Facebook do Portal São Francisco
Google+
+ circle
Home  História do Futebol Americano  Voltar

História do Futebol Americano

O futebol americano, conhecido nos EUA simplesmente por ‘football’, surgiu como uma variante do rugby (que é um esporte bem mais antigo).

História do Futebol Americano

Seus atletas caracterizam-se pela velocidade, agilidade, força bruta e tamanho (alguns pesam 150 quilos ou mais). Atributos que utilizam para empurrar, bloquear e perseguir os oponentes.

A questão do nome desse esporte

O futebol americano nos Estados Unidos é chamado simplesmente de football ao contrário da maioria dos países do mundo que associam a palavra ao futebol (que eles chamam de soccer).

O rugby surgiu na Inglaterra como uma variação do futebol, por isso era formalmente chamado de rugby-football para se diferenciar do futebol. Apesar disso informalmente os dois esportes eram chamados simplesmente de football, com isso a nomenclatura informal do nome foi carregado junto com o esporte que surgiu com as influências do rugby, sendo que hoje em dia os dois esportes mantém características facilmente reconhecíveis.

História

O futebol americano surgiu de uma série de três jogos entre a Harvard e a Yale, em 1867. Como era frequente acontecer nesses tempos de quase inexistência de regras universais, as equipas jogaram com alternância de regras de modo a que ambas tivessem uma hipótese justa de vencer.

História do Futebol Americano

Em 1876, Yale, Harvard, Princeton e Columbia formaram a Associação de Futebol Inter-universitária, que usava as regras de rugby à exceção de uma ligeira diferença na atribuição de pontos.

Em 1892, foi introduzido o sistema de downs para contrariar a estratégia de Princeton e de Yale de controlar a bola sem tentar concretizar.

Na década de 1890, formações ofensivas entrecruzadas como a cunha voadora tornaram o jogo extremamente perigoso. Apesar de terem sido implantadas restrições à cunha voadora e outras precauções, em 1905 dezoito jogadores foram mortos em jogos.

O presidente Theodore Roosevelt informou às universidades de que o jogo teria de ser tornado mais seguro. No entanto, foi só em 1910, depois de mais mortes, que as formações entrecruzadas foram banidas.

O passe de costas foi colocado em 1906. Em 1912 o campo foi colocado nas suas dimensões anteriories, o valor de um touchdown foi aumentado até aos 6 pontos, e acrescentou-se um quarto down.

Futebol americano no Brasil

O esporte começou a ganhar alguma popularidade no Brasil no final dos anos 90, graças às transmissões feitas pela Band do Campeonato de Futebol Americano dos EUA entre 1994 a 1998. Atualmente os canais ESPN e BANDSPORTS transmitem os jogos da temporada NFL de domingo e segunda-feira.

Com isso o esporte começou novamente a firmar a sua popularidade no Brasil, tendo a criação de diversas entidades que buscam a formação de atletas, organização de campeonatos e início de profissionalização do esporte no país.

Na maior parte do Brasil o este esporte é praticado de forma amadora e sem o uso das proteções obrigatórias para a prática do esporte, com exceção das equipes do Estado do Paraná e Amazonas.

Fonte: www.presenteparahomem.com.br

História do Futebol Americano

Para entender como nasceu o futebol americano, é preciso voltar dois séculos no tempo e falar, primeiro, do surgimento do futebol inglês – o da bola redonda.

Por volta dos anos 1800, jovens das escolas e universidades da Inglaterra praticavam um jogo cujo objetivo era chutar a bola entre duas estacas fincadas no chão. E foi em 1805 que essa atividade começou a ser chamada de football.

Em 1823, na cidade de Rugby, um garoto de 17 anos de idade chamado William Webb Ellis decidiu pegar a bola com as mãos e correr em direção ao gol. Assim surgia uma nova versão do esporte, batizada em homenagem à cidade em que foi criada. Era o rugby football.

História do Futebol Americano
Estátua de William Webb Ellis em Rugby, Inglaterra

As regras eram confusas, por isso, na década de 1860, os praticantes do football decidiram criar uma entidade e unificar as normas do jogo. Assim surgiu, em 1863, a Football Association (a percursora da FIFA). E o nome oficial do esporte da bola redonda passou a ser “Association Football”. Paralelamente, os jogadores de rugby football decidiram criar a Rugby Football Union. Isso aconteceu em 1870 e, apartir daí, esse esporte tomou um caminho totalmente distinto do futebol jogado com os pés.

1870 – Nasce o futebol americano

Nas décadas de 1850 e 1860, nos EUA, tanto o rugby football (rugby) quanto o association football (futebol), chegaram pelas mãos dos jogadores de famílias ricas, que iam à Inglaterra estudar. Os dois esportes se espalharam, mas sem regras muito bem definidas.

Foi assim até 1876, quando representantes de três das mais importantes universidades americanas – Harvard, Princeton e Columbia – reuniram-se para padronizar as leis do jogo. O resultado dessa e de outras reuniões foi uma nova modalidade, pendendo mais para o lado do rugby, sendo adotada, finalmente, a bola oval – O rugby adotou esse formato porque no século 19 poucas bolas saiam de fábrica perfeitamente esféricas. As bolas eram logo adquiridas pelos times de futebol (soccer – O nome oficial do futebol da bola redonda é association football.

Nos EUA, a palavra association era abreviada para “assoc.” e os participantes chamados de assoccers. Daí o termo, soccer, para designar o futebol), pois, quanto mais redonda era a bola, melhor para levar pelo chão com os pés. No rugby, isso não era necessário, ao contrário, a bola oval era melhor para segurar nos braços. Mas havia uma diferença fundamental em relação ao rugby. Toda vez que o jogador de posse da bola oval era derrubado, o jogo deveria ser interrompido pelo juiz. Os dois times poderiam, então, se realinhar, cada um no seu território, e reiniciar o jogo de forma mais organizada.

Walter Camp
Walter Camp, o pai do futebol americano.

O jogador com a bola tentava avançar novamente até ser levado ao solo. E assim, sucessivamente. Cada uma dessas jogadas era chamada de down. Um time tinha três downs (ou seja, três chances) para avançar pelo menos 5 jardas. Caso não conseguisse essa distância, entregava a bola ao adversário. É o conceito de conquista de território, que não existia no rugby inglês. Ele tornou-se alma do esporte norte-americano. Nesse momento, todos perceberam que não fazia mais sentido chamar aquela nova modalidade de rugby football nem de association football. Estava criado a American Football – o futebol americano. E o inventor do sistema de down e distância a percorrer, Walter Camp, celebrizou-se na cultura popular como o “pai do futebol americano”.

voltar 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 avançar
Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal