Breaking News
Home / Turismo / Bertioga

Bertioga

PUBLICIDADE

A cidade é conhecida como a porta de entrada do litoral norte.

São 33 Km de praias e 482 Km² de mata Atlântica, que resultam numa das maiores áreas de preservação do Estado de São Paulo. apenas 108 Km da capital SP.

Nesta rica biodiversidade, um dos melhores programas são as trilhas (click aqui para inf. Sobre ecoturismo ) que terminam em paraísos ecológicos, como o passeio de 3 km até a Prainha Branca ou a descida de acquaride pelas corredeiras do Rio Itapanhaú.

Além disso, os moradores de Bertioga têm muitos outros motivos pra se orgulhar, pois a cidade teve grande importância no desenvolvimento histórico do país.

Prova disso é o Forte São João. Fundado em 1547, às margens do Canal Bertioga, é a fortaleza mais antiga e também a mais bem conservada do Brasil.

Na área do entorno do Forte, fica o Parque dos Tupiniquins, onde está localizada a única estátua do cacique tupinambá Cunhambebe do país, que esteve ali em 22 de setembro de 1563, acompanhado do Padre José de Anchieta para selar a paz entre colonos e índios.

Quem curte história, não pode perder também o passeio à Vila de Itatinga, onde funciona a Usina Hidrelétrica de Itatinga, que desde 1910 até hoje, abastece todo o Porto de Santos. Por meio de uma Maria Fumaça do início do século passado, o visitante é conduzido por uma bela mata, até avistar as casinhas que conservam o original estilo britânico de suas construções.

Outro passeio imperdível é a Aldeia Indígena do Rio Silveira. Localizada numa área de mais de 948 hectares, entre as cabeceiras do Rio Silveira e do Ribeirão Vermelho, a aldeia fica na divisa entre Bertioga e São Sebastião, e abriga cerca de 300 índios tupi-guaranis.

Assim é Bertioga, uma cidade praiana, onde passado e presente se misturam, resultando num lugar agradável e de parada obrigatória para os turistas de passagem.

Praias – Bertioga

Bertioga

Bertioga tem 33 Km de praias próprias para práticas de vários esportes e também ao agrado dos turistas pela excelente condição de balneabilidade.

Praia da Enseada

Com 12 km de extensão, é a mais movimentada. Começa no Centro da cidade, no encontro com o Canal de Bertioga, e segue até o bairro do Indaiá. Possui larga faixa de areia clara e dura, mar aberto bom para banhos e pesca de arremesso. Ideal para o surfe nos trechos em frente ao Hotel Marazul 27 e na Colônia do Sesc-Bertioga.

Já no trecho do Indaiá, o mar tem águas claras, com poucas ondas, próprias para crianças e prática de esportes náuticos, além de mergulhos.

Praia de São Lourenço

São 4,5 km de mar limpo, desde o empreendimento Riviera de São Lourenço até o Jardim São Lourenço. No píer são realizados campeonatos de surfe.

Praia de Itaguaré

Com acesso pelo Jardim São Lourenço, é um dos locais mais procurados por surfistas. São 3,5 km com faixa de areia dura e larga e mar aberto, sendo que em uma de suas extremidades deságua o rio que leva o mesmo nome. É ótima para banhos, pesca de arremesso e considerada a única praia virgem da região. Com acesso também pela Rio-Santos, sentido Bertioga-São Sebastião, há entrada para a Barra do Itaguaré. No local, são alugados caiaques e canoas para passeios no rio.

Praia de Guaratuba

São 8 km de tranqüilidade, com água limpa, mar aberto e área de condomínios com casas de veraneio. Na ponta norte, fica a barra do Rio Guaratuba, ideal para reunir a família e amantes da pesca amadora. As areias claras se misturam à barra do rio e ao mar que garantem muita diversão e banhos aprazíveis.

Praia de Boracéia

São 4,7 km de faixa larga de areia e mar aberto até a divisa com São Sebastião. No local, há total infra-estrutura com quiosques e campings, onde é possível fazer refeições e se hospedar com simplicidade. Nessa praia acontece, anualmente, o tradicional Torneio de Pesca promovido pelo Clube Aramaçan, de Santo André.

Canal de Bertioga – Bertioga

O Canal de Bertioga é conhecido por sua beleza e tranqüilidade.

São 30 quilômetros de extensão que têm início junto à praia da Enseada, em Bertioga, e terminam em Santos, ao lado da Base Aérea.

Bertioga

O local é um excelente ponto de pesca e dele pode-se avistar importantes pontos turísticos da cidade, como o Forte São João, os píeres, as marinas, os manguezais, a foz do rio Itapanhaú e a balsa que faz a travessia entre Bertioga e Guarujá.

Paralela ao Canal, encontra-se a avenida Vicente de Carvalho, onde é possível encontrar várias opções de lazer e serviços, como o Mercado Municipal de Pescados.

Além disso, parte da beleza do cenário local é garantida pelas garagens náuticas que oferecem aluguel de barcos para pescarias ou passeios pelas redondezas.

O comércio local é bastante diversificado com restaurantes, sorveterias, cafeterias, lojas de artigos esportivos e barracas de artesanato dispostas numa das áreas mais movimentadas da cidade.

Pastel do Trevo – Bertioga

Impossível passar por Bertioga sem experimentar o Pastel do Trevo. Há 16 anos sem mudar de endereço, o local já virou ponto turístico da cidade.

Bertioga

O proprietário Donizete Aparecido da Silva explica que no início a idéia era transformar o pastel que sempre foi visto como um petisco, num lanche completo – quase uma refeição. Assim, o Pastel do Trevo já começou a ser vendido num tamanho maior do que o normal, e foi aumentando com a aceitação da clientela.

Hoje os pastéis têm de 25 a 30 cm de comprimento e podem chegar a 800 gramas de recheio, como é o caso do X-Tudo. Além disso, também são vendidos outros salgados em tamanho avantajado, como é o caso da “Teta de Moça”, uma ´quase-tradicional´ coxinha de frango com 150gramas de recheio.

Segundo Donizete, são vendidos de 1500 a 2000 pastéis por dia (a maioria de carne e queijo) durante a temporada e de 300 a 400 unidades nas filiais.

Aldeia Indígena – Bertioga

A Aldeia do Rio Silveira é um dos grandes motivos de orgulho de Bertioga.

Localizada numa área de mais de 948 hectares, entre as cabeceiras do Rio Silveira e do Ribeirão Vermelho, a aldeia está a 1500 metros da praia, no bairro de Boracéia, divisa entre Bertioga e São Sebastião.

O local abriga cerca de 300 índios tupi-guaranis, divididos em seis grupos, com seis líderes que auxiliam o cacique.

Essas famílias sobrevivem do cultivo do palmito pupunha e da venda de artesanatos e plantas ornamentais na Rodovia Rio-Santos. Na comunidade há também atendimento na área de Educação e Saúde, que conta com uma escola para as crianças índias.

É importante lembrar que o acesso à Aldeia só pode ser feito com acompanhamento de agência de turismo local e depende de autorização da FUNAI.

Passeio de Escuna – Bertioga

Bertioga

Com capacidade para 80 pessoas, a Escuna Pasárgada realiza passeios que partem do Píer de Bertioga, passando pelo Canal em direção às Praias Branca, Preta e Camburizinho; as Ilhas Guará e Rasa e uma parada de 10 minutos para banho na Praia de Iporanga, em Guarujá.

Fonte: guiadolitoral.uol.com.br

Bertioga

Porta de entrada para o badalado Litoral Norte de São Paulo, Bertioga reúne atividade e programas para turistas de variados estilos, em especial para aqueles que viajam com a família. Além da boa infraestrutura de restaurantes e hospedagens, a cidade oferece atrativos que vão muito além do banho de mar – mas como estamos falando de um balneário, as praias de Boracéia, Guaratuba e Itaguaré não podem ficar de fora do roteiro.

“Riviera de São Lourenço é point dia e noite, com shopping,restaurantes e boates”

Também a praia de São Lourenço, que emoldura a Riviera de São Lourenço – um condomínio aberto e formado por casas, apartamentos, shopping e seguranças -, merece uma visita. Por ali, entretanto, a orla de quatro quilômetros não é o atrativo principal.

O que chama atenção é a organização e os serviços – de agências bancárias a supermercados, incluindo farmácias, restaurantes estrelados, bares, lojas e até um antiquário, que em janeiro promove concorridos leilões. A 16 quilômetros do Centro, é puro deleite para a garotada que, durante o verão, circula da praia para o shopping a bordo de bicicletas e mobiletes. Quando a noite cai, os holofotes continuam sobre a Riviera, que tem boate, luaus e festas na beira da praia.

A natureza privilegiada da região – Bertioga está aos pés da Serra do Mar e grande parte de sua área verde está protegida como Parque Estadual – atrai também os adeptos do ecoturismo. Por lá, os aventureiros encontram trilhas em meio à mata Atlântica, cachoeiras e rios para a prática de canoagem.

Bertioga
Boracéia: Praia tranquila se esparrama por cinco quilômetros

AS PRAIAS DE BERTIOGA

Boracéia

Bertioga

Urbanizada, estende-se por quase cinco quilômetros, até a divisa com São Sebastião. Ao longo da orla oferece quiosques e campings. Fica a 35 quilômetros do Centro.

São Lourenço

Com 4,5 quilômetros de extensão, a praia de São Lourenço é bastante urbanizada, cercada por casas, muitos prédios e seguranças.

Bertioga

Quase toda a orla, de areia batida, é acompanhada por um bonito gramado decorado com coqueiros. Apesar do mar calmo, que atrai famílias com crianças, a praia é cenário de campeonatos de surf nos arredores do píer, onde há algumas formações de ondas. Fica a 16 quilômetros do Centro.

Guaratuba

Bertioga

Tranquila e perto de condomínio de casas, reúne muitas famílias hospedadas por ali. Fica a 24 quilômetros do Centro.

Itaguaré

Bertioga

Procurada por surfistas, é uma das mais preservadas da região. Ao longo de seus três quilômetros de extensão oferece bons pontos também para o banho e a pesca. Caiaques e canoas são alugadas nos trechos onde é cortada por riachos. Fica a 20 quilômetros do Centro.

Praia da Enseada

Extensa, a praia da Enseada vai do Centro da cidade ao bairro do Indaiá, totalizando 12 quilômetros.

Bertioga

Movimentada, é poluída nos arredores do Canal de Bertioga, porém, indicada para banhos e prática de esportes no Indaiá.

A turma do surf aproveita as boas ondas formadas nos trechos em frente ao Hotel Marazul e ao Sesc.

Forte de São João

Inaugurada em 1547, a fortaleza é considerada a mais antiga do Brasil. Bem conservada, abriga exposição permanente de armas e de ocas indígenas. No entorno fica o Parque dos Tupiniquins, com grande área verde, artefatos históricos e estátuas.

Bertioga

Passeio de escuna

Bertioga

As embarcações partem do Píer de Bertioga e circulam por praias e ilhas, com paradas para banhos.

Usina de Itatinga

Um bonde leva à Vila de Itatinga, onde está a usina construída pelos ingleses no início do século 20, cercada por casinhas em estilo britânico.

Bertioga

O tour, de seis horas, conduz a caminhadas por trilhas e banhos de cachoeira. É preciso agendar com antecedência.

Aldeia dos índios guaranis

Localizada numa área de quase mil hectares, a aldeia abriga cerca de 300 índios na divisa entre Bertioga e São Sebastião. No local há venda de artesanato e de plantas ornamentais.

Fonte: www.feriasbrasil.com.br

Bertioga

Bertioga quer dizer, em língua indígena, “morada do macaco”. A cidade, conhecida como balneário na região da baixada santista de São Paulo, reserva surpresas com uma das mais longas áreas de Mata Atlântica que ainda resiste no país.

Bertioga

Pela mata é possível fazer diversas trilhas para cujos pontos de partida se vai muitas vezes de barco, pelos três rios que predominam na região.

Os caminhos apresentam diversidade de vegetação e muitos dados históricos. São 482 quilômetros quadrados cravados em áreas de preservação ambiental, banhados por 33 km de praias.

História e Cultura

Bertioga, antes da chegada de Portugueses, era habitada por índios, que a chamavam de “Buriquioca”. Na língua Tupi, “Buriqui” significa Macaco e “oca”, morada. Portanto, Bertioga significa morada dos macacos. Seu território era habitado por tribos de índios tupis até a chegada dos portugueses ao litoral, em 1532, quando iniciou-se a colonização. Até a década de 50 era apenas um núcleo de pescadores. A partir daí, com a melhoria dos acessos viários, começou a receber um incremento turístico.

As festas gastronômicas dão fama à cidade. A mais conhecida é a tradicional Festa da Tainha, que acontece durante todos os fins de semana do mês de julho, bem ao lado da Rodovia Rio-Santos, no trevo de entrada da cidade, e já faz parte do calendário oficial de eventos da Secretaria de Estado de Esportes e Turismo. Outra festa que também atrai um grande público, é a Festival do Camarão na Moranga, realizada no mês de agosto no mesmo local da Festa da Tainha. E, no verão, as praias recebem atividades esportivas e musicais no ‘Projeto Verão’, que acontece em todo o litoral paulista.

Clima

Tropical úmido. No verão, a temperatura beira os 35 graus. No resto do ano a média é 25 graus. As chuvas já predominaram nas estações mais quentes mas, nos últimos anos, os meses de janeiro a março têm sido um pouco mais secos.

Vegetação e Relevo

Mais da metade da área de Bertioga faz parte do Parque Estadual da Serra do Mar, colocando assim, o município com um dos com mais área verde e de proteção ambiental de todo o Estado. 
O destaque são seus 33.100 metros de praias, mas os rios Itapanhaú, Itaguaré e Garatuba são excelentes para a pesca amadora e formam três bacias hidrográficas que deságuam diretamente no Oceano Atlântico.

Alimentação

Na cidade, as opções são diversas: restaurantes, pizzarias e lanchonetes, além de hotéis que também oferecem refeições a não-hóspedes.

Hospedagem

A variedade de opções inclui hotéis, pousadas, aluguel de casas e camping. Para quem é sócio, o Sesc é uma ótima opção, com muita infra-estrutura.

Dicas Gerais

Certifique-se de estar acompanhado de um instrutor/guia experimente nas caminhadas e na prática de esportes, não só para sua segurança como para aprender também os aspectos históricos dos locais visitados.

O que levar?

Boné ou chapéu, capa de chuva, dois tênis confortáveis para caminhadas com solado anti-derrapante, meias grossas, mochila pequena, protetor solar e labial, repelente, roupas leves para caminhas, preferencialmente de cores claras, roupa de banho, toalha.

Fonte: www.webventure.com.br

Bertioga

Bertioga, como todo litoral paulista, possui vestígios de ocupação pré-histórica, comprovados pelos diversos depósitos de calcários existentes na região.Esse tipo de sítio arqueológico, a que damos o nome de Sambaqui, constitui-se de grandes quantidades acumuladas de conchas de moluscos marinhos e terrestres, misturados com instrumentos de pedra e ossos e esqueletos ou parte de esqueletos humanos e de animais que representam testemunhos de cultura dos paleoamerídios do Brasil.

Bertioga surge na História do Brasil com a importância de um dos primeiros pontos geográficos interessados no povoamento regular, pontos estes destinados à defesa desse povoamento e a palco de grandes batalhas entre a civilização, representada pelos portugueses de Martim Afonso de Sousa, e a barbárie, representada pelos tamoios de Aimberê, Caoaquira, Pindobuçu e Cunhambebe, em constantes incursões e correrias destruidoras.

Seu povoamento teve início no ano de 1531, quando Martim Afonso de Sousa, nomeado Governador Geral da Costa do Brasil, aportou às águas da antiga Buriquioca. Com a intervenção de João Ramalho, Martim Afonso deixou em terra alguns homens para realizar ali uma primeira feitoria da nova fase ou um pequeno fortim, partindo em seguida rumo ao sul, dirigindo-se para o outro lado da ilha, e fundar oficialmente a Vila de São Vicente.

Surge, nesta época, Diogo de Braga, personagem de origem desconhecida e que parecia viver entre os índios e agregados, pois era casado com uma índia e já estava em Bertioga anos antes da chegada de Martim Afonso, falando corretamente a língua dos tupis. A ele, e seus cinco filhos e mais companheiros deixados pelo governador e donatário, se devem as tentativas de formação da primeira colônia e a construção de uma pequena estacada, origens do atual Forte São João.

Esta Área constituiu-se importante ponto estratégico na defesa e vigia do caminho natural de tamoios e franceses. Hans Staden dá-nos relatos bem vivos dos freqüentes assaltos. Daí a necessidade de ser fortificado o local, o que foi feito em ambos os lados da Barra: Fortaleza de São Tiago de Bertioga, ou São João, no trecho continental, e forte de São Luís, ou São Felipe, na fronteira ilha de Santo Amaro.

Essa fortificação só se efetivou em 1547, após ataques dos índios tupinambás, que incendiaram a primeira paliçada existente.Testemunha de iNúmeros acontecimentos decisivos para a História do Brasil, o Forte São João tornou-se um símbolo para Bertioga e um marco para a História do país. Foi nele que, em 1563, os jesuítas Manoel da Nóbrega e José de Anchieta se hospedaram, por cinco dias, antes de irem para Ubatuba apaziguar os índios revoltados na Confederação dos Tamoios.

Foi também de Bertioga que Estácio de Sá e sua esquadra partiram, em 1565, para dar combate aos franceses e fundar a cidade do Rio de Janeiro.O sítio primitivo de Bertioga era uma pequena linha de praia protegida pelo outeiro de Buriquioca, hoje Morro da Senhorinha. O antigo núcleo estendeu-se também pelo outro lado da barra, onde, em meados do século XVI, fora fundada a capela de Santo Antônio de Guaíbe.

Nos primórdios do século XVIII, com o uso do azeite de baleia para iluminação pública e particular, Bertioga passou a ter grande importância, graças à criação da Armação das Baleias para a pesca da Baleia e onde foram construídos grandes tanques para depósito de óleo desses animais.Assim, durante certo tempo, o azeite de Bertioga contribuiu para a iluminação de Santos, São Vicente, São Paulo, São Sebastião e, em parte, também do Rio de Janeiro.

Durante muito tempo Bertioga conservou-se como um núcleo de pescadores, dos mais pobres, com cerca de duas dúzias de casas defronte do porto da barca e três pequenas casas de Comércio.Somente na década de 40, o pequeno núcleo de pescadores começou a despertar para sua grande função: a de Estância Balneária.

Com a melhoria das vias de acesso, através da construção de estradas e cobertura de asfalto da estrada que corta o Guarujá em direção ao ferry-boat, que faz a travessia que liga à Ilha de Santo Amaro à Bertioga, iniciou-se uma grande expanSão urbana da vila.Nesta época, em 1944, Bertioga (e toda extenSão territorial norte) foi transformada oficialmente em distrito de Santos.

Passados três anos, Bertioga foi elevada à subprefeitura, mas continuou, durante muito tempo estagnada, sem água, luz, telefone, arruamento ou acessos rodoviários, contando apenas com um único meio de transporte: as embarcações da Companhia Santense de Navegação, que com alguma precariedade, interligava diariamente Bertioga ao Porto de Santos.Após dois movimentos pró-emancipação, um em 1958 e outro em 1979, Bertioga conquistou sua autonomia.

No dia 19 de maio de 1991, a População compareceu às urnas, realizando o plebiscito que resultaria na emancipação do distrito. Das 3.925 pessoas que votaram, 3.698 foram favoráveis à independência de Bertioga. No ano seguinte, foram realizadas as primeiras eleições da cidade, consolidando sua autonomia e elegendo seu primeiro prefeito, o arquiteto José Mauro Dedemo Orlandini, e seus vereadores constituintes: Lairton Gomes Goulart, Sérgio Pastori, Francisco Soto Barreiro Filho, Miguel Seiad Bichir Neto, Antônio de Jesus Henriques, Ney Moura Nehme, Nelson Turri, José Carlos Buzinaro e Antônio Rodrigues Filho.

Praia da Enseada

A praia da Enseada está localizada perto do centro da cidade de Bertioga, São 12 Km de larga faixa de áreia, inclui o trecho conhecido como Indaiá, bom para banho e pesca de arremesso. A praia da Enseada é uma das mais freqüentadas. Onde também São realizados vários Shows e Eventos em época de temporada.

Praia de Guaratuba

Guaratuba, o nome significa “lugar onde a onça vem beber água”, São 8 Km de mar muito aberto e águas limpas , na ponta norte deságua no mar o rio Guaratuba, que é ótimo para pesca.

Praia de São Lourenço

A praia de São Lourenço tem 4,6 Km de mar limpo e águas transparentes, em sua orla está localizada a Riviera de São Lourenço.

Praia de Itaguaré

A Itaguaré em Bertioga, uma praia em semi circulo, que em tupi significa “pedra da garça”, possui 2,9 Km de areia dura e larga, além de uma baixa Vegetação. O mar é aberto, e um rio deságua em uma de sua extremidades é uma das mais perigosas. Praia semi-deserta, escolhida principalmente pelos surfistas e adeptos do bodyboarding. No caminho de acesso à praia estão localizadas barracas de Ostras, gastronomia típica do local, onde também pode-se apreciar outros pratos de frutos do mar. Muitos pescadores já descobriram que aqui tem fartura do peixe Parati. Todos os dias, tradicionalmente a pesca é farta neste local.

Praia de Boracéia

Boracéia, significa para os indios “lugar de muita gente” São 4,7 Km de praia bem na divisa de Bertioga com São Sebastião. O mar é aberto e possui uma faixa larga de areia, existem vários quiosques de frente o mar onde se pode almoçar as delícias da comida caiçara, com muita simplicidade.

Aldeia Indígena Rio Silveira

Localizada entre as cabeceiras do Rio Silveira e do Ribeirão Vermelho, abriga cerca de 300 índios Tupi-Guaranis. O acesso só pode ser feito com autorização prévia da FUNAI.

Rios

Guaratuba, Itapanhaú e Jaguareguava, todos ótimos para pesca e passeios de barcos.

Canal de Bertioga

Tem 30 quilômetros de extenSão a partir da praia da Enseada. Excelente ponto de pesca, conta com píers, marinas, a foz do Rio Itapanhaú e a balsa que faz a travessia até Guarujá.

Fonte: www.explorevale.com.br

Bertioga

Bertioga é considerada a porta de entrada do litoral norte de São Paulo. Mais da metade de seus 482 km2 fazem parte do Parque Estadual da Serra do Mar, o que coloca a cidade como um dos municípios com mais área verde e de proteção ambiental de todo o Estado.

Com 43 km de costa litorânea, Bertioga possui praias com boas condições de balneabilidade atestadas pela Cetesb. Como Enseada, São Lourenço, Itaguaré, Guaratuba e Boracéia.

As reservas naturais de Bertioga são constituídas por vegetação do tipo floresta tropical pluvial, mais conhecida como Mata Atlântica, que possui árvores que atingem até 25 metros de altura. As espécies vegetais mais características são os manacás da serra, guapuruvus e ipê amarelo. Nas florestas de restingas, que ficam próximas ao mar, as plantas nativas mais comuns são as palmeiras, cipós, xaxins e árvores de folhas miúdas.

Bertioga

O clima de Bertioga é tropical chuvoso, caracterizando os verões quentes e úmidos.

O canal de Bertioga, local de encontro das águas dos rios Itapanhaú, Itaguaré e Garatuba com a do oceano, é muito procurado para pesca e forma um bom local para a reprodução de camarões.

Número de habitantes: 30 mil
Área da cidade: 442 quilômetros quadrados
Número de praias: 8

Fonte: www1.folha.uol.com.br

Bertioga

Uma cidade que agrada a todos

Com uma boa infraestrutura turística, Bertioga é uma cidade com belas paisagens e atrações que agradam a todos os públicos. Para quem gosta da natureza, os destaques ficam para o Parque Estadual da Serra do Mar e para as belas praias, de Itaguaré, Guaratuba e Boracéia. A curtição fica na Praia de São Lourenço, com a infraestrutura do condomínio Riviera de São Lourenço; e para quem gosta de história tem o Forte São João da Bertioga, que é considerada a fortificação mais antiga do Brasil..

História

Bertioga foi um distrito de Santos até 1991, quando tornou-se um município independente.

Durante o início da colonização no século XVI, a região era considerada de transição entre o território tupinambá que ia desde o Cabo de São Tomé no Rio de Janeiro, até o rio Juqueriquerê em Caraguatatuba e o território dos tupiniquins que ia desde as cercanias de São Vicente, passando por Itanhaém e Peruíbe, até Cananéia. Sofrendo constantemente ataques dos tupinambás de Ubatuba (em Angra dos Reis) que se reuniam com suas canoas no local do mesmo nome Ubatuba mais tarde chamada de Yperoig e atual cidade do Litoral Norte Paulista, os portugueses do núcleo vicentino decidiram construir o Forte de São João da Bertioga, pelo qual certa vez ficou responsável Hans Staden, um mercenário alemão a serviço do rei de Portugal, que foi capturado pelos tupinambás mas foi libertado por intervenção dos franceses, aliados dos tupinambás.

Retornando à Alemanha escreveu um livro sobre suas aventuras no Novo Mundo (“História Verdadeira e Descrição de uma Região de Pessoas Selvagens, Nuas, Sombrias e Canibais no Novo Mundo, América”). Este livro vendeu muito na época principalmente porque nele Staden alega que os tupinambás eram canibais.

O mesmo livro foi base para o filme, falado na língua tupi: de Luiz Alberto Pereira (Hans Staden, 1999). Foi também de Bertioga que, em 1565, Estácio de Sá e expedicionários de Santos, São Vicente e São Paulo saíram para fundar a cidade do Rio de Janeiro que via a ser futuramente a capital do Brasil.

Fonte: www.guiatrip.tur.br

Bertioga

A cidade de Bertioga possui 33 km de praias que atraem turistas por sua excelente qualidade de balneabilidade e por oferecer condições para a prática de diversos esportes. A natureza privilegiada da região – está aos pés da Serra do Mar e grande parte da sua área verde está protegida como parque estadual – atrai também as pessoas interessadas no ecoturismo que vão à cidade para conhecer as suas diversas trilhas em meio à Mata Atlântica, cachoeiras, piscinas naturais e rios.

O Forte São João também é um atração bastante popular em Bertioga.

ATRAÇÕES E PONTOS TURÍSTICOS

Aldeia indígena

Localizada entre na divisa de Bertioga e São Sebastião, a Aldeia Rio Silveira, abriga atualmente cerca de 400 índios da Etnia Guarani que ainda cultiva a história e a cultura indígena. Uma caminhada em meio a Mata Atlântica até o Rio Silveira revela o passado misturado com as tecnologias do futuro.

Canal de Bertioga

Com 30 km de extensão, começa junto à Praia da Enseada, em Bertioga, e termina em Santos, do lado da Base Aérea. É um ótimo local para passeios de barco, pesca e visualizar a beleza dos manguezais da região.

Forte São João

A fortaleza, considerada a mais antiga ainda erguida no Brasil, é um patrimônio histórico, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em 1940. Anexo ao forte, o Parque dos Tupiniquins, local da fundação da cidade, exibe estátuas alusivas à catequização dos índios pelos padres José de Anchieta e Manuel da Nóbrega.

Praia de Guaratuba

A Praia de Guaratuba é ideal para quem está em busca de tranqüilidade. São 8 km de areia clara e água limpa cercados de mata primitiva.

Trilhas pela Mata Atlântica

Bertioga oferece algumas trilhas para conhecer as belezas naturais da Mata Atlântica. As principais são: do Canhambora, da Água e Histórica (ruínas da Ermida de Santo Antônio do Guaibê).

Fonte: www.bibliotecavirtual.sp.gov.br

Veja também

Hino Nacional da República Democrática do Congo

Debout Congolais PUBLICIDADE Debout Congolais (Levanta congolês) é o hino nacional da República Democrática do …

Locais Turísticos da República Democrática do Congo

BRAZZAVILLE PUBLICIDADE É um lugar muito interessante, muito verde, com uma Basílica, Mercados e o …

República Democrática do Congo

PUBLICIDADE O território que hoje leva o nome de República Democrática do Congo tem sido habitada por …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.