Breaking News
Home / Esportes / Curling

Curling

PUBLICIDADE

Curling
Curling

O Curling também é conhecido como o xadrez do gelo, pois une habilidade precisão e estratégia.

Teve seu inicio na Escócia como jogo de inverno antes de se espalhar por todo o globo e tornar-se um dos pontos altos dos Jogos Olimpicos de Inverno.

O curling é praticado em um rinque de gelo por 2 times de 4 jogadores.

O objetivo é que um time coloque suas pedras o mais próximo possível do centro do alvo.

Uma partida é composta de 10 rounds e cada jogador lança duas pedras gerando um total de 16 pedras por rounds.

Sob a direção do skip (capitão), o time varre o gelo diretamente a frente da pedra para ajustar a velocidade e direção de cada pedra enquanto ela desliza pelo gelo.

Marca ponto o time que ao final do round, tiver a pedra mais próxima ao centro do alvo.

Curiosidades

Curling é um esporte de equipe disputado por dois times de quatro jogadores cada em uma quadra retangular de gelo.

Seu apelido, “o jogo do rugido”, se origina do estrondo que a pedra de granito de quase 20 kg faz ao correr sobre o gelo

O curling é mais popular em países do norte como o Canadá e a Escócia, mas países mais quentes como a Espanha, a China e o Japão começam a se destacar na competição.

Os times são formados por um lead que lança primeiro, um secundário que lança em seguida. Um vice-skipe que geralmente lança em terceiro e um capitão de time (skipe) que direciona as jogadas e geralmente lança por ultimo.

As melhores pedras são feitas de granitos da ilha Ailsa Craig na Escócia. As pedras Olímpicas chegam a custar 1500 dólares.

Confira sete motivos para gostar de curling

Curling
Curling

Pode chamar de bocha no gelo, esporte da vassourinha, xadrez no gelo ou simplesmente curling. O esporte, que consiste em deslizar e posicionar a pedra de aproximadamente 20 kg o mais próximo do centro de um alvo.

Para tentar compreender a curlingmania segue lista de sete motivos para se apaixonar pela modalidade, que foi incluída no programa olímpico a partir de Nagano 1998. Se você já faz parte da febre, pode usar a lista para convencer mais amigos a aderir.

Se ainda não faz, prepare-se: o curling vai te conquistar.

1. Regras pouco complexas, fáceis de entender

O curling é, de certo modo, um jogo fácil. Nele, o objetivo básico é posicionar a última pedra da série de oito no centro de um alvo localizado na extremidade contrária da pista de gelo, que tem 4,75 m de largura por 44,5 m de comprimento. Quem conseguir, pontua. Se conseguir colocar mais de uma pedra próxima ao círculo sem que haja outra do adversário entre elas, pontua quantas pedras posicionar. E só

2. Semelhança com a sinuca e a bocha

De fato, o curling é uma espécie de bocha, só que disputada em uma pista de gelo e com o uso de vassouras para diminuir o atrito, aumentar a velocidade e mudar levemente o curso da pedra. Isso facilita o entendimento dos brasileiros, que também costumam comparar a estratégia do curling à da sinuca, uma vez que não basta só tentar colocar a pedra no centro, mas também proteger e atacar o rival.

3. Elementos inusitados

Por que eles têm que varrer? Como eles deslizam sem patins?

Essas duas dúvidas, muito comuns quando se começa a acompanhar o curling, remetem a dois elementos inusitados do esporte: a vassoura e o sapato. O primeiro é feito de material sintético e utilizado para diminuir o atrito da pedra. Já o segundo é feito de borracha e teflon, que ajudam o atleta a deslizar e conseguir impulso.

4. Independência física

O curling é mesmo um esporte democrático. Podem participar atletas acima do peso, com alguma idade e até sem cabelos.

Não à toa, o maior ídolo do Canadá cumpre dois destes três “requisitos”: Kevin Martin é careca e tem 43 anos de idade. Nem por isso o mestre deixa de ser vangloriado e perde seu lugar no time canadense.

5. Interferência mínima do juiz e nenhuma violência

Diferente do futebol, no qual é comum ocorrerem erros de arbitragem e brigas de torcida, o curling não tem muitas inferências do árbitro e nem desentendimentos entre jogadores ou torcida. O único lance “polêmico” de uma partida de curling é a decisão sobre qual pedra está mais perto do centro. Nada que leve jogadores às vias de fato ou torcedores a queimarem cadeiras.

6. Beleza é fundamental

Se nada te convence a ficar três horas concentrado no lançamento de pedras para dentro de um círculo, então você precisa ver o curling de outro ângulo: o da beleza. Para ficar em apenas três nomes no feminino, Cheryl Bernard se destaca no Canadá, Nicole Joraanstad nos EUA e Eve Muirhead na Grã Bretanha, fora as suecas e dinamarquesas. Já para as mulheres, o destaque é o canadense John Morris.

7. Estratégia e emoção até a última pedra

No curling, a equipe tem oito pedras para lançar em cada rodada (chamadas de “end”). Por isso, a emoção se renova a cada jogada e se intensifica nas últimas duas pedras, quando o capitão da equipe fica responsável pelo lançamento. É neste momento que as táticas de defesa e ataque são colocadas à prova. Isso sem contar que, até a última pedra, uma inversão no placar ainda pode acontecer…

História

Acredita-se que o Curling tenha surgido algures na Flandres durante a Idade Média. Certo é que existem registos de jogos de curling no inicio do século XVI, graças alguns quadros e também a uma pedra que tem inscrita uma data dos primeiros anos do século XVI.

Jogava-se nas festas populares, no Inverno, nos canais gelados com seixos dos rios e vassouras feitas com gravetos ou palha.

Também há registo de jogos, mais ou menos na mesma altura, no outro lado do canal da mancha, mais concretamente na Escócia. É, aliás, exatamente na Escócia que surgem as primeiras regras no papel. O The Royal Caledonian Curling Club, é considerado o Clube-mãe do Curling.

Depois o curling emigrou na mala dos que deixaram a Europa rumo ao novo mundo onde se desenvolveu muito.

Brasil

O Curling virou assunto entre alguns os brasileiros.

Sua criação foi durante a Baixa Idade Média, que se estende do século XI ao século XIV. Porém, o sucesso em nosso país pode ser identificado durante os jogos olímpicos de inverno desde ano, realizado em Vancouver, Canadá. Os jogos tem como característica a disputa por medalhas em esportes que geralmente envolvem fatores do período de Inverno.

A forma de disputa do Curling provocou curiosidade aos que acompanharam a competição. Muitos jamais tinham ouvido falar no esporte e outros o assemelharam com a bocha, esporte praticado no Brasil. Para alguns a certeza é que as Olimpíadas não serão mais de quatro em quatro anos, e sim, de dois em dois – Os jogos de inverno são realizados dois anos depois das Olimpíadas de verão.

Equipamentos utilizados

A vassoura utilizada no esporte é alvo de perguntas por parte dos curiosos. Ela tem a função de reduzir o atrito entre o terreno e a pedra, com o que ela acelera e deixa de se curvar. Além dela nota-se o uso de calçados especiais utilizados por cada atleta e das pedras de granito que são lançadas com o objetivo de acumular pontos.

O Curling

O Curling, é um esporte coletivo praticado oficialmente nas Olimpíadas de inverno, onde participam dos torneios masculino e feminino, o país anfitrião e as nove equipes com mais pontos nos três Mundiais anteriores. O sistema de disputa é o mesmo do Campeonato Mundial ( desde 1959 ocorre a versão masculina e desde 1979 a feminina. Doze equipes participam da disputa, dividida em duas fases (todos-contra-todos e eliminatórias).

Nos três campeonatos anteriores a uma edição de Jogos Olímpicos de Inverno, os países recebem pontos que determinam as equipes classificadas para o torneio olímpico).

Criado por volta do século XVI na Escócia, o esporte teve as primeiras regras elaboradas em 1838 nas quais o jogador tem como objetivo, lançar pedras de granito,como podemos ver na Figura 1 e Figura 2, sobre uma pista de gelo, que mede aproximadamente 45,5 metros de diâmetro e 4,75 metros de largura como podemos ver na Figura 3 , com finalidade de acertar o mais próximo possível do seu alvo.

O nome do esporte origina-se do verbo em inglês”to curl”, que significa “girar”, e se deve ao fato de as pedras serem levemente giradas no ato do lançamento, descrevendo uma parábola em sua trajetória.

 

Curling
Figura 1 – Pedras do Curling

Curling
Figura 2 – Equipe masculina do Canadá nos jogos Olímpicos de 2006

Curling
Figura – 3 A pista de jogo

Origem

Apesar de não haver provas exatas de sua origem, acredita-se que o curling seja um dos esportes mais antigos do mundo, pois algumas pinturas do artista flamengo Pieter Bruegel, retratavam uma atividade semelhante ao curling atual sendo praticada sobre lagos congelados, além de outras referências que aumentam a probabilidade de que este esporte, possivelmente, tem origem escocesa.

Esta modalidade foi inventada nos lagos gelados da Escócia, porém são os canadenses que mantém a hegemonia mundial.

O esporte foi levado para a América do Norte, justamente, por imigrantes escoceses e se desenvolveu esportivamente por lá. É considerada a segunda modalidade coletiva de inverno mais praticada no Canadá.

Fonte: www.esportesdeaaz.com.br/esportes.terra.com.br

Curling

Seria a Bocha?

Seria o curling, um dos esportes de grande interesse para os escoceses, uma espécie de bocha?

Pode ser.

O Curling é um esporte de inverno, praticado sobre o gelo. O jogo consiste em empurrar uma grande pedra redonda e plana sobre o gelo até uma meta. Os pontos são marcados quando as equipes conseguem o seu objetivo.

Esse esporte da Escócia, que os holandeses juram que foi inventado na Holanda, chegou aos estados Unidos por meio dos imigrantes escoceses, em 1822, disputando-se a primeira partida internacional em 1902, contra um time escocês. Na Escócia, o mais antigo clube de curling é o de Edimburgo, fundado em 1795.

As regras do curling foram organizadas em 1834, e hoje o controle desse esporte está com o Royal Caledonia Curling Club. Na Escócia, o curling é o grande esporte de inverno, e dizem que ele já existe desde 1551. Verdade ou lenda? A verdade é que o curling tem muito a ver com a bocha e com o boliche de campo.

Cada equipe tem quatro jogadores, e é arremessada uma pedra de granito, com 20 Kg, em direção ao alvo, um círculo de 1,83 m de raio.

O objetivo é colocar a pedra próximo ao centro do alvo. Há revezamento de arremessos, e, após dezesseis arremessos, o time que tiver a pedra mais perto do centro ganhará a disputa.

Há uma federação internacional em Edimburgo, com 35 filiados.

Nos Jogos Olímpicos de Chamonix, em 1924, o curling foi aceito como demonstração. O primeiro Campeonato Mundial de Curling foi realizado em 1959, só para homens, e em 1979, para mulheres. Esses certames são disputados, agora, todos os anos, com a organização da World Curling Federation (WCF). Ainda esporte de demonstração nos Jogos Olímpicos de Inverno, em 1988 e 1992, tornou-se olímpico, finalmente, em 1998.

O ringue onde se disputa o curling tem 42,50 m de comprimento por 4,75 m de largura. O button ou meta tem o diâmetro de 31 cm, em cada um dos lados do ringue. Existem dois, e o campo de jogo é molhado constantemente para facilitar o deslize da pedra. Os jogadores utilizam-se de um bastão para auxiliar a movimentação da pedra. É um esporte olímpico de inverno muito bonito de ver, exigindo uma técnica refinada.

COMPETIÇÃO OLÍMPICA

O Curling é esporte olímpico de inverno desde 1998.

Suíça, Canadá, Noruega, Dinamarca e Suécia dominaram os primeiros jogos para homens e mulheres.

Sapatos especiais são importantes na competição. Também é importante a constante limpeza da trilha da pedra arremessada por um competidor.

Orlando Duarte

Fonte: books.google.com.br

Curling

Praticando o Jogo Curling

A Equipe

A equipe é composta de quatro jogadores, chamados de ‘Capitão (Skip)’, ‘Primeiro’, ‘Segundo’ e ‘Terceiro’. Altamente criativo. 

O Capitão geralmente é a pessoa mais experiente e equilibrada da equipe. O jogo é praticado em rodízio, de forma que todos os quatro membros da equipe possam lançar duas pedras cada um. Em qualquer instante, há um capitão, dois varredores e uma pessoa lançando uma pedra.

Todos têm que lançar 2 pedras e varrer; portanto, esse é um jogo onde há um envolvimento total da equipe.

Quando o Capitão é escalado para lançar suas pedras, o ‘terceiro’ (ele tem esse nome porque é o terceiro a lançar as pedras) atua temporariamente como capitão. Podemos deduzir desse fato que as últimas pedras são as mais importantes para o resultado do jogo. A varrição é orientada pelo capitão e o tipo de lançamento, bem como a sua colocação, são chamados pelo capitão (ou substituto).

A Estratégia do Jogo

O curling sempre é mencionado pelos praticantes como um jogo de estratégia, em parte porque ele é, mas também provavelmente porque eles querem ter certeza de que o jogo seja visto como uma atividade mais elaborada do que simplesmente lançar pedras e deslizar no gelo.

A estratégia, entretanto, é definitivamente a coisa mais importante no curling de competição. Uma grande parte do esforço é dedicada ao planejamento de uma rodada, de forma que a pedra de sua equipe esteja o mais próximo do centro.

Existem muitos movimentos estratégicos diferentes, mostraremos aqui os padrões:

Draw

Curling

Um ‘Draw’ é obviamente o movimento mais básico. Você lança a pedra sobre a lâmina e, com a ajuda dos varredores e a orientação do capitão, tentando fazer a pedra parar no local desejado. Mostramos ao lado um draw perfeito dentro do Tee, o centro da Casa. Ele seria totalmente inútil como primeiro lançamento, pois poderia ser facilmente deslocado dessa posição.

Takeout

Curling

Aqui, a pedra verde é deslocada pela amarela. A amarela continua a se mover, mantendo a maior parte de seu momento linear (normalmente os takeouts são lançados com mais força do que os draws), golpeando também a pedra verde para fora do jogo. A pedra amarela poderia, é claro, se manter no jogo caso permaneça nos limites; porém, em um takeout básico, a única preocupação é remover a pedra da outra equipe.

Guarding

Curling

O guarding (proteção), como seu nome implica, é a colocação de uma pedra na frente de outra (com um draw) para evitar um takeout. Nesse diagrama, observamos duas pedras verdes e três amarelas que já tinham sido lançadas. Para proteger a pedra A, a equipe amarela lançou um draw, a pedra B, imediatamente na frente da pedra A. Isso evitará um takeout pela pedra C, que ocorreria caso a jogada não fosse realizada.

O Gelo

Curling

Curling
Homem do gelo “pavimenta com cristais de gelo” antes do próximo jogo

Um grande elemento do jogo, não mencionado até agora, é o ‘giro (curl)’ da pedra. Como você pode ver nos diagramas acima, a pedra não se movimenta em um percurso reto perfeito. Isso ocorre por causa do giro que o jogador aplica na pedra. Quando ela é lançada, um leve giro é aplicado, atuando como uma bola em curva muito, muito lenta.

O cristal de gelo (pebble) é o que ajuda a pedra a efetuar o movimento lateral. Como pode ser visto abaixo, o gelo é salpicado antes do jogo com um ‘salpicador de cristais de gelo (pebbler)’, para criar um efeito de aspereza, como se fossem pequenos seixos; veja o diagrama à esquerda. Sem isso, a pedra não seria capaz de se deslocar tão longe. A pequena superfície de deslocamento da própria pedra em combinação com a pequena área de contato do gelo (criado pelos cristais) provoca o mesmo efeito que a frenagem em um trecho com gelo. Um delgado filme de água na parte superior do gelo cria um hidroplano. Por meio da utilização das vassouras, os varredores aquecem ligeiramente os cristais e, portanto, aumentam esse efeito, fazendo com que a pedra deslize mais longe e segure menos (ela também tem o efeito de diminuir o movimento lateral provocado pelo giro).

Os Equipamentos

Curling
Uniformes

Curling
Vassouras/Escovas

Curling
Tênis

Os calçados utilizados pelos jogadores apresentam um formato muito especializado; um pé tem um solado muito ‘escorregadio’, fabricado em Teflon espesso e o outro tem um solado ‘aderente’ fabricado em borracha de crepe natural. Atualmente, o solado ‘escorregadio’ foi redesenhado para oferecer uma distribuição de peso uniforme sobre toda a largura do pé, permitindo uma posição de lançamento mais estável.

Curling
2 Jogadores Juvenis Varrendo

Os ‘varredores’ utilizam escovas fabricadas com pelo de porco (veja figura superior) ou material sintético (veja figura inferior) para fazer com que as pedras tenham um percurso maior e evitar um excesso de giro. Eles respondem ao incentivo do capitão da equipe para realmente remover todos os obstáculos, ajudando a pedra a alcançar a posição ideal. Os 2 varredores fazem o seu trabalho, normalmente 1 de cada lado da pedra e sempre na frente da mesma.

As equipes em competições internacionais utilizam uniformes conforme o costume de seus países; porém, ele deve ser quente e confortavelmente ajustado. Não pense, porém, que você vai passar frio jogando, os varredores podem suar um bocado em conseqüência do esforço exercido para manter a pedra no curso. Os uniformes adequados para o curling são feitos de várias camadas.

Regras

O objetivo do jogo é, após jogar todas as 16 pedras (8 para cada equipe), colocar uma pedra de sua equipe o mais próximo possível do centro da casa, ou alvo, chamado de ‘tee’. Isso é possível por meio do lançamento de sua pedra de modo que ela pare na posição de pontuação (um ‘draw’), golpeando as pedras de seus oponentes para fora da posição de pontuação (um ‘takeout’) e protegendo suas próprias pedras com outras.

A equipe com a pedra mais próxima, dentro da casa, marca um ponto ou mais, caso ela também tenha a segunda pedra mais próxima e assim por diante.

Cada rodada é chamada de ‘jogo’ (‘end’) e consiste de duas pedras lançadas por cada jogador em cada equipe de quatro pessoas.

As pedras são lançadas a partir da área de impulsão, em um lado da lâmina, até a casa no lado oposto.

O jogador empurra a pedra a partir da área de impulsão e a libera com um giro ou ‘curl’

Origem escocesa

Um dos mais antigos esportes de equipe, o curling se originou no século 16 na Escócia, quando os jogos eram disputados durante o inverno em lagos e lagoas congeladas. As pedras de curling mais antigas que se tem notícia vieram das regiões escocesas de Stirling e Perth e datam de 1511. Nos anos 1600, as pedras com alças foram introduzidas.

Fonte: www.seed.slb.com

Curling

Regras do Curling

Regras pouco complexas, fáceis de entender

O curling é, de certo modo, um jogo fácil. Nele, o objetivo básico é posicionar a última pedra da série de oito no centro de um alvo localizado na extremidade contrária da pista de gelo, que tem 4,75 m de largura por 44,5 m de comprimento.

Quem conseguir, pontua. Se conseguir colocar mais de uma pedra próxima ao círculo sem que haja outra do adversário entre elas, pontua quantas pedras posicionar. E só.

Curling

As regras

Uma equipe de Curling tem quatro membros. Um estrategista, um lançador e dois varredores.

As funções não são fixas e há revezamento entre os membros dependendo da estratégia traçada. A pista mede 45,4 metros de comprimento por 4,75 de largura e é composta por círculos demarcados.

Cada time pode lançar oito pedras por período de jogo.

A pontuação é dada no final de cada período e o critério a ser utilizado é de qual equipe deixou uma pedra mais perto do chamado “centro”, que é a zona de maior pontuação.

Depois disso, os árbitros contam quantas pedras dessa equipe estão na frente da melhor do time adversário. Isso determina quantos pontos a equipe ficará em determinado período.

A regra também diz que cada time tem 73 minutos para fazer suas jogadas.

A equipe que tiver mais pontos no final de dez períodos se torna vencedora da partida. Em caso de empate, a disputa segue até um time vencer um período.

O jogo também termina quando o número de pedras restantes para uma equipe jogar é menor do que a sua desvantagem no placar; a equipe é declarada derrotada nessa situação.

Vídeo – Curling

Fonte: esportes.terra.com.br

Veja também

Nilton Santos

Nilton Santos, Jogador, Futebol, Vida, Clubes, Títulos, Nascimento, Seleção Brasileira, Titular, Carreira, Nilton Santos

Gilmar

Gilmar, Futebol, Jogador, Títulos, Goleiro, História, Clubes, Gols, Seleção Brasileira, Atuação, Mundial, Jogos, Carreira, Gilmar

Leônidas

Leônidas, Jogador, Futebol, Clubes, Títulos, Biografia, Capitão, Ídolo, Diamante Negro, Treinador, Vida, Carreira, Leônidas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.