Breaking News
Home / Esportes / Minigolfe

Minigolfe

PUBLICIDADE

Minigolfe
Minigolfe

História

O Minigolfe surgiu com a necessidade de expandir o golfe a mais pessoas, e tornar este desporto mais barato. Assim, inicialmente começou por existir o chamado “clock-golf”, em que eram colocadas calhas de madeira, formando um relógio de modo a poderem estar doze jogadores a praticarem no green ao mesmo tempo. Progressivamente foram incluídos obstáculos dentro dessas calhas para tornar mais atrativo o treino.

Passou-se então a outra fase em que se começou a construir campos de Minigolfe, nos anos 30, com calhas de madeira com obstáculos, colocadas sobre relva.

Durante os anos 40 surgiram então vários campos de Minigolf, alguns já feitos em “eternit” ( material usado atualmente como superfície de cada pista ) mas todos com desenhos de obstáculos diferentes.

É então em 1951, que o Sr. Paul Bongni, normalizou os campos de Minigolf, especificando 24 pistas standard, das quais se escolhe 18 pistas para formar um campo de Minigolf. A partir dai a modalidade de Minigolf conheceu um novo desenvolvimento com a implantação de cada vez mais campos, especialmente na Alemanha, Suiça e países nórdicos, bem como o aparecimento da Federação Internacional de Minigolf e vários Torneios Nacionais e Internacionais.

Hoje, o Minigolf já se pratica também na Ásia, nomeadamente na China, Taiwan e Singapura, bem como nalguns locais dos EUA. A nível de competições internacionais realizam-se Campeonatos da Europa, do Mundo, Europa Cup ( para clubes campeões nacionais ) e Nations Cup.

Equipamento

2.1. Tipos de Campos

Existem atualmente três variantes de Minigolfe, aprovadas pela Federação Internacional para se disputarem Torneios.

A saber:

Minigolf
Petergolf
Alcatifa

O Minigolf tem 24 pistas das quais se escolhem 18, para formar um campo. Cada pista tem 6, 25 m de comprimento por 90 cm de largura, sendo o círculo de 1,2 m.

O Petergolf tem 18 pistas obrigatórias no seu desenho e colocação sequencial num local onde se queira praticar esta modalidade. Cada pista tem 12 m de comprimento, 1,25 m de largura, sendo o círculo de 2,5 m, excepto a pista 7 que pode ter entre 20 a 25 m.

A Alcatifa tem 32 pistas das quais se escolhem 18, para formar um campo num local onde se queira praticar esta modalidade. Cada pista pode variar entre os 8 e 12 m.

As bolas

As bolas de Minigolf são fabricadas em plástico PVC ou borracha artificial, tendo a chamada “casca” com um verniz especial.

Ao contrário do golf em que se joga com uma bola e vários tacos, no Minigolf, joga-se com várias bolas e um só taco ( o Putter ).

As bolas são em geral aprovadas pela Federação Internacional e têm diâmetros entre 37 a 43 mm.

Para além disso possuem as seguintes características:

Dureza
Salto
Peso

As bolas têm de ter estas características diferenciadas entre elas, para poderem ser utilizadas em pistas diferentes.

Assim uma bola chamada “morta”, tem uma dureza elevada, peso médio, salta pouco e é recomendada para o obstáculo Vulcão.

Ao contrário uma bola que “salte”, tem peso médio, salta muito, a dureza é média e é recomendada para o obstáculo Raio.

As bolas têm também comportamentos diferentes conforme a temperatura e o estado do tempo.

Assim em tempo frio deve-se aquecer as bolas no bolso e usar bolas que saltem mais. No calor deve-se arrefecer as bolas com gelo ou jogar com bolas que saltem pouco.

O Taco

O taco de Minigolfe é semelhante ao Putter do golf, com a diferença que se coloca uma borracha na “cabeça” do taco. Para quê ? Para permitir um melhor controle de tacada e dar mais precisão.

A borracha é também de extrema importância para o controle da força e dos efeitos. É por isso que alguns tacos ( nomeadamente o taco 3 D ) possui vários tipos de borracha, com diferentes graus de dureza, para serem utilizadas em pistas diferentes.

Equipamento Desportivo

Na maior parte das competições federativas é obrigatório o uso de equipamento desportivo que identifique o clube que o jogador represente, bem como é obrigatório o uso de sapatos de ténis.

É claro que de Verão se deve usar roupas mais leves, nomeadamente T-shirt do clube e boné, e no Inverno capa para a chuva.

A Técnica no Minigolf

A primeira coisa que se deve dizer é que não existem dois jogadores com técnicas de jogo iguais. Cada jogador deve procurar usar a técnica que se melhor se adapte à sua constituição física e personalidade.

No entanto convém reter alguns pormenores importantes. Um deles é a maneira de segurar no taco.

As maneiras mais corretas são as apresentadas na figura 1 e 2:

Minigolfe

Minigolfe

O segundo aspecto importante é a posição dos pés em relação ao taco e ao corpo do jogador. O taco deve ficar posicionado no meio das pernas, devendo os pés estarem afastados ligeiramente. Sempre que se queira apontar para uma determinada posição, o corpo deve ter sempre esta posição base.

O terceiro aspecto importante é a posição do taco em relação à pista.

Nas figuras seguintes:

Minigolfe

A primeira figura é a única que mostra a forma correta de posicionar o taco numa pista de Minigolfe.

O quarto aspecto importante é a tacada. A tacada deve ser dada como se tratasse de um pêndulo dum relógio antigo. Isto significa que o taco deve ser puxado atrás e vir tacar na bola formando uma linha reta, sem os chamados “tremeliques”. Associado a isto está a necessidade de o taco formar um ângulo de 90 graus com a linha de tacada. Quanto à tacada é fundamental que se treine a mesma com vários tipos de força e de colocação da bola num local específico.

As Regras no Minigolf

O objetivo do Minigolfe é realizar o menor número de tacadas possíveis num circuito de 18 pistas standard;
Em cada pista o número máximo de tacadas é de 6. Se à 6ª tacada a bola não entrar no buraco, marca-se 7;
Os obstáculos sem risco vermelho de passagem obrigatória, devem ser sempre ser jogados de início, caso a bola não entre numa das tacadas;
Cada jogador só pode jogar com uma bola numa pista. Caso a bola se perca e não seja achada no prazo de 5 min, ou seja danificada na jogada, a mesma pode ser substituída por outra.
O jogador-apontador é obrigado a observar cuidadosamente o jogador cuja pontuação marca;
Só uma equipa é que pode aguardar em cada pista;
Em caso de dúvidas acerca da interpretação dos regulamentos e regras deverá ser logo chamado um árbitro ( em Torneios Federativos ). Não são permitidas discussões entre os jogadores;
Durante um Torneio não são permitidas tacadas de treino nas pistas; • Não são permitidas marcações nas pistas, nem o uso de miras ou outros auxiliares nos tacos;
Deve ser conservado a distância mínima de um metro em relação à pista. Isto aplica-se quer aos jogadores quer a sacos de bolas ou outros objetos;
É proibido fumar, o uso de telemóvel, a posse de drogas ou álcool durante os Torneios;
A pontuação de cada jogador é feita por um outro jogador ( denominado apontador) ou ainda por um apontador nomeado pelo Júri do Torneio. Em equipas de mais de 2 jogadores, o último jogador marca a pontuação do 1º, o 1º do 2º e por aí a fora;
A pontuação antes de ser marcada no protocolo deve ser anunciada ao jogador;
No final de cada volta cada jogador deverá verificar a sua pontuação, aquela do jogador a quem marca e assinar o protocolo;

Penalidades:

Os membros do júri podem impor penalidades para os jogadores e treinadores, de acordo com o seguinte:

1. Advertência (A)
2. Advertência e 1 ponto de penalização (A+1)
3. Repreensão e 2 pontos de penalização (B+2)
4. Desqualificação e 5 pontos de penalização (D+5)

A marcação da pontuação em cada volta é feita da seguinte forma :

No Miniaturgolf:

18 – 19 – marca-se a pontuação na cor azul
20 – 24 – marca-se a pontuação na cor verde
25 –29 – marca-se a pontuação na cor vermelha
30 ou + – marca-se a pontuação na cor preta

No Minigolfe ( Petergolfe ):

18 – 24 – marca-se a pontuação na cor azul
25 – 29 – marca-se a pontuação na cor verde
30 –35 – marca-se a pontuação na cor vermelha
36 ou + – marca- se a pontuação na cor preta

Na Alcatifa:

18 – 29 – marca-se a pontuação na cor azul
30 – 35 – marca-se a pontuação na cor verde
36 –39 – marca-se a pontuação na cor vermelha
40 ou mais marca-se a pontuação na cor preta

Outras informações

Sempre que uma pessoa deseje praticar Minigolfe com regularidade, deve dirigir-se a um Clube que tenha este tipo de modalidade, e se possível fazer o seguinte:

Inscrever-se numa Escola de Minigolfe desse clube
Perguntar na sua Escola se o Minigolfe faz parte do desporto escolar.
Comprar material adequado para a modalidade, recorrendo sempre que possível à colaboração de jogadores com alguma experiência, que sabem quais são os melhores tacos e bolas a adquirir.

O Minigolfe tal como outras modalidades desportivas obedece a normas internacionais standard. Sendo assim existe a World MinigolfSport Federation (WMF), que publica um Handbook (Regulamento Técnico) a ser seguido por todos os atletas e clubes de Minigolfe.

Jogo

Com a diminuição dos espaços nas grandes cidades, vários esportes praticados ao ar livre tiveram que buscar alternativas para atender aos aficionados, sem perder suas características essenciais. Assim o futebol criou o futebol de salão (futsal); do tênis veio o tênis de mesa; o golfe criou o mini golfe e assim por diante.

A prática do mini golfe surgiu nos Estados Unidos no início do século 20, a partir de uma simples brincadeira entre amigos, pelos “greens” dos campos de golfe oficiais. Com o passar dos anos consagrou-se como uma das grandes paixões de crianças, adolescentes e adultos em várias partes do mundo. Hoje em dia, nos EUA e em diversos países da Europa, o mini golfe é tratado como atividade que mobiliza milhões de pessoas nos seus milhares de campos, onde são disputados campeonatos nacionais e mundiais.

Como Jogar

O campo oficial de mini golfe possui 18 buracos (como o esporte de origem), mas existem estabelecimentos menores ou maiores, com 9, 12 e até mesmo 21 buracos – tudo dependendo da disponibilidade de espaço do empreendedor. Os buracos possuem extensão aproximada de 7 metros por uma largura de 1 metro sendo que cada um tem sua particularidade. Alguns possuem obstáculos, outros alguma armadilha, e por fim, existem também os mais simples, que são lisos e retos. Cada buraco tem o seu “par” (que é o número de tacadas tido como ideal). O objetivo é, a partir de um ponto inicial, “embocar” a bola no buraco com o menor número de tacadas. Você pode ficar acima, abaixo ou no “par” do campo. O circuito deverá ser completo e ao final da volta, o participante que obtiver o menor número de tacadas será o vencedor. Cada partida em um campo com 18 buracos, dura em média entre 40 minutos e 1 hora.

Esporte e Lazer Para Todas as Idades

O mini golfe é jogado em um campo com dimensões bastante reduzidas quando comparadas às do campo do esporte mãe. Enquanto em um campo oficial de golfe um participante leva em média 3 horas para completar a partida e percorrer mais de 7 quilômetros andando, no mini golfe este participante irá caminhar por apenas uns 200 metros. Por este motivo, ele vem sendo adotado por pessoas de diferentes idades e níveis de condicionamento físico. Isso sem falar que basta você treinar em apenas um ou dois buracos para já estar apto a participar. Os buracos são variados, e enquanto em alguns o participante precisa de alguma técnica, em outros a sorte é que vai determinar o sucesso. Com estas vantagens, o mini golfe acaba se tornando um esporte e uma diversão para toda a família.

Os momentos felizes vividos com a família ficam para sempre na lembrança. Não é raro encontrar pelos campos espalhados pelo mundo pais jogando com seus filhos e até mesmo alguns avôs e avós participando da brincadeira. É uma das poucas atividades saudáveis onde toda a família pode se divertir junta. Quem ainda não jogou golfe, com certeza não pode perder esta oportunidade.

Aspecto Social

O golfe no Brasil ainda é um esporte de elite. Para se ter idéia, em uma cidade como o Rio de Janeiro, onde moram aproximadamente 9 milhões de pessoas, só existem 3 campos oficiais de golfe e, assim mesmo, são em clubes privados. Se formos ver no estado do Rio de Janeiro, encontramos talvez mais uma outra dúzia de campos, sendo que em sua esmagadora maioria privados.

Versátil como ele é, para alguns o mini golfe é um esporte, enquanto para outros, é uma divertida opção de lazer. Por não ter distinção de classe, idade, nem habilidade, o mini golfe possui um caráter social extremamente marcante.

Atualmente milhares de pessoas praticam o mini golfe pelos campos espalhados mundo afora. São pessoas que encontraram no mini golfe uma opção divertida e barata de lazer onde podem exercitar o corpo e a mente. Além disso, o mini golfe é um excelente local para se fazer novas amizades. Nada se compara à emoção de fazer um “hole-in-one” (embocar a bola de primeira) e depois relembrar os lances do jogo com os amigos. Nas mesas de bar, após as partidas, novas amizades surgem e as antigas se tornam mais sólidas.

Nos tempos atuais, poucas coisas são tão importantes quanto ter amigos e conhecer novas pessoas. Horizontes se abrem e todos saem ganhando.

O Minigolfe

Minigolfe é um esporte muito conhecido, mas pouco cultuado no Brasil, isso porque faltavam lugares para praticar. É muito utilizado em parques, boliches, casas de festas, shopping centers, lojas especializadas e condomínios. As pistas foram desenvolvidas para permitir diversos tipos de utilizações em ambientes variados e atende ao público de qualquer idade. Versátil, econômico, durável e interativo, estas são algumas de muitas qualidades encontradas nas pistas de minigolfe. Mais que um esporte, é uma forma de relaxar e se divertir. Se você quer brincar e dar tacadas, então seu lugar é no Tiger Golf. São 9 pistas diferentes para treinar o Tiger Woods dentro de você! Esperamos você, seus amigos e sua família para momentos únicos de muita diversão.

Originalmente surgido nos Estados Unidos no início do século XX o minigolfe é hoje praticado em muitos países da Europa e América do Norte, sendo em muitos lugares extremamente popular, pois é um dos poucos esportes que toda família pode praticar em um mesmo tempo e local. Não é raro nos Estados Unidos atualmente encontrarmos famílias inteiras desfrutando de uma partida de minigolfe.

Campo

Minigolfe

O campo oficial de minigolfe possui 18 buracos,mas existem atualmente pistas com 9, 12 ou até mesmo 21 buracos. Os buracos normalmente possuem extensão de 7 metros por uma largura de 1 metro. Alguns possuem armadilhas e outros obstáculos que variam conforme o andamento da partida, existem também os buracos mais simples, que são lisos e retos.

GOLF

A palavra golfe provém do inglês golf que, por sua vez, vem do alemão kolb, que significa taco.A origem desse esporte tem várias versões. Uma das mais prováveis é que os escoceses o tenham criado por volta de 1.400. Já em 1457, o parlamento escocês, por ordem do rei James II, proibia a prática do golfe por considerá-lo um divertimento que afetava os interesses do país, devido à dedicação e ao tempo que o esporte exigia. Outras origens são conhecidas, desde o jogo romano chamado paganica, praticado nos séculos XVII e XVIII, em que se utilizava uma bola de couro e uma vara curva. Há ainda os que acreditam que o golfe saiu do jeu de mail, antigo jogo francês que se assemelha ao golfe, mas é praticado em espaços fechados. As regras do golfe, tal qual são conhecidas hoje, foram definidas no século XVIII, no ano de 1744, na cidade de Edimburgo, na Escócia.

O jogo consiste em sair de um local determinado, em campo aberto, e embocar a bola no menor número de tacadas possível, em buracos estrategicamente colocados em distâncias variadas. O jogo normalmente é disputado em percurso de 18 buracos e, numa competição, quem totalizar o menor número de tacadas ao término dos 18 buracos é o campeão.

A origem

O Minigolfe é uma versão miniatura do esporte conhecido como golfe onde, ao invés de utilizar um grande campo para jogar, é necessário um espaço bem menor. O termo “Minigolfe” antigamente era uma marca registrada de uma empresa sueca, que construiu o seu próprio tipo patenteado de cursos de minigolfe.

Quando o golfe surgiu, muitas mulheres se interessaram pelo esporte, mas a normas sociais conservadoras consideravam inaceitável que mulheres se apresentassem publicamente fazendo os movimentos violentos que exigem uma tacada de golfe. Portanto, um pequeno campo com 18 buracos foi construído para as mulheres, esse foi aparentemente o primeiro “campo de golfe em miniatura” do mundo.

Algumas décadas mais tarde, tornou-se habitual para muitos americanos e britânicos, hotéis que ofereciam aos seus hóspedes um campo de golfe em miniatura, usando os mesmos projetos dos campos de golfe real, mas a um décimo da escala. O jogo era jogado com um taco mais curto.

O Surgimento do Minigolfe na Europa

Um dos primeiros campos de minigolfe documentados na Europa continental foi construído em 1926, pelo Padre Schröder, em Hamburgo, Alemanha. O padre tinha sido inspirado por sua visita aos Estados Unidos, onde ele havia visto diversos campos de minigolfe espalhando por todo o país.

Em 1930 os suíços Edwin O. Norrman e Eskil Norman voltaram para a Suécia depois de terem passado vários anos nos Estados Unidos, e haviam conhecido o esporte durante o boom do minigolfe americano.

Em 1931, eles fundaram a empresa “och Norman Norrmans Miniatyrgolf”, e começaram a oferecer campos de minigolfe para os suecos. Durante os anos seguintes eles espalharam essa nova atividade de lazer em toda a Suécia, através da instalação de campos de mini-golfe em parques públicos e outros locais adequados.

O Minigolfe Pelo Mundo

O Minigolfe até agora não atingiu uma popularidade tão grande em outros países da mesma forma que é popular na Europa e América do Norte. A razão provavelmente é econômica, pelo menos até certo ponto, os países menos ricos investem seus recursos limitados em esportes que chamem mais a atenção do público e tenha grande cobertura da mídia, deixando os esportes menos populares, com pouco ou nenhum financiamento.

Trata-se de um dos jogos mais populares jogados ao ar livre na Europa e na América, no entanto, é apenas uma atividade de lazer ocasional, e não um esporte competitivo.

Em 1950, a empresa americana Putt-Putt exportou seus campos de minigolfe para África do Sul, Austrália, Japão, Índia, Itália, Paquistão, Argentina e Brasil. Os campos de minigolfe são encontrados em praticamente todas as partes do mundo, mas sua popularidade é maior nos Estados Unidos, Reino Unido, Nova Zelândia, Escandinávia e Europa Central.

Minigolfe

As Regras do Minigolfe

O Minigolfe é um jogo divertido que pode ser apreciado por famílias, casais e amigos. Qualquer número de jogadores pode jogar ao mesmo tempo, mas é melhor que não seja um número superior a quatro ou cinco jogadores em cada grupo.

É geralmente apreciado por aqueles que procuram entretenimento para distração, mas é também a sério como um esporte competitivo em uma variedade de ligas profissionais. Em todo o mundo, você vai encontrar famílias, adolescentes e casais, bem como especialistas em jogar este jogo.

O jogo não exige muitos acessórios dos indivíduos, além do campo, as únicas peças de equipamento que os jogadores precisam é de um taco e de uma bola de golfe. Cada campo tem variações únicas de modo que cada buraco é diferente. De acordo com a World Minigolf Federation Sport, os obstáculos do campo devem ser fixados para o fim do jogo. Eles não podem impedir totalmente uma jogada. golfe.tur.br

Objetivo do Jogo

Os campos de minigolfe têm 18 faixas marcadas que são numeradas. Os jogadores devem completar cada buraco no número de ordem, sem pular nenhum deles.

De acordo com as regras do jogo, usando seu taco, os jogadores devem jogar a bola de golfe da área do tee e em linha reta em direção ao buraco.

O objetivo é acertas a bola em cada buraco do campo com o menor número de golpes possível. A contagem de cada tentativa de acertar a bola no buraco vale um ponto. Se, depois de seis tacadas, a bola não tiver atingido o buraco, mais um ponto é adicionado ao total. Um jogador não pode totalizar mais de sete pontos em qualquer buraco. O jogador com o menor número de tacadas ao final da rodada ganha.

As Tacadas

Segundo o World Minigolf Federation Sport, antes de cada tacada a bola deve ser segurada pelo jogador usando as duas mãos. Assim que ele posiciona a bola no local correto, significa que eles está pronto para o início do jogo.

As tacadas serão contadas a partir desse ponto. Se na tentativa de um jogador, a bola não ultrapassar a linha vermelha ou a fronteira, os jogadores devem jogar novamente a partir da área do tee. Se a tacada não ultrapassar a linha de fronteira e depois ir para fora do campo, o jogador terá uma penalização de uma jogada e ele vai começar com o terceiro tiro, no local onde a bola saiu dos limites. Golfe.tur.br

O minigolfe é um jogo com regras bastante simples e por isso é tão apreciado por pessoas de todo o mundo. Além disso, não exige muito esforço dos jogadores, o que o torna uma excelente opção de lazer para os finais de semana.

Como Jogar Minigolfe

No jogo de minigolfe existem algumas metas a serem cumpridas, como: Colocar a bola no buraco com o mínimo de pancadas possível. Para ganhar, você deve ter o menor número de tentativas; Um dos objetivos mais importantes do golfe em miniatura é desfrutar do jogo e se divertir! É uma ótima maneira para que as famílias possam se divertir juntos!

Posicionar o taco corretamente é uma das partes mais importantes na hora de jogar golfe em miniatura. Você deve segurar o taco pela alça, isto significa que a extremidade plana deve estar apontada para o chão. Em outras palavras, o taco parece uma letra L, e você deve segurá-lo de forma que ele fique na mesma posição da letra.

Se você é destro, então você colocará a mão esquerda em direção ao topo da alça. Se você é canhoto, você coloca sua mão direita em direção ao topo da alça. Você coloca a outra mão na parte inferior para dar mais firmeza, isso ajudará você a jogar a bola na direção certa.

Dicas Para Acertar o Buraco

Primeiro você deve colocar a bola no chão a certa distância do buraco. Então você segura o seu taco de forma que a parte plana fique virada para a bola. Quanto mais você balançar o taco mais longe a bola irá. Isto significa que um balanço menor vai fazer a bola percorrer uma distância pequena. Ao praticar você será capaz de perceber se, para atingir a distância necessária, será necessário um balanço mais ou menos intenso do taco.

Para acertar a bola no buraco, você deve alinhá-la. Se o buraco está em torno de uma curva, então você tem que bater para fora da parede. Se jogar com duas ou mais pessoas, você pode jogar de duas maneiras. A maneira usual é que depois de todos terem tido a primeira tacada, a pessoa que toca a bola primeiro é aquele cuja bola está mais distante do buraco. Golfe.tur.br Se você estiver jogando apenas por diversão, porém, você pode simplesmente jogar na ordem que foi determinada no início do jogo. golfe.tur.br

A Marcação de Pontos

Quando você vai a um campo de minigolfe, você recebe o seu taco e uma bola, que normalmente são dados juntamente com uma folha para marcar a pontuação e um lápis. Ela terá um número de buracos de nove a dezoito, dependendo do tipo de jogo que você está jogando.

Depois de estar tudo pronto, escreva o número de vezes que você bate na bola para que ela chegue até o buraco. Normalmente, se houver dois ou mais jogadores, a pessoa que bater a bola menos vezes no buraco anterior vai jogar a primeira vez no próximo buraco.

Algumas Regras de Minigolfe

1. É proibido andar sobre as pistas. Nos sistemas de minigolf e feltgolf pode-se entrar na pista apenas quando estritamente necessário.
2.
A bola é jogada com o taco desde o ponto de partida até ao buraco com o menor número de tentativas, cada jogador tem o máximo de 6 tentativas por pista.
3.
Cada tentativa marca 1 ponto, a pontuação deve ser registada na ficha de jogo.
4.
Se à 6ª tentativa não colocar a bola no buraco marca 7 pontos e passa à pista seguinte.
5.
A bola deve passar a linha limite (linha vermelha) numa só tentativa, se esta linha não for ultrapassada volta a jogar do ponto de partida. Depois de passar a linha limite continua a jogar até atingir o buraco. Todas as tentativas contam para a pontuação (máximo 6 tentativas por pista).
6.
As pistas que não apresentam linha limite (linha vermelha) são jogadas sempre do retângulo de saída até atingir o buraco no máximo de 6 tentativas.
7.
Quando a bola sai da pista: se ultrapassou a linha limite (linha vermelha), é colocada dentro da pista no local onde saiu; se não ultrapassou a linha limite (linha vermelha) volta ao ponto de partida.
8.
Sempre que a bola pára entre as linhas de afastamento (linha preta) e a tabela, posiciona-se a bola no ponto mais próximo da linha de afastamento (linha preta).
9.
As pistas jogam-se pela respectiva ordem e o jogador ou grupo de jogadores devem ocupar sempre o seu lugar durante todo o percurso.

Fonte: www.mcportugal.com/www.golfe.tur.br/www.fp-minigolfe.com

Veja também

Nilton Santos

Nilton Santos, Jogador, Futebol, Vida, Clubes, Títulos, Nascimento, Seleção Brasileira, Titular, Carreira, Nilton Santos

Gilmar

Gilmar, Futebol, Jogador, Títulos, Goleiro, História, Clubes, Gols, Seleção Brasileira, Atuação, Mundial, Jogos, Carreira, Gilmar

Leônidas

Leônidas, Jogador, Futebol, Clubes, Títulos, Biografia, Capitão, Ídolo, Diamante Negro, Treinador, Vida, Carreira, Leônidas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.