Breaking News
Home / Turismo / New Brunswick

New Brunswick

PUBLICIDADE

O Estado conta com três centros urbanos: Fredericton, Saint John e Moncton.

FREDERICTON

Fredericton, foi o primeiro assentamento francês no ano 1642 e já em 1763 passa às mãos dos ingleses. Em 1784 foi elegida capital do Estado, conservando este privilégio até nossos dias. Com uma população de 45.000 habitantes, a maioria empregados do governo estadual ou da Universidade de New Brunswick, é uma atrativa cidade.

Abriga o Corpo do Exército Central, a Guarnição Militar, que encontra-se no centro da cidade, sem esquecer alguns edifícios que pertencem ao século passado. Localiza-se aqui o Museu Histórico de York-Sunbury, um edifício de três andares em pedra de meados do século XIX. Este museu apresenta a história da cidade e conserva restos da vida acadia, os primeiros povoadores e dos “leais” ingleses que vieram fugindo da União Americana.

A cidade segue sendo o centro cultural do Estado e nela encontrará a Galeria de Arte Beaverbrook, a melhor pinacoteca do Canadá Atlântico, fundada em 1959. Em suas salas encontram-se obras de pintores canadenses tão importantes como o “Grupo dos Sete” e Emily, e também de artistas europeus como Tiziano, Ribera e Boticelli.

Para a inauguração foi adquirida uma obra de Dalí. e, mais ao leste, a Catedral da Igreja de Cristo, do estilo gótico, onde aparece um pequeno modelo do relógio Big Bem de Londres. A Universidade de New Brunswick, oferece um interessante conjunto arquitetônico da época colonial britânica. É um dos centros acadêmicos mais antigos do país (1783) com merecida fama como centro cultural e acadêmico.

SAINT JOHN

Saint John é a maior cidade do Estado com 121.000 habitantes, cujos primeiros moradores no século XVII foram franceses que estabeleceram o comércio de peles. Mais tarde em 1783 os “leais” chegaram ao porto e fundaram esta cidade. Cada ano celebra-se este fato histórico durante o mês de julho, quando seus habitantes vestem as roupas de antigamente.

O centro da cidade foi remodelado e nele encontra-se a Praça do Mercado, com o mercado mais antigo de todo o país, com forma de barco, pois seu interior foi construido com a carcaça do casco de uma antiga embarcação. Nele pode-se apreciar ainda comércios do século passado como a Loja Geral de Barboor’s. Também de inícios do século XIX é a Casa dos Leais, mobiliada com antigüidades.

O principal atrativo de Saint Johm consiste em um fenômeno de índole natural, os Rápidos da Cascata Reversível, pois devido à suavíssima pendente da Baia de Fundy durante a maré baixa as águas da Baia estão 4 metros mais abajo que as do rio São João, enquanto que na maré alta, sobem 4 metros por cima das do rio.

Já por último, destaca-se o Museu de New Brunswick que foi o primeiro a ser construido no Canadá. Nele expõem-se trajes dos nativos e artesanato, junto com animais da região.

MOCTON

Mocton é o maior centro urbano da costa sudeste onde se fundem as culturas francesa e inglesa. A Colina Magnética, nos arredores de Mocton, é uma singularidade mais do Estado. Se dirigir o carro colina abaixo e, em determinado momento, o motor é parado e o freio solto, sentirá que volta para atrás, quer dizer, colina acima. É uma ilusão óptica que impressiona muito os visitantes. Pode-se ir ao Parque aquático da Montanha Mágica, único deste tipo na região. Dispõe de numerosas atrações para crianças e adultos.

OUTROS LUGARES DE NEW BRUNSWICK

Outros lugares com interesse turístico dentro do Estado são o Parque Nacional de Fundy, espetacular pelos rochedos e as marés. St. Andrews é famoso pelas pitorescas casas que sobrevivem desde os séculos XVIII e XIX. Pode-se visitar lugares como o Forte Histórico Nacional construido para defesa da invasão americana, ou uma exibição de tapetes, móveis e objetos decorativos no Museu de Henry Phipps Ross e Sarah Juliette Ross.

No Vale do Rio São João encontra-se o maior centro das Forças Armadas Canadenses, o Campo Gagetown, com um interessante museu que apresenta a história e vida militar na região.

Fonte: www.rumbo.com.br

New Brunswick

Esta é a mais oriental das províncias, localizada a noroeste da América do Norte. Terra Nova está na foz do rio São Lourenço, e Labrador, que tem o dobro do tamanho da ilha, na divisa com Québec.

Esta província consiste de duas entidades geográficas distintas: Newfoundland e Labrador. A ilha de Terra Nova (Newfoundland) e Labrador, que fica no continente, apresentam paisagens selvagens e impressionam visitantes que podem ver icebergs e baleias ao longo de costa.

Seus colonizadores históricos variavam de baleeiros bascos do século XVI aos famosos guerreiros Vikings.

A população atual da província, de 570.000 habitantes, descende em sua maioria dos colonizadores do sudoeste da Inglaterra e do sul da Irlanda, que imigraram para Newfoundland no final do séc. XVIII e início do séc. XIX.

New Brunswick

O padrão de colonização foi determinado, principalmente, pela indústria pesqueira, uma disposição populacional que persiste até os dias de hoje. A Península de Avalon e o nordeste de Newfoundland, o tradicional centro das pescarias, continuam sendo as áreas mais densamente povoadas.

St. John’s, o centro comercial histórico e capital da ilha é a maior cidade da província, com uma população de aproximadamente 172.000 habitantes. Na capital da mais oriental das províncias, St John, a zona portuária tem lojas, galerias e restaurantes.

A Water Street é conhecida como a rua mais velha do continente por ter sido usada como trilha por índios e colonizadores e apresenta a maioria das atrações de St. John.

New Brunswick

Em St. John deve-se também vistar East End, um bairro de ruas são estreitas e construções antigas. Para apreciar a bela vista do Atlântico vale a pena ir até o Signal Hill, que guarda a Cabot Tower no topo.

Muito interessante na província, é o vilarejo viking L’Anse aux Meadows National Historic Site, que foi tombado pela Unesco como Patrimônio Histórico Mundial. Por meio de encenações, o povoado leva o visitante à época em que os vikings estiveram no Canadá.

As casas coloridas da cidade, conhecidas como battery, estão entre os pontos mais fotografados pelos turistas. Battery refere-se às fortificações militares, que defendiam o porto com canhões de bateria.

New Brunswick

Em Labrador, a Cidade de Labrador é o centro da região de mineração, abrigando a maior mina de ferro a céu aberto do mundo. Rodeada por uma grande área selvagem, é composta por lagos e rios, e conhecida como o paraíso da caça e da pesca.

Parques Nacionais

Gros Morne National Park, tombado pela Unesco, é um dos lugares selvagens mais bonitos de Newfoundland.

Terra Nova National Park, fica a leste das montanhas de Newfoundland.

Fonte: www.aircanada.com.br

Veja também

Hino Nacional da República Democrática do Congo

Debout Congolais PUBLICIDADE Debout Congolais (Levanta congolês) é o hino nacional da República Democrática do …

Locais Turísticos da República Democrática do Congo

BRAZZAVILLE PUBLICIDADE É um lugar muito interessante, muito verde, com uma Basílica, Mercados e o …

República Democrática do Congo

PUBLICIDADE O território que hoje leva o nome de República Democrática do Congo tem sido habitada por …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.