Breaking News
Home / Esportes / Tênis em Cadeira de Rodas

Tênis em Cadeira de Rodas

História

PUBLICIDADE

O Tênis em Cadeira de Rodas segue as mesmas regras do tênis, usa o mesmo tamanho de quadra e a mesma altura da rede.

A única alteração às regras é que o tênis de cadeira de rodas permite a regra de dois rejeição.

O Tênis em Cadeira de Rodas é regido pela Federação Internacional de Tênis (ITF)

Criado nos EUA na década de 1970, o tênis em cadeira de rodas apareceu pela primeira vez nos Jogos Paralímpicos em Barcelona em 1992.

O jogo segue as regras do tênis convencional e a única diferença é que a bola pode quicar duas vezes, a primeira tendo que ser nos limites da quadra.

Os atletas devem ter perda substancial ou total do movimento de uma ou duas pernas.

Existe também a categoria QUAD, na qual os jogadores têm três ou mais membros afetados.

Os eventos se dividem em individuais e duplas e o vencedor de um jogo é o atleta que vencer dois sets.

Tênis em Cadeira de Rodas
Tênis em Cadeira de Rodas

Em 1988 foi criada a Federação Internacional de Tênis em Cadeira de Rodas.

Nesse mesmo ano a modalidade estreou nos Jogos Parolímpicos de Seul. Atualmente quem dita as regras do esporte é a Federação Internacional de Tênis.

Atualmente o tênis paraolímpico é uma das modalidades que mais crescem no mundo e o circuito mundial distribui uma premiação acima de 600 mil dólares por ano.

O esporte requer muita técnica, velocidade, resistência física, reflexo, precisão e força de seus atletas. Podem disputar os atletas que possuem deficiência em uma ou em ambas as pernas, assim como aqueles que possuem deficiência nos membros superiores e inferiores (tetraplégicos).

No tênis em cadeira de rodas a bola pode quicar duas vezes, sendo que a primeira delas deve ser dentro da quadra. Fora isso, os pontos são conquistados da mesma maneira que no tênis convencional. As partidas são disputadas numa melhor de três sets, com cada set sendo disputado até seis games.

Os equipamentos dos tenistas paraolímpicos têm algumas adaptações como cadeiras mais leves e raquetes que possuem uma tira lateral para dar maior durabilidade.

O Esporte

Tênis em Cadeira de Rodas
Tênis em Cadeira de Rodas

Disputado por homens e mulheres cadeirantes, o esporte nunca deu medalhas ao Brasil, que teve José Carlos Morais como primeiro representante da modalidade em Jogos Paraolímpicos, em Atlanta-1996. Antes de praticar o tênis, o atleta fazia parte da seleção nacional de basquete em cadeira de rodas.

O Tênis em Cadeira de Rodas é jogado nas mesmas quadras do tênis convencional.

O esporte segue as mesmas regras com a diferença que a bola pode dar até dois quiques antes de ser rebatida (o primeiro quique deve ser sempre dentro da quadra).As partidas podem ser de simples ou duplas e são sempre disputadas em melhor de 3 sets.

O esporte requer dos atletas um alto nível de técnica, velocidade, resistência física, reflexos, precisão e força.

O único requisito para que uma pessoa possa competir em cadeira de rodas é ter sido diagnosticada uma deficiência relacionada com a locomoção, em outras palavras, deve ter total ou substancial perda funcional de uma ou mais partes extremas do corpo.

Se como resultado dessa limitação funcional a pessoa for incapaz de participar de competições de tênis convencionais (para pessoas sem deficiência física), deslocando-se na quadra com velocidade adequada, estará credenciada para participar dos torneios de tênis para cadeirantes.

Regras do Tênis em Cadeira de Rodas

Tênis em Cadeira de Rodas
Tênis em Cadeira de Rodas

O Tênis em Cadeira de Rodas segue as mesmas regras do tênis comum exceto pela possibilidade do tenista em cadeira de rodas poder deixar a bola quicar duas vezes.

O Jogador de Tênis em Cadeira de Rodas

O único requisito para que uma pessoa possa competir em cadeira de rodas é ter sido medicamente diagnosticado como portador de uma deficiência relacionada com a locomoção, em outras palavras, ele deve ter total ou substancial perda funcional de uma ou mais partes extremas do corpo.

O Jogo da Bola

No tênis em cadeira de rodas a bola pode quicar duas vezes antes de ser rebatida, sendo o primeiro quique dentro das linhas de quadra e o segundo, tanto pode ser dentro como fora das linhas da quadra de tênis.

O Saque

O primeiro toque da bola sacada na quadra deve ser dentro do retângulo destinado a isto; o segundo quique tanto pode ser dentro ou fora dos limites da quadra.
O sacador não deverá, durante o saque mudar de posição ou tocar, com qualquer roda, qualquer linha fora da área delimitada para o saque.
O jogador é proibido de usar, deliberadamente, qualquer extremidade de seu corpo como freio ou estabilizador durante o saque.
Caso os métodos convencionais para o saque forem impraticáveis para um tetraplégico, uma outra pessoa poderá ser autorizada a lançar (levantar) a bola para ele.

Perda de Ponto

A cadeira de rodas é considerada parte do corpo do jogador para efeito de quaisquer regras.

O jogador perde o ponto se:

1) A bola tocar seu corpo, sua cadeira ou qualquer coisa que ele carregue ou use, exceto a raquete em sua mão. Essa perda de ponto ocorrerá independentemente da posição em que estiver, quando a bola em jogo o atingir;
2)
Deliberadamente usar seus pés ou qualquer outra extremidade do corpo como freio ou estabilizador, seja ao sacar, rebater a bola ou movimentar ou frear a cadeira;
3)
Permitir, ao bater na bola, que sua nádega deixe de ter contato com o assento da cadeira.

Fonte: www.tennis.com.au/rio2016.org/tenismineiro.com.br

Veja também

Nilton Santos

Nilton Santos, Jogador, Futebol, Vida, Clubes, Títulos, Nascimento, Seleção Brasileira, Titular, Carreira, Nilton Santos

Gilmar

Gilmar, Futebol, Jogador, Títulos, Goleiro, História, Clubes, Gols, Seleção Brasileira, Atuação, Mundial, Jogos, Carreira, Gilmar

Leônidas

Leônidas, Jogador, Futebol, Clubes, Títulos, Biografia, Capitão, Ídolo, Diamante Negro, Treinador, Vida, Carreira, Leônidas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.