Breaking News
Home / Bem-Estar / Aromaterapia

Aromaterapia

PUBLICIDADE

Aromaterapia é um termo criado pelo químico francês René Maurice Gattefossé nos anos vinte para descrever a prática de usar óleos de essências de plantas, flores, raízes, sementes, etc., em curas. O termo é enganador, pois os aromas dos óleos, naturais ou sintéticos, não são em si terapêuticos. É a “essência” do óleo, i.e., as suas propriedades químicas, que lhe dá o possível valor terapêutico que o óleo possa ter. Mais ainda, só em certos casos do aroma terapia são usados vapores. Na maior parte dos casos, o óleo é espalhado na pele ou bebido em chá ou noutro liquido. E alguns aromaterapistas consideram cozinhar com ervas um tipo de aroma terapia. Aromas são usados para identificar os óleos, para determinar adulteração, mas não para fazer uma cura.

O poder curativo dos óleos é a principal atração da aromaterapia. É também a questão principal para os cépticos. Que evidências há de todas as afirmações feitas pelos aromaterapistas quanto às propriedades curativas dos óleos? Muito pouco, receio. A maior parte do suporte é na forma de episódios como este:

No avião a caminho da Índia [da Europa] há alguns anos, o meu indicador começou a doer violentamente. Um espinho de rosa que se tinha cravado há dois dias. Estava a ficar infectado. Imediatamente apliquei óleo da árvore do chá não diluído sobre o dedo. Quando cheguei a Bangalore, o inchaço tinha quase desaparecido e a dor parara. (Daniele Raman, Aromatherapy)

Este tipo de raciocínio abunda na literatura de cuidados de saúde alternativos. O que seria mais convincente eram estudos controlados.

Quando são feitas referências a outros aromaterapistas, são geralmente do tipo:

Marguerite Maury prescreveu rosas para a frigidez, dando-lhe propriedades afrodisíacas. Também considerou a rosa um grande tóxico para as mulheres que sofriam de depressão. (Daniele Raman, Aromatherapy, p, 205)

Tais testemunhos nunca são encarados com cepticismo ou mesmo curiosidade quanto às provas que existem. São apenas passados como artigos de fé.

O único tipo de investigação em que os aromaterapistas parecem interessados é em lerem o que os outros aromaterapistas disseram ou acreditaram sobre plantas e óleos. Os praticantes e vendedores de produtos aromaterapeuticos parecem particularmente desinteressados em testes às suas afirmações, muitas das quais são empíricas e podiam ser facilmente testadas. Claro que, há muitos aromaterapistas que fazem afirmações intestáveis, como que certos óleos equilibram o chara, restabelecem a harmonia do seu fluir de energia, ou contribuem para o crescimento espiritual. Por exemplo, Val Lariviere, auto-proclamado aromaterapeuta, afirma que

Na sua base, a prática de aromaterapia é o uso de óleos essenciais para restabelecer ou elevar a saúde mental, emocional, física ou espiritual. É sobre o equilíbrio é mesmo modo que a doença é sobre desequilíbrio. É o regresso ao centro, a essência da vida.

Isto é intestável. São parte da mitologia da Nova Era e não podem engendrar nenhum debate significativo. Quando aroma terapeutas entram em debates profissionais sobre matérias empíricas é geralmente sobre questões como se os óleos naturais são superiores aos sintéticos, apesar de mesmo aqui ser inútil procurar referência a estudos científicos sobre a questão. O modo como a aroma terapeuta Daniele Raman, uma defensora dos óleos naturais, trata a questão da “lavanda” é típica.

No seu livro, Aromatherapy, dá-nos alguma informação botânica e histórica sobre a planta, incluindo uma afirmação Matthiole, um botânico do século XVI, de que a lavanda é uma panacéia que pode curar epilepsia, apoplexia e problemas mentais. Diz-nos que a lavanda é “o óleo mais associado a queimaduras e cura da pele.” Diz que é “muito efetiva no tratamento da cistite e vaginite.” Mais, como chá, lavanda “é também bom como tóxico matinal para convalescentes, como digestivo após refeições, para condições reumáticas, e ao primeiro sintoma de gripe” Para prevenir varizes, Raman aconselha que “massagem as pernas com um óleo constituído de 3 gotas de óleo de cipreste, 2 gotas cada de lavanda e óleo de limão, e 1 onça de óleo de soja.” (p. 143).

Em lado nenhum dá qualquer indicação que alguém, algures, tenha feito qualquer estudo com lavanda para verificar as afirmações.

É verdade que expressões como “muito efetivo” e “é bom” não são muito precisas, mas dizem algo, ao contrário de “ajuda” (que é o que ela diz que a lavanda no banho faz à celulite).

E “mais associado” com queimaduras não diz se fará algum bem ou não. Apesar de tudo, penso que estas afirmações podem ser precisadas de modo a poderem ser testadas, embora duvide que Raman ou outro aromaterapista tem algum interesse nesses testes.

Por alguma razão, Raman não fala do uso da lavanda para reduzir o stress no seu capitulo sobre lavanda. Contudo, em “Insônia” diz que a “lavanda é um gentil narcótico, recomendado para tensão mental e física.” Foi feito um estudo, não mencionado por Raman, que comparou os efeitos em doentes de cuidados intensivos de aroma terapia usando lavanda, terapia de massagem e descanso. O estudo concluiu que o descanso era o melhor.

Não rejeito a aromaterapia. Quando tenho o nariz tapado uso Vicks VapoRub, uma mistura de cânfora, mentol e óleo de eucalipto. Pode-se dizer que sou um aromaterapista praticante. Mas, quando vejo o que aqueles que se auto-intitulam aromaterapistas afirmam, tenho de concluir que principalmente estamos perante uma terapia pseudocientifica de medicina alternativa. è uma mistura de folclore, testemunhos, espiritualismo Nova Era e fantasias. O que lhe falta é um cheiro de senso comum.

Por exemplo, um batalhão de aromaterapistas homeopáticos segue a chamada “terapia de flores de Bach,” desenvolvida nos anos 1930 pelo físico britânico Edward Bach (1886-1936). Bach afirmava ter psíquica ou intuitivamente descoberto os efeitos curativos de 38 flores selvagens. As suas “descobertas” foram atingidas por “inspiração.”

Por exemplo, “…enquanto continuava o seu trabalho, a sua intuição tornou-se tão sensitiva que, se girando uma flor ou provando uma pétala, podia imediatamente quais seriam os seus efeitos curativos.” [Who is Dr. Edward Bach?] Afirmava que essas flores tinham uma alma ou energia com afinidades à alma humana. A energia espiritual das flores é transferível para água. Os devotos bebem uma mistura homeopática de essência da flor, água mineral e brandy de modo a pôr a alma da flor em harmonia com a energia da sua alma.

De acordo com San Felipe y Santiago de Montevideo, Uruguay, os remédios de flores “funcionam.” Bach pensou que a doença era o resultado de “uma contradição entre os propósitos da alma e da personalidade.” Esta guerra interna leva a disposições negativas e bloqueios de energia, que provocam uma falta de “harmonia” que leva a doenças físicas. “Cada uma das 38 flores do sistema de Bach é usada para equilibrar dores emocionais especificas ou, em estados avançados de desequilíbrio, para refazer os sintomas físicos.” (correspondência pessoal) Não sei o que significa dizer que a terapia “funciona”, mas não vejo como se possa testar isto visto serem afirmações metafísicas.

O Dr. Bach parece modesto quando comparado ao trabelho de outros que seguiram as suas pétalas. Na Califórnia foi descoberto que as modestas margaridas são boas para “aumentar a percepção das relações karmicas para lá do limite.” E outros para “a percepção dos sonhos e controle consciente da própria vida psíquica.”

Não devemos esquecer que a aroma terapia é também usada para a beleza, mas deixo esse tópico a outros que queiram examinar o papel do efeito placebo nos cuidados de saúde e cosmética da Nova Era.

Fonte: skepdic.com

Aromaterapia

Aromaterapia
O poder terapêutico das essências aromáticas das plantas.

A Aromaterapia consiste em tratar as doenças com a ajuda de óleos extremamente concentrados extraídos dos vegetais. Esses extratos chamados essências ou óleos essenciais contêm as substâncias que dão perfume às plantas e, por isso, seu odor é a característica principal.

Os óleos essenciais são produzidos por minúsculas glândulas presentes nas pétalas, no caule, na casca e na madeira de numerosas plantas e árvores. Se, na natureza essas glândulas liberam os aromas das plantas de forma progressiva, quando aquecidas ou trituradas, elas explodem e liberam os odores com uma potência muito maior.

Para extrair o óleo essencial puro, recorre-se a um processo de destilação no vapor d’água. Se a essência é dissolvida no álcool ou em outro solvente, denomina-se essência absoluta. São menos puras que os óleos, porém conservam propriedades curativas interessantes.

Os usos dos óleos essenciais são múltiplos, mas eles são mais utilizados na unção da pele (massagem), podendo também ser inalados ou colocados na água de banho ou em compressas. Raramente são ingeridos. Certamente são mais eficazes quando inalados, pois provocam uma ação imediata no cérebro.

Aromaterapia

Não se deve pensar que a Aromaterapia não apresenta contra-indicações. Devem ser utilizados com precaução, pois podem causar irritação e alergia na pele.

Os aromaterapeutas utilizam cerca de 30 plantas e flores para tratar a maior parte dos problemas.

Os óleos essenciais são divididos em três categorias: os que tonificam o organismo e favorecem o bom humor; os que estimulam e regulam as principais funções do corpo; e os que têm um efeito calmante sobre o corpo e o espírito.

Alguns exemplos:

Óleo de Camomila – refrescante. Indicado para dores de cabeça e depressão;

Óleo de Cânfora – refrescante e estimulante. Indicado em resfriados, reumatismos, acne, insônia;

Óleo de Cedro – sedativo. Usado para angústia, bronquite e tosse;

Óleo de Limão – refrescante e estimulante. Para problemas circulatórios, hipertensão e acne;

Óleo de Eucalipto – libera a cabeça. Indicado para edemas e dores musculares;

Óleo de Gerânio – refrescante e antiespasmódico. Para problemas urinários e infecções virais;

Óleo de Jasmim – relaxante e calmante. Serve para tratar apatia e pele seca;

Óleo de Manjerona – fortificante. Indicado em enxaquecas, cólicas e equimoses;

Óleo de Patchouli – relaxante. Indicado na depressão e pele seca.

Óleo de Pimenta Cinza – estimulante. Usado em problemas digestivos, resfriados e diarréia;

Os óleos essenciais possuem propriedades anti-sépticas reconhecidas, como as da Lavanda e do Gerânio, que são eficazes contra infecções causadas por bactérias, vírus e fungos. São também apreciados pelas propriedades desintoxicantes do limão, alho, eucalipto e pelos efeitos calmantes junta à sensação de bem estar e harmonia que parecem produzir um efeito preventivo sobre as doenças.

Fonte: www.orientacoesmedicas.com.br

Aromaterapia

Aromaterapia é a arte e a ciência de usar óleos de plantas em tratamentos. Aromaterapia é uma das técnicas mais antigas da história de práticas de cura. Os óleos essências de Aromaterapia são óleos extraídos de plantas da qual tem sido usado por milhares de anos antes da técnica de destilação de óleos ter sido descoberto.

Os óleos essenciais exercem uma influência sutil na mente e no corpo. Através da Aromaterapia, a cura pode ser feita de uma maneira gentil e natural. Uma qualidade importante dos óleos essenciais é a grande variedade de maneiras em que podem ser usados. Podem ser usados em massagens, já que é reconhecido como uma das formas mais importante de tratamento, também podendo ser usados em banhos. A água em si tem muitas propriedades terapêuticas, e quando combinado com os óleos essenciais, os óleos realçam o seu efeito. Também, podem ser usados como compressas, tanto quente como frio em circunstâncias diferentes. Os óleos podem ser misturados em cremes, loções para o corpo ou mesmo algumas gotas em seu travesseiro para ajudar a ter uma boa noite de sono.

Aromaterapia

Os óleos essenciais são absorvidos rapidamente através da pele. Mesmo se as essências forem usadas em cremes, loções para o corpo, banhos, compressas ou em massagens, uma boa quantidade da essência é inalada. O aroma sozinho tem um efeito sutil e real na mente e no corpo. É preciso ter cuidado quando usando os óleos essenciais. Quando são usados de maneira correta, são seguros. Alguns óleos são perigosos de se usar e devem ser tratados com muito cuidado.

Aromaterapia

Use uma quantidade pequena de qualquer óleo em qualquer tipo de tratamento. Para aplicar massagens, dilua 3% do óleo essencial escolhido em óleo vegetal. Por exemplo, use 3 gotas de óleo essencial para cada colher de chá de óleo vegetal. Para banhos, muito cuidado deve ser tomado, já que os óleos tendem à flutuar em vez de serem diluídos. Os óleos podem irritar a pele quando são usados em quantidades excessivas, dependendo do tipo de pele. A quantidade recomendável para ser usado em banhos é de somente 2 à 3 gotas. Óleos derivados de plantas picantes como a de Clove e Nutmeg, deverá ser evitado de serem misturados juntos. Quando preparando banhos para crianças ou bebês, não excidir mais de 3 gotas de óleo essencial. Lembre-se sempre de diluir qualquer tipo de óleo antes de serem usados em banhos. Para inalações, 1 gota de óleo essencial pode ser suficiente, e 3 gotas podem ser usado no máximo. Antes de preparar uma inalação, sempre experimente uma gota de óleo essencial primeiro antes de adicionar mais.

Óleos Essenciais

Acne

Os óleos essenciais podem ser usados em tratamento de pele, especialmente para ajudar a reduzir a quantidade de sebo produzido na superfície da pele. Também podem ser usados em massagens para estimular a circulação e ajuda a eliminar toxinas do corpo. Os seguintes óleos podem ser usados: Lavender e Tea-tree, ambos tem ação anti-bacterial. Bergamot possui propriedades adstringentes e anti-depressante. Geranium pode ser usado para balancear a secreção de sebo.

Pele matura (sinais de envelhecimento)

Óleos essenciais podem ajudar a reduzir sinais de velhice. Podem ser usados em cremes e em massagens. Ajuda a minimizara maioria dos problemas de envelhecimento da pele. Os seguintes óleos podem ser usados: Neroli e Lavender são os óleos mais usados e mais sutis para pele matura. Para problema de pele oleosa, massageie a pele com os óleos Geranium, Jasmine, Neroli ou Rose. Esses óleos ajudarão a restaurar o balanço natural da pele.

Sprays

Uma das maneiras mais simples de introduzir óleos essenciais no ar. Simplesmente misture um ou mais óleos essenciais com água e use como spray. Os óleos essenciais são melhores dissolvidos em álcool. Essa mistura irá funcionar somente por um período curto. Lembre-se de sacudir bem a mistura antes de usar. Os seguintes óleos podem ser usados: Tea-tree, Bergamot, Eucalyptus e Lavender. Use 20 gotas de óleo essencial para cada 200ml de água.

Alergia

Os seguintes óleos essenciais podem ser usados: Chamomile, Lavender e Melissa são os mais comuns e usados em alergias gerais. Podem ser usados em banhos, inalações, compressas ou em cremes para o corpo. Para aliviar o estresse, os óleos essenciais mais usados são: Bergamot, Neroli, Rose, Jasmine, Sandalwood e Ylang Ylang.

Anorexia

O melhor método para tratar de anorexia é através de massagens. Os seguintes óleos essenciais podem ser usados: Lavender, Chamomile, Neroli, Ylang Ylang e Clary Sage. Esses óleos possuem propriedades calmantes e anti-depressante. O óleo Bergamot pode ser usado para ajudar a regularizar perda de apetite.

Ansiedade

Qualquer um dos óleos mencionados a seguir possuem propriedades sedativa que podem ajudar nesse caso. Escolha qualquer um dos seguintes óleos: Bergamot, Chamomile, Cedarwood, Clary Sage, Cypress, Geranium, Jasmine, Juniper, Lavender, Marjoram, Melissa, Neroli, Rose e Ylang Ylang. Esses óleos ajudam particularmente se forem usados em massagens ou em banhos.

Apetite

Se houver diminuição ou perca de apetite, alguns dos óleos essenciais podem ajudar a estimular o problema. Os seguintes óleos essenciais podem ser usados: Chamomile, Cardamom e Bergamot. Use esses óleos em massagens e banhos.

Artrite

Artrite pode causar vários problemas como; ácido úrico pode ser depositado entre as juntas, criando tipo de cristais causando inflamação, dor e perca de flexibilidade. Alguns óleos essenciais podem ser usados para ajudar a combater esses problemas. Os seguintes óleos podem ser usados: Cypress, Juniper e Lemon são óleos poderosos pelas suas propriedades desentoxificantes. Podem ser usados em banhos e massagens para ajudar o corpo a se livrar de toxinas.

Asma

Em casos de estresse e ansiedade, use os seguintes óleos essenciais: Bergamot, Chamomile, Lavender, Neroli e Rose. Todos esses óleos mencionados são anti-depressantes. Os óleos Bergamot e Lavender são ótimos para problemas no peito.

Dores nas Costas

A melhor maneira de se tratar dores nas costas e a mais eficaz é através de massagens. Use os seguintes óleos essenciais: Lavender, Marjoram e Rosemary para reduzir a dor, tensão e para tratar dores musculares. Os óleos Black Pepper ou Ginger pode ser usado onde houver dor aguda.

Sangramento

Vários óleos essenciais podem ser usados para parar sangramento. Use qualquer um desses óleos: Lemon, Geranium e Rose. Dilua algumas gotas de óleo Lemon e use para tratar de qualquer tipo de corte. Não use o óleo Lemon sem dilui-lo primeiro, já que por causa de suas propriedades fortes, poderá queimar a pele.

Bolhas

Adicione algumas gotas de óleo Lavender em um pedaço de algodão e cubra a bolha. Não cubra a bolha com esparadrapo ou band-aid. Isso evitará que a pele respire propriamente.

Bronquite

Os seguintes óleos essenciais podem ser usados quando os sintomas ainda estiverem aparecendo. Faça inalações com qualquer um desses óleos: Bergamot, Eucalyptus, Lavender ou Sandalwood, especialmente se houver uma tosse seca e dolorosa. Os óleos essenciais mencionados oferecem grande alívio para qualquer sintoma que estiver relacionado com bronquite. Use os seguintes óleos para casos mais extremos e que estejam em estado mais grave: Basil, Benzoin, Bergamot, Marjoram, Sandalwood ou Thyme. Esses óleos ajudam a limpar os pulmões e a prevenir maiores complicações.

Hematomas

Alguns óleos essenciais podem ser usados para reduzir hematomas. Use qualquer um desses óleos: Fennel, Hyssop ou Lavender. Pode ser usado em compressas fria. Outro óleo que pode ser usado para reduzir dor é o Lavender. Em caso de hematomas severas use Black Pepper, Chamomile ou Lavender.

Queimadura

Um dos óleos mais conhecidos para tratamentos em queimaduras e um dos mais eficazes é o óleo Lavender. O óleo Lavender é anti-séptico e possui propriedades analgésicos. Outro óleo bastante eficaz é o Tea-tree. Para queimaduras mais graves, use o óleo Lavender. Coloque algumas gotas em um gaze estéril e aplique diretamente na queimadura.

Catarro

Para aliviar congestões imediatamente, use os seguintes óleos essenciais: Lavender, Eucalyptus, Peppermint, Rosemary, Thyme e Tea-tree. Qualquer um desses óleos podem ajudar a combater infecções. O melhor método para se livrar de catarro é através de inalação.

Calvície

Faça massagem no couro cabeludo para ajudar a aumentar a circulação. Os seguintes óleos essenciais podem ser usados para ajudar a combater esse problema. Rosemary, Lavender e Thyme. Esses óleos possuem propriedades que estimulam o crescimento de cabelo.

Catapora

Se uma criança estiver com catapora e se for velha o suficiente (4 anos de idade), faça banhos usando os seguintes óleos essenciais: 2 gotas de óleo Tea-tree com 2 gotas de óleo Chamomile para reduzir coceira. Ou tente misturar 1 gota de cada um desses óleos: Bergamot, Eucalyptus, Chamomile e Lavender. Para adultos, use os seguintes óleos: 3 gotas de óleo Ti-tree com 1 gota de cada um cada um desses óleos; Bergamot, Chamomile e Lavender. Faça banhos à cada 4 horas para melhores resultados, a menos que o paciente esteja sentindo fraqueza.

Circulação

Para estimular a circulação no local, faça massagens com qualquer um desses óleos: Black Pepper, Juniper, Marjoram ou Rosemary. Para problemas de vermelhidão, faça massagens com os óleos Chamomile e Cypress.

Resfriado

Os seguintes óleos essenciais são recomendados para combater resfriados: Lavender, Eucalyptus, Tea-tree, Peppermint, Rosemary e Pine. Pode ser usado através de inalações, especialmente se houver infecção na garganta. Outro óleo que pode ser usado em banhos e ajudar a reduzir arrepios e dores é o Marjoram. Também pode ajudar em dores de cabeça que são associados com o resfriado.

Prisão de ventre

Vários óleos essenciais podem ser usados para ajudar com problemas de prisão de ventre como: Marjoram e Rosemary. Esses dois óleos podem ser usados juntos. Faça massagens no abdômen no sentido horário.

Tosse

Para combater infecções, o melhor óleo essencial que possui propriedades anti-bacteriais é o Thyme. Outros óleos também podem ser usados para combater tosses como o Benzoin, Eucalyptus, Lavender, Marjoram e Sandalwood. Massageie a garganta e o peito com qualquer um desses óleos mencionados acima.

Rachaduras na pele

Podem ser tratados com os óleos Benzoin, Lavender e Myrrh. Se a rachadura estiver úmida, use o Myrrh. O Myrrh é o melhor óleo nesse caso. O Myrrh também pode ser misturado com o Benzoin e o Lavender para melhores resultados.

Cistites

Os seguintes óleos essenciais podem ser usados: Bergamot, Chamomile, Eucalyptus, Garlic, Lavender, Sandalwood e Tea-tree. Os óleos Bergamot e Tea-tree podem ser usados em banhos. O óleo Chamomile pode ser usado também para aliviar dor e irritação. Os óleos Bergamot e Lavender ou Chamomile podem ser usados em massagens.

Depressão

Se a depressão estiver impedindo repouso, causando irritação ou incapacidade de dormir, use os seguintes óleos essenciais: Chamomile, Clary Sage, Lavender, Sandalwood e Ylang Ylang. Para ajudar a levantar os espíritos e melhorar o humor use os óleos Geranium, Melissa e Rose. Podem tanto serem usados em massagens quanto inalações.

Diarréia

Os seguintes óleos essenciais podem ser usados para aliviar os sintomas relacionados à diarréia: Chamomile, Cypress, Eucalyptus, Lavender, Neroli e Peppermint. Esses óleos são os mais eficazes. Para aliviar dores, use os seguintes óleos: Benzoin, Ginger ou Black Pepper. Faça massagens suaves sobre o abdômen, isso ajudará a aliviar a sensação de aperto.

Infecção de orelha

Faça compressas quentes com o óleo Chamomile para acalmar a dor e para reduzir infecções que estão sendo desenvolvidas. Faça massagens suaves em volta da orelha.

Eczema

Os óleos: Chamomile, Lavender, Melissa e Neroli podem ser usados em massagens e em banhos. Todos esses óleos mencionados podem ajudar a reduzir níveis de estresse.

Tontura

Vários óleos essenciais podem ajudar em problemas de tontura, desmaio e em estado de choque. Use os seguintes óleos: Peppermint e Neroli. Experimente também os óleos Lavender e Rosemary. Nesse caso, simplesmente segure o vidro de óleo essencial perto do nariz do paciente ou coloque uma gota de um desses óleos no pulso do paciente ou em um lenço e ponha perto do paciente para inalar.

Fadiga

Qualquer um desses óleos essenciais pode ser usado para ajudar o corpo a se recuperar de fadiga. Use os óleos: Basil, Geranium, Nutmeg, Rosemary, Thyme, Marjoram ou Pine. Também, uma mistura de três óleos de sua escolha pode ser usado para o tratamento. Esses óleos ajudarão a restaurar e tonificar o corpo, limpar a mente e dar mais energia. Podem ser usados em massagens ou em banhos.

Febre

Use os seguintes óleos essenciais: Basil, Chamomile, Cypress, Juniper, Lavender, Peppermint, Rosemary e o Tea-tree. Esses óleos ajudarão o corpo a suar se for preciso. Para abaixar a temperatura, use os óleos Bergamot, Eucalyptus, Lavender e Peppermint. Esses óleos devem ser usados em quantidades justas. Adicione algumas gotas de qualquer um dos óleos mencionados acima em uma bacia com água morna, mas não quente.

Frigidez

Óleos essenciais luxuosos podem ser usados como o Rose e o Jasmine, que ajudará a aumentar a confidência. Use o óleo Neroli para acalmar a ansiedade que está presente e o óleo Ylang Ylang para ajudar a relaxar. Podem ser usados em banhos, cremes, loções de corpo ou em massagens.

Cálculo biliar

Os óleos Lavender e Rosemary são dois óleos essenciais que foram descobertos por ajudarem com esse problema. O óleo Rosemary é valioso por ajudar em problemas de inflamação na bexiga. Faça massagens sobre a área da bexiga.

Gengivite

Use os seguintes óleos essenciais para ajudar a combater a bactéria: Tea-tree e Thyme. Os óleos Fennel e Mandarin ajudam a fortalecer a gengiva e o óleo Myrrh possui propriedades tonificantes e de cura.

Dor, Pena ou Fracasso

O melhor óleo para ser usado nesse caso é o Rose. Esse óleo pode ser combinado com o Benzoin para dar uma sensação calorosa. Também, os óleos Bergamot e Chamomile possuem propriedades calmantes e os óleos Lavender ou Melissa ajudam a trazer o sentimento de bem estar e ajuda a levantar os espíritos.

Hemorróida

Use os seguintes óleos essenciais Cypress ou Juniper em forma de aplicações locais e banhos regulares. Esses óleos também ajudam a melhorar a circulação geral.

Alergia de feno

Qualquer um dos óleos mencionados ajudarão a aliviar os sintomas de alergia. Use o óleo Lavender e Eucalyptus para aliviar sintomas relacionados à resfriado, ajudando a reduzir espirros e corrimento de nariz. Faça inalações usando qualquer um desses óleos mencionados acima. Experimente também os óleos Chamomile e Melissa para ajudar com os sintomas gerais de alergia.

Dores de cabeça

Os óleos essenciais mais eficazes são: Lavender e Peppermint. Podem ser usados tanto juntos como separado. Outro óleo que pode ajudar a curar dores de cabeça é o Rosemary, ajudando a limpar a mente e a aliviar a dor. Aplique o óleo Lavender e o Peppermint perto das sobrancelhas ou faça compressas quentes e aplique perto das sobrancelhas, na testa ou atrás do pescoço.

Coração

Somente alguns dos óleos essenciais podem ser usados quando houver problemas de coração. Use os seguintes óleos: Garlic, Lavender, Marjoram, Peppermint, Rose e Rosemary. Esses óleos são conhecidos pelas suas propriedades tônicas e tem efeito fortalecedor no músculo do coração. Também, outros óleos podem ser usados como o Lavender, Melissa, Neroli e Ylang Ylang são óleos recomendados para problemas de palpitação. Todos esses métodos mencionado deve ser aproximados com muito cuidado e atenção. Todos esses óleos podem ser usados tanto em banhos quanto em massagens.

Herpes

Os óleos Bergamot, Eucalyptus e Tea-tree são muito eficazes em tratamentos de herpes. Particularmente se aplicações forem feitas assim que os primeiros sinais de erupção aparecerem. Misture 6 gotas de qualquer um dos óleos mencionado em 5mls de álcool. O óleo Tea-tree também pode ser usado puro. Aplicações frequentes impedirão que novas bolhas se desenvolvam.

Pressão de sangue alta

Os óleos essenciais mais importantes são: Lavender, Marjoram e Ylang Ylang. O óleo Ylang Ylang ajuda em situações de falta de ar ou quando houver batida forte de coração. Todos esses óleos podem ser usados em massagens ou em banhos.

Pressão de sangue baixa

O melhor óleo essencial é o Bergamot. Ajuda a trazer a pressão baixa para o nível normal. Possui propriedades estimulantes e tonificantes. Outros óleos que servem como estimulantes são: Black Pepper e Peppermint, especialmente se for usado em casos de tontura e desmaio que ocorrem frequentemente.

Histeria

Qualquer um desses óleos podem ser usado: Chamomile, Clary Sage, Lavender, Marjoram, Melissa, Neroli, Peppermint, Rosemary e Ylang Ylang. Ajuda a criar um estado emocional e podem ser usados em massagens, banhos, como sprays ou mesmo queimando algumas gotas de qualquer um desses óleos em um cômodo como perfume.

Impotência

O melhor óleo para ajudar com esse problema é o Sandalwood, possuindo poderes afrodisíacos. O óleo Jasmine ajuda a restaurar e aumentar a confidência. O óleo Neroli ajuda a combater a ansiedade e o Clary Sage ajuda em problemas de relaxamento. Não use Clary Sage se consumido álcool. Faça banhos antes de ir para a cama.

Indigestão

Use os óleos essenciais Chamomile, Lavender e Marjoram para tratar de problemas de indigestão. Possuem propriedades calmante e tem efeito confortante. Faça massagens suaves sobre e em volta do estômago.

Insônia

Use os seguintes óleos essenciais: Lavender, Chamomile e Neroli para tratar de problemas de insônia. Esses óleos são os mais eficazes e poderosos pelos seus efeitos tanto na mente quanto emocionalmente. Ajuda a acalmar, balancear e aliviar a ansiedade. Pode ser usado em banhos ou mesmo algumas gotinhas de óleo Lavender no travesseiro irá garantir uma boa noite de sono.

Coceira

Use o óleo Chamomile para ajudar a aliviar coceiras. Use Lavender e Melissa como alternativas se preferir. Faça banhos dependendo do local da coceira e da área afetada no corpo. Esses óleos também podem ser usados em cremes e em loções de corpo. Se a área afetada é pequena, use 1 ou 2 gotas de qualquer um dos óleos mencionados acima e esfregue diretamente sobre a pele.

Laringite

O melhor óleo essencial para ser usado é o Benzoin. O óleo Lavender e Sandalwood podem ser usados como alternativa. Nesse caso, faça inalações, já que o vapor quando sobe alivia a respiração e ajuda a combater inflamações.

Menopausa

Os seguintes óleos essenciais podem ser usados para ajudar em períodos de menopausa e para minimizar problemas físicos. O óleo Geranium ajuda a balancear os hormônios, o óleo Rose ajuda a tonificar e limpar o útero, ajudando ao mesmo tempo a regular o ciclo menstrual O óleo Chamomile tem efeito suave, calmante e funciona como anti-depressante. Existe muitos outros óleos que possui propriedades anti-depressante como o Bergamot, Clary Sage, Jasmine, Lavender, Neroli, Sandalwood e Ylang Ylang. Use qualquer um desses óleos em banhos e em massagens.

Fadiga mental

Use os seguintes óleos essenciais: Basil, Peppermint e Rosemary são os óleos mais eficazes para ajudar com esse tipo de problema. Podem ser usados em banhos, adicionando 6 gotas de qualquer um desses óleos mencionados acima.

Enxaqueca

Faça compressas fria com os óleos Lavender ë Peppermint. Aplique as compressas na testa e perto das sobrancelhas, ou faça massagens do lado das sobrancelhas como o óleo Lavender.

Humor

Use os seguintes óleos essenciais para ajudar em problemas de mal humor e como anti-depressante. Use Bergamot, Grapefruit e Orange. Esses três óleos possuem propriedades calmante, estimulante e tem efeito balanceador. Podem ser usados em massagens, em banhos ou em perfumes.

Úlceras da boca

Use o óleos essencial Myrrh, conhecido pelas suas propriedades de cura. Funciona como um anti fungo. Aplique o óleo em um pedaço de algodão diretamente sobre a úlcera. Pode ser usado em bochechos, diluindo algumas gotas em água morna.

Dores musculares

Para obter um efeito relaxante e para aliviar problemas como; indigestão, cólicas ou câimbras, use Bergamot, Black Pepper, Chamomile, Clary Sage, Cypress, Fennel, Juniper, Lavender, Marjoram, Melissa, Neroli e Peppermint. Faça compressas quentes sobre a área afetada.

Pneumonia

A forma mais eficaz de tratamento é definitivamente através da inalação. Tratamento médico é absolutamente necessário, nesse caso reforçado com tratamento de aromaterapia usado com cuidado. Os seguintes óleos podem ser usados: Eucalyptus, Lavender, Pine e Tea-tree.

Tensões pre-menstruais

Faça massagens usando os óleos essenciais Geranium e Rosemary para prevenir retenção de fluído. Para reduzir depressão e irritação, use o Bergamot, Chamomile e Rose. A melhor forma de tratamento é através de massagens ou banhos.

Reumatismo

Os óleos essenciais mais eficazes são: Chamomile, Lavender, Marjoram e Rosemary. Faça compressas quentes para aliviar a dor. Também, faça massagens regulares sempre que possível para estimular a circulação geral e ajudar o corpo a se livrar de toxinas. Os óleos mencionados acima podem ser usados em banhos para ajudar na eliminação de toxinas.

Choque

O óleo Arnica é muito conhecido pelo seu uso em homeopatia. Pode ser usado da mesma maneira que os florais, diluindo algumas gotas do óleo em um copo com água. Não tome florais se estiver tomando o óleo essencial, já que o óleo funciona como antídoto aos remédios homeopáticos.

Sinusite

Faça inalações frequentes. Use os seguintes óleos essenciais: Eucalyptus, Lavender, Peppermint, Pine, Thyme e Tea-tree. Quando houver muita dor, use o Eucalyptus, Peppermint e Pine para ajudar a aliviar a dor.

Infecção na garganta

Faça inalações usando qualquer um dos óleos Benzoin, Lavender ou Thyme para ajudar a aliviar o desconforto.

Espasmo, ataques

Faça massagem suave para aliviar espasmo usando os óleos Bergamot, Chamomile, Clary Sage, Fennel, Juniper, Lavender, Marjoram e Rosemary. Também pode ser usado em compressas quentes sobre o órgão.

Torceduras

Use os óleos essenciais Lavender ou Chamomile. Faça compressas frias e nunca massageie uma torcedura.

Estimulantes

Use os seguintes óleos essenciais: Basil, Black Pepper, Eucalyptus, Peppermint e Rosemary.

Estresse

Use os óleos essenciais Bergamot, Chamomile, Clary Sage, Jasmine, Lavender, Marjoram, Neroli, Rose, Rosewood e Vetivert. Todos esses óleos podem ajudar a suportar o estresse. Use em banhos como óleo aromático.

Queimadura de sol

Use o óleo Chamomile para refrescar e ajudar a abaixar a temperatura do corpo. Também, o óleo Lavender pode ser usado, especialmente se houver bolhas. Aplique o óleo Lavender diretamente sobre as bolhas.

Dores de dente

O óleo Clove é o melhor óleo essencial para tratar de dores de dente. Possui propriedades anestésica e funciona como um poderoso desinfetante que ajuda a prevenir infecção. Coloque 1 gota de óleo Clove em um pedaço de algodão e aplique diretamente sobre o dente.

Verruga

Use os óleos Rosemary, Geranium, Grapefruit ou Juniper. O método mais eficaz de tratar verrugas é fazendo tratamento local.

Vômito

Faça massagens suaves sobre a área do estômago e faça compressas quentes. Use os seguintes óleos essenciais: Chamomile, Lavender, Lemon e Peppermint.

Benefícios dos Óleos essenciais

Óleos Essenciais Benefícios
Angelica Excelente tônico, estimulante e ajuda a fortalecer o sistema imune.
Arnica * Bom para hematomas, torceduras e dores musculares.
Basil Ajuda a limpar a mente e trata todos os tipos de problemas respiratórios.
Benzoin Calmante, estimulante, ótimos para resfriados e ajuda a aumentar o fluxo de urina.
Bergamot Antiséptico, refrescante e invigorante.
Black Pepper Trata problemas digetivos, tônico e estimulante.
Cardamon Tônico, estimulante, ivigorante, ajuda na digestão, náusea, queimação e diarréia.
Cedarwood Antiséptico, astringente, eficaz em problemas de cistites e infecções vaginais.
Chamomile Calmante, levanta os espíritos, ajuda em problemas com sono, relaxante, ajuda a reduzir dores físicas e inflamações.
Clary Sage Ajuda em todos os tipos de estresse e tensões, relaxa os músculos, ajuda em problemas de asma e reduz a ansiedade.
Clove Calmante e energizante.
Cypress Astringente, ajuda na circulação, usado para tratar asma e ajuda a regular o ciclo menstrual.
Eucalyptus Estimula o sistema imune, descongestionante, poderoso anti-bacterial e anti-viral.
Fennel Ajuda a eliminar toxinas, alivia artrite e náusea, ajuda em problemas de digestão e cólicas.
Garlic Tosse, resfriados, dores de barriga, reumatismo e problemas intestinais.
Geranium Antiséptico, anti-depressante, astringente e ajuda a tratar feridas.
Ginger Ajuda em problemas de artrite, dores musculares, reumatismo e fadiga.
Grapefruit Elimina toxina, diurético, ajuda em problemas de retensão de fluídos, desentoxificador e estimulante.
Hyssop * Ajuda a combater infecções no peito, tônico, estimula o coração e o sistema respiratório.
Jasmine Câimbras e dores relacionados ao ciclo menstrual.
Juniper Diurético, antiséptico e ajuda o corpo a se livrar de toxinas.
Lavender Calmante, anti-viral, descongestionante e tem efeito sedativo.
Lemon Tônico, ajuda em problemas de gengivite, úlceras na boca e é ótimo para tratamento em cortes.
Mandarin Acalma o intestino, tônico, estimula o fígado e o estômago.
Marjoram Tem ação calorosa tanto no corpo como na mente, analgésico e sedativo.
Melissa Calmante para o corpo e a mente e trata de alergias em geral.
Myrrh Anti-inflamatório, antiséptico, ajuda a tratar de condições gerais de pele.
Neroli Estimulante, ajuda em problema de diarréia crônica, ansiedade e alivia tensão.
Nutmeg Estimulante e ajuda a proteger o corpo físico contra resfriados.
Orange Refrescante, anti-depressante, purificante, sedativo e ajuda em problema de diarréia crônica.
Peppermint Ajuda na digestão e cólicas, tem ação estimulante, purificante e tônico.
Pine Antiséptico, expectorante, refrescante, trata de dores musculares, ajuda em problema de bronquite e todos os tipos de resfriado.
Rose Tem efeito limpante, purificante, tônico e possue propriedades rejuvenecedores.
Rosemary Ajuda e estimular o cérebro, traz claridade mental, ajuda em problemas de sinusite e catarro.
Rosewood Dores de cabeça, traz claridade mental, levanta os espíritos e tem efeito afrodisíaco.
Sandalwood Ajuda em problema de bronquite, tratamentos de pele, sedativo, levanta os espíritos e tem efeito afrodisíaco.
Thyme Serve como antiséptico intestinal, ótimo para todos os tipos de infecções respiratórios, ajuda em problema de insônia, estimulante e fortalece a memória.
Tea-tree Antiséptico, calmante, estimulante e combate infecções.
Vetivert Alivia estresse, estimula o sistema imune, relaxante, ajuda em problema de reumatismo, artrite e dores musculares.
Ylang Ylang Anti-depressante, tem efeito afrodisíaco, sedativo, relaxante e alivia ansiedade.

* Óleos que devem ser usados com cuidado!

Fonte: www.mistico.com

Aromaterapia

Aromaterapia é a prática terapêutica que se utiliza dos Óleos Essenciais 100% puros para a prevenção e/ou tratamento auxiliar de problemas físicos, psicológicos e energéticos, visando proporcionar o bem estar geral do ser humano. Serve para tratar e/ou embelezar a pele, auxiliar na cura de doenças comuns, curar a alma, relaxar o corpo e a mente.

Em toda a história da civilização humana, as plantas medicinais e aromáticas foram utilizadas para purificar e perfumar ambientes, para afastar maus espíritos, tratar de problemas da pele, tratar de problemas físicos como no uso das infusões, nos processos de mumificação no antigo Egito, nos banhos romanos, etc.

Hoje a prática da Aromaterapia está se tornado bastante difundida pelos 4 cantos do mundo, mas ainda é, na maioria dos países, considerada como Medicina Complementar. Na França a Aromaterapia faz parte da formação médica.

A verdadeira Aromaterapia é a aplicação terapêutica dos Óleos Essenciais através de banhos, massagens, compressas, difusão no ambiente, etc usando sempre veículos neutros para diluí-los tais como: óleos vegetais, água ou álcool de cereais, preservando-se assim a propriedades químicas e a atuação físico-química no organismo humano, combinados com a atuação olfativa através do sistema límbico.

Fonte: estrelaguia.feminice.com.br

Aromaterapia

História da Aromaterapia

A Aromaterapia tem suas origens no uso de ervas para fins curativos, religiosos e estéticos. Civilizações como Egito, China e Índia usavam ervas para os mais diversos fins e de formas variadas.

A destilação dos óleos essenciais ocorreu apenas em 1.000 d.C. e revolucionou o mercado de perfumes internacional.

No século 16, os alquimistas já acreditavam ser o óleo essencial a parte da planta responsável em produzir a cura.

A Aromaterapia como é hoje conhecida é relativamente recente, descoberta quando René-Maurice Gatefossé, um químico francês sofreu um acidente em seu laboratório e providencialmente mergulhou seu braço ferido em um pote de lavanda, percebendo que com isto, seus ferimentos não infeccionaram e cicatrizaram rapidamente.

Após este incidente, passou a pesquisar os poderes dos óleos essenciais, cunhando o termo Aromaterapia.

Tudo isto no início do século 19, na França, sendo o precursor de muitos outros estudiosos na Europa, como Jean Valnet, Marguerite Maury e Robert Tisserand, do Instituto Tisserand, um dos maiores expoentes da atualidade em aromaterapia.

O que é Aromaterapia?

Aromaterapia é a arte e a ciência de utilizar óleos essenciais para proporcionar bem estar físico, mental e emocional. É um tipo de terapia extremamente simples em seu uso, apesar de exigir conhecimento e cuidados por parte do usuário e principalmente do profissional da área de saúde ou estética pois, por serem altamente concentrados, os óleos essenciais devem ser usados diluídos ou em baixas concentrações, para evitar reações de sensibilização e irritações, entre outras. Também pode ser considerada democrática, uma vez que a Aromaterapia combina-se bem com os mais diversos tipos de tratamentos, sejam convencionais ou alternativos. Além de tudo isto, a Aromaterapia é prazerosa, mexe com nossas emoções, nossos sentimentos, nossa VIDA.

Como funciona a Aromaterapia

Podemos absorver o óleo essencial através da pele e do nariz, que são as vias mais seguras.

Na pele deve-se tomar cuidado extra, para evitar reações alérgicas, sensibilizações, queimaduras, irritações, etc. Para o uso seguro, deve-se diluir os óleos essenciais em veículos carreadores, como cremes neutros e óleos vegetais. Penetrando na pele, os óleos essenciais entrarão na corrente sanguínea e agirão nos órgãos internos, sendo excretadas as quantidades não metabolizadas. Pode-se fazer isto através de cremes e óleos corporais, massagens, tratamentos estéticos, compressas, etc.

Via olfato deve-se tomar cuidado com tempo de exposição e concentração. Uma parte do aroma inalado vai para os pulmões via traquéia, penetrando nos brônquios, bronquíolos e alvéolos, passando para a corrente sanguínea nas trocas gasosas, agindo da mesma forma da penetração cutânea. Outra parte do aroma vai para o cérebro, atingindo o Sistema Nervoso Central e mais especificamente o Sistema Límbico, que é nosso antigo Cérebro das Emoções, responsável por nossas emoções, nossos comportamentos e atitudes, nossa memória e nossos humores. Para esta via, pode-se usar aromatizadores pessoais, aromatizadores à vela ou elétricos e pot pourris.

Desta forma, cada óleo essencial agirá de uma forma diferente no nosso corpo, físico mental e emocionalmente, de acordo com sua composição química. Por isto, podemos dizer que a Aromaterapia é Holística, pois podemos atacar diversos males sob todos os aspectos, pois não podemos tratá-los isoladamente.

Fonte:  www.bioessencia.com.br

Aromaterapia

A aromaterapia, praticada há milhares de anos é, tal como o seu próprio nome indica, uma terapia que cura através dos aromas – aromas 100% naturais, extraídos de flores, raízes, folhas, sementes, ervas, madeiras e resinas, e transformados em óleos essenciais que são utilizados na prevenção e no tratamento de doenças físicas e psicológicas.

As raízes

Aromaterapia

Parte integrante da medicina alternativa, a aromaterapia existe há mais de seis mil anos, tendo sido ativamente praticada nas antigas civilizações da Grécia, Roma e Egípcio. Aliás, o médico egípcio Imhotep recomendava o uso de óleos com fragrâncias no banho, nas massagens e, claro, no embalsamento dos mortos. O pai da medicina moderna, Hippocrates, seguiu os mesmos princípios e reza a história que terá realizado fumigações aromáticas para travar a praga em Atenas. Porém, o declínio do Império Romano levou ao desaparecimento destes conhecimentos aromáticos, que voltaram a dar que falar e cheirar por volta do ano 1000 d.C. na Pérsia. Nesta altura, os árabes iniciam a prática de destilação e o estudo das propriedades terapêuticas das plantas volta a ganhar força. Graças às Cruzadas, estes saberes regressam à Europa e, já em 1200 d.C. se produzia, na Alemanha, óleos essenciais com ervas e especiarias provenientes de África e do Extremo Oriente.

Quando a América do Sul foi invadida pelos Conquistadores, a descoberta de novas plantas medicinais e óleos aromáticos foi impressionante e a verdade é que também no Continente Americano os índios nativos passaram a ser conhecidos pela confecção de bálsamos e poções à base de plantas medicinais. Apesar desta prática consistente, foi apenas no século XIX que os cientistas europeus decidiram dedicar-se ao estudo dos efeitos destes óleos essenciais no homem. A palavra “aromaterapia” é uma invenção do químico francês René Maurice Gattefosse que, em 1910, descobriu os poderes curativos do óleo de lavanda quando se queimou no seu laboratório de perfumes e, procurando um alívio imediato, mergulhou a mão num recipiente com óleo de lavanda.

O alívio da dor foi imediata e o processo de cicatrização rápido, indolor e sem marcas posteriores. A partir daí dedicou a sua vida ao estudo dos poderes curativos dos óleos essenciais, tendo realizado vários tratamentos de êxito nos hospitais militares durante a I Guerra Mundial, experiências essas que documentou em diversos livros. Hoje em dia, a busca de uma forma de vida natural, com a mente, corpo e espírito em equilíbrio, aumentou a procura da aromaterapia.

Sentido de olfato

Um dos cinco sentidos, o nosso poder de cheirar é, em si só, extremamente potente, com efeitos curiosos. Por exemplo, um certo aroma pode despertar memórias de infância bem guardadas ou o cheiro de determinado alimento pode abrir o apetite a uns ou provocar náuseas a outros. Quando inalamos óleos essenciais, as nossas células olfativas são estimuladas e esse impulso é encaminhado para o sistema límbico – o centro emocional do cérebro – ligado à memória, à respiração, à circulação sanguínea e às hormonas. Na aromaterapia, as propriedades, a fragrância e os efeitos dos óleos essenciais estimulam estes diferentes sistemas.

Da mesma forma que a ligação estreita entre o olfato e o cérebro desencadeia um efeito indireto no sistema imunitário, que potencia a capacidade do corpo se sarar a si próprio. Enquanto medicina holística, a aromaterapia é uma forma de auto-cura porque incentiva o equilíbrio interno do organismo, mas também se manifesta ao nível físico uma vez que os óleos essenciais são conhecidos pelas suas poderosas acções revigorantes, anti-oxidantes, anti-bacterianas, anti-virais, anti-fungos, anti-inflamatórias, ansiolíticas e anti-espásticas.

Benefícios físicos, emocionais e espirituais

Escolhidos os óleos essenciais apropriados (sendo, por isso, importante procurar sempre um profissional de aromaterapia), os benefícios são mais que muitos e sentem-se a diversos níveis.

Mente – tratamento de cansaço mental, stress, tensão, certas fobias, insónias e outras perturbações do sono; aumento dos níveis de concentração, memória e produtividade.

Corpo – as propriedades anti-bacterianas dos óleos essenciais auxiliam na cicatrização de feridas externas; atuam no melhoramento da circulação sanguínea, na drenagem linfática e na eliminação das toxinas do corpo; tratamento de doenças de pele, perturbações digestivas, desequilíbrios hormonais, dores musculares e de articulações; aumento dos níveis de energia e bem-estar geral.

Estado emocional – os óleos essenciais também podem funcionar como um anti-depressivo potente, ajudando a acalmar e a aliviar estados de nervosismo, tristeza, pânico, ansiedade e de depressão; aumento dos níveis de auto-estima e de auto-confiança.

Estado espiritual – a aromaterapia também é utilizada para aumentar os níveis de consciência, percepção e de comunhão com forças maiores, sendo ainda parte integrante na prática da meditação.

Óleos essenciais

Os óleos essenciais utilizados na aromaterapia são extraídos de plantas, flores, raízes, folhas, sementes, ervas, madeiras e resinas e, posteriormente misturados com outras substâncias – caso do óleo, álcool ou loção – o que permite a sua utilização de forma prática. Executado por profissionais especializados, o método de extracção é um processo moroso e caro: são necessários 100 quilos de pétalas de rosas para produzir 5 colheres de chá de um óleo essencial! Um processo que também encarece o produto final, no entanto, e como se utilizam poucas gotas de cada vez e os efeitos são altamente eficazes, o investimento é considerado válido.

Utilizados a solo ou misturando mais que uma variedade, os óleos essenciais estão divididos em três categorias, ou seja, conforme as suas “notas” ou índice de evaporação.

Óleos de nota elevada – os mais estimulantes e revigorantes, têm um aroma forte, mas o seu perfume dura apenas entre 3 e 24 horas. Alguns exemplos incluem: basílico, bergamota, salva, coentro, eucalipto, laranjeira-amarga, hortelã-pimenta e tomilho.

Óleos de nota média – atuam ao nível das funções corporais e metabólicas e, embora menos potentes, a sua fragrância só evapora passados 2 ou 3 dias. Alguns exemplos incluem: erva-cidreira, camomila, funcho, gerânio, hissopo, junípero/zimbro, lavanda e alecrim.

Óleos de nota baixa – o seu aroma doce e calmante, tem efeitos relaxantes no corpo e é a fragrância que mais tempo dura, até uma semana. Alguns exemplos incluem: cedro, cravinho, gengibre, jasmim, rosa e sândalo.

Aplicação

Na aromaterapia, os óleos essenciais têm múltiplas aplicações:

Externa – aplicado diretamente na pele (diluído ou não), tratam feridas superficiais ou problemas de pele, ativando, em simultâneo, os receptores térmicos do corpo, matando micróbios e fungos.

Interna – ingerido através da diluição em água ou adicionado à alimentação, ativam o sistema imunitário.

Massagem/Banhos – largamente associados às massagens e banhos de aromaterapia, nestes casos os óleos essenciais são inalados, mas também são absorvidos pela pele, entrando no sistema circulatório que os transporta para os órgãos e restantes sistemas do corpo.

Difusão no ar – queimados como incenso ou colocados em recipientes ao ar livre, os óleos essenciais são captados pelas células olfativas e direccionados para o sistema límbico.

A aromaterapia é segura?

Enquanto tratamento 100% natural, a aromaterapia só poderia ser segura, no entanto, existem sempre algumas precauções que não devem ser descuradas, nomeadamente se é um principiante neste género de tratamentos. Antes de procurar a aromaterapia, informe e peça a opinião do seu médico de clínica geral. A aromaterapia não deve ser praticada por mulheres grávidas (alguns óleos como junípero, alecrim e salva podem provocar contracções uterinas); por crianças com menos de 5 anos (são muito sensíveis aos óleos); por pessoas com doenças crónicas; por pessoas com problemas de pulmões como asma, alergias respiratórias ou doença pulmonar crónica (podem causar espasmos respiratórios).

Salvo indiciação específica, os óleos essenciais não devem ser ingeridos; e deve evitar o contato com os olhos e a boca; estando sempre atento a qualquer sinal de reacção alérgica.

Fonte: www.bemtratar.com

Aromaterapia

Óleos essenciais que melhoram a sua vida. Conheça-os para beneficiar das suas propriedades.

Aromaterapia

A Aromaterapia consiste na utilização de óleos essenciais com fins terapêuticos, ou seja, de forma a ajudar no tratamento de problemas físicos ou de ordem espiritual. Para obter estes chamados óleos essenciais estudam-se as plantas e recolhem-se as suas componentes mais adequadas a cada situação.

A designação “óleos essenciais” deve-se ao fato de serem extremamente concentrados, conseguindo aproveitar todas as propriedades positivas existentes nas plantas a partir das quais são feitos, em benefício da saúde e do bem-estar. Os métodos de extracção são simples, para que o óleo seja puro e o seu efeito seja mais intenso.

Esta terapia apresenta muitos benefícios e pode ser utilizada no tratamento de vários problemas, conseguindo que o organismo esteja em equilíbrio, e obtenha a paz e bem-estar de que tanto precisa. A Aromaterapia pode ser utilizada como um complemento de outras técnicas.
Como se utiliza a Aromaterapia?

Os óleos essenciais obtidos a partir das plantas atuam no organismo através da aplicação na pele. Tanto podem ser aplicados em massagens ou no banho, como ser usados como perfumes e ambientadores.

As propriedades químicas destes óleos são absorvidas pela pele ou através do olfato e são levadas para o fluxo sanguíneo, que por sua vez se encarrega de as distribuir pelo corpo, promovendo uma sensação de bem-estar a todo o organismo.

Que óleos são mais adequados?

De uma forma geral, alguns dos principais óleos utilizados pela Aromaterapia, e respectivas características terapêuticas, são os que aqui apresento.

O Alecrim fortifica o cérebro e desta forma ajuda a resolver problemas de concentração. É muito benéfico para estimular a criatividade e ajuda no bom desempenho profissional, pois também é estimulante. Quando é utilizado em massagens promove o relaxamento muscular. Não deve ser usado durante a gravidez sem consultar um técnico especializado.

A Camomila tem propriedades calmantes e facilita a expressão de sentimentos. Pode ser utilizada para ajudar no tratamento de problemas emocionais, e também em tratamentos dermatológicos.

O Eucalipto promove a circulação sanguínea, descongestiona as artérias e é óptimo para ajudar no tratamento de problemas respiratórios. A nível psíquico ajuda a afastar a tristeza e os sentimentos de solidão.

A Flor de Laranjeira transmite alegria de viver. Ajuda a ter um sono tranquilo e a melhorar o descanso, sendo eficaz no tratamento de insónias. Também é benéfica para ajudar a resolver situações de depressão ou stress.

A Lavanda é excelente para superar problemas emocionais, pois transmite equilíbrio, paz e tranquilidade. Torna o pensamento mais claro, ajuda a melhorar a concentração e a memória. Fortalece o organismo, criando-lhe mais defesas.

O Jasmim é o óleo indicado para ajudar a melhorar a vida amorosa, pois desenvolve o romantismo e a sensualidade. Facilita o equilíbrio entre os chacras, contribuindo para uma maior sensação de bem-estar.

O Gengibre tem propriedades estimulantes, transmite alegria e fomenta a criatividade. Desenvolve o amor-próprio e a valorização pessoal, ajuda a pessoa a adquirir confiança em si própria. A nível físico, ajuda no tratamento de problemas do foro respiratório. Facilita a digestão e ajuda a reduzir o cansaço.

A Rosa desenvolve a vida emocional, pois desbloqueia as emoções. Fomenta o amor e desperta o romantismo, atraindo a beleza e a criatividade. Ajuda a tratar problemas no aparelho reprodutivo e facilita a circulação do sangue.

O Sândalo favorece a concentração e ajuda a desenvolver a força interior. Promove uma sensação de tranquilidade e conforto, reduzindo o medo e a ansiedade. É um afrodisíaco bastante eficaz, especialmente para os homens.

As qualidades da terapia acima referida não dispensam as indicações do seu médico.

Fonte: www.mulher.sapo.pt

Aromaterapia

História da Aromaterapia

Desde a antiguidade, a aromaterapia e os óleos essenciais são utilizados pelo seu efeito benéfico tanto para o corpo como para o espírito. O uso dos óleos essenciais e da aromaterapia estava presente em todos os continentes, tendo sido utilizado na vida diária e nos rituais de múltiplas culturas no passado.papiroO seu uso permitiu a disposição de antisépticos naturais, combater epidemias, limpar aposentos, atenuar dores, combater doenças, cuidar da higiene corporal e facial, melhorar as relações sociais, etc. Já em 5.000 a.C., as pessoas que viviam no Paquistão usavam a aromaterapia nos banhos públicos.

Aromaterapia

Os egípcios nos seus Papiros Ebers, com mais de 900 remédios, descrevem os óleos essenciais como “uns elementos mais caros do que o ouro e a prata”, utilizavam extratos e óleos como antisépticos no processo de mumificação. Tanto foi assim que em 1922 quando foi aberto o túmulo de Tutankamon ainda perdurava a fragância de flores e madeiras aromática, as quais haviam sido depositadas há mais de 3.000 anos atrás.

Na preparação de alguns dos seus perfumes, os egípcios utilizavam uma vasilha de barro tapada com um trapo de linho, cheia de água e de substâncias aromáticas, que aqueciam até que os vapores impregnassem o tecido, e ficasse saturado de essência.

Aromaterapia

Recentes escavações arqueológicas confirmaram o fato, de que os romanos utilizavam também vasilhas especiais de barro para realizar extracções aromáticas. Sabe-se que o Império lavava a roupa com Lavanda/ Alfazema (daí o nome desta planta aromática e medicinal). A medicina romana, hebraica e grega incluiu num lugar destacado as terapias com óleos essenciais, assim como a utilização dos preparados de higiene diária (massagens, banhos, antisépticos ambientais…).

O método de extracção era já praticado pelos povos indígenas da América e usado para curar ou prevenir doenças e em rituais espirituais usado como tónico psicológico e em cerimónias como o Temascal (famosa Sauna das Anciãs Pedras).Avicena

Aromaterapia

Costuma-se atribuir ao médico persa Avicena, responsável pelo hospital de Bagdade, a descoberta do método de destilação dos óleos essenciais das plantas, e dos manuscritos árabes dos séculos X e XI que contém desenhos de aparelhos destiladores de óleos essenciais, cujos princípios básicos não mudaram até hoje.

Mas a invenção do alambique atribui-se ao catalão “Arnould de Villanueve”, que na idade média descreve perfeitamente um aparelho para destilar, o alambique (que em Árabe significa: copo).

Uma prova de que os óleos essenciais contêm importantes propriedades antisépticas é a aparente imunidade de muitos perfumistas da Idade Média, durante as epidemias de peste e cólera que assolaram a Europa.

Durante os séculos XVI e XVII mais de 100 óleos essenciais foram utilizados para investigar fórmulas de medicina tradicional.

A Aromaterapia Moderna

A aromaterapia moderna nasceu na França, por acidente. Um químico francês René Gattefosse queimou a mão no seu laboratório, lembrou-se que a lavandula curava queimaduras e submergiu a mão em lavandula pura. Curou-se tão rapidamente que começou as suas investigações para estabelecer como os óleos essenciais penetram pelo nariz e pela pele, e atuam sob o sistema nervoso. Depois de ver os assombrosos resultados dedicou-se a investigar as propriedades químicas dos óleos essenciais e registar seu uso para tratar queimaduras, infecções da pele e bolhas nos soldados durante a 1ª Guerra Mundial.

Trabalhando com óleos essenciais René Gattefosse constatou que continham ensaiopoderosas propriedades antisépticas e curativas, e demonstrou que a pele pode absorver substâncias oleosas, sempre quando a sua estrutura molecular seja suficientemente pequena, como é o caso dos óleos essencias. Em 1928 publicou o seu livro de Aromaterapia divulgando os estudos realizados e afirmando que ao inalar certos aromas é possível aliviar estados de ansiedade e depressão. Vários científicos franceses prosseguiram a sua tarefa, entre eles o Dr. Jean Valnet, presidente da Sociedade Francesa de Fitoterapia e Aromaterapia e antigo cirurgião do exército, que utilizou óleos essenciais para tratar queimaduras graves e feridas de guerra.

Marguerite Maury pioneira da Aromaterapia Holística, desenvolveu uma massagem especial a aplicar óleos essenciais e introduziu o conceito de prescriçãoaromaterapia individual.

Aromaterapia

Na atualidade, a Aromaterapia e o uso de óleos essenciais têm ressurgido com força, ao ficarem demonstradas as suas virtudes e pelo fato da sociedade tomar consciência da importância do uso de terapias e substâncias naturais, que nos trazem harmonia, equilíbrio e benefícios para a nossa saúde física e psicológica.

Fonte: www.sounatural.com

Aromaterapia

O que é?

Aromaterapia

Aromaterapia é uma palavra que foi criada em 1920 por René-Maurice Gattefosse, Ph.D., que era um químico francês especialista na área de cosmética.

Enquanto trabalhava em seu laboratório, ele sofreu um acidente que resultou em uma queimadura de terceiro grau em sua mão e antebraço. Ele mergulhou seu braço em uma tina contendo óleo de lavanda, crendo que era água. Para sua surpresa, a dor da queimadura rapidamente diminuiu e durante um curto espaço de tempo, com o contínuo emprego do óleo de lavanda, a queimadura cicatrizou completamente sem a presença de qualquer tipo de cicatriz.

Como químico, Gattefosse analizou o óleo essencial de lavanda e descobriu que ele continha uma série de substâncias químicas de extraordinárias propriedades terapêuticas. Assim, com este resultado ele dedicou-se profundamente ao estudo do poder curativo dos óleos essenciais.

Posteriormene, baseado nas pesquisas de Gattefossé, um médico francês, o Dr. Jean Valnet, teria desenvolvido o primeiro sistema de terapia através dos óleos essenciais. Durante a segunda guerra mundial, onde serviu como médico na frente armada francesa nas muralhas da China, tratando das vítimas, o Dr. Valnet ficou sem antibióticos, então resolveu tentar fazer uso dos óleos essenciais. Para seu espanto, eles possuíam um poderoso efeito em reduzir e parar com os processos infeciosos, estando assim, o Dr. Valnet, possibilitado de salvar muitos soldados que de outro modo morreriam sem os antibióticos.

Foi devido ao nascimento de uma nova forma de terapia, que não possuía ainda uma denominação clara e que fazia uso dos “aromas” presentes nos óleos essenciais para tratar corpo e mente, que Gattefosse criou o termo aromaterapia, que se espalhou por todo o mundo. Inclusive gatefosse foi quem escreveu o primeiro livro sobre o assunto que recebeu o mesmo nome.

Aromaterapia

Atualmente a aromaterapia é uma forma de tratamento reconhecida em diferentes países e pela Organização Mundial da Saúde. Se quiser saber mais a respeito visite nossa página sobre a aromaterapia na atualidade e na história.

História da Aromaterapia

Aromaterapia

Não podemos datar com exatidão a primeira extração por destilação do que chamamos de “óleos essenciais”. O objetivo das primeiras destilações feitas teria sido inclusive de extrair-se álcool do vinho, o chamado “espírito” presente no mel fermentado.

Provavelmente isto data do período posterior ao dilúvio, de acordo com as escrituras hebraicas. Há alguns milhares de anos, ervas aromáticas, bálsamos e resinas eram empregados para embalsamar cadáveres, em cerimônias religiosas ou sacrifícios e nenhum documento que permaneceu, fala com exatidão do uso de óleos essenciais isolados.

Aromaterapia

Os mais antigos relatos sobre o uso de produtos naturais estão presentes nos livros em sânscrito dos Ayurvedas (há mais de 2.000 A.C.). A partir disto nós podemos concluir que os hindus conheciam a fermentação, rudimentares aparatos de destilação e os produtos destilados, no caso óleos essenciais, resultantes deste processo. Cálamo e capins do gênero andropogon (capim limão, cidreira, citronela, vetiver, etc), espicanardo, mirra, etc, em meio a mais de 700 substâncias aromáticas são citados. Eles eram provavelmente extratos alcoólicos (não óleos essenciais puros) e não eram empregados simplesmente como perfumes, mas possuíam usos, segundo o Rig Veda, tanto em cerimônias religiosas, quanto num sentido terapêutico.

Dioscorides Pedanius, antigo médico grego, no primeiro século durante o reinado de Nero, escreveu um trabalho sobre “matéria médica”, que foi reproduzido posteriormente pelos árabes. Ele havia pesquisado as origens da invenção da destilação depois que notou as possibilidades médicas das águas destiladas (hidrossóis). Concluiu que o Egito teria sido o berço da arte da destilação, apesar de existirem poucas referências atuais disso. Os antigos persas e egípcios isolaram vários perfumes e conheciam os óleos essenciais de terebintina (madeira de pinheiro) e resina de mastique, sem dúvida o primeiro óleo essencial, obtido a partir da destilação a seco. Referências em manuscritos datados de 2000 A.C. falam de “finos óleos, perfumes e os incensos de templos usados para a adoração de Deus”. Eles queimavam olíbano ao nascer do sol oferecendo ao Deus sol, Rá, e mirra que era oferecido à lua. Vasos de alabastro encontrados em antigas tumbas dos faraós continham óleos essenciais e datavam de mais de 6.000 atrás. Os egípcios empregaram gomas e óleos no processo de embalsamento de cadáveres, eram peritos na área de cosmetologia e reconhecidos por seus preparados de ervas.

Muitas evidências mostram que os chineses também teriam utilizado ervas e compostos aromáticos durante o mesmo período que os egípcios. O livro de ervas de Shen Nung é o mais antigo livro médico chinês que data de 2.700 A.C e que dá estas referências. Também o livro de medicina interna do antigo Imperador Amarelo, da China, fala sobre o uso de remédios aromáticos como o opium e o gengibre, muitos destes empregados não só terapêuticamente, mas inclusive em cerimônias religiosas como o Li-ki e Tcheou-Li.

Os romanos, grandes conhecedores dos perfumes, conheciam os óleos aromáticos e teriam tomado muito deste seu conhecimento dos gregos. Dioscorides, Plínio e Galeno mencionam isso em seus escritos. O primeiro dos documentos escritos sobre a história da destilação vai até os escritos de Geber, no século IX, onde descrevia a destilação a seco e a hidrodestilação.

Durante as Cruzadas o conhecimento dos óleos aromáticos e perfumes difundiu-se para o leste e Arábia e um físico conhecido como Avicena que viveu de 980 D.C. a 1037 D.C. acabou sendo reconhecido por ter sido o primeiro a ter utilizado o processo da destilação para extrair o óleo de rosas, contudo levou-se muitos anos para que o método fosse aperfeiçoado adequadamente.

Nenhuma outra nação esteve tão bem treinada em alquimia, medicina e terapias naturais do que os árabes. Os doutores árabes e alquimistas inventaram a “serpentina” com o objetivo de refrigerar os produtos destilados. A primeira descrição autêntica a respeito de óleos essenciais foi feita detalhadamente por Arnold Villanova de Bachuone no século XIII onde relacionava terebintina e alecrim com a sálvia. Porém, as ervas eram inicialmente maceradas em “l’eau de vie” ou fermentadas em água (devido à presença de álcool) e a separação dos óleos essenciais não era feita ao fim do processo, obtendo-se assim somente águas aromáticas destiladas. No mesmo século muitos óleos essenciais como amêndoas amargas, arruda, canela, sândalo e rosa foram destilados, muitos pela primeira vez. Em fins dos séculos XV Jerome Brunschwing, doutor em Strasbourg, menciona o espicanardo, terebintina, madeira de junípero e alecrim. A intenção das destilações era de se obter a Quinta Essência tão almejada pelos alquimistas.

Mas todas estas destilações eram intensamente alcoólicas e eles não tinham nenhuma idéia sobre óleos essenciais verdadeiramente “puros”. Depois de um grande número de publicações a respeito da arte da destilação, nós tivemos que esperar até 1563 quando Giovanni Battista Della Porta escreveu “Liber de distillatione”, com o objetivo de especificar claramente os óleos carreadores, os óleos essenciais e os métodos de separar os óleos essenciais das aromáticas águas destiladas.

Foi somente durante os séculos XVI e XVII que os óleos essenciais receberam suas primeiras aplicações e sua introdução no comércio. A partir disso a aromaterapia cresceu rapidamente ao redor do mundo.

Aromaterapia

O termo em si, “aromaterapia” teria sido criado por um químico francês em 1928 e que se chamava Maurice René de Gattefossé. Gattefossé veio a ficar fascinado pelas possibilidades terapêuticas dos óleos essenciais a partir de uma experiência pessoal com o óleo de lavanda. Até então Gattefossé utilizava os óleos essenciais em seus produtos e criações com o objetivo de perfumá-los, mas sem nenhum fundamento terapêutico. Ocorreu que ao estar fazendo uma destilação em seu laboratório, houve um acidente onde o produto que era inflamável caiu em seus braços causando uma séria queimadura. Num ato sem pensar ele mergulhou seus braços numa tina de lavanda, que pensava ser de água e percebeu imediatamente que a sensação de dor logo passou. Em poucos dias o machucado havia sarado e no lugar da queimadura não ficou nenhuma cicatriz. Isto o levou a se interessar em pesquisar as possibilidades terapêuticas dos óleos essenciais. Ele também descobriu que muitos óleos essenciais são mais efetivos em sua totalidade do que seus ingredientes ativos isolados ou sintetizados. No início de 1904 Cuthbert Hall já havia demonstrado que o poder antiséptico do óleo de eucalipto globulus em sua forma natural era muito mais forte do que seu principal constituinte e princípio ativo isolado, o eucaliptol (= cineol).

Outro importante trabalho e que lançou no mercado a “terapia através dos óleos essenciais”, foi um livro escrito pelo Dr. Jean Valnet, que havia estudado as pesquisas de Gattefossé e iniciado então suas experiências com os óleos essenciais.

Aromaterapia

Durante a Segunda Guerra Mundial, O Dr. Valnet serviu como médico na Frente Armada Francesa nas muralhas da China. Ao tratar das vítimas, teria ele ficado sem antibióticos, o que o levou a tentar fazer uso dos óleos essenciais. Para seu espanto, eles possuíam um poderoso efeito em reduzir e parar com os processos infecciosos, estando assim, o Dr. Valnet, possibilitado de salvar muitos soldados que de outro modo morreriam sem os antibióticos. Também teria ele empregado os óleos essenciais como parte de um programa através do qual tratou com sucesso desordens médicas e psiquiátricas e estes resultados foram publicados em 1964 no livro “aromatherapie”.

O Dr. Valnet teve dois estudantes que estiveram trabalhando junto a ele e que ficaram responsáveis, após sua morte, pela divulgação de seu trabalho: Dr. Paul Belaiche e Dr. Jean Claude Lapraz. Eles descobriram que os óleos essenciais contêm propriedades antivirais, antibacterianas, antifúngicas e antissépticas, sendo também poderosos oxigenadores com a habilidades de agir como agente de transporte na entrega de nutrientes nas células do corpo.

Outra personalidade de destaque durante o período foi Margaret Maury (1895-1968), bioquímica que estudou o trabalho de Valnet e foi a pioneira em introduzir a visão holística dentro da aromaterapia, criando assim um método de aplicação dos óleos pela massagem e de acordo com as características temperamentais e de personalidade de seus clientes. O trabalho combinado de Margaret Maury e Jean Valnet criaram a aromaterapia hoje empregada em todo o mundo.

Também ao longo do tempo, junto ao crescente interesse pela área, cresceu também a indústria de sintéticos (essências) que domina hoje o mercado no mundo todo. Ao mesmo tempo que contribuiu para uma maior divulgação da aromaterapia (através de um intenso marketing), também prejudicou e degradou a utilização e uso terapêutico dos óleos essenciais. Isso porque produtos sintéticos não podem ser comparados a produtos naturais em seus efeitos terapêuticos, o que conforme falamos anteriormente foi observado por Gattefossé e Cuthbert Hall.

Aromaterapia

O uso da Aromaterapia na atualidade

Aromaterapia

Atualmente a aromaterapia é uma técnica reconhecida e empregada em muitos países do Primeiro Mundo como um método extremamente eficaz de tratamento. Contamos na Inglaterra por exemplo com um Conselho de Aromaterapia, assim como no Brasil contamos com um Conselho de Farmácia, de Medicina, etc. Podemos dizer, com quase toda certeza, que em se tratando de conhecimento e avanço na área, a Inglaterra e a França são os países que mais se destacam, com um trabalho sério e de qualidade. Na Inglaterra não é permitido a qualquer um trabalhar dentro da área, assim como comercializar óleos, sem o devido controle dos órgãos responsáveis, o que aqui no Brasil se apresenta justamente de maneira contrária, onde a cada dia nascem mais e mais empresas comercializando produtos sintéticos ou adulterados, que são vendidos às pessoas que os utilizam crendo em seus efeitos medicinais que, muito pelo contrário, podem até fazer-lhes mal.

Sabemos inclusive que há na França Faculdades que possuem a matéria “aromaterapia” como opcional no curso de Medicina, podendo os médicos em curso optar ou não por fazê-la, para aplicar a seus pacientes. Em tal curso toca-se inclusive não só sobre a questão do uso oral e externo, mas também sobre o uso intravenoso, o que somente deve ficar por conta dos médicos.

Quanto à produção mundial de óleos essenciais, destacam-se na Europa a Bulgária, França e Itália e no Oriente países como a China e a Índia. Entre aqueles que produzem óleos exóticos podemos destacar Madagascar e Ilhas Comores, produtoras do famoso ylang ylang e da ainda desconhecida, por muitos, Ravensara. Também poderíamos destacar o Egito e o Marrocos por seus óleos de gerânio, rosa e alecrim e a Austrália pelo importante tea tree. Já na América do Sul, o Brasil seguido depois pelo Chile, Paraguai, Argentina e, por último, o Peru seriam os mais importantes produtores. Na América, o Brasil pode ser considerado como o maior produtor de óleos e, em nível mundial, como o maior produtor de cítricos, principalmente a laranja e a tangerina.

Em nosso país contamos atualmente com a produção dos seguintes óleos essenciais: Pau rosa (praticamente toda a produção mundial advém do Brasil), laranja, tangerina, bergamota, lima, limão siciliano e tahiti, copaíba, cravo da índia, eucalipto glóbulo e citriodora, hortelã pimenta, palmarosa, capim cidreira, citronela, cabreuva, petitgrain, entre os carreadores como girassol, castanha do pará, andiroba, etc.

Aromaterapia

Dentro da história da aromaterapia, podemos dizer que foi somente a partir da década de sessenta que o uso dos óleos se difundiu profundamente por todo o mundo. Antes desta data, teria sido Gatefossé, quem inclusive criou o termo, que teria dado uma maior atenção a seu uso. Com o advento da Segunda Grande Guerra e o desenvolvimento da indústria farmacêutica, a terapia através de óleos essenciais e a fitoterapia foram meio que deixadas de lado, pois estavam no auge os antibióticos e as sulfas. Mas, na atualidade, com a perda dos efeitos curativos dos diferentes medicamentos (que antes eram úteis no tratamento das doenças e hoje em dia têm que ser substituídos por outros cada vez mais fortes, pois as bactérias e vírus já criaram imunidade a eles), a terapia através de óleos essenciais e a fitoterapia têm recebido atenção especial, pois como acontece com os óleos essenciais, e as pesquisas comprovam isso, as bactérias e vírus não criam imunidade e resistência a eles, podendo muitos serem usados em substituição aos antibióticos atuais, sem que se tenha presente alguns de seus efeitos colaterais.
Os óleos agem nas bactérias de duas formas:

1 – Os óleos possuem uma frequência energética alta, o que impede a proliferação da maior parte das bactérias, vírus e fungos, que não vivem em ambientes e locais de alta frequência energética. Por este motivo todos os óleos essenciais irão possuir propriedades antissépticas, uns em maior quantidade outros em menor.

2 – Muitos óleos atuam inibindo reações enzimáticas em bactérias e a atividade de vírus, como acontece com o eucalipto citriodora, que ao atravessar a parede de lipídeos, que constitui parte do citoplasma de muitas bactérias, atua desregulando todo o processo de mitose (divisão celular) das mesmas e processos metabólicos, o que acaba levando-as à morte. Alguns antibióticos, por serem insolúveis em lipídeos (gordura), não atravessam esta camada que algumas bactérias possuem, de nada valendo em seu combate. Por outro lado, todos os óleos essenciais possuem uma boa dissolução em lipídeos, o que facilita sua ação.

Atualmente, devido à sua grande diversidade de uso, podemos dividir a aromaterapia em duas grandes áreas:

Fisiológica, com o uso de massagens, reflexologia, banhos, compressas, inalação, sua ingestão e como técnica de beleza aliada ao uso de cosméticos e outros produtos.

Psicológica, conhecida como psicoaromaterapia, tem o objetivo de harmonizar e curar o ser humano em nível de sua alma, através do uso dos aromas com os seus efeitos psicológicos emocionais e mentais relacionados sobre a consciência do ser humano.

A última delas, um de seus usos mais recente tem se dado na área da perfumaria, em que muitos perfumistas famosos a usam na criação de suas obras, pois notaremos perfumes com atributos bem específicos, que atuam melhorando a auto-estima das pessoas, dando-lhes a sensação de liberdade, sensualidade, poder e autoconfiança.

Seja como for, com o crescente interesse das pessoas na área e o aumento gradativo de profissionais atuando de forma mais consciente no meio, este receba um maior impulso dentro da Brasil, conseguindo com isso levar ao público o conhecimento dos excelentes empregos terapêuticos da aromaterapia.

Fonte: www.aromalandia1.hpg.ig.com.br

Aromaterapia

Óleos essenciais e suas aplicações na aromaterapia

Os óleos essenciais são extraídos através do processo de cozimento das folhas, caules, talos, pétalas, cascas, galhadas e até mesmo dos troncos de numerosas plantas ou árvores. AROMATERAPIA, derivada da fitoterapia, faz uso desses óleos essenciais com o objetivo de auxiliar (ou complementar) o tratamento de problemas físicos ou espirituais no ser humano. De acordo com especialistas, trata-se de uma prática milenar e extremamente eficaz, pois são as substâncias terapêuticas dos óleos essenciais que, através da inalação, provocam mudanças imediatas no cérebro e que automaticamente contribuem para a melhora do paciente.

Abaixo alguns exemplos de óleos com suas propriedades e indicações:

Alecrim

Indicações: Calmante, cicatrizante, digestivo, estimulante, hepático.
Curiosidades: Os povos antigos acreditavam que o alecrim afastava a inveja, por isso era usado na forma de banhos ou amuletos de proteção. Também se acreditava que nos jardins onde o alecrim crescia vistoso, os moradores da casa eram pessoas justas.
Propriedades: Adstringente, antidepressiva, analgésica.

Alfazema

Indicações: Asma, bronquite, catarro, cistite, lesões, leucorréia, doenças infecciosas, enxaqueca, gripe, infecções da garganta, problemas digestivos.
Curiosidades: Os povos antigos usavam a alfazema como repelente contra pulgas, piolhos e percevejos. A planta também era utilizada para purificar as casas de energias negativas.
Propriedades: Analgésica, antidepressiva, refrescante, relaxante, cicatrizante.

Almíscar

Indicações: Afrodisíaco

Benjoim

Indicações: Sucesso

Bergamota

Indicações: Auto-confiança

Camomila

Indicações: Alergia, anemia, dor de cabeça.
Propriedades: Analgésico, antialérgico, antiinflamatório, sedativo, calmante

Canela

Indicações: Artrite, cistite, colesterol. Por ser purificante, atrai bons fluidos.
Propriedades: Analgésica, diurética e purificante.

Cravo

Indicações: Doenças infecciosas, fortalecimento da memória, afrodisíaca.

Cedro

Indicações: Asma, bronquite, catarro, relaxante das dores musculares, queda de cabelo.
Curiosidades: Para os egípcios, o cedro era símbolo de piedade, perdão e misericórdia. O óleo de cedro era injetado nos mortos para que fossem mumificados e a alma fosse libertada.
Propriedades: Expectorante, estimulante e fungicida.

Erva-doce

Indicações: Cálculo renal, flatulência, obesidade e problemas digestivos.
Curiosidades: Na Roma antiga, acreditava-se que a erva-doce ajudava a obter uma boa visão e combatia a obesidade. Já na Idade Média, era atribuído à planta o poder de expulsar os maus espíritos e as bruxas.
Propriedades: Antiespasmódica, diurética, laxante e tônica.

Eucalipto

Indicação: Purificador. Alívio das inflamações, bronquite, ciática, gripe, nevralgias, reumatismo, rinite, sinusite e tosse.
Propriedades: Adstringente, analgésica, antiinflamatória, desodorante.

Flor-de-Laranjeira

Indicações: Afrodisíaca, antidepressiva, desodorante, sedativa e tônica.
Propriedades: Afrodisíaca, antidepressiva, sedativa e tônica.

Gerânio

Indicações: Cálculo renal, depressão, dor de garganta, tensão nervosa e viroses.
Curiosidades: O gerânio era plantado nas janelas das casas da Europa para espantar os maus espíritos e trazer bons fluídos para os bebês.
Propriedades: Antidiabética, cicatrizante, refrescante e relaxante.

Hissopo

Indicações: Ajuda a digestão lenta, bronquite, catarro, dermatite, eczema, perda de apetite, problemas respiratórios e tosse.
Propriedades: Adstringente, cicatrizante, descongestionante, digestiva e emoliente.

Hortelã

Indicações: Asma, bronquite, gripe, laringite e resfriados. O óleo essencial de hortelã é expectorante, útil em distúrbios respiratórios. Bom para tosse seca, congestão nasal e ameniza a dor de cabeça.
Propriedades: Analgésica, antiespasmódica, estomacal, vermífuga e hepática.

Jasmim

Indicações: Ansiedade, apatia, depressão, falta de confiança, frigidez, letargia, tosse e pele seca.
Propriedades: Afrodisíaca, estimulante e antidepressiva.
Curiosidades: Para os hindus o jasmim simboliza o Deus do amor, Kama. Na China é utilizado para festejar o Ano Novo e para purificar o ambiente, em especial onde se encontram pessoas doentes.

Lavanda

Propriedades: Relaxante e antidepressivo. É também considerado um bom revitalizante matinal.

Manjericão

Indicação: Atonia gástrica, depressão, estafa, fadiga mental, insônia e problemas digestivos.
Propriedades: Anima, antidepressiva, atua no sistema nervoso central.
Curiosidades: Na antiguidade, o manjericão era presenteado para que trouxesse a prosperidade. Na Itália, era considerado o símbolo do amor por causa das folhas terem formato de um coração. Na Grécia, era tida com símbolo de nobreza.

Macela

Propriedades: Calmante e traz sensação de tranquilidade.

Mirra

Indicação: Candidíase, flatulência, catarro, perda de apetite, úlcera da boca e hemorragias.
Propriedades: Antiinflamatória, expectorante, rejuvenecedora, sedativa e tônica.
Curiosidades: No antigo Egito, a mirra era utilizada como oferenda nos rituais de adoração ao Sol. Era considerada uma planta de luxo.

Patchulli

Indicação: Ansiedade, depressão, obesidade, retenção hídrica e problemas de pele tais como: dermatite, eczema e rachaduras.
Propriedades: Descongestionante, fungicida, regeneradora e estimulante em pequenas doses.

Pinho

Indicação: Para o tratamento das dores musculares, infecções urinárias, vias respiratórias e estimulante das vias circulatórias.
Propriedades: anti-séptica pulmonar, afrodisíaca, antidepressiva e tônica.

Rosa

Indicação: Choques emocionais, depressão, desgosto, frigidez, insônia e náusea.
Propriedades: Adstringente, afrodisíaca e antidepressiva.
Curiosidades: Os povos antigos sempre usaram as rosas como símbolo do silêncio e expressão do amro.

Sândalo

Indicação: Bolhas, cistite, descongestionante linfático, eczema seco, ferimentos, garganta irritada, inflamação, pele seca e tosse seca.
Propriedades: Afrodisíaca, antiespasmódica, diurética, relaxante e tônica.
Curiosidades: Para os hindus é uma árvore sagrada. O sândalo é planta parasita de outras árvores e bastante resistente ao ataque de insetos. Por isso que os hindus só constroem seus templos com essa madeira.

Verbena (erva-cidreira)

Indicação: Insônia, nervosismo, problemas digestivos e taquicardia.
Propriedades: Calmante e digestiva.

Vetver

Indicação: Estimula os glóbulos vermelho, oxigenando as células. Aumenta a circulação e a imunidade do corpo. Acalma as dores musculares.
Propriedades: Antiinflamatória, calmante e estimulante.

Ylang-Ylang

Indicações: Depressão, frigidez, impotência, redução de pressão e taquicardia.
Propriedades: Afrodisíaca, animadora, antidepressiva, calmante e eufórica.
Curiosidades: Muito usado nas Filipinas como enfeite para os cabelos para os cabelos das mulheres, pois acredita-se no seu grande poder de sedução.

Fonte: www.quinari.com.br

Aromaterapia

Combata o estresse com a aromaterapia

Amenize os sintomas do estresse por meio da aromaterapia e da utilização dos óleos essenciais.

Terapias alternativas

Quantas vezes você já não ouviu falar em estresse? Ele surge quando o organismo gasta excessivamente energia física ou mental gerando uma série de sintomas como irritabilidade, falta de concentração e de memória, cansaço físico ou taquicardia.

Todos precisam de um pouquinho dessa energia para conseguir lidar com situações difíceis ou desgastantes do cotidiano. “Determina-se estresse positivo aquele que utilizamos para essas experiências e que contribuem para nossa performance diária. Sem isso, não aguentaríamos os problemas do dia-a-dia” explica a aromaterapeuta e psicóloga Samia Maluf.

Porém, quando abusamos do nosso corpo e trabalhamos, estudamos ou nos exercitamos em demasia, surge o estresse negativo. O organismo responde, descarregando substâncias que tencionam os músculos, aceleram os batimentos cardíacos e a respiração. Esta reação acompanha a civilização desde os tempos antigos, quando nossos ancestrais se deparavam com os perigos da vida selvagem e precisavam se preparar para o ataque ou para a fuga.

Terapias alternativas

Alguns tratamentos para o estresse necessitam de acompanhamento médico e apresentam um custo elevado. Atualmente, para prevenir ou amenizar este problema, se têm dado grande valor às terapias alternativas que, sozinhas ou aliadas a outros procedimentos, contribuem para a qualidade de vida dos estressados. “A aromaterapia trata do equilíbrio físico, mental e espiritual. Os óleos essenciais, extraídos de folhas, frutos ou raízes, restauram as energias e desencadeiam a liberação de substâncias, como a serotonina ou a dopamina, que amenizam os efeitos do estresse” conta Samia.

Você pode compor sua própria sinergia, isto é, a mistura de 2 a 4 óleos essenciais que se potencializam, para acrescentar a aromatizadores de ambientes, na água da banheira ou na própria bucha durante o banho de chuveiro. Se preferir, coloque a sinergia no creme de sua preferência (sem cheiro) ou em óleo vegetal carreador, como o óleo de amêndoas ou de semente de uva, massageando todo o corpo. Confira a seguir algumas opções e escolha a que mais agradar ao seu olfato.

Opção 1

2 gotas de óleo essencial de Camomila Romana 
2 gotas de óleo essencial de Pau rosa 
2 gotas de óleo essencial de Lavanda

Opção 2

2 gotas de óleo essencial de Laranja 
1 gotas de óleo essencial de Gengibre 
2 gotas de óleo essencial de Manjerona

Opção 3

5 gotas de óleo essencial de Lavanda 
2 gotas de óleo essencial de Manjerona 
2 gotas de óleo essencial de Camomila Romana

Opção 4

5 gotas de óleo essencial de Manjerona 
5 gotas de óleo essencial de Lavanda 
2 gotas de óleo essencial de Ylang Ylang

Opção 5

4 gotas de óleo essencial de Lavanda 
2 gotas de óleo essencial de Palmarosa 
4 gotas de óleo essencial de Patchouli 
3 gotas de óleo essencial de Laranja

As quantidades valem para um banho ou para serem adicionadas a 30 ml de óleo vegetal ou creme. “Se você quer se ver livre do estresse evite, também, ambientes muito barulhentos, não ingira muito café, chá, comida enlatada e tente diminuir o consumo de cigarro, contribuindo para sua saúde física e mental” conclui Samia Maluf. Aliando o tratamento ao combate das causas do estresse sua vida se transformará, para muito melhor!

Fonte: www.clicfilhos.com.br

Aromaterapia

Terapias Alternativas

O uso dos óleos essenciais puros promove maior calma e relaxamento de pacientes e acompanhantes. Produtos também são usados na higienização do ar e de alguns equipamentos e utensílios

Os óleos essenciais puros já têm sua eficácia reconhecida em diversos segmentos da Beleza, Estética e Saúde. Como método complementar e alternativo de obter saúde e harmonia, os óleos essenciais devem sempre ser indicados por aromaterapeutas que os conheçam profundamente.

Samia Maluf, psicóloga e aromatóloga, observa que os óleos essenciais estão ganhando destaque junto a profissionais da Medicina tradicional. “Já existem hospitais, clínicas e consultórios médicos e dentários que utilizam a aromaterapia em benefício do paciente, de seu familiar e até dispõem dos óleos essenciais para higienizar ambientes e aparelhos e utensílios que não necessitam de autoclave, por exemplo”, comenta.

Os óleos essenciais, nestes ambientes, têm três funções:

Acalmar e harmonizar ambientes de sala de cirurgia ou consultório – Os óleos que acalmam, como Lavanda, Laranja e Palmarosa, por exemplo, são usados para que o paciente sinta-se melhor, principalmente quando há tensão ou medo do desconhecido.

Acalmar e harmonizar a sala de espera – Familiares que esperam por notícias de pessoas internadas, pais que aguardam o nascimento de seus bebês, pacientes que aguardam para serem atendidos, todos podem ser beneficiados com a aromaterapia.

Higienizar o ambiente e equipamentos / utensílios – O óleo de Tea Tree, conhecido como poderoso anti-séptico e bactericida, já é usado em aromatizadores, para livrar o ambiente de bactérias, e também em equipamentos e utensílios que dispensam o uso da autoclave. Alguns profissionais da Saúde usam este óleo ou a Água de Tea Tree para desinfetar as mãos.

Por que a Aromaterapia funciona?

A Aromaterapia não remete apenas a um cheiro gostoso no ambiente ou um perfume durante o banho. Trata-se, sim, de um verdadeiro e natural tratamento que serve para inúmeras situações. Os aromas agem nos centros cerebrais e provocam reações emocionais ou físicas, tratando o organismo de uma forma integral, considerando a mente e o corpo como um todo.

As aplicações desta terapia caminham desde o relaxamento e técnicas para amenizar o estresse até meios para estimular o organismo e combater problemas estéticos – como a pele ressecada ou maltratada. Suas principais ferramentas são os óleos essenciais, extraídos de flores, folhas, cascas, raízes, frutos e sementes das plantas, como das perfumadas flores do jasmim, de onde se retira um óleo antidepressivo e afrodisíaco ou ainda o óleo extraído da limette – mais conhecida como lima – que combate a fadiga mental, além de ser também utilizado em tratamentos para a celulite.

Para entender como os óleos funcionam, devemos imaginar o caminho pelo qual percorrem em nosso corpo. Quando se aspira, por exemplo, um desses produtos, sua fragrância é captada pelas narinas, onde sensores nervosos decodificarão esta informação, transportando para o cérebro que estimulará determinadas partes do organismo. Dessa forma, atuam por todo o corpo e, de quebra, nas emoções e sentimentos do indivíduo. Em tempos de estresse, correria e de falta de tempo para cuidarmos de nós mesmos, devemos separar alguns momentos e olhar para o nosso interior. Afinal, a beleza externa reflete, como bem sabemos, a saúde e harmonia interna.

Uma forma vantajosa de se aplicar a Aromaterapia na estética dá-se pela utilização destes óleos em forma de banhos ou massagens. Para conduzir os óleos essenciais e facilitar a sua absorção, existem os chamados óleos carreadores, que potencializam a aplicação graças à sua estrutura molecular. Quando estes produtos entram em contato com o corpo, nutrem a pele e entram na corrente sanguínea, que leva as informações ao cérebro. Trata-se, portanto, de um tratamento completo: o cliente se beneficia das essências tanto ao senti-las quanto ao recebê-las em sua pele.

Fonte:  www.bemstar.globo.com

Aromaterapia

Aromaterapia & Massagem

Aromaterapia

Um bom aroma pode fazer muito mais do que apenas perfumar. As essências – consideradas as forças vitais das plantas- normalmente são obtidas da flor, folha, sementes e cascas têm propriedades calmantes, tônicas, antibactericidas, adstringentes e mesmo afrodisíacas além de ajudar a minimizar os problemas de estresse e ajudar nos tratamentos estéticos.

Recentemente a indústria cosmética tem se valido muitos destes benefícios através da incorporação dos aromas em seus produtos. Por exigir uma quantidade muito grande de plantas -pare se ter uma idéia, são necessários quase 1 tonelada de pétalas para conseguirmos 1 litro de óleo de rosas – normalmente a essência é diluída em outro óleo vegetal que servirá como veículo, daí a importância de se utilizar um óleo de boa qualidade como veículo.

As essências, quando inaladas, atuam diretamente no sistema límbico, que é a área do cérebro responsável pela emoção, aprendizado e memória. A resposta virá pelo sistema nervoso, imune ou endócrino, podendo ocorrer sedação ou estimulação corporal. A inalação é útil no alívio dos sintomas de doenças respiratórias. Já a aplicação local das essências apresenta propriedades anti-sépticas, antifúngicas e antiinflamatórias.

Podemos destacar as seguintes formas da utilização da aromaterapia:

Massagem: Tem duplo efeito benéfico, combinando os efeitos terapêuticos da massagem -através do estímulo à circulação venosa e linfática e do alívio aos pontos de tensão- e os efeitos dos aromas que chegam ao cérebro através do olfato provocando sensações de prazer e fazendo com que seus efeitos relaxantes e estimulantes ajam sobre todo o corpo.

Cosmética: combina as essências com produtos contendo ingredientes naturais para pele, corpo e cabelo. Considera-se que as essências – por terem moléculas menores do que as dos óleos sintéticos e minerais- passam pela pele e chegam até a circulação sanguínea para, então, atuarem positivamente.

Olfativa: Através de incensos ou da inalação feita com difusores que dispersam o odor pelo ambiente.

Os principais cuidados são com relação ao risco de super-dosagem quando os óleos são ingeridos. Exemplo: Algumas pessoas, sabendo dos efeitos digestivos do óleo de menta colocam algumas gotas no chá. Uma dosagem maior – coisa que facilmente pode ocorrer – pode causar intoxicação, por isto sempre consulte um terapeuta neste assunto.

Outro cuidado importante não aplicar diretamente óleo de essência puro sobre a pele, o que pode causar possíveis reações alérgicas em algumas pessoas, daí a importância de diluir a essência.

Alguns aromas e suas indicações:

Essências oleosas, como a citronela, lavanda ou hortelã, são úteis também como repelentes de insetos. Você pode pingar algumas gotas dessas essências em chumaços de algodão e deixá-los perto de portas e janelas (cuidado para que não sejam ingeridos por pequenos animais domésticos). Importante: as essências oleosas são altamente concentradas. Você não deve aplicá-las sem diluição diretamente na pele porque podem provocar irritações. O óleo de amêndoa doce é ótimo veículo para diluições.

Lavanda – Além da aplicações descritas acima, tem ação cicatrizante e calmante, é analgésico e antidepressivo. Pode ser indicado para pessoas agitadas ou com enxaqueca, depressão, insônia, acne, queimaduras, lesões e picadas de insetos. É considerado um dos mais versáteis.

Ylang-ylang – Na aromaterapia, é aplicado com sucesso para combater stress, tensão nervosa, depressão, irritabilidade, frigidez e impotência.

Tea tree – Propriedades anti-sépticas, antifúngico, grande poder antiinfeccioso sendo indicado para afecções da pele em geral.

Rosa: Tem propriedades tônicas, adstringentes e depurativas. É indicado contra tensão nervosa, cuidados com a pele, especialmente as sensíveis e envelhecidas, sendo que neste caso a água de rosas também é ótima contra rugas e inflamações.

Fonte: www.massagem.net

Aromaterapia

A aromaterapia só foi reconhecida como tratamento em 1960, mas, desde os anos 20, já merecia estudos. Gotas de óleos essenciais, obtidos de vegetais, em sua maioria, e sempre diluidas, podem energizar ou acalmar. Você cheira e, em menos de um segundo, alguma coisa acontece no seu coração… É que os aromas dos óleos essenciais influenciam o centro de suas emoções, no cérebro.
Captados pelo olfato, acionam ondas geradoras de calma ou energia.

Os óleos essenciais, obtidos a partir de plantas, salvo raras exceções, devem ser usados sempre diluídos, pois são extremamente fortes. E com muita prudência por doentes graves, pessoas com pele muito sensível e mulheres grávidas. Entretanto, contra-indicações são raras e seu uso é bastante agradável. É necessário conservá-los longe do calor e ao abrigo da luz, uma caixa de madeira ou de papelão grosso. Mantenha-os longe das crianças. Sua durabilidade varia, os óleos cítricos, por exemplo, devem ser usados em seis meses. “Além dos efeitos sobre a pele, eles agem também pelo olfato. Os óleos essenciais, 100% naturais e concentrados, extraídos de vegetais, permitem reencontrar o bem- -estar e a harmonia do corpo e espírito.”

BASTA UMA GOTINHA

ÓLEOS ESSENCIAIS ORIGEM PROPRIEDADES
Bois de Rose Amazônia Acalma, reequilibra, é antiestressante, estimula a renovação celular
Geranium China Regenera a pele, descongestiona, ativa a microcirculação.
Lavande Fine Alpes suíços Acalma, induz ao sono
Lavandin Alpes Suiços Acalma, desinfeta
Genèvrier Balcãs Ativa a microcirculação, tonifica, atenua o efeito “pernas pesadas”
Menthe França Tonifica, dinamiza, refresca, desinfeta.
Pin Áustria Tônico e estimulante, dinamiza, refresca
Romarin França Tônico geral, antifadiga, anti-séptico e adstringente para pele oleosa.
Citronelli Vietnã Contra mosquitos
Basilic Vietnã Acalma, relaxa músculos, tonifica a pele
Mandarine Itália Acalma, relaxa
Orange África do Sul acalma, equilibra, tonifica pela oleosa
Pamplemousse Chipre Acalma, relaxa, refresca
Ylang-Ylang Ilhas Comores Acalma e relaxa no cuidado após o sol, anti-séptico
Cardamome Indonésia Antifadiga, proporciona bem-estar
Citron Itália Antiestresse, purifica, cicatriza
Cypres França Ativa a circulação, descongestiona a microcirculação
Eucalyptus Austrália Tônico para massagens, descongestiona e cicatriza
Myrte Marrocos Acalma, relaxa, descongestiona, tônico da pele

CUIDADOS

Nunca os use em sua forma pura. Para não irritar a pele, devem ser sempre misturados a uma base oleosa, como o óleo de amêndoas, por exemplo.

Nos três primeiros meses de gravidez, as gestantes devem evitar estes tipos de óleo: camomila, jasmim, cedro, basílico, manjerona, rosmarim e menta.

Em caso de dúvida, deve consultar seu médico ou informar-se com um aromaterapeuta.

Se você vai usar um óleo essencial pela primeira vez, teste-o para se certificar de que não provocará reação alérgica: misture uma gota dele a uma colher (café) de óleo de amêndoas e esfregue na dobra do cotovelo. Se a pele avermelhar em 24 horas, você é sensível ao produto. Não usá-los quando se expuser ao sol.

HORA DA MASSAGEM

Para massagens e banho, os óleos devem ser misturados com outros, de base; puros, eles são muito fortes para a pele. O de amêndoas é considerado o mais suave e tem menor possibilidade de irritar a epiderme. Numa massagem relaxante, para eliminar o estresse e a dor de cabeça de origem nervosa, use algumas gotas da receita a seguir, em massagem circular atrás das orelhas. Ingredientes: 3 colheres(sopa) de óleo de amêndoas, 1/2 colher (café) de óleo de germe de trigo, 10 gotas de óleo essencial de lavanda, 5 gotas de óleo essencial de camomila. Preparo: Ponha os componentes num vidrinho, tampe-os, agite-o e use a mistura. A porção é suficiente para uma massagem total de corpo. Guarde-a ao abrigo da luz e do calor.

PARA UMA MASSAGEM SENSUAL

Assim como alguns perfumes são mais sensuais que outros, existem óleos essenciais com a reputação de afrodisíacos. Entre os perfumes, rosa, jasmim, néroli e ylang-ylang encabeçam essa lista. Entre os óleos, o de rosa é o mais procurado. Uma receitinha: Ingredientes: 50g de óleo de amêndoas 1/2 colher (café) de óleo de germe de trigo 15 gotas de óleo essencial de rosa 5 gotas de óleo essencial de coriandro 2 gotas de óleo de cedro. Preparo: Coloque tudo num pequeno vidro, tampe, agite e utilize em massagens no corpo. A porção obtida dá para três massagens de corpo ou seis de ombros e pescoço. Guarde ao abrigo da luz e do calor.

BANHOS AROMÁTICOS

Prepare sua espuma de banho adicionando-lhe o óleo essencial preferido. Para melhor resultado, use como ingrediente de base um sabào líquido ou xampu transparente. Banho Estimulante… Ingredientes: 120 g de sabão líquido sem perfume 25 g de glicerina 35 gotas de óleo essencial de pamplemousse 15 gotas de óleo essencial de gengibre Preparo: Misture a glicerina e o sabão líquido. Em seguida, junte os óleos essenciais. Guarde em frasco plástico. Banho Relaxante: Depois de um dia de trabalho, nada melhor que um banho à base de lavanda. Elimina o cansaço e a dor de cabeça provocada por tensão. Ingredientes: 1 frasco de xampu transparente, sem perfume 3 colheres (sopa) de flores de lavanda secas, 5 gotas de óleo essencial de lavanda. Preparo: Coloque os componentes num vidro, tampe-o e agite-o. Deixe-o repousar por duas semanas em local quente, agitando-o de vez em quando. Coe o líquido e guarde-o em frasco plástico.

FRAGRÂNCIA NO AR

Além do uso terapêutico e cosmético, os óleos essenciais podem reanimar pots–pourris cansados ou, simplesmente, perfumar o ambientes. Junte algumas gotas de óleo escolhido na cera derretida de uma vela acesa. Ou use um aquecedor de essências, normalmente de cerâmica, onde algumas gotas de óleo misturadas a uma colher (sopa) de água permanecem num recipiente sobre a chama de uma vela. Existem também círculos próprios para serem colocados sobre lâmpadas, onde água e óleo permanecem aquecidos. Você pode manter um ambiente agradavelmente perfumado e, ao mesmo tempo, se beneficiar dos efeitos do aroma. Experimente: perfumada, a vida é outra coisa!

Fonte:  www.bethynha.com.br

Aromaterapia

Aromaterapia para toda a família

Saiba como melhorar a qualidade de vida de todos e fazer da casa um lar.

Os óleos essenciais têm o poder de alterar o humor e as emoções de quem os inala. Como bastam alguns minutos para que nosso cérebro reaja aos efeitos dos óleos, é possível, por exemplo, que uma pessoa triste se perceba rapidamente mais animada e que alguém agressivo se sinta mais calmo em pouco tempo.

Assim sendo, os óleos essenciais podem melhorar a qualidade de vida de todos e, se disponibilizados para um grupo de pessoas – como uma família – os efeitos podem ser sentidos coletivamente. Para passar bons momentos com seus familiares, indico, então, alguns óleos essenciais que podem melhorar o astral dos que lhe cercam e a energia de sua casa.

Antes de tudo, é preciso dizer que os óleos essenciais são muito concentrados, e não devem ser colocados em contato direto com a pele. Devem ser usados sempre bem diluídos e, de preferência, no ambiente (para usar no corpo, em cremes ou produtos, é mais indicado a orientação de algum profissional).Para utilizar a Aromaterapia em sua casa, basta ter um difusor de ambiente (seja difusor elétrico ou à base de velas), colocar no difusor água e o(s) óleo(s) escolhido(s).

Para a sala: o óleo essencial de laranja é ótimo para ambientes que recebem as pessoas, pois possui propriedades sedativas, acalmando os que chegam agitados da rua e tornando a sala um lugar aconchegante e reconfortante. Use em reuniões familiares, dias de festa ou, simplesmente, no final do dia.

Para a cozinha: o lugar preferido de muita gente merece um clima gostoso e amistoso, e o óleo de Grapefruit – que acaba com a preguiça e o mau humor- é uma boa pedida para quando estamos cozinhando ou conversando à mesa. Seu odor suave e cítrico não interfere nas refeições e é uma delícia.

Para o escritório: o óleo de limão é muito indicado para quando queremos trabalhar, ler e estudar, pois é um tonificante mental, aumenta nossa capacidade de concentração e combate o stress.

Para o banheiro: algumas culturas acreditam que o banheiro é um lugar negativo da casa, por ser onde transmutamos nossa energia (seja no banho, na frente do espelho e até mesmo quando utilizamos o vaso sanitário). Desta forma, o óleo de eucalipto é bastante indicado, já que, além de passar a impressão de pureza e limpeza, também trabalha nossos medos e alivia o cansaço mental.

Para os quartos: na hora de dormir, não há nada mais eficaz do que um óleo essencial que possua propriedades relaxantes, e esse é o caso da lavanda. Seja para o bebê (em baixíssima dose), para as crianças ou adultos, este óleo ajuda a ter uma boa noite de sono e tranquilidade. Se a noite for romântica, prefira o óleo de canela que é estimulante, afrodisíaco e ajuda o casal a “esquentar”. Ylang-ylang também é ótimo para os momentos a dois, aproveite!

Outras opções:

Na Aromaterapia é muito importante que a pessoa goste dos aromas que for usar, portanto, essas são outras opções caso você não goste dos odores dos óleos que citei anteriormente:

Para a sala: hortelã- pimenta.
Para a cozinha: alecrim.
Para o escritório: eucalipto.
Para o banheiro: cravo.
Para os quartos: palmarosa para dormir, gengibre para momentos especiais

Fonte: www.personare.com.br

Aromaterapia

Propriedades

É uma técnica milenar. Esta terapia utiliza o uso terapêutico do aroma natural das flores, frutas e outras partes das plantas. A aromaterapia utiliza a parte mais sutil da planta: sua essência que atua diretamente sobre a harmonia das três esferas do corpo humano: mental, físico e emocional.

Alecrim: Energético natural, revigorante, contra dores mulculares.

Amaraco: Calmante, balsâmico e antironco.

Baunilha: Estimulante, tonificante. Eleva o bem-estar.

Canela: Purificador de ambientes. Sintoniza bons fluídos financeiros.

Eucalipto: Expectorante (tosse/asma), inibidor do cheiro do tabaco.

Flor de Laranjeira (Azahar): Relaxante, tranquilizador do sono e calmante.

Hortelã-Pimenta (Hierbabuena): Descongestionante, tonificante e inibidor do cheiro do tabaco.

Jasmim: Relaxa a mente, equilibra emoções, produz sensação de otimismo e é anti-mofo.

Laranja: Harmonizador de ambiente contra cansaço e stress.

Lavanda/Alfazema: Purificador de ambientes, ótimo relaxante. Combate dores de cabeça.

Limão: Desinfetante e anti-séptico. Estimula a concentração.

Maçã (Manzana): Regula funções intestinais, melhora a atenção. Anti-traça.

Pinheiro (Pino): Vigorante, indicado para sinusite, bronquite e infecções em geral.

Rosa: Abranda as emoções, eleva o ânimo e estimula os prazeres sensuais.

Ylang-Top: Afrosisíaco. Estimula o apetite sexual e eleva a moral.

Fonte: www.eusouluz.iet.pro.br

Aromaterapia

E a utilização de óleos essenciais de plantas em tratamentos auxiliares para a mente, as emoções, o corpo e a casa.

A seguir segue-se a descrição das propriedades de alguns óleos essenciais:

ABSINTO

Uso – Estimulante geral para cansaço mental e físico.

ACAFRAO ( crocus sativus )

Uso – Tem propriedade Afrodisiacas.

ALECRIM ( Rosmarinus oficinalis)

Uso – Pressão baixa, Tosse, Exaustão, Vias respiratórias, Revigorante, Drenagem linfática, Memória, Antidepressivo, Descongestionante da face, traz conforto refrescante, relaxa ombros e pescoço. Combina com Basilicao, Lavanda, Menta, Lemongrass.

ALFAZEMA

Uso – Acalma e limpa o ambiente.

ALMISCAR

Uso – Fortalece a aura. Afrodisiaco

ANGÉLICA

Uso – Espiritualidade.

AMOR PERFEITO

Uso – Purifica ambientes, ajuda nos estudos, no amor, e elevação de vibrações.

ANIS (Pimpinela anisium)

Uso – Estimulante do sistema digestivo, age contra acidez estomacal, gases, diarreia, e colicas intestinais. Tambem usado como calmante, diuretico, cicatrizant, anti-inflamatorio e para aumentar o leite das mulheres que estao amamentando.

ARRUDA ( Ruta graveolens )

Uso – Estimula a menstruacao, alivia dores intestinais e reumaticas e anti-inflamatorio para os olhos. A Arruda nao é aconselhavel para mulheres gravidas, pois pode provocar aborto.

ALFAVACA ( ocimum gratissimum )

Uso – Tem propriedade tonicas, anti-septicas e digestivas.

BÁLSAMO

Uso – Acalma e equilibra a energia.

BÁLSAMO ROSA

Uso – Acalma e purifica os ambientes, ajuda nos estudos, amor e eleva as vibrações psiquicas.

BASILICAO (Ocimun basilicum)

Uso – Debilidade, Perda do olfato, calmante. Combina com Bergamota, Gerânio, Salvia, Lavanda, Lemongrass.

BENJOIM

Uso – Sucesso.

BERGAMOTA (Citrus bergamia)

Uso – Tensão, Stress, Ansiedade, Irritabilidade, Cria uma atmosfera alegre e descontraída. Combina com Junipero, Gerânio, Lavanda, Alecrim.

BOLDO (Vernonia condesata)

Uso – Desintoxicante do figado, diuretico, antidiarreico e estimulante do apetite.

CAMOMILA (Anthemis nobilis)

Uso – Calmante, Ansiedade, TPM, Medo, Dor de cabeça, reequilibrador emocional. Utilize–o sozinho.

CÂNFORA

Uso – Limpa ambientes carregados.

COCO

Uso – Estimula o bem-estar.

CONFREI ( symphytum officinale )

Uso – Cicatrizante e regenarador de tecidos, adstrigente e emoliente, age contra bronquite e tosse.

CANELA (Cinnamomum zeylanic)

Uso – Estimulante, Anti-séptico, Resfriados, Combate o cheiro de cigarro, Próprio para ambientes comerciais. Combina com Cravo, Eucalipto, Limão e Laranja.

CEDRO (Cedrus atlântica)

Uso – Ansiedade, Dispersão, Insegurança e Agitação. Traz proteção, Força e Segurança. Combina com Bergamota, Alecrim, Junipero e Sândalo.

CITRONELA

Uso – Repelente, Anti-séptico, Desodorante. Ideal para ser utilizado ao ar livre, como acampamentos, praias e pescarias. Combina com Limão, Lemongrass e Laranja.

CRAVO (Syzygium aromaticum)

Uso – Repelente, Anti-séptico, Anestésico, Resfriados. Combina com Bergamota, Lavanda e Lavanda.

DAMA DA NOITE

Uso – Paixão.

ERVA – CIDREIRA ( meissa offinalis )

Uso – Digestiva, calmante e relaxante.

ERVA-DOCE

Uso – Relaxante e revitalizante, ajuda em casos de impotencia e frigidez.

EUCALIPTO (Eucalyptus globulus)

Uso – Bronquite, Resfriados, Sinusite. Efeito descongestionante, muito favorável em estados gripais. Combina com Cedro, Limão, Lavanda, Tea tree e Menta.

FLOR DO CAMPO

Uso – Harmonização interior.

FLOR DE LARANJEIRA

Uso – Atrai prosperidade.

FLOR DE PITANGA

Uso – Amor.

FUNCHO (Foeniculum vulgare)

Uso – Sistema digestivo, Gases, Celulite. Aroma doce, auxilia no desbloqueio de emoções estagnadas. Combina com Gerânio e Lavanda.

GENGIBRE (Zinziber officinale)

Uso – Expectorante, Fadiga muscular, Resfriados, Má circulação, Sinusite. Inspira auto confiança. Combina com Cedro, Junipero, Palmarosa e Cítricos.

GERANIO (Juniperus communis)

Uso – Menopausa, Pânico, Depressão, Calmante não sedativo. Utilizada no combate a celulite. Combina com Bergamota, Lavanda, Cítricos, Palmarosa.

JASMIM

Uso – Afrodisíaco, atrai a paixão, melhora o humor, espiritualidade, elevação das vibrações psíquicas.

JUNIPERO (Juniperus communis)

Uso – Desintoxicante, Ressaca, Retenção de líquidos, Celulite. Promove otimismo e coragem. Combina com Cedro, gengibre, Cítricos, Lavanda e Alecrim.

KASHIMIR

Uso – Sensualidade.

LARANJA (Citrus auratium)

Uso – Otimismo, Energizante, Criatividade. Energiza e estimula os processos criativos. Combina com Cravo, Canela e Junipero.

LAVANDA (Lavandula auhustifolia)

Uso – Insonia, Tensão, Stress, Primeiros socorros, Desequilíbrio, Dores de cabeça. Libera e acalma sentimentos positivos. Combina com diversos aromas.

LAVANDIN (Lavandula abrialis)

Uso – Mesmas propriedades da Lavanda.

LEMONGRASS (Cymbopogon citratus)

Uso – Sedante suave, Analgésico, Repelente, combate a fadiga mental. Combina com Eucalipto, Lavanda, Menta, Alecrim e Gerânio.

LIMA

Uso – Ansiedade e Depressão. Utilize-a sozinha.

LIMÁO (Citrus limonum)

Uso – Refrescante, Energizante, Desodorante. Estimula as defesas do organismo. Combina com Ylang, Lavanda e Citronela.

LÍRIO

Uso – Harmonia, paz e equilíbrio.

LÓTUS

Uso – Ajuda nos estudos, elevação das vibrações.

MAÇÃ

Uso – Amizade.

MACELA

Uso – Facilita o sono

MADEIRA

Uso – Energia positiva, amor, elevação de vibrações.

MALVA ( malva silvestris )

Uso – Diuretica, emoliente, espectorante.

MANJERICAO ( ocimum basilicum )

Uso – É tonico e anti-septico.

MANJERONA ( majorana hortensis ou origem majorana)

Uso – É anti-séptico, estimula o apetite e facilita a digestao.

Mel

Uso – Energia positiva.

MENTA (Mentha piperita)

Uso – Com seu aroma refrescante, ajuda na respiração, é próprio para ser utilizado nos momentos de transição. Combina com Eucalipto, Limão, Lavanda e Alecrim.

MIRRA

Uso – Oferenda aos deuses, boa sorte, sucesso nos negócios, acalma, purifica ambientes, espiritualidade.

MUSK

Uso – Cria ambiente de sensualidade.

NOZ MOSCADA

Uso – Diminui a ansiedade.

ÓPIUM

Uso – Favorece a determinação, ajuda nos estudos, eleva o pensamento.

OREGANO ( origanum vulgare )

Uso – As flores sao emolientes.

ORQUÍDEA

Uso – Afrodisíaco.

PALMAROSA ( Cymbopogon martinii)

Uso – Stress, Sistema nervoso, Regenerativo celular. Estimula o otimismo. Combina com Bergamota, Cedro, Gerânio, Sândalo.

PAPOULA

Uso – Psíquico.

PATCHOLI (Pogostemon patcholi)

Uso – Concentração, Anti-depressivo, Estimulante. Evoca a liberdade e a sensualidade.

PÊSSEGO

Uso – Aumenta a vitalidade e a sensualidade.

PETITGRAIN (Citrus bigaradia)

Uso – Refrescante, Pele seca, Afrodisíaco sutil. Muito utilizado em banhos e massagens.

PINHO

Uso – Saúde.

ROSA

Uso – Espiritualidade, amor, conforto espiritual.

ROSA BRANCA

Uso – Purifica os sentimentos e acalma.

ROSA MUSGO

Uso – Rejuvenesce, embeleza e amacia a pele.

SÂNDALO (Santalum album)

Uso – Relaxante físico e mental, Meditação, Descongestionante, Bronquite, Afrodisíaco. Promove o entendimento e a compreensão. Combina com Bergamota, Cedro, Ylang-ylang, Palmarosa.

TEA TREE (Melaleuca alternifolia)

Uso – Imunoestimulante, Bactericida, Antiviral. Combina com Lavanda, Cravo, Eucalipto, Limão, Alecrim.

VERBENA

Uso – Sensualidade.

VETIVER

Uso – Afasta más influências.

VIOLETA

Uso – Espiritualidade.

YLANG-YLANG (Cananga odorata)

Uso – Afrodisíaco, Ansiedade, Pressão alta, Ejaculação precoce. Combina com Bergamota, Sálvia, Cedro, Limão e Sândalo.

COMO UTILIZAR OS ÓLEOS ESSENCIAIS

VAPORIZADOR

Utiliza-se o calor de vela ou lâmpada para vaporizar os óleos essenciais pelo ambiente.

MASSAGEM

É uma das principais formas de uso da aromaterapia, pois agrega o poder da massagem e a absorção do óleo pela pele. Utiliza-se diluído em óleo vegetal.

COMPRESSAS

Eficiente para aliviar dores e inchaços ou reduzir inflamações. Pode ser quente ou fria, Dependendo das necessidades.

SPRAY

Ideal em borrifamentos para desodorizar, desinfetar ou perfumar.

BANHOS

Adicionar algumas gotas a banheira para perfumar, relaxar e estimular.

ESCALDAS PES

Os escaldas pes sao muito uteis no tratamento de dores de cabeca, enxaqucas, dores nas pernas, resfriados e cansaco.

OS ÓLEOS VEGETAIS

ABACATE

Usado nos banhos, aumenta a maciez da pele.

GERME DE TRIGO

Rico em vitamina E, devolve a vitalidade da pele, fortalece os vasos sanguíneos.

SEMENTE DE UVA

Facilita a regeneração e a hidratação do tecido cutâneo, revitalizando-o.

AMENDOAS DOCES

Proporciona excelente maciez.

CALENDULA

Extraído de flores, e muito usado no tratamento de queimaduras e inflamações.

OLIVA

Tem ação regenerativa e emoliente.

COPAÍBA

Germicida, evita infeções na pele e no couro cabeludo.

GIRASSOL

Elevado poder nutritivo, emoliente e regenerador de tecidos.

ESSENCIAS AMBIENTAIS

Propiciam um ambiente agradável, provocando uma sensação de bem – estar. É uma boa maneira de dar boas vindas aos visitantes. São essências ambientais as de Rosas, Violeta, Jasmim, Baunilha, Pêssego, Maça, Colméia, etc.

Fonte: www.lendaviva.com.br

Aromaterapia

A medicina dos aromas

Vale a pena conhecer a abrangência da aromaterapia, um ramo da medicina natural que emprega óleos essenciais (OE) visando resolver os problemas do homem dentro de uma concepção holística. Um dos fatores que a diferenciam de outros tratamentos é sua forma de utilização, que além de terapêutica, pode ser facilmente incorporada ao dia-a-dia em banhos, massagens, cosméticos, aromatização ambiental, nos cuidados com as crianças e até mesmo com os animais de estimação. Os tratamentos com OE datam de aproximadamente 6.000 a.C. Egípcios e mesopotâmicos já os empregavam em medicamentos, cosméticos e rituais religiosos. Outras referências sobre essas substâncias aromáticas também podem ser encontradas em passagens da Bíblia.

Através dos tempos, seu uso nunca foi esquecido. Sabe-se que na Idade Média os europeus, convencidos de seu poder anti-séptico, usaram ostensivamente plantas odoríficas para combater a peste negra. No início deste século, a pesquisa científica sobre o uso dos óleos essenciais teve início por intermédio do químico francês René Maurice Gatterfossé, que teve seu trabalho motivado por uma experiência pessoal.

Ao utilizar OE de lavanda para tratar sérias queimaduras que sofrera numa das mãos, ele constatou seu grande potencial regenerador, lançando-se então a estudar as aplicações terapêuticas dos óleos. Mais tarde, ele criaria o termo “Aromaterapia”.

O trabalho de Gattefossé inspirou o médico Jean Valnet a utilizar OE no tratamento de combatentes feridos durante a 2ª Guerra Mundial, obtendo com eles excelentes resultados. A publicação, por Valnet, do Livro Aromathéraphie em 1964 marca o crescimento do interesse por esta “medicina dos aromas” na Europa. Hoje, os óleos essenciais podem ser encontrados na maioria das farmácias da Inglaterra e da França, países em que a aromaterapia representa uma opção de tratamento cada vez mais adotada por médicos, terapeutas e profissionais da área de saúde.

Óleos essenciais

Pode-se dizer que eles são a “alma” da planta. Constituídos de substâncias aromáticas, têm a função, entre outras, de protegê-la contra seus inimigos naturais ou elementos prejudiciais existentes em seu habitat (bactérias, fungos, pragas). Obtidos de resinas, raízes, caules, folhas, flores, frutos, cascas ou outras partes dos vegetais, são extremamente voláteis e apresentam composição química complexa. Apesar do nome, nem todos os óleos essenciais têm consistência gordurosa mas, sim aquosa.

Com vasta aplicação terapêutica, os OE podem atuar como: adstringentes, afrodisíacos, anafrodisíacos, analgésicos, anti-sépticos, anticonvulsivos, antidepressivos, antiespasmódicos, antiflogísticos, carminativos, cicatrizantes, citofiláticos, depurativos, digestivos, diuréticos, emenagogos, estimulantes, expectorantes, febrífugos, hipertensores, hipotensores, laxantes, tônicos, vasoconstritores, vermífugos.

Formas de utilização

Uso interno: Alguns OE podem ser ingeridos sob orientação médica. Uso externo: Por meio de massagens, inalação, banhos, compressas, máscaras faciais, loções, unguentos, banhos de assento, escalda-pés, aromatização de ambientes, na culinária e outros.

Importante

Antes do uso, os OE devem ser sempre diluídos em óleos vegetais ou cremes. As indicações sobre usos devem ser obtidas com especialista.

Aromatização ambiental

Utilize algumas gotas do seu óleo preferido em um aromatizador, nos ambientes onde você costuma estar, tanto em casa como no trabalho, isso lhe traz vários benefícios , inclusive eliminando agentes nocivos à saúde que ficam em suspensão no ar, no caso do uso de óleos anti-sépticos.

Massagens

Mistura 30 gotas de óleo essencial em 60 ml do óleo vegetal PHYTOTERÁPICA de sua preferência. Utilize em massagens corporais, como óleo pós banho e leve com você para usá-lo durante todo o dia nas mãos, e até com perfume.

Uso tópico

Os óleos de Tea Tree e Lavanda PHYTOTERÁPICA podem ser utilizados puros sobre a pele em caso de ferimentos, queimaduras e qualquer caso onde se precise de um anti-séptico, bactericida e cicatrizante. Leve com você no carro, na bolsa, e principalmente quando você estiver com crianças, eles podem ser muito úteis. A lavanda ainda pode servir de perfume em qualquer ocasião.

Inalação

O óleo essencial de Eucalipto Glóbulus PHYTOTERÁPICA pode ser utilizado inalações, usando-se um aparelho inalador. Na falta deste, improvise um recipiente com água quente, e coloque 1 ou 2 gotas de óleo. Você também pode pingar 1 gota em um lenço, ou na palma das mãos, esfregando uma contra a outra, levando-as até o nariz e inspirado profundamente. Isto ajudará a liberar as vias respirátórias.

No cabelo

Coloque 5 gotas de óleo essencial PHYTOTERÁPICA no seu shampoo preferido, e sinta a diferença. Banho: 5 gotas de óleos essencial PHYTOTERÁPICA misturado à água da banheira, ou uma gotinha na bucha na hora do banho.

Óleos Essenciais

Tangerina – citrus reticulata

Conhecido desde a antiguidade, o óleo de Tangerina ajuda a prevenir estrias, é adstringente, combate a oleosidade da pele, é germicida, analgésico e antiespasmódico. Tem efeito calmante para o intestino. É também tônico e estimulante do estômago e fígado. É chamado de “remédio das crianças” por ter efeito suave.

Patchouli – pogostemon patchouli

Muito cultivado na Indonésia, o Patchouli é destilado a partir de suas folhas. Seu aroma exótico lembra madeira seca. É famoso por suas propriedades afrodisíacas. Pode ser útil também no tratamento de pele oleosa, acneica e para atenuar cicatrizes. Ótimo fungicida, pode ser usado em picadas de inseto.

Limão Tahiti – citrus limonum

Extraído através da prensagem da casca da fruta madura. Tem aroma fresco e suave desta fruta. Altamente anti-séptico, tem efeito adstringente sobre a pele. Pode ser usado no tratamento de furúnculos, pele oleosa, herpes, picadas de insetos, problemas de fragilidade capilar, auxiliar no tratamento de problemas ligados à obesidade.

Lemongrass – cymbopogon citratus

Natural da Índia, é conhecido também como Capim-Limão e Capim-Cidreira. Tem o aroma forte do limão e de grama fresca. É poderosa bactericida e excelente auxiliar no tratamento de pele, acne e poros dilatados. Alivia enxaquecas. Ótimo se usado em escalda pés. É também bom repelente de insetos.

Lavanda – lavandula officinalis

Tem uma fragrância doce e familiar e é um dos óleos mais usados na aromaterapia. Ajuda a equilibrar o sistema nervoso, a aliviar dores de cabeça e a diminuir a insônia. Também é um excelente anti-séptico, cicatrizante e pode ser usado em queimaduras, feridas, picadas, dermatites e qualquer tipo de inflamação de pele.

Laranja – citrus aurantium linne

Extraído da casca da laranja doce, tem perfume suave e refrescante. Ele é indicado no tratamento de problemas digestivos, como calmante e como auxiliar no combate a insônia.

Hortelã Pimenta – mentha piperita

Destilado das folhas secas da planta. A Hortelã é conhecida por suas propriedades descongestionantes, estimulantes e refrescantes. É usado no tratamento de diversos problemas digestivos como: náusea, indigestão e gases. Alivia os sintomas da enxaqueca.

Gerânio – pelargonium graveolens

Produzido a partir das folhas, o Gerânio tem perfume delicioso. Usado nos tratamentos para celulite e tensão pré-menstrual. Seu óleo regula a produção dos óleos da pele. É levemente anti-séptico e suavizador cutâneo. Pode ser usado em cortes, escoriações e eczemas. Regula a produção de hormônios, aliviando os efeitos da menopausa.

Gengibre – zingiber officinale

Nativo da Ásia, o Gengibre é usado para aliviar dores reumáticas e baixar a febre. Por ser estimulante, o óleo é usado em banhos e massagens para aumentar a resistência a resfriados e gripes. Muito recomendado para distúrbios estomacais e digestivos. Alivia sintoma de flatulência e náusea.

Eucalipto – eucalyptus globulus

Há séculos é usado como óleo medicinal. Destilado de folhas da árvore, o Eucalipto é um óleo quente, e emana aroma semelhante à cânfora. É muito usado em inalações para aliviar os sintomas da gripe, sinusite e tosse com muco. É também um poderoso anti-séptico, podendo ser utilizado para eliminar germes aéreos.

Cravo – eugenia caryophyllata

Seu óleo é obtido a partir da destilação dos botões das flores. Possui fortes efeitos estimulantes e propriedades análgésicas (ex: dores de dente). É anti-séptico e pode ser aplicado em aromatizadores. Pode causar irritações de pele, portanto deve ser sempre diluído e usado com cuidado e moderação quando aplicado sobre a pele.

Citronela – cymbopogon nardus

Originário do Ceilão e sul da Índia, a Citronela é usada há séculos para tratar febre e doenças de pele. Grama perene, é utilizada também como ótimo repelente de insetos, seguro para saúde humana e animal. Pode ser usada também para desinfetar ambientes e como bactericida laboratorial.

Cipreste – cupressus sempervirens

É destilado das folhas e das pinhas. De aroma fresco este óleo é anti-séptico e antiespasmódico. Excelente adstringente, auxilia no tratamento de varizes, hemorróidas, sudorese excessiva, inclusive a dos pés, reduz cólicas menstruais e é tonificante do sistema nervoso.

Cedro – cedrus atlantica

Muito usado nos templos do Tibete, o Cedro tem perfume suave de madeira e bálsamo. Proporcionar longevidade, curar calvície e eczemas são alguns dos benefícios deste óleo, que também é eficaz no tratamento de caspa, seborréia, acne, psoriase e dermatites.

Canela – cinnamomum zeylanicum

Uma das especiarias mais antigas que se tem notícia. Destilado da casca interna e das folhas. Ele tem um aroma forte, doce, temperado, e deve ser bem diluído antes do uso, pois pode causar irritações. As poderosas popriedades da Canela podem ser úteis para tonificar o sistema circulatório, respiratório e digestivo.

Bergamota – citrus bergamia

De origem italiana, o óleo de Bergamota é extraído pela prensagem de sua casca. É usado há séculos, e é considerado valioso para diminuir a ansiedade, depressão e tensão. Tem propriedades anti-sépticas. Seu aroma doce é ingrediente clássico das águas de colônia. Pode ser usado em banho e massagens.

Alecrim – rosmarinus officinalis

Há muito é considerado planta sagrada. Cresce Naturalmente nos países mediterrâneos. É usado na culinária e como erva medicinal. O óleo é refrescante, estimulante, e indicado para a memória, concentração, e para aliviar dores de cabeça e musculares. Também é excelente tônico para o couro cabeludo e problemas como queda de cabelo e caspa.

Ylang Ylang – cananga odorata

Destilado das flores frescas da árvore. Ele tem um cheiro de flores exóticas e efeito relaxante sobre o sistema nervoso. É tradicionalmente usado como afrodisíaco e no tratamento de pressão alta.

Vetiver – vetiveria zizanioides

Natural da Índia, o óleo de Vetiver é extraído das raízes. Proporciona relaxamento profundo, reduz a tensão e refresca. Muito usado pelos sábios chineses para umedecer as juntas e articulações. Ótimo para artrite, artrose, dores musculares. Ativa a circulação e a imunidade do corpo.

Tea Tree – melaleuca alternifolia

Extraído das folhas da árvore. É um excelente germicida e fungicida, tendo inúmeras aplicações tais como: resfriados, gripes, herpes, pé de atleta, candidíase, verrugas e qualquer tipo de infecção cutânea.

Óleos Vegetais

Amêndoa Doce – prunus amygdalus dulcis

Rico em proteínas de ácido oléico, excelente hidratante e emoliente, proporciona extraordinária maciez à pele seca protegendo os tecidos. É um excelente auxiliar no tratamento anti rugas, como óleo pós sol atuando como revitalizante, devolvendo a elasticidade da pele. Indicado também para peles sensíveis e delicadas de recém nascidos e idosos, devido à alta concentração de vitaminas A, B1, B2 e B6. É muito utilizado na prevenção de estrias em grávidas, podendo ser utilizado na hidratação diária da pele. É um dos óleos mais conhecidos e utilizados em todo mundo.

Dica de utilização: Adicione 10 gotas de óleo essencial de Ylang Ylang + 10 de Limão Tahiti Phytoterápica e utilize como óleo pós banho.

Germe de Trigo – triticum vulgare

Rico em vitamina E, com propriedades antioxidantes, é um grande aliado no combate aos efeitos nocivos dos radicais livres na pele, retardando o envelhecimento e devolvendo a vitalidade. É altamente nutritivo, sendo indicado para peles com problemas tais como: eczemas, rachaduras, psoríase etc. Fortalece os vasos sanguineos evitando a ocorrência de varizes. Tem efeito equilibrante sobre o sistema reprodutivo feminino; nesse caso podendo ser usado em massagens circulares no ventre.

Dica de utilização: Adicione 10 gotas de óleo essencial de Lavanda + 10 de Ylang Yang + 10 de Gerânio Phytoterápica e massageia o ventre em movimentos circulares, auxiliando no alívio dos efeitos da TPM e de cólicas menstruais.

Semente de Uva – vitis vinifera

Finíssimo e com alto poder de penetração na pele, é ideal para ser usado juntamente com óleos essenciais em massagens. É leve e quase sem odor. Tonificante e revitalizante da pele. Previne estrias devido à alta concentração de alfa tocoferol. Já os ácidos linolêico e palmítico são os responsáveis pela regeneração e manutenção do tecido cutâneo revitalizando-o. Pode ser usado diariamente como óleo pós banho, em massagens, e também na pele facial (mesmo em peles com acne).

Dica de utilização: Adicione 30 gotas de óleo essencial de Lavanda Phytoterápica para obter um óleo altamente perfumado e relaxante.

Óleos Brasileiros

Andiroba – carapa guianensis

Originário do norte do Brasil. O óleo de Andiroba é excelente auxiliar no processo de regeneração da pele. Ajuda a prevenir celulite, artrite, reumatismo, contusões e problemas musculares. Bom para picadas de insetos, feridas, espinhas. Amacia e hidrata a pele, além de ser anti-séptico e aliviar dores. É utilizado como repelente e para combater piolhos. Em temperaturas frias o óleo de Andiroba adquire uma textura cremosa. Aquecida em banho maria retorna à sua forma liquida.

Buriti – mauritia flexuosa

Comum nas savanas e sertões do Brasil, é a mais alta e elegante das nossas palmeiras podendo chegar a 35m de altura. Buriti significa, em tupi-guarani, “aquele quem contém água”. Atua principalmente como antioxidante. É excelente para fortalecer a pele, devolvendo-lhe vitalidade, brilho e maciez. Ajuda a proteger as células e possui efeito cicatrizante. É também um vermífugo poderoso. Filtra e absorve raios ultravioleta atuando como protetor solar. (Considerado pelos nativos como árvore da vida).

Castanha-do-Pará – bertholletia excelsa

Proveniente da região amazônica, este óleo ajuda a prevenir o envelhecimento precoce da pele, tornando-a mais macia e suave. Excelente para evitar o aparecimento de estrias. Atua na renovação celular. É emoliente e lubrificante, proporciona hidratação profunda e impede a evaporação de água da pele. Ótimo para tratar cabelos secos, deixando-os sedosos e com brilho. O uso frequente deste óleo intensifica a cor dos cabelos pretos.

Copaíba – copaifera officinalis

Utilizado pelos índios da Amazônia como anti-séptico e cicatrizante. É eficaz no tratamento de feridas, eczemas, psoríase, urticárias e acne. Atua também como anti-inflamatório. Pode ser utilizado para tratar afecções do couro cabeludo tais como caspa e seborréia, além de agir como doador de brilho.

Óleos Perfumados

Lavanda – lavandula officinalis

É o mais versátil e útil dos óleos florais e foi um dos aromáticos preferidos dos romanos. Hidrata e perfuma suavemente a pele. Auxilia em casos de queimaduras e insolação, além de picadas de insetos, atuando como calmante tópico. Tem ação relaxante no corpo, é excelente para massagens e banhos, trazendo frescor, bem estar e paz interior.

Rosas – rosa damascena

É o mais sofisticado dos óleos aromáticos e sua história remonta o antigo império Persa. É indicado para perfumar e hidratar o corpo. Tônico e adstringente para qualquer tipo de pele, ajuda a prevenir o envelhecimento precoce e atua como calmante e relaxante. Os antigos acreditavam ser afrodisíaco, e ter o poder de unir o amor físico e espiritual.

Suco de Uva

O Suco de Uva Orgânico Phytoterápica é elaborado a partir da uva Isabel. Variedade que contém a segunda maior concentração de resveratrol. Portanto, nosso suco é uma saborosa e saudável maneira para você cuidar de sua saúde. Você conta com as propriedades positivas encontradas nas uvas tintas sem se preocupar com os incovenientes do álcool, presente nos vinhos tintos. Sem adição de açucar, água, conservantes e corantes.

Fonte: www.phytoterapica.com.br

Aromaterapia

Aromaterapia

 

Aromaterapia é a arte e a ciência de usar óleos de plantas em tratamentos. Aromaterapia é uma das técnicas mais antigas da história de práticas de cura. Os óleos essências de Aromaterapia são óleos extraídos de plantas da qual tem sido usado por milhares de anos antes da técnica de destilação de óleos ter sido descoberto.

Os óleos essenciais exercem uma influência sutil na mente e no corpo. Através da Aromaterapia, a cura pode ser feita de uma maneira gentil e natural. Uma qualidade importante dos óleos essenciais é a grande variedade de maneiras em que podem ser usados. Podem ser usados em massagens, já que é reconhecido como uma das formas mais importante de tratamento, também podendo ser usados em banhos. A água em si tem muitas propriedades terapêuticas, e quando combinado com os óleos essenciais, os óleos realçam o seu efeito. Também, podem ser usados como compressas, tanto quente como frio em circunstâncias diferentes. Os óleos podem ser misturados em cremes, loções para o corpo ou mesmo algumas gotas em seu travesseiro para ajudar a ter uma boa noite de sono.

Os óleos essenciais são absorvidos rapidamente através da pele. Mesmo se as essências forem usadas em cremes, loções para o corpo, banhos, compressas ou em massagens, uma boa quantidade da essência é inalada. O aroma sozinho tem um efeito sutil e real na mente e no corpo. É preciso ter cuidado quando usando os óleos essenciais. Quando são usados de maneira correta, são seguros. Alguns óleos são perigosos de se usar e devem ser tratados com muito cuidado.

Use uma quantidade pequena de qualquer óleo em qualquer tipo de tratamento. Para aplicar massagens, dilua 3% do óleo essencial escolhido em óleo vegetal. Por exemplo, use 3 gotas de óleo essencial para cada colher de chá de óleo vegetal. Para banhos, muito cuidado deve ser tomado, já que os óleos tendem à flutuar em vez de serem diluídos. Os óleos podem irritar a pele quando são usados em quantidades excessivas, dependendo do tipo de pele. A quantidade recomendável para ser usado em banhos é de somente 2 à 3 gotas. Óleos derivados de plantas picantes como a de Clove e Nutmeg, deverá ser evitado de serem misturados juntos. Quando preparando banhos para crianças ou bebês, não excidir mais de 3 gotas de óleo essencial. Lembre-se sempre de diluir qualquer tipo de óleo antes de serem usados em banhos. Para inalações, 1 gota de óleo essencial pode ser suficiente, e 3 gotas podem ser usado no máximo. Antes de preparar uma inalação, sempre experimente uma gota de óleo essencial primeiro antes de adicionar mais.

Tratamentos

Capilar

Brilho Nos Cabelos

Óleos Essenciais: Citronela, Copaíba, Sálvia Esclareia, Alecrim.

Cabelos Oleosos

Óleos Essenciais: Cedro, Ylang, Limão Óleos

Óleos Vegetais: Copaíba

Cabelos Secos

Óleos Essenciais: Sálvia Esclareia, Laranja. Óleos

Vegetais: Castanha Do Para

Caspa

Óleos Essenciais: Copaíba, Tea Tree, Alecrim

Óleos Vegetais: Copaíba

Clarear Cabelos

Óleos Essenciais: Camomila Romana, Cipreste

Óleos Vegetais: Abacate,

Crescimento Capilar

Óleos Essenciais: Sálvia Esclareia, Ylang Ylang. Alecrim, Cedro.

Óleos Vegetais: Copaíba

Fortalece os Cabelos

Óleos Essenciais: Cipreste, Citronela, Petitgrain, Ylang Ylang.

Óleos Vegetais: Abacate, Jojoba, Castanha Do Para.

Piolho

Óleos Essenciais: Alecrim

Óleos Vegetais: Andiroba

Queda

Óleos Essenciais: Alecrim, Cedro, Coriandro, Copaíba, Rosa, Sálvia Esclareia, Tomilho,

Óleos Vegetais: Copaíba Bases:Gel De Aloe Vera

Emocional

Afrodisíaco

Óleos Essenciais: Canela, Cardamomo, Cistus, Coriandro, Cravo, Erva Doce, Eucalípto Globulos , Eucalípto Citriodora Glóbulos, Gengibre, Ho Leaf, Hortelã Pimenta, Hortelã Brasil, Jasmim, Manjericão, Néroli, Patchouli, Pau Rosa, Pimenta Negra, Rosa, Sálvia Esclareia, Sândalo, Verbena, Vetivert, Ylang Ylang.

Cosméticos: Óleo Para Massagem Pitta Óleo Para Massagem Relax , Óleo Para Massagem Relax, Óleo Para Massagem Energy, Óleo Para Massagem Kamasutra.

Demais Produtos: Blend Aromático 24, Sal De Banho De Lavanda, Sal De Banho De Ylang Ylang, Sal De Banho De Hortelã.

Ansiedade

Óleos Essenciais: Benjoin, Bergamota, Camomila Romana, Cedro, Gerânio, Grapefruit, Ho Leaf, Laranja, Lavanda, Mandarina, Manjericão, Manjerona, Néroli, Olíbano, Patchouli, Pau Rosa, Petitgrain, Rosa, Sândalo, Tomilho, Verbena, Ylang Ylang.

Cosméticos: Óleo Para Massagem Pitta, , Óleo Para Massagem Vata, , Óleo Para Massagem Kapha, , Óleo Para Massagem Relax, Óleo Para Massagem Energy, Óleo Para Massagem Kamasutra, , Água Perfumada De Gerânio, Água Perfumada De Lavanda, Hidratante Lavanda.

Demais Produtos: Sal De Banho De Ylang Ylang , Sal De Banho De Lavanda,

Antidepressivo

Óleos Essenciais: Alecrim, Bergamota, Canela, Citronela, Gerânio, Grapefruit, Jasmim, Lavanda, Lemongrass, Limão Tahiti, Limão Siciliano, , Limette, Mandarina, Néroli, Olíbano, Patchouli, Pau Rosa, Petitgrain, Rosa, Sálvia Esclareia, Sândalo, Tangerina, Tomilho, Verbena, Ylang Ylang.

Oleos Vegetais: Óleo Para Massagem Pitta, Óleo Para Massagem Well, , Óleo Para Massagem Relax, Óleo Para Massagem Energy, Óleo Para Massagem Kamasutra, Água Perfumada De Gerânio, Água Perfumada De Lavanda, Shower Gel De Lavanda.

Demais Produtos: Sal De Banho De Lavanda, Sal De Banho De Lemongrass, , Sal De Banho De Ylang Ylang.

Ataques Temperamentais

Óleos Essenciais: Bergamota, Camomila Romana, Ho Leaf, Pau Rosa, Rosa.

Cosméticos: Óleo Para Massagem Kamasutra

Demais Produtos: Água Perfumada De Lavanda.

Calmante

Óleos Essenciais: Alecrim, Camomila Romana, Cedro, Cipreste, Citronela, Copaíba, Gengibre, Gerânio, Ho Leaf, Hortelã Pimenta, Hortelã Brasil, Laranja, Lavanda, Lemongrass, Limão Tahiti, Limão Siciliano, , Louro, Mandarina, Manjerona, Néroli, Noz Moscada, Olíbano, Palmarosa, Patchouli, Pau Rosa, Petitgrain, Sálvia Esclareia, Sândalo, Tangerina, Verbena, Vetivert, Ylang Ylang.

Cosméticos: Óleo Para Massagem Pitta, Óleo Para Massagem Vata, , Óleo Para Massagem Well, , Óleo Para Massagem Relax, Óleo Para Massagem Kamasutra, Água Perfumada De Gerânio, Água Perfumada De Lavanda, Shower Gel De Lavanda, Hidratante De Lavanda.

Demais Produtos: Sal De Banho De Lavanda, , Sal De Banho De Lemongrass, , Sal De Banho De Ylang Ylang.

Confusão Mental

Óleos Essenciais: Alecrim, Canela, Cedro, Cipreste Gerânio, Gengibre, Hortelã Do Brasil E Pimenta, Junípero, Olíbano, Pimenta Negra, Tomilho.

Cosméticos: Óleo Para Massagem Kapha, Óleo Para Massagem Well, Água Perfumada De Gerânio.

Demais Produtos: Sal De Banho De Hortelã, Sal De Banho De Lemongrass.

Esgotamento Emocional

Óleos Essenciais: Alecrim, Benjoin, Coriandro, Eucalípto Globulos , Eucalípto Citriodora, Erva Doce, Lemongrass, Tomilho.

Cosméticos: Óleo Para Massagem Energy, Óleo Para Massagem Muscle.

Demais Produtos: Sal De Banho De Lemongrass

Estafa Mental

Óleos Essenciais: Gengibre, Hortelã Pimenta, Hortelã Brasil, Junípero, Pau Rosa, Pinho, Vetivert.

Cosméticos: Óleo Para Massagem Kapha, Óleo Para Massagem Energy, Óleo Para Massagem Muscle.

Demais Produtos: Sal De Banho De Hortelã.

Estimulante Do Apetite

Óleos Essenciais: Cardamomo, Gengibre, Grapefruit, Laranja, Limette, Mandarina, Pimenta Negra, Tangerina, Verbena.

Cosméticos: Óleo Para Massagem Vata, Óleo Para Massagem Kapha.

Estimulante Geral

Óleos Essenciais: Alecrim, Anis, Benjoin, Canela, Cardamomo, Cardamomo, Cedro, Cistus, Citronela, Coriandro, Cravo, Erva Doce, Eucalípto Globulos , Eucalípto Citriodora, Gengibre, Hortelã Pimenta, Hortelã Brasil, Junípero, Limette, Louro, Mandarina, Manjericão, Mirra, Noz Moscada, Olíbano, Patchouli, Pau Rosa, Petitgrain, Pimenta Negra, Pinho, Rosa, Tangerina, Tea Tree, Tomilho.

Bases: Óleo Para Massagem Kapha, Óleo Para Massagem Relax, Óleo Para Massagem Energy, Óleo Para Massagem Muscle.

Demais Produtos: Sal De Banho De Hortelã, Sal De Banho De Lemongrass

Estimular A Concentração

Óleos Essenciais: Alecrim, Cistus, Cipreste, Eucalípto Globulos, Eucalípto Citriodora, Hortelã Pimenta, Hortelã Brasil, Junípero, Laranja, Lemongrass, Limão Tahiti, Limão Siciliano, Manjericão, Mirra, Petitgrain, Verbena, Sândalo.

Cosméticos: Óleo Para Massagem Pitta, Óleo Para Massagem Vata, Óleo Para Massagem Energy.

Demais Produtos: Sal De Banho De Hortelã, Sal De Banho De Lemongrass.

Fadiga

Óleos Essenciais: Alecrim, Cardamomo, Citronela, Coriandro, Erva Doce, Eucalípto Globulos, Eucalípto Citriodora, Gengibre, Hortelã Pimenta, Hortelã Brasil, Jasmim, Limette, Patchouli, Petitgrain, Pimenta Negra, Pinho, Sálvia Esclareia, Tomilho.

Óleos Vegetais: Óleo Para Massagem Kapha, Óleo Para Massagem Relax, Óleo Para Massagem Energy, Óleo Para Massagem Muscle.

Demais Produtos: Sal De Banho De Hortelã.

Fobias / Medos

Óleos Essenciais: Bergamota, Camomila Romana, Cipreste, Gerânio, Jasmim, Junípero, Manjerona, Mirra, Néroli, Olíbano, Rosa, Sândalo, Ylang Ylang. Bases:Creme Drenante De Grapefruit

Cosméticos: Óleo Para Massagem Pitta, Óleo Para Massagem Kapha, Óleo Para Massagem Well, Óleo Para Massagem Kamasutra, Água Perfumada De Gerânio.

Demais Produtos: Sal De Banho De Ylang Ylang

Fortalecimento De Memória

Óleos Essenciais: Alecrim, Cravo, Gengibre, Junípero, Limão Tahiti, Limão Siciliano, Manjericão.

Cosméticos: Óleo Para Massagem Kapha, Óleo Para Massagem Energy, Óleo Para Massagem Muscle

Fortificante

Óleos Essenciais: Gengibre, Manjerona, Mirra, Olíbano.

Cosméticos: Óleo Para Massagem Kapha, Óleo Para Massagem Muscle.

Frigidez

Óleos Essenciais: Anis, Erva Doce, Jasmim, Noz Moscada, Pau Rosa, Pimenta Negra, Sálvia Esclareia, Ylang Ylang. Óleos Vegetais:Andiroba, Copaíba, Gergelim.

Cosméticos: Óleo Para Massagem Pitta, Óleo Para Massagem Kamasutra.

Demais Produtos: Sal De Banho De Ylang Ylang

Histerias

Óleos Essenciais: Bergamota, Camomila Romana, Néroli, Pimenta Negra, Rosa.

Cosméticos: Óleo Para Massagem Well, Óleo Para Massagem Kamasutra, Hidratante De Lavanda, Água Perfumada De Lavanda, Água Perfumada De Gerânio.

Impotência

Óleos Essenciais: Canela, Jasmim, Patchouli, Rosa, Ylang Ylang.

Cosméticos: Óleo Para Massagem Pitta, Óleo Para Massagem Relax, Óleo Para Massagem Kamasutra, Óleo Para Massagem Muscle.

Demais Produtos: Sal De Banho De Ylang Ylang

Impulsividade

Óleos Essenciais: Bergamota, Camomila Romana, Lavanda, Grapefruit, Pau Rosa, Rosa.

Bases: Creme Drenante De Grapefruit.

Cosméticos: Água Perfumada De Gerânio, Água Perfumada De Lavanda, Sal De Banho De Lavanda.

Insônia

Óleos Essenciais: Jasmim, Lavanda, Louro, Manjerona, Néroli, Sândalo, Verbena, Ylang Ylang.

Cosméticos: Óleo Para Massagem Relax, Óleo Para Massagem Kamasutra, Hidratante Lavanda, Água Perfumada De Lavanda.

Demais Produtos: Sal De Banho De Ylang Ylang , Sal De Banho De Lavanda,

Irritabilidade

Óleos Essenciais: Cipreste, Jasmim, Grapefruit, Ylang Ylang, Rosa, Pau Rosa, Lavanda, Ho Leaf.

Cosméticos: Creme Drenante De Grapefruit

Demais Produtos:Óleo Para Massagem Vata, Óleo Para Massagem Kamasutra, Óleo Para Massagem Relax

Letargia

Óleos Essenciais: Petitgrain, Sândalo, Pimenta Negra

Cosméticos: Óleo Para Massagem Pitta Óleo Para Massagem Energy, Óleo Para Massagem Muscle

Negativismo

Óleos Essenciais: Laranja, Lemongrass, Grapefruit, Tangerina, Pau Rosa, Olíbano, Ylang Ylang.

Cosméticos: Óleo Para Massagem Pitta, Óleo Para Massagem Vata, Óleo Para Massagem Kamasutra

Nervosismo

Óleos Essenciais: Cipreste, Jasmim, Verbena, Ylang Ylang, Rosa, Pau Rosa, Ho Leaf, Grapefruit, Bergamota, Lavanda.

Cosméticos: Óleo Para Massagem Pitta, Óleo Para Massagem Kamasutra, Óleo Para Massagem Well, Óleo Para Massagem Relax

Perturbações Emocionais

Óleos Essenciais: Jasmim, Junípero, Bergamota, Rosa, Pau Rosa, Lavanda, Manjericão.

Cosméticos: Óleo Para Massagem Kamasutra, Óleo Para Massagem Relax, Água Perfumada De Lavanda, Água Perfumada De Gerânio, Sal De Banho De Ylang Ylang, Sal De Banho De Lavanda.

Raiva

Óleos Essenciais: Bergamota, Camomila Romana, Cedro, Laranja, Lavanda, Limão Tahiti, Limão Siciliano, Tahiti, Siciliano, Manjerona, Mirra, Olíbano, Rosa, Sândalo, Ylang Ylang.

Cosméticos: Óleo Para Massagem Pitta, Óleo Para Massagem Vata, Óleo Para Massagem Kapha, Óleo Para Massagem Well, Óleo Para Massagem Kamasutra, Água Perfumada De Lavanda

Relaxante

Óleos Essenciais: Bergamota, Camomila Romana, Cedro, Grapefruit, Ho Leaf, Jasmim, Lavanda, Louro, Manjerona, Néroli, Pau Rosa, Petitgrain, Sândalo, Tangerina, Ylang Ylang.

Cosméticos: Óleo Para Massagem Pitta, Óleo Para Massagem Vata, Óleo Para Massagem Well, Óleo Para Massagem Kamasutra, Água Perfumada De Lavanda

Revitalizante

Óleos Essenciais: Cedro, Cipreste, Erva Doce, Limette, Mandarina, Mirra, Olíbano, Tea Tree. Tomilho, Canela, Cravo, Gengibre, Pimenta Negra.

Cosméticos: Óleo Para Massagem Energy, Água Perfumada De Tea Tree, Óleo Para Massagem Muscle

Sedativo

Óleos Essenciais: Bergamota, Camomila Romana, Cedro, Manjerona, Lavanda.

Cosméticos: Óleo Para Massagem Pitta, Óleo Para Massagem Vata

Demais Produtos: Água Perfumada De Lavanda, Hidratante De Lavanda, Shower Gel De Lavanda, Sal De Banho De Lavanda.

Especial Homens

Pós-Barba

Óleos Essenciais: Limette, Sálvia Esclareia, Sândalo, Petitgrain, Tea Tree, Lavanda.

Bases: Gel Aloe Vera

Cosméticos: Água Perfumada De Lavanda, Água Perfumada De Tea Tree.

Especial Mundo Feminino

Cólicas

Óleos Essenciais: Anis, Bergamota, Camomila Romana, Erva-Doce, Jasmim, Lavanda, Louro, Sálvia Esclareia, Verbena.

Óleos Vegetais: Germe De Trigo

Cosméticos: Óleo Para Massagem Pitta, Óleo Para Massagem Vata, Óleo Para Massagem Well,Água Perfumada De Gerânio, Água Perfumada De Lavanda

Cólicas

Óleos Essenciais: Anis, Bergamota, Camomila Romana, Erva-Doce, Jasmim, Lavanda, Louro, Sálvia Esclareia, Verbena. Óleos Vegetais:Germe De Trigo

Cosméticos: Óleo Para Massagem Pitta, Óleo Para Massagem Vata, Óleo Para Massagem Well, Água Perfumada De Gerânio, Água Perfumada De Lavanda

Frigidez

Óleos Essenciais: Anis, Erva Doce, Jasmim, Noz Moscada, Pau Rosa, Sálvia Esclareia Ylang Ylang.

Cosméticos: Óleo Para Massagem Pitta, Óleo Para Massagem Kamasutra

Menstruação Excessiva

Óleos Essenciais: Citronela, Junípero, Cipreste.

Óleos Vegetais: Germe De Trigo

Menstruação Irregular

Óleos Essenciais: Alecrim, Camomila Romana, Cipreste, Cistus, Manjerona, Sálvia Esclareia, Gerânio.

Óleos Vegetais: Gergelim, Gérmen De Trigo, Jojoba

Cosméticos: Óleo Para Massagem Pitta, Óleo Para Massagem Vata, Óleo Para Massagem Kapha, Água Perfumada De Gerânio.

Ovário Policistico

Óleos Essenciais: Gerânio, Sálvia Esclareia,

Óleos Vegetais: Germe De Trigo

Cosméticos: Óleo Para Massagem Kamasutra, Água Perfumada De Gerânio

TPM

Óleos Essenciais: Camomila Romana, Erva Doce, Gerânio, Grapefruit, Jasmim, Lavanda,

Óleos Vegetais: Germe De Trigo

Cosméticos: Óleo Para Massagem Pitta, Óleo Para Massagem Vata, Óleo Para Massagem Relax, Óleo Para Massagem Kamasutra, Água Perfumada De Gerânio, Água Perfumada De Lavanda, Creme Drenante De Grapefruit. Água Perfumada De Gerânio, Sal De Banho De Ylang Ylang.

Demais Produtos: Sal De Banho De Lavanda

Estética Corporal

Anti-Séptico

Óleos Essenciais: Alecrim, Anis, Benjoin, Bergamota, Camomila Romana, Canela, Cardamomo, Cedro, Cipreste, Cistus, Citronela, Copaíba, Coriandro, Cravo, Erva Doce, Eucalípto Globulos, Eucalípto Citriodora, Gengibre, Gerânio, Grapefruit, Ho Leaf, Hortelã Pimenta, Hortelã Brasil, Jasmim, Junípero, Laranja, Lavanda, Lemongrass, Limão Tahiti, Limão Siciliano, Limette, Louro, Mandarina, Manjericão, Manjerona, Mirra, Néroli, Noz Moscada, Olíbano, Palmarosa, Patchouli, Pau Rosa, Petitgrain, Pimenta Negra, Pinho, Rosa, Sálvia Esclareia, Sândalo, Tangerina, Tea Tree, Tomilho, Verbena, Vetivert, Ylang Ylang.

Ativar Circulação

Óleos Essenciais: Alecrim, Benjoin, Canela, Cedro, Cipreste, Copaíba, Coriandro, Gengibre, Gengibre, Gerânio, Hortelã Pimenta, Hortelã Brasil, Junípero, Lemongrass, Limão Tahiti, Limão Siciliano, Limette, Louro, Manjericão, Manjerona, Néroli, Noz Moscada, Olíbano, Palmarosa, Pimenta Negra, Rosa, Tomilho, Vetivert.

Óleos Vegetais: Copaíba, Andiroba, Gergelim.

Cosméticos: Óleo Para Massagem Kapha, Óleo Para Massagem Relax, Óleo Para Massagem Energy, Óleo Para Massagem Muscle, Água Perfumada De Gerânio, Creme Drenante Grapefruit

Celulite

Óleos Essenciais: Alecrim, Bergamota, Cardamomo, Cedro, Cipreste, Copaíba, Erva Doce, Eucalípto Globulos, Eucalípto Citriodora, Gengibre, Gerânio, Grapefruit, Junípero, Laranja, Lemongrass, Limão Tahiti, Limão Siciliano, Limette, Mandarina, Pimenta Negra, Tangerina, Tomilho,

Cosméticos: Óleo Para Massagem Vata, Óleo Para Massagem Kapha, Óleo Para Massagem Well, Óleo Para Massagem Relax, Óleo Para Massagem Energy, Óleo Para Massagem Muscle, Água Perfumada De Gerânio, Creme Base Grapefruit. Argila Cinza Rain Forest.

Cotovelos Negros

Óleos Essenciais: Tomilho

Óleos Vegetais: Rosa Mosqueta

Cosméticos: Óleo Para Massagem Kamasutra, Óleo Para Massagem Muscle

Dermatites

Óleos Essenciais: Benjoin, Camomila Romana, Lavanda, Jasmim, Junípero, Patchouli, Tea Tree

Óleos Vegetais: Jojoba

Cosméticos: Óleo Para Massagem Relax, Óleo Para Massagem Vata, Água Perfumada De Lavanda Água Perfumada De Tea Tree Argila Cinza Rain Forest, Gel Aloe Vera Hidratante Lavanda

Desintoxicação

Óleos Essenciais: Grapefruit, Gerânio, Alecrim, Erva Doce, Junípero, Limão Tahiti, Limão Siciliano, Limette, Pimenta Negra, Verbena.

Cosméticos: Óleo Para Massagem Well, Óleo Para Massagem Pitta, Óleo Para Massagem Kapha, Óleo Para Massagem Relax, Óleo Para Massagem Energy, Óleo Para Massagem Muscle, Argila Cinza Rain Forest, Creme Drenante Grapefruit

Drenagem Linfática

Óleos Essenciais: Canela, Cipreste, Eucalípto Globulos, Eucalípto Citriodora, Hortelã Pimenta, Hortelã Brasil, Limão Tahiti, Limão Siciliano, Gengibre, Junípero, Laranja, Lemongrass, Mandarina, Noz Moscada, Tangerina.

Cosméticos: Óleo Para Massagem Vata, Óleo Para Massagem Kapha, Óleo Para Massagem Well, Óleo Para Massagem Relax, Óleo Para Massagem Energy, Óleo Para Massagem Muscle, Creme Drenante Grapefruit

Eczemas

Óleos Essenciais: Bergamota, Lavanda, Néroli, Palmarosa, Patchouli, Sândalo

Óleos Vegetais: Abacate, Amêndoa Doce, Andiroba, Cenoura, Gergelim, Germe De Trigo

Cosméticos: Óleo Para Massagem Pitta, Óleo Para Massagem Well, Óleo Para Massagem Relax, Óleo Para Massagem Kamasutra, Água Perfumada De Tea Tree Argila Cinza Rain Forest, Gel Aloe Vera

Emagrecimento

Óleos Essenciais: Erva Doce, Junípero, Patchouli, Hortelã Pimenta, Hortelã Brasil.Pimenta Negra, Grapefruit

Óleos Vegetais: Gergelim

Cosméticos: Óleo Para Massagem Well, Óleo Para Massagem Relax, Óleo Para Massagem Relax, Óleo Para Massagem Energy, Óleo Para Massagem Muscle, Creme Drenante Grapefruit, Óleo Para Massagem Kapha, Óleo Para Massagem Pitta.

Flacidez Tissular

Óleos Essenciais: Cistus, Copaíba, Erva Doce, Olíbano, Hortelã Pimenta, Hortelã Brasil.

Óleos Vegetais: Girassol

Bases: Gel Aloe Vera

Cosméticos: Argila Cinza Rain Forest

Hidratante

Óleos Essenciais: Palmarosa, Vetivert, Rosa, Pau Rosa, Patchouli.

Óleos Vegetais: Amêndoa Doce, Jojoba, Germe De Trigo Bases:Creme Base, Gel Aloe Vera

Cosméticos: Óleo Para Massagem Energy, Óleo Para Massagem Kamasutra, Água Perfumada De Lavanda Gel Aloe Vera Hidratante Lavanda.

Inflamações Cutâneas

Óleos Essenciais: Gerânio, Lavanda, Sândalo. Bergamota, Tea Tree.

Óleos Vegetais: Amêndoa Doce, Calêndula. Cenoura

Bases: Gel De Aloe Vera

Cosméticos: Óleo Para Massagem Relax, Água Perfumada De Gerânio, Água Perfumada De Lavanda Gel Aloe Vera Hidratante Lavanda

Micoses/Fungos

Óleos Essenciais: Copaíba, Cravo, Patchouli, Pimenta Negra, Tea Tree,

Óleos Vegetais: Copaíba Bases:Gel De Aloe Vera

Cosméticos: Água Perfumada De Tea Tree

Obesidade

Óleos Essenciais: Erva Doce, Eucalípto Globulos, Eucalípto Citriodora, Gerânio, Grapefruit, Junípero, Limão Tahiti, Limão Siciliano, Limette, Mandarina, Tomilho

Cosméticos: Óleo Para Massagem Well, Óleo Para Massagem Relax, Óleo Para Massagem Energy, Água Perfumada De Gerânio, Creme Drenante Grapefruit Óleo Para Massagem Kapha.

Queimaduras

Óleos Essenciais: Camomila Romana, Eucalípto Globulos, Eucalípto Citriodora, Lavanda, Patchouli, Tea Tree

Óleos Vegetais: Calêndula, Cenoura, Abacate, Germe De Trigo

Cosméticos: Óleo Para Massagem Pitta, Óleo Para Massagem Vata, Óleo Para Massagem Relax, Água Perfumada De Lavanda Água Perfumada De Tea Tree Gel Aloe Vera Hidratante Lavanda

Rachaduras

Óleos Essenciais: Bergamota, Camomila Romana, Mirra, Sândalo

Óleos Vegetais: Germe De Trigo

Cosméticos: Óleo Para Massagem Pitta, Óleo Para Massagem Vata, Óleo Para Massagem Well, Hidratante Lavanda

Regenerador Celular

Óleos Essenciais: Alecrim, Cedro, Lavanda, Gerânio, Palmarosa, Pau Rosa, Olíbano.

Óleos Vegetais: Andiroba Cosméticos:Água Perfumada De Gerânio, Água Perfumada De Lavanda Argila Cinza Rain Forest, Hidratante Lavanda, Sal De Banho De Lavanda, Shower Gel De Lavanda, Loção Tonica De Lavanda.

Rejuvenescedor

Óleos Essenciais: Lavanda, Olíbano.

Cosméticos: Água Perfumada De Lavanda Gel Aloe Vera

Rugas

Óleos Essenciais: Cedro, Cistus, Gerânio, Olíbano, Palmarosa, Pau Rosa, Rosa, Sálvia Esclareia.

Óleos Vegetais: Amêndoa Doce, Cenoura

Cosméticos: Óleo Para Massagem Kamasutra, Água Perfumada De Gerânio, Argila Cinza Rain Forest, Gel Aloe Vera Hidratante Lavanda

Varizes

Óleos Essenciais: Cipreste, Limette, Patchouli, Pimenta Negra, Sálvia Esclareia, Gerânio Óleos

Vegetais: Germe De Trigo

Cosméticos: Óleo Para Massagem Relax, Óleo Para Massagem Muscle, Água Perfumada De Gerânio, Sal De Banho De Hortelã.

Verruga

Óleos Essenciais: Cravo, Manjericão, Tea Tree, Tomilho

Óleos Vegetais: Copaíba

Cosméticos: Água Perfumada De Tea Tree.

Estética Facial

Acne

Óleos Essenciais: Alecrim, Bergamota, Camomila Romana, Cedro, Copaíba, Eucalípto Globulos, Eucalípto Citriodora, Ho Leaf, Hortelã Pimenta, Hortelã Brasil, Junípero, Lavanda, Lemongrass, Limão Tahiti, Limão Siciliano, Néroli, Palmarosa, Patchouli, Pau Rosa, Petitgrain, Sândalo, Tea Tree, Tomilho, Verbena, Vetivert.

Óleos Vegetais: Copaíba, Jojoba, Rosa Mosqueta, Semente De Uva. Bases:Gel Aloe Vera, Creme Neutro, Esfoliante De Apricot, Argila Rain Forest.

Cosméticos: Óleo Para Massagem Pitta, Óleo Para Massagem Vata, Óleo Para Massagem Well, Óleo Para Massagem Relax, Óleo Para Massagem Energy, Água Perfumada De Lavanda Água Perfumada De Tea Tree Argila Cinza Rain Forest, Gel Aloe Vera Hidratante Lavanda Sabonete Esfoliante De Tea Tree

Adstringente

Óleos Essenciais: Camomila Romana, Cedro, Cipreste, Copaíba, Gerânio, Grapefruit, Lavanda, Lemongrass, Limão Tahiti, Limão Siciliano, Limette, Mandarina, Mirra, Patchouli, Pau Rosa, Pimenta Negra, Sálvia Esclareia, Sândalo, Tangerina.

Óleos Vegetais: Avelã, Semente De Uva.

Cosméticos: Óleo Para Massagem Pitta, Óleo Para Massagem Vata, Água Perfumada De Gerânio, Água Perfumada De Lavanda Água Perfumada De Tea Tree Argila Cinza Rain Forest, Sabonete Esfoliante De Tea Tree

Comedões

Óleos Essenciais: Tea Tree, Palmarosa

Óleos Vegetais: Semente De Uva

Bases: Gel De Aloe Vera

Cosméticos: Água Perfumada De Tea Tree Argila Cinza Rain Forest, Sabonete Esfoliante De Tea Tree

Eczemas

Óleos Essenciais: Bergamota, Lavanda, Néroli, Palmarosa, Patchouli, Sândalo, Cedro

Óleos Vegetais: Abacate, Amêndoa Doce, Andiroba, Cenoura, Gergelim, Germe De Trigo

Cosméticos: Óleo Para Massagem Pitta, Óleo Para Massagem Well, Óleo Para Massagem Relax, Água Perfumada De Lavanda Argila Cinza Rain Forest, Gel Aloe Vera Hidratante Lavanda

Feridas

Óleos Essenciais: Benjoin, Cistus, Copaíba, Eucalípto Globulos, Eucalípto Citriodora, Lavanda, Gerânio, Mirra, Tea Tree.

Óleos Vegetais: Germe De Trigo, Girassol, Calêndula.

Cosméticos: Água Perfumada De Gerânio, Água Perfumada De Tea Tree Gel Aloe Vera Hidratante Lavanda

Hidratante

Óleos Essenciais: Palmarosa, Vetivert, Rosa, Sândalo, Olíbano, Patchouli.

Óleos Vegetais: Amêndoa Doce, Germe De Trigo, Abacate, Jojoba,

Cosméticos: Óleo Para Massagem Kamasutra, Gel Aloe Vera Hidratante Lavanda

Manchas

Óleos Essenciais: Alecrim, Bergamota, Cedro, Cipreste, Cistus, Eucalípto Globulos, Eucalípto Citriodora, Gengibre, Grapefruit, Hortelã Pimenta, Hortelã Brasil, Junípero, Limão Tahiti, Limão Siciliano, Patchouli, Tangerina, Tea Tree, Tomilho, Verbena.

Óleos Vegetais: Rosa Mosqueta.

Bases: Gel De Aloe Vera

Cosméticos: Óleo Para Massagem Well, Óleo Para Massagem Relax, Água Perfumada De Tea Tree

Olheiras

Óleos Essenciais: Cipreste, Gerânio Óleos

Vegetais: Germe De Trigo, Rosa Mosqueta

Cosméticos: Água Perfumada De Gerânio

Queimadura De Sol

Óleos Essenciais: Camomila Romana, Eucalípto Globulos, Eucalípto Citriodora, Lavanda, Patchouli, Tea Tree.

Óleos Vegetais: Calêndula, Germe De Trigo,

Bases: Gel Aloe Vera, Creme Neutro.

Cosméticos: Óleo Para Massagem Pitta, Óleo Para Massagem Vata, Óleo Para Massagem Relax, Água Perfumada De Lavanda Água Perfumada De Tea Tree Gel Aloe Vera Hidratante Lavanda

Rachaduras

Óleos Essenciais: Beijoim, Bergamota, Camomila Romana, Mirra, Sândalo

Óleos Vegetais: Germe De Trigo. Gergelim, Abacate

Cosméticos: Óleo Para Massagem Pitta, Óleo Para Massagem Vata, Óleo Para Massagem Well, Óleo Para Massagem Kamasutra, Gel Aloe Vera

Regenerador Celular

Óleos Essenciais: Alecrim, Cedro, Gerânio, Lavanda, Palmarosa, Pau Rosa, Rosa, Cistus

Óleos Vegetais: Andiroba, Copaíba, Cenoura, Calêndula

Cosméticos: Óleo Para Massagem Well, Óleo Para Massagem Kamasutra, Água Perfumada De Lavanda Gel Aloe Vera Hidratante Lavanda

Rejuvenescedor

Óleos Essenciais: Olíbano Rosa, Mirra, Cistus, Gerânio.

Óleos Vegetais: Abacate, Avelã, Germe De Trigo

Cosméticos: Óleo Para Massagem Kamasutra, Água Perfumada De Lavanda, Água Perfumada De Gerânio, Gel Aloe Vera Hidratante Lavanda

Rugas

Óleos Essenciais: Cedro, Cistus, Gerânio, Olíbano, Palmarosa, Pau Rosa, Rosa, Sálvia Esclareia.

Óleos Vegetais: Amêndoa Doce, Cenoura,

Bases: Óleo Para Massagem Kamasutra, Água Perfumada De Gerânio, Água Perfumada De Lavanda Argila Cinza Rain Forest, Gel Aloe Vera

Medicinal

Anti-inflamatórios

Óleos Essenciais: Camomila Romana, Cistus, Citronela, Copaíba, Coriandro, Eucalípto Globulos, Eucalípto Citriodora, Ho Leaf, Lavanda, Mirra, Olíbano, Patchouli, Petitgrain, Pimenta Negra, Sálvia Esclareia, Tea Tree, Verbena.

Óleos Vegetais: Andiroba, Calêndula, Copaíba, Gergelim

Cosméticos: Óleo Para Massagem Pitta, Óleo Para Massagem Vata, Óleo Para Massagem Kapha, Óleo Para Massagem Relax, Óleo Para Massagem Energy, Óleo Para Massagem Muscle, Água Perfumada De Tea Tree

Anti-séptico

Óleos Essenciais: Alecrim, Anis, Benjoin, Bergamota, Camomila Romana, Canela, Cardamomo, Cedro, Cipreste, Cistus, Citronela, Copaíba, Coriandro, Cravo, Erva Doce, Eucalípto Globulos, Eucalípto Citriodora, Gengibre, Gerânio, Grapefruit, Ho Leaf, Hortelã Pimenta, Hortelã Brasil, Jasmim, Junípero, Laranja, Lavanda, Lemongrass, Limão Tahiti, Limão Siciliano, Limette, Louro, Mandarina, Manjericão, Manjerona, Mirra, Néroli, Noz Moscada, Olíbano, Palmarosa, Patchouli, Pau Rosa, Petitgrain, Pimenta Negra, Pinho, Rosa, Sálvia Esclareia, Sândalo, Tangerina, Tea Tree, Tomilho, Verbena, Vetivert, Ylang Ylang.

Óleos Vegetais: Andiroba, Copaíba

Artrite

Óleos Essenciais: Alecrim, Benjoin, Canela, Cedro, Copaíba, Coriandro, Cravo, Eucalípto Globulos, Eucalípto Citriodora, Gengibre, Ho Leaf, Junípero, Limette, Manjerona, Noz Moscada, Pimenta Negra, Pinho, Tomilho, Vetivert

Óleos Vegetais: Gergelim

Cosméticos: Óleo Para Massagem Pitta, Óleo Para Massagem Kapha, Óleo Para Massagem Energy, Óleo Para Massagem Muscle, Argila Cinza Rain Forest

Artrose

Óleos Essenciais: Copaíba, Eucalípto Globulos, Eucalípto Citriodora, Cistus

Óleos Vegetais: Copaíba, Andiroba, Gergelim

Cosméticos: Óleo Para Massagem Pitta, Óleo Para Massagem Muscle, Óleo Para Massagem Kapha, Óleo Para Massagem Energy

Ativar Circulação

Óleos Essenciais: Canela, Cipreste, Eucalípto Globulos, Eucalípto Citriodora, Hortelã Pimenta, Hortelã Brasil, Limão Tahiti, Limão Siciliano, Gengibre. Pimenta Negra

Óleos Vegetais: Copaíba, Andiroba, Gergelim.

Cosméticos: Óleo Para Massagem Kapha, Óleo Para Massagem Well, Óleo Para Massagem Muscle Demais

Produtos: Sal De Banho De Hortelã Óleo Para Massagem Energy, Sal De Banho De Lemongrass

Azia

Óleos Essenciais: Sândalo, Hortelã Pimenta, Hortelã Brasil, Laranja

Câibras

Óleos Essenciais: Coriandro, Hortelã Pimenta, Hortelã Brasil, Canela, Petitgrain, Cravo

Cosméticos: Óleo Para Massagem Energy, Óleo Para Massagem Muscle

Cansaço Muscular

Óleos Essenciais: Alecrim, Camomila Romana, Cardamomo, Cravo, Erva Doce, Eucalípto Globulos, Eucalípto Citriodora, Gengibre, Grapefruit, Lemongrass, Manjericão, Manjerona, Noz Moscada, Pimenta Negra, Sálvia Esclareia, Tangerina, Vetivert

Cosméticos: Óleo Para Massagem Pitta, Óleo Para Massagem Vata, Óleo Para Massagem Kapha, Óleo Para Massagem Energy, Óleo Para Massagem Muscle

Demais Produtos: Sal De Banho De Lemongrass

Cólicas

Óleos Essenciais: Alecrim, Anis, Bergamota, Camomila Romana, Cardamomo, Erva Doce, Gengibre, Hortelã Pimenta, Hortelã Brasil, Jasmim, Laranja, Lavanda, Louro, Manjericão, Néroli, Pimenta Negra, Sálvia Esclareia, Verbena

Óleos Vegetais: Germe De Trigo Cosméticos:leo Para Massagem Pitta, Óleo Para Massagem Vata, Óleo Para Massagem Kapha, Óleo Para Massagem Well, Óleo Para Massagem Energy, Água Perfumada De Lavanda

Demais Produtos: Sal De Banho De Hortelã, Sal De Banho De Lavanda

Dispepsia

Óleos Essenciais: Anis, Camomila Romana, Cardamomo, Coriandro, Cravo, Erva Doce, Noz Moscada, Petitgrain

Cosméticos: Óleo Para Massagem Pitta, Óleo Para Massagem Vata, Óleo Para Massagem Energy

Distensões / Torções

Óleos Essenciais: Louro. Pimenta Negra

Óleos Vegetais: Copaíba, Andiroba Cosméticos:Óleo Para Massagem Muscle

Diurético

Óleos Essenciais: Alecrim, Anis, Canela, Cardamomo, Cedro, Cipreste, Copaíba, Erva Doce, Grapefruit, Ho Leaf, Junípero, Laranja, Lemongrass, Limão Tahiti, Limão Siciliano, Mandarina, Manjerona, Mirra, Olíbano, Pimenta Negra, Pinho, Sândalo, Tomilho

Cosméticos: Óleo Para Massagem Pitta, Óleo Para Massagem Vata, Óleo Para Massagem Kapha, Creme Drenante Grapefruit

Demais Produtos: Sal De Banho De Lemongrass

Dores de Cabeça

Óleos Essenciais: Alecrim, Camomila, Citronela, Coriandro, Grapefruit, Hortelã Pimenta, Hortelã Brasil, Lemongrass, Manjericão, Manjerona, Néroli, Pau Rosa, Rosa.

Cosméticos: Óleo Para Massagem Kapha

Demais Produtos: Sal De Banho De Hortelã, Sal De Banho De Lemongrass

Dores Musculares

Óleos Essenciais: Alecrim, Benjoin, Canela, Cedro, Copaíba, Coriandro, Cravo, Eucalípto Globulos, Eucalípto Citriodora, Gengibre, Ho Leaf, Junípero, Limette, Manjerona, Noz Moscada, Pimenta Negra, Pinho, Tomilho, Vetivert

Óleos Vegetais: Andiroba, Copaíba, Gergelim.

Cosméticos: Óleo Para Massagem Kapha, Óleo Para Massagem Energy, Óleo Para Massagem Muscle.

Dort

Óleos Essenciais: Alecrim, Benjoin, Canela, Cedro, Copaíba, Coriandro, Cravo, Eucalípto Globulos, Eucalípto Citriodora, Gengibre, Ho Leaf, Junípero, Limette, Manjerona, Noz Moscada, Pimenta Negra, Pinho, Tomilho, Vetivert

Óleos Vegetais: Andiroba, Copaíba, Gergelim.

Cosméticos: Óleo Para Massagem Kapha, Óleo Para Massagem Muscle, Óleo Para Massagem Kapha, Óleo Para Massagem Energy

Enxaqueca

Óleos Essenciais: Anis, Citronela, Lemongrass, Manjericão, Manjerona.

Cosméticos: Óleo Para Massagem Energy

Gazes

Óleos Essenciais: Canela, Erva Doce

Cosméticos: Óleo Para Massagem Kapha

Gripe e Resfriados

Óleos Essenciais: Benjoin, Camomila Romana, Cipreste, Cistus, Copaíba, Coriandro, Eucalípto Globulos, Eucalípto Citriodora, Hortelã Pimenta, Hortelã Brasil, Jasmim, Limette, Mirra, Pinho, Tomilho

Cosméticos: Óleo Para Massagem Pitta, Óleo Para Massagem Vata, Óleo Para Massagem Muscle, Argila Cinza Rain Forest

Demais Produtos: Sal De Banho De Hortelã

Hemorróidas

Óleos Essenciais: Cipreste, Gerânio, Mirra, Olíbano

Cosméticos: Água Perfumada De Gerânio

Herpes

Óleos Essenciais: Eucalípto Globulos, Eucalípto Citriodora, Grapefruit, Tea Tree.

Cosméticos: Água Perfumada De Tea Tree

Hipertensão

Óleos Essenciais: Anis, Manjerona, Ylang Ylang.

Cosméticos: Óleo Para Massagem Pitta, Óleo Para Massagem Kapha,

Demais Produtos: Sal De Banho De Ylang Ylang

Hipotensão

Óleos Essenciais: Lavanda, Sálvia Esclareia, Tomilho

Cosméticos: Óleo Para Massagem Pitta, Água Perfumada De Lavanda, Sal De Banho De Lavanda

Impotência

Óleos Essenciais: Canela, Jasmim, Patchouli, Rosa, Ylang Ylang.

Cosméticos: Óleo Para Massagem Pitta, Óleo Para Massagem Relax, Óleo Para Massagem Kamasutra, Sal De Banho De Ylang Ylang

Imuno Estimulante

Óleos Essenciais: Cistus, Citronela, Eucalípto Globulos, Eucalípto Citriodora, Junípero, Mirra, Pau Rosa, Tea Tree, Tomilho, Vetivert.

Cosméticos: Óleo Para Massagem Energy, Óleo Para Massagem Muscle, Água Perfumada De Tea Tree

Infecção Urinária

Óleos Essenciais: Bergamota, Louro, Olíbano, Pinho, Sândalo, Tea tree

LER

Óleos Essenciais: Alecrim, Benjoin, Canela, Cedro, Copaíba, Coriandro, Cravo, Eucalípto Globulos, Eucalípto Citriodora, Gengibre, Ho Leaf, Junípero, Limette, Manjerona, Noz Moscada, Pimenta Negra, Pinho, Tomilho, Vetivert

Óleos Vegetais: Andiroba, Copaíba, Gergelim.

Cosméticos: Óleo Para Massagem Kapha, Óleo Para Massagem Energy, Óleo Para Massagem Muscle.

Leucorréia

Óleos Essenciais: Benjoin, Lavanda, Mirra

Cosméticos: Água Perfumada De Lavanda

Má Digestão

Óleos Essenciais: Alecrim, Anis, Manjericão.

Cosméticos: Óleo Para Massagem Vata, Óleo Para Massagem Energy

Micoses / Fungos

Óleos Essenciais: Copaíba, Cravo, Patchouli, Pimenta Negra, Tea Tree

Prisão De Ventre

Óleos Essenciais: Laranja, Manjericão, Manjerona, Patchouli

Cosméticos: Óleo Para Massagem Vata, Óleo Para Massagem Kapha, Óleo Para Massagem Relax, Óleo Para Massagem Energy

Problemas Renais

Óleos Essenciais: Cravo, Cedro, Grapefruit, Junípero, Noz Moscada, Pimenta Negra. Cosméticos:Creme Drenante Grapefruit

Queimaduras

Óleos Essenciais: Camomila Romana, Eucalípto Globulos, Eucalípto Citriodora, Lavanda, Patchouli, Tea Tree

Óleos Vegetais: Calêndula, Germe De Trigo

Bases: Gel Aloe Vera

Cosméticos: Hidratante Lavanda

Regenerador Celular

Óleos Essenciais: Alecrim, Cedro, Lavanda, Gerânio, Palmarosa, Pau Rosa, Olíbano.

Óleos Vegetais: Andiroba

Cosméticos: Água Perfumada De Gerânio, Água Perfumada De Lavanda Argila Cinza Rain Forest

Repelente

Óleos Essenciais: Cedro, Cipreste, Citronela, Eucalípto Globulos, Eucalípto Citriodora, Ho Leaf, Lemongrass, Louro, Mirra, Pimenta Negra, Tomilho

Reumatismo

Óleos Essenciais: Canela, Cedro, Cipreste, Coriandro, Cravo, Eucalípto Globulos, Eucalípto Citriodora, Gengibre, Ho Leaf, Junípero, Limão Tahiti, Limão Siciliano, Limette, Louro, Manjerona, Noz Moscada, Olíbano, Pinho, Vetivert

Cosméticos: Óleo Para Massagem Muscle, Argila Cinza Rain Forest

Sarna

Óleos Essenciais: Tea Tree, Tomilho.

Varizes

Óleos Essenciais: Cipreste, Limette, Patchouli, Pimenta Negra, Sálvia Esclareia

Óleos Vegetais: Germe De Trigo

Cosméticos: Óleo Para Massagem Relax, Óleo Para Massagem Muscle

Vômito / Náuseas

Óleos Essenciais: Camomila Romana, Cardamomo, Coriandro, Cravo, Gengibre, Hortelã Pimenta, Hortelã Brasil, Lavanda, Noz Moscada, Pau Rosa, Sândalo, Verbena.

Cosméticos: Água Perfumada De Lavanda Demais

Produtos: Sal De Banho De Hortelã, Sal De Banho De Lavanda

Respiratório

Bronquite

Óleos Essenciais: Benjoin, Canela Do Ceilão, Cedro, Copaíba, Eucalípto Globulos, Eucalípto Citriodora, Hortelã Pimenta, Hortelã Brasil, Pinho, Tomilho, Tea Tree.

Óleos Vegetais: De Copaíba

Cosméticos: Argila Cinza Rain Forest

Demais Produtos: Blend Aromático 621b, Sal De Banho De Hortelã

Catarro

Óleos Essenciais: Anis, Bergamota, Cedro, Gengibre, Louro, Mirra, Olíbano, Pimenta Negra, Sândalo.

Óleos Vegetais: De Copaíba

Cosméticos: Argila Cinza Rain Forest

Demais Produtos: Sal De Banho De Hortelã

Dor de Garganta

Óleos Essenciais: Cipreste, Gengibre, Manjericão, Tea Tree.

Óleos Vegetais: De Copaíba

Cosméticos: Óleo Para Massagem Energy

Febre

Óleos Essenciais: Citronela, Gengibre, Jasmim, Lavanda, Limette, Verbena.

Demais Produtos: Sal De Banho De Hortelã

Gripe e Resfriados

Óleos Essenciais: Benjoin, Camomila Romana, Cipreste, Cistus, Copaíba, Coriandro, Eucalípto Globulos , Eucalípto Citriodora, Gengibre, Hortelã Pimenta, Hortelã Brasil, Jasmim, Limette, Mirra, Pinho, Tomilho.

Óleos Vegetais: De Copaíba

Cosméticos: Óleo Para Massagem Kapha, Óleo Para Massagem Muscle

Demais Produtos: Blend Aromático 621b, Sal De Banho De Hortelã

Pneumonia

Óleos Essenciais: Bergamota, Lavanda, Tea Tree, Tomilho.

Cosméticos: Óleo Para Massagem Muscle Argila Cinza Rain Forest

Demais Produtos: Blend Aromático 621b, Sal De Banho De Hortelã

Sinusite

Óleos Essenciais: Alecrim, Eucalípto Globulos , Eucalípto Citriodora, Hortelã Pimenta, Hortelã Brasil, Gengibre, Rosa, Tea Tree, Tomilho.

Cosméticos: Óleo Para Massagem Kapha

Demais Produtos: Blend Aromático 621b, Sal De Banho De Hortelã

Tosse

Óleos Essenciais: Alecrim, Benjoin, Canela, Cardamomo, Cipreste, Copaíba, Erva Doce, Eucalípto Globulos , Eucalípto Citriodora, Hortelã Pimenta, Hortelã Brasil, Jasmim, Mirra, Olíbano, Sândalo, Tomilho.

Óleos Vegetais: De Copaíba

Cosméticos: Óleo Para Massagem Kapha, Óleo Para Massagem Muscle

Demais Produtos: Blend Aromático 621b, Sal De Banho De Hortelã

Tipos de Pele

Madura

Óleos Essenciais: Benjoin, Cedro, Cistus, Erva Doce, Gerânio, Laranja, Louro, Mandarina, Manjerona, Mirra, Néroli, Noz Moscada, Olíbano, Palmarosa, Pau Rosa, Rosa, Sândalo, Vetivert.

Óleos Vegetais: Gergelim, Gérmen De Trigo, Jojoba

Bases: Gel Aloe Vera, Creme Neutro, Esfoliante De Apricot, Argila Rain Forest.

Cosméticos: Óleo Para Massagem Vata, Óleo Para Massagem Energy, Óleo Para Massagem Kamasutra, Água Perfumada De Gerânio, Argila Cinza Rain Forest, Gel Aloe Vera Hidratante Lavanda

Fonte: geocites.com

Veja também

triptofano

Triptofano

PUBLICIDADE O triptofano é um aminoácido, uma proteína sem a qual os seres humanos não …

melatonina

Melatonina

PUBLICIDADE A melatonina é um hormônio produzido pelo nosso cérebro, e esse hormônio interfere em …

Kefir

Kefir

PUBLICIDADE Alimentos probióticos são microrganismos vivos que ajudam a equilibrar a flora intestinal. A flora …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.