Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Hóquei no Gelo  Voltar

Hóquei no Gelo

 

História

Hóquei no Gelo

A origem do esporte e de suas regras se deu em 1860 no Canada.

Dez anos mais tarde estudantes da Universidade McGill em Montreal padronizaram as regras básicas do jogo.

Em 1893, o Hockey no Gelo foi introduzido a nível Universitário nos EUA. A Federação Internacional de Hockey no Gelo foi fundada em 1908 na cidade de Paris.

A modalidade fez parte do programa das Olímpiadas de Verão de 1920 na Antuérpia, Bélgica, mas em 1924 passou a integrar os Jogos Olímpicos de Inverno na sua 1a edição em Chamonix, na França. Já o Hockey no Gelo feminino passou a fazer parte das Olímpiadas somente a partir de 1998 nos Jogos de Inverno de Nagano, Japão.

Como o hóquei começou?

A criação do hóquei no gelo não pode ser ligada a nenhuma pessoa ou acontecimento.

O jogo provavelmente evoluiu de algum esporte de campo inglês como o hurley e o shinty. A palavra hóquei pode ter vindo da palavra francesa hoquet, que era o nome dos bastões em forma de gancho usados para rebater as bolas ou que serviam de rolha. Esses esportes eram similares ao hóquei de campo e ainda são jogados hoje em dia.

Durante o inverno, alguns jogadores devem ter tentado jogar no gelo. Os longos e gélidos invernos do Canadá permitiram que essa variação ficasse famosa rapidamente no século XIX, e o jogo também se espalhou pelos países escandinavos, assim como pela Rússia. O hóquei se desenvolveu de forma independente na Rússia, até o programa de hóquei russo se converter ao estilo e regras canadenses nos anos 30.

O primeiro jogo de hóquei documentado aconteceu no dia 3 de março de 1875, em Montreal, Quebec. Os primeiros jogos apresentavam nove jogadores em cada lado no gelo, em uma pista quadrada que não tinha bordas. Apenas um pequeno degrau separava a multidão do jogo.

Após várias décadas, o jogo se transformou lentamente no que seria o hóquei moderno: O número de jogadores no gelo diminuiu; os jogadores começaram a disparar lançamentos que voavam, forçando os goleiros a adotarem proteções grossas para as pernas e largos tacos laminados.

Competições de Hockey no Gelo: Masculino e Feminino

O Equipamento

Hockey no Gelo é um esporte de contato físico e assim sendo requer o uso de capacete, visor, luvas,e várias coberturas de proteção (joelheira, cotoveleira, ombreira, caneleira, etc).

O goleiro utiliza coberturas de proteção ainda maiores do que a dos jogadores. Os patins de hockey no gelo são feitos de couro e com lâminas de aço.

O Trenó

Hóquei no Gelo

Fabricação: Feito de alumínio

O Taco (Stick) e o "Puck"

O Patins

Hóquei no Gelo

Espessura da lâmina: 3 a 4 mm
Fabricação: Feito de couro e lâmina de aço

O TACO (STICK)

Hóquei no Gelo

São feitos de materiais diversos (madeira, alumínio ou grafite).

O Puck: A bola do jogo na verdade é um disco (puck) feito de borracha vulcanizada, e chega a atingir velocidades de 160 km/h ! Velocidades de 190km/h já foram registradas durante partidas da NHL (Liga Americana de Hockey no Gelo).

A Pista de Hockey no Gelo

Tamanho: 30m x 60m 

A Competição

TIPOS DE COMPETIÇÃO

Campeonato Europeu, Campeonato Mundial

A COMPETIÇÃO

Duas equipes de 6 jogadores tentam marcar o maior número de gols possível. Os gols são marcados quando o disco - "puck" feito de borracha, atravessa totalmente a linha do gol adversário depois de ser tocada pelo taco -"stick". Cada equipe tem 3 atacantes (1 meio-campo e 2 pontas), 2 na defesa e o goleiro.

Uma partida de hockey no gelo é divida em 3 tempos de 20 minutos, com dois intervalos de 15 minutos. O Hockey no Gelo é considerado o mais rápido entre todos os esportes de equipe.

Hóquei (paraolímpico)

Agilidade e Trabalho em Equipe

Hóquei no Gelo

História

A origem do esporte e de suas regras se deu em 1860 no Canada, através da influencia de imigrantes e soldados Britanicos.

Estudantes da Universidade McGill em Montreal padronizaram as primeiras regras básicas do jogo em 1877, e neste mesmo ano a entidade formou a 1ª equipe de Hoquei no Gelo da historia. Somente em 1893, que o Hoquei no Gelo foi introduzido a nível Universitário nos EUA.

Em 1908 a Federação Internacional de Hoquei no Gelo foi fundada na cidade de Paris.

A modalidade fez parte do programa das Olímpiadas de Verão de 1920 na Antuérpia, Bélgica, mas em 1924 passou a integrar os Jogos Olímpicos de Inverno na sua 1a edição em Chamonix, na França.

O Hoquei no Gelo feminino passou a fazer parte das Olímpiadas somente a partir de 1998 nos Jogos de Inverno de Nagano, Japão.

O Hoquei sobre Trenó (modalidade Paraolímpica) foi inventado no início da década de 1960 em um centro de reabilitação na cidade de Estocolmo, Suécia. A modalidade fez parte pela 1ª vez do programa dos Jogos Paraolímpicos de Inverno no ano de 1994 em Lillehammer (Noruega).

O Equipamento

Hoquei no Gelo é um esporte de contato físico e assim sendo requer o uso de capacete, visor, luvas,e várias coberturas de proteção. O goleiro utiliza coberturas de proteção ainda maiores do que a dos jogadores.

O Taco (Stick)

Hóquei no Gelo

O taco (stick) específico para o Hoquei Paraolímpico são feitos de fibra de carbono. Cada atleta joga com dois tacos "sticks", e utiliza a extremidade curva do taco para bater no "puck" e a outra extremidade é utilizada para impulsionar o trenó, já que a mesma contém "dentes" de 1cm para tração no gelo.

O "Puck"

Hóquei no Gelo

O Puck: A bola do jogo na verdade é um disco (puck) feito de borracha vulcanizada.

A Pista de Hoquei sobre Trenó

Tamanho: 60 m (comprimento) e 30 m (largura) 

A Competição

Hóquei no Gelo

O Hoquei sobre Trenó segue as mesmas regras do Hoquei no Gelo. Duas equipes de 6 jogadores tentam marcar o maior número de gols possível. Os gols são marcados quando o disco - "puck" feito de borracha, atravessa totalmente a linha do gol adversário depois de ser tocada pelo taco -"stick". Cada equipe tem 3 atacantes (1 meio-campo e 2 pontas), 2 na defesa e o goleiro. Uma partida de Hoquei sobre Trenó é divida em 3 tempos de 15 minutos com dois intervalos de 15 minutos.

Fundamentos do Hóquei no Gelo

Ainda que as regras da National Hockey League (em inglês) (Liga Nacional de Hóquei) sejam diferentes da Européia e do hóquei internacional em alguns aspectos, a NHL é considerada a primeira liga de hóquei no mundo. Vejamos as regras da NHL.

O hóquei é jogado em uma pista de gelo de 61 m (200 pés) de comprimento por 26 m (26 pés) de largura. As redes têm 1,8 m (6 pés) de largura por 1,2 m (4 pés) de altura. O disco é de borracha vulcanizada com 2,5 cm (1 polegada) de espessura por 7,6 cm (3 polegadas) de diâmetro e pesa cerca de 170 gramas (6 onças). Os discos são congelados antes do jogo e mantidos num refrigerador para que não quiquem.

O jogo de 60 minutos é dividido em três períodos de 20 minutos. Se os times estiverem empatados ao final dos 60 minutos, uma prorrogação com morte súbita de 5 minutos é disputada. Nas finais, os times continuam jogando prorrogações com morte súbita de 20 minutos até um dos times marcar.

Seis patinadores por time estão no gelo de cada vez: um goleiro, que fica no gelo por todo o jogo (exceto se machucado), e cinco patinadores que ficam em turnos rotativos que duram de 30 segundos até dois minutos ou mais. Normalmente, existem três atacantes (ala esquerda, ala direita e centro) e dois defensores. Em certas situações, alguns times jogam com quatro atacantes e um defensor.

A linha vermelha

A linha vermelha central é pintada de maneira pontilhada ou espaçada e as linhas azuis são contínuas. Não foi sempre assim. Quando os jogos de hóquei foram televisionados pela primeira vez, era difícil distinguir as linhas nas TVs em preto e branco, então passaram a pintar a linha vermelha de forma diferente.

Uma pista de hóquei é definida por uma linha central vermelha, que divide a superfície em duas metades de 30,5 m (100 pés) cada. Ainda existem as linhas do gol que passam pela pista a 4 m (13 pés) de cada fundo e 18 m (60 pés) a partir de cada linha do gol tem uma linha azul, que demarca o limite da zona de defesa de cada time.

As redes são posicionadas com suas frentes para a linha vermelha do gol. Para marcar um gol, os jogadores precisam levar o disco até a rede do time adversário. O disco precisa cruzar totalmente a linha do gol para valer. Ele pode desviar de qualquer parte da superfície da pista, ou qualquer jogador que estiver no gelo, incluindo os pés, antes de entrar na rede, e ainda contar como gol.

Há algumas exceções: Se o disco é chutado ou batido com a mão, o gol será anulado.

O disco também não pode ser rebatido com o taco acima dos 1,20 m da trave.

Existem dois juízes de linha no gelo durante o jogo. Seu trabalho é apitar impedimentos e lançamentos aleatórios. Dois juízestambém fazem parte de todos os jogos da NHL. Eles podem ser diferenciados dos juízes de linha por suas braçadeiras brilhantes na cor laranja.

Quando um jogador vai para o lado do outro time, o disco tem que cruzar a linha azul antes dos seus patins. Se os dois patins de qualquer atacante cruzar a linha azul antes do disco, é marcado impedimento. O resultado é um confronto direto.

No começo de cada período, após as pausas devido aos gols, pênaltis ou após o disco ter saído da pista, a partida é iniciada com umconfronto direto. Os dois jogadores centrais de cada time se encaram na área de confronto direto indicada pelo oficial, e os outros patinadores se alinham a pelo menos 4.6 m de distância.

O oficial solta o disco entre os dois jogadores e eles competem pela posse usando seus tacos e pés.

O hóquei tem um segundo jeito de marcar impedimento, conhecido como passe de linha dupla. Como diz o nome, um impedimento de linha dupla é marcado se um jogador receber um passe que tenha cruzado uma das linhas azuis e a linha vermelha central antes dele ter tocado no disco.

A última "regra de linha" no hóquei é o lançamento aleatório. Esta regra foi implementada décadas atrás para prevenir que os times simplesmente ficassem batendo na bola por toda a quadra para gastar o tempo. Se um jogador lança o disco do lado dele para o lado adversário e o disco cruza a linha do gol sem que ninguém toque nele, e um jogador adversário que não seja o goleiro toca nele primeiro, um lançamento aleatório é marcado para o time atacante. Isso leva a um confronto direto no lado do time atacante. Mas se alguém no time atacante for o primeiro a tocar no disco, ou se o goleiro do time que está na defesa tocar nele primeiro, o lançamento não é marcado.

Penalidades do Hóquei no Gelo

Se impedimento e lançamento aleatório são as multas do hóquei, então as menores e maiores penalidades são o mau comportamento e o delito respectivamente.

Por infrações como derrubar, cortar, bater com o taco nos ombros ou acima, brutalidade, agressão ou quando algum jogador toca no disco, o jogador tem que ficar de fora por dois minutos na área de penalidade, enquanto seu time joga com um patinador a menos que o adversário.

Se o time sofrer outra penalidade, terá de jogar com apenas três patinadores contra os outros cinco (goleiros não são considerados "patinadores"). Entretanto, penalidades extras não podem reduzir o número de patinadores abaixo de três e qualquer penalidade extra começa quando outra termina. Se alguma penalidade é marcada contra o goleiro, outro jogador fica de fora dois minutos no lugar dele.

Quando um time sofre uma penalidade, o outro time joga com superioridade, o que significa que eles têm mais jogadores no gelo que o time adversário. Se o time com superioridade marcar um gol antes dos dois minutos acabarem, a penalidade termina automaticamente.

Penalidades simultâneas acontecem quando um jogador de cada time comete uma penalidade ao mesmo tempo. Ambos vão para a área de penalidade e os times jogam com quatro patinadores cada. Os gols marcados durante um jogo quatro-contra-quatro não suspendem a penalidade.

As violações às regras mais sérias resultam em penalidades graves e possíveis multas e suspensões. Uma penalidade grave dura cinco minutos, e não termina se o time em superioridade marcar. Um jogador que tirar as luvas e der socos cumprirá uma penalidade grave e o outro time cumprirá uma penalidade leve, já que são necessários dois para haver uma briga. Quando dois jogadores de times opostos recebem penalidades graves, cinco jogadores de cada lado permanecem no gelo. Penalidades graves também podem ser marcadas em outras infrações consideradas mais sérias pelos juízes. Dar cotoveladas e acertar acima dos ombros com o taco podem ser infrações marcadas como penalidades graves, particularmente se havia intenção de machucar o outro jogador. Nessa situação, os oficiais da liga vão rever os vídeos do incidente depois do jogo, e podem dar uma multa e uma suspensão para o jogador que provocou a briga.

Fonte: www.cbdg.org.br/lazer.hsw.com.br

Hóquei no Gelo

O termo "hóquei" vem da palavra francesa "hocquet", que signifca taco ou bastão. O esporte foi levado aos Estados Unidos pelos ingleses por volta do ano 1600. Mais de 200 anos depois, o hóquei no gelo começou a definir as regras atuais. 

O objetivo é igual ao do futebol: fazer gols. No lugar da bola, é usado um disco (chamado de puck). Em vez de 11 jogadores, apenas seis em quadra para cada time. São três tempos de 20 minutos cada.

Equipamento de hóquei

Assim como outros aspectos do jogo, o equipamento usado pelos jogadores também evoluiu através das décadas. No início, o único "equipamento" usado era uma blusa de lã com gola rolê e um par de botas de couro com lâminas atadas a elas. Os tacos eram esculpidos em pesados pedaços de madeira.

Os goleiros foram os primeiros a adotarproteção, pois eles se atiravam na frente do disco. No início, os goleiros não podiam cair no gelo para fazer as defesas. Para proteger suas pernas, eles usavam joelheiras de couro ou de pele de cavalo com enchimento de esponja ou de pelo de veado. Uma vez encharcadas de água, as joelheiras ficavam muito pesadas.

Os outros jogadores começaram a usar perneiras acolchoadas, e na década de 20, a maioria dos jogadores usava luvas acolchoadas ou manoplas e calças acolchoadas. Os patins foram substituídos por botas com lâminas permanente.

A maior evolução ocorreu nos equipamentos para goleiros. Até os anos 40, eles usavam as mesmas luvas que os jogadores. Um goleiro chamado Emile Francis usou uma luva de jogador de primeira base em um jogo e a liga aprovou. Ele também começou a prender uma cunha de borracha na outra luva. Esses designs primitivos iriam se tornar a luva e o bloqueador usados pelos goleiros modernos.

Surpreendentemente, apesar de encararem lançamentos muito rápidos e sofrerem repetidos machucados, os goleiros não usavam nenhum tipo de proteção facial até o final dos anos 50. Clint Benedict usou um escudo de couro após sofrer um ferimento sério no rosto em 1930, mas a idéia logo foi descartada.

Jacques Plante é considerado o verdadeiro pai da máscara de goleiro. Ele projetou e construiu sua própria máscara e começou a usá-la nos treinos, mas seu treinador não o deixou usar nos jogos. No dia 1º de novembro de 1959, Plante foi atingido por um disco e precisou levar pontos. Ele se recusou a voltar ao jogo sem a máscara. Conseqüentemente, outros goleiros começaram a usá-la. O último goleiro a jogar sem proteção foi Andy Brown do  Pittsburgh Penguins, que ainda defendia os discos com o rosto, em 1973.

As máscaras de fibra de vidro ainda deixavam os goleiros machucados, pois ela ficava muito próxima do rosto dos jogadores. Por muitos anos foi usada uma máscara que perecia uma gaiola de arame. Mais tarde, um projeto híbrido foi feito tirando um pedaço da frente das antigas máscaras de fibra de vidro e cobrindo-a com a gaiola. Este projeto é o mais usado, atualmente.

Finalmente, nos anos 70, os jogadores começaram a usar capacetes. O perigo de ferimentos graves na cabeça e as regras da NHL para que todos os novos jogadores usassem capacetes, fez da estrela do hóquei sem capacete uma espécie em extinção. Em 1997, o último jogador sem capacete se aposentou e a "espécie" se tornou extinta.

Equipamento moderno

O equipamento atual do hóquei vem da alta tecnologia. Materiais sintéticos ultra leves substituíram os pesados acolchoamentos e o couro. O Kevlar (em inglês) (o material usado em coletes à prova de balas) é popular, assim como o Clarino, material japonês leve e que não absorve água. Espumas especiais são costuradas nas perneiras para absorver os impactos e tirar o disco da pista. Os capacetes são feitos de policarbonato de plástico leve. A camada de fora fornece proteção e o revestimento interno fornece acolchoamento extra e conforto.

As pesquisas e os desenvolvimentos das perneiras de goleiros são surpreendentes. Cada superfície da proteção é projetada para defender o disco de algum jeito, dependendo do estilo do goleiro. Até a arte gráfica nas proteções pode ser projetada para criar a ilusão de que existe uma certa distância para o jogador arremessar. Hoje, os goleiros são totalmente blindados, nenhuma parte da frente dos seus corpos fica desprotegida e seu equipamento é muito mais leve.

O taco

Nos anos 60, Stan Mikita e Bobby Hull do Chicago Blackhawks (em inglês) projetaram a lâmina curva. Isso deu energia e levantamento para os arremessos e logo virou procedimento padrão. 

A tecnologia de ponta dos tacos é um composto feito de Kevlar e carbono. Poucos jogadores usam tacos de madeira hoje em dia, ainda que haja discussão sobre as vantagens dos tacos compostos. Alguns alegam que eles oferecem poucos benefícios para os arremessos, são muito caros e quebram facilmente. Por outro lado, muitos jogadores juram que os novos tacos dão mais força aos arremessos.

Regras do Hóquei no Gelo

As regras do hóquei no gelo podem, à primeira vista, parecer complexo e confuso. Entendendo alguns nomes, como offsides e icing (violações similares ao impedimento no futebol), porém, pode-se facilmente dominar as noções básicas do jogo.

Para ganhar o jogo: 

Uma equipe tem faz mais gols do que a equipe adversária .

Para pontuar: 

Um gol é marcado toda vez que o disco de ferro (puck) passa a linha do gol e vai pra rede da equipe oponente.
O gol não conta se é propositalmente chutado com o pé, jogado com a mão, ou bater com a parte de cima do taco (stick).
Um gol acidentalmente desviado de um jogador não conta.

A configuração dos jogadores no jogo:

Seis jogadores de cada equipe são permitidos no gelo por v. Cada time tem um goleiro, dois defensores, e três atacantes.
Há o defensor da direita e o defensor da esquerda, embora geralmente os defensores podem escolher ficar circulando.
Entre os atacantes, existe um centro, um ala direita, e um ala esquerda.
Para um time jogando em um campeonato, há normalmente um capitão designado e um assistente do capitão. Estes jogadores têm permissão para falar com os árbitros, se algum problema surgir no jogo.

A configuração física do jogo:

Um típico campo de hóquei tem duas linhas azuis que define as zonas de defesa e de ataque para cada equipe e uma linha vermelha dividindo a pista de gelo no meio.
A zona de ataque de um time é a área acima da linha azul mais longe protegida pela outra equipe.
A zona de defesa de um time é a área abaixo da linha azul mais perto protegida por sua própria equipe.
A zona entre as duas linhas azuis é a chamada zona neutra.

Círculos do lado esquerdo e do lado direito do gol definem pontos de face-offs (recomeço do jogo) para os face-offs que acontecem nessa zona. Os centros se alinham no centro do círculo, e habitualmente os alas, se alinham nos lados dos círculos. O time da defesa habitualmente se alinha atrás dos alas, fora dos círculos.

O time de defesa pode reposicionar seus atacantes para melhor cobrir a defesa adversária.

Face-offs:

Em um face-off, o centro se alinha contra o centro do time oposto. Os centros têm um face-off toda vez que o disco é jogado por um árbitro no jogo. Eles são os primeiros a lutar elo disco, assim que ele é jogado pelo árbitro. Às vezes, quer por uma decisão da própria equipe, ou do árbitro, outro jogador pode fazer um face-off, em vez do centro.

Os alas direita e esquerda, se alinham nos lados direito e esquerdo do seu centro. Eles estão alinhados em frente aos alas do time oponente.

Os defensores se alinham atrás dos atacantes nos lados direito e esquerdo.

O disco é jogado no centro gelo no início do jogo.

Baseada em onde o disco vai quando sai do jogo, todos os outros face-offs podem ocorrer em qualquer lugar do gelo. Se o juiz marcar um icing ou offsides (violações similares ao impedimento no futebol), o jogo começa geralmente sobre o ponto mais próximo de ambos os lados direito ou esquerdo. Se o disco é lançados fora do campo, o jogo recomeça em local designado pelo árbitro que seja o mais próximo possível de onde o disco saiu do jogo.

Offsides:

Quando um jogador está completamente dentro da linha azul de ataque antes do disco, o jogador está offsides e, o árbitro vai parar a jogada se o jogador não voltar para a linha azul antes de retornar à zona de ataque.

Um novo face-off é marcado fora da zona de ataque.

Um jogador fica "em cima do muro" na linha azul antes de ir atrás do disco, depois que ele passa a linha azul.

Se um gnomo que não é pontuação atingida por um jogador antes de a linha vermelha e vá passado a meta de sua linha ofensiva zona sem ser interceptada por um colega ou o oponente goalie, é chamado um gelo.

Uma nova frente-off é denominado na zona defensiva da equipa que bateu o dispositivo apontador.

Um jogador pode permanecer na sua zona de ataque, mesmo que o disco não esteja na zona, mas o jogador deve certificar-se de que quando o disco entrar na zona ofensiva, ele não está offside. O jogador deve deixar o disco entrar na zona ofensiva primeiro antes de ir atrás dele.

Icing

Se um disco que não faz gol é atingido por um jogador antes da linha vermelha e passar a linha de gol da sua zona de ataque sem ser interceptado por um colega ou o goleiro adversário, isso é chamado de icing.

Um novo face-off é marcado na zona defensiva da equipe que bateu no disco.

O tempo dos jogos:

Um jogo típico é jogado em três períodos, cada um com vinte minutos. O tempo pára quando o apito é soprado pelo árbitro e recomeça quando o disco é colocado novamente no jogo.

Penalidades, marcadas pelo árbitro, podem ser 2 minutos ou mais, dependendo se é uma grande penalidade, ou uma penalidade menor, ou má conduta. Quando uma penalidade é marcada, o árbitro levantará a sua mão. O cronômetro pára e é soprado o apito quando um membro da equipe que cometeu a penalidade toca no disco. O jogador é penalizado enviado à caixa de penalização.

Tempo extra podem ser dado quando o jogo está empatado no final. Outras regras de hockey podem ter lances livres se o jogo está empatado ao final do terceiro tempo.

Jogadas dos jogadores e penalidades:

Quando uma equipe tem mais jogadores do que a outra no gelo, é dito que essa equipe está no poder da jogada. Isso ocorre quando os jogadores da equipe oponente cometeram penalidades.

A equipe com menos jogadores no gelo é conhecida como estar numa penalidade. Icings são permitidos para equipes que estão em penalidade.

Substituição de jogadores:

Enquanto o disco está na jogada, jogadores de ataque e defesa podem entrar e sair do gelo. Normalmente, uma vez que um jogador está de 1,5 a 3 metros do banco, o outro jogador pode começar a entrar no gelo. A penalidade por ter muitos jogadores no gelo pode ser marcada a critério do árbitro.

As substituições também podem ser feitas antes de cada face-off. Se um tempo excessivo já se passou, um árbitro pode rejeitar quaisquer substituições antes desse face-off.

Às vezes, para aumentar a chance de marcar gols, principalmente no final de um jogo, o goleiro pode ser tirado para deixar outro jogador de ataque no gelo.

Regras por categorias:

Feminino: Disputam a fase eliminatória oito times, cada um com seis jogadoras – geralmente duas defensoras, uma meio-campo, duas pontas e uma goleira, que pode ser substituída por uma jogadora de linha em qualquer momento da partida
Masculino:
Disputam a fase eliminatória 12 times, cada um com seis jogadores – geralmente dois defensores, um meio-campo, dois pontas e um goleiro, que pode ser substituído por um jogador de linha em qualquer momento da partida.

Fonte: esporte.hsw.uol.com.br

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal