Breaking News
Home / Biologia / Erva-Mate

Erva-Mate

PUBLICIDADE

 

Erva-Mate – O que é

erva-mate é conhecida como o ingrediente principal do chá-mate (chimarrão, no Brasil), feito das folhas secas e das lascas dos ramos da perene illex paraguarensis (erva-mate).

É uma sempre-verde da família das aquifoliáceas.

Cresce na Argentina, no Chile, no Perú e no Brasil, mas é mais abundante no Paraguai, onde também é cultivada. A planta é vagamente classificada, de acordo com a medicina natural ocidental, como aromática, estimulante, amarga, laxativa, astringente, diurética, purgativa, sudorífica (induz o suor), e febrífuga (reduz a febre).

erva-mate contém inúmeras vitaminas e minerais.

erva-mate adquiriu o seu nome a partir da caneca tradicional (chamada mati) usada para a beber. No Brasil esta caneca tem muitos outros nomes, entre eles “cuia”. A caneca, na sua origem uma cabaça seca e decorada, hoje em dia pode ser feita de quase qualquer coisa. Na América do Sul ainda se usa a cuia tradicional para beber o chá-mate, com a ajuda de uma palhinha especial (com um coador aplicado) de metal ou de madeira, chamada “bombilla”.

Ocorrência: Mato Grosso do Sul e São Paulo até o Rio Grande do Sul, Paraguai e Argentina.

Outros nomes: mate, erveira, congonha, erva, erva verdaderira, erva congonha

Erva-Mate – Características

Árvore de 4 a 8 m de altura, dotada de tronco curto de cerca de 40 cm de diâmetro e copa mais ou menos densa e perenifólia.

Devido ao hábito de efetuar sua poda com objetivo de colher as folhas para o preparo do chá-mate, é muito difícil mesmo no habitat natural ver-se algum exemplar com sua copa natural.

Suas folhas são simples e coriáceas, quase totalmente desprovidas de pelos, de 8 a 10 cm de comprimento por 3 a 4 cm de largura.

Flores pequenas, de cor esbranquiçada e suavemente perfumada.

Frutos globosos de cerca de 0,5 cm de diâmetro, de cor vermelho-vinácea contendo 1 a 4 sementes. É naturalmente disseminada por pássaros.

Um kg de sementes contém aproximadamente 90.000 unidades.

Habitat: em matas de altitude ( 400 a 800 m de altitude), sendo particularmente freqüente nas chamadas ?matas de pinhais? dos estados sulinos.

Propagação: sementes

Madeira: leve, pouco compacta, de baixa durabilidade natural.

Florescimento: outubro a dezembro

Frutificação: janeiro a março

Erva-Mate – Utilidade

Apesar de possuir madeira branca de boa resistência, sua principal utilidade está nas suas folhas amplamente utilizadas no preparo do ?chá-mate? e do ?chimarrão?, muito consumidos no sul do país e apreciado pelos indígenas da região há séculos.

O mate já é conhecido e consumido hoje em todo o país e em quase todo o mundo.

A maior parte da produção de folhas consumida e no país e exportada ainda é de origem extrativista, contudo já existe algum produção de plantas cultivadas no sul do país. Além do chá tradicional, é comercializado no país formas solúveis do mate, além da bebida pronta e engarrafada.

As folhas do mate são utilizadas também na medicina tradicional, tanto no país como no exterior.

A madeira pode ser empregada para caixotaria e para lenha.

A árvore é ornamental e pode ser empregada no paisagismo. Seus futos são avidamente consumidos por várias espécies de pássaros.

Pode ser utilizada no plantio de áreas degradadas destinadas à recomposição da vegetação.

Erva-Mate – Efeitos

O uso do chá-mate é quase tão comum na América do Sul como o uso do café e do chá no resto do mundo. Os nativos Guarani, todavia, mantiveram o uso do chá-mate para fins naturais e saudáveis.

Usam-no para melhorar a imunidade, limpar e desintoxicar o sangue, tonificar o sistema nervoso, restaurar a cor do cabelo, retardar o envelhecimento, combater a fatiga, estimular a mente, controlar o apetite, reduzir os efeitos de doenças debilitantes, reduzir o stress, e eliminar a insónia.

Erva-Mate – O sabor

Acredita-se que a quantidade de alcalóides xantênicos nas folhas da erva-mate esteja diretamente relacionada à qualidade do solo. Isso influencia o sabor da erva-mate conferindo-lhe um sabor mais suave.

Este sabor varia de região para região, o solo do sul do Brasil apresenta variações drásticas no conteúdo mineral, textura e massa orgânica. A tendência, porém, é que o erva-mate cultivado tenha um amargor mais forte e provavelmente maior teor de xanteno. As árvores nativas, que crescem na camada superficial do solo rico em nitrogênio das florestas do Pinus do Paraná, tendem a ter um amargor mais suave, caracterizado por um sabor folhoso mais forte. Obter o equilíbrio certo é o segredo para ter uma erva-mate com sabor fresco e estável.

Erva-Mate – Tamanho e forma das árvores e folhas

O fator que caracteriza o tamanho e a forma das árvores de erva-mate é a quantidade de luz solar recebida. Na densa floresta subtropical, a luta pela luz do sol desenvolveu as árvores para que tivessem troncos longos e delgados com uma copa grande e frondosa. É o caso das árvores nativas da erva-mate, que desenvolvem um tronco mais comprido, chegando a atingir a luz do sol com 15 metros de altura. As árvores cultivadas são podadas para se espalhar, criando grandes arbustos, que raramente desenvolvem troncos grandes.

Eles são colhidos cuidadosamente a cada estação para manter a forma de arbusto que facilita o trabalho na colheita.

As folhas também apresentam diferença de tamanho e forma. As folhas nativas são geralmente menores e de cor mais escura. As folhas cultivadas são maiores e, ocasionalmente, a borda serrilhada da folha torna-se menos evidente.

Erva-Mate – Fornece mais energia do que café

Erva-Mate é uma árvore perenifólia energética que produz folhas cheias de benefícios. Uma vez fervidos em água, eles produzem uma bebida que dá às pessoas mais energia do que o café e tem mais vitaminas e nutrientes do que o chá.

erva-mate é muitas vezes referida como a “bebida dos deuses” porque contém vitaminas A, B, C, bem como potássio, ferro, manganês, antioxidantes e muito mais.

Tem tudo para impulsionar naturalmente o seu sistema imunológico, melhorar a saúde da pele e do cabelo e colocá-lo em movimento.

Ao contrário do café, que pode te deixar pesado e tem muita acidez, a Erva-Mate é leve no estômago e tem um final macio. A erva-mate tem sabor de chá verde, apenas um pouco mais amargo e combina muito bem com mel e chá. É delicioso quando servido quente ou frio com gelo.

Plante a erva-mate em um recipiente para guardar na cozinha ou no escritório para ter sempre folhas à mão para dar um impulso energético pela manhã ou à tarde buscar-me.

erva-mate continuará a crescer folhas durante todo o ano, então você nunca vai acabar.

E a cafeína da erva-mate tem outro grande benefício: atua como um escudo contra condições difíceis. Portanto, temperaturas extremas, pragas e doenças não são páreo para a erva-doce.

Em vez de gastar dinheiro constantemente em cafés caros ou bebidas energéticas açucaradas, você economizará centenas, talvez até milhares de dólares colhendo suas próprias folhas de erva-mate cultivadas em casa.

Erva-Mate prosperam na sombra, bem como em condições de pouca luz, tornando-os a planta de casa perfeita. Eles são até mesmo uma delícia de assistir enquanto produzem flores brancas perfumadas de outubro a dezembro que se transformam em vibrantes bagas ornamentais vermelhas na primavera que se destacam contra suas atraentes folhas verdes escuras.

A erva-mate cresce bem sem muita atenção. Eles exigem uma manutenção incrivelmente baixa e não exigem muita manutenção.

Basta colocar o seu em um recipiente e imediatamente começar a desfrutar dos múltiplos benefícios que a Erva-Mate tem a oferecer.

Erva-Mate – Classificação

Nome científico: Ilex paraguariensis St.Hill

Nome popular: Erva-Mate

Outras denominações menos comuns são: erva-de-são bartolomeu, cu-de-boi, orelha-de-burro, chá-do-paraná, congonha-demato-grosso, congonha-genuína, congonha-mansa, congonhaverdadeira, erva-senhorita. Denominações indígenas para a erva-mate são caá, caá-caati, caá-emi, caá-ete, caá-meriduvi, caá-ti, caá-yara e caá-yarií.

Família: Aquifoliaceae

Origem: Espécie nativa da América do Sul.

Sinonímia popular: Mate, erva-do-paraguai.

Parte usada: Folhas

Forma de Utilização: chás

Benefícios da Erva-Mate

O grande componente da Erva-Mate são as SAPONINAS, o harmonizador mais perfeito já encontrado na natureza.

Previne a arteriosclerose.
Estimula a região cortical e os vasos cerebrais.
Promove sensação de bem estar e harmonia.

Sem crise de abstinência ou mal estar após o consumo, caso interrompido. Age sobre a memória, a autenticidade e a disposição para trabalhar no dia a dia. Bem estar, memória, ausência de síndrome de abstinência não encontrados em nenhum outro vegetal.

Os FLAVONÓIDES são outros dos compostos encontrados na Erva-Mate. Ele proporciona alívio da perioxidação dos tecidos (o que nos torna cansados), e faz uma limpeza no organismo.

Além destes, a Erva-Mate possui KAEMPFEROL, que é um harmonizador orgânico fantástico para gripes, fadigas e alergias.

Este composto, também está presente no vinho. Por este motivo, ao invés de uma taça de vinho, você pode tomar chimarrão para ter os mesmos benefícios.

O chimarrão tem efeito progressivo e harmônico. É um diurético rápido e eficaz. A temperatura ideal é entre 75 e 80º.

chimarrão pode ser considerado um parceiro da saúde. Até hoje, ninguém suicidou-se, acidentou-se, brigou ou foi violento por excesso de cafeína.

Há pessoas, por sua constituição genética, que tem mais pré-disposição a sentir-se mais dependente de um certo produto. Para estas pessoas, recomenda-se um cuidado especial, pois a característica do produto não é produzir dependência ou síndrome de abstinência.

OBS: Em um congresso de médicos, reconhecendo os múltiplos efeitos positivos da Erva-Mate, os organizadores ofereceram aos participantes uma bomba de chimarrão.

Erva-Mate
Chimarrão

O chimarrão alivia dores e acalma humores já há 500 anos (produto nobre e potente). Mais de 200 princípios ativos já foram descobertos na Erva-Mate. Destes, mais de 140 já foram estudados profundamente.

Erva-Mate possui nome em todos os povos sul americanos e em vários outros países. É vendido na Venezuela em cápsulas (adaptogeno).

Erva-Mate – Fotos

Erva-Mate
Erva Mate

Erva-Mate

Erva-Mate

Erva-Mate

Fonte: www.vivaterra.org.br/www.fast-growing-trees.com/www.pt.azarius.net/www.overmundo.com.br/www.baldo.com.br/matefactor.com

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Aldosterona

PUBLICIDADE Aldosterona – Hormônio A maioria das pessoas nunca ouviu falar desse hormônio em particular, mas ele …

Estrogênio

PUBLICIDADE Estrogênio – Definição O estrogênio é um dos dois principais hormônios sexuais das mulheres. O outro …

Axônio

PUBLICIDADE Definição de Axônio Um axônio é uma fibra longa de uma célula nervosa (um neurônio) que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.