Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Turismo / Alto Paraíso de Goiás

Alto Paraíso de Goiás

História da Cidade

PUBLICIDADE

Alto Paraíso nasceu em terras de uma fazenda pertencente a Francisco de Almeida, na segunda metade do século 17.

O lugar passou a ser um pequeno núcleo de colonização denominado “Veadeiros”, no qual foram se agrupando lavradores. Na época, instalaram-se também Firmino de Almeida Salermo, José Pereira Barbosa e Manuel Caboclo, que se dedicaram à pecuária e ao cultivo do café.

Alto Paraíso recebeu esta denominação por estar no ponto mais alto do Planalto Central e devido à beleza da paisagem. Desmembrou-se de Cavalcante e tornou-se município, em 12 de dezembro de 1954.

O município é um dos mais procurados de Goiás, por turistas de várias localidades do País, graças à natureza que aí se mostra exuberante e propicia várias opções de lazer. Alto Paraíso é também considerada uma cidade mística, pois o paralelo 14 que atravessa a lendária cidade de Machu Pichu, no Peru, também passa sobre Alto Paraíso, em um local denominado Jardim Zen. Aí, pedras e flores compõem um cenário místico, originando fantásticas histórias sobre a região, envolvendo discos voadores e seres extraterrestres.

Em Alto Paraíso estão instalados mais de 40 grupos místicos, filosóficos e religiosos. O lugar é considerado por espiritualistas de todo mundo como a “capital do terceiro milênio”.

Na região se localiza o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, uma importante reserva ambiental. Foi criado pelo decreto federal nº 49.875, de 11 de janeiro de 1961. Sua área é de 60 mil metros quadrados. A entrada principal do parque é o distrito de São Jorge. Outra atração da Chapada dos Veadeiros são as várias espécies de flores (principalmente orquídeas) e animais, além de belíssimas cachoeiras formadas pelo Rio Preto, que atravessa o parque.

Dados Gerais

Distâncias

Alto Paraíso está a 423 quilômetros de Goiânia.
Trajeto: Partindo-se de Goiânia, pega-se a BR-153, no sentido Anápolis, passando-se por Abadiânia, Alexânia, Brasília, Formosa. No trevo de Formosa, pega-se a GO-118, passando por São Gabriel e São João D’Aliança. Daí até Alto Paraíso são aproximadamente 68 quilômetros.
Brasília: 230
São Paulo: 1247 km
Rio de Janeiro: 1326 km

Fonte: citybrazil.com.br

Alto Paraíso de Goiás

Alto Paraíso de Goiás é um município brasileiro localizado no Nordeste do Estado de Goiás, pertencendo à Chapada dos Veadeiros e, desde 2001, à Área de Proteção Ambiental – APA de Pouso Alto. Localiza-se a 230km de Brasília-DF e a 412km de Goiânia-GO. A sua altitude é de aproximadamente 1300 metros, localizando-se no município o ponto mais alto do Planalto Central, com 1.676 metros de altura.

Sua população estimada em 2004 era de 7.202 habitantes.

O município tornou-se conhecido no final do século XX devido à presença de inúmeros grupos místicos, esotéricos, ligados à espiritualidade, praticantes de meditação, yoga, hippies e outros movimentos que escolheram o lugar para viver não só por sua imensa beleza natural e por ser um santuário ecológico, mas também por ser o “Chácra Cardíaco da Terra” devido ao imenso lençol subterrâneo de cristais que exerce forte energia sobre a região que por sinal é cortada pelo paralelo 14, o mesmo de Machu Pichu, no Peru. Devido a tudo isso a cidade não poderia deixar de ser cheia de mística e são comuns no local as histórias sobre discos voadores e seres extraterrestres.

As belezas Naturais de Alto Paraíso, que incluem cânions gigantescos, paredões rochosos, rios cristalinos, cachoeiras, piscinas naturais e minas de quartzo também atraíram ecoturistas, ecologistas, estudiosos, empresários e aventureiros que iniciaram o desenvolvimento da região que tem entre os seus atrativos o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros cuja única entrada se encontra no Povoado de São Jorge que é localizado no município de Alto Paraíso.

A cidade conta com uma ótima infra-estrutura voltada para o turismo com pousadas, hotéis, hotéis fazenda, restaurantes, bares, pizzarias, lojas de artesanato, cristais, e muito mais.

Alto Paraíso de Goiás possui um clima Tropical de montanha, sendo seco e frio no inverno e ameno e úmido no verão. Devido ao clima tropical de montanha, Alto Paraíso de Goiás possui madrugadas de inverno geladas, pois as temperaturas mínimas nessa época do ano podem alcançar os 4°C ou até menos nos pontos mais altos.

Mas no inverno, são comuns temperaturas mínimas variarem entre 6°C e 9°C. Mesmo estando no inverno a região possui dias quentes com temperaturas que podem chegar aos 30°C. Logo possui uma grande amplitude térmica.

Fonte: chapadadosveadeiros.com

Alto Paraíso de Goiás

Alto Paraíso de Goiás encontra-se no entroncamento rodoviário da GO-118 e GO-327, no coração da Chapada dos Veadeiros sendo seu principal Município

É considerada o santuário Goiano do misticismo, esoterismo e espiritualismo. Atravessada pelo Paralelo 14, da mesma forma que Machu Pichu, no Peru, proporciona fantásticas histórias sobre discos voadores e seres extraterrestres.

Alto Paraíso de Goiás
Alto Paraíso de Goiás

Além do esoterismo, a cidade é propícia para o ecoturismo, visto que sua população tem uma consciência ecológica muito desenvolvida, e a natureza local é exuberante, com centenas de atrações dentre cachoeiras, vales, serras, fazendas, onde o acesso a esses locais se dá de automóvel até um certo ponto e depois caminhadas que podem variar de 300 metros a 10 km, porém todas inesquecíveis por sua beleza e magia

História

O povoamento da região ocorreu com a implantação de uma fazenda na segunda metade do século XVII por Francisco de Almeida, passando a se constituir num pequeno núcleo de colonização, denominado Veadeiros, no qual foram agrupando lavradores.

Nesta época radicaram-se também Firmino de Almeida Salermo, José Pereira Barbosa e Manuel Caboclo que se dedicaram à pecuária e ao cultivo do café. O clima e o solo da região demonstrara-se favoráveis ao cultivo do trigo e, segundo registros históricos , as primeiras sementes foram introduzidas por alguns egípcios que vieram da Bahia por volta de 1800.

O município é um dos mais apreciados cartões-postais de Goiás. A exuberante natureza esconde cenas quase mágicas, como o pôr do sol, as montanhas, os canyons, as cachoeiras, as minas de cristal, as flores do cerrado e a energia que emana do solo.

Em Alto Paraíso de Goiás estão instalados mais de 40 grupos místicos, filosóficos e religiosos sendo reconhecida pelos espiritualistas de todo mundo como uma das regiões do planeta destinadas a receber seres escolhidos pelos planos superiores da vida e que podem ser classificados com os artífices da Era de Aquário, Alto Paraíso se destaca no Brasil e no mundo como a Capital Brasileira do Terceiro Milênio.

O paralelo 14, que atravessa a lendária cidade de Machu Pichu, no Peru, também passa sobre Alto Paraíso, em um local denominado Jardim Zen, onde pedras e flores compõem um cenário místico , originando fantásticas histórias sobre a região: discos voadores e seres extraterrestres.

O município possui uma crescente estrutura para o turismo, com pousadas, hotéis e áreas de camping, a cidade está a cerca de 1.300 metros. de altitude o que torna o clima bastante ameno.

Encontra-se no município de Alto Paraíso de Goiás no distrito de São Jorge, a porta de entrada do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros que foi criado através do Decreto Federal n.º 49.875 em 11 /01/61 , sendo sua área de 60.000 ha, constitui-se em uma importante área, uma vez que existem muitas espécies ameaçadas de extinção, habitando a sua área.

Visitantes de todas as partes chegam até aqui atrás da maravilha selvagem e praticamente intacta do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. O principal rio que corta o Parque Nacional é rio Preto, afluente do rio Tocantins, que comporta belíssimas cachoeiras e antigas formações rochosas que são consideradas uma das mais antigas do planeta, garantindo uma visão extasiante de pura beleza natural. Embora límpidas, suas águas são de uma tonalidade escura, que originou o nome do rio.

Ainda hoje encontramos dentro do parque , animais em processo de extinção, como o veado –campeiro, o lobo-guará, a capivara, as ágeis emas e os tucanos-de-bico-amarelo.

Fora do domínio do parque e ainda no distrito de São Jorge, encontramos o Vale da Lua onde o rio São Miguel corre entre rochas que impressionam pelas cores e pelas formas esculturais, talhadas pela força da água através dos tempos, o Espaço Infinito(Raizama), santuário de beleza selvagem, local bom para a prática do canyoning, em bela cachoeira no encontro entre os rios São Miguel e Raizama e a Morada do Sol, local onde há piscinas rodeadas por Lages de pedras que formam cascatas, ideal para hidromassagem.

Em novembro de 2000 o Cerrado e incluso nele a Chapada dos Veadeiros foi Decretada pela UNESCO como Reserva da Biosfera. As Reservas da Biosfera são instrumentos de gestão e manejo sustentável integrados com o objetivo de conservação da biodiversidade,do desenvolvimento sustentável além da manutenção dos valores culturais.

O Município de Alto Paraíso apresenta uma grande variação altimétrica, que vai de 600 até cerca de 1.676m, região esta denominada de Pouso Alto, sendo portanto o ponto mais alto do estado de Goiás.

O artesanato mais importante atualmente na região de Alto Paraíso, é aquele ligado à confecção de arranjos decorativos com plantas regionais. Feitos principalmente com flores, frutos e sementes, e comercializados com o nome “Flores do Cerrado”, esses arranjos dão empregos a diversas pessoas e chegam atingir o mercado externo. Podemos encontrar este e outros artesanatos regionais na Feira de Artesanato, as sextas, sábados, domingos e feriados, das 17:00 às 22:00 horas na Av. Ari Ribeiro Valadão Filho, ao lado do CAT

Alto Paraíso de Goiás fica a 230 Km de Brasília/DF e como chegar de carro? Vá pela saída Norte pela BR 020, depois Planaltina, daí pela GO 118, passando pelas cidades de São Gabriel e São João da Aliança. ·

De ônibus, Brasília – Alto Paraíso: Saindo da Rodoferroviária pela Viação Real Expresso às 10:00 h e às 22:00 h, e saindo da Rodoviária pela Viação Santo Antônio, com saída às 15:00 h.

De ônibus, Goiânia – Alto Paraíso: Saindo da Rodoviária pela Empresa São José do Tocantins, todos os dias às 20:00 h e 2ª/4ª e 6ª às 21:00 h.

Calendário de Feriados Municipais:

15 de Agosto – Nossa Senhora da Abadia
27 de Novembro – Nossa Senhora das Graças, Padroeira da cidade
12 de Dezembro – Aniversário de emancipação da cidade.

Outros Eventos:

Abril – Dia 22 – Festa no Distrito de São Jorge
50 dias após a Páscoa – Festa do Divino Espírito Santo
Junho – Festa Junina
Julho – Moonstock – Festival de Inverno
Setembro – Campeonato Brasileiro de Pólo Aquático em Águas Correntes

Alto Paraíso de Goiás

Pontos Turísticos

Cachoeira da Água Fria

É uma queda com total de 190 metros.em cascatas que variam entre 60 , 50 e 30 metros. de altura com grandiosa vista para o Vale do Moinho, ideal para a prática de Rappel. Encontra-se no Camping Santa Rita de Cássia a 08 Km da cidade de Alto Paraíso(Bom para pessoas da Melhor Idade)

Cachoeiras Almécegas I e II:

Cai em forma de véu de noiva, a 45 metros. De altura. Sua piscina tem águas verdes cristalinas e o córrego Almécegas vai além por um grande canyon de rochas colorida. Encontra-se no Hotel Fazenda São Bento a 08 Km da cidade de Alto Paraíso.

Cachoeira do Macaco

O rio Macaco forma um belíssimo complexo de cachoeiras, existe na região uma comunidade a Aldeia Arco-Íris, que oferece infra-estrutura de alojamento e alimentação para visitantes. Fica à 40 Km de Alto Paraíso

Cachoeira São Bento

É a primeira das grandes cachoeiras formadas pelo rio dos Couros e possui uma ótima piscina natural para mergulho e natação, em uma das margens há uma caverna semi-submersa. No mês de setembro sedia campeonatos de Pólo-Aquático. A 08 Km de Alto Paraíso (Bom para pessoas da Melhor Idade)

Distrito de São Jorge

Porta de entrada para visitação ao Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. Conta com uma população voltada para o Ecoturismo. Fica a 38 Km de Alto Paraíso.

Jardim de Maytrea

Também é um local valorizado por espiritualistas que afirmam existir no local um capo de força magnética. A 20 Km de Alto Paraíso pela Estrada Parque

Jardim Zen

Pedras e flores compõe o cenário deste místico ponto por onde passa o Paralelo 14 – a mesma linha que corta Machu Pichu, no Peru. Localizado no Pouso Alto às margens da Rod. GO-118 à 17 Km de Alto Paraíso

Mirante do Baliza

Local da antiga antena de TV, chegando a ter 1.494 mt. de altitude e com quase 360°de visibilidade. É um divisor de águas onde encontramos o Cerrado de Altitude com espécies endêmicas.

Mirante do Pouso Alto

Monumento símbolo do ponto mais alto do Estado de Goiás – o morro do Pouso Alto com 1.676 metros.

Morada do Sol

Piscinas rodeadas por Lages de pedras que formam cascatas, ideal para hidromassagem. Fica a 06 Km após o Distrito de São Jorge(Bom para pessoas da Melhor Idade)

Morro da Baleia

É um local estimado pelos espiritualistas, que realizam em seu topo vigílias, celebrações e meditações. Perfeito para caminhadas, com águas para banhos no alto do primeiro platô em certas épocas do ano. A 18 Km de Alto Paraíso pela Estrada Parque Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros

Unidade de Conservação abrangendo um terço da área do município de Alto Paraíso de Goiás.

Possui lindos atrativos turísticos como: Saltos do Rio Preto (Cachoeiras de 80 e 120 metros),Corredeiras, Canyons e Cariocas, cujo acesso se faz a pé a partir do Distrito de São Jorge.

Povoado do Moinho

Fica num grande e fértil vale entre os contrafortes da Serra Geral do Parana e a Serra da Água Fria, a 12 Km de Alto Paraíso. Conta com o Parque Solarion com as cachoeiras dos Anjos e Arcanjos e o Sítio Flor de ouro.

Raizama

Santuário de beleza selvagem, local bom para a prática do canyoning, em bela cachoeira no encontro entre os rios São Miguel e Raizama, mas perigoso na época de chuva. À 05 km do Distrito de São Jorge

Rio Cristal

Várias cachoeiras pequenas e charmosas, com diversos recantos para tomar uma boa ducha natural e banho de sol. A 08 Km de Alto Paraíso. (Bom para pessoas da Melhor Idade)

Vale da Lua

O rio São Miguel corre entre rochas que impressionam pelas cores e formas esculturais, talhadas pela força das águas através dos tempos. A 05 Km antes do Distrito de São Jorge. (Bom para pessoas da Melhor Idade).

A visita ao Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, só é permitida com acompanhamento de um Guia credenciado pelas Associações:

ACVCV- Associação dos Condutores de Visitantes da Chapada dos Veadeiros

SERVITUR – Associação de Prestadores de Serviços em Ecoturismo

O Parque fecha às segundas-feiras para manutenção interna.

Dicas para uma viagem mais tranqüila:

Não se esqueça de tomar vacina para febre amarela pelo menos 10 dias antes da viagem.
Leve talões de cheques e dinheiro, pois não há caixas eletrônicos na cidade.
Nas caminhadas use sempre roupas leves, boné ou chapéu e calçados confortáveis, dando preferência para os específicos para “trekking”.
Para as caminhadas leve sempre água e um lanche leve.
Não esqueça de levar um bom protetor solar e repelente de insetos.
Nos passeios carregue sempre um saco para jogar o lixo – Ajude a preservar o meio ambiente.
NÃO FUME durante os passeios – você pode causar um incêndoio de proporções incalculáveis.
Contrate sempre um guia cadastrado na Associação dos Guias.
Nos passeios SIGA SEMPRE a orientação de seu guia, pois além de conhecer muito bem a região ele é treinado e muito bem preparado.
Não pule na água das piscinas naturais formadas pelas cachoeiras e rios, pois existem muitas pedras – Entre calmamente na água.
Sob águas aparentemente calmas pode haver correnteza forte e rodamoinhos, por isso converse com seu guia e ouça todas as suas orientações antes de entrar na água.
Se você toma algum medicamento ou está fazendo algum tratamento médico, leve consigo os respectivos medicamentos e orientação médica.
As caminhadas podem ser curtas ou longas e na maioria das vezes em terreno acidentado, por isso certifique-se de estar preparado e avise seu guia sobre sua real condição física.
Se você tem algum problema cardiovascular, vá antes ao seu médico e comunique-o de sua viagem, pedindo orientações.
Não esqueça sua máquina fotográfica ou de filmar, você pode se arrepender depois!!!!
Não esqueça de levar filmes (para máquinas fotográfica e de filmar) em quantidade suficiente, você pode não encontrá-los na cidade.
Exija todo tipo de informações de seu agente de viagem a respeito da cidade, hospedagem, passeios, transporte, etc…
Lembre-se de que você está indo para um local onde a maioria dos passeios são feitos a pé, em terreno acidentado, exigindo algumas vezes uma pequena “escalada” – pense muito bem nisto antes de levar crianças
Como chove muito em determinadas épocas do ano (Novembro a Maio, aproximadamente), não esqueça de levar sua capa de chuva para as caminhadas.
Jamais se aventure a pegar uma trilha sem um guia treinado e credenciado
Traga dinheiro em espécie ou talões de cheque suficientes para seus gastos, aqui não temos caixas automáticos para saques com cartão.
Dirija com cuidado no percurso entre Alto Paraíso e São Jorge. É um trecho não pavimentado com muito cascalho solto.
Traga roupas leves para as caminhadas: camisetas e calças compridas.
Não compre sapatos novos. Aquela bota de trekking já amaciada ou aquele velho par de tênis confortável são ideais para as caminhadas.
Traga uma mochila tipo escolar, daquelas que se usa nas costas. As mãos precisam ficar livres na hora das subidas e descidas. Evite sacolinhas de plástico carregadas nas mãos, pois elas costumam rasgar-se ao roçar em arbustos e pedra.
Um chapéu ou boné é indispensável.
O filtro solar é aconselhável, já os bronzeadores não são permitidos. A roupa de banho é companheira inseparável.
As noites são frias, por isso traga um agasalho.
Na época das chuvas, que vai de outubro a março, é necessário uma capa de chuva, de preferência das que podem ser dobradas e carregadas na mochila.
Não deixe para chegar de última hora sem reservas em pousadas e sem contatar um guia, principalmente em períodos de alta temporada.

Como Chegar

Alto Paraíso de Goiás

Fonte: revistaturismo.com.br

Alto Paraíso de Goiás

O DESPERTAR PARA O TURISMO ESOTÉRICO

O turismo esotérico é o que mais tem crescido atualmente, pois, além dos aspectos místicos, as crenças e a curiosidade funcionam como agentes culturais, fazendo com que as pessoas busquem ampliar também seus horizontes.

Várias cidades brasileiras têm despertado a atenção dos esotéricos e místicos que procuram, além de belezas naturais, o magnetismo e as energias de lugares como o vilarejo de Alto Paraíso, na Chapada dos Veadeiros, em Goiás, a cidade mineira de São Thomé das Letras, com suas fantásticas histórias de discos voadores, ou Sete Cidades, no Piauí. Por outro lado, cidades como Machu Picchu, no Peru, e Santiago de Compostela, na Espanha, atraem pessoas interessadas em recarregar suas energias e buscar um encontro com si mesmas.

Na Chapada, o poder dos cristais

Com um solo rico em cristais de quartzo, a Chapada dos Veadeiros é considerada pelos esotéricos um lugar com grande concentração de energia mística.

Localizada no município de Alto Paraíso, em Goiás, onde estão instalados mais de 40 grupos místicos, filosóficos e religiosos, é reconhecida pelos espiritualistas de todo mundo como uma das regiões do planeta destinadas a receber seres escolhidos pelos planos superiores da vida e que podem ser classificados como os artífices da Era de Aquário.

É o santuário da ecologia, do misticismo, das terapias naturais, do espiritualismo e da paz. Desde 1970, sob influência de filosofias alternativas baseadas na iminente chegada da Nova Era ou Era de Aquário, o município vem recebendo pessoas de diversos lugares do mundo, interessadas em criar as bases de uma sociedade mais voltada para a espiritualidade.

Ali, pedras e flores compõem um cenário místico, originando fantásticas histórias sobre a aparição de discos voadores e seres extraterrestres na região.

Situada a 1.300 metros de altitude, Alto Paraíso fica no paralelo 14, o mesmo que atravessa a lendária cidade de Machu Picchu, no Peru. Não se trata de mera coincidência. Alto Paraíso é tida pela comunidade esotérica mundial como um dos berços da civilização do Terceiro Milênio.

Considerado portão de entrada do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, o município de Alto Paraíso de Goiás, localizado no distrito de São Jorge, agrega ao redor de si inúmeras cachoeiras, piscinas naturais, minas de cristais de quartzo, recantos e comunidades místicas, constituindo-se uma autêntica Trilha Astral, capaz de deixar bem “zen” o mais estressado dos viajantes. Atualmente, abriga dezenas de grupos místicos, holísticos, filosóficos e religiosos.

Fonte: joseroberval.com.br

Alto Paraíso de Goiás

Por que ir

O astral místico e as incontáveis belezas naturais da Chapada dos Veadeiros fazem de Alto Paraíso de Goiás um ponto de encontro de diversas tribos.

Por lá, reúnem-se esotéricos, ecoturistas e aventureiros em perfeita harmonia – também, pudera! Em um cenário contornado por cânions gigantescos, paredões rochosos, rios cristalinos, cachoeiras, piscinas naturais e minas de quartzo, somente a paz pode reinar.

Alto Paraíso de Goiás 
Vale da Lua: piscinas entre as formações rochosas proporcionam banhos vigororos

Para proteger tanta beleza o governo criou, em 1961, o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, acessível pelo vilarejo de São Jorge, a 36 quilômetros de Alto Paraíso. Na área de 65 mil hectares há poucas trilhas abertas a visitação, mas elas levam – ainda bem – aos clássicos cartões-postais da região.

Entre eles estão os Saltos do rio Preto, que formam cascatas de até 120 metros de altura e a maior piscina natural da área, que chega a 300 metros de diâmetro.

Para conhecer as quedas é preciso ficar atento: a reserva tem lotação limitada diária e para fazer os passeios é obrigatório o acompanhamento de guias.

Curtir os arredores do parque também exige a contratação de profissionais. Do lado de fora estão dezenas de atrações, como o Vale da Lua, um conjunto de rochas de cor cinza-claro semelhantes às crateras lunares. O rio corre entre os buracos formando poços liberados para relaxantes banhos. Lá perto fica o Jardim de Maytrea, um verdadeiro oásis tomado por veredas de buritis e campos floridos.

Passear pela chapada não é tarefa das mais fáceis. Um mínimo de preparo é necessário para encarar as trilhas, algumas íngremes e cansativas. Mas só de imaginar as belezas escondidas no final do caminho vale a pena prosseguir. Entre uma parada e outra, aprecie a vegetação típica do cerrado, colorida por ipês, bromélias e aroeiras; ou acompanhe os vôos dos periquitos e das araras, que cortam os céus sempre em bandos. Quem tem espírito aventureiro pode curtir as paisagens de ângulos inusitados através da prática de atividades radicais como canyoning, cascading, tirolesa e rapel.

Depois de tanto desgaste físico, nada como recuperar as energias nos centros de massagens e meditação que ocupam insólitas construções em forma de pirâmide. De acordo com os místicos, a região é o coração magnético do país por estar sobre uma das maiores concentrações de cristal de quartzo do mundo. Se o esoterismo não é sua praia, relaxe nas pousadas charmosas, nos bons restaurantes ou nas lojinhas – especializadas em cristais e incensos!

O que ver e fazer em Alto Paraíso de Goiás

Curtir as cachoeiras

Dezenas de belas cachoeiras espalham-se pela chapada. Dentro ou fora do parque nacional, quedas imponentes contornadas por cânions incentivam a encarar trilhas e praticar atividades de aventura como o cascading. Nos limites da reserva, os destaques são os Saltos do rio Preto, que chegam a 120 metros e formam a maior piscina natural da região.

Alto Paraíso de Goiás

Praticar atividades de aventura

A Chapada dos Veadeiros é uma verdadeira Disneylândia para os adeptos dos esportes de aventura. Nas cachoeiras, rios e cânions da região é possível praticar canyoning, cascading, cavalgada, tirolesa, trekking, ciclismo… O melhor é que não é preciso ser atleta profissional para curtir a adrenalina – há roteiros para variados níveis de praticantes.

Parque Solarion

O espaço abriga duas bonitas cachoeiras – a dos Anjos, com dez metros; e a dos Arcanjos, com sete metros – que formam deliciosas piscinas. As quedas são acessíveis por trilhas que exigem cerca de vinte minutos de caminhada para cada uma. A dos Anjos exige maior esforço em função das pedras e dos trechos íngremes.

Como chegar: Acesso pela Estrada do Moinho

Vale da Lua

Alto Paraíso de Goiás

Encontro das Águas

Uma trilha fácil de um quilômetro e meio leva a cânions, corredeiras e poços formados pelo encontro dos rios São Miguel e Tocantinzinho.

Como chegar: Acesso pela estrada para Colinas do Sul

Alto Paraíso de Goiás

Jardim de Maytrea

O belo campo é pontilhado por flores e veredas de buritis. A vista panorâmica descortina diversas cadeias de montanhas.

Como chegar: Estrada para São Jorge

Alto Paraíso de Goiás

Mirante da Baliza

A 1.500 metros de altura, o mirante descortina as montanhas da chapada e de Alto Paraíso.

Como chegar: Acesso pela GO-118 (direção Brasília)

Mirante de São Jorge

O mirante fica ao lado da entrada do parque e é concorrido durante o pôr-do-sol.

Morro da Baleia

A 1.500 metros de altitude, a formação rochosa em quartzito descortina vista panorâmica do parque. O acesso é por trilha.

Como chegar: Estrada para São Jorge

Alto Paraíso de Goiás

Saborear a matula servida no bar do Valdomiro

Na volta do parque, quando a fome estiver nas alturas, vale a pena fazer um pit stop no Rancho do Valdomiro e saborear o mais famoso prato típico do cerrado – a matula. A iguaria é semelhante à feijoada, porém, feita com feijão branco ou mulatinho, carne-de-sol, lingüiça, miúdos de porco e cúrcuma (açafrão-da-terra), servida com arroz, galinha caipira e mandioca. Para fazer a digestão, aposte nos licores artesanais de sabores exóticos como buriti, açaí e pequi.

Como chegar: Estrada para São Jorge

Alto Paraíso de Goiás

Sertão Zen

O passeio é indicado para trekkers experientes, uma vez que exige nove horas de caminhada por 16 quilômetros de trilhas em meio ao cerrado. Mas o esforço vale a pena – ao longo do percurso até a nascente do Rio Macaco, as vistas panorâmicas são de tirar o fôlego.

Como chegar: Acesso pela estrada para Morrão

Alto Paraíso de Goiás

Encravada no ponto mais alto do Planalto Central, a 1.700 metros de altitude, a chapada é repleta de cachoeiras, piscinas naturais, cânions, riachos e matas de cerrado. Para proteger tanta beleza – no caso, pelo menos uma parte – o governo criou no início dos anos 60 um parque nacional batizado de Tocantins.

Hoje, renomeado como Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, abrange uma área de 65.515 hectares colorida por flores e árvores como orquídeas, ipês, aroeiras e buritis. A reserva é ainda refúgio de animais ameaçados de extinção como o veado campeiro, o cervo do Pantanal, a onça pintada e o lobo-guará, além de abrigar tamanduás, tatus, cobras e espécies variadas de aves, como araras e tucanos.

Na área do parque, que abrange parte do município de Alto Paraíso e dos distritos de São Jorge e Cavalcante, há apenas duas trilhas abertas para visitação. Elas levam a belíssimos saltos que chegam a 120 metros de altura; e também aos cânions do Rio Preto e da Carioca. Para fazer os trekkings, em especial o que leva aos saltos, é recomendável estar com a forma física em dia, levando em conta os trechos íngremes.

A entrada principal da reserva fica na vila de São Jorge, a 38 quilômetros de Alto Paraíso. Acesso pela GO-327 (direção Colinas do Sul). Apenas 300 pessoas por dia têm acesso ao parque e é necessário o acompanhamento de guias credenciados.

Saltos do rio Preto

Os seis quilômetros de trilhas íngremes não são vencidos por qualquer um. Mas quem chega aos saltos do rio Preto aprecia as mais impressionantes quedas da chapada. O Salto 1, com 120 metros, abriga um belo mirante; enquanto o Salto 2 forma a maior piscina natural da região – com 300 metros de diâmetro, é perfeita para banhos.

Alto Paraíso de Goiás

Cânions do rio Preto e da Carioca

A fácil caminhada de cerca de cinco quilômetros leva aos cânions do rio Preto, com 20 metros, e aos cânions da Carioca, duas enormes gargantas de dez metros de profundidade e que formam uma cachoeira de 20 metros de comprimento.

Alto Paraíso de Goiás

Cachoeiras em Alto Paraíso de Goiás

Dezenas de belas cachoeiras espalham-se pela chapada. Dentro ou fora do parque nacional, quedas imponentes contornadas por cânions incentivam a encarar trilhas e praticar atividades de aventura como o cascading. Nos limites da reserva, os destaques são os Saltos do rio Preto, que chegam a 120 metros e formam a maior piscina natural da região.

Cachoeira Saltos do rio Preto

As belas quedas ficam dentro do parque e são acessíveis por trilhas íngremes. Quem chega aos saltos do rio Preto, porém, aprecia as mais impressionantes cachoeiras da chapada. O Salto 1, com 120 metros, abriga um mirante; enquanto o Salto 2 forma a maior piscina natural da região, perfeita para banhos. A entrada principal da reserva fica na vila de São Jorge, a 38 quilômetros de Alto Paraíso.

Como chegar: Acesso pela GO-327 (direção Colinas do Sul).

Alto Paraíso de Goiás

Almécegas

A cachoeira é formada por duas quedas. A primeira, de 50 metros, pode ser observada de cima e de baixo. A segunda queda é bem menor, com 15 metros. Ambas formam piscinas naturais e são acessíveis por trilhas.

Como chegar: Acesso pela estrada para São Jorge – Fazenda São Bento

Alto Paraíso de Goiás

Alto Paraíso de Goiás

Cachoeira da Carioca

De acesso fácil, porém longo, a cachoeira de vinte metros é emoldurada por duas enormes gargantas de dez metros de profundidade. Fica dentro do parque nacional. A entrada principal da reserva fica na vila de São Jorge, a 38 quilômetros de Alto Paraíso.

Como chegar: Acesso pela GO-327 (direção Colinas do Sul).

Alto Paraíso de Goiás

Cachoeira do Vale do rio Macaquinho

A trilha de cinco quilômetros até a queda principal não é das mais fáceis, mas compensa pelas belezas ao longo do percurso – cânions, piscinas naturais e cachoeiras de até 50 metros. É procurada para a prática de canyoning.

Como chegar: Acesso pela GO-118 – Fazenda Santuário das Pedras

Alto Paraíso de Goiás

Cataratas dos Couros

As quatro imponentes cascatas que ultrapassam os cem metros são formadas pelo rio dos Couros e incorporam também a cachoeira da Muralha. O visual do conjunto das cascatas é belíssimo.

Como chegar: Acesso pela GO-118 (direção Brasília) – Fazenda Boa Esperança

Alto Paraíso de Goiás

Cachoeira da Água Fria

Uma trilha leva ao topo da cachoeira de cem metros de altura e descortina bonita paisagem. A área é considerada uma das melhores para a prática de rapel.

Como chegar: Acesso pela GO-118 (direção Teresina de Goiás) – Fazenda Água Fria

Alto Paraíso de Goiás

Cachoeira de São Bento

A queda de seis metros forma uma imensa piscina natural utilizada para campeonatos de pólo. A área que contorna a cachoeira é procurada para a observação de pássaros.

Como chegar: Estrada para São Jorge – Fazenda São Bento

Alto Paraíso de Goiás

Alto Paraíso de Goiás

Cachoeira do rio Cristal

As cascatas formam piscinas e duchas naturais, perfeitas para o relax. O acesso é por trilha, vencida em vinte minutos.

Como chegar: Acesso pela GO-118 (direção Teresina de Goiás)

Alto Paraíso de Goiás

Esportes e Ecoturismo em Alto Paraíso de Goiás

A Chapada dos Veadeiros é uma verdadeira Disneylândia para os adeptos das atividades de aventura. Nas cachoeiras, rios e cânions da região é possível praticar canyoning, cascading, cavalgada, tirolesa, trekking, ciclismo… O melhor é que não é preciso ser atleta profissional para curtir a adrenalina – há roteiros para variados níveis de praticantes.

Trekking

Uma das caminhadas mais bonitas da região é a Travessia Leste, com 94 quilômetros em meio a trilhas. O percurso tem nível médio e vai de Alto Paraíso a Macaquinho, passando por diversas cachoeiras. São cinco dias de trekking, com pernoite em acampamentos ou na casa de moradores.

Alto Paraíso de Goiás

Canyoning

A atividade é praticada nos cânions da Raizama, do Macaco e do Macaquinho. É indicada para experientes em função das longas descidas, que chegam a 35 metros.

Cascading e tirolesa

Sem “contra-indicação”, o cascading e a tirolesa são praticados na cachoeira de Almécegas I, com 50 metros de queda e piscina natural.

Cavalgada

O passeio de 16 quilômetros é feito no distrito de Cavalcante, em meio a fazendas. O percurso não é dos mais confortáveis em função das várias descidas.

Onde Comer em Alto Paraíso de Goiás

O prato típico do cerrado é a matula, uma espécie de feijoada à base de feijão branco ou mulatinho, carne-de-sol, lingüiça, miúdos de porco e cúrcuma (açafrão-da-terra), servida em uma folha de bananeira e acompanhada por arroz, galinha caipira e mandioca. A iguaria é encontrada nos estabelecimentos caseiros da vila de São Jorge. Já no centro de Alto Paraíso, os restaurantes capricham nas receitas variadas e há muitas opções para os apreciadores da cozinha natural.

Jambalaya

O restaurante é um dos mais sofisticado da região. À noite, a iluminação de velas cria um ambiente perfeito para um encontro a dois. No almoço o sistema é self-service e, no jantar, à la carte.

Massas da Mamma

Além de pizzas, a casa serve pratos preparados com massa caseira.

Jatô

O estabelecimento funciona em uma casa agradável, com janelões de vidro e muitas plantas. É uma boa opção para os fãs da comida natural – no variado bufê estão saladas, grelhados e receitas vegetarianas à base de carne de soja e tofu. Abre somente para almoço.

Rancho do Valdomiro

A barraquinha rústica no caminho para a vila de São Jorge prepara a matula mais famosa da região. Para fazer a digestão, aposte nos licores artesanais de sabores exóticos como buriti, açaí e pequi.

Vida Noturna em Alto Paraíso de Goiás

Nas noites de lua cheia o agito é certo na vila de São Jorge, com forrós animados que atravessam a madrugada. Os bares de Alto Paraíso ganham movimento nos finais de semana, quando chegam os turistas da região.

Compras em Alto Paraíso de Goiás

Os artigos esotéricos são as lembranças típicas de Alto Paraíso. A avenida Ari Valadão Filho é repleta de lojas que oferecem cristais, velas e incensos variados. Também fazem sucesso os produtos artesanais, como sabonetes, óleos, chás e licores.

Circulando em Alto Paraíso de Goiás

A melhor maneira de circular pelos atrativos de Alto Paraíso é de carro. O Parque Nacional e muitos cânions e cachoeiras ficam distantes do centro da cidade. Alguns locais, entretanto, são acessíveis somente com veículos com tração nas quatro rodas.

Quando ir a Alto Paraíso de Goiás

A melhor época para curtir o parque e praticar atividades de aventura é entre os meses de abril e outubro. Chove menos, o campo está florido e as cachoeiras mantêm um bom volume de água. No verão, o risco de trombas d’água restringe o acesso a muitas cascatas.

Como Chegar a Alto Paraíso de Goiás

De avião

O aeroporto mais próximo é o de Brasília, a 229 quilômetros

De carro

Vindo de Brasília, acesso pela BR-020 (direção Sobradinho e Planaltina de Goiás) e GO-118

De ônibus

A empresa Real Expresso tem ônibus partindo de Brasília em direção a Alto Paraíso. Quem vem de Goiânia, a viação São José do Tocantins faz o trecho. Vindo do Rio de Janeiro, Belo Horizonte ou de Palmas, a empresa é a Expresso Caiçara.

Cuidados com a saúde

É recomendável tomar vacina contra febre amarela dez dias antes da viagem.

A vacinação é gratuita e pode ser feita em postos de saúde

Fonte: feriasbrasil.com.br

Alto Paraíso de Goiás

Formação Administrativa

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, figura no município de Cavalcante o distrito Veadeiros.

Pelo decreto-lei estadual nº 8305, de 31-12- 943, o distrito de Veadeiros perdeu partes do seu território para os distritos de Guataçaba e Cavalcante.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o distrito de Veadeiros, figura no município de Cavalcante.

Elevado à categoria de município com a denominação de Veadeiros, pela lei estadual nº 808, de 12-10-1953, desmembrado de Cavalcante. Sede no antigo distrito de Veadeiros.

Constituído de 2 distritos: Veadeiros e Nova Roma, ambos desmembrados do município de Cavalcante. Instalado em 01-01-1954.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 2 distritos: Veadeiros e Nova Roma ex-Guataçaba.

Pela lei estadual nº 2138, de 14-11-1955, desmembrado do município de Veadeiros o distrito de Nova Roma. Elevado à categoria de município.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído do distrito sede.

Pela lei estadual nº 4685, de 15-10-1963, o município de Veadeiros passou a denominar-se Alto Paraíso de Goiás.

Em divisão territorial datada de 31-12-1963, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Alteração toponímica municipal

Veadeiros para Alto Paraíso de Goiás alterado, pela lei estadual nº 4685, de 15-10-1963.

Fonte: biblioteca.ibge.gov.br

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Locais Turísticos de Burkina Faso

UAGADUGU (OUAGADOUGOU), A CAPITAL PUBLICIDADE É a capital de Burkina Faso e foi fundada há mais de …

Hino Nacional de Burkina Faso

Une Nuit Seule PUBLICIDADE Une Nuit Seule (também conhecido como L’Hymne de la Victoire ou Ditanyè) …

Bandeira de Burkina Faso

PUBLICIDADE A Bandeira de Burkina Faso é formada por duas listras horizontais, de igual largura, sendo a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

300-209 exam 70-461 exam hp0-s41 dumps 640-916 exam 200-125 dumps 200-105 dumps 100-105 dumps 210-260 dumps 300-101 dumps 300-206 dumps 400-201 dumps Professor Messer's CompTIA N10-006 exam Network+