Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Português / Substantivo

Substantivo

Substantivo – O que é

PUBLICIDADE

Substantivo é toda a palavra que denomina um ser, é usada para nomear pessoas, coisas, animais, lugares, sentimentos e normalmente vem precedida de artigo.

O adjetivo, o numeral e o pronome também acompanham o substantivo

De acordo com a gramática portuguesa, um substantivo é determinado pelo seu gênero, número e grau.

Para transformar uma palavra de outra classe gramatical em um substantivo, basta precedê-lo de um artigo.

Exemplo

“O não é uma palavra dura”.

Artigos sempre precedem palavras substantivadas, mas substantivos (que são substantivos em sua essência) não precisam necessariamente ser precedidos por artigos.

Substantivo – Classificação

Quanto à formação

Quanto à existência de radical, o substantivo pode ser classificado em:

Primitivo

Palavras que não derivam de outras.

Exemplos

flor
pedra

Derivado

Vem de outra palavra existente na língua. O substantivo que dá origem ao derivado (substantivo primitivo) é denominado radical.

Exemplos

floreira
pedreira

Quanto ao número de radicais, pode ser classificado em:

Simples

Tem apenas um radical.

Exemplos

água
couve
sol

Composto

Tem dois ou mais radicais.

Exemplos

água-de-cheiro
couve-flor
girassol
lança-perfume

Quanto à semântica

Quando se referir a especificação dos seres, pode ser classificado em:

Concreto

Designa seres que existem ou que podem existir por si só.

Exemplos

casa
cadeira

Também concretos os substantivos que nomeiam divindades (Deus, anjos, almas) e seres fantásticos (fada, duende), pois, existentes ou não são sempre considerados como seres com vida própria.

Abstrato

Designa idéias ou conceitos, cuja existência está vinculada a alguém ou a alguma outra coisa.

Exemplos

justiça
amor
trabalho

Próprio

Denota um elemento específico dentro de um grupo, sendo grafado sempre com letra maiúscula.

Exemplos

Fernanda
Portugal
Brasília
Fusca

Coletivo

Um substantivo coletivo designa um conjunto de seres de uma mesma espécie no singular. No entanto, vale ressaltar que não se trata necessariamente de quaisquer seres daquela espécie.

Alguns exemplos:

Uma biblioteca é um conjunto de livros, mas uma pilha de livros desordenada não é uma biblioteca. A biblioteca discrimina o gênero dos livros e os acomoda em prateleiras.

Uma orquestra ou banda é um conjunto de instrumentistas, mas nem todo conjunto de músicos ou instrumentistas pode ser classificado como uma orquestra ou banda. Em uma orquestra ou banda, os instrumentistas estão executando a mesma peça musical ao mesmo tempo, e uma banda não tem instrumentos de corda.

Uma turma é um conjunto de estudantes, mas se juntarem num mesmo alojamento os estudantes de várias carreiras e várias universidades numa sala, não se tem uma turma. Na turma, os estudantes assistem simultaneamente à mesma aula.

Todos os substantivos que não são próprios podem ser genericamente classificados como substantivos comuns.

Flexão do substantivo

Quanto ao gênero

Os substantivos flexionam-se nos gêneros masculino e feminino e quanto às formas, podem ser:

Substantivos biformes

Apresentam duas formas originadas do mesmo radical.

Exemplos

menino – menina

traidor – traidora

aluno – aluna

Substantivos heterônimos

Apresentam radicais distintos e dispensam artigo ou flexão para indicar gênero.

Exemplos

arlequim – colombina

arcebispo – arquiepiscopisa

bispo – episcopisa

bode – cabra

Substantivos uniformes

Apresentam a mesma forma para os dois gêneros, podendo ser classificados em:

Epicenos

Rreferem-se a animais ou plantas, e são invariáveis no artigo precedente, acrescentando as palavras macho e fêmea, para distinção do sexo do animal.

Exemplos

a onça macho – a onça fêmea

o jacaré macho – o jacaré fêmea

a foca macho – a foca fêmea

Comuns de dois gêneros

O gênero é indicado pelo artigo precedente.

Exemplos

o dentista
a dentista

Sobrecomuns

Invariáveis no artigo precedente.

Exemplos

a criança
a testemunha
o indivíduo

Não existem formas como “crianço”, “testemunho”, “indivídua”, nem “o criança”, “o testemunha”, “a indivíduo”.

Quanto ao número

Os substantivos apresentam singular e plural.

Os substantivos simples, para formar o plural, substituem a terminação em vogal ou ditongo oral por s; a terminação em ão, por ões, ães, e ãos; as terminações em s, r, e z, por es; terminações em x são invariáveis; terminações em al, el, ol, ul, trocam o l por is, com as seguintes exceções: “mal” (males), “cônsul” (cônsules), “mol” (mols), “gol” (gols); terminação em il, é trocado o l por is (quando oxítono) ou o il por eis (quando paroxítono).

Os substantivos compostos flexionam-se da seguinte forma quando ligados por hífen:

Se os elementos são ligados por preposição, só o primeiro varia (mulas-sem-cabeça)

se os elementos são formados por palavras repetidas ou por onomatopéia, só o segundo elemento varia (tico-ticos, pingue-pongues)

nos demais casos, somente os elementos originariamente substantivos, adjetivos e numerais variam (couves-flores, guardas-noturnos, amores-perfeitos, bem-amados, ex-alunos).

Quanto ao grau

Os substantivos possuem três graus, o aumentativo, o diminutivo e o normal que são formados por dois processos:

Analítico: O substantivo é modificado por adjetivos que indicam sua proporção (rato grande, gato pequeno)

Sintético: Modifica o substantivo através de sufixos que podem representar além de aumento ou diminuição, o desprezo ou um sentido pejorativo (no aumentativo sintético: gentalha, beiçorra), o afeto ou sentido pejorativo (no diminutivo sintético: filhinho, livreco).

Exemplos de diminutivos e aumentativos sintéticos:

sapato/sapatinho/sapatão
casa/casebre/casarão
cão/cãozinho/cãozarrão
homem/homenzinho/homenzarrão
gato/gatinho/gatarrão
bigode/bigodinho/bigodaça
vidro/vidrinho/vidraça
boca/boquinha/bocarra
muro/mureta/muralha
pedra/pedregulho/pedrona
rocha/rochinha/rochedo

Substantivos em outros idiomas

A classificação dos substantivos é universal, sendo um tipo de palavra que existe em todos os idiomas, assim como os verbos. Entretanto, as flexões entre os substantivos pode variar muito de um idioma para outro.

Alguns exemplos:

Em francês, os substantivos só se flexionam em gênero e número, inexistindo, portanto, a flexão de grau.

O grau é designado apenas na forma analítica, por meio de adjetivos antepostos: “petit”, para o diminutivo, e “grand” para o aumentativo.

Em inglês, os substantivos se flexionam apenas em número: singular e plural. Não há flexão de gênero nem de grau.

Em latim, os substantivos se flexionam em gênero (masculino, feminino e neutro), número (singular e plural), grau (normal, aumentativo e diminutivo) e caso (nominativo, vocativo, acusativo, genitivo, dativo e ablativo). A flexão de caso designa a função gramatical que o substantivo exerce na frase. Em português a flexão de caso é substituída por preposições.

Em alemão há flexão de gênero (masculino, feminino e neutro), número (singular e plural), grau (normal e diminutivo – não há aumentativo) e, raramente, pode haver flexão de caso. Os substantivos são sempre escritos com inicial em maiúscula, independentemente de serem próprios ou não.

Em muitas línguas eslavas, existem cinco gêneros (masculino, feminino, animado, inanimado e neutro), três números (singular, dual e plural) e oito casos (nominativo, vocativo, acusativo, genitivo, dativo, locativo, prepositivo e instrumental).

Em sueco, há dois gêneros (comum e neutro), dois números (singular e plural) e dois casos (definido e indefinido). A flexão de caso substitui os artigos, que não existem em sueco.

Nas línguas urálicas há apenas a flexão de número (geralmente singular e plural) e caso (que podem chegar a mais de 20 em alguns idiomas). Não há gênero, nem grau.

Em árabe, há flexão de número (singular, dual e plural), de caso (nominativo, acusativo e genitivo) e gênero (masculino e feminino).

Em japonês os substantivos são palavras invariáveis. Não há gênero nem número, o grau é designado por adjetivos e o caso é designado por posposições.

O romeno é o único dos idiomas latinos que possui gênero neutro, além do masculino e do feminino, e com flexão de caso: definido, indefinido e genitivo.

Substantivo – Palavras

1. CONCEITUAÇÃO

Substantivo é a classe de palavra que:

a) Do ponto de vista semântico, designa todo tipo de ser: designa todo tipo de ser: pessoas, coisas, divindades, etc
b)
Do ponto de vista mórfico, assume as categorias de gênero (masculino/feminino), e número (singular/plural)
c)
Do ponto de vista sintático, funciona sempre como suporte ao qual se associam palavras modificadoras.

2. DEFINIÇÃO

Substantivo é a palavra ou termo (grupo de palavras ou oração) com que, em geral, nomeamos as coisas ou seres.

3. CLASSIFICAÇÃO

a) Comuns

Envolvem um conjunto de propriedades básicas e se aplicam comumente a muitos seres ou coisas de uma só espécie

Exemplos

homem
cachorro
caderno
lápis…

b) Próprios

Designam um ser ou uma coisa entre seres e coisas da mesma espécie e a este ser ou a esta coisa somente se refira,

Exemplos

Brasil
João
Guanabara
Rex…

c) Concretos

Designam seres ou coisa cuja existência real conhecemos ou supomos que existam.

Concretos reais

Seres que existem por si:

Deus
homem
casa
alma
José
demônio
anjo…

Concretos fictícios

Apresentam-se em nossa imaginação como se existissem:

saci
fada
bruxa..

d) Abstratos

Designam qualidades, estados ou ações que só existem quando abstraídos de seres que possuem ou executam estas qualidades:

viuvez
beleza
feiura
amizade
amor…

e) Coletivos

Designam a pluralidade como se fosse uma unidade:

cardume
enxame
vara
manada..

4. FORMAÇÃO

f ) Primitivo

É aquele que não resulta de outro:

pedra
livro
dente
flor
café…

g) Derivado

É aquele que deriva de outra palavra

pedreiro
livraria
dentista
floricultura…

h) Simples

É aquele que só tem que um radical:

espada
peixe
jóia
guarda
mar
vidro…

i )- Composto

É aquele que tem mais de um radical:

peixe-espada
pé-de-moleque
passatempo…

5. FLEXÃO

a)- Gênero

Masculino: homem, aluno, gato…
Feminino:
mulher, aluna, gata…

Quanto à formação do feminino, os substantivos podem ser:

A) Epicenos

Têm apenas um gênero: o tigre, a cobra. Para designar o sexo usam-se as palavras (macho/fêmea)

B) Comum de dois

Têm uma única forma para ambos os gêneros, distinguidos pelo artigo: artista, mártir, regente, pianista…

C) Sobrecomuns

Têm apenas um gênero, designando ambos os sexos: a testemunha, o cônjuge, a criança, a vítima…

D) Heterônimos

Apresentam palavras diferentes para o masculino e o feminino: bode/cabra, boi/vaca cão/cadela, homem/mulher…

E) Gênero duvidoso

A gramática ainda não se definiu sobre o gênero: laringe, faringe, hélice, tapa..

F) Número

Singular: livro, mesa. homem…
Plural:
livros, mesas, homens…

G) Grau

I- Normal: casa, mesa, livro…

II- Aumentativo: Analítico: casa grande, mesa grande, livro grande… Sintético: casarão, mesona, livrão…

III- Diminutivo: Analítico: casa pequena, mesa pequena, livro pequeno… Sintético: casinha, mesinha, livrinho…

Obs: Podem indicar noção de afetividade ou de desprezo: amigão, livreco, casebre, mulherzinha…

Substantivos abstratos

“ciúme” / “saudade”

Todo mundo um dia estudou a diferença entre substantivos concretos e substantivos abstratos, embora nem sempre essa diferença tenha ficado clara.

Um apelo que deve ser feito de modo genérico aos professores de português: evitem ensinar aos alunos que substantivo concreto é aquele “que se pode pegar” e que substantivo abstrato é aquele “que não se pode pegar”. Isso não é de nenhum modo preciso.

Substantivos concretos designam os seres de existência independente, reais ou imaginários.

Os substantivos abstratos são aqueles que dão nome a estados, qualidades, sentimentos ou ações. O ato de quebrar é “quebra”. O ato de participar é “participação”. O ato de vender é “venda”, e assim por diante. Todos esses substantivos são abstratos.

Como diz Gilberto Gil na música “Rebento”:

Rebento, substantivo abstrato….

Por que abstrato? Porque “rebento” é o ato de rebentar. Nomes de sentimento, como “amor”, de estado, como “gravidez”, e de qualidade, como “inteligência”, também são substantivos abstratos.

Existe uma polêmica quanto ao plural dos substantivos abstratos: existe o plural dessas palavras?

Cada caso é um caso. Você faria o plural de “raiva”, por exemplo? Ou de “inveja”? São palavras que soam esquisitas no plural, mas isso não estabelece uma regra.

Vejamos um exemplo com a palavra “ciúme”.

Observe a letra da canção “Olhos nos olhos”, gravada por Maria Bethânia:

…Quando você me deixou,
meu bem,
me disse pra eu ser feliz
e passar bem.
Quis morrer de ciúme,
quase enlouqueci
mas depois, como era
de costume, obedeci…

Você notou, a certa altura, o verso “quis morrer de ciúme”. Muitas pessoas dizem “ciúmes”.

Não há nada errado com essa forma, mas é preciso escolher: dizemos ou “o ciúme” ou “os ciúmes”. Nunca “o ciúmes”. Na verdade, a forma singular – “o ciúme” – é preferencial, já que em tese o substantivo abstrato não se pluraliza, ao menos na maioria dos casos.

Vejamos outro caso, agora tomando como exemplo a canção “Você pra mim”, gravada por Fernanda Abreu:

Às vezes passo dias inteiros
imaginando e pensando em você
e eu fico com tantas saudades
que até parece que eu posso morrer.
Pode acreditar em mim.
Você me olha, eu digo sim…

A exemplo do que acontece com “ciúme”, não são poucas as pessoas que dizem “estou com uma saudades de você”. Ora, é necessário sempre fazer concordar o substantivo com seu determinante. Se o substantivo vai para o plural, o pronome ou o artigo devem ir também.

Substantivo – Classe

Substantivo é a classe variável que nomeia objetos, pessoas, sentimentos, lugares…

CLASSIFICAÇÃO

Primitivos – Criam outras palavras. Ex.: terra, casa
Derivados – São criados a partir de outras palavras. Ex.: terreiro, aterrar; casebre, casinha
Simples – Formados por apenas um radical. Ex.: cabra, tempo
Compostos – Formados por mais de um radical. Ex.: cabra-cega, passatempo
Comuns – Qualquer ser da espécie. Ex.: rua, praça, mulher
Próprios – Um ser específico da espécie. Os substantivos próprios serão sempre escritos com inicial maiúscula. Ex.: rua Rio de Janeiro, praça Duque de Caxias, Isabela
Concretos – Nomeiam objetos, lugares, pessoas, animais… Podem ser visualizados. Ex.: Carmem, mesa, urso
Abstratos – Nomeiam ações, estados, sentimentos, qualidades… Dependem de outros seres para existir. Não é possível visualizá-los. Ex.: alegria, tristeza. Quando quero visualizar alegria posso desenhar um sorriso, por exemplo, mas não a alegria.
Coletivos – transmitem a noção de plural, embora sejam grafados no singular. Nomeiam um agrupamento de seres da mesma espécie.

Abaixo lista de alguns coletivos:

Alcatéia – De lobos
Álbum – De fotografias
Antologia – De trechos literários
Assembléia – De parlamentares, associados
Baixela – De objetos de mesa
Banca – De examinadores
Bandeira – De garimpeiros
Bando – De aves
Cacho – De uvas
Cancioneiro – De poemas, canções
Concílio – De bispos
Corja – De ladrões
Elenco – De artistas
Enxoval – De roupas
Feixe – De lenha
Flora – De vegetais
Girândola – De fogos de artifício
Junta – De examinadores, médicos, bois
Legião – De demônios, soldados, anjos
Malta – De desordeiros
Nuvem – De insetos
Panapaná – De borboletas
Pinacoteca – De pinturas
Plantel – De atletas, animais de raça
Repertório – De peças teatrais, anedotas, músicas
Revoada – De pássaros
Romanceiro – De poesias populares
Súcia – De pessoas desonestas
Vocabulário – De palavras

GENERO

Quanto ao gênero, os substantivos podem ser:

Biformes

Possuem duas formas, uma para o feminino e outra para o masculino.

Exemplo

gato/gata, cabra/bode

Uniformes

Possuem apenas uma forma para os dois gêneros.

Os substantivos uniformes se subdividem em:

Epicenos

Uma só forma para os dois gêneros, a distinção é feita pelas palavras macho e fêmea.

Exemplo

Formiga macho/formiga fêmea, cobra macho/cobra fêmea

Comuns de dois gêneros

Uma só forma para os dois gêneros, a distinção é feita pelo determinante (artigo, pronome, adjetivo…).

Exemplo

A pianista/ o pianista, belo colega/ bela colega

Sobrecomuns

Uma só forma para os dois gêneros, não é possível fazer a distinção pelos determinantes.

A distinção pode ser feita pela expressão: do sexo masculino/ do sexo feminino.

Exemplo

A pessoa, a criatura, a criança, o cônjuge

Número

Formação do plural nos substantivos simples

Regra geral

O plural é formado pelo acréscimo da desinência -s.

Exemplo

Mapa/mapas, degrau/degraus

Terminados em -ão

Plural em -ões, -ães ou ãos.

Exemplo

Questão/questões, capitão/capitães, irmão/irmãos

Terminados em -r, -z

Acréscimo de -es.

Exemplo

bar/bares, raiz/raízes

Terminados em -s

Acréscimo de -es quando forem oxítonos; invariáveis quando não forem oxítonos.

Exemplo

país/países, lápis/lápis

Terminados em -l

Substitui-se o -l por -is.

Exemplo

anel/anéis, álcool/álcoois

Exceções

mal/males, cônsul/cônsules

ATENÇÃO!

Os substantivos terminados em -il flexionam-se de forma diferente: quando oxítonos, trocam o -l por -s (fuzil/fuzis), quando paroxítonos, trocam -il por -eis (projétil/projéteis).

Terminados em -m

trocam -m por -ns.

Exemplo

atum/atuns, álbum/álbuns

Terminados em-x:

são invariáveis.

Exemplo

látex/látex, xerox/xerox

Terminados em -zito, -zinho

pluraliza-se a palavra primitiva sem o -s e a terminação.

Exemplo

balão + zinho = balõe(s) + zinhos/ balõezinhos

Formação do plural nos substantivos compostos

Flexionam-se os substantivos, adjetivos, numerais e pronomes sem preposição entre eles.

Exemplo

primeiro (numeral) – ministro (substantivo)/ primeiros-ministros

Não se flexionam os verbos, advérbios e demais palavras invariáveis.

Exemplo

vira(verbo) – lata(substantivo)/ vira-latas

Elementos ligados por preposição: só o primeiro elemento é flexionado.

Exemplo

mula-sem-cabeça/ mulas-sem-cabeça

Palavras repetidas ou onomatopaicas: só o segundo elemento é flexionado.

Exemplo

pingue-pongue/ pingue-pongues, reco-reco/ reco-recos

Quando o segundo elemento limita ou determina o primeiro: só o primeiro elemento é flexionado.

Exemplo

caneta-tinteiro/canetas-tinteiro, peixe-boi/ peixes-boi

Flexões do substantivos

gênero

número

grau

Gênero do substantivo

1. Substantivos uniformes: apresentam a mesma forma para o masculino e para o feminino.

Substantivos comuns de dois gêneros o/a agente

Substantivos sobrecomuns: o sósia (masc. ou fem.)

Substantivos epicenos: barata macho e barata fêmea

2.Substantivos com sentidos diferentes para cada gênero.

O grama (peso) a grama (capim)

3. Gênero correto de alguns substantivos

masculinos: champanha , dó , guaraná
femininos:
alface, cal, apendicite

Número dos substantivos

Substantivos simples:

terminados em r/s/z – es : abajur/abajures

terminados em m – ns : armazém/armazéns

terminados em al/el/ol/ul – (-) l (+) is : canal/canais (mal/males, cônsul/cônsules)

terminados em il (oxítona) – (-) l (+) s : fuzil/fuzis

terminados em il (paroxítona) – (-) il (+) eis: réptil/répteis

terminados em ão – ãos/ ães/ ões: mão/mãos alemão/ alemães feijão/feijões

substantivos com uma só forma: lápis(s,parox)/tórax(x/ks)

Substantivos compostos

1. Os dois vão para o plural:

substantivo + substantivo: couve-flor/couves-flores

substantivo + adjetivo: batata-doce/batatas-doces

adjetivo + substantivo: livre-pensador/ livres-pensadores

numeral + substantivo: quarta-feira/quartas-feiras

2. Só o primeiro vai para o plural

tiver preposição: pé-de-moleque/pés-de-moleque

a segunda determinar a primeira: pombo-correio/pombos correio

Grau do substantivo

forma sintética

inho/inha/ ão etc

forma analítica

grande/pequeno(a)

Fonte: www.enaol.com/www.tvcultura.com.br/Adriana Cristina Mercuri Pinto

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Topônimo

PUBLICIDADE Definição Topônimo é um nome derivado do nome de um lugar. Topônimo é o …

Estrofe

Estrofe

Estrofe é um conjunto de versos. E Verso é cada linha do poema. As estrofes são separadas por espaços ...

Redação no ENEM

Redação no Enem

A prova de redação exigirá de você a produção de um texto em prosa, do tipo dissertativo-argumentativo, sobre um tema ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

QUESTION 1 You are managing a SharePoint farm in an Active Directory Domain Services (AD DS) domain. You need to configure a service account to use domain credentials. What should you do first? A. Configure the service account to use a domain user account. B. Register the domain credentials in the Farm Administrators group. C. Configure the service account to use a local user account. D. Register the domain credentials as a SharePoint managed account. Correct Answer: D Explanation QUESTION 2 A company named Contoso, Ltd. has a SharePoint farm. The farm has one Search service application configured. The Search service application contains five crawl databases, all of which contain content. Contoso plans to crawl knowledge base content from its partner company Litware, Inc. The knowledge base content must be stored in a dedicated crawl database. You need to configure crawling. What should you do? A. Add a crawl database that contains the Litware knowledge base to the existing Search service application. B. Provision a new Search service application. Configure the service application to crawl the Litware knowledge base content. C. Set the MaxCrawlDatabase parameter to 6. D. Create a dedicated Microsoft SQL Server instance for the Litware crawl database. Correct Answer: B Explanation Explanation/Reference: The maximum number of crawl databases is 5 per Search service application so we need another Search service application. This maximum limit is increased to 15 with an Office 2013 update but the question doesn't mention that this update is installed so we have to assume the question was written before the update was released. QUESTION 3 A company uses SharePoint 2013 Server as its intranet portal. The Marketing department publishes many news articles, press releases, and corporate communications to the intranet home page. You need to ensure that the Marketing department pages do not impact intranet performance. Which two actions should you perform? (Each correct answer presents part of the solution. Choose two.) A. In Central Administration, set up a User Policy for the Super User and Super Reader accounts. B. Configure IIS to use the Super User and Super Reader accounts for caching. C. Use the Farm Configuration Wizard to configure the Super User and Super Reader accounts. D. Use Windows PowerShell to add the Super User and Super Reader accounts. Correct Answer: AD Explanation Explanation/Reference: A: The way to correct this problem is to first create two normal user accounts in AD. These are not service accounts. You could call them domain\superuser and domain\superreader, but of course that's up to you. The domain\superuser account needs to have a User Policy set for that gives it Full Control to the entire web application. D: If you are using any type of claims based authentication you will need to use Windows PowerShell. And Windows PowerShell is the hipper more modern and sustainable option anyway. If you are using classic mode authentication run the following cmdlets on one of your SharePoint servers: $w = Get-SPWebApplication "http:///" $w.Properties["portalsuperuseraccount"] = "domain\superuser" $w.Properties["portalsuperreaderaccount"] = "domain\superreader" $w.Update() If you are using claims based authentication run these cmdlets on one of your SharePoint servers: $w = Get-SPWebApplication "http:///" $w.Properties["portalsuperuseraccount"] = "i:0#.w|domain\superuser" $w.Properties["portalsuperreaderaccount"] = "i:0#.w|domain\superreader" $w.Update() Note: * If you have a SharePoint Publishing site and you check the event viewer every once in a while you might see the https://www.pass4itsure.com/70-331.html following warning in there: Object Cache: The super user account utilized by the cache is not configured. This can increase the number of cache misses, which causes the page requests to consume unneccesary system resources. To configure the account use the following command 'stsadm -o setproperty -propertynameportalsuperuseraccount -propertyvalue account -urlwebappurl'. The account should be any account that has Full Control access to the SharePoint databases but is not an application pool account. Additional Data: Current default super user account: SHAREPOINT\system This means that the cache accounts for your web application aren't properly set and that there will be a lot of cache misses. If a cache miss occurs the page the user requested will have to be build up from scratch again. Files and information will be retrieved from the database and the file system and the page will be rendered. This means an extra hit on your SharePoint and database servers and a slower page load for your end user. Reference: Resolving "The super user account utilized by the cache is not configured." QUESTION 4 You are managing a SharePoint farm. Diagnostic logs are rapidly consuming disk space. You need to minimize the amount of log data written to the disk. Which two actions should you perform? (Each correct answer presents part of the solution. Choose two.) A. Set the log event level to Information. B. Set the log event level to Verbose. C. Set the log trace level to Medium. D. Set the log trace level to Verbose. E. Set the log event level to Warning. F. Set the log trace level to Monitorable. Correct Answer: EF Explanation Explanation/Reference: E: Event Levels Warning, Level ID 50 Information, Level ID: 80 Verbose, Level ID: 100 F: Trace levels: Monitorable: 15 Medium: 50 Verbose: 100 Note: When using the Unified Logging System (ULS) APIs to define events or trace logs, one of the values you must supply is the ULS level. Levels are settings that indicate the severity of an event or trace and are also used for throttling, to prevent repetitive information from flooding the log files. Reference: Trace and Event Log Severity Levels QUESTION 5 A company's SharePoint environment contains three web applications. The root site collections of the web applications host the company intranet site, My Sites, and a Document Center. SharePoint is configured to restrict the default file types, which prevents users from uploading Microsoft Outlook Personal Folder (.pst) files. The company plans to require employees to maintain copies of their .pst files in their My Site libraries. You need to ensure that employees can upload .pst files to My Site libraries. In which location should you remove .pst files https://www.pass4itsure.com/70-342.html from the blocked file types? A. The File Types area of the Search service application section of Central Administration B. The General Security page in the site settings for the site collection C. The Blocked File Types page in the site settings for the site collection D. The General Security section of the Security page of Central Administration Correct Answer: D Explanation