Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Esportes / Downhill

Downhill

PUBLICIDADE

Downhill é uma modalidade do “Mountain Bike” onde se desce o mais rápido possível um trajeto.

Esses trajetos são bastante variados, muito íngremes e exigem muita técnica e conhecimento da modalidade, possuem muitos obstáculos como galhos, pedras soltas, buracos, raízes, pontes, etc.

São pistas extremamente rápidas, chegando a passar dos 90 km/h na bike.

Downhill
Downhill

Feitas em morros e montanhas, o desgaste físico é grande em função da concentração exigida, e geralmente, do grande esforço para chegar ao início do trajeto (tudo que desce, um dia subiu hehe).

Pela necessidade de peças muito boas e resistentes, as bicicletas usadas na prática do DH são caras, e pesam em média 20 kg.

Para que a descida não se torne suicídio, é preciso ter atenção a alguns ítens na bike:

Quadros: Devem aguentar impactos muito fortes, a probabilidade de queda é grande e o número de saltos e obstáculos são maiores ainda.
Suspensão:
O ideal é ter suspensão dianteira e traseira, com recuo mínimo de 180mm, as “pauladas” nos saltos e obstáculos são muito fortes e se a suspensão não for boa, você vai sentir o impacto e a chance de cair aumenta muito.
Freios:
Devem ser a disco com acionamento hidráulico, a pressão exercida sobre eles é alta demais e freios com cabos não são boas opções.
Pneus:
Diferem de acordo com o terreno, mas geralmente são largos e com boa aderência.
Cambio:
Não existe o câmbio dianteiro. No seu lugar é instalado uma guia de corrente, que tem a missão de manter a transmissão funcionando apesar de todas as trepidações que a pista transmite à bike (wikipédia)

Deve ser observada a geometria e a posição do quadro, para se adaptar ao terreno, ela é mais alta na frente e inclinada atrás, desse modo provavelmente você cai menos.

A segurança do atleta é muito importante também, são usados capacetes com proteão para o queixo e para o pescoço (aqueles parecidos com de moto), joelheiras e caneleiras em conjunto, cotoveleira, proteção nas costas e no peito e óculos (sim, voce fica parecendo um motoqueiro). Mas todos os itens são de extrema importancia dada a periculosidade do esporte.

Seguindo bem estas regras e treinando muito, você pode ter experiencias fantasticas com o DH, em suma, ele é adrenalina pura…

O que é

O Downhill é uma modalidade do BTT que consiste em descer o mais rápido possível um determinado percurso com diversas irregularidades ou obstáculos de uma dada montanha. É um desporto que permite estar em contato direto com a natureza e gozar da máxima adrenalina que uma descida vertiginosa proporciona.

Os trajetos têm a distância de aproximadamente 4 km e são efetuados em cima de uma Mountain Bike ou Bicicleta de Montanha que pode alcançar uma velocidade de 80 km/h.

Ao longo de uma prova de Downhill, o ciclista enfrenta uma série de obstáculos, naturais ou artificiais, desde curvas muito apertadas a rampas que são estrategicamente colocadas de forma a testar a velocidade de reação e capacidade de concentração de um rider.

As provas são realizadas individualmente e em duas mangas (cada downhiller desce duas vezes), das quais se apura o melhor tempo e, consequentemente, o vencedor.

Dentro do Downhill, o Downtown começa a ganhar forma e a ter cada vez mais popularidade, pois é uma adaptação para o asfalto das provas de Mountain Bike, é o considerado Downhill urbano.

Para que o sucesso deste desporto radical esteja assegurado e para que os riscos da sua prática sejam os menores possíveis, todos os praticantes devem adquirir a bicicleta que melhores condições oferece para a prática segura do Downhill.

História

É uma modalidade do Mountain Bike que significa: Descida de Montanha

É uma modalidade do Mountain Bike onde o ciclista passa por um percurso em descida com no máximo algumas poucas retas, precisando passar por terreno bastante irregular, natural ou artificial, com jumps (pontos de salto), gaps (vãos a serem transpostos com ou sem ajuda de rampa) e drops (grandes degraus onde o ciclista se deixa “cair” para transpor), enfrentando situações de bastante risco.

Atualmente não se pensa em praticar DH, principalmente em competições, sem uma bike com um quadro preparado para aguentar grandes impactos, com suspensões de no mínimo 170mm de curso tanto na roda traseira como na dianteira, freios a disco de acionamento hidráulico (fluído de freio, ao invés de cabos de aço) e pneus largos com compostos macios para maior aderência ao terreno.

Aliás, o desenho dos pneus difere conforme o terreno a ser utilizado, como terreno seco ou molhado/lama. Além disso, na bicicleta de DH não existe o câmbio dianteiro. No seu lugar é instalado uma guia de corrente, que tem a missão de manter a transmissão funcionando apesar de todas as trepidações que a pista transmite à bike.

Por ser uma modalidade extrema é necessário o uso de equipamentos proteção como capacete, coletes, joelheiras, luvas, cotoveleiras entre outros. Basicamente são os mesmos equipamentos de proteção usado no motocross.

Esse esporte é praticado em terrenos com declives muito acentuados e acidentados e as pistas têm em média 4000 a 5000 metros de comprimento, englobando todo tipo de obstáculo possível para dificultar e testar a habilidade e coragem do atleta.

Nos campeonatos, cada piloto lança-se morro a baixo com intervalo de um minuto entre um e outro, sagrando-se vencedor o que fizer o percurso no menor tempo. Para se ter uma idéia da velocidade no trajeto, uma pista de 4000 metros é vencida em 4 a 5 minutos em média, muito rápido se levado em conta as dificuldades apresentadas pelo terreno.

A competição de DH compreende somente descida, em trilhas com obstáculos naturais e artificiais (a UCI exige que os obstáculos naturais sejam grande maioria) com a distância mínima de 1,5km e de no máximo 3km. O tempo mínimo de prova para cada atleta precisa ser de no mínimo 2:30 e no máximo 6 minutos, muito rápido se levado em conta as dificuldades apresentadas pelo terreno.

Os competidores saem um a um com intervalo pré-definido pela organização (que geralmente opta por um minuto) e tem o seu tempo cronometrado. É uma competição Contra o Relógio, na qual o vencedor é o atleta que percorreu o percurso no menor tempo, caracterizando um esporte de muita explosão e grande habilidade técnica.

A Bicicleta de Downhill exige o maior desenvolvimento tecnológico dentre todas as modalidades do ciclismo e este é um dos responsáveis pelo fascínio que este esporte causa nas pessoas.

Hoje em dia estuda-se a geometria do quadro, materias e ligas mais leves e resistentes, controle de curso de suspensões através de ar ou óleo, freios de acionamento hidráulico com regulagens de modulação(freio mais progressivo ou mais “estanque”), etc.

Neste assunto, para o Downhill não existem limites, pois se compararmos uma bicicleta de 5 anos atrás com as atuais veremos grandes diferenças. Se aumentarmos esse intervalo, não seremos capazes de associar uma bike de 10 anos atrás com as de hoje. Assim sendo, não se tem idéia de como será o design e quais as tecnologias serão empregadas nestas verdadeiras máquinas daqui a 5 anos.

Downhill – Mountain Bike

Downhill (‘descida de montanha’, traduzindo para o português), é uma modalidade do Mountain Bike nascida na Califórnia na segunda metade da década de 70. Ciclistas hippies da época, cansados do uso da bicicleta somente no asfalto, se encontravam nas montanhas de Marin County, perto de San Francisco, Califórnia, para despencar montanha abaixo.

Para isso eles utilizavam bikes tipo cruiser (muitas delas da marca Schwinn) e as adaptavam para o uso fora de estrada, utilizando pneus mais largos e freios mais potentes.

Entre estes pioneiros do MTB estavam nomes como Gary Fischer, Tom Ritchey, Joe Breeze, Charlie Kelly entre outros. Hoje em dia, todos eles são empresários da indústria do Mountain Bike. O DH foi então a primeira modalidade do MTB a ser praticada.

O Downhill

Uma das modalidades mais emocionantes do Mountain Bike, o downhill (descida de morro em inglês) ainda tem pouco espaço no cenário nacional.

A categoria consiste em um percurso em declive, entre 1,5 e 3 quilômetros geralmente em asfalto, com trechos de pista estreita, largas, caminhos entre florestas, estradas com cascalho, entre outros.

Downhill
Downhill

O tempo de descida deve ficar entre 2 e 5 minutos. A modalidade surgiu na Califórnia, Estados Unidos, em meados dos anos 70, quando os ciclistas hippies desciam as montanhas de Marin Conty (nas proximidades de São Francisco) sobre suas bikes. Apenas no ano de 2000, o Downhill apareceu em uma área urbana, em Portugal.

No Brasil, uma das competições que marcam o calendário nacional é a Descida das Escadas de Santos, no Monte Serrat, no litoral paulistano. Com uso de muita técnica em trechos de média e alta dificuldade, os atletas descem 417 degraus, totalizando 650 metro de extensão.

Qualquer erro em uma prova de downhill pode causar sérias contusões e para isso, a Confederação Brasileira de Ciclismo, em seu regulamento, exige o uso do capacete.

A recomendação (não-obrigatório) é para os competidores utilizarem proteção dorsal, joelheira, cotoveleira, enchimento em canelas e coxas, bota de cano longo, camisetas de manga comprida e luvas.

A técnica e o preparo dos atletas é um fator primordial para a prática do downhill, assim como a preparação da bicicleta para a competição, que deve possuir dois amortecedores (dianteiro e traseiro), pneus com calibragem a mais do que o necessário e alguns optam por utilizar freio a disco.

Outras variantes das descidas de bike são o Dual Slalom, com percurso semelhante ao downhill, mas cada competidor em sua pista, feita paralela uma a outra. Já o Dual, os atletas, em corridas eliminatórias, disputam lado a lado a mesma trilha, sem divisões.

Uphill – Ao contrário do downhill, o Uphill consiste em uma prova que possua mais de 80% do percurso feito em subidas íngremes. Em uma competição, as disputas podem ser em grupo ou com tomada individual de tempo.

Downhill
Pistas de Downhill

Dicas básicas para começar no downhill

Antes de despencar morro abaixo, veja as dicas do campeão Markolf Berchtold para quem está começando a praticar essa modalidade.

Use sempre o capacete e todo o equipamento de proteção (roupa adequada, joelheiras, luvas).

É muito importante, para um piloto de downhill, treinar downhill. Parece óbvio, mas é descendo, e descendo, e treinando e treinando sempre, que se melhora a técnica.

Não treine downhill sozinho. Em especial em descidas técnicas, rápidas e difíceis. O perigo existe e, se algo acontecer e você estiver sozinho, as coisas podem se complicar.

Examine e analise cuidadosamente a pé as descidas que você ainda não conhece. Vale a pena gastar tempo estudando os trechos mais técnicos antes de despencar com a bike. Na hora da descida tudo acontece muito rápido. Você deve se manter relaxado, sem estar ansioso.

O corpo deve ficar bem flexionado amortecendo os choques. Segure firme, mas não enrijeça o corpo e deixe a bike trabalhar sob seu corpo. Esse é um grande segredo.

Seu campo de visão em alta velocidade deve ser um pouco à frente da trilha, uns 10 ou 20 metros, às vezes até mais que isso. Quanto antes você identificar os obstáculos melhor, mas sem se descuidar do obstáculo que você está passando. Ao passar por trechos mais técnicos da descida, olhe poucos metros à frente da roda. Nas freadas alivie o corpo e se jogue para trás para não arrastar a roda.

O downhill exige muito condicionamento físico! As pernas sofrem muito, e também as mãos, os pulsos, braços e o pescoço. Procure fortalecer estes grupos musculares com exercícios com peso.

Dedique 50% de seus treinos ao cross country, para ganhar condicionamento físico e para fortalecer as pernas. Muitos circuitos de downhill têm trechos de “pernada”.Outra boa opção é treinar bicicross para melhorar a arrancada e suas técnicas de salto.

Fonte: www.esportesradicais.org/xrides/

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Arremesso de Peso

Arremesso de Peso

PUBLICIDADE O arremesso de peso é uma prova de atletismo moderno. A pessoa impulsiona uma …

História das Olimpíadas

História das Olimpíadas

Os Jogos Olímpicos começaram em 776 a.C. em Olímpia, na Grécia antiga, e duraram por mais de mil anos.

Rivellino

Rivellino

Rivellino, Roberto, Jogador, Futebol, Clubes, Títulos, Seleção Brasileira, Gols, Faltas, Cobrador de Faltas, Corinthians, Vida, Carreira, Rivellino

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

300-209 exam 70-461 exam hp0-s41 dumps 640-916 exam 200-125 dumps 200-105 dumps 100-105 dumps 210-260 dumps 300-101 dumps 300-206 dumps 400-201 dumps Professor Messer's CompTIA N10-006 exam Network+