Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Português / Pronomes de Tratamento

Pronomes de Tratamento


Pronomes de Tratamento – O que é

PUBLICIDADE

Pronomes de Tratamento são pronomes empregados no trato com as pessoas, familiarmente ou respeitosamente.

Embora o pronome de tratamento se dirija à segunda pessoa, toda a concordância deve ser feita com a terceira pessoa.

Usa-se Vossa, quando conversamos com a pessoa, e Sua, quando falamos da pessoa. Exemplos

Vossa Senhoria deveria preocupar-se com suas responsabilidades e não com as de

Sua Excelência , o Prefeito, que se encontra ausente.

Eis uma pequena lista de pronomes de tratamento:

1. Autoridades de Estado Civis

Pronome de tratamento Abreviatura Usado para
Vossa Excelência V. Ex.a Presidente da República, Senadores da República, Ministro de Estado, Governadores, Deputados Federais e Estaduais, Prefeitos, Embaixadores, Vereadores, Cônsules, Chefes das Casas Civis e Casas Militares
Vossa Magnificência V. M. Reitores de Universidade
Vossa Senhoria V. S.ª Diretores de Autarquias Federais, Estaduais e Municipais

Judiciárias

Pronome de tratamento Abreviatura Usado para
Vossa Excelência V. Ex.a Desembargador da Justiça, curador, promotor
Meritíssimo Juiz M. Juiz Juízes de Direito

Militares

Pronome de tratamento Abreviatura Usado para
Vossa Excelência V. Ex.a Oficiais generais (até coronéis)
Vossa Senhoria V. S.a Outras patentes militares

2. Autoridades eclesiasticas

Pronome de tratamento Abreviatura Usado para
Vossa Santidade V. S. Papa
Vossa Eminência Reverendíssima V. Em.ª Revm.ª Cardeais, arcebispos e bispos
Vossa
Reverendíssima
V. Revmª Abades, superiores de conventos, outras autoridades eclesiásticas e sacerdotes em geral

3. AUTORIDADES MONÁRQUICAS

Pronome de tratamento Abreviatura Usado para
Vossa Majestade V. M. Reis e Imperadores
Vossa Alteza V. A. Príncipe, Arquiduques e Duques
Vossa Reverendíssima V. Revma Abades, superiores de conventos, outras autoridades eclesiásticas e sacerdotes em geral

4. OUTROS TÍTULOS

Pronome de tratamento Abreviatura Usado para
Vossa Senhoria V. S.ª Dom
Doutor Dr. Doutor
Comendador Com. Comendador
Professor Prof. Professor

Pronomes de Tratamento – Normas

“Qual é o pronome de tratamento a ser utilizado para vereadores? Baseada nas Normas de Comunicação em Língua Portuguesa, de Hêndricas Nadölskis, sempre utilizei Vossa Senhoria. É possível ter havido alteração para Vossa Excelência?”

O uso do pronome de tratamento VOSSA SENHORIA para vereadores está correto, sim. Numa Câmara de Vereadores só se usa Vossa Excelência para o seu presidente, de acordo com o Manual de Redação da Presidência da República (1991). Particularmente, vejo um pouco de exagero nisso – bastaria V. Sa. para todos, mas entendo que o Manual teve de generalizar, sugerindo então o emprego de V. Exa. também aos presidentes das Câmaras Municipais, já que Vossa Excelência/ V. Exa. é o tratamento fixado para presidentes de casas legislativas como Assembléias, Senado e Câmara.

Aproveitando o tema, do qual tenho tratado homeopaticamente ao longo destes quatro anos de trabalho, e para satisfazer o pedido de algumas pessoas que não dispõem de um manual especificando o uso dos pronomes de tratamento, segue a listagem das autoridades a quem se sugere tratar, nas comunicações oficiais, por Vossa Excelência [ou, de forma abreviada, V. Exa.]:

No Poder Executivo

Presidente da República
Vice-Presidente
Secretário Geral
Chefe do Gabinete Militar
Chefe da Casa Civil
Procurador Geral
Consultor Geral e demais cargos ligados à presidência da República

Ministros de Estado e Secretários Executivos dos Ministérios

Governador
Vice-Governador e Secretários de Estado
Embaixadores
Prefeito Municipal

No Poder Legislativo

Presidente, Vice-Presidente e membros do Senado Federal
Idem Câmara dos Deputados
Idem Assembléias Legislativas estaduais
Idem Tribunal de Contas da União e estaduais
Presidentes das Câmaras Municipais

No Poder Judiciário

Presidente e membros de todos os Tribunais, vale dizer: ministros, desembargadores e juízes Nas Forças Armadas

Chefes de Estado-Maior das três Armas (Exército, Marinha e Aeronáutica) e oficiais generais. Outros

Reitores de universidades

Ao endereçar correspondência a esses senhores (ou senhoras, bem entendido), escreva na primeira linha: (Ao) Excelentíssimo Senhor ou (Ao) Exmo. Sr. / (À) Exma. Sra.

Em tempo: a fórmula por extenso é uma exigência somente para Presidente da República e Governador de Estado, mas pode ser estendida para as demais autoridades, pois com o advento do computador ficou mais fácil usá-la (já imaginaram quanto se gastava para datilografar ‘Vossa Excelência’ cada vez que esse tratamento aparecia no texto?). No entanto, o redator precisa ser coerente usando ou todas as formas abreviadas ou todas por extenso – inclusive “doutor” – desde o endereçamento.

Emprega-se Vossa Senhoria para se dirigir a quem não está incluído nas listas acima, ou seja: vereadores, advogados, diretores de escolas, gerentes, chefes e dirigentes de empresas, padres, pastores e oficiais até coronel. Neste caso, comece o endereçamento com Ao Senhor / À Senhora, e não com “Ilmo. Sr. / Ilma. Sra. / Ilustríssimo Senhor”. Sugiro ver, a propósito, a coluna Não Tropece na Língua nº 83 – Para melhorar sua correspondência.

Emprego dos Pronomes de Tratamento

A – Poder Executivo

Destinatário Tratamento Abreviatura Vocativo Envelope
Presidente da República Vossa Excelência Não se usa Excelentíssimo Senhor   Presidente da República, Excelentíssimo Senhor   Fulano de Tal   Presidente da República
Vice-Presidente da República Vossa Excelência V.Ex.a. Senhor Vice-Presidente, Excelentíssimo Senhor   Fulano de Tal   Vice-Presidente da República
Ministros de Estado Vossa Excelência V.Ex.a. Senhor Ministro, Excelentíssimo Senhor   Fulano de Tal   Cargo respectivo
Secretário-Geral da Presidência da República Vossa Excelência V.Ex.a. Senhor Secretário, Excelentíssimo Senhor   Fulano de Tal   Cargo respectivo
Consultor-Geral da República Vossa Excelência V.Ex.a. Senhor Consultor, Excelentíssimo Senhor   Fulano de Tal   Cargo respectivo
Chefe do Estado-Maior das Três Armas Vossa Excelência V.Ex.a. Senhor Chefe, Excelentíssimo Senhor   Fulano de Tal   Cargo respectivo
Oficiais-Generais das Forças Armadas Vossa Excelência V.Ex.a. Senhor + Cargo respectivo, Excelentíssimo Senhor   Fulano de Tal   Cargo respectivo
Chefe do Gabinete Militar da Presidência da República Vossa Excelência V.Ex.a. Senhor Chefe, Excelentíssimo Senhor   Fulano de Tal   Cargo respectivo
Chefe do Gabinete Pessoal do Presidente da República Vossa Excelência V.Ex.a. Senhor Chefe, Excelentíssimo Senhor   Fulano de Tal   Cargo respectivo
Secretários da Presidência da República Vossa Excelência V.Ex.a. Senhor Secretário, Excelentíssimo Senhor   Fulano de Tal   Cargo respectivo
Secretário Executivo e Secretário Nacional de Ministérios Vossa Excelência V.Ex.a. Senhor Secretário, Excelentíssimo Senhor   Fulano de Tal   Cargo respectivo
Procurador-Geral da República Vossa Excelência V.Ex.a. Senhor Procurador, Excelentíssimo Senhor   Fulano de Tal   Cargo respectivo
Governador de Estado Vossa Excelência V.Ex.a. Senhor Governador Excelentíssimo Senhor  Fulano de Tal   Cargo respectivo
Vice-Governador de Estado Vossa Excelência V.Ex.a. Senhor Vice-Governador, Excelentíssimo Senhor  Fulano de Tal   Cargo respectivo
Secretários de Estado dos Governos Estaduais Vossa Excelência V.Ex.a. Senhor Secretário, Excelentíssimo Senhor  Fulano de Tal   Cargo respectivo
Prefeitos Municipais Vossa Excelência V.Ex.a. Senhor Prefeito, Excelentíssimo Senhor  Fulano de Tal   Cargo respectivo
Embaixador Vossa Excelência V.Ex.a. Senhor Embaixador, Excelentíssimo Senhor Fulano de Tal Cargo Respectivo

B – Poder Legislativo

Destinatário Tratamento Abreviatura Vocativo Envelope
Presidente do Congresso Nacional Vossa Excelência Não se usa Excelentíssimo Senhor Presidente do Congresso Nacional, Excelentíssimo Senhor  Fulano deTal  Presidente do  Congresso Nacional
Presidente da Câmara Vossa Excelência V.Ex.a. Senhor Presidente, Excelentíssimo Senhor  Fulano de Tal  Cargo respectivo
Vice-Presidente da Câmara Vossa Excelência V.Ex.a. Senhor Vice-Presidente, Excelentíssimo Senhor  Fulano de Tal  Cargo respectivo
Membros da Câmara dos Deputados Vossa Excelência V.Ex.a. Senhor Deputado, Excelentíssimo Senhor  Fulano de Tal  Cargo respectivo
Membros do Senado Federal Vossa Excelência V.Ex.a. Senhor Senador, Excelentíssimo Senhor  Fulano de Tal   Cargo respectivo
Presidente e Membros do Tribunal de Contas da União e dos Tribunais de Contas Estaduais Vossa Excelência V.Ex.a. Senhor + cargo respectivo, Excelentíssimo Senhor  Fulano de Tal   Cargo respectivo
Presidentes e Membros das Assembléias Legislativas Estaduais Vossa Excelência V.Ex.a. Senhor + cargo respectivo, Excelentíssimo Senhor  Fulano de Tal   Cargo respectivo
Presidentes das Câmaras Municipais Vossa Excelência V.Ex.a. Senhor + cargo respectivo, Excelentíssimo Senhor  Fulano de Tal   Cargo respectivo

C – Poder Judiciário

Destinatário Tratamento Abreviatura Vocativo Envelope
Presidente do Supremo Tribunal Federal Vossa Excelência Não se usa Excelentíssimo Senhor Presidente do Supremo Tribunal Federal, Excelentíssimo Senhor  Fulano de Tal  Presidente do Supremo Tribunal Federal
Membros do Supremo Tribunal Federal Vossa Excelência V.Ex.a. Senhor + cargo respectivo, Excelentíssimo Senhor  Fulano de Tal   Cargo respectivo
Presidente e Membros do Superior Tribunal de Justiça Vossa Excelência V.Ex.a. Senhor + cargo respectivo, Excelentíssimo Senhor  Fulano de Tal   Cargo respectivo
Presidente e Membros do Tribunal Superior Militar Vossa Excelência V.Ex.a. Senhor + cargo respectivo, Excelentíssimo Senhor  Fulano de Tal   Cargo respectivo
Presidente e Membros do Tribunal Superior Eleitoral Vossa Excelência V.Ex.a. Senhor + cargo respectivo, Excelentíssimo Senhor  Fulano de Tal   Cargo respectivo

D – Outros Destinatários

Destinatário

Tratamento

Abreviatura

Vocativo

Envelope
Reitor de Universidade Vossa Magnificência Não existe Magnífico Reitor, A Vossa Magnificência o Senhor Fulano deTal  Reitor da Universidade de Tal
Presidentes e Diretores de Empresa Vossa Senhoria V.S.a. Senhor Fulano de Tal ou Senhor + cargo respectivo, Ao Senhor Fulano deTal Cargo respectivo
Cônsul Vossa Senhoria V.S.a. Senhor Cônsul, Ao Senhor Fulano de Tal Cônsul da Embaixada de Tal Local
Outras Autoridades Vossa Senhoria V.S.a. Senhor + cargo respectivo, Ao Senhor Fulano de Tal Cargo respectivo Endereço

A CARTA ARGUMENTATIVA E OS PRONOMES DE TRATAMENTO

O Aurélio define os pronomes de tratamento como “palavra ou locução que funciona tal como os pronomes pessoais”. Os gramáticos, por sua vez, ensinam que esses pronomes são da terceira pessoa, substituindo o “tu” da segundo pessoa. Isso quer dizer que o verbo sempre deve estar na terceira pessoa do singular!

O verbo fica na terceira pessoa do singular porque a concordância é feita com a qualidade “excelência” e não com o pronome possessivo “Vossa”.

Ao enviar uma carta, podemos ter dificuldade quanto ao VOCATIVO: que pronome usar para as autoridades?

Há diferentes pronomes para diferentes destinatários: em meio às dezenas de expressões que se convencionou considerar as mais respeitosas, devemos usar aquela especifica .

Respeito ao cargo

Penso que é uma falsa idéia considerar os pronomes de tratamento como necessários para manifestar respeito pelo cargo público que uma pessoa ocupa. Esses cargos, em uma democracia, são conferidos pelo povo e nenhum deles representa autoridade sobre pessoas; representam apenas responsabilidade pelo cumprimento da Lei no setor específico da autoridade respectiva.

O emprego de “Senhor”

Os pronomes de tratamento são expressões do distanciamento e da subordinação em que uma pessoa voluntariamente se põe em relação a outra, a fim de agradá-la e ensejar um relacionamento cortês. O principal pronome de tratamento, consagrado universalmente e o único que as pessoas comuns devem usar como necessária manifestação de respeito, não importa a quem estejam se dirigindo, é “Senhor”/”Senhora” usando-se sempre o tratamento direto.

O emprego de “Doutor”

A palavra “Doutor” tem dois únicos significados e, consequentemente, deveria ser empregada somente nos casos a eles pertinentes: “médico”, por tradição, ou um determinado grau de estudo universitário obtido em uma especialização além do bacharelado.

Note-se que existem três formas para se empregar os pronomes de tratamento nas cartas argumentativas:

a) Apenas o qualificativo, utilizado no endereçamento. Ex.: Ao Magnífico Reitor da Universidade do Gama.

b) O tratamento direto, com ênfase, como na frase: “Vossa Excelência, o que me ordena?”

c) O tratamento indireto, quando falamos a um terceiro a respeito da autoridade: “Sua Excelência o Ministro me fez portador dessa mensagem congratulatória”.

Alguns exemplos: Atenção para as abreviações !!!!!!!!!!!!!

1 – Vossa Excelência ( V. Ex.ª ). Emprega-se, no meio oficial para:

Presidente da República Vice-Presidente da República Ministros de Estado Chefe do Estado Maior das Forças Armadas Chefe do Gabinete Militar da Presidência da República Chefe do Gabinete Civil da Presidência da República Consultor Geral da República Chefe do Serviço Nacional de Informações Presidentes e Membros das Assembléias Legislativas dos Estados Governadores de Estado e Vice-Governadores Prefeitos Municipais Secretários de Estado Senadores Deputados Juizes do Trabalho, Juizes de Direito e Juizes Eleitorais Procurador Geral da República Embaixadores e Cônsules Generais e Marechais Forma de endereçamento: Excelentíssimo Senhor (Exmº. Sr) e Meritíssimo Senhor (MM) para juizes

2 – Vossa Senhoria ( V. S.ª ), emprega-se, no meio oficial para:

Funcionários graduados Organizações comerciais e industriais Particulares em geral Forma de endereçamento: Ilustríssimo Senhor (Ilmº. Sr.)

3 – Vossa Eminência ( V. Em.ª ), emprega-se, no meio oficial para: Cardeais Forma de endereçamento: Eminentíssimo Senhor ( Emm.º Sr. ) Vossa Excelência Reverendíssima ( V. Ex.ª. Rev.ma ), emprega-se, no meio oficial para: Arcebispos e Bispos Forma de endereçamento: Excelentíssimo Senhor ( Exm.º Sr. )

4 – Vossa Santidade ( V .S. ). emprega-se, no meio oficial para:

Papa Forma de endereçamento: Santíssimo Padre ou Beatíssimo Padre…

5 – Reverendo ( Rev.do.), emprega-se, no meio oficial para:

Sacerdotes Clérigos Religiosos Forma de endereçamento: Reverendo…

6-Vossa Magnificência, emprega-se, no meio oficial para: Reitores de Universidades Forma de endereçamento: Magnífico Reitor…

7 – Vossa Majestade ( V. M. ), emprega-se, no meio oficial para:

Imperadores Reis Rainhas Forma de endereçamento: A Sua Majestade, Rei ….(ou Rainha)

Vossa Alteza ( V. A.), emprega-se, no meio oficial para: Príncipes e Princesas

Forma de endereçamento: A Sua Alteza, Príncipe… (ou Princesa) O aluno que desejar, poderá encontrar mais detalhes e exemplos no MANUAL DE REDAÇÃO DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA (1991)

Em tempo:

1 – A fórmula por extenso é uma exigência somente para Presidente da República e Governador de Estado, mas pode ser estendida para as demais autoridades, pois com o advento do computador ficou mais fácil usá-la (já imaginaram quanto se gastava para datilografar ‘Vossa Excelência’ cada vez que esse tratamento aparecia no texto?). No entanto, o redator precisa ser coerente usando ou todas as formas abreviadas ou todas por extenso – inclusive “doutor” – desde o endereçamento.

2 – Concordância de gênero

Com as formas de tratamento, faz-se a concordância com o sexo das pessoas a que se referem:

Vossa Senhoria está sendo convidado (homem) a assistir ao III Seminário da FALE.
Vossa Excelência
será informada (mulher) a respeito das conclusões do III Seminário da FALE.

Fonte: www.colegiosaofrancisco.com.br/kplus.cosmo.com.br/www.cdb.br

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Topônimo

PUBLICIDADE Definição Topônimo é um nome derivado do nome de um lugar. Topônimo é o …

Estrofe

Estrofe

Estrofe é um conjunto de versos. E Verso é cada linha do poema. As estrofes são separadas por espaços ...

Redação no ENEM

Redação no Enem

A prova de redação exigirá de você a produção de um texto em prosa, do tipo dissertativo-argumentativo, sobre um tema ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

300-209 exam 70-461 exam hp0-s41 dumps 640-916 exam 200-125 dumps 200-105 dumps 100-105 dumps 210-260 dumps 300-101 dumps 300-206 dumps 400-201 dumps Professor Messer's CompTIA N10-006 exam Network+