Breaking News
Home / Biologia / Pitanga Preta

Pitanga Preta

PUBLICIDADE

A pitanga preta (Eugenia sulcata) é uma pequena árvore com uma coroa esparsa e globosa.

Pode crescer até 5 metros de altura. O bole torto pode ter 15 a 25 cm de diâmetro.

Uma árvore no norte do seu alcance, diminuindo a sua estatura e tornando-se mais arbusto em direção ao sul. A planta é colhida da natureza para uso local como alimento, remédios e fonte de madeira. Tem potencial para uso em paisagismo urbano.

Sucede em pleno sol e em sombra apagada. As plantas estabelecidas são tolerantes à seca. Uma planta de crescimento lento, mesmo quando jovem.

Uso Medicinal – Uso Medicinal

As folhas são adstringentes e febrífugas. Uma infusão é utilizada no tratamento de febres e diarréia, especialmente em crianças.

Outros usos

A madeira é de textura fina, de grão direto, pesada, difícil de cortar e durável. Como geralmente só está disponível em tamanhos pequenos, a madeira é usada apenas para fazer itens como alças de ferramentas.

A madeira é usada para combustível.

Pitanga Negra

Nome Científico: Eugenia Sulcata
Nome Popular: Pitanga-Negra Selvagem
Família: Myrtaceae
Origem: Brasil
Ciclo de Vida: Perene

Árvore que chega a ter uma altura de 3 a 6 m, dotada de copa mais ou menos piramidal.  É muito venerada não somente por seus frutos comestíveis, mas também pelo espetacular efeito ornamental proporcionado pela folhagem densa e floração abundante. Ou até pela excelente madeira, característica que já levou à quase extinção. Folhas simples, comprimento por 1 a 3 cm de largura. Flores solitárias ou em grupos de 3 a 5 nas axilas da extremidade dos ramos.

Frutos negros, de 1 a 2 cm de comprimento, de consistência firme e sem amargor. Assemelham-se apenas no formato aos de sua prima mais conhecida, a pitangueira (Eugenia Uniflora). Uma das diferenças mais evidentes são as sépalas persistentes bastante longas de tronco acinzentado descamante.

Floresce e frutifica em abundância. Os frutos são comestíveis ao natural. A planta é um espetáculo quando em floração e / ou com brotações novas, que são marrom-avermelhadas.

Gosta de climas tropicais e subtropicais, a sol pleno, em solos bem drenados ricos em matéria orgânica. Beneficia-se de uma boa adubação, podendo frutificar a partir de dois ou três anos de idade. Pode ser mantida com muito sucesso em vasos e bonsais. Seu habitat natural são as restingas da Costa Atlântica brasileira, bem como a grande bacia do Rio Paraná. Infelizmente ainda muito pouco conhecida, merece ser mais aproveitada no paisagismo brasileiro, pois além de dar alegria as crianças atraem vários pássaros e pequenos mamíferos.

Fonte: tropical.theferns.info/www.plantasonya.com.br/

Veja também

Algas Dinophytas

Algas Dinophytas

PUBLICIDADE O que são algas dinophytas? As algas dinófitas, pertencem ao Filo Dinophyta e a …

Endoderma

PUBLICIDADE Definição de endoderma Endoderma ou Endoderme é a mais interna das três camadas germinativas, …

Alelos Múltiplos

PUBLICIDADE O que são alelos múltiplos? Os alelos múltiplos ou polialelia são casos em que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.