Breaking News
Home / Biologia / Algodoeiro da Praia

Algodoeiro da Praia

PUBLICIDADE

 

ALGODOEIRO DA PRAIA (Hibiscus pernambucensis)

Ocorrência: Do nordeste do país até São Paulo

Outros nomes: Guaxima do mangue, algodão do brejo, guanxuma

Algodoeiro da Praia
Algodoeiro da Praia

Algodoeiro da Praia
Algodoeiro da Praia

Características

Espécie com altura média entre 3 e 6 m, copa globosa e tronco de 20 a 30 cm de diâmetro.

Perenifólisa, heliófita.

Possui folhas simples, membranáceas, denso-tomentosas em ambas as faces, de 10 cm.

Flores de coloração amarela.

Um Kg de sementes contém cerca de 90 mil unidades, cujo armazenamento é superior a três meses.

No campo, seu desenvolvimento é rápido.

Habitat

F loresta pluvial de restinga

Propagação

Estacas ou sementes

Madeira

Leve, macia ao corte, textura grossa e de baixa durabilidade.

Utilidade

É ornamental e amplamente utilizada na arborização urbana, pricipalmente em ruas estreitas e sob a rede elétrica. A madeira pode ser utilizada para a fabricação de pequnos artefatos, brinquedos e caixotaria.

Florescimento

Durante quase todo o ano, porém com maior intensidade nos meses de agosto e janeiro.

Frutificação – fevereiro e abril

Fonte: www.vivaterra.org.br

Algodoeiro da Praia

Hibisco-do-mangue (Hibiscus pernambucensis) é um arbusto da família Malvaceae, também conhecido como guanxuma-do-mangue, algodão-da-índia, algodão-da-praia e embira-do-mangue.

Com a designação científica de Hibiscus tiliaceus L., esta planta da família Malvaceae é considerada nativa das zonas costeiras tropicais da Ásia, bem como da Oceania e da Austrália, tendo sido introduzida, para fins ornamentais em várias regiões da América, onde se encontra já naturalizada.

É conhecida entre nós pela designação de Algodoeiro-da-praia e Milola (in Portugal Botânico A a Z) e no Brasil também pelos nomes comuns de Majagua, Aguaxima-do-mangue, Algodoeiro-da-índia, Baru, Embira, Embira-do-mangue, Guaxima-do-mangue, Ibaxama, Manhoco, Quiabo-do-mangue e Uacima-da-praia.

O que é

O algodoeiro-da-praia é uma espécie pantropical, que se adapta a qualquer lugar dos trópicos, e vem sendo utilizada na recuperação das margens de lagoas e praias.

Folha simples, em forma de coração. Flor grande, com cinco pétalas, amarela, com mancha triangular de cor vinho na base.

Floresce durante todo o ano, principalmente de setembro a maio.

O algodoeiro-da-praia, algodoeiro-da-índia ou majagua é uma árvore de até 10 metros. Originário das ilhas do Pacífico, já está disseminado mundialmente nos trópicos e subtrópicos, sendo até considerado planta daninha em algumas situações. No Brasil é cultivado pela ornamentabilidade.

Amarela com uma mancha vermelho-castanha no centro da flor. Quando o pedúnculo aponta para cima, é sinal que vai abrir; tal abertura se dá pela manhã e, no fluir do dia, caem e se conservam embaixo da árvore por mais um dia, avermelhando-se aos poucos. No inverno podem durar até dois dias na planta. Os estigmas são vermelho-escuros e com as pontas arredondadas, uma das diferenças com a outra espécie semelhante.

Os frutos capsulares, nativa da Índia, naturalizada no Brasil e especialmente cultivada como ornamental e para arborização, bem como pela madeira e fibras extraídas da casca e por propriedades emolientes das folhas e flores.

Também conhecida pelos nomes de aguaxima-do-mangue, algodoeiro-da-índia, algodoeiro, baru, embira, embira-do-mangue, guaxima-do-mangue, ibaxama, manhoco, quiabo-do-mangue e uacima-da-praia.

Características

A folha tem coloração verde-escuro brilhante, sem muitos lobos (como outras da espécie). Sua flor tem coloração amarela e apresenta um leve perfume.

O hibisco-do-mangue, de fato, é um arbusto. Mas se essa planta for bem conduzida durante o seu crescimento, pode-se tornar uma arvoreta, com bom uso na arborização urbana. O tamanho é de, no máximo, 4 metros de altura. Suas folhas maiores tendem a desenvolver nectários.

Resultado: elas soltam uma espécie de líquido adocicado, que atrai certos tipos de formigas e que, por sua vez, ao menos teoricamente, ajudariam a defendê-la de ataques de herbívoros.Suas flores costumam ficar voltadas ora para os lados, ora ligeiramente para baixo. Com o passar do tempo vai deixando de ser amarela para ficar avermelhada (até murchar).

Referências

Terra da Gente – disponível em Terra da Gente Acesso em 28 fev. 2011.

Fonte: www.wikiaves.com.br

Veja também

Água de Reuso

Água de Reuso

PUBLICIDADE O que é a água de reuso? É grande a preocupação com a disponibilidade …

Torniquete

PUBLICIDADE Definição Um torniquete pode ser definido como um dispositivo de constrição ou compressão usado …

cetose

Cetose

PUBLICIDADE Definição Cetose é um estado metabólico caracterizado por níveis aumentados de corpos cetônicos nos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.