Breaking News
Home / Turismo / Delta Selvagem

Delta Selvagem

Mais de 73 ilhas e sol o ano inteiro.

PUBLICIDADE

É isso que o turista vai encontrar na região do Delta do Parnaíba, um paraíso tropical onde é possível desfrutar a mistura do Atlântico com rios e igarapés rodeados por dunas que chegam a medir 40 m.

Quem quiser conhecer um dos mais lindos litorais do Brasil não pode deixar de visitar também a Ilha do Caju, localizada no lado maranhense do delta.

O turista deve pedir autorização para entrar no lugar, que abriga 27 km de praias desertas e diversas espécies de animais, entre elas tucanos e camaleões.

O Delta do Parnaíba é um dos únicos do mundo em mar aberto.

Fonte: www.brasil.gov.br

Delta Selvagem

No roteiro Delta Selvagem, o viajante poderá conhecer um raro fenômeno da natureza: o Delta do Parnaíba.

Na região, além de praias desertas, dunas imensas, e rios com águas mornas, há inúmeras receitas preparadas com caranguejo-uçá, como a torta de caranguejo e as patinhas preparadas à dorê e servidas com molho rosê.

Delta Selvagem

Este roteiro é formado pelas seguintes cidades

Teresina, PI

Teresina, capital do estado do Piauí, está localizada no interior do Estado, às margens dos rios Poty e Parnaíba. A cidade recentemente vem despontando na área de negócios e eventos, e ampliando o leque de atrações culturais. Dentre os destaques anuais, há o Festival Nacional de Folguedos, o Festival de Violeiros e o Salão Internacional de Humor.

Piracuruca, PI

Localizado no interior do Piauí, o município de Piracuruca abriga em seu território o Parque Nacional das Sete Cidades.

Parnaíba, PI

Localizada no extremo norte do Piauí, a cidade de Parnaíba é o ponto de partida para quem deseja conhecer o Delta do Parnaíba, raro e belo fenômeno da natureza. O município oferece ainda 24 km de praias tranqüilas, além da Lagoa do Portinho, rodeada por dunas brancas e sede de competições de lanchas, windsurfe e jet-ski.

No centro de Parnaíba, as atrações incluem igrejas imponentes, casarões coloniais, e o Complexo Turístico Porto das Barcas.

Luís Correia, PI

Cidade praiana muito procurada por turistas, Luís Correia conta com boa infra-estrutura de hotéis, pousadas e restaurantes. Além de se banhar nas praias de Atalaia e Coqueiro, o visitante poderá conhecer a Igreja Nossa Senhora da Conceição, construída no século XIX.

Fonte: brasilsabor.com.br

Delta Selvagem

Mais de 73 ilhas e sol o ano inteiro. É isso que o turista vai encontrar na região do Delta do Parnaíba, um paraíso tropical onde é possível desfrutar a mistura do Atlântico com rios e igarapés, mangues, ilhas fluviais e dunas que chegam a medir 40 metros.

Quem quiser conhecer um dos mais lindos litorais do Brasil não pode deixar de visitar também a Ilha do Caju , localizada no lado maranhense do delta. O turista deve pedir autorização para entrar no lugar, que abriga 27 km de praias desertas e diversas espécies de animais, entre elas tucanos e camaleões. O Delta do Parnaíba é um dos únicos do mundo em mar aberto.

O mapa do delta do rio Parnaíba, parece o desenho da palma da mão: o rio se divide em 5 bocas, cujas águas desembocam no oceano que, no sentido oeste-leste, são chamadas: Tutóia, Melancieira ou Carrapato, Caju, Canárias – todas maranhenses – e Barra do Rio Igaraçu, que desemboca no município piauiense de Luís Correia.

Conheça as cidades e atrações que compõe esse roteiro:

Teresina

Capital do Piauí, Teresina tem na cultura popular sua principal atração. Por causa disso, a cidade tem despontado também para a área de negócios e eventos, ampliando espaços para a realização de grandes reuniões e congressos, como o Festival Nacional de Folguedos, o Festival de Violeiros e o Salão Internacional de Humor.

A cidade se destaca ainda pela produção de peças feitas em madeira talhada, como os personagens bíblicos. Quem visita a cidade, uma das mais quentes do Brasil, pode se refrescar no Parque Ambiental Encontro das Águas ou Zoobotânico, onde fica a bela Lagoa dos Morros e parte do Rio Poti.

Cajueiro da Praia

Cajueiro da Praia é a cidade perfeita para quem gosta de praias desertas e paradisíacas. Os destaques são Barra Grande e Barrinha, onde, no começo da tarde, é possível caminhar mais de 60 metros mar adentro e aproveitar as lindas piscinas naturais formadas com a baixa da maré. O lugar abriga ainda uma base do Projeto Peixe-Boi, espécie ameaçada de extinção.

Parnaíba

Localizada no extremo norte do Piauí, a cidade é o ponto de partida para quem quer explorar o Delta do Parnaíba. São 24 km de praias tranqüilas, além da Lagoa do Portinho, rodeada por grandes dunas brancas. O lugar é ponto de encontro para competições de lanchas, windsurfe e jet-ski. No centro da cidade, a atração fica por conta das antigas igrejas e casarões dos séculos XVIII e XIX – como a Casa Inglesa, datada de 1814.

Ilha Grande

Essa é a maior ilha do Delta do Parnaíba. As belezas naturais da região formam paisagens que misturam praias, dunas e manguezais. Assim, a cidade oferece aos seus visitantes a Pedra do Sal, onde é possível encontrar lagoas de águas claras, morros, dunas e uma praia com ondas bem fortes. Quem quiser se aventurar nos esportes aquáticos encontrará na Ilha Grande uma boa alternativa para a prática dessas atividades.

O Mirante, com sua bela estátua de Nossa Senhora dos Pobres, que veio da Itália, proporciona uma das melhores vistas do município. O artesanato da cidade também é famoso; as rendas produzidas ali já ganharam prêmios internacionais. Na culinária a grande estrela do local é o caranguejo, abundante nos manguezais que circundam a ilha.

Luís Correia

Outro ponto de parada no delta é a cidade de Luís Correia, onde, a apenas 10 km do centro, é possível descansar na mais calma praia local, a do Coqueiro. O município tem o maior número de praias da região, quatro lagoas e o único porto marítimo do Estado do Piauí. Entre os atrativos mais procurados está a Praia de Atalaia e a Igreja Nossa Senhora da Conceição – construída ainda no século XIX.

Fonte: www.timetour.com.br

Delta Selvagem

Parnaíba, o delta selvagem na ponta do Brasil

Região no Piauí traz a mistura do Oceano Atlântico com rios e igarapés rodeados por dunas de até 40 metro.Delta é um dos únicos do mundo em mar aberto

Delta Selvagem

Mais de 73 ilhas e sol o ano inteiro. É isso que o turista vai encontrar na região do Delta do Parnaíba, um paraíso tropical onde é possível desfrutar a mistura do Atlântico com rios e igarapés rodeados por dunas que chegam a medir 40 m.

Quem quiser conhecer um dos mais lindos litorais do Brasil não pode deixar de visitar também a Ilha do Caju, localizada no lado maranhense do delta.

O turista deve pedir autorização para entrar no lugar, que abriga 27 km de praias desertas e diversas espécies de animais, entre elas tucanos e camaleões. O Delta do Parnaíba é um dos únicos do mundo em mar aberto.

Parnaíba

Parnaíba é a segunda maior cidade do Piauí e é o ponto de apoio para quem quer conhecer o Delta do Parnaíba – único das Américas em mar aberto e um dos poucos com essa característica no mundo.

O Delta é mesmo a maior atração turística local. Ele é formado pela foz do Rio Parnaíba que, ao aproximar-se do mar, abre-se em cinco braços nos quais estão espalhadas cerca de 70 ilhas. Um passeio de barco coloca o visitante em contato com o riquíssimo ecossistema do lugar.

Outro atrativo imperdível é a Praia da Pedra do Sal, na Ilha Grande de Santa Isabel. Com extensa formação rochosa que avança rumo ao Oceano Atlântico, a praia fica dividida em duas áreas: uma com ondas fortes que se chocam com as pedras, formando um espetáculo de formas e espuma, e outra parte de mar mais calmo. A paisagem se completa com dunas, barcos de pescadores nativos e um farol inaugurado no século XIX.

Na cidade, é interessante conhecer o Centro Cívico, construído com pedras de 115 municípios piauienses, para simbolizar a união do estado. Também vale a pena fazer uma visita ao Porto das Barcas, onde casarões coloniais restaurados abrigam bares, restaurantes, lojas e galerias.

Cajueiro da Praia

Cajueiro da Praia é o município piauiense que está mais próximo do estado do Ceará. Localizado a 420 km de Teresina, a pequena cidade de 6 mil habitantes tem território de 281 km², grande potencial para o turismo ecológico e um belo litoral, sempre ensolarado.

As praias mais famosas do município são a de Barra Grande, muito freqüentada por ter a orla urbanizada; e a de Cajueiro, sede de uma estação do Projeto Peixe-Boi, que pesquisa e estimula a preservação do peixe-boi marinho, espécie em extinção.

Um grande destaque de Cajueiro da Praia é a culinária típica, à base de caranguejo e camarão. Várias fazendas da região se dedicam ao cultivo do pequeno e saboroso crustáceo.

Para quem visita a cidade ao final do mês de julho pode assistir à tradicional Regata de Canoas. Os participantes saem de Cajueiro da Praia com destino à Barra Grande.

Programas imperdíveis:

Fazer uma relaxante caminhada pelos parques de Teresina

Comprar os bordados da Cooperativa Artesanal de Buriti dos Lopes e artesanatos de palha de carnaúba na Ilha de Santa Isabel

Se refrescar no fim do dia com o sorvetes de sapoti e cajá, nas cidades de Parnaíba e Luís Correia

Ver o pôr-do-sol na Lagoa do Portinho, em Parnaíba

Fonte: www.bonde.com.br

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Locais Turísticos de Burkina Faso

UAGADUGU (OUAGADOUGOU), A CAPITAL PUBLICIDADE É a capital de Burkina Faso e foi fundada há mais de …

Hino Nacional de Burkina Faso

Une Nuit Seule PUBLICIDADE Une Nuit Seule (também conhecido como L’Hymne de la Victoire ou Ditanyè) …

Bandeira de Burkina Faso

PUBLICIDADE A Bandeira de Burkina Faso é formada por duas listras horizontais, de igual largura, sendo a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.