Breaking News
Home / Bem-Estar / Auto Estima

Auto Estima

Como desenvolver a Auto Estima?

PUBLICIDADE

O adolescente ou jovem pode, por vezes, sentem um baixo de modo a que a menor dificuldade, qualquer falha ou emocionalmente a escola é vivido de forma espetacular. As avaliações negativas que os adultos dizem respeito a eles só pode reforçar esse sentimento.

Algumas pistas para ajudá-los:

Qualquer erro situação torna-se insuportável, uma vez que revive uma ferida profunda narcísico. Para sobreviver, esses jovens poderão utilizar mecanismos de defesa deles inconscientes que impedem que eles se sentem responsáveis e culpados pelos seus erros.

Note-se, por exemplo, o uso frequente da banalização (eu também não teve sucesso, mas não é grave, porque todos os outros também estão enganadas) ou a projeção (não culpa minha, mas o do Professor que não claramente explicado).

Para ajudar a superar o círculo vicioso em que o jovem pode cair (mais se sente mal e quanto mais ela se torna realmente…), é importante a ser orientado pelas seguintes conselhos:

A concentração de esforços para ele de uma forma abrangente, nomeadamente através de actividades informais que podem destacar as múltiplas facetas da sua personalidade (quantas crianças em idade escolar em dificuldade sentida já não ser entendida como o rótulo … mau aluno);

O valor depois que ela consegue progredir em qualquer esfera, a não desestabilizar suas reações defensivas que só revelam o seu descontentamento. Não entrar em ressonância com ele sobre este plano;

Evite ferindo absolutamente qualquer juízo sobre a sua pessoa, e não sobre as suas acções. Fale com ele calmamente tranquilizador, reafirmando a sua confiança em si e em suas possibilidades;

Adaptar os requisitos às suas reais possibilidades e não uma imagem ideal. Evite estar continuamente insatisfeitas.

Negociar pequenos desafios marcada por objetivos simples, em que um adulto desempenha o papel de tutor.

Relativisar a importância da questão, permitindo um momento para outro. Durante as consequências do fracasso são dramatizadas, eo seu sentimento de impotência e de medo barreiras será amplificado. Ele deve saber que você aprende muito com seus erros …

O que é Auto Estima e como é desenvolvida? – por Lívia Regina Manzato

Auto Estima é um sentimento de importância e valor que temos em relação a nós mesmos. Ela reflete nossa capacidade de lidar com desafios e problemas, respeitar e defender nossos interesses e necessidades e expressar sentimentos e desejos.

Uma pessoa que possui uma boa Auto Estima acredita em si mesmo e em suas percepções, sentindo-se livre para tomar iniciativas e lidar com os outros com facilidade. Uma pessoa que possui baixa Auto Estima sofre por se considerar inadequado e inferior, sentindo-se inseguro.

O modo como nos sentimos em relação a nós mesmos afeta todos os aspectos de nossas experiências, seja no modo como estabelecemos nossas relações interpessoais, a maneira que nos comportamos no trabalho e como encaramos a vida em geral. Nesta perspectiva, a baixa Auto Estima muitas vezes é a base de muitos problemas psicológicos como dificuldades de relacionamento, depressão, ansiedade, abuso de álcool e drogas entre outros.

Como a Auto Estima é desenvolvida?

O sentimento de Auto Estima não é inato à espécie humana; é desenvolvido durante nossa vida através de nossas experiências sociais. Os pais e cuidadores desempenham um papel importante na construção da Auto Estima. Geralmente, filhos de pais superprotetores ou muito críticos desenvolvem uma baixa Auto Estima.

Contudo, quando nos tornamos adultos, independentemente de como tenha sido nossa educação, desenvolver nossa Auto Estimaestá em nossas mãos e nossas escolhas e decisões influenciam diretamente no desenvolvimento de nossa Auto Estima. Desenvolver a Auto Estima é a capacidade de reagir de forma ativa e positiva às oportunidades da vida.

O que é preciso para desenvolver a Auto Estima?

Autoconhecimento

Identificar suas qualidades e não só os defeitos

Aprender com as experiências passadas

Acreditar que é uma pessoa especial e merece ser amada

Desenvolver habilidades de expressar sentimentos

Desenvolver o auto-reconhecimento, discriminando comportamentos que se pode ter e que conseqüências pode produzir para si mesmo

Colocar-se em primeiro lugar, preocupando-se com o que pensa e sente em relação a si mesmo e não o que os outros pensam de si.

Como posso ter uma Auto Estima positiva?

“Não importa mais quem atirou a flecha,
o que importa é arrancá-la”
 
Dalai Lama

Na verdade, o excesso de confiança em si mesmo, ou um ego inflado, mostra uma pessoa com a mesma ou maior fragilidade do que aquela que se mostra tímida, insegura e muito pouco à vontade consigo mesma. Se investigarmos mais profundamente, encontraremos em ambos os casos uma infância repleta de rejeição e abandono.

Conforme os anos vão passando e vamos crescendo, nos tornando adultos, fica reservado um espaço já tomado e preenchido por um sentimento de desamor por si mesmo.

Mas, essa auto-imagem negativa que vai se formando a partir de sentimentos infantis, pode ser transformada a partir da autoconsciência e da determinação em transformá-la. Como diz o Dalai Lama, “…é hora de arrancar a flecha, não de saber quem a atirou”… Ou seja, não importa mais quem feriu, quem provocou esse sentimento, ou por que você tem uma auto-imagem tão baixa, importa sim você se olhar de frente e se determinar a transformar esse estado de ser negativo para um estado mental mais positivo.

Todos nós temos, ou deveríamos ter, em desenvolver características que muitas vezes não sonhamos adquirir. Como mencionei em matéria anterior, o cérebro é dinâmico, e sendo assim, podemos, através de uma atitude consciente, moldá-lo como a argila. O cérebro se acostuma a funcionar de determinada forma, e enquanto não o dominamos conscientemente, ele é moldado e dominado por nossos processos inconscientes.

Quando somos dotados de uma boa dose de Auto Estima, somos mais ousados, mais corajosos, temos uma vontade de crescimento bem dosada, conhecemos nossos limites e sabemos respeitá-los.

Porém, quando nossa autoconfiança é abalada por uma má formação de nossa auto-imagem, temos muito medo de dar passos à frente, e muitas vezes perdemos a capacidade mais sublime que temos: a capacidade humana de sonhar.

Quando nossa auto-imagem não é bem clara a nós mesmos, quando o espelho no qual nos olhamos se encontra repleto de poeira, podemos seguir por dois caminhos distintos: podemos nos destruir através da construção e manutenção de uma auto-imagem negativa, em que não nos damos nenhuma chance de crescimento, exigimos muito pouco da vida e de nós mesmos, na certeza de que não merecemos a felicidade, ou nos tornamos arrogantes.

Arrogância é a característica daquele que arroga direitos que não têm, daquela pessoa que tem uma altivez excessiva. Sua energia se concentra na parte superior do corpo, e sua superioridade o distancia de seus irmãos humanos, pois ele se vê e se coloca acima dos demais. No budismo, a arrogância é considerada como uma das ¿emoções doentias básicas¿.

Os gregos, que a chamavam ¿hubris¿, diziam que esse sentimento é o único que os deuses não perdoam. Humildade perante os deuses é uma virtude antiga. ¿Nada em excesso¿ ¿ nem mesmo a auto-perfeição, estava gravado na porta do templo dedicado a Apolo em Delfos, ao lado de ¿Conhece-te a ti mesmo¿.

Portanto, a arrogância, que na minha opinião é o sentimento básico de nossa sociedade moderna, deve ser combatida e superada como se combate e supera um inimigo.

Um certo grau de auto confiança é necessário para se chegar a lugares com os quais sonhamos, para atingirmos objetivos estabelecidos para nossa transformação. Muitas vezes essa confiança poderá parecer arrogância, mas no fundo não é. É somente uma alta dose de coragem, necessária àqueles que são líderes, pioneiros, conquistadores.

Porém, é de extrema importância construir um sentimento básico de autoconfiança. Para fazermos uma análise mais aprofundada de nós mesmos, podemos, por exemplo, escrever em um papel quais são os sentimentos que temos dentro de nós que levam a gestos, atitudes ou resultados positivos, e quais os que levam a resultados e atitudes negativas.

Dessa forma, poderemos perceber por onde devemos começar a mudança, o processo de transformação de nossa auto imagem, com o objetivo de construir uma Auto Estima mais positiva. Você pode, por exemplo, tentar identificar o que faz pensando em você mesmo, com objetivos egoístas, sem ao menos pensar nas conseqüências de suas atitudes com relação aos outros. Ou se as suas atitudes não prejudicam ninguém, ou melhor ainda, se são benéficas para o grupo.

Para que essa avaliação seja eficiente, devemos antes de mais nada, sermos honestos com nós mesmos e com os outros. Quanto mais honestos formos, menos riscos corremos de errar, e menos medo e ansiedade teremos. Quanto mais transparentes nós formos, quanto mais conhecermos e aceitarmos nossos limites, menos ansiedade e mais tranqüilidade teremos, mais confiança em nós mesmos e certamente nossa auto-imagem começará a se alterar positivamente.

Como diz o Dalai Lama:

“Em geral, creio que ser honesto consigo mesmo e com os outros a respeito do que se é, ou do que não se é capaz de fazer, pode neutralizar essa sensação de falta de auto confiança”.

Se você parar e refletir, e fizer uma avaliação honesta de seus sentimentos e suas atitudes, e buscar conhecer-se e aceitar-se profundamente, sabendo que cada um de nós tem um papel definido na dança cósmica; buscar conhecer suas potencialidades e seus limites, certamente estará trilhando o caminho correto na direção da construção de uma nova auto-imagem e do desenvolvimento de uma mais elevada Auto Estima.

Fonte: www.galanet.be/www.liviamanzato.psc.br/esoterico.terra.com.br

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Veganismo

Veganismo

PUBLICIDADE O veganismo é um sistema de crenças que considera que os animais não devem …

Ergonomia

Ergonomia

PUBLICIDADE Definição Ergonomia é o processo de projetar ou organizar locais de trabalho, produtos e sistemas …

eletroterapia

Eletroterapia

PUBLICIDADE A eletroterapia é o uso terapêutico da eletricidade para tratamento médico. Este tipo de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.