Breaking News
Home / Biologia / Pata-de-Vaca

Pata-de-Vaca

PUBLICIDADE

Pata-de-Vaca – O que é

As árvores do gênero Bauhinia, da família das leguminosas, são reconhecidas pelo formato de pegada bovina das folhas.

A planta Pata-de-Vaca ( Bauhinia forficata) é uma árvore da família Fabaceae, difundida na América do Sul, especialmente em áreas com sol abundante e geadas.

Da família das Leguminosas, é também conhecida como bauínia, miroró, mororó, pata-de-boi, pata-de-burro, unha-de-anta e unha-de-vaca.

Árvore com caule e ramos aculeados de até 10 metros de altura e espihosa.

Usada em várias versões como ornamental urbana, a pata-de-vaca contém compostos químicos auxiliares no combate ao diabetes e outras enfermidades.

Ocorrência: do Piauí até o Rio Grande do Sul.

Outros nomes: casco de vaca, mororó, pata de boi, unha de boi, unha de vaca.

Pata-de-Vaca – Características

Espécie que atinge até 9 m de altura, com tronco tortuoso, de 30 a 40 cm de diâmetro e ramos jovens com dois espinhos curvos como estípulas na base do pecíolo.

Folhas compostas, com 2 folíolos germinados que, no conjunto, tomam a forma que lembra o casco de boi, glabras ou levemente pubescentes na face dorsal, nervuras proeminentes na região superior, coriáceas, lisa, brilhante na face superior, com glândula na base, bordos lisos, de 8 a 12 cm de comprimento.

Inflorescência em cacho terminal, com flores grandes, longas, estreitas estriadas, rugosas e brancas.

Fruto vagem alongada, pontiaguda, marrom-acizentado, de até 20 cm de comprimento por 2,5 cm de largura, com deiscidência elástica, de valvas lignificadas, abrindo-se em duas partes, com cinco a dez sementes, que se abre, liberando as sementes de coloração castanho a pretas, achatadas, com poros, medindo 1 cm de comprimento. Um Kg de sementes contém aproximadamente 15.100 unidades.

Pata-de-Vaca – Árvore

Pode atingir até 5 metros ou mais.

As suas flores são brancas e semelhantes a uma orquídea.

As folhas são caducifólias e assemelham-se a marca de um casco, daí o nome “pata de vaca”.

Ela se reproduz por sementes e brotos de raiz.

Pata-de-Vaca – Usos

A madeira é usada, conhecida como mogno falso, embora o uso mais difundido como uma planta medicinal. A este respeito, têm sido bem estudados como as suas propriedades hipoglicemiante e diurética.

Também é usado como um adstringente e anti-séptico.

Taxonomia: Bauhinia forficata foi descrito por Johann Friedrich Heinrich ligação e publicado em Enumeratio Horti Regii Plantarum Berolinensis Altera 1: 404. 1821.

Pata-de-Vaca – Etimologia

Bauhinia: genérico nome em homenagem dos irmãos herbalistas e botânicos suíços, Caspar (1560-1624) e Johann Bauhin (1.541-1613).

O primeiro foi o botânico e médico, autor de um índice de nomes de plantas e sinônimos chamado Pinax Theatri Botanici, e professor de anatomia e botânica na Universidade de Basileia, que a distinção entre gênero e espécie, e foi a primeira a estabelecer um sistema de nomenclatura científica, enquanto o último foi co-autor do grande trabalho Historia Plantarum Universalis, publicado 40 anos após sua morte.

Habitat: formações florestais do complexo atlântico e nas matas de planalto.

Propagação: sementes.

Cultivo: originária da Ásia. É uma leguminosa, não exige clima nem solo. As de flores brancas são as melhores. Medem de 4 a 8 metros de altura. Planta-se na primavera em espaçamento de 8m X 8m.

Madeira: Moderadamente pesada, mole, de baixa durabilidade quando exposta ao tempo.

Pata-de-Vaca – Utilidade

Eficazmente utilizada no tratamento da diabete.

Suas folhas, cascas, lenhos e raízes são usadas no tratamento das afecções urinárias. As flores novas possuem ação purgativa.

As raízes em decocto funcionam como vermífugo.

Florescimento: outubro a janeiro.

Frutificação: junho a agosto.

Pata-de-Vaca – História

A história desse gênero vem de longe, mais precisamente da pré-história. Grãos de pólen da Bauhinia cheilanta, que não são degradados pelo intestino humano, foram encontrados intactos em amostras de fezes fossilizadas de milhares de anos num sítio arqueológico da caatinga nordestina, no Piauí.

A descoberta é dos pesquisadores da Escola Nacional de Saúde Pública da Fundação Oswaldo Cruz (ENSP/Fiocruz) e da Universidade de Nebraska, em Lincoln, Estados Unidos.

Eles estudavam o uso de plantas com fins medicinais na Antigüidade.

Desde os tempos mais remotos o homem sofre com doenças parasitárias e recorre a remédios à base de plantas para controlar as enfermidades.

Além de história, a pata-de-vaca tem importância na medicina popular e está entre as plantas mais pesquisadas por cientistas.

Até o começo do século passado, a folha e a casca da planta eram a base dos remédios mais populares contra mordedura de cobra, lepra, vermes, elefantíase (inchaço nas pernas provocado por parasitas alojados nos vasos linfáticos) e blenorragia (doença sexualmente transmissível causada pela bactéria gonococo). E as flores eram valorizadas pela ação purgativa.

Os primeiros estudos científicos registrados sobre a pata-de-vaca são de 1929. Os resultados, apresentados em congresso médico no ano seguinte e publicados no Jornal dos Clínicos em 1931, comprovam a atividade de controle de glicose (hipoglicemiante) em pacientes diabéticos.

Até hoje a pata-de-vaca entra na composição de fitoterápicos e medicamentos populares contra diarréia (casca e ramos picados), cistite, elefantíase, e como vermífuga, laxante e diurética. E não apenas no Brasil, mas em outros países das Américas, Ásia e África.

Mas é como auxiliar no tratamento do diabetes que a planta é mais conhecida entre os especialistas.

Pata-de-Vaca – Classificação

Nome científico: Bauhinia forficata
Nome Popular:
 Pata-de-vaca, Árvore-de-orquídeas, Árvore-orquídea, Casco-de-vaca, Casco-de-vaca-lilás, Pata-de-vaca-lilás, Mororó, Bauínia, Pé-de-boi, Pata-de-vaca-rosa
Família:
 Fabaceae – Cercideae
Gênero: 
Bauhinia
Clima:
 Equatorial, Subtropical, Tropical
Origem: Ásia, China, Índia, Vietnã
Altura: 6.0 a 9.0 metros, 9.0 a 12 metros
Luminosidade: Sol Pleno
Ciclo de Vida: Perene
Parte usada:
 Folhas, flores, raízes e/ou cascas do tronco.
Propriedades terapêuticas:
 Purgativa, diurética
Indicações terapêuticas:
 Problemas do aparelho urinário, diabetes

Pata-de-Vaca – Fotos

Pata-de-Vaca
Pata-de-Vaca

Pata-de-VacaPata-de-Vaca


Pata-de-Vaca


Pata-de-Vaca

Fonte: www.vivaterra.org.br/es.wikipedia.org/www.plantasquecuram.com.br/ci-67.ciagri.usp.br/www.premioreportagem.org.br

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Fator Rh

PUBLICIDADE Fator Rh – O que é O fator Rhesus, também conhecido como fator Rh, é um …

Flavonoides

PUBLICIDADE Os flavonoides ou bioflavonoides, são compostos naturais de plantas que constituem os pigmentos responsáveis …

Aldosterona

PUBLICIDADE Aldosterona – Hormônio A maioria das pessoas nunca ouviu falar desse hormônio em particular, mas ele …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.