BIBLIOGRAFIA

1. MAIA.João Domingues, Português ,Novo Ensino Médio, vol. Único,Editora Ática, SP,3a edição, 2000. 2. CADORE. Luís Agostinho, Curso Prático De Português,, volume único, Editora Ática, SP, 3a ed., 1995. 3. PLATÃO ET FIORIN, Lições de textos: leitura e redação, Editora Ática, São Paulo, 3a edição, 1998. 4. INFANTE. Ulisses, Curso de Gramática Aplicada aos textos, 2ª edição, São Paulo, Scipione, 1995. 5. MESQUITA. Roberto Melo, Gramática da Língua Portuguesa, 3ª edição, São Paulo, Saraiva, 1995.

Fonte: recantodasletras.uol.com.br

ORTOÉPIA E PROSÓDIA

A ortoépia trata da pronúncia correta das palavras. Quando as palavras são pronunciadas incorretamente, comete-se cacoépia.

É comum encontrarmos erros de ortoépia na linguagem popular, mais descuidada e com tendência natural para a simplificação.

Podemos citar como erros de ortoépia:

A prosódia trata da correta acentuação tônica das palavras.

Cometer erro de prosódia é transformar uma palavra paroxítona em oxítona, ou uma proparoxítona em paroxítona etc.

Fonte: redacaoescola.blogspot.com

ORTOÉPIA E PROSÓDIA

Ortoepia trata da correta pronúncia das palavras.

Exemplo

Prosódia trata da correta acentuação tônica das palavras.

Exemplo

Dessa forma, segue abaixo uma lista das principais palavras que normalmenteapresentam dúvidas quanto à sua pronúncia e tonicidade corretas.

ACRÓBATA / ACROBATA

Esta palavra, COMO MUITAS OUTRAS DE NOSSAlÍNGUA, admite as duas pronúncias: acróbata, com ênfase na sílaba "cró", ou acrobata,com força na sílaba "ba". Também é indiferente dizer Oceânia ou Oceania, transístor outransistor (com força na sílaba "tor", com o "ô" fechado).ALGOZ: (carrasco): palavra oxítona, cuja pronúncia do "o" deve ser fechada (algôz, =arroz).

AUTÓPSIA / NECROPSIA

Apesar de autópsia ter como vogal tônica o "ó", a formanecropsia, que possui o mesmo significado, deve ser pronunciada com ênfase no "i"

AZÁLEA / AZALÉIA

Segundo os melhores dicionários, estas duas formas sãoaceitáveis

AVARO (indivíduo muito apegado ao dinheiro)

Deve ser pronunciada comoparoxítona (acento tônico na sílaba va), e por terminar em "o", não deve ser acentuada.BOÊMIA: de origem francesa, relativa à cidade de Boéme, esta palavra tem sua sílabaforte no "ê", e não no "mi"

CARÁTER

Paroxítona que apresenta o plural caracteres, tendo o acréscimo da letra"c", e o deslocamento do acento tônico da sílaba "ra" para a sílaba "te", sem o empregode acento gráfico.

CATETER, MISTER e URETER

Todas possuindo sua acentuação tônica na últimasílaba (tér), sendo assim oxítonas.

CHICLETE / CHOPE / CLIPE / DROPE

Quando se referindo a uma só unidade decada um destes produtos, deve-se falar "um chiclete, um chope, um clipe, um drope", enão "um chicletes, um chopes, um clipes, um dropes". Existe, ainda, a variante "chiclé"(um chiclé, dois chiclés).

CUPIDO e CÚPIDO

A primeira forma (paroxítona e sem acento) significa o deus aladodo amor; a segunda (proparoxítona) tem o sentido de ávido de dinheiro, ambicioso,também pode ser usada como possuído de desejos amorosos.

EXTINGUIR

A sílaba "guir" desta palavra deve ser pronunciada como nas palavras"perseguir", "seguir", "conseguir". Isso também vale para "distinguir".

FLUIDO

Pronuncia-se como a forma verbal "cuido", verbo cuidar (com força no u).Assim também GRATUITO, CIRCUITO, INTUITO, fortuito. No entanto, o particípiodo verbo fluir é "fluído", acontecendo aqui um hiato, onde a vogal tônica agora passa aser o "í"

IBERO

Pronuncia-se como paroxítona (ênfase na sílaba BE, IBÉRO)

INEXORÁVEL: (= austero, rígido, inabalável...):

Esse "x" lê-se como os de exemplo,exame, exato, exercício, isto é, com o som de "z".

LÁTEX

Tendo seu acento tônico na penúltima sílaba e terminando com a letra x, é umapalavra paroxítona, e como tal deve ser pronunciada e acentuada.

MAQUINARIA

O acento tônico deve recair na sílaba "ri", e não sobre a sílaba "na"

NÉON

Muitos dicionários apresentam esta palavra como paroxítona, sendo acentuadapor terminar em "n"; no entanto, o dicionário Michaelis Melhoramentos, recentementeeditado, traz as duas grafias: néon (paroxítona) e neon (oxítona).

NOVEL e NOBEL

Palavras oxítonas que não devem ser acentuadas.

OBESO

Palavra paroxítona que deve ser pronunciada com o "e" aberto (obéso).Também são abertos o "e" de outras paroxítonas como "coeso" (coéso), "obsoleto"(obsoléto), o "o" de "dolo" (dólo), o "e" de "extra" (éxtra) e o "e" de "blefe" (bléfe).Apresentam-se, porém, fechados o "e" de "nesga" (nêsga), o de "destro" (dêstro), e o "o""torpe" (tôrpe).

OPTAR

Ao se conjugar este verbo na 1ª pessoa do singular do presente do indicativo,deve-se pronunciar "ópto", e não "opito". Assim também em relação às formas verbais"capto, adapto, rapto" - todas com força na sílaba que vem antes do "p".

PROJÉTIL / PROJETIL

Ambas as formas têm o mesmo significado, apesar de aprimeira ser paroxítona e a segunda oxítona. Plurais: PROJÉTEIS / PROJETIS.PUDICO: (aquele que tem pudor, envergonhado): palavra paroxítona (ênfase na sílaba"di").

RECORDE

Deve ser pronunciada como paroxítona (recórde).

RÉPTIL / REPTIL

Mesmo caso da palavra PROJÉTIL. Plurais. RÉPTEIS / REPTIS.RUBRICA: palavra paroxítona, e não proparoxítona como se costuma pensar (ênfase nasílaba "bri").

RUIM

Palavra oxítona (ruím)

RUPIA / RÚPIA

A primeira forma se refere à moeda utilizada na Indonésia (força no"i") e a segunda é relativa a uma planta aquática (com ênfase no "ú").

SUBSÍDIOS

A pronúncia correta é com som de "ss", e não "z" (subssídios).

SUTIL e SÚTI

A primeira forma, sendo oxítona, significa "tênue, delicado, hábil"; asegunda, paroxítona, significa "tudo aquilo que é composto de pedaços costurados".

TÓXICO

Pronuncia-se com o som de "cs" = tócsico.NotaExiste alguma discordância quanto ao som do "x" de "hexa-". O Dicionário Aurélio -Século XXI, o Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa - da Academia Brasileirade Letras, e o dicionário de Caldas Aulete dizem que esse "x" deve ter o som de "cs", edeve ser pronunciado como o "x" de "fixo", "táxi", "tóxico", etc. Já o "Houaiss" diz queesse "x" corresponde a "z", portanto deve ser lido como o "x" de "exame", "exercício","êxodo", etc.. Na língua falada do Brasil, nota-se interessante ambigüidade: o "x" de"hexágono" normalmente é lido como "z", mas o de "hexacampeão" costuma ser lidocomo "cs".

Por: Eduardo Fernandes Paes

Fonte: vilayara.ca.g12.br

voltar 12avançar

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal