Breaking News
Home / Turismo / Costa dos Corais

Costa dos Corais

PUBLICIDADE

Águas límpidas e calmas, brisa fresca, passeios inesquecíveis. Tudo isso está no litoral Norte do Estado de Alagoas, numa extensão inigualável de praias, na Costa dos Corais. Nesse lugar, onde o sol brilha o ano inteiro, o turista vai se encantar com a luminosidade das águas, a beleza das praias cercadas por coqueiros, a alegria do povo e as delícias da culinária, como a tapioca.

As cidadezinhas ficam bem próximas umas das outras, numa estrada que corta as vilas e povoados mais bem localizados do Nordeste. A calmaria das águas mornas de Alagoas e o visual completamente tropical compõem um roteiro de tirar o fôlego.

Programas Imperdíveis

Os famosos bolinhos de goma, feitos artesanalmente pelas famílias do Povoado de São Bento

Ver o pôr-do-sol durante uma passeio de jangada pelo Rio Tatuamuncha e conecer ali um casal de peixes-boi

Atravessar o Rio Camaragibe de canoa e caminhar minutos para chegar às falésias da Praia do Morro, em Passo de Camaragibe

Observar o céu à noite, deitado na rede de alguma pousada desse trecho paradisíaco do Nordeste brasileiro

Fonte: brasil.gov.br

Costa dos Corais

Turismo na Costa dos Corais

A Costa dos Corais está localizada no norte de Alagoas. É composta pelos municípios de Maragogi, Japaratinga, Porto de Pedras, São Miguel dos Milagres, Passo de Camaragibe, São Luís do Quitunde, Matriz de Camaragibe, Porto Calvo, Barra de Santo Antônio e Paripueira.

Alagoas se apresenta para o turista com paisagens exuberantes compostas por coqueirais, mangues, mar, lagoas e outras mais. Ao todo são 230 quilômetros de praias cujas águas por vezes são esverdeadas ou de um azul intenso com várias piscinas naturais formadas pelos recifes de corais; somando-se a imensidão de águas doces com as salgadas são 400 quilômetros ao todo, incluindo, neste conjunto, as praias de mar, as praias de rios e lagoas, as ilhas, as enseadas, as cachoeiras, os braços do mar, os manguezais e também as trilhas e povoados que estão distribuídos pelo estado.

Alagoas oferece uma série de opções de atividades:

Corais: podem ser vistos em Maragogi, Japaratinga, Porto de Pedras, São Miguel dos Milagres, Passo do Camaragibe, Barra de Santo Antonio e Paripueira. Visando a proteção dos recifes de corais foi criada a Área de Proteção Ambiental Marinha Costa dos Corais com 410 mil hectares.

Serras: são várias espalhadas, a começar pela Serra de Guaribas, ponto culminante em Quebrangulo; Serra da Barriga, em União dos Palmares local que abrigou o Quilombo dos Palmares; Serra Lisa ou Serra do Cavaleiro em Chã Preta; Serra Talhada em Quebrangulo; Serra do Ouro em Murici.

Lagoas: ao todo são 17 lagoas, destacando-se as lagoas de Mundaú (23kmY) e Manguaba (34 kmY) seguindo, Roteiro, Jequiá, Lagoa Azeda, Jacarecica, Escuna, Guaxuma, Poxim, Vermelha e Lagoa do Pau entre outras.

Cânions: foram esculpidos ao longo do curso do rio São Francisco, em especial nas cidades de Pão de Açúcar, Piranhas, Olho D’Água do Casado e Delmiro Gouveia.

Culinária

Baseia-se nos frutos do mar, com influência das culturas indígena e africana.

Utiliza peixes e demais frutos do mar como: carapebas, cavalas, lagostas, camarões, siris, sururus, maçunins, peixadas com pirão, surubins, pitus e pilombetas, além de outros quitutes – tapioca, cuscuz de milho, massa puba, arroz-doce, batata-doce, inhame e macaxeira com carne de sol, beiju, grude de goma, pé-de-moleque, mungunzá, canjica e pamonha.

Folclore/Cultura

Rica e variada é a cultura alagoana, incluindo seu folclore. Toréis, danças, folguedos, festejos natalinos, brincadeiras de carnaval e festas religiosas manifestam a alegria dos moradores e alegram os visitantes. Cada “dança” marca uma determinada época do ano.

Folguedos natalinos: Guerreiro, Reisado, Bumba-meu-boi, Chegança, Fandango, Marujada, Presépio e Pastoril.

Folguedos de festas religiosas: Mané do Rosário e Bandos.

Folguedos carnavalescos: Cambinas, Negras da Costa, Samba de Matuto e Caboclinhas. Também existem os estruturados:Boi de Carnaval, Ursos de Carnaval, Gigantões e Cobra Jararaca.

Torés: Toré de Índio, Toré de Xangô e Roda de Adultos. Outras manifestações conhecidas são o Coco de Roda, Taieira, Dança de São Gonçalo, Quadrilha, Maracatu, Vaquejada, Pagode, Baianas, Quilombo, Zabumba, Violeiros e Cantigas das Destiladeiras de Fumo.

Artesanato

O artesanato, por sua vez, é tradição no Estado, passando de geração a geração caracterizando-se pela beleza e qualidade dos trabalhos. As rendas transformam-se em toalhas de mesa, panos de bandeja, colchas, lençóis, fronhas e peças de roupa; cada município parece ter se especializado em um tipo diferente de rendado. Maceió e Marechal Deodoro – filé; Marechal Deodoro – labirinto; Porto Real do Colégio, Traipu e São Brás – redendê e ponto cruz; Pão de Açúcar- Boa Noite e em São Sebastião – rendas de bilro.

Alagoas serviu de berço para importantes nomes da cultura e história brasileira, merecendo serem citadas as pessoas de Deodoro da Fonseca, Floriano Peixoto, Aurélio Buarque de Holanda, Graciliano Ramos, Jorge de Lima, Pontes de Miranda, Jofre Soares, Paulo Gracindo, Djavan, Maestro Fon-Fon e Hermeto Paschoal.

Turismo de sol e praia na Costa dos Corais

A Costa dos Corais apresenta hoje uma das melhores referências em associativismo em destinos de turismo de sol e praia, o que a transformou em modelo nacional. O destino foi considerado um dos pólos priorizados pelo Ministério do Turismo para atuação do Programa de Regionalização.

As atividades turísticas pertinentes ao segmento turismo de sol e praia são caracterizadas pela oferta de serviços, produtos e equipamentos de:

Operação e agenciamento

Transporte

Hospedagem

Alimentação

Recepção e condução de turistas

Outras atividades complementares

Recreação, entretenimento e descanso em praias

Neste caso, a recreação, o entretenimento e o descanso estão relacionados ao divertimento, à distração ou ao usufruto e contemplação da paisagem. Também para fins desse segmento turístico, considera-se praia, a área situada ao longo de um corpo de água, constituída comumente de areia, lama ou diferentes tipos de pedras.

Deste modo, estão contempladas:

Praias marítimas

Praias fluviais e lacustres (margens de rios, lagoas e outros corpos de água doce)

Praias artificiais (construções similares às praias naturais à beira de lagos, represas e outros corpos de água).

DADOS DA CIDADE DE MARAGOGI

No litoral norte de Alagoas, a 129 quilômetros de Maceió, a cidade de Maragogi, segundo maior pólo turístico do Estado, destaca-se pela beleza fascinante de suas piscinas naturais, as famosas “galés”, que são bancos de corais localizados no meio do oceano (a seis quilômetros da costa) que formam um aquário natural e permitem um banho inesquecível em águas azuis totalmente cristalinas.

No município de Maragogi, destacam-se as belas praias cercadas de coqueirais, como Barra Grande, Peroba, São Bento e Burgalhau. O mar calmo, na cor azul-turquesa, é ideal para o mergulho contemplativo, especialmente nas piscinas naturais formadas pelos recifes de coral a seis quilômetros da costa e aos esportes náuticos.

Aspectos naturais

Corais

Beleza das praias litorâneas

Cor da água (azul-turquesa)

Balneabilidade (qualidade da água para o banho de mar)

Qualidade do banho de mar (piscinas naturais)

Temperatura da água.

Galés – piscinas naturais

Costa dos Corais

As galés ficam a cerca de seis quilômetros da praia e podem ser alcançadas por lanchas ou catamarãs em 20 minutos, no máximo, durante a maré baixa, quando a profundidade varia de apenas meio a seis metros. Ao chegar, os turistas são recepcionados pelos peixes-sargento (amarelos com listras pretas), habituados a comer ração na mão dos visitantes.

A quantidade e a diversidade de peixes impressionam. São mais de 15 espécies de peixe e dez de corais. A visibilidade é ótima, assim como a temperatura da água. Apesar do enorme tráfego de turistas, os corais são bem preservados.

Existem cinco empresas que operam catamarã para realização dos passeios, que integram a Associação dos Proprietários de Catamarã de Maragogi – ponto forte do associativismo. Existe limite de carga de no máximo 720 pessoas para visitação às galés.

Durante o percurso para as galés o condutor/guia informa as condições de segurança, trajeto, orientações para a descida e oferece programas adicionais como o mergulho.

As formas de divulgação da localidade são: folheterias, placas na pista de acesso, site e divulgação nos meios de hospedagem.

Fonte: www.turismo.gov.br

Costa dos Corais

Mesmo com um turismo de sol e praia consolidado, Alagoas tem muito mais a oferecer aos seus visitantes.

As raízes culturais da cidade são marcantes e muitos museus retratam em seus acervos aspectos e histórias da cultura alagoana.

Seguindo pelo litoral norte, avançamos na chamada Costa dos Corais, denominada assim por ter em seu litoral a segunda maior barreira de corais do mundo.

O Litoral Norte de Alagoas está na mira dos turistas e também de investidores internacionais, que se encantam com a beleza 
das praias recortadas por enseadas e adornadas por coqueiros a perder de vista, além das piscinas naturais mar adentro que completam o cenário,
realçado pela cor azulesverdeada do mar, um privilégio de Alagoas.

O artesanato da região tem destaque na utilização da casca e fibra do coco, nas palhas de ouricuri, dendê e titara e também a fibra da 
bananeira como seus principais materiais.

Paripueira é o primeiro município dessa região, conhecido por suas piscinas naturais de águas tranqüilas e mornas.

O programa que não se pode perder é relaxar e praticar uma hidroginástica das famosas piscinas de Paripueira.

Outra atração imperdível é o passeio feito off road em carros traçados na Praia de Carro Quebrado, no município de Barra de Santo Antônio, 
seguindo até a Praia de Morros, em Matriz de Camaragibe, onde falésias de diversas cores compõem o cenário.

Figuras ilustres fizeram parte da história desta região, a exemplo do dicionarista Aurélio Buarque de Holanda e Calabar.

Logo após Carro Quebrado, avistamse os Morros do Camaragibe, no município do Passo do Camaragibe.

Distante 89 Km de Maceió, Passo do Camaragibe tem outras atrações, como as praias de Barra do Camaragibe e Marceneiro, que estão sendo descobertas por turistas e investidores. Grandes empreendimentos, de padrão internacional estão sendo construídos na região.

Mais adiante, surge o município de São Miguel dos Milagres, com suas praias de águas mansas e cristalinas, disputadas por veranistas alagoanos e pernambucanos.

As mais famosas praias de São Miguel dos Milagres são a de Porto da Rua, povoado próximo à sede, cuja população é formada, na sua maioria, 
por pescadores que residem em casas simples, em meio a coqueirais, e Tatuamunha, onde se encontra o projeto Peixeboi, que preserva essa espécie em extinção.

O projeto é abeto à visitação durante todo o ano.

São Miguel dos Milagres, Porto de Pedras e Japaratinga são os refúgios mais charmosos da região.

Lá encontramos atraentes pousadas de charme, com uma ambientação diferenciada e serviços exclusivos.

O destaque é para a qualidade nos serviços ofertados, pela hospitalidade do povo simples e principalmente pela gastronomia local, saborosa e inigualável, 
tornando a região reconhecida nacional e internacionalmente.

Uma das pousadas mais famosas recebeu o prêmio de melhor hotel de praia da América Latina em 2008, pelo conceituado guia britânico Condé Nast Johansens.

Chegando ao município de Porto de Pedras, vemos praias de rara beleza, como a do Patacho, eleita entre as praias desertar mais bonitas do Brasil em 2008, 
pelos leitores da revista Viagem e Turismo.

Na cidade, a 128 Km de Maceió, existem alguns prédios datados em 1633 e 1835 que conservam a sua originalidade, além de um imponente farol, 
no alto de um morro, de onde se descortina uma deslumbrante paisagem.

Saindo de Porto de Pedras, cuja travessia é feita de balsa pelo rio Manguaba, chegase a Japaratinga, distante 121 Km de Maceió, que é conhecida pela 
beleza exótica de suas praias.

Além de caminhar pela praia, se pode visitar um criatório de ostras que existe na região.

A mais freqüentada é Barreira do Boqueirão, com boa infra­estrutura de restaurantes e bares.

Vizinha à Japaratinga está a cidade de Maragogi, a 130 Km de Maceió, na divisa de Alagoas com Pernambuco. A cidade se destaca por suas praias de águas mansas e mornas, orladas de coqueirais, destacando­se Barra Grande, Burgalhau, Peroba e São Bento.

Há também as famosas galés a 6 Km da costa , onde os recifes de corais formam enormes piscinas naturais.

Além disso, os passeios de bugre pelas praias é um dos melhores atrativos da cidade.

Com uma boa oferta de hotéis e pousadas, Maragogi é o segundo pólo turístico de Alagoas.

Fonte: www.pick-upau.org.br

Costa dos Corais

Costa dos Corais é um circuito turístico que inclui cidades litorâneas de Alagoas e Pernambuco. A região recebeu esse nome por possuir mais de 150 km de recifes de corais, seguindo da cidade de Recife até Maceió. Cada vez mais e mais turistas descobrem os prazeres e encantos desse lugar maravilhoso, um paraíso escondido entre a terra e o mar.

A linha de bancos ou paredes arenosas que existem nesse trecho do litoral brasileiro abriga milhares de corais, e impede que as ondas cheguem até as praias. Por isso nessa região há tantas piscinas naturais, e o mar é sempre calmo, claro e morno, ideal para a prática de mergulho ou para brincar com as crianças.

Contudo, cada cidade que compõe a Costa dos Corais só possui os recifes em comum. A diversidade cultural é enorme, e há passeios, lazer, festas e praias para todos os gostos. Encontramos desde as mais conhecidas, movimentadas e urbanizadas, como Ipojuca, Maragogi e Jaboatão dos Guararapes, até as mais desertas e tranqüilas, como Rio Formoso, Barreiros, São José da Coroa Grande, Porto das Pedras e Barra de Santo Antonio.

E há também cidades com praias propicias a prática de esportes aquáticos, como mergulho e surfe, e as cidades com muitas festas folclóricas e artesanato. Não vai faltar o que fazer por lá. Quem quer conhecer o circuito inteiro pode partir de Maceió e seguir pela Rodovia AL – 101, que vai pelo litoral. A paisagem é deslumbrante e é possível para em cada uma das cidades para conhecer cada peculiaridade. E ao chegar em São José da Coroa Grande, pode-se seguir pela Rodovia PE – 060 que também é litorânea e vai até Recife, passando por toda a orla de Pernambuco.

O circuito da Costa dos Corais inclui outras cidades como Cabo de Santo Agostinho, Sirinhaém, Tamandaré, Jarapatinga, Porto Calvo, São Miguel dos Milagres, Passo de Camaragibe e Paripueira. Agora é só você conhecer um pouco mais sobre cada cidade, escolher suas preferidas e por o pé na estrada! Boa Viagem!

Fonte: reservehotelonline.com.br

Costa dos Corais

Para quem está pensando em passar as férias em belas praias com água cristalinas em contato com que há de mais belo no mar a minha dica de hoje é a Costa dos Corais um lugar maravilhoso inexplicável por sua beleza inefável capaz de agradar a qualquer pessoa o lugar e simplesmente lindo vale a pena com toda certeza passar as férias na Costa dos Corais.

Costa dos CoraisCosta dos Corais

Sobre a Costa dos Corais

A Costa dos Corais possui belos coqueiros, belas praias de areias finas com águas mornas com várias barreiras de corais, a Costa dos Corais está localizada no estado de Alagoas e engloba vários municípios como Paripueira, Barra de Santo Antônio, Passo de Camaragibe, São Miguel dos Milagres, Porto de Pedras, Porto Calvo, Japaratinga e Maragogi.

Na região da Costa dos Corais você pode desfrutar de deliciosos pratos a base de frutos do mar como lagostas, camarões além de outras comidas típicas e doces típicos da região, em relação a hospedagem você não precisa se preocupar a região conta com uma gama de hotéis com Pousada Olho D’Água, Pousada Verdes Mares, Village Miramar, Bitingui Praia Hotel e outras diversas opções.

Fonte: ibiscoito.com

Costa dos Corais

Visual paradisíaco

Suas praias encantam com seu visual paradisíaco, barreiras de corais, águas tranqüilas e cristalinas, mangues, ilhas, dunas que ficam expostas com a baixa da maré. É possível realizar passeios de escunas e veleiros para a praia do Gunga, uma das mais belas do Brasil, além de se divertir com passeando de jet – ski, alugando bugues ou praticando mergulho na Barra de São Miguel.

A região é repleta de Mata Atlântica, rios, coqueirais, um mar de rara beleza e um povo alegre e acolhedor. Algumas praias têm em sua orla bares, restaurantes, lojas de artesanato e badalação nos finais de semana. A culinária à base de frutos do mar está presente nos simples e acolhedores bares da orla, com pratos irresistíveis e o artesanato também atrai, com bonitos trabalhos de artistas locais. Os materiais mais usados são barro e corda, que proporcionam agradável efeito decorativo.

Fonte: ecoviagem.uol.com.br

Costa dos Corais

Costa dos Corais, no litoral norte de Alagoas, é um verdadeiro paraíso ecológico graças as suas barreiras de corais que criam autênticos óasis protegidos com uma rica fauna e flora marina. Durante a maré baixa se formam encantadoras piscinas naturais com água cristalina.

Todo o litoral, da Barra de Santo Antonio até Maragogi, passando por Passo de Camaragibe, São Miguel dos Milagres, Porto das Pedras, Porto Calvo e Japaratinga possuem praias paradisíacas. Em São Miguel dos Milagres se pode visitar o projeto para proteção e conservação do peixe boi.

Viajando pela Costa dos Corais se encontram ainda autênticos vilarejos de pescadores, que conservam as antigas tradições culturais alagoanas. As únicas estruturas construidas, que se encontram nas praias selvagens são as poucas e elegantes pousadas de ótimo nível, ideais para uma estada em contato com a natureza, aproveitando dos momentos de total relax.

Fonte: cultour.it

Costa dos Corais

Subindo o litoral norte, lagoas exibem barreiras de corais, que criam praias calmas e infindáveis piscinas naturais. Águas que convidam aos passeios e aos extasiantes mergulhos.

Costa dos Corais

Na sua viagem pelo paraíso desta Costa dos Corais, você também vai encontrar o tom verde dos coqueiros se espalhando pelo chão, rios chegando à praia, cortando a mata e os manguezais. Pode-se encontrar até o peixe-boi marinho voltando do mangue. Além de boa comida, folclores, história, cultura. E um povo que vai ficar feliz em ver você chegar.

Costa dos Corais

O litoral norte de Alagoas possui um enorme potencial direcionado ao turismo ecológico, de sol e praia, eventos e náutico. Os recifes de coral destacam-se como um dos mais importantes atrativos. Devido a sua importância, foi criado a Área de Proteção Ambiental Marinha Costa dos Corais. Nesses ambientes, o turista poderá observar uma rica biodiversidade marinha, e com o manejo adequado à atividade turística será fundamental para a conservação deste fantástico ecossistema.

Fonte: alagoasbrasil.com.br

Costa dos Corais

Quem percorre a Costa dos Corais, pela Rodovia AL – 101 Norte, dificilmente deixa de se encantar com as cativantes paisagens que surgem incessantes ao longo do caminho .

No extremo – norte costeiro de alagoas, chega-se a uma região marcada pelo tom verde de imensos coqueirais que se findam em praias de areias douradas e águas mornas, amansadas por extensas barreiras de corais .

Os lugarejos, praias e povoados dos municípios de Maragogi, Japaratinga, Porto de Pedras e São Miguel dos Milagres revelam verdadeiros tesouros naturais e culturais, a exemplo de límpidos rios que deságuam no mar, corais que formam piscinas naturais, antigos engenhos, rica culinária, tradicionais manifestações folclóricas e artísticas, além de um talento nato para a hospitalidade.

Costa dos Corais

Fonte: brasilviagem.com

Costa dos Corais

O litoral norte de Alagoas é conhecido como Costa dos Corais, possui a segunda maior barreira de corais do mundo. São 130 km realçados pelo verde dos coqueiros e o azul intenso do mar. A exuberância das piscinas naturais e biodiversidade da vida marinha são atrações à parte e de uma beleza indescritível.

Vários municípios fazem parte desse cenário rico em atrativos, onde a natureza reina absoluta e oferece os melhores serviços aos visitantes.

Costa dos Corais
Costa dos Corais

As piscinas naturais, formadas pela segunda maior barreira de corais do mundo, serenidade do mar de intenso azul tornam a região um paraíso perfeito para os mergulhadores, que interagem com a rica fauna marina preservada. Passeios de jipe ou bugre pelas praias de charme, hotéis e resorts, culinária regional e gastronomia sofisticada completam um cenário paradisíaco para as suas férias.

PARIPUEIRA

Distante 36 km do centro de Maceió, nome que significa “águas mansas”.

A cidade originou-se a partir de uma colônia de pescadores, e a proximidade com Maceió passou a ser área de veraneio. Até 1988 o povoado pertencia ao município de Barra de Santo Antonio.

A população é de 10 mil habitantes e a economia é gerada pela pesca, turismo e cana-de-açúcar. O município possui infra-estrutura, belas praias a exemplo de Paripueira e Sonho Verde e a maior concentração de piscinas naturais do Brasil.

É um recanto ecológico onde foi criado o primeiro Parque Municipal de Preservação do Peixe-Boi na América Latina.

BARRA DE SANTO ANTONIO

Costa dos Corais
Barra de Santo Antônio

Barra de Santo Antonio fica a 45 km de Maceió, sua população é de aproximadamente 15 mil habitantes.

O município, as margens do Rio Santo Antonio, rio que deu origem ao nome da cidade, se divide na simplicidade da vida dos seus nativos e na grandiosidade de alguns monumentos históricos da arquitetura holandesa do século 18.

A maior riqueza do município é o patrimonio natural, possui um grande rio margeado por maguezais, belas praias como Tabuba, Carro Quebrado e a Ilha da Croa.

Fora os atrativos naturais, Barra de Santo Antonio possui infra-estrutura para receber seu visitante.

PASSO DE CAMARAGIBE

Distante 89 Km de Maceió, tem uma população de aproximadamente 14 mil habitantes, é cidade natal de Aurélio Buarque de Holanda.

A margem do rio Camaragibe, começou o povoado de Passo, ponto em que o rio oferecia mais facilidade na passagem dos que vinham de Pernambuco para Alagoas e era ponto de apoio para os navios holandeses, daí a origem do nome, que passou a ser cidade em 1880 e fez parte dos acontecimentos históricos devido a invasão holandesa.

Pousadas e Hoteis fazendas fazem parte da paisagem desse município que tem no cultivo do Coco da Bahia, cana-de-açúcar, pesca e pecuária suas principais atividades econômicas e tem o Coco de Roda e Samba Matuto, os representates da cultura popular.

Os visitantes se encantam com a riqueza do potencial natural: rios, lagoas e manguezais com uma topografia dinâmica contendo morros e penhascos, além de um mar exuberante de recifes e corais, as praias de Barra de Camaragibe, Marceneiro e dos Morros são eleitas como as mais belas.

SÃO MIGUEL DOS MILAGRES

Costa dos Corais
São MIguel dos Milagres

Distante 93 km de Maceió, com aproximadamente 9 mil habitantes, São Miguel dos Milagres passou a ser município em 1960 e até hoje matém um aspecto de exclusividade.

Conta-se que um pescador muito doente encontrou uma imagem de São Miguel numa praia e se curou da doença imediatamente, daí a origem do nome da cidade.

O seu espaço físico tranquilo e paradisíaco é dividido com as encatadoras pousadas que tem uma das melhores culinária e se destacam por ser um dos circuitos de hospedagem mais charmosos do Brasil.

Um passeio de barco nas águas do Rio Tatuamunha é possível ter um fantástico encontro com peixe-boi nadando entre os manguezais.

As Praias do Toque, Porto da Rua e São Miguel dos Milagres são atrativos do município.

No alto do Morro do Cruzeiro pode-se sentir o quanto é encantadoramente bela a magnífica paisagem litorânea.

PORTO CALVO

Porto Calvo fica a 96 km de Maceió, com uma população estimada em 25 mil habitantes e está situado a 35 metros acima do nível do mar.

A origem do nome provem de uma lenda: Conta-se que um velho calvo, morava às margens do rio e construiu um porto.  

Em 1889, a freguesia do século 16, passou a ser cidade.Tem como filhos ilustres Zumbi, Guedes de Miranda e Domingues Fernandes Calabar que ficou famoso na historia do país por ter se aliado aos holandeses, alguns historiadores o considera   um heroi e outros o jugam de traidor.  

Apesar de ser uma cidade muito antiga, Porto Calvo é um munícipio moderno, atualmente é apenas uma referência histórica que pode ser constata nos poucos acervos existentes do século 16: A exemplo da Igreja de Nossa Senhora da Apresentação, considerada monumento nacional, tombado em 1955 e o Alto da Forca.

PORTO DE PEDRAS

Costa dos Corais
Porto de Pedras

Distante 128 km de Maceió, tem uma bela paisagem entre o mar e uma encosta de pedras; o que deu origem ao nome do povoado, que passou a ser município em 1921, e tem uma população de 11 mil habitantes.

Em 1633, Porto de Pedras sofreu a invasão dos holandeses, mas os portugueses conquistaram o domínio de volta, e parte dessa época ainda está preservada na conservação de alguns prédios dos séculos 17 a 19.

Um farol, localizado no alto do morro, deu a cidade um toque de charme e do alto pode-se observar a imensidão do litoral formado por lindas praias.

Praia de Tatuamunha e Praia do Patacho fazem parte das praias quase intocadas e de imensa beleza, é nessa tranqüilidade que vive um casal de peixes-bois.

A travessia de balsa pelo Rio Manguaba que divide o município com o de Japaratinga apresenta um cenário apaixonante, são coqueiros, mangues de belezas exóticas que reinam absoluta numa demonstração de harmonia.

JAPARATINGA

Costa dos Corais
Japaratinga

Distante 121 km de Maceió , tem aproximadamente 8 mil habitantes, o município deve suas origens a uma colonia de pescadores que começou a se desenvolver a partir do século 19 com o início do ciclo do coco. Até 1960 Japaratinga pertencia a Maragogi, Hoje, é um importante pólo turístico, tem excelente infra-estrutura com restaurantes, hoteis e pousadas de charme, que fazem o diferencial na qualiddae dos serviços.

A beleza exótica das fazendas de coqueiros podem ser admiradas por passeios a cavalo, os rios e riachos podem ser contemplados nos passeios de barcos, e as praias que fascinam a exemplo de Barreira do Boqueirão, Bitigui e Japaratinga são alguns atrativos que encantam os visitantes.

A cidade tem construções do século 18. A Igreja Matriz, construída pelos holandeses, mantém suas características originais.

O artesanato típico da cidade são confeccionados com a palha do coqueiro.

MARAGOGI

Costa dos Corais
Piscinas Naturais de Maragogi

Distante 131 km de Maceió, com uma população de 25 mil habitantes, é o segundo destino mais procurado de Alagoas. Devido ao rio que banha o local, Maragogi que significa “rio livre” deu nome ao povoado em 1892.

A excelente infra-estrutura turística, vários hotéis, pousadas, hotéis fazenda, restaurantes, centros de artesanato e várias opções de lazer agregam a qualidade dos serviços do município.

Cenários como vilas de pescadores, fazendas com reservas e trilhas de mata atlântica, abundância de coqueirais, praias belíssimas de águas cristalinas, em destaque as praias de São Bento, Peroba, Burgalhau, Barra Grande e as galés, que ficam a 06 km da costa, formadas por recifes de corais são algumas das riquezas naturais do município.

Maragogi tem um dos ecossistemas mais importantes do Brasil, a diversificada fauna e flora de espécies marinhas são um paraíso para os olhos dos que são apaixonados por mergulhos.

Navegar pelos rios admirando os preservados manguezais, passear de Buggy por belas praias, praticar ecobike, tomar banhos de bicas, cachoeiras, são algumas das opções para quem procura contato com a natureza.

Fonte: turismo.al.gov.br

Costa dos Corais

A Costa dos Corais, localizada entre Maceió (AL) e Recife (PE), abriga populações tradicionais extrativistas que utilizam os recursos pesqueiros para sua sobrevivência, o que lhes conferem destaque em termos de importância na conservação da diversidade biológica e cultural.

No aspecto natural, destacam-se na Costa dos Corais as galés – derivação de galeões naufragados provocados pelos recifes.

Trata-se de colônias de corais muito rica em fauna e flora e que estão entre os mais desenvolvidos e preservados do Brasil, mas por se localizarem muito próximos da costa, estão entre os ecossistemas mais pressionados pelo homem.

Na maré baixa, formam-se lindas piscinas naturais de águas cristalinas, há alguns quilômetros da praia, facilitando a visualização dos recifes de corais, permitindo admirar toda a profusão, fragilidade e beleza da vida marinha associada ao ecossistema.

Fonte: miguelvonbehr.com.br

Costa dos Corais

Costa dos Corais – de Alagoas a Pernambuco

A Costa dos Corais começa próxima a Maceió, percorre todo o litoral norte do Alagoas e grande parte do litoral Pernanbucano. São dezenas de praias lindas pelo trajeto de estradas bem cuidadas e sinalizadas onde o viajante tem inúmeras surpresas como pequenos vilarejos que oferecem bebidas e banheiros.

Todas os trechos merecem uma foto, é um cenário que bem poderia estar no Caribe ou no Havaí.

A partida é em Maceió, a melhor pedida é alugar um carro em qualquer das locadoras da cidade ou do aeroporto para seguir viagem. O percurso até Recife pode ser feito em ônibus, mas não se esqueça de escolher bem seus pontos de hospedagem, pois algumas praias tem acesso complicado.

Costa dos Corais
Cabo de Sto. Agostinho

Costa dos Corais
Praia de Antunes

Se você procura paz fique em Praia de Antunes, um paraíso quase deserto pouco depois de Maragogi onde o grande lance é flutuar no mar calmo e relaxar na areia no ritmo da preguiça, sem barulho, barzinhos ou turistas em excesso. Ideal para casais. Fique lá como ponto de apoio e vá de carro a Maragogi para os passeios nas galés. Para quem gosta de mergulho e vida submarina os passeios de snorkeling são perfeitos.

Saia das rodovias estaduais e desça a direita para as vilas a beira-mar, existem paraísos encondidos como São Miguel dos Milagres que valem o esforço e o tempo extras.

Próxima parada é a subida da trilha para o Cabo de Sto Agostinho, já em Pernambuco, de onde se tem uma vista previlegiada desta charmosa baía, com barzinhos mais populares.

Continuando para o norte chega-se a Praia de Carneiros. O mar desse já movimentado ponto de veraneio do pernambucano é tão cristalino que pode-se ficar horas debaixo d’água observando pequenos peixes e criaturas do mar quer circundam sua ponta direita, onde se formam algumas piscinas de corais. Famílias inteiras se divertem e a cidade oferece estrutura razoável e simples.

Há alguns quilômetros de Recife, Porto de Galinhas é obrigatória para todos. A azaração rola solta entre os livres na vilinha aconchegante e cheia de lojinhas onde funciona o centro comercial da praia. Durante o dia o roteiro é mergulho nos corais, caminhada pela praia, passeio de jangada, frescobol. Qualquer coisa vale a pena em Porto de Galinhas.

Já em Recife faça os passeios culturais. A casa do grande escritor Gilberto Freyre é ótima pedida para se conhecer um pouco da história do brasileiro e comprar alguns livros de lembrança. A visita ao Parque das Escultura é desconcertante, parece que as ondas do mar vão te engolir por cima da barreira natural de pedras que dá nome à cidade. Dê uma volta pelo Centro Histórico que já foi sobrevoado pelo Zeppelin em 1937.

Costa dos Corais
Olinda

Olinda merece a visita para dizer que conheceu porque a cidade está um pouco abandonada e merecendo uma atenção maior dos responsáveis por sua consevação.

O percurso todo tem aproximadamente 280Km de opções para todos os gostos, famílias, casais, amigos, descolados, enfim, qualquer um que goste de lugares lindos, pouco explorados e imperdíveis! São lugares inesquecíveis que precisam de ao menos 10 dias para serem desfrutados com prazer.

Fonte: www.mochileiros.com

Costa dos Corais

Simplesmente demais!

Vastos coqueirais, belas praias de areias finas, um mar de águas mornas habitado por extensas barreiras de corais e, claro, sol… muito sol.

Costa dos Corais, no litoral norte de Alagoas, encanta de imediato. Os municípios da região revelam verdadeiros tesouros formados por piscinas naturais, rios, antigos engenhos, rica culinária, manifestações folclóricas e artísticas, além de muita hospitalidade.

Costa dos Corais
Costa dos Corais

Um patrimônio naturalmente seu. Venha desfrutá-lo!

Costa dos Corais

Piscinas Naturais – Na maré baixa surgem bonitas piscinas naturais na fantástica barreira coralina que integra a Área de Preservação Ambiental – APA Costa dos Corais, crida paraa proteger flora e fauna marinhas da região.

Costa dos Corais

Praias – Com 130 quilômetros de belíssimas praias, a Costa dos Corais oferece opções para todos os gostos, contemplando a prática de surf, esportes náuticos e pesca.

Costa dos Corais

História – Importantes monumentos históricos e resquícios das presenças holandesa e portuguesa na região desde a época da colonização do Brasil.

Costa dos Corais

Gastronomia – Os saborosos frutos do mar da região são apresentados em várias formas e sabores, além da grande variedade de frutas e doces regionais.

Costa dos Corais

Folclore – Bumba-meu-boi, Capoeira, Cavalhada, Coco-de-Roda, Lapinha, Pastoril, Roda-de-Adulto, Samba de Matuto, entre outras expressões artísticas.

Costa dos Corais

Artesanato – Bordados ponto de cruz, rendas, cestarias, peças em coco, madeira e fibra de bananeira são algumas das muitas manifestações da criatividade dos artesãos locais.

Gastronomia

O Sabor da Região

Na Costa dos Corais os frutos do mar são a base dos mais deliciosos pratos. São várias as opções, desde robustas lagostas e camarões às muitas espécies de peixes e moluscos, preparados e servidos em diversas formas.

Além dos frutos do mar, nos bons restaurantes são degustadas outros pratos regionais, como carne de sol, carne de bode, linguiças, etc.

Doces típicos

Em Maragogi tem o tradicional Bolo de Goma, uma especialidade preparada com carinho e orgulho por muitos moradores de São Bento, onde famílias inteiras se dedicam ao fabrico desta delícia. Outra delícia da região são os doces em calda.

Locais Turísticos

Paripueira

Costa dos Corais
Paripueira

Seu nome, na linguagem indígena, já retrata a tranquilidade desta localidade onde começa a Costa dos Corais, “praia de águas mansas”. Paripueira, uma antiga colônia de pescadores, reúne em suas paisagens um colorido mosaico, através de suas águas transparentes e um vasto coqueiral, acompanhado pela degustação da tradicional água de coco, conhecida por seu sabor inigualável, associada à hospitalidade de seu povo. A cidade dá as boas vindas aos visitantes que, partindo de Maceió, percorrem a região.

Barra de Santo Antônio

Costa dos Corais
Barra de Santo Antônio

O município é banhado pelo Rio Santo Antônio, que deu origem ao nome da cidade. A simplicidade da vida dos seus nativos e a grandiosidade de alguns monumentos históricos da arquitetura holandesa do século 18 são alguns dos atrativos deste destino turístico, que oferece ainda um patrimônio natural de rara beleza, representado por preservados manguezais e belas praias, como Tabuba, Ilha da Croa e Carro Quebrado. Além dos atrativos naturais, Barra de Santo Antônio possui uma completa estrutura para receber seus visitantes.

Passo de Camaragibe

Costa dos Corais
Passo de Camaragibe

Berço de Aurélio Buarque de Holanda, lexicográfico, autor do mais conhecido dicionário da língua portuguesa, Passo de Camaragibe, com seus rios e manguezais, possui um litoral tranquilo, com as praias de Barra de Camaragibe, Marceneiro e Praia dos Morros. Sua estrutura hoteleira oferece opções de hotéis-fazenda e atividades rurais de lazer. Pela proximidade com a vizinha São Miguel dos Milagres, oferece equipamentos e atrativos turísticos aos adeptos de um turismo mais ligado à natureza com enfoque ecológico.

São Miguel dos Milagres

Costa dos Corais
São Miguel dos Milagres

Um verdadeiro roteiro de charme abençoado pelo toque de Deus, com praias semi-desertas, de águas azuis e transparentes, como a bonita Praia do Toque. São Miguel dos Milagres oferece a hospitalidade de suas comunidades tradicionais, dispostas por inúmeros povoados situados à margem de uma estrada, ora em asfalto, ora em paralelepípedo, traçada para a contemplação dos cenários naturais e culturais, a exemplo dos produtores artesanais de móveis de coqueiros. Este trecho integra a Rota Ecológica da Costa dos Corais.

Porto de Pedras

Costa dos Corais
Porto de Pedras

Em janeiro de 1860, exausto após longa jornada pela região, Dom Pedro II parou para descansar à sombra de um frondoso oitizeiro e ficou deslumbrado. Não era para menos. Naquele momento o Imperador tinha diante de seus olhos a paisagem deslumbrante de Porto de Pedras, onde estão algumas das mais belas praias da Costa dos Corais, como Tatuamunha e Patacho. O local foi escolhido para introdução do peixe-boi marinho na natureza, espécie que pode ser vista próximo à foz do Rio Manguaba.

Porto Calvo

Costa dos Corais
Porto Calvo

O município de Porto Calvo tem grande significado histórico e cultural. Foi um dos primeiros lugares a ser habitado por colonos portugueses, trazidos pelos donatários da antiga Capitania de Pernambuco. É também a terra de Domingos Fernandes Calabar, considerado pelos portugueses um traidor e por muitos historiadores um herói. Detentor de incrível coragem, Calabar mudou o curso da guerra ao escolher as hostes holandesas. Entre as atrações turísticas igrejas, engenhos e o Rio Manguaba, que banha a cidade.

Japaratinga

Costa dos Corais
Japaratinga

A Rota Ecológica, caminho que margeia a costa litorânea desta região, tem em Japaratinga um referencial, onde suas comunidades dispostas em pequenos vilarejos, em meio aos coqueirais nativos, completam um extasiante cenário. Pescadores em plena atividade e tiradores de coco desafiando a gravidade são mostras do convívio harmônico entre as belas paisagens que se descortinam desde o Pontal do Boqueirão, na foz do rio Manguaba, passando pela praia de Barreiras do Boqueirão, com suas refrescantes fontes de água mineral.

Maragogi

Costa dos Corais
Maragogi

Destino Indutor da Região da Costa dos Corais e segundo pólo turístico de Alagoas, Maragogi, equidistante de Maceió e Recife, é um dos extremos geográficos deste Roteiro. Praias deslumbrantes, locais para a prática de mergulho e fascinantes piscinas naturais, como as Galés, Taocas e Croa de São Bento, são destaques especiais. Os caminhos do sabor começam com os famosos bolinhos de goma, preparados artesanalmente no povoado de São Bento.

Fonte: costadoscorais.com

Veja também

Hino Nacional da República Democrática do Congo

Debout Congolais PUBLICIDADE Debout Congolais (Levanta congolês) é o hino nacional da República Democrática do …

Locais Turísticos da República Democrática do Congo

BRAZZAVILLE PUBLICIDADE É um lugar muito interessante, muito verde, com uma Basílica, Mercados e o …

República Democrática do Congo

PUBLICIDADE O território que hoje leva o nome de República Democrática do Congo tem sido habitada por …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.