Breaking News
Home / Esportes / Garrincha

Garrincha

PUBLICIDADE

 

Garrincha

Nome completo: Manoel dos Santos

Nascimento: Majé-RJ, 8/10/1933

Morte: 20/01/1983, no Rio de Janeiro.

Clubes onde jogou

Botafogo
Corinthians
Portuguesa-RJ
Flamengo
Olaria-RJ
Milionários-COL
Atlético Junior-COL

Títulos

Campeão Carioca (1957, 1961 e 1962)
Campeão do Torneio Rio-São Paulo (1962, 1964 e 1966)
Campeão Mundial (1958 e 1962) pela seleção brasileira.
Jogos pela seleção brasileira: 60
Gols pela seleção brasileira: 17

Garrincha marcou seu nome na história do futebol mundial com o apelido de “alegria do povo”. Foi o legítimo representante do futebol-arte brasileiro.

Seu principal feito foi ter conquistado a Copa do Mundo de 1962, praticamente sozinho, depois que Pelé se machucou na segunda rodada da competição.

Mesmo com uma diferença de 6 cm que separava seus joelhos (a perna esquerda era arqueada para fora), sempre levava vantagem sobre o marcador.

Sua jogada característica era o drible desconcertante para a direita, o arranque e o cruzamento para a área.

Fez parte do melhor time do Botafogo de todos os tempos, que contava com Zagallo, Didi, Amarildo, Garrincha e seu compadre Nilton Santos, e dos melhores anos da seleção brasileira.

Garrincha ganhou o apelido quando ainda era criança, em Pau de Grande, distrito de Magé, no Rio de Janeiro. Garrincha era o nome de um pássaro de cauda vermelha, que ele costumava caçar. Começou a jogar aos 14 anos, no Esporte Clube Pau Grande. Mais tarde foi levado por Arati, um ex-jogador, para o Botafogo.

No clube da estrela solitária, Garrincha viveu seus anos de glória. Foi Campeão Carioca em 1957 e bi em 1961 e 1962. Pelo clube, marcou 242 gols em 613 jogos entre os anos de 1953 e 1965.

No final da carreira, com o preparo físico debilitado, chegou a defender o Corinthians, onde, aos 33 anos, conquistou o Torneio Rio-São Paulo de 1966 (jogou apenas 13 vezes pela equipe paulista) e o Flamengo, além de equipes menores do futebol brasileiro e colombiano.

Indisciplinado, não foram poucas as vezes que esquentou o banco na seleção brasileira. Apesar da pouca cultura fora de campo, era um gênio dentro dele. Sagrou-se Campeão Mundial com a seleção brasileira em 1958, na Suécia, e no Chile, em 1962, quando, na ausência de Pelé, foi eleito o melhor jogador da Copa.

Garrincha morreu no Rio de Janeiro, no dia 20 de janeiro de 1983, vítima de um edema pulmonar. O velório foi realizado no estádio do Maracanã, onde deu verdadeiros espetáculos, e foi acompanhado por milhares de fãs.

Fonte: futebol.bol.com.br

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Arremesso de Peso

Arremesso de Peso

PUBLICIDADE O arremesso de peso é uma prova de atletismo moderno. A pessoa impulsiona uma …

História das Olimpíadas

História das Olimpíadas

Os Jogos Olímpicos começaram em 776 a.C. em Olímpia, na Grécia antiga, e duraram por mais de mil anos.

Rivellino

Rivellino

Rivellino, Roberto, Jogador, Futebol, Clubes, Títulos, Seleção Brasileira, Gols, Faltas, Cobrador de Faltas, Corinthians, Vida, Carreira, Rivellino

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.