Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Biologia / Embaúba

Embaúba

PUBLICIDADE

 

Embaúba – Cecropia pachystachya

Embaúba 

Ocorrência: do Rio Grande do Norte até Santa Catarina.

Outros nomes: embaúva, imbaúba, umbaúba, umbaubeira, umbaúba do brejo, ambaíba, árvore da preguiça, caixeta do campo.

Características

Árvore de 5 a 10 m de altura.

Tronco de 15 a 20 cm de diâmetro, ramificado apenas na região superior.

Folhas simples, palmatífidas, com incisões que às vezes atigem o pecíolo, formando de 9 a 13 segmetos, com face superior áspera e a inferior com densa camada de pêlos esbranquiçados.

Pecíolo piloso de 10 a 55 cm de comprimento.

Espécie dióica com inflorescências masculinas ramificadas, com segmentos organizados aos pares, mais o menos pêndulas.

As femininas, também aos pares, são pêndulas na frutificação, com bráctea pilosa. Eixo da infrutescência carnoso, apresentando numerosos frutos oblongos embutidos, com cerca de 2 mm de comprimento.

Planta característica de solos úmidos, beira de rios, córregos, brejos e lagoas.

Ocorre também em bordas e clareiras de matas em processo de regeneração, e tem preferência pelos locais ensolarados.

É a “embaúba” mais comum de terrenos úmidos e alagadiços, podendo contudo ocorrer também em terrenos mais drenados.

Abriga formigas no interior de seu tronco oco. A preguiça tem nas folhas jovens um dos seus alimentos preferidos. Um kg de sementes limpas contém mais de 1 milhão de unidades.

Habitat – tanto na área de influência dos cerrados, quando das florestas estacionais e formações do complexo atlântico.

Propagação: sementes.

Madeira: muito leve, macia ao corte e de baixa durabilidade natural.

Utilidade

Os frutos são comestíveis e muito procurados pelas aves, bugios, morcegos e servem também de alimento a várias espécies de peixes, como o pacu, a piracanjuba e outros.

A madeira pode ser empregada como flutuadores em jangadas e embarcações em geral, para confecção de salto de calçados, brinquedos, lápis, palito-de-fósforo, forros e pasta celulósica.

A casca é dotada de fibras muito resistentes utilizadas diretamente como embira, bem como para a confecção de cordas rústicas.

As folhas, muito ásperas, são utilizadas como lixa de madeira, além de constituir-se no único alimento do bicho-preguiça.

Suas raízes, folhas, flores, cascas, frutos e brotos são utilizados localmente com fins medicinais.

Suas folhas e frutos são usados no tratamento da diabete, sendo úteis também contra a tosse e bronquite.

Aumenta a energia do músculo cardíaco sem multiplicar os batimentos do coração.

O suco obtido da raíz é um poderoso diurético.

É uma excelente planta forrageira, com o gado chegando a consumir até os ramos.

As embaúbas são consideradas árvores muito elegantes e ornamentais, possuindo grande potencial para uso paisagístico.

Pelas características de rusticidade e rápido crescimento, não pode faltar em qualquer projeto de reflorestamento heterogêneo com fins preservacionistas.

Florescimento: setembro a outubro

Frutificação: maio a junho

Fonte: www.vivaterra.org.br

Embaúba

Nome Científico: Cecropia pachystachia Nome popular: Embaúba, árvore-da-preguiça Família: Cecropiáceas Origem: Brasil Raios Divinos: Dourado com graduação do amarelo.

Esguios exemplares de embaúba, árvore nativa tropical, nascem espontaneamente próximo à costa litorânea brasileira. Suas exóticas flores amarelas, mínimas e agregadas em espigas como tentáculos, tonificam o chacra cardíaco, dissolvendo bloqueios e feridas emocionais causadas por ressentimentos e mágoas profundas. Embaúba é um floral útil aos que, boicotados pela mágoa e por se sentirem injustiçados, ficam travados, não se definem, não deslancham nos estudos, trabalho, tarefas diárias, em nada do que se propõem a fazer.

Por estarem lentos e passivos, costumam ser tachados de preguiçosos. A árvore de tronco longilíneo e copa esgalhada, em forma de guarda-chuva, é chamada de árvore-da-preguiça por ser a morada preferida do bicho-preguiça, que descansa em seus galhos e alimenta-se sem esforço, de frutos, brotos e folhas novas, além de dormir protegido pela copa de folhas rígidas e ásperas.

Tão ásperas que são usadas para polir madeira e lixar suas imperfeições. Esta essência trabalha ainda o sentimento de rejeição e a dificuldade de lidar com as injustiças da vida, ajudando crianças e adolescentes afastados do pai ou da mãe e aliviando as dores da alma.

Traz o entendimento do benefício de cada experiência de vida, estimula a criatividade e nos impulsiona a agir.

Uso fitoterápico

A espécie pesquisada em universidades é a Cecropia glaziovii, rica em alcalóide, ácido gálico, resina, tanino, mucilagem e glicosídeo. Seus frutos comestíveis combatem diarréia, são cicatrizantes e anti-hemorrágicos. Diurético, o chá das folhas combate a hipertensão. “Raíz, folha e broto são cardiotônicos.”

As exóticas flores amarelas da Embaúba, minúsculas e dispostas em espigas como tentáculos, tonificam o Chakras cardíaco, dissolvendo bloqueios e feridas emocionais causadas por ressentimentos e mágoas profundas.

O floral Embaúba é útil aos que, boicotados por mágoas e injustiças, ficam travados, paralisados e,por isso, não deslancham nos estudos,no trabalho, nas tarefas diárias. Como são passivos, costumam ser chamados de preguiçosos

A árvore da Embaúba possui tronco longelíneo e copa em forma de guarda-chuva. É a morada preferida do bicho-preguiça. Essa essência ainda trabalha o sentimento de rejeição e dificuldade de lidar com as injustiças de vida aliviando as dores da alma.

A Embaúba

Conhecida também como árvore da preguiça,esta planta atinge a altura de 4 a 7 m. Possui folhas duras, ásperas e sustentadas pôr pecíolos compridos. Quando florescem no verão, suas flores surgem em espigas alongadas.

Indicado para quando há grande sensibilidade, alterada e em desequilíbrio. Mágoas feridas e carregadas.Drogados e hipersensíveis perdidos e expostos a diversas vibrações. Resgata a percepção de sua missão no planeta, de forma natural e consciente.

Utilidade

Remove as mágoas, angústias, ressentimentos, injustiças. Ajuda a adolescentes e crianças que passaram por processo de perda ou rejeição, como afastado de um dos pais debvido a separação do casal, perda dos pais ou pessoas queridas por morte, o que desencadeia um estado de estagnação afetando estudos, trabalhos e afazeres fazendo parecerem preguiçosos aos olhos dos outros. A dificuldade de administrar esses sentimentos de profundas feridas na alma podem, em alguns casos, desviar para as drogas. Embaúba remove os bloqueios do chacra cardíaco, trás elevação, ânimo, disposição, leveza e contentamento.

Na Fitoterapia é usada para trabalhar as afecções cardíacas, pressão alta, feridas e hemorragias. É diurético e atua também nas afecções das vias respiratórias, dos rins, diabetes, hidropisia, cólicas do fígado, blenorragia e leucorréia.

Fonte: www.indianrose.pt/chezjardin.com.br/www.adeildemarques.jor.br

Embaúba

Nome científico: Cecropia peltata L. Família: Cecropiaceae (Moraceae). Sinônimo botânico: Cecropia amphichlora Standl. & L.O. Williams, Cecropia arachnoidea Pittier, Cecropia asperrima Pittier, Cecropia dielsiana Snethlage, Cecropia hondurensis Standl., Cecropia scabrifolia V.A. Richt., Cecropia surinamensis Miq. Outros nomes populares: ambaí, ambaú, ambaitinga, amabitinga, ambaíba, ambaúba, árvore-da-preguiça, caxeta, imbaúba, imbaíba, pau-de-lixa, torém, umbaúba; trumpet-tree, snakewood, congo pump, wild pawpaw (inglês), guarumo (espanhol), bois cannon (francês), umbaùba (italiano), trompetenbaum (alemão). Estrutura: altura 7m, diametro 25cm Distribuição: Brasil (AM, PA, BA, CE, MA, PB, PE, PI, SE, DF, GO, MS, MT, ES, MG, RJ, SP, PR, RS, SC). Habitat: Amazônia, Caatinga, Cerrado, Mata Atlântica e Pantanal. Origem: Brasil.

A planta pode atingir até 21 metros de altura.

As folhas são de textura áspera e de cor verde escuro.

A casca é lisa e cinza em árvores jovens, e cercada com cicatrizes foliares.

As flores são pequenas.

Características

Árvore de medio porte, pioneira, 4 a 8 metros de altura, de madeira fraca e crescimento rápido. Prefere locais sombreados e umidos.

Folhas compostas com 8 partes, de 40 cm.

A flor e sementes aparecem como um pequeno cacho no topo da arvore. A inflorescência é axilar (no encontro da junção da folha com o ramo) e espiciforme (em forma de espiga) com inúmeras flores minúsculas e unissexuais. As variações do nome desta árvore são sutis o mais diferente deles é “árvore-da-preguiça”, por ser esta espécie a preferida, por exemplo, da preguiça-de-coleira, que consome avidamente as suas folhas tenras. Já os pássaros a procuram por causa dos frutos. Pioneira e rústica, ideal para inicio de reflorestamento em areas degradadas.

É famoza por ser muito atrativa a fauna principalmente aos pássaros, em poucas horas pode-se notar varias espécies. Considerada por muitos a árvore mais atraente para fauna e por estes motivos é muito procurada por ambientalistas e observadores de aves já que tem um papel fundamental para o ecossistema local.

Época de frutificação e florada

Floresce de setembro a outubro já os frutos amadurecem em Junho, para coleta de sementes basta pegar os frutos que estão sendo consumido por pássaros, o difícil é encontrar um maduro, pois as aves os consomem antes mesmo de amadurecerem completamente.

Cultivo

O solo pode ser profundo, úmido, acido ou neutro, com constituição arenosa ou argilosa (solo vermelho) e até pedregoso.

Embaúba – Árvore

É uma árvore de abertura decoroado desajeitadamente ramificada, com folhas alternas cerca de um pé (30 cm) de largura agrupadas em pontas de interiormente curvando hastes.

Ela pode crescer até 70 pés (21 m) de altura, mas a maioria das árvores são muito menores.

As folhas têm 11/7 lobos palmadas e são suportados em pecíolos longos, que atribuem perto do centro da folha.

As folhas são de textura áspera e verde escuro acima e branco embaixo.

A casca cinza suave em árvores jovens é rodeado com cicatrizes foliares.

As flores são pequenas catkins amarelos imperceptível.

Eles são seguidos por numerosas pequenas sementes embutidas em 3 em (7,5 cm) de comprimento frutificação suave-polpa hastes.

Raizes de suporte por vezes desenvolvem na base da árvore.

Cecropia peltata é muitas vezes confundida com C. palmata, que tem folhas divididas quase à base (em oposição a um terço do caminho em) e frutas mais longos. C. peltata também pode ser confundido com Didymopanax morototoni, uma árvore tanto olhar independente.

Localização

Cecropia peltata é nativa da América Central, norte da América do Sul e Caribe, e tem naturalizado em partes da África. Esta é uma espécie de sucessão precoce adaptadas para crescer rapidamente. É, portanto, mais comum em florestas secundárias e margens da floresta.

Cultura

Elas precisam de solo fértil para crescer bem e não gostam de concorrência de gramíneas.

Umidade

Estas árvores crescem melhor em solos bem drenados, com umidade suficiente.

Clima

Esta é uma árvore muito sensível a geada.

Propagação

Podem ser propagadas a partir de sementes, mas as sementes germinam lentamente. Na natureza, as sementes são dispersas por morcegos e aves.

Uso

Sua madeira é usada para fazer brinquedos, caixas leves, saltos de sapato, lapis, madeira compensada e pasta de celulose.

Os brotos jovens podem ser comidos como um vegetal cozido. O látex corrosivo e adstringentes é usado contra verrugas, calos, herpes, úlceras, disenteria, e doenças venéreas.

As folhas de ambos Cecropia peltata e C. palmata são usadas em fitoterapia sob o nome de “folha embaúba”. Um chá feito a partir de folhas é amplamente utilizado como uma cura para a asma e também pode ser útil no tratamento de uma grande variedade de outras doenças, incluindo a doença de fígado, problemas cardiovasculares e doença de Parkinson. Ele também é usado para facilitar o parto e queixas menstruais.

Usa-se

O látex desta árvore é adstringente e corrosivo, usado contra verrugas, calos, herpes, úlceras, disenteria e doenças venéreas.

A casca é antiblenorrágica. As folhas são analgésicas, emenagogas, antiasmáticos, e também utilizado em doenças do fígado e edema, diurético , emoliente da pele tônico capilar e cura .

Os brotos cozidos são usados contra dor de dente. Facilita o parto e o desconforto menstrual.

Embaúba
Embaúba

Embaúba
Embaúba

Embaúba
Embaúba

Fonte: www.floridata.com/es.wikipedia.org

 

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Plastos

Plastos

PUBLICIDADE O que são plastos? Os plastos ou plastídeos são organelas de dupla membrana encontrados …

Plantas Tóxicas

Plantas Tóxicas

PUBLICIDADE O que são plantas tóxicas? As plantas tóxicas também chamadas de plantas venenosas contêm …

Plantas Carnívoras

Plantas Carnívoras

PUBLICIDADE O que são plantas carnívoras? As plantas carnívoras são definidas como plantas que atraem, …

Um comentário

  1. Este site é muito bom.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

300-209 exam 70-461 exam hp0-s41 dumps 640-916 exam 200-125 dumps 200-105 dumps 100-105 dumps 210-260 dumps 300-101 dumps 300-206 dumps 400-201 dumps Professor Messer's CompTIA N10-006 exam Network+