Breaking News
Home / Turismo / Quebec

Quebec

PUBLICIDADE

A mistura entre os estilos francês e canadense resultou na surpreendente Québec, uma das províncias mais charmosa do país. O rio São Lourenço fica no centro da província, ligando o Atlântico aos Grandes Lagos.

Quase dois mil km separam o norte e o sul da província , cujo ponto mais setentrional é o cabo Wolstenholme, que se encontra a menos de 425 km do Círculo Polar Ártico. A região tem muitas florestas, assim como água, contando com mais de seis mil km de litoral. Lá está também a hidrovia do rio São Lourenço, que é aberta de março a dezembro para receber navios domésticos e internacionais.

As principais localidades da região são Montreal, a segunda maior do país, e a Cidade de Quebec, que é a capital. Há muitos passeios pela província, onde é impossível não visitar a Gaspé Península, que entre outras atrações naturais abriga o Matapédia Valley, coberto de plátano, a árvore típica do Canadá. Apresenta variedade de espaços naturais, com belos parques nacionais e amplas áreas urbanas arborizadas.

Quebec

Québec, a capital da província e a terceira maior cidade. Uma das curiosidades de Québec, é que esta mantém em sua área urbana a única cidade murada ao norte do Rio Grande. No roteiro pela cidade devem estar atrações como a Maison Chevalier, que foi construída no século 18 e hoje abriga o Musée de la Civilisation; a Basilique Notre-Dame, erguida em 1647, e o Musée du Fort, onde fica-se sabendo do passado militar da região.

O Château Frontenac, localizado na parte alta, é o cartão postal mais famoso de Québec. Com seu telhado de cobre verde, o prédio de pedra e tijolos foi construído pela Canadian Pacif Railway no século 19 e até hoje funciona como um hotel, de 600 quartos.

La Citadelle, a fortaleza construída no século 18 para defender a cidade de um possível ataque norte-americano (que nunca aconteceu), ainda funciona como quartel militar. Na área da Cidadela todos os dias os visitantes podem acompanhar a troca de guarda.

Québec possui uma área três vezes maior do que a da França e sete vezes a da Grã Bretanha, tornando-a a maior província do Canadá. Fazendo fronteira com Ontário, New Brunswick, Labrador (a porção continental da província de Newfoundland) e com os Estados Unidos, Quebec tem uma área de 1.450.680 km².

Quase 80% dos quebequenses vivem em centros urbanos localizados ao longo das margens do histórico e cênico Rio São Lourenço. Montreal Metropolitana tem uma população de três milhões e é uma cidade famosa tanto pela riqueza de sua história, quanto pela sua atividade cultural moderna e dinâmica.

De uma população de cerca de sete milhões, mais de cinco milhões de pessoas que vivem em Québec são de origem francesa, e o francês é a língua materna de 82 por cento dos quebequenses. E, apesar de o francês ser a língua oficial da província, o inglês é compreendido por quase todos os moradores. O idioma é apenas uma das muitas marcas da França nesta parte do Canadá, onde os habitantes fazem questão de manter vivas as tradições e os costumes franceses.

As principais atrações naturais de Montreal são o rio São Lourenço e o Monte Royal, que recebe visitantes em seu parque durante todas as estações do ano. O desenho do parque, feito pelo paisagista americano Frederick Law Olmsted, é o mesmo do Central Park, de Nova York.

Outro ponto de encontro dos habitantes e turistas é o porto, que foi totalmente recuperado para virar mais uma área de lazer. Além de passear pelos parques ao redor do porto, os visitantes costumam programar passeios de barco pelo rio.

Em Montreal tem também o Parc des Îles, que em 1967 sediou a Exposição Universal e hoje é um referencial de lazer na cidade. Nesta área está o parque de diversões La Ronde, onde fica o Cassino de Montreal e a Biosfera, cujo tema é o ecossistema do rio São Lourenço e dos Grandes Lagos.

O estádio olímpico, construído para as Olimpíadas de 1976, é também muito procurado por turistas. Para captar o espírito da cidade, é importante dar uma passada no Plateau de Mont-Royal, uma região cercada de áreas verdes, bistrôs, cafés, livrarias, butiques e bares especializados em jazz.

Desde 1.970, a imigração tem sido parte integrante da prosperidade cultural e econômica desta província. Entre 1.986 e 1.991, 78% dos ganhos na população de Québec vieram das pessoas com origens outras que não a francesa, a britânica ou a aborígine.

Eventos

Em Quebec tem eventos em praticamente todos os dias do verão. Festivais musicais são freqüentes, com atrações para pessoas de diferentes idades.

Um programa super agradável é visitar a cidade de Tadoussac, ao norte da Cidade de Quebec, onde acontece o encontro dos rios São Lourenço e Saguenay, para fazer um tour de observação das baleias.

Em junho Montreal é o centro das atenções com a realização do Grande Prêmio de Fórmula 1 o Canadá.

De junho a agosto tem o badalado Festival de Jazz de Montreal. Na Segunda semana de julho o Du Maurier Quebec City Summer Festival é a grande atração da Cidade de Quebec.

Entre julho e agosto também acontece o Canadian Open Tennis Championships, o mais importante torneio de tênis do País.

No inverno tem o Winter Carnival é a melhor pedida entre janeiro e fevereiro, quando inúmeras atividades são programadas pela província. No período do festival acontecem desfiles de rua, exposição de esculturas de gelo e atividades musicais e esportivas.

Parques Nacionais

Forillon National Park, que guarda a península de Gaspé.
La Mauricie National Park, lagos e florestas compõem a paisagem.
Mingan Archipelago National Park
Saguenay-St. Lawrence MarinePark, tem uma rica diversidade de vida marinha.

Fonte: www.aircanada.com.br

Quebec

Capital: Québec City

Québec possui uma área três vezes maior do que a da França e sete vezes a da Grã Bretanha, tornando-a a maior província do Canadá. Fazendo fronteira com Ontário, New Brunswick, Labrador (a porção continental da província de Newfoundland) e com os Estados Unidos, Quebec tem uma área de 1,450,680 km.

Quase 80 por cento dos quebequenses vivem em centros urbanos localizados ao longo das margens do histórico e cênico Rio St. Lawrence.

De uma população de cerca de 7.65 milhões, mais de 6 milhões de pessoas que vivem em Quebec são de origem francesa, e o francês é a língua materna de 82% dos quebequenses.

Desde 1970, a imigração tem sido parte integrante da prosperidade cultural e econômica desta província. Entre 1986 e 1991, 78% dos ganhos na população de Quebec vieram das pessoas com origens outras que não a francesa, a britânica ou a aborígine.

A cidade de Montreal tem uma população de 3.64 milhões e é famosa tanto pela riqueza de sua história, quanto pela sua atividade cultural moderna e dinâmica.

A cidade de Quebec é a capital da província e a terceira maior cidade do país, send a única cidade murada da América do Norte, com diversas exibições contemporâneas, e o famoso carnaval de inverno.

Fonte: www.studycanada.ca

Quebec

É a região com maior influência francesa, assim como Ontario. Seus habitantes se sentem herdeiros da cultura gaulesa e seu espírito é puramente francês.

A cidade de Quebec é a capital da região de mesmo nome, cujo território tem mais de 1,5 milhão de quilômetros quadrados, o maior do Canadá. Localiza-se na parte leste do país e tem paisagens surpreendentes e muitos recursos naturais.

Quebec é a cidade mais européia do Canadá. É dominada por sua cidade fortificada, e em seus bairros antigos há pequenas igrejas, ruas enfeitadas e lugares chiques com bares e restaurantes. Sua parte mais antiga é cercada por muros e foi o primeiro “Patrimônio da Humanidade” declarado pela UNESCO.

Aqui se encontram lugares coloridos como a Praça Arms e as ruas Trésor e Buade, esse último sendo um ponto de encontro de artistas que expõem suas obras.

A construção mais interessante da cidade antiga é o palácio da Justiça e o monastério Ursulinas, fundada em 1639. Também é recomendável visitar a catedral de Ste, Trinité, a primeira igreja Anglicana for a da Grã-Bretanha.

No entanto, a igreja principal da cidade é a Notre Dame de Quebec, construída em estilo barroco em 1633.

Próximo, encontra-se a universidade e seminário de Laval, fundada pelos jesuítas no século XVII. Indo pela colina que domina a cidade fica a parte moderna da cidade, e a melhor maneira de chegar a ela é caminhando pela rua Cote de la Montagne, chegando ao Place Royal, o lugar onde se fixaram os primeiros colonizadores americanos, transformando-a em um importante centro comercial e financeiro.

O cenário é dominado pela silhueta da igreja de Notre Dame des Victories. Nessa parte da cidade é possível também visitar o porto, o museu da Civilização e as diferentes alamedas e avenidas que contornam o rio.

Fonte: www.sprachcaffe-kanada.com

Quebec

A província de Quebec , é geograficamente a maior província no Canadá e tem uma população de mais de 8 milhões. Por sua língua, cultura e instituições, formam uma ” nação dentro do Canadá “. A capital da província é a cidade de Quebec e cidade mais populosa é Montreal .

Ao contrário de outras províncias, Quebec tem a única língua oficial é o francês, maio e é a única região predominantemente de língua francesa da América do Norte . A língua francesa goza de proteção legal em junho e até província linguística tem inspetores que revisar e monitorar seu uso.

O zelo de Quebec por sua linguagem e seu status como uma minoria linguística na América do Norte tem vindo a certos fins políticos, mas também em sua história o povo de Quebec sofreu períodos de repressão e assimilação Inglês.

O referendo sobre a independência de Quebec de 1980 foi realizada em 20 de maio daquele ano e os separatistas liderados por René Lévesque obtido 40,5% dos votos. Em contraste, no Referendo Quebec, de 1995 a independência , independência permaneceu menos de um ponto percentual, para 49,6% para obter os votos.

Em 27 de novembro de 2006, o Parlamento do Canadá, com o apoio do partido no poder, reconheceu a Québécois como uma nação dentro de um Canadá unido em uma tentativa de acabar com secessionista desejos partes independência, embora tenha sido um sentido cultural e social mas não é legal.

Quebec
Assembleia Nacional do Quebec, a sede do Parlamento.

Geografia

A província de Quebec está localizado a leste da província de Ontário e Hudson Bay, ao sul de Nunavut e do Estreito de Davis, a oeste das Províncias Marítimas e Labrador e norte de vários estados dos Estados Unidos ( New York , Vermont , New Hampshire e Maine ). Mais de 90% da área do Quebec faz parte do chamado Canadian Shield .

Fronteiras

Quebec tem uma fronteira terrestre com quatro estados do nordeste dos Estados Unidos (Maine, New Hampshire, Nova York e Vermont) e três províncias canadenses (New Brunswick, Ontário e Newfoundland e Labrador). No Golfo de St. Lawrence, a fronteira é a linha de eqüidistância entre as margens do Quebec e Prince Edward Island, New Brunswick, Nova Escócia e Terra Nova e Labrador. Para o norte e noroeste, na fronteira marítima com o território de Nunavut siga as praias da península de Labrador.

A disputa de fronteira permanece sobre a propriedade de Labrador (a fronteira não é explicitamente reconhecido no Quebec). Além disso, uma vez que as fronteiras marítimas variam de acordo com as marés, ilhas costeiras do Hudson Bay e Ungava Bay em Quebec é a única na maré baixa. Assim, mais de 80% das fronteiras do Quebec permanecem incertas.

Hidrografia

O principal rio é o San Lorenzo, artéria navegável que liga a região dos Grandes Lagos com o Oceano Atlântico. Atravessa as cidades de Montreal e Quebec , entre outros, e é congelado a partir de novembro a março.

O clima é continental com leve no verão e as temperaturas de inverno muito frio, precipitação abundante (como a neve a maior parte do ano). Em Montreal, a temperatura média anual é de 6,1 ° C (20,9 ° C em julho de -10,4 ° C em janeiro) em Quebec é de 4,0 ° C (19,2 ° C em julho, -12,8 ° C em janeiro).

Clima

Quebec tem três principais regiões de clima: Sul e oeste de Quebec, onde a maioria das cidades estão concentradas ea densidade populacional é maior; O clima continental é úmido ( Classificação climática de Köppen DFB), com verões quentes e úmidos e invernos frios com alta densidade de neve.

As principais interações climáticas vêm do oeste e norte do Canadá que se movem para o leste e sul e centro dos Estados Unidos que se mover para o norte. Devido à influência do núcleo tempestade da América do Norte e do Oceano Atlântico, a precipitação é abundante durante todo o ano, com uma densidade de chuvas de mais de 1.000 milímetros (40 polegadas, incluindo mais de 300 centímetros (120 polegadas) de neve . Durante o verão, o tempo severo pode ocorrer, especialmente tornados e tempestades.

Central Quebec tem um clima sub-ártico (Köppen Dfc). Os invernos são longos e alguns dos mais frios do Canadá, enquanto os verões são quentes, mas muito curto devido a uma latitude mais elevada ea maior influência de massas de ar do Ártico.

A precipitação é um pouco menor do que na zona sul, exceto em altas altitudes. As regiões do norte de Quebec tem um clima ártico (Köppen ET), com verões um pouco mais quentes e invernos muito frios. As principais influências nesta região são as correntes do oceano Ártico (eg. Labrador atual) e massas de ar continentais do pólo ártico.

Fauna

Entre os mamíferos são os alces , lobos , puma , urso preto , cervos , caribu , porco-espinho , marmota , raposa , gambá , esquilo , wolverine . Aves como guacharaca , montanhismo coruja e beija-flor . répteis como cobras são abundantes. anfíbios como rãs e sapos . E entre os invertebrados são abundantes insetos , aranhas e escorpiões.

Vegetação

Na divisa (perímetro) da baía (baga) de Ungava e estreito de Hudson é a tundra, cuja flora é resumido na vegetação herbácea e baixa arbustivas e líquenes. Acima, a sul, o clima torna-se adequado para o crescimento da floresta boreal, o limite norte é a taiga.

A área de floresta de Quebec é estimada em 750.300 km2. Abitibi-Témiscamingue litoral-norte, esta floresta é essencialmente composta de coníferas como o pinheiro baumier, jack pine, a espineta (caponera) branco, preto e espineta lariço laricin. Aproximando-se do rio ao sul, adicione aos poucos a bétula amarela e outras folhosas. O Vale do San Lorenzo é composta pela floresta Laurentian com coníferas como pinheiros brancos e teus America West (cedro), bem como frondosa.

Demografia

Quebec
Vista de Montreal , a maior cidade do Quebec.

Em 2004, a província de Quebec tinha 7.542.800 habitantes, a maioria residente na área metropolitana de Montreal , com 3.607.200, segunda cidade em população ea quarta metrópole francófonos canadenses no mundo após Paris , Kinshasa e Abidjan . Outras áreas metropolitanas com mais de 100 mil habitantes são os de Quebec (710.800), Sherbrooke (172.300), Saguenay (154.200) e Trois-Rivières (141.200).

A área de Gatineau (277.700), em comparação com Ottawa, próximo a ele formam uma área metropolitana de 1.050.800 habitantes. A população urbana em 2004 foi de 80,4% ea percentagem de imigrantes é estimado em 12% do total da população. A expectativa de vida é 81,9 anos para as mulheres e 76,3 para os homens.

Idiomas

A língua oficial da província é francês. É a única província canadense onde a maioria da população é francófona, e Inglês não é reconhecido como língua oficial pelas leis da província. No entanto, de acordo com o direito constitucional do Canadá de 1867, tanto o francês e o Inglês pode ser usado na Assembléia Nacional de Quebec e os seus tribunais judiciais, e alguns documentos oficiais também deve estar em ambas as línguas.

De acordo com o censo de 2001, a língua majoritária é o francês, falado por 81,2% da população. 10,0% falavam uma língua não-oficial (chamados de alofones), 8,0% são de língua Inglês e bilíngüe são apenas 0,8% da população. Na região metropolitana de Montreal percentual francófono é de 68,0%, com 18,5%, 12,5% allophones Inglês-speaking e bilíngüe 1,0% da população. Em outras cidades o percentual superior a 90% francófono.

Religião

Quebec
Interior da Basílica-Catedral Católica Quebec City.

Quebec é único entre as províncias canadenses, cuja população é maioritariamente católica . Este é um legado dos tempos coloniais, quando apenas os católicos romanos tinham permissão para se estabelecer em Nova França.

O censo de 2001 mostrou que a população era de 83,2% cristãos católicos romanos; 4,7% cristão protestante (incluindo 1,2% Anglicana, 0,7% Igreja de união, 0,5% e Batista); 1,4% de cristãos ortodoxos (incluindo 0,7% de ortodoxos gregos), e outros cristãos 0,8%, e 1,5% de muçulmanos, 1,3% judeus; 0,6% budistas, sikhs e hindus 0,3% a 0,1%. 5,8% da população disseram não ter filiação religiosa (incluindo 5,6% que disseram não ter religião alguma).

Note-se que mais vulgar dos termos comuns utilizados linguagem cotidiana da Igreja Católica e considerado sagrado por este: Calise (cálice), tabarnac-tabarnacle (tabernáculo), ciboire (cibório), hostie . (host) 9 Tal expressões são muitas vezes consideradas como parte da identidade do dialeto Quebecois contra o francês Europeia.

Economia

A província de Quebec é a altamente industrializada em recursos naturais do território, notadamente os minerais, grandes bosques de pinheiros que nutrem uma madeira ou lagos importante, rios e riachos que a energia hidrelétrica não só abundam consumo interno mas também para exportação para o Estados Unidos.

Vale de San Lorenzo é uma região agrícola muito fértil. Por ter uma grande pecuária, lacticínios e carne variada e excelente em seus campos de frutas e legumes colhidos. Salienta, em grande parte da produção de açúcar de bordo, que a província de Quebec é o maior produtor do mundo.

Política e Governo

O chefe de governo é o primeiro-ministro, que é o presidente do partido que detém a maioria dos assentos na Assembléia Nacional de Quebec . As partes mais fortes são o federalista Partido Liberal de Quebec ( Parti du Québec libéral ) de centro-direita e nacionalistas Parti Quebecois ( Parti Quebecois ) de centro-esquerda. O vice-governador representa Rainha Elizabeth II do Reino Unido e simbolicamente atua como chefe de Estado.

História

Antes da chegada dos franceses, Quebec era habitada por diversos povos indígenas, entre os quais o Inuit (anteriormente esquimó ), os Hurons , os Algonquins , os Mohawks , o pensamento e os inuítes.

Nova França

O primeiro explorador francês em Quebec foi Jacques Cartier , que se estabeleceu em 1534 em Gaspé uma grande cruz de madeira com três flores de lis, tomando posse das terras para a França. Cartier descobriu o Rio São Lourenço.

Em 1608, Samuel de Champlain deu origem à Nova França fundada na margem norte do rio San Lorenzo , em um lugar que os índios chamavam “Kebek” (“estreita”), a cidade de Quebec. A cidade está muito bem se tornar o ponto de partida da exploração francesa na América do Norte.

Depois de 1627, o rei francês Luís XIII concedeu o monopólio da colonização católica. Nova França tornou-se uma colônia real em 1663, sob o reinado de Luís XIV . Os franceses aliados dos índios Huron e outros índios contra o Iroquois que eram aliados dos Ingleses.

A Guerra dos Sete Anos (1756-1763) entre a Grã-Bretanha e França, fazendo uma mudança decisiva na América do Norte em 1759, com a derrota do exército de Louis-Joseph de Montcalm nas mãos do exército britânico do general James Wolfe na batalha de as planícies de Abraham , nos arredores de Quebec City.

Entre 1755 e 1762 a população da área chamada Acadia nas províncias marítimas atuais de Nova Scotia e New Brunswick sofreu uma deportação em massa de suas terras, dada a imigrantes de Nova Inglaterra. Famílias, separadas em vários navios e deportados para outros países-Estados Unidos (Louisiana, em particular), a França, a Grã-Bretanha sofreu mortalidade pesado.

América do Norte Britânica

O Reino Unido tomou posse da Nova França, com o Tratado de Paris em 1763, quando o rei Luís XV da França e seus assessores optou por manter Guadalupe , para o açúcar, em vez de Quebec, então considerada uma grande área de gelo sem importância. Após este tratado, a maioria dos aristocratas retornou à França.

Em 1774, a Lei de Quebec, Londres deu o reconhecimento oficial para os direitos do povo francês de Quebec: o uso da língua francesa, a prática da religião católica eo uso do direito romano no lugar do Anglo Jurisprudencial. Antes desta data, a situação da religião católica era muito frágil e as possibilidades de católicos, muito limitado.

Em 1791 a Lei Constitucional do Canadá estabeleceu duas províncias em todo o Rio Ottawa : o Canadá Superior (atual província de Ontário ), a maioria de língua inglesa, eo Baixo Canadá (Quebec agora), predominantemente província de língua francesa.

Em 1867, a assinatura do Ato da América do Norte britânica dedicada a federação das províncias do Canadá, que então consistia em Quebec, Ontário, New Brunswick e Nova Escócia.

Referências
CBC. ” La Belle Province “. Retirado 22 de outubro de 2013.
” Quebec “, no Dicionário Pan-Hispânico de Dúvidas . Real Academia Espanhola (2005). “Em espanhol está escrito sem acento …”.
Parlamento canadense reconhece Quebec como uma “nação dentro do Canadá” . 20 minutos (28/11/2006).
” Reenvio sur l’oposição du Québec une um derrame modificador résolution da Constituição, (1982) 2 SCR 793 ” (em francês) . Suprema Corte do Canadá (1982/12/06). ” Em Devra reconnaître que peuples qui ont les deux fondé le Canada et sont foncièrement égaux que Québec à l’intérieur formada conjunto federal canadien de l’une société par la langue distincte, a cultura, instituições et qui les tous les possède attributs d ‘une Communauté nationale distincte »..
Titre I – Le estatuto de la langue française – Chapitre I – La langue officielle du Québec
Loi 101 1977 (cap RSQ. C-11 (1977, cap 5)
Reconhecendo Québécois como nação . CBS News Canada (27/11/2006). Página visitada em 12/7/2008.
http://www.nabarralde.com/es/munduan/8947-quebec-independente taxa
Bon cop bad cop (filme em que o uso dessas expressões é explicado)
anúncio de TV Parody Molson feito pelo Canal edge102: Eu não sou canadense
Lista de quebequense Primeiras Nações (Departamento de Assuntos Indígenas e Desenvolvimento do Norte (die))
Québec (3/3/2006). ” Le bouleau jaune ” (em francês) . Ministère de la Justice. Acessado em 16/05/2010.
Québec (3/3/2006). ” Le harfang des Neiges ” (em francês) . Ministère de la Justice. Acessado em 16/05/2010.
Québec (3/3/2006). ” Iris versicolore ” (em francês) . Ministère de la Justice. Acessado em 16/05/2010.
Ville de Montréal (29/05/2001). ” A toile du Québec des insectes: Amiral ” (em francês) . Acessado em 16/05/2010.

Fonte: es.wikipedia.org

 

Veja também

Hino Nacional da República Democrática do Congo

Debout Congolais PUBLICIDADE Debout Congolais (Levanta congolês) é o hino nacional da República Democrática do …

Locais Turísticos da República Democrática do Congo

BRAZZAVILLE PUBLICIDADE É um lugar muito interessante, muito verde, com uma Basílica, Mercados e o …

República Democrática do Congo

PUBLICIDADE O território que hoje leva o nome de República Democrática do Congo tem sido habitada por …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.