Breaking News
Home / Esportes / Rivellino

Rivellino

PUBLICIDADE

 

Rivellino

Nome completo: Roberto Rivellino

Nascimento: São Paulo, 1/1/1946

Clubes onde jogou

Corinthians
Fluminense
El Helal

Títulos

Campeão do Torneio Rio-São Paulo (1966) pelo Corinthians
Campeão Carioca (1975 e 1976) pelo Fluminense
Campeão da Copa do Rei (1979)
Campeão da Copa da Arábia Saudita (1980 e 1981)
Campeão da Minicopa (1972)
Campeão Mundial (1970) pela seleção brasileira
Jogos pela seleção brasileira: 121
Gols pela seleção brasileira: 43

Foi um excelente lançador e um exímio cobrador de faltas. A potência de seu chute de perna canhota lhe rendeu o apelido de “Patada Atômica”.

Sempre temperamental dentro de campo, também era um excelente driblador e popularizou o chamado elástico, inventado pelo nissei Sérgio Echigo, companheiro no aspirantes do Corinthians. Foi o maior ídolo do argentino Maradona.

Iniciou a carreira no Corinthians em 1963, depois de ser rejeitado pela peneira do Palmeiras. Na época, tinha o apelido de “Malloca” e jogava pela equipe de aspirantes do clube.

Profissionalizou-se em 1965 e logo ganhou o status de ídolo e o apelido de “Reizinho de Parque”. Pelo Corinthians, conquistou o título de campeão do Torneio Rio-São Paulo de 1966.

Deixou o clube em 1974, brigado com a diretoria, mas mesmo assim é considerado um dos maiores ídolos da história do clube.

Em 1975, acertou sua transferência para o Fluminense. Estreou contra o Corinthians, que o havia dispensado meses antes, e marcou três gols na vitória de sua nova equipe por 4 a 1.

No mesmo ano de sua chegada ao Rio de Janeiro, conquistou o seu primeiro título estadual na carreira e, em 1976, repetiu o feito pela equipe carioca.

Em 1978, depois da Copa da Argentina, assumiu compromisso com o Al Helal, da Arábia Saudita, onde jogou por três anos e conquistou a Copa do Rei de 1979 e o bicampeonato da Copa da Arábia Saudita de 1980 e 1981.

Tentou voltar para o Brasil para defender o São Paulo, mas foi impedido por uma cláusula de seu contrato com o time estrangeiro e decidiu encerrar a carreira.

Com a seleção brasileira, Rivelino disputou as Copas do Mundo de 1970, no México, quando sagrou-se tricampeão, de 1974, na Alemanha (quarto lugar), e de 1978, na Argentina (terceiro lugar).

Marcou 43 gols nas 121 partidas disputadas pelo Brasil, entre jogos oficiais e amistosos. Desde 1984, Rivellino comenta futebol pela televisão. Segue também a carreira de empresário e dá aulas de futebol para crianças, em São Paulo.

Fonte: futebol.bol.com.br

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Arremesso de Peso

Arremesso de Peso

PUBLICIDADE O arremesso de peso é uma prova de atletismo moderno. A pessoa impulsiona uma …

História das Olimpíadas

História das Olimpíadas

Os Jogos Olímpicos começaram em 776 a.C. em Olímpia, na Grécia antiga, e duraram por mais de mil anos.

Romário

Romário

Romário, Jogador, Brasileiro, Futebol, Carreira, Clubes, Baixinho, Político, Gols, Títulos, Passagens, Vida, Biografia, Romário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.