Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Esportes / Hipismo Paraolímpico

Hipismo Paraolímpico

PUBLICIDADE

O Hipismo Paraolímpico pode ser praticado por pessoas com diferentes tipos de deficiência.

Os ajustes feitos para a prática do método são: a pista deve oferecer níveis mais altos de segurança de faixas convencionais.

Hipismo Paraolímpico
Hipismo Paraolímpico

Para isso, a pista de areia, ao contrário de formação convencional, é compactada para facilitar a locomoção piloto, cartas de posicionamento são maiores, um sinal sonoro, que serve para guiá-lo cego, o local de jurisdição é necessário você precisa de uma rampa de acesso para os pilotos para montar seus cavalos.

O Hipismo Paraolímpico é praticada em cerca de 40 países.

Homens e mulheres competem juntos nos mesmos testes, sem distinção.

Outra peculiaridade é que ambos os concorrentes e cavalos vencedores recebem medalhas.

Hipismo Paraolímpico
Hipismo Paraolímpico

O hipismo é muito utilizado para reabilitação e recreação e foi incluído como esporte paralímpico nos Jogos de Atlanta, em 1996.

É um esporte aberto a atletas portadores de deficiências físicas ou visuais.

As competições são mistas e organizadas em quatro classes, de acordo com a habilidade funcional dos atletas.

Nos Jogos Paralímpicos, as provas de hipismo são apenas de adestramento, e, diferente da do esporte olímpico, não há provas de saltos ou concurso completo.

O hipismo é um dos esportes mais recomendados para a reabilitação física e social de portadores de qualquer deficiência.

No esporte paraolímpico a areia deve ser mais compacta oferecendo uma maior segurança para os competidores. O local deve possuir uma rampa de acesso para os cavaleiros montarem seus cavalos. Além disso, deve haver uma sinalização sonora para orientar o atleta deficiente visual.

Hipismo Paraolímpico
Hipismo Paraolímpico

O hipismo paraolímpico

O hipismo paraolímpico é a única modalidade em que homens e mulheres competem juntos porque a força não é o que importa. É também chamado de “adestramento paraolímpico” porque nas provas não há saltos (por questões de segurança).

As provas acontecem em uma pista retangular, com letras na lateral. O atleta precisa fazer desenhos na pista, indo de letra em letra, conforme descrito no roteiro prévio. Isso se chama “fazer a reprise”.

Os juízes avaliam se ele cumpriu a reprise corretamente, se executou os “desenhos” de forma certa, se o cavalo obedece ao comando, a postura do cavalo, ou seja, se ele para com as patas alinhadas, etc.

As competições são divididas em individuais (por classe) e estilo livre. Nesta última, o cavaleiro tem mais liberdade e pode criar uma coreografia, com uma música que ele escolhe, para executar na pista. Existem movimentos obrigatórios que ele não pode deixar de fazer, mas nesta prova cabe mais descontração.

A areia da pista é compactada para facilitar a locomoção. Para os atletas cegos, é permitido que os “chamadores” o ajudem. Uma pessoa fica em cada letra e, “cantando” todas elas, o ajuda a identificar onde se encontra.

Outra curiosodade é que os cavalos também são premiados (recebem medalhas, capas) assim como os cavaleiros.

Os competidores são divididos em cinco classes: Ia, Ib, II, III e IV e vale aquela regra de quanto maior a deficiência, menor a classe (não importa qual a deficiência, mas como ela compromete a funcionalidade do atleta).

O hipismo paraolímpico é praticado em cerca de 40 países e o Brasil ocupa hoje o primeiro lugar na América do Sul.

Hipismo Paraolímpico
Hipismo Paraolímpico

Na década de 1970, o hipismo era uma forma de reabilitação física e social para pessoas com deficiência.

Com esse pano de fundo, competições passaram a ser organizadas na Escandinávia e na Grã-Bretanha. Daí a se tornar um esporte paraolímpico foi um salto de quase duas décadas.

Na Paraolimpíada de Nova Iorque 1984, o hipismo passou a fazer parte do evento, mas logo foi excluído por causa da pouca quantidade de participantes.

Atualmente praticado por cerca de 40 países, a modalidade foi reincorporada em Sydney 2000. Homens e mulheres competem juntos nas mesmas provas desse esporte, que também pode ser praticado por pessoas com diferentes tipos de deficiência.

A pista deve oferecer níveis de segurança maiores do que as pistas convencionais. Para isso, a areia, ao contrário do adestramento convencional, é compactada para facilitar a locomoção do cavaleiro. Existe apenas a prova de adestramento. Saltos e CCE não fazem parte da competição.

As letras de posicionamento são maiores para facilitar a leitura e a identificação.

Uma sinalização sonora é usada para orientar o atleta cego: são os “chamadores”, que gritam letras conforme o cavaleiro se aproxima de um obstáculo.

O local de competição precisa ter uma rampa de acesso para os competidores subirem em suas montarias. A dupla vencedora, no caso, competidor e animal, são premiados com medalhas.

Os cavaleiros são divididos em quatro classes, visando agrupar tipos de deficiência semelhante:

Grau IA e IB: São considerados parte desse grupo usuários de cadeira de rodas com pouco controle do tronco ou comprometimento da função nos quatro membros, ou com ausência de controle de tronco e boa funcionalidade nos membros superiores, ou controle de tronco moderado com comprometimento severo nos quatro membros.

Grau II: Engloba usuários de cadeira de rodas ou aqueles com comprometimento locomotor severo, envolvendo tronco e com boa a razoável funcionalidade dos membros superiores ou atletas que possuem comprometimento unilateral severo. Geralmente, são capazes de andar sem ajuda. Envolve ainda pessoas com comprometimento unilateral moderado, comprometimento moderado nos quatro membros ou comprometimento severo dos braços. Ainda fazem parte cegos totais de ambos os olhos.

Grau III: Normalmente, as pessoas colocadas nesta classe são capazes de andar sem auxílio. Possuem comprome¬timento unilateral moderado, comprometimento moderado nos quatro membros, ou comprometimento severo dos braços. Também constam cegos totais de ambos os olhos.

Grau IV: Atletas considerados de Grau IV possuem um ou dois membros comprometidos ou alguma deficiência visual.

Provas

Adestramento

Campeonato: Atletas apresentam movimentos pré-determinados pelo Comitê Internacional Para-Eqüestre (IPEC)

Livre: Atletas criam suas rotinas incorporando movimentos exigidos pelo IPEC de modo a demonstrar harmonia entre o cavaleiro e sua montaria. Essa prova também é conhecida como Kur.

Equipe: Três ou quatro cavaleiros do mesmo país formam um time, sendo que ao menos um deles precisam pertencer ao Grau I ou II

Duplas livre: Competição opcional em que atletas executam rotinas aos pares.

Regras de Hipismo Paraolímpico

A única competição paraolímpica no hipismo é o adestramento.

O vencedor é o cavalheiro ou amazona que demonstrar maior dominio sobre o cavalo, após uma série de exercicíos como a andada, o trote e o galope.

Os competidores são divididos de acordo com o tipo de paralisia que possuem.

ADAPTAÇÕES

As adaptações feitas para a prática da modalidade são as pistas convencionais, para isso, a areia da pista, ao contrário do adestramento convencional, é compactada para facilitar a locomoção dos cavaleiros: as letras de posicionamento são maiores, é necessária uma sinalização sonora que serve para orientar o cego; o local de competição precisa ter uma rampa de acesso para os cavalheiros montarem em seus cavalos.

PARTICIPAÇÕES DO BRASIL

Pela primeira vez , o brasil terá um representante na paraolimpíadas: o atleta marcos fernandes alves.

Fonte: www.co.terra.com/www.rio2016.org.br/sentidos.uol.com.br

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Arremesso de Peso

Arremesso de Peso

PUBLICIDADE O arremesso de peso é uma prova de atletismo moderno. A pessoa impulsiona uma …

História das Olimpíadas

História das Olimpíadas

Os Jogos Olímpicos começaram em 776 a.C. em Olímpia, na Grécia antiga, e duraram por mais de mil anos.

Rivellino

Rivellino

Rivellino, Roberto, Jogador, Futebol, Clubes, Títulos, Seleção Brasileira, Gols, Faltas, Cobrador de Faltas, Corinthians, Vida, Carreira, Rivellino

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

300-209 exam 70-461 exam hp0-s41 dumps 640-916 exam 200-125 dumps 200-105 dumps 100-105 dumps 210-260 dumps 300-101 dumps 300-206 dumps 400-201 dumps Professor Messer's CompTIA N10-006 exam Network+